História e Criação da AmBev
Direito Econômico e Financeiro
Professor: João Costa
Aluno: Geyser Amaro de Sousa
CENTRO UNIVE...
APRESENTAÇÃO DA COMPANHIA
A Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) é
uma empresa de capital aberto brasileira, produtor...
Hoje parte da AB InBev, maior grupo cervejeiro do
mundo, a AMBEV opera em 16 países das Américas e
ocupa, isoladamente, a ...
CARACTERÍSTICAS GERAIS
Possui mais de 45 mil colaboradores, atuando em 14
países.
O valor da empresa aumentou mais de 10 v...
BREVE HISTÓRICO
A fusão foi aprovada pelo Conselho Administrativo de
Defesa Econômica (Cade) em 30 de março de 2000. Líder...
1885— Criação da Companhia Antarctica Paulista
1888— O suíço Joseph Villiger registra a marca Brahma na Junta
Comercial do...
1980— A Brahma adquire o controle acionário das Cervejarias
Reunidas Skol – Caracu S.A., fabricante da cerveja Skol desde ...
PROJEÇÃO GLOBAL DA AMBEV
A AmBev detém o maior portfólio do país no setor de
bebidas, e vem consolidando a participação de...
A AmBev é ainda a maior engarrafadora da PepsiCo
fora dos EUA. Por meio de um acordo de franchising, a
companhia vende e d...
FILOSOFIA DE TRABALHO
A companhia considera extremamente importante a
satisfação do cliente para assim preservar a relação...
FORNECEDORES
São quatro os elementos fundamentais para produzir
cerveja: água, malte, lúpulo e fermento.
O malte utilizado...
São quatro os elementos fundamentais para
produzir cerveja: água, malte, lúpulo e fermento.
O malte utilizado em cervejari...
O lúpulo é o tempero da cerveja e um dos principais
elementos que os mestres cervejeiros dispõem para
diferenciar seus pro...
CRIAÇÃO DA AB INBEV
A empresa foi fundada em 2004, sob o nome
de InBev em uma fusão entre a belga Interbrew e a
brasileira...
Com esta aquisição, a InBev tornou-se a maior
cervejaria do mundo. O nome da empresa foi posteriormente
alterado para "Anh...
MARCAS
Após as incorporações, várias marcas já
consolidadas no mercado passaram a fazer parte do
catálogo de bebidas da co...
Criação da AmBev e seus aspectos econômicos
Criação da AmBev e seus aspectos econômicos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Criação da AmBev e seus aspectos econômicos

266 visualizações

Publicada em

Criação da AmBev e análise dos aspectos econômicos da companhia.

Publicada em: Economia e finanças
2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • @Juliana Faioli Fernando Henrique Cardoso e o PSDB concedeu o MONOPÓLIO das cervejas no Brasii com a criação da AMBEV, através do CADE. Até ods dias de hoje encontramos o braço da MABEV assistindo o PSDB. ASADIA não pode se fundir com a PERDIGÃO, o porque não se sabe. A GAROTO e a NESTLÉl.....
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Excelente trabalho, tema abordado de forma clara e objetiva, trouxe todas as fases e fusões de forma clara.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
266
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Criação da AmBev e seus aspectos econômicos

