Lições Adultos Reavivamento e Reforma
Lição 3 - A Palavra: a base do reavivamento 13 a 20 de julho
❉ Sábado à tarde - “Ple...
ouvirá nossas petições; mas Ele não nos abençoará na desobediência. Se resolvemos desobedecer a Seus
mandamentos, podemos ...
experiência verdadeira com Jesus, transmitindo entendimento a respeito da palavra de Deus, é também dando capacidade
para ...
Já não experimentamos isto no passado? Ao sairmos, confiados na promessa de Deus, as coisas que se não vêem
salvo, pelos o...
❉ Sexta - Conclusão: Ano Bíblico: Ec 5–8
Em “A Palavra: a base do reavivamento” aprendi que …
★ Domingo - Reavivados pela ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A palavra: a base do reavivamento resumo 332013

386 visualizações

Publicada em

O Objetivo do resumo da lição não é substituí-la, pelo contrário e dar mais amplitude ao estudo do tema.

A ideia e colocar os textos bíblicos diretos que respondam as questões da lição, somados aos escritos de Ellen White que dão luz sobre o assunto, eu procuro comentar o mínimo possível, só detalhes referentes as questões e algumas definições todas neste tom de azul, pois se os textos forem realmente claros, que é intenção, não há necessidade de ficar comentando, e a aplicação, como e mais extensa, procuro fazer na nossa classe.

“Sempre darei a fonte, para que o conteúdo não seja anônimo, e todos tenham a oportunidade de achar, pesquisar e questionar”.

Que... “Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe; e faça resplandecer o seu rosto sobre nós. Para que se conheça na terra o teu caminho, e em todas as nações a tua salvação”. Sal. 67:1-2. 

Bom Estudo!

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A palavra: a base do reavivamento resumo 332013

  1. 1. Lições Adultos Reavivamento e Reforma Lição 3 - A Palavra: a base do reavivamento 13 a 20 de julho ❉ Sábado à tarde - “Pleiteia a minha causa e livra-me; vivifica-me, segundo a Tua Palavra” (Sl 119:154, RC). Necessita-se um reavivamento no estudo da Bíblia em todo o mundo. Cumpre chamar-se a atenção, não para as afirmações dos homens, mas para a Palavra de Deus. À medida que se fizer isto, realizar-se-á poderosa obra. Quando Deus declarou que Sua Palavra não voltaria para Ele vazia, queria dizer tudo quanto disse. O evangelho deve ser pregado a todas as nações. A Bíblia deve ser aberta perante o povo. O conhecimento de Deus é a mais alta educação, e encherá a Terra com suas maravilhosas verdades, como as águas cobrem o mar. Manuscrito 139, 1898. Objetivo: Examinar os relatos bíblicos e avaliar a importância da palavra de Deus no contexto do reavivamento. ❉ Domingo - Reavivados pela Palavra Ano Bíblico: Pv 16–19 1. Leia cada um dos versos abaixo. Na primeira linha escreva a súplica. Na segunda linha escreva a circunstância que levou Davi a fazer a súplica. Sl 119:25; Sl 119:107; Sl 119:153, 154 “A minha alma está apegada ao pó; vivifica-me segundo a tua palavra.” (Salmos 119:25 RA) “Estou aflitíssimo; vivifica-me, SENHOR, segundo a tua palavra.” (Salmos 119:107 RA) “Atenta para a minha aflição e livra-me, pois não me esqueço da tua lei. Defende a minha causa e liberta-me; vivifica-me, segundo a tua promessa.” (Salmos 119:153-154 RA) Súplica: “vivifica-me segundo a tua palavra.” Sl 119:25 e 107; “Atenta para a minha aflição e livra-me, pois não me esqueço da tua lei. Defende a minha causa e liberta-me; vivifica-me, segundo a tua promessa.” Sl 119:153-154. Circunstâncias que levou Davi a fazer a súplica: "Estou derrotado e caído no chão” Sl 119:25; “estou dominado pelo desespero” Sl 119:107; e “estou sofrendo” Sl 119:153-154. Experiência com Deus: "Amo ao Senhor, porque Ele ouviu a minha voz e a minha súplica. Porque inclinou para mim os Seus ouvidos; Portanto, invocá-Lo-ei enquanto viver. "Cordéis da morte me cercaram, E angústias do inferno se apoderaram de mim; Encontrei aperto e tristeza. Então, invoquei o nome do Senhor, Dizendo: Ó Senhor, livra a minha alma! Piedoso é o Senhor e justo; O nosso Deus tem misericórdia. "O Senhor guarda aos símplices; Estava abatido, mas Ele me livrou. Volta, minha alma, a teu repouso, Pois o Senhor te fez bem. Porque Tu, Senhor, livraste a minha alma da morte, Os meus olhos das lágrimas e os meus pés da queda." Sl 116:1-8. 