Relatório final de HistoriaIntroduçãoO nosso desafio-problema deste período é “ o que comemos ”.No âmbito do nosso desafio...
Este menu contem:- Churrasco- Picanha- Costeleta- Frango no churrasco- Bife- EntrecostoPara acompanhar:- Arroz- Batata fri...
Portugueses        Rotas atlânticas           Africa                                              Terra nova              ...
Porque viajam os alimentos?- As necessidades dos europeus de obter as mercadorias orientais a custos mais baixos.- Suprir ...
- As carnes que eles comiam eram: carnes bovinas eram menos utilizadas na suaalimentação, a carne de porco era menos dispe...
rei Afonso V de Portugal e seu filho João pelo outro, colocando fim à Guerra desucessão de Castela (1475-1479). O tratado,...
Assim na minha opinião eu acho que o desafio-problema “ o que comemos ” foi o maisindicado para História. Com vários supor...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatorio final de historia

439 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
439
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio final de historia

  1. 1. Relatório final de HistoriaIntroduçãoO nosso desafio-problema deste período é “ o que comemos ”.No âmbito do nosso desafio-problema as duas turmas do 8º ano dividiram-se empequenos grupos e com os respetivos professores foram ver as ementas de variadosrestaurantes, fomos a frutarias, mercearias e cafés para responder a questão “ o quecomemos ”Com isso concluímos que Matosinhos vive muito do peixe e da carne na brasa.Normalmente acompanhada com arroz, batata e legumes. As sobremesas caem maispara bolos caseiro e musses, baba de camelo, letria, etc…Matosinhos tem muito boas frutas mas o problema é que são estrangeiras e não dão ovalor necessário aos produtos nacionais. Frutas tropicais e exóticas e também frutas deinverno. Nos cafés encontramos menus económicos para almoçar.Ex de menus de Matosinhos:
  2. 2. Este menu contem:- Churrasco- Picanha- Costeleta- Frango no churrasco- Bife- EntrecostoPara acompanhar:- Arroz- Batata frita cozida ou assada- Legumes salteados- Feijão preto, branco e frade- Com isto na aula de história respondemos a duas questões.Qual a origem dos alimentos que comemos?Os alimentos vêm de todas as partes do mundo. A viagem dos alimentos é feita atravésdas rotas transoceânicas.
  3. 3. Portugueses Rotas atlânticas Africa Terra nova Rota do cabo Brasil IndiaEspanhola Rota Acapulco – Maníla Rota Sevilha - América espanholaMapas que realizamos e completamos na aula de historia
  4. 4. Porque viajam os alimentos?- As necessidades dos europeus de obter as mercadorias orientais a custos mais baixos.- Suprir as necessidades alimentares dos europeus.- A burguesia europeia quer aumentar os seus lucros através do comerciointernacional (compram o produto a baixo custo, mesmo descontando os custos dostransportes obtinham lucros elevados) – capitalismo comercialDesenvolvimentoNuma aula de história o aluno António Pinheiro apresentou-nos um PowerPoint sobrea alimentação dos povos na antiguidade. Com isso tirei alguns apontamentos que osvou especifica-los aqui.- Os cereais que eram misturados no mingam era a cevada, o trigo e o centeio.- Os cereais que eles cultivavam eram: centeio, trigo, cevada e milhete que eramvendidos no mercado internacional.- Eles colhiam cebola, repolha, beterraba e alho.- Os tipos de legumes que eles cultivavam eram; favas, grande-bico, ervilhas e feijão.
