1

Hoje em dia, os boliches são grandes pontos de lazer que dão aos clientes não apenas o
jogo, mas outras diversões. Dess...
2

Localização ideal e estrutura para montar um
boliche
O lugar onde vai ficar o boliche é a chave do sucesso para quase t...
3
que o negócio dê certo. Ela precisa dar garantias e qualidade para que haja retorno da
clientela.
Como o negócio se dese...
4

O mercado de entretenimento vem crescendo, agradando cada vez mais a
população brasileira, e conquistando muitas famíli...
5

estacionamento, esses fatores fazem a diferença na hora do cliente escolher
onde frequentar.
Uma dica interessante é co...
6
O espaço necessário para a área de serviços, tais como bar e
banheiros, dependerá do tamanho do seu centro de entretenim...
7
Andreia Cintra
Consultora de Negócios
fone:xx11 9127-1731
skype: andreia.vendasboliche
msn: aaandreia1@hotmail.com
twitt...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Boliche

2.527 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.527
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boliche

  1. 1. 1 Hoje em dia, os boliches são grandes pontos de lazer que dão aos clientes não apenas o jogo, mas outras diversões. Dessa forma, é um público muito variado que busca esse entretenimento, sendo então uma oportunidade de negóciomontar um boliche para muitos empreendedores que podem ver em um espaço para diversão uma boa oportunidade de ter lucros. O mercado consumidor deste tipo de produto é bastante diverso. De acordo com dados do Clube Comary, existem algumas informações que podem ajudar aqueles que querem investir em um boliche: a idade média dos jogadores é de 28 anos, sendo 46,9% entre 25 a 49 anos de idade e 47% são homens e 53% mulheres. Além disso, não apenas é uma prática de finais de semana de grupos de família ou amigos. O bolichetambém é uma atividade esportiva, em que a Confederação Brasileira de Boliche (CBBOL) é reconhecida e vinculada ao Comitê Olímpico Brasileiro (CBO). Conforme o desenvolvimento da tecnologia, os materiais ficaram mais próximos dos empreendedores, por conta de abertura de linha de crédito com tempo maior para pagar. De acordo com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o boliche pode ser considerado um bom negócio, porque ele cresce a cada ano. De acordo com a Kopp, uma organização que cuida de projetos de boliches em toda a América do Sul, o boliche requer muito investimento, mas há bastante retorno. Não existe um pré requisito para montar um boliche. Em tese qualquer investidor pode entrar neste ramo. É importante ter experiência no ramo do entretenimento, conhecimento das Ligas de Boliche e saber lidar com promoções e saber gerir pessoas e dinheiro. O ponto de partida para montar um boliche é fazer um bom plano de negócios, e decidir primeiramente qual o segmento de mercado você deseja seguir, atender a jovens, classe media alta, baixa, etc. Concorrência para montar um boliche Já que a tecnologia está cada vez mais avançada, as pistas de boliche são bastante atraentes, um grande chamariz para quem busca diversão e conforto. Com um público que não pára de crescer e com faturamento cada vez maior, surgem então mais investidores na esteira do sucesso. De acordo com informações do site boliche.com.br, há no Brasil mais de 1.940 pistas em 246 boliches. Em São Paulo, são 72 centros e 769 pistas, seguido de Rio Grande do Sul com 43 centros e 186 pistas e Rio de Janeiro com 23 boliches e 193 pistas. Com esses dados, aquele que quiser investir nesse tipo de negócio terá de se diferenciar, buscar por estilo de fabricante do boliche, já que a maior parte é comprada pronta. Do total de boliches no Brasil, 61% são da Kopp, 20% da Imply e 8% da Brunswick. Sabendo disso, o empreendedor precisa pesquisar os negócios em atividade e saber qual será mais vantajoso para si. Precisa conhecer todos aqueles ao seu alcance para não errar e preencher possíveis lacunas existentes no mercado. Acrescentar outros jogos e atrações dentro do empreendimento é um caminho para diferenciação e atração de clientes. O primeiro passo antes de partir para o investimento em si é fazer um estudo da cidade para saber se vale a pena ou não investir em tamanho empreendimento. Verifique se há boliches, em algumas capitais há apenas um e mal localizado e pode ser ai encontrado um espaço para boa lucratividade. Entretanto, fuja de cidades pequenas interioranas, o poder aquisitivo da maioria da população não é o suficiente para manter os lucros altos.