2. Nos Salmos, Davi falou sobre as bênçãos da Palavra em sua vida espiritual. Leia os seguintes versos do Salmo 119 e escolha uma palavra de cada verso que melhor resume as bênçãos que o salmista descobriu nessa Palavra. 50; 74; 116; 130; 160; 169; 170 Consolo: “O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica.” (Sl 119:50 RA) Esperança: “Alegraram-se os que te temem quando me viram, porque na tua palavra tenho esperado.” (Sl 119:74 RA) Amparo: “Ampara-me, segundo a tua promessa, para que eu viva; não permitas que a minha esperança me envergonhe.” (Salmos 119:116 RA) Esclarecimento: “A revelação das tuas palavras esclarece e dá entendimento aos simples.” (Sl 119:130 RA) Verdade: “As tuas palavras são em tudo verdade desde o princípio, e cada um dos teus justos juízos dura para sempre.” (Salmos 119:160 RA) Entendimento: “Chegue a ti, SENHOR, a minha súplica; dá-me entendimento, segundo a tua palavra.” (Sl 119:169 RA) Salvação: “Chegue a minha petição à tua presença; livra-me segundo a tua palavra.” (Sl 119:170 RA) Todas as promessas de Deus são feitas sob condições. Se fazemos Sua vontade, se andamos na verdade, então podemos pedir o que quisermos, e nos será feito. Enquanto procurarmos diligentemente ser obedientes, Deus ramos@advir.comramos@advir.com
  2. 2. ouvirá nossas petições; mas Ele não nos abençoará na desobediência. Se resolvemos desobedecer a Seus mandamentos, podemos exclamar: "Fé, fé, tão-somente tende fé!", e a segura Palavra de Deus dará a resposta: "A fé sem as obras é morta." Tia. 2:20. Semelhante fé será apenas como o bronze que soa e como o címbalo que retine. A fim de receber os benefícios da graça de Deus precisamos fazer a nossa parte; precisamos labutar fielmente e produzir frutos dignos do arrependimento. Fé e Obras, 47. ❉ Segunda - Poder criativo da Palavra Ano Bíblico: Pv 20–22 3. Leia Hebreus 4:12. A passagem afirma que “a Palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra” o nosso íntimo. Em que sentido a Palavra de Deus é viva? “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.” (Hebreus 4:12 RA) A palavra de Deus é viva, e eficaz, toda poderosa para penetrar a consciência, revelar os pensamentos e intenções, e renovar e elevar o caráter humano. Hb 4:12 Somente pelo Espírito divino será a Palavra viva e poderosa para renovar o caráter para a vida eterna. Isso é o que Cristo buscava incutir em Seus discípulos. Ensinava que nada que possuíam em si mesmos podia dar êxito a seus esforços, mas o miraculoso poder de Deus é que torna eficaz Sua Palavra. Parábolas de Jesus, 67. Quando Cristo pregava, Sua mensagem era qual espada aguda, de dois gumes, penetrando a consciência dos homens e revelando-lhes os mais íntimos pensamentos. A obra feita por Cristo terão de fazer Seus fiéis mensageiros. Devem pregar a Palavra em simplicidade, pureza, e na mais estrita integridade. ... Toda palavra proferida sob a direção do Espírito Santo será cheia da mais profunda solicitude pela salvação de almas. Mensagens Escolhidas, Vol. 2 p. 159. 4. Qual é a diferença entre a Palavra de Deus e o conselho inteligente de um sábio professor, pastor ou conselheiro? O que a Bíblia diz sobre o poder da Palavra de Deus? Sl 33:6, 9; Hb 11:3; 2Tm 3:16, 17 Os céus por sua palavra se fizeram, e, pelo sopro de sua boca, o exército deles.” (Salmos 33:6 RA) “Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir.” (Salmos 33:9 RA) “Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem.” (Hebreus 11:3 RA) “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.” 