  5. 5. - As carnes que eles comiam eram: carnes bovinas eram menos utilizadas na suaalimentação, a carne de porco era menos dispendiosa e mais barata. O cordeiro e ocarneiro eram o que davam a lã.- Os peixes que eles comiam eram: delícias do mar, marisco mas principalmentesardinhas, atum, bacalhau e castores.- A água não era pura por isso apulavam pelas bebidas alcoólicas. A bebida dos ricosera mais cara e a do povo era principalmente cerveja.- As ervas e especiarias que eles consumiam era: a pimenta-preta, a canela, a cassia, oscaminhos, a noz-moscada e gengibre. Essas especiarias vinham principalmente deAfrica e Asia.- Nos doces e sobremesas eram mais usadas as amêndoas açucaradas que bebiam comvinho e adicionavam com mel.- Na etiqueta eram servidos em pratos de madeira ou ceda. Comiam com colheres oucom as mãos. Faca não era dada.A Expansão Portuguesa iniciou-se com a conquista de Ceuta, cidade muçulmana doNorte de África. Este era um ponto de chegada das rotas de caravanas que traziam oouro da zona a Sul do deserto do Saara e localizava-se numa zona fértil e rica emcereais. Os espanhóis iniciam-se nas descobertas e Cristóvão Colombo, ao serviço dosreis de Castela descobre a América. Celebra-se então o Tratado de Tordesilhas edividimos o mundo em dois.Inicia-se assim a expansão Portuguesa motivada pelos condicionalismos existentes naépoca. A nível geográfico tínhamos uma extensa costa atlântica e proximidade do marmediterrâneo aliada a uma forte tradição marítima em que uma parte da populaçãoestava ligada às artes de navegar.Os portugueses e os espanhóis andaram num entrave com as conquistas conquistadas.Assim veio o tratado das alcáçovas que foi um diploma assinado pelos representantesdos Reis Católicos, Isabel de Castela e Fernando de Castela e Aragão, por um lado, e o
  6. 6. rei Afonso V de Portugal e seu filho João pelo outro, colocando fim à Guerra desucessão de Castela (1475-1479). O tratado, assinado na vila portuguesa de Alcáçovas,no Alentejo, em 4 de setembro de 1479, foi ratificado pelo rei de Portugal em 8 desetembro de 1479 e pelos Reis Católicos em 6 de março de 1480, na cidade de Toledo.Com isso Portugal assinou o tratado de Tordesilhas.O Tratado de Tordesilhas, assinado na povoação castelhana de Tordesilhas em 7 deJunho de 1494, foi um tratado celebrado entre o Reino de Portugal e o recém-formadoReino da Espanha para dividir as terras descobertas e por descobrir por ambas asCoroas fora da Europa. O tratado definia como linha de demarcação as meridianas 370 léguas a oeste da ilhade Santo Antão no arquipélago de Cabo Verde. Esta linha estava situada a meio-caminho entre estas ilhas (então portuguesas) e as ilhas das Caraíbas descobertas porColombo. Os territórios a leste deste meridiano pertenceriam a Portugal e osterritórios a oeste, à Espanha. O tratado foi ratificado pela Espanha a 2 de Julho e porPortugal a 5 de Setembro de 1494.ConclusãoAs consequências dos descobrimentos no que comemos eram o aumento daquantidade e qualidade dos alimentos das dietas alimentares aos povos.- Altera a agricultura das regiões e consequentemente as paisagens naturais.- Estabilizou o mundo – uniformizou as dietas alimentares dos povos- viagem pelosingredientes e menus dos restaurantes de Matosinhos.- A viagem alimentar influenciar o modo de vida de toda humanidade de todos pontosdo mundo reflete-se no dia-a-dia de todas as pessoas.O papel do capitalismo comercial nesta viagem foi muito importante pois em busca doenriquecimento pelo comércio que se iniciou a empreitada dos descobrimentos.Portugal enriqueceu através do comércio das especiarias, açúcar e outros produtos epor isso teve um papel determinante na viagem dos alimentos . Também osnavegadores excecionais que Portugal tinha facilitou a navegação marítima.
  7. 7. Assim na minha opinião eu acho que o desafio-problema “ o que comemos ” foi o maisindicado para História. Com vários suportes informáticos conseguimos responder apergunta “ o que comemos ”.Miguel Monteiro nº 24 8º A

×