  2. 2. 2 Localização ideal e estrutura para montar um boliche O lugar onde vai ficar o boliche é a chave do sucesso para quase todos os tipos de negócios. De acordo com uma pesquisa do Sebrae realizada no ano de 2010, ter um empreendimento em um local inadequado é um fator de 14% da morte das empresas antes mesmo delas terem quatro anos de vida. Assim, especialistas afirmam que o ponto escolhido é responsável por até 25% do sucesso do empreendimento e ter ou não um lucro mensal. Para definir uma boa localização para o boliche, é preciso saber como o entretenimento é encarado na localidade desejada. Depois disso, já percebido um lugar sem tal diversão e com espaço, é preciso então ver o tipo de imóvel adequado. Isso inclui um espaço que seja perto de grande fluxo de pessoas, que ele também seja grande, a ponto de poder abrigar as pistas que cada uma contém 30 metros de comprimento por 3,42 de largura ou de 80 a 100 m² por pista instalada. É preciso também que o local também possa ser um espaço para outras diversões, como os jogos, o cybercafé, restaurante; que tenha estacionamento; que tenha um preço de aluguel que caiba no bolso do empreendedor; que o público que está na vizinhança tenha condições financeiras para freqüentar o boliche ou que faça parte da cultura dele. Outros pontos a considerar são a visibilidade, o local deve estar visível, deve realmente mostrar que é um boliche ao público, deve ter funcionários a mais para dias de maior movimento e precisa ter espaço para futuras ampliações. O conforto dos clientes deve estar em primeiro lugar, então é preciso pensar em espaço, temperatura, iluminação e decoração. As luzes devem estar de uma forma que não causem incômodos, por exemplo. A decoração deve estar adequada à proposta do negócio, que é o entretenimento. A temperatura deve contar com ar-condicionado, já que os clientes ficarão ali por um tempo mínimo de uma hora, isso apenas jogando, fora o tempo de espera da pista a ser alugada ou as horas posteriores aos jogos. A parte de gastronomia do boliche pode ser terceirizada e o empreendedor vai ganhar dinheiro no aluguel do espaço ou percentual de venda. Assim, os funcionários que vão atuar nessa área não precisam ser contratados por ele. Determine a estrutura física necessária para montar o boliche e a partir da análise da análise da migro região verifique os pontos disponíveis que possuem o tamanho mínimo necessário. A partir daí consulte a legislação municipal para se certificar quais destes locais podem ser utilizados para atividade. Sua decisão levará em conta fatores como, fluxo de pessoas e veículos, estacionamento, segurança, preço do aluguel, etc. - Equipamentos necessários o Tabelas computadorizadas; o Máquinas rearmadoras; o Maquinário automático para a devolução da bola ou pineiros. Uma observação a ser feita e a disposição do maquinário e equipamentos, que devem oferecer integração para melhor servir e atender satisfatoriamente o cliente. Fornecedores do boliche Há poucos fornecedores de equipamentos de boliche no Brasil, contudo, de pistas existem vários. O domínio é da Kopp, seguida de Imply e Brunswick. Porém, existem ainda Qubica AMF, Volmer, Logus e Sedel. Dessa maneira, deve-se ter uma boa empresa fornecedora para
