Aula 5 Feudalismo

11.474 visualizações

Publicada em

ROTEIRO BÁSICO

Publicada em: Educação, Espiritual
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.474
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
664
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 5 Feudalismo

  1. 1. PROFESSORA LUCILEIDA MARA DE CASTRO<br />
  2. 2. REVISANGLO<br />AULA 5<br />
  3. 3. FEUDALISMO<br />CARACTERÍSTICAS<br /><ul><li> Economia auto-suficiente
  4. 4. Sociedade de ordens (estamental)
  5. 5. Descentralização política</li></ul>Originou-se da decadência do<br />Império Romano e das invasões<br />bárbaras.<br />
  6. 6. Pode-se dividir o feudalismo:<br /><ul><li> do séc. V ao IX – formação
  7. 7. do séc. IX ao XII – apogeu
  8. 8. do séc. XIII ao XV – início</li></ul> do declínio.<br />
  9. 9. Crise Romana – séc III –VILLAE<br />grandes propriedades rurais<br />unidades básicas da produção<br />mão-de-obra = colono<br />Colonato servidão<br />ORIGENS<br />
  10. 10. Instabilidade gerada pelas<br />Invasões bárbaras<br />Êxodo urbano<br />Busca de proteção<br />
  11. 11. Fusão de características<br />romanas e bárbaras<br />Colonato <br />Comitatus<br />
  12. 12. A estrutura feudal<br />Feudo:<br />um mundo em<br />Miniatura.<br />Auto-suficiência<br />
  13. 13. CASTELO MEDIEVAL<br />
  14. 14. SENHOR FEUDAL<br />
  15. 15. ATAQUE AO<br />CASTELO<br />
  16. 16. O clero reza, o senhor luta,<br />os servos plantam...<br />
  17. 17.
  18. 18. FEUDO MEDIEVAL<br />
  19. 19. SOCIEDADE<br />MEDIEVAL:<br />HIERARQUIA<br />
  20. 20. CASTELO MEDIEVAL = FORTALEZA<br />
  21. 21. OS SERVOS<br />
  22. 22. OS SERVOS<br />
  23. 23. AS OBRIGAÇÕES SERVIS<br />CORVÉIA = obrigação de trabalhar<br />alguns dias por semana nos campos<br />do senhor feudal.<br />
  24. 24. TALHA = uma parte<br />da produção dos servos<br />obtida na reserva servil<br />era entregue aos<br />senhores feudais.<br />
  25. 25. BANALIDADES = pagamento<br />pela utilização dos instrumentos<br />do feudo: moinho, fornos, celeiro...<br />Pagamento <br />em mercadorias<br />
  26. 26. CAPITAÇÃO = imposto anual<br />pago de acordo com o número<br />de elementos da família.<br />MÃO MORTA = multa cobrada quando um camponês morria.<br />
  27. 27. TOSTÃO DE PEDRO =<br />dízimo que os camponeses <br />deviam pagar à Igreja.<br />
  28. 28. ECONOMIA: agricultura e <br />pecuária. <br />Poucas<br />Importações<br />Gênova<br />e Veneza.<br />SAL<br />AZEITE<br />
  29. 29. A vassalagem<br />Relação de dependência entre súditos e<br />senhor feudal ao qual estava ligado por<br />juramento de fé e homenagem.<br />
  30. 30. A IGREJA MEDIEVAL<br />
  31. 31. A Igreja Católica exerceu uma enorme influência sobre a população medieval, ultrapassando em muito sua função religiosa e espiritual. <br />Sua ação manifestava-se nos setores assistencial, pedagógico, econômico, político e mental, tornando-se o principal centro irradiador de cultura da Idade Média.    <br />
  32. 32. Durante a Idade Média, os valores, as crenças,<br />as noções de verdade, de certo e errado eram<br />determinados pelos ensinamentos cristãos ou<br />católicos. <br />As pessoas eram muito religiosas e temiam o<br />demônio, o inferno e o juízo final.<br />
  33. 33. A Igreja se tornou guardiã da cultura. <br />Livros eram guardados e preservados nos mosteiros medievais.<br />Monges copistas faziam cópias de obras clássicas.<br />Livros que iam contra as idéias da Igreja eram proibidos.<br />
  34. 34. Muitas obras<br />proibidas tinham <br />as suas páginas<br />envenenadas.<br />
  35. 35. O CHEFE MAIOR DA IGREJA ERA O PAPA<br />
  36. 36. Demônios, feiticeiras e bruxas eram<br />muito populares.<br />
  37. 37. Falar do Mal era<br /> uma maneira de<br /> reforçar a imagem <br /> de Deus<br />
  38. 38. Como as pessoas não podiam ter um <br />acesso direto a Deus, propunha-se que<br />obedecessem aos membros do CLERO,<br />que eram intermediários entre Deus e <br />os homens.<br />
  39. 39. A BAIXA <br />IDADE MÉDIA<br />SÉCULOS X AO XV<br />
  40. 40. SÉCULO X AO XV<br />TRANSFORMAÇÕES<br />SUPERAÇÃODAS ESTRUTURAS FEUDAIS<br />
  41. 41. Crescimento demográfico<br /><ul><li>Fim da invasões bárbaras
  42. 42. Melhoria agrícola</li></li></ul><li>Mudanças<br />Aperfeiçoamento das técnicas<br /><ul><li>Instrumentos de ferro (arado)
  43. 43. Atrelamento do boi pela barriga
  44. 44. Uso de ferraduras
  45. 45. Moinhos hidráulicos</li></li></ul><li>PROBLEMAS DECORRENTES <br />DO AUMENTO POPULACIONAL<br /><ul><li> Produção não atendia a demanda;
  46. 46. Taxas desestimulavam servos;
  47. 47. Excedente populacional era</li></ul> expulso dos feudos;<br /><ul><li> Surgem algumas aldeias, antigos</li></ul> centros urbanos são retomados;<br /><ul><li> Aumenta o banditismo.</li></li></ul><li>Limites das mudanças<br /><ul><li>Desestímulo dos servos;
  48. 48. Produção não atendia </li></ul> a demanda.<br />
  49. 49. SOLUÇÃO<br />Cruzadas<br />(Séc XI ao XIII)<br />Cristãos x muçulmanos<br />
  50. 50. CONSEQÜÊNCIA<br />DAS CRUZADAS<br />Renascimento comercial <br />e urbano <br />
  51. 51. Século XIV = crise<br /><ul><li> Fome
  52. 52. Peste negra ou</li></ul> bubônica<br />DESAGREGAÇÃO DO FEUDALISMO<br />
  53. 53. twitter.com/lucileida<br />

×