2 Tm 3:16-17 A Palavra de Deus é criadora, tem em si mesma poder de gerar vida. “Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir.” Sl 33:9. (Sl 33:6; Hb 11:3). A Sabedoria ou conselho humano em contraste com a celeste e definido como a natureza humana “carne” e a divina “Espírito”. “Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz”. Rm 8:5-6. A Palavra de Deus é espírito e vida “O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida”. Jo 6:63. (2 Tm 3:16-17) A energia criadora que trouxe à existência os mundos está na Palavra de Deus. Essa Palavra comunica poder e gera vida. Cada ordenança é uma promessa; aceita voluntariamente, recebida na alma, traz consigo a vida do Ser infinito. Transforma a natureza, restaurando-a à imagem de Deus. Educação, p. 126. Nenhum outro livro é tão poderoso para elevar os pensamentos e dar vigor às faculdades, como as amplas e enobrecedoras verdades da Bíblia. Se a Palavra de Deus fosse estudada como deveria ser, os homens possuiriam uma amplitude mental, uma nobreza de caráter e uma estabilidade de propósito que raramente se vêem neste tempo. Atlantic Union Gleaner, 9 de junho de 1909. ❉ Terça - Jesus e a Palavra Ano Bíblico: Pv 25–27 5. Qual é a semelhança entre a função da Palavra de Deus e do Espírito de Deus? Jo 5:39; 16:14, 15 “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim.” Jo 5:39 RA “Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar. Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso é que vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.” Jo 16:14-15 RA Tanto a Palavra de Deus, como o Espírito Santo dão testemunho de Jesus. Foi o Espírito Santo que inspirou os profetas a escreverem as escrituras “pois jamais a profecia teve origem na vontade humana, mas homens falaram da parte de Deus, impelidos pelo Espírito Santo.” 2 Pe 1:21; "Toda Escritura é divinamente inspirada." II Tim. 3:16. É Ele que nós leva a uma ramos@advir.comramos@advir.com
  3. 3. experiência verdadeira com Jesus, transmitindo entendimento a respeito da palavra de Deus, é também dando capacidade para aplicar seus ensinos em nossa vida diária. Lc 24:49; Jo 14:26; 15:26; 16:7, 13. Ler a Palavra de Deus não é suficiente. As Escrituras foram dadas para nossa instrução, e devemos examiná-las com atenção e diligência. Devemos estudar a Palavra de Deus, comparando uma parte com outra. Uma passagem é a chave que descerra outra passagem. Quando lemos, estudamos e oramos, está ao nosso lado um Mestre divino: o Espírito Santo, iluminando nosso entendimento, para compreendermos as grandes verdades da Palavra de Deus. Pacific Union Recorder, 23 de fevereiro de 1905. Por intermédio das Escrituras o Espírito Santo fala à mente, e grava a verdade no coração. Assim expõe o erro, expelindo-o da alma. É pelo Espírito de verdade, operando pela Palavra de Deus, que Cristo submete a Si Seu povo escolhido. O Desejado de Todas as Nações, 671. ... o Espírito foi prometido por nosso Salvador para aclarar a Palavra a Seus servos, para iluminar e aplicar os seus ensinos. E visto ter sido o Espírito de Deus que inspirou a Escritura Sagrada, é impossível que o ensino do Espírito seja contrário ao da Palavra. O Grande Conflito, 7-8. ❉ Quarta - Reavivamento, fé e a Palavra Ano Bíblico: Pv 28–31 6. Por que algumas pessoas recebem pouco benefício da leitura da Bíblia? Hb 4:1, 2 “Temamos, portanto, que, sendo-nos deixada a promessa de entrar no descanso de Deus, suceda parecer que algum de vós tenha falhado. Porque também a nós foram anunciadas as boas-novas, como se deu com eles; mas a palavra que ouviram não lhes aproveitou, visto não ter sido acompanhada pela fé naqueles que a ouviram.” (Hebreus 4:1-2 RA) A mensagem, porém ela não lhes fez nenhum benefício porque, quando a ouviram, não a receberam com fé. Hb 4:2. Precisamos reconhecer a necessidade de exercer aquela fé que é aceitável a Deus - a fé que opera pelo amor e purifica a alma. Sem fé é impossível ouvir a Palavra de modo a tirar proveito do ouvir, mesmo que seja apresentada de um modo bem impressionante. … A menos que misturemos fé com o ouvir a Palavra, a menos que recebamos as verdades que ouvimos como uma mensagem do Céu, para ser cuidadosamente estudada, a ser comida pela alma e assimilada na vida espiritual, perdemos a influência do Espírito de Deus. Não compreendemos por experiência o que significa encontrar descanso por receber a divina garantia da Palavra. Nunca é demais repetir a importância de