  3. 3. 3 que o negócio dê certo. Ela precisa dar garantias e qualidade para que haja retorno da clientela. Como o negócio se desenvolveu bastante por aqui, a indústria brasileira passou a produzir também com a mesma qualidade dos produtos europeus. Assim, os custos saem bem mais em conta. Com isso, os empreendedores podem buscar crédito para montarem seu negócio de forma que não vá gastar tanto como se fossem obter materiais e equipamentos dos estrangeiros. Investimento inicial em um boliche O capital inicial de investimento vai depender do tamanho do boliche. As empresas aqui já citadas da área de bolihe dão assessoria para aqueles que querem abrir esse tipo de negócio. No caso dos menores, o valor gira em torno de R$50.000,00. Se um boliche possui 10 pistas com R$25,00 a hora e se forem alugadas cinco horas diariamente, o faturamento alcança R$ 1.250,00 em apenas 24 horas. Se for pensar em 30 dias, poderá alcançar a marca de R$ 37.500,00 e cerca de R$ 450.000,00 por ano. A organização destaca que oboliche mesmo dá conta da metade desse valor, o resto é obtido nas outras opções que são oferecidas dentro dele. Funcionários de um boliche Uma equipe qualificada para atender aos clientes é a receita básica para o sucesso do boliche. O número de funcionários vai depender da quantidade de pistas dos outros serviços. Mas para se ter uma ideia, para ter um empreendimento desses com oito pistas são necessários, por turno, um operador para o computador, que precisa ter o ensino médio e treinamentos nos sistemas de gestão do boliche, um técnico para as pistas, dois funcionários para limpeza, um para o atendimento e fornecimento do sapato e uma pessoa esclarecer dúvidas durante as partidas. Além desses, é preciso que o dono esteja presente ou um gerente. Dessa maneira, é importante que aquele que vai investir nesse tipo de empreendimento tenha hábitos noturnos para poder sempre acompanhar o seu negócio de perto, pelo menos algumas vezes por semana. Devera variar também com o tamanho do empreendimento. No mínimo você deverá contratar recepcionista e caixa, um auxiliar especializado, ajudantes e pineiros se for o caso. Lembrando sempre de avaliar a necessidade de qualificação de cada profissional e qualificálo se necessário. Público-alvo do boliche Sendo para competição ou não, seu espaço é considerado de diversão e seu público-alvo é de crianças e adultos, homens e mulheres de todas as idades. Jovens são bons adeptos do bolichecomo diversão e se você tiver mesas para festas, pode ser uma boa pedida como ponto de comunicação. É bom definir qual o público-alvo, pois é ele que irá indicar o que oferecer no estabelecimento. Faça uma análise visitando outros boliches e conversando com funcionários e proprietários. Caso você ainda não tenha bem definido o público é possível fazer uma pesquisa informal. Dica: visite alguns boliches em dias e horários diferentes e com um pequeno papel e caneta vá classificando os freqüentadores, assim você saberá ao certo o perfil do utilizador deste tipo de serviço de entretenimento. Como bônus, o empresário ainda estará fazendo uma observação e análise da concorrência do boliche que você vai montar.
  4. 4. 4 O mercado de entretenimento vem crescendo, agradando cada vez mais a população brasileira, e conquistando muitas famílias e grupos de amigos. Essas informações são bastante relevantes para quem deseja montar um local de entretenimento como o boliche.É muito importante criar um plano de negócios como ponto de partida do empreendimento, colocando em questão o segmento que pretende seguir, o tipo de público que se pretende atender jovens, adultos, classe média, classe baixa, enfim, é fundamental definir o público a ser atingido para que o planejamento seja realizado com foco e objetividade. Investimento Os equipamentos como tabelas computadorizadas, máquinas rearmadoras e maquinário automático exigem alto investimento, assim como toda a estrutura do boliche. O investimento inicial mínimo gira em torno de 50 mil reais, sem considerar o capital de giro e divulgação. Estrutura e Localização A estrutura mínima dever ser suficiente para instalar pistas, ambiente para troca de sapatos, recepção, sanitários e caixa. Uma boa opção é montar uma lanchonetecom cardápio diferenciado, com preço acessível. É hora de definir a estrutura para montar o boliche, basta começar a analisar os pontos que oferecem o espaço mínimo para adequar o negócio.Algumas questões devem ser colocadas em pauta, como fluxo de pessoas, estacionamento, segurança e preço do aluguel. Prefira um local de fácil acesso, com boa visibilidade e que ofereça