  1. 1. História e Criação da AmBev Direito Econômico e Financeiro Professor: João Costa Aluno: Geyser Amaro de Sousa CENTRO UNIVERSITÁRIO DO LESTE DE MINAS GERAIS – UNILESTE MG
  2. 2. APRESENTAÇÃO DA COMPANHIA A Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) é uma empresa de capital aberto brasileira, produtora de bens de consumo. Segundo dados da consultoria Economatica, a Ambev é a maior empresa da América Latina, com um valor de mercado de U$120,1 bilhões, à frente da Ecopetrol e Petrobras. Nasceu da fusão entre a Cia Antarctica Paulista e Companhia Cervejaria Brahma. Criada em 1999, com a fusão das centenárias cervejarias Brahma e Antarctica, a AmBev se consolidou em seus 16 anos de existência, se tornando líder no Brasil e na América Latina.
  3. 3. Hoje parte da AB InBev, maior grupo cervejeiro do mundo, a AMBEV opera em 16 países das Américas e ocupa, isoladamente, a 3a posição. Sua marca de cerveja Skol é a 3a mais consumida no mundo e seu refrigerante Guaraná Antarctica é líder histórico no mercado brasileiro do segmento de guaraná. A AmBev está também entre as maiores engarrafadoras de Pepsi em todo o mundo.
  4. 4. CARACTERÍSTICAS GERAIS Possui mais de 45 mil colaboradores, atuando em 14 países. O valor da empresa aumentou mais de 10 vezes nos últimos anos. O Ebitda cresceu de 1,5 Bilhão, em 2000, para R$ 117 bilhões em 2010. A Ambev evoluí de forma sustentável, com foco em rentabilidade, participação de mercado, redução de custos e, principalmente, em pessoas. Hoje a AmBevé parte da Anheuser-Busch InBev n.V/s.A (ABI), maior grupo cervejeiro do mundo.
  5. 5. BREVE HISTÓRICO A fusão foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em 30 de março de 2000. Líder no mercado brasileiro de cervejas, a AmBev é referência mundial em gestão, crescimento e rentabilidade. Com a aliança global firmada com a InBev, em 3 de março de 2004, a companhia passou a ter operações na América do Norte com a incorporação da Labatt canandense, tornando-se a Cervejaria das Américas.
  6. 6. 1885— Criação da Companhia Antarctica Paulista 1888— O suíço Joseph Villiger registra a marca Brahma na Junta Comercial do Rio de Janeiro 1905— Realizam-se as primeiras experiências com o guaraná, visando a sua utilização em alimentos 1911— Inaugurada a primeira filial da Antarctica em Ribeirão Preto 1921— Início da produção e comercialização do Guaraná Champagne Antarctica, que se tornou o padrão da categoria e líder absoluto do segmento 1934— Com uma produção de 30 milhões de litros de cerveja a Brahma Chopp é um sucesso no país 1954— Brahma e Antarctica já contam com maltarias próprias, barateando os custos de produção da cerveja 1971— A Skol é pioneira no Brasil ao lançar a cerveja em lata de folha de flandres 1979— A Antarctica começa a exportar seus produtos para Europa, Estados Unidos e Ásia BREVE HISTÓRICO – ORDEM CRONOLÓGICA
  7. 7. 1980— A Brahma adquire o controle acionário das Cervejarias Reunidas Skol – Caracu S.A., fabricante da cerveja Skol desde 1967 1984— Constituído o Grupo Antarctica com sede em São Paulo e mais de 23 empresas controladas . 1984— Brahma e PepsiCo International firmam um acordo para a fabricação, comercialização e distribuição da Pepsi Cola no Brasil. 1989— Brahma Chopp, Skol e Pepsi são vendidas em latinhas de alumínio 1993— Início de internacionalização da Brahma: a empresa constrói sua primeira fábrica fora do Brasil, na Argentina 1999— É anunciada, em 1º de julho, a fusão da Companhia Antarctica Paulista e da Companhia Cervejaria Brahma, para criar a AmBev 1991— Anúncio da internacionalização do Guaraná Antarctica, em parceria com a PepsiCo 2004— A AmBev e a Interbrew, anunciaram uma aliança estratégica, tornando-se a líder mundial do setor
  8. 8. PROJEÇÃO GLOBAL DA AMBEV A AmBev detém o maior portfólio do país no setor de bebidas, e vem consolidando a participação de suas marcas no mercado brasileiro de cervejas. A AmBev atua em quase toda a América Latina por meio de operações próprias (Venezuela, Guatemala, Peru, Equador, Nicarágua, El Salvador e República Dominicana) e da associação com a Quilmes (Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Chile), na qual detém hoje participação de 91,18%.
