Desafio nº2

324 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
324
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
40
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desafio nº2

  1. 1. Desafio nº2- O que comemos? João Santos Tal como no ano passado, foi-nos atribuído um desafio-problema desta vez o solicitado foi: “O que comemos?”. Para abordar este tema decidiu-se fazer uma visita de estudo, o local escolhido para esta foi os restaurantes de Matosinhos e as suas ementas. O objetivo desta atividade era compreender aquilo que a população Matosinhense mais ingere.
  2. 2. Desafio nº2- O que comemos?1.Introdução: (No inicio da capa encontra-se uma parte daintrodução) Após a análise cuidada das ementas podemos observar que estaseram maioritariamente com produtos marinhos e produtos importados, aementa que eu escolhi era composta por: Sopas:  Sopas de Legumes;  Caldo Verde;  Creme de Marisco;  Sopa de Peixe. Marisco:  Camarão da Costa;  Camarão Gigante;  Percebes;  Canilhas;  Ostras;  Lagostins;  Gambas à Lusíadas;  Sapateiras;  Santola;  Lagosta (Cozida, Grelhada ou Americana);  Lavagante (Cozida, Grelhada ou Americana);  Ameijoas à “Bulhão Pato”;  Ameijoas à Espanhola;
  3. 3.  Arroz de Marisco;  Açorda de Marisco;  Tigre Grelhado.Peixes:  Pescada (Grelhada, no Forno, Cozida ou Frita);  Cherne (Grelhado, no Forno, Cozido);  Robalo (Grelhado, no Forno, ao Sal);  Rodovalho (Grelhado, no Forno);  Linguado (Grelhado, no Forno ou Frito)  Filetes de Pescada;  Polvo (Grelhado, no Forno, ou à Lagareiro);  Filetes de Tamboril;  Bacalhau;  Arroz de Tamboril;  Espetada de Tamboril.Carnes:  Lombinhos de Vitela;  Bife de Boi à “Lusíadas”;  Rosbife à Inglesa;  Cordon Bleu.Doces:  Cacau Sublime;  Pão de Ló;  Tarte de Maçã;  Creme Queimado;  Trouxa-de-ovos;  Tarte de Amêndoa;
  4. 4.  Mousse de Chocolate;  Pudim Francês;  Pudim Abade de Priscos;  Tarte de Chila e Nozes;  Cheesecake Framboesa. Para relacionarmos esta visita de estudo com a disciplina de Histórianós fizemos as seguintes perguntas: Qual a origem dos alimentos que comemos? Para responder à pergunta colocada, no âmbito da disciplina deHistória decidi trabalhar com a parte dos Docesda ementa: Cacau Sublime- O cacau é um fruto do cacaueiro, que tem origemnas zonas tropicais da América Central, era louvada e consumida pelosMaias, antes da viagem de circunavegação feita por Cristóvão Colombo. Nessa altura o cacau não era utilizado para a produção dechocolate, mas sim para a produção de uma bebida com sabor amargo(apimentado), era feita com as sementes torradas moídas e misturadascom água.
  5. 5. Pão-de-Ló- Esta iguaria teve início em Ovar e é de origemconventualespeculando-se que alguma freira Vareira tenha divulgado areceita a algum familiar ou amigo residente em Ovar. Creme Queimado-Franceses, espanhóis e ingleses disputam aorigem do crèmebrûlée(creme queimado em Francês), mas a primeirareferência histórica é francesa e se encontra nolivro Nouveaucuisinierroyaletbourgeois de François Massialot, publicadoem 1691.
  6. 6. Trouxa-de-Ovos- assim como o pão-de-ló, as trouxas-de-ovostambém têm origem conventual: as características que se destacam nosdoces-conventuais é o facto de serem confecionados à base de açúcare gemas de ovos em grande quantidade. Mousse de Chocolate- A mousse, do francês La mousse (espuma), éuma espécie de sobremesacremosa feita de ovos e/ou nata emcombinação com outros ingredientes que lhe dão sabor, comoo chocolate ou frutas. As claras de ovos são batidas em neve e depoisincorporadas aos outros ingredientes. O doce é então refrigerado emantém-se areado. É um prato tradicional da França, servido na maioria dosrestaurantes. A receita teria sido inventada no início do século XX peloartista francês Henri de Toulouse-Lautrec que a chamou originalmente de"maionese de chocolate".
  7. 7. Cheesecake Framboesa-Com a conquista da Grécia pelos romanos, osegredo desta iguaria mudou de mãos. Diz-se que os romanos ofereciamcheesecake aos seus Deuses para acalmá-los. E assim foi se espalhandoaté chegar aos cadernos de receitas de nossas avós; porém a sua origem édesconhecida.
  8. 8. 2.Desenvolvimento Para respondermos a esta pergunta foram realizadas váriasatividades nas diferentes disciplinas. Nas disciplinas de Francês eInglês lemos vários documentos sobre aalimentação e aprendemos novos vocábulos. Na disciplina de Ciências Naturais a professora propôs-nos umaatividade experimental, onde plantámos uma semente de alface edecidimos observar o seu processo de germinação e de crescimento. A disciplina de Geografia ajudou-nos a abordar os diferentes tiposde agricultura, assim como localizar os países em desenvolvimento edesenvolvidos. Dentro da agricultura aprendemos que existem várias“subclasses”: Agricultura Moderna, Agricultura Tradicional, Agricultura dePlantação e Agricultura Biológica; estas foram aquelas que estudámos. Na disciplina de Portuguêslemos e analisámos vários documentossobre a alimentação, entre qual se pode destacar “O Bojador”. Também foram realizadas atividades conjuntas como por exemplo:um atelierde cozinha, em que os alunos confecionaram diversospratos/alimentos, e mais tarde depois de confecionados professores ealunos partilharam esta emenda; outra atividade feita foi umpeddypaperonde tínhamos vários espaços e em cada um havia atividadeslúdicas, mas ao mesmo tempo educativas onde respondíamos a perguntassobre as diferentes disciplinas.3.Conclusão: As conclusões a que eu pude chegar dividem-se em duas categorias:O porquê dos alimentos viajarem, eA dos Descobrimentos.
  9. 9. Porque viajam os alimentos? Os alimentos viajam devido: o Às necessidades dos europeus de obter mercadorias orientais e custos mais baixos (os europeus só tinham acesso às mercadorias por intermédio dos muçulmanos, o que tornava os preços mais elevados); o Suprir as necessidades alimentares dos europeus (trigo, carne, etc…); o A burguesia europeia quer aumentar, os seus lucros, através do comércio intercontinental; Compram os produtos a baixo custo, mesmo descontando o custo dos transportes, e obtinham lucros elevados (capitalismo comercial); Conclusão sobre a Influência dos Descobrimentos na nossa alimentação A viagem dos alimentos teve muitas consequências para a humanidade pois: aumentaram a quantidade, qualidade e variedade das dietas alimentares dos povos; alteraram a agricultura das e regiões e consequentemente as paisagens naturais; além disso, também globalizou o mundo-uniformizando os hábitos alimentares dos povos. Quando Portugal teve acesso às especiarias orientais a população começou a ter melhores condições de vida, devido ao comércio e à maior variedade existente.

×