estudar a Palavra. Suas promessas são amplas e plenas de riquezas. De modo algum deveríamos falhar em assegurar-nos os tesouros celestes. … A religião de Jesus Cristo opera uma reforma na vida e no caráter. O verdadeiro cristão busca constantemente a graça que transforma os aspectos objetáveis do caráter natural. Em vez de proferir palavras agudas, ditatoriais, ele profere palavras de encorajamento que Cristo falaria se estivesse em seu lugar. Ele revela benevolência para com todos, não somente aos poucos que possam elogiar e exaltar sua sabedoria. A pureza e santidade reveladas na vida de Cristo irradia da vida do verdadeiro cristão. Manuscrito 30, 1902. 7. Compare a fé do centurião romano, do paralítico de Betesda, e a dos discípulos no tempestuoso mar da Galileia (Mt 8:8- 10; Jo 5:6-9; Mt 14:29-33). O que podemos aprender com cada relato? Fé: é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Hb 11:1; Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. Hb 11:6. Centurião: Teve humildade “Senhor, não sou digno de que entres em minha casa” e fé “apenas manda com uma palavra, e o meu rapaz será curado”. Ele entendia à autoridade de Jesus “Pois também eu sou homem sujeito à autoridade, tenho soldados às minhas ordens e digo a este: vai, e ele vai; e a outro: vem, e ele vem; e ao meu servo: faze isto, e ele o faz”. E Deu um bom testemunho “Ouvindo isto, admirou-se Jesus e disse aos que o seguiam: Em verdade vos afirmo que nem mesmo em Israel achei fé como esta.” Mt 8:8-10. Paralítico: Desejava receber a cura, mas estava sem esperança “Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; pois, enquanto eu vou, desce outro antes de mim”, teve agora fé em Jesus (é não no tanque) e obedeceu as suas palavras e foi curado “Imediatamente, o homem se viu curado e, tomando o leito, pôs-se a andar”. Jo 5:6-9. Os discípulos: Estavam aprendendo a andar com Cristo, e nesta ocasião tiveram medo por conta de uma tempestade, Pedro pediu a Cristo para ir até ele “E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. “Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o “ensinado aqui que Ele é socorro bem presente na tribulação” e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? “ensinado que após Ele dizer a Pedro que podia vir, não deveria ter duvidado de Sua palavra, é importante saber que o que Deus diz, cumpri! Hb 10:23” Subindo ambos para o barco, cessou o vento. E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus!” ramos@advir.comramos@advir.com
  4. 4. Já não experimentamos isto no passado? Ao sairmos, confiados na promessa de Deus, as coisas que se não vêem salvo, pelos olhos da fé, tornaram-se coisas visíveis. Ao nos movermos e trabalharmos pela fé, Deus cumpriu para conosco cada uma das palavras que proferiu. A prova que temos da fidelidade de Suas promessas deve impedir todo pensamento de incredulidade. Conselhos Sobre Educação, 213-214. Lembrai-vos de que a prática da fé é o único meio de preservá-la. Se vos deixásseis ficar sempre na mesma posição, sem vos moverdes, vossos músculos perderiam a força, e vossos membros perderiam a faculdade de movimento. O mesmo se dá em relação a vossa experiência religiosa. Tendes de ter fé nas promessas de Deus. ... A fé se aperfeiçoará pela prática e a atividade. Carta 355, 1904. ❉ Quinta - A Palavra: guardiã e salvaguarda do reavivamento Ano Bíblico: Ec 1–4 8. Leia Atos 20:27-32. Qual era a preocupação de Paulo para com os cristãos de Éfeso? Qual foi seu conselho para eles? Que papel ele atribuiu à Palavra de Deus? “porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus. Atendei por vós e por todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para pastoreardes a igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue. Eu sei que, depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles. Portanto, vigiai, lembrando-vos de que, por três anos, noite e dia, não cessei de admoestar, com lágrimas, a cada um. Agora, pois, encomendo-vos ao Senhor e à palavra da sua graça, que tem poder para vos edificar e dar herança entre todos os que são santificados.” (Atos 