  9. 9. A AmBev é ainda a maior engarrafadora da PepsiCo fora dos EUA. Por meio de um acordo de franchising, a companhia vende e distribui os produtos Pepsi no Brasil e em outros países da América Latina, incluindo Pepsi, Pepsi Twist, Pepsi Max, H2OH!, Lipton Ice Tea e o isotônico Gatorade. Com tal alcance, a empresa com certeza precisa de boas estratégias de logística para receber e entregar seus produtos de forma satisfatória.
  10. 10. FILOSOFIA DE TRABALHO A companhia considera extremamente importante a satisfação do cliente para assim preservar a relação cordial com estes. Assim, atendê-los bem – com cortesia, eficiência e sinceridade –, facilitar sua vida e atuar sempre de forma a defender seus interesses são metas para cada funcionário. Com essa filosofia, a agilidade e a qualidade das informações prestadas à população pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) rendeu à Empresa o primeiro certificado ISO 9002 pelo serviço no setor de bebidas do país. Foram pioneiros também no atendimento ao cliente via Internet no Brasil, serviço que entrou em funcionamento em 1996.
  11. 11. FORNECEDORES São quatro os elementos fundamentais para produzir cerveja: água, malte, lúpulo e fermento. O malte utilizado em cervejaria é obtido a partir de cevadas de variedades selecionadas especificamente para essa finalidade. No Brasil, pode ser adquirido de algumas partes do Rio Grande do Sul durante o inverno; na América do Sul, a Argentina é grande produtora.
  12. 12. São quatro os elementos fundamentais para produzir cerveja: água, malte, lúpulo e fermento. O malte utilizado em cervejaria é obtido a partir de cevadas de variedades selecionadas especificamente para essa finalidade. No Brasil, pode ser adquirido de algumas partes do Rio Grande do Sul durante o inverno; na América do Sul, a Argentina é grande produtora.
  13. 13. O lúpulo é o tempero da cerveja e um dos principais elementos que os mestres cervejeiros dispõem para diferenciar seus produtos dos demais. No Brasil não existem condições climáticas adequadas à produção de lúpulo, e todo o suprimento nacional é importado da Europa e Estados Unidos. Por serem adquiridos do exterior, tais ingredientes necessitam de atenção para que estejam sempre disponíveis e pelo menor preço possível mantendo a qualidade.
  14. 14. CRIAÇÃO DA AB INBEV A empresa foi fundada em 2004, sob o nome de InBev em uma fusão entre a belga Interbrew e a brasileira AmBev. As mudanças que a cervejaria fez após a fusão assegurou que a InBev tivesse maior margem de lucro, inclusive no difícil mercado da Europa Ocidental. Em 12 de junho de 2008 a InBev anunciou uma oferta de 46 bilhões de dólares americanos para comprar a Anheuser-Busch, a maior cervejaria dos Estados Unidos. Depois que InBev aumentou a oferta para 52 bilhões de dólares, o conselho de administração da Anheuser-Busch aceitou a oferta, em 13 de julho de 2008.
  15. 15. Com esta aquisição, a InBev tornou-se a maior cervejaria do mundo. O nome da empresa foi posteriormente alterado para "Anheuser-Busch InBev” – AB InBev. Em abril de 2012 comprou a Cervecería Nacional Dominicana, que é dona da cerveja mais bebida da Republica Dominicana, a Inbev pagou 1,24 bilhão de dólares pela empresa. Para rechear mais seu portfólio, em Junho de 2012, AB InBev adquiriu o Grupo Modelo dona da cerveja vendida no México a Corona, por US$ 20,1 bilhões de dolares. Em janeiro de 2014 anunciou a aquisição da cervejaria sul-coreana Oriental Brewery por US$ 5,8 bilhões, a AB Inbev já foi dona da empresa, mas foi vendida por US$ 1,8 bilhão em 2009 devido a compra da Anheuser-Busch pela InBev ocorrida um ano antes.
  16. 16. MARCAS Após as incorporações, várias marcas já consolidadas no mercado passaram a fazer parte do catálogo de bebidas da companhia. Dentre elas, destacam- se as globais Stella Artois, Budweiser, Corona; as brasileiras Skol, Brahma, Bohemia, Antarctica, Original (Antarctica), Liber, Caracu, Colorado; e outras de diversos países, como Bud Light (Canadá / EUA), Quilmes (Argentina), Corona (México); além de diversas outras bebidas fora do ramo cervejeiro, como as já mencionadas Pepsi e Guaraná Antarctica, além de Sukita, Lipton Ice Tea, H2OH!, Gatorade, Fusion, Monster Energy e Citrus Antarctica, dentre outras.

×