  5. 5. 5 estacionamento, esses fatores fazem a diferença na hora do cliente escolher onde frequentar. Uma dica interessante é começar a visitar alguns boliches para entender melhor o funcionamento e a estrutura utilizada pelos empreendedores. Boliche é um Negócio Lucrativo Boliche O Boliche é um negócio lucrativo e em constante ascensão, uma forma de entretenimento para toda família. As casas de boliche tornaram-se centros de entretenimento, sendo o boliche a sua âncora. Entre as opções de entretenimento estão os jogos eletrônicos, bilhar, playground e outros. Os centros de entretenimento também oferecem área de serviço, bar e restaurante. Potencial Retorno O retorno do investimento de capital ao montar um centro de entretenimento ocorre de 2 a 3 anos. Muitos empresários do ramo investem em mais de um centro de boliche por comprovarem a lucratividade do negócio. O boliche representa em média 50% do faturamento de um centro de entretenimento. De acordo com o exemplo a cima, outros jogos e alimentação contribuem com mais R$ 450 mil ao ano. Espaço Físico Pistas Para montar um par de pistas completo é necessário 30m de comprimento por 3,42m de largura. Esta medida inclui a área de jogadores e o espaço necessário para a instalação e manutenção da máquina rearmadora. Para cálculos de espaço físico total, estima-se serem necessários de 80 a 100 metros quadrados por pista. Este espaço, além das pistas, inclui a área de serviço e demais itens ligados ao setor de entretenimento. Recomenda-se que não haja colunas entre as pistas ou área de jogadores. Caso houver, é importante observar as medidas acima.
  6. 6. 6 O espaço necessário para a área de serviços, tais como bar e banheiros, dependerá do tamanho do seu centro de entretenimento. É importante considerar espaço para futuras expansões. Detalhes do Prédio Fundação das Pistas As pistas serão instaladas em uma base compacta de concreto reforçado. O piso deve estar nivelado e deve ser a prova de umidade. Sobre o piso será montada a estrutura de madeira das pistas. No caso de instalações no segundo piso ou superior, o piso deve suportar o peso dos equipamentos e do público. O local deve contar com isolamento acústico e vibratório. Teto A altura ideal recomendada pela Kopp é de 3,5 metros. Uma estrutura de ferro é montada para suportar os monitores aéreos. Acústica Recomenda-se um estudo sobre a necessidade de isolamento acústico, principalmente em áreas residenciais e quando o boliche for instalado no segundo piso. Recursos Humanos É indispensável contar com uma equipe completa e qualificada. A quantidade de pessoas envolvidas na operação do centro varia conforme as opções de entretenimento e o tamanho do centro. Para operar um boliche com 8 pistas é necessário no mínimo um operador para a central de gerenciamento e um técnico para a conservação das pistas e manutenção dos equipamentos. Pessoas ligadas à área de entretenimento recomendam a presença do proprietário ou gerente no dia a dia. É relevante que o perfil do empreendedor, neste caso, esteja relacionado com a industria do entretenimento e hábitos noturnos. Persistência, dinamismo e bons relacionamentos são características importantes. O Boliche é um Sucesso Montar um centro de entretenimento com um boliche de ultima geração é uma excelente oportunidade de investimento. Empresários do mundo todo estão satisfeitos com seus negócios e continuam expandindo suas operações. Para maiores informações:
  7. 7. 7 Andreia Cintra Consultora de Negócios fone:xx11 9127-1731 skype: andreia.vendasboliche msn: aaandreia1@hotmail.com twitter: @bolicheetc

×