20:27-32 RA) Preocupação: Eu sei que, depois da minha partida, lobos ferozes penetrarão no meio de vocês e não pouparão o rebanho. (2Pe 2:1; Jd 1:18); E dentre vocês mesmos se levantarão homens que torcerão a verdade, a fim de atrair os discípulos. At 20:29-30. (Sl 41:9; Mt 16:21; At 1:17; 1Jo 2:19; 1Co 11:19). Conselho: Por isso, vigiem! Lembrem-se de que durante três anos jamais cessei de advertir a cada um de vocês disso, noite e dia, com lágrimas. At 20:31. Papel atribuído à Palavra de Deus: Agora, eu os entrego a Deus e à palavra da sua graça, que pode edificá-los e dar-lhes herança entre todos os que são santificados. At 20:32. Se havemos de um dia conhecer a verdade, será porque a praticamos. É mister possuirmos viva experiência nas coisas de Deus antes de Lhe podermos compreender a Palavra. É esse conhecimento experimental que fortalece o intelecto, e nos edifica em Cristo, nossa Cabeça viva. Conselho aos Pais, Professores e Estudantes, 97. 9. Leia 1 Pedro 1:22, 23; Tiago 1:21, 22; 1 João 2:14. Quais são os ensinamentos de Pedro, Tiago e João sobre a importância da Bíblia na vida do cristão? Observe especialmente o ensino dos discípulos sobre o impacto da Bíblia em nossa vida espiritual. “Tendo purificado a vossa alma, pela vossa obediência à verdade, tendo em vista o amor fraternal não fingido, amai- vos, de coração, uns aos outros ardentemente, pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente.” (1 Pedro 1:22-23 RA) “Portanto, despojando-vos de toda impureza e acúmulo de maldade, acolhei, com mansidão, a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar a vossa alma. Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.” (Tiago 1:21-22 RA) “Filhinhos, eu vos escrevi, porque conheceis o Pai. Pais, eu vos escrevi, porque conheceis aquele que existe desde o princípio. Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e tendes vencido o Maligno.” (1 João 2:14 RA) A Palavra de Deus nós concede luz, que é o continuo conhecimento da verdade, pureza, bondade e uma fé que age motivada pelo amor e que regenera a alma, nós tornado vencedores em Cristo. 1 Pe 1:22-23; Tg 1:21-22; 1 Jo 2:14; Rm 8:37. Se o mundo tivesse perante si o exemplo que Deus requer dos que nEle crêem, faria as obras de Cristo. Se Jesus fosse apresentado entre nós, crucificado, se tivéssemos uma visão da cruz do Calvário à luz da Palavra de Deus, seríamos um com Cristo como Ele era Um com o Pai. Nossa fé seria totalmente diferente da que agora revelamos. Seria uma fé que opera por amor a Deus e os homens, e purifica o ser. Se esta fé fosse mostrada pelo povo de Deus, muitos mais creriam em Cristo. Uma santificada influência seria exercida pelas ações de benevolência dos servos de Deus, e eles brilhariam como luzes no mundo. Special Testimonies, Série A, nº 10, pág. 2. A Palavra da Vida é aquilo por cujo intermédio deve viver o cristão. Desta Palavra devemos receber um conhecimento da verdade que aumente continuamente. Dela devemos obter luz, pureza, bondade e uma fé que opera pelo amor e purifica a alma. Foi-nos dada para que sejamos remidos e apresentados irrepreensíveis perante o trono da glória divina. Maravilhosa vitória, obtida por Cristo em favor do homem! Carta 60, 1900. ramos@advir.comramos@advir.com
  5. 5. ❉ Sexta - Conclusão: Ano Bíblico: Ec 5–8 Em “A Palavra: a base do reavivamento” aprendi que … ★ Domingo - Reavivados pela Palavra: Consolo: “O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica.” Sl 119:50; Esperança: “Alegraram-se os que te temem quando me viram, porque na tua palavra tenho esperado.” Sl 119:74; Amparo: “Ampara-me, segundo a tua promessa, para que eu viva; não permitas que a minha esperança me envergonhe.” (Sl 119:116; Esclarecimento: “A revelação das tuas palavras esclarece e dá entendimento aos simples.” (Sl 119:130; Verdade: “As tuas palavras são em tudo verdade desde o princípio, e cada um dos teus justos juízos dura para sempre.” (Sl 119:160; Entendimento: “Chegue a ti, SENHOR, a minha súplica; dá-me entendimento, segundo a tua palavra.” Sl 119:169; Salvação: “Chegue a minha petição à tua presença; livra-me segundo a tua palavra.” Sl 119:170. ★ Segunda – Poder criativo da Palavra: A Palavra de Deus, tem em si mesma poder de gerar vida. “Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir.” Sl 33:9. (Sl 33:6; Hb 11:3). A Sabedoria ou conselho humano em contraste com a celeste e definido como a natureza humana “carne” e a divina “Espírito”. “Pois os que são segundo a carne inclinam- se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz”. Rm 8:5-6. A Palavra de Deus é espírito e vida “O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida”. Jo 6:63. (2 Tm 3:16-17) A palavra de Deus é viva, e eficaz, toda poderosa para penetrar a consciência, revelar os pensamentos e intenções, e renovar e elevar o caráter humano. Hb 4:12 ★ Terça - Jesus e a Palavra: Tanto a Palavra de Deus, como o Espírito Santo dão testemunho de Jesus. Foi o Espírito Santo que inspirou os profetas a escreverem as escrituras “pois jamais a profecia teve origem na vontade humana, mas homens falaram da parte de Deus, impelidos pelo Espírito Santo.” 2 Pe 1:21; "Toda Escritura é divinamente inspirada." II Tim. 3:16. É Ele que nós leva a uma experiência verdadeira com Jesus, transmitindo entendimento a respeito da palavra de Deus, é também dando capacidade para aplicar seus ensinos em nossa vida diária. Lc 24:49; Jo 14:26; 15:26; 16:7, 13. ★ Quarta - Reavivamento, fé e a Palavra: A mensagem, porém ela não lhes fez nenhum benefício porque, quando a ouviram, não a receberam com fé. Hb 4:2. Fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Hb 11:1; Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. Hb 11:6. O Centurião teve humildade “Senhor, não sou digno de que entres em minha casa” e fé “apenas manda com uma palavra, e o meu rapaz será curado”. Ele entendia à autoridade de Jesus “Pois também eu sou homem sujeito à autoridade, tenho soldados às minhas ordens e digo a este: vai, e ele vai; e a outro: vem, e ele vem; e ao meu servo: faze isto, e ele o faz”. E Deu um bom testemunho “Ouvindo isto, admirou-se Jesus e disse aos que o seguiam: Em verdade vos afirmo que nem mesmo em Israel achei fé como esta.” Mt 8:8-10. O Paralítico desejava receber a cura, mas estava sem esperança “Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; pois, enquanto eu vou, desce outro antes de mim”, teve agora fé em Jesus (é não no tanque) e obedeceu as suas palavras e foi curado “Imediatamente, o homem se viu curado e, tomando o leito, pôs-se a andar”. Jo 5:6-9. Os discípulos: Estavam aprendendo a andar com Cristo, e nesta ocasião tiveram medo por conta de uma tempestade, Pedro pediu a Cristo para ir até ele “E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. “Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o “ensinado aqui que Ele é socorro bem presente na tribulação” e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? “ensinado que após Ele dizer a Pedro que podia vir, não deveria ter duvidado de Sua palavra, é importante saber que o que Deus diz, cumpri! Hb 10:23” Subindo ambos para o barco, cessou o vento. E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus!” Mt 14:29-33 ★ Quinta - A Palavra: guardiã e salvaguarda do reavivamento: A preocupação de Paulo “Eu sei que, depois da minha partida, lobos ferozes penetrarão no meio de vocês e não pouparão o rebanho”. (2Pe 2:1; Jd 1:18); “E dentre vocês mesmos se levantarão homens que torcerão a verdade, a fim de atrair os discípulos”. At 20:29-30. (Sl 41:9; Mt 16:21; At 1:17; 1Jo 2:19; 1Co 11:19). Seu Conselho: “Por isso, vigiem! Lembrem-se de que durante três anos jamais cessei de advertir a cada um de vocês disso, noite e dia, com lágrimas”. At 20:31. Entrega “Agora, eu os entrego a Deus e à palavra da sua graça, que pode edificá-los e dar-lhes herança entre todos os que são santificados”. At 20:32. A Palavra de Deus nós concede luz, que é o continuo conhecimento da verdade, pureza, bondade e uma fé que age motivada pelo amor e que regenera a alma, nós tornado vencedores em Cristo. 1 Pe 1:22-23; Tg 1:21-22; 1 Jo 2:14; Rm 8:37. ramos@advir.comramos@advir.com

×