Eclesiastes 5

1.486 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.486
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
130
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eclesiastes 5

  1. 1. ECLESIASTES 5 NA PRESENÇA DE DEUS E A VAIDADE DAS RIQUEZAS
  2. 2. ECLESIASTES 5:1-7 COM QUE ME APRESENTAREI AO SENHOR E ME INCLINAREI ANTE O DEUS ALTÍSSIMO? (MIQUÉIAS 6:6)
  3. 3. ECLESIASTES 5:1-7 VERSÃO NTLH VERSÃO RA        1 - Guarda o pé, quando entrares na Casa de Deus; chegar-se para ouvir é melhor do que oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal. 2 - Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar palavra alguma diante de Deus; porque Deus está nos céus, e tu, na terra; portanto, sejam poucas as tuas palavras. 3 - Porque dos muitos trabalhos vêm os sonhos, e do muito falar, palavras néscias. 4 - Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos. Cumpre o voto que fazes. 5 - Melhor é que não votes do que votes e não cumpras. 6 - Não consintas que a tua boca te faça culpado, nem digas diante do mensageiro de Deus que foi inadvertência; por que razão se iraria Deus por causa da tua palavra, a ponto de destruir as obras das tuas mãos? 7 - Porque, como na multidão dos sonhos há vaidade, assim também, nas muitas palavras; tu, porém, teme a Deus.        1 - Tenha cuidado quando for ao Templo. Não ofereça o seu sacrifício como fazem os tolos, que nem sabem que não estão fazendo isso da maneira certa. Vá pronto para ouvir e obedecer a Deus. 2 - Pense bem antes de falar e não faça a Deus nenhuma promessa apressada. Deus está no céu, e você, aqui na terra; portanto, fale pouco. 3 - Quanto mais você se preocupar, mais pesadelos terá; e, quanto mais você falar, mais tolices dirá. 4 - Assim, quando você fizer uma promessa a Deus, cumpra logo essa promessa. Ele não gosta de tolos; portanto, faça o que prometeu. 5 - É melhor não prometer nada do que fazer uma promessa e não cumprir. 6 - Não deixe que as suas próprias palavras o façam pecar. Assim, você não terá de dizer ao sacerdote que o que você queria dizer não era bem aquilo. Para que fazer Deus ficar irado com você? Por que deixar que ele destrua as coisas que você conseguiu com o seu trabalho? 7 - Mesmo nos seus muitos sonhos, em todas as suas ilusões e em tudo o que disser, você deve temer a Deus.
  4. 4.  Este trecho trata de como devemos nos apresentar     diante de DEUS. Esta apresentação não pode ser irresponsável e leviana. DEUS é Juiz, Senhor, Criador, Doador e Sustentador da vida, o Todo-Poderoso, o Eternamente Eterno, o DEUS Altíssimo. DEUS é DEUS! Um aspecto é ressaltado neste trecho: promessas (votos) feitas a DEUS.
  5. 5. Guarda o pé,...  Diz respeito a postura e reverência quando alguém adora a DEUS.  Cuidado!!!!!
  6. 6. ...quando entrares na Casa de Deus;...  A Casa de DEUS pode referir-se a qualquer lugar onde DEUS se revela    Gênesis 28:17 (Jacó/Betel) Êxodo 23:19 Juízes 18:31  Aqui é uma referência ao Templo de Salomão  A Casa de Deus “... mantinha sua estrutura simbólica, que enfatizava a santidade de Deus, e o fato de ser Ele inacessível, exceto mediante sacrifícios propiciatórios.” (Eaton e Carr, p.104)  ELE se tornou acessível a nós pelo sangue de Jesus, que nos purificou.
  7. 7.  ...chegar-se para ouvir...  ...é melhor do que  “Ouvir (v.1b) tem uma oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal.  “Não ofereça o seu sacrifício como fazem os tolos, que nem sabem que não estão fazendo isso da maneira certa.” (NTLH)  I Samuel 15:22 força dupla no hebraico: prestar atenção e obedecer.” (Kidner, p.26).
  8. 8. PARA REFLETIR -VERSÍCULO 1  Êxodo 3:5  Isaías 1:12  Os 6:6  Mq 6:6-8
  9. 9. VERSÍCULO 2  “Pense bem antes de falar...” (NTLH)  “Não abras a boca precipitadamente...” (TB)  “Não te precipites com a tua boca...”(RA e RC)  Palavras precipitadas podem ser ditas: Em momentos de angústia  Em momentos de ressentimentos  Em momento de tristeza 
  10. 10. “Céus”  “Céus” é um lembrete da grandeza de DEUS comparada à nossa pequenez “na terra”.
  11. 11. VERSÍCULO 3  “O versículo 3 parece significar que, pela sua própria quantidade, o excesso de palavras acaba em asneiras, exatamente como o excesso de trabalho acaba em pesadelos.” (Kidner, p.26)  “Quanto mais você se preocupar, mais pesadelos terá; e, quanto mais você falar, mais tolices dirá.” (NTLH)  Provérbios 10:19; Mateus 6:7
  12. 12. VERSÍCULO 4  Voto em Israel era uma promessa voluntária feita a DEUS. O voto podia ser:      Parte de uma oração suplicando bênçãos (Nm 21:2) Uma forma de gratidão (Jn 2:9) Uma promessa de lealdade (Gn 28:20-22) Oferta espontânea (Lv 22:18) Dedicação de uma criança ou adulto para tornar-se Nazireu (Nm 6;I Sm 1:11)
  13. 13.  “A lei mosaica não prescrevia votos, apenas os regulamentava...” (Davis, p.620)  Deve-se cumprir o que se prometeu sem demora. (Pv 20:25)  Não cumprir os votos é próprio dos tolos.
  14. 14.  “No versículo 4, encontramos a afirmação de que "Deus não se agrada de tolos." O culto tem o objetivo de agradar a Deus. Afinal, para quem é o culto? Para Deus ou para os que cultuam? Se o culto estiver voltado para o homem, então este se tornou o seu próprio deus. Se o objetivo da nossa pregação e do evangelho que anunciamos for para agradar aos homens, então não somos servos de Cristo (Gálatas 1.10).” http://eclesiastes2000.tripod.com/id6.html (acessado em 01/12/2013)
  15. 15. VERSÍCULO 5  “Visto que o voto era voluntário, havia o perigo de tornar-se forma de suborno, especialmente em tempos de privação.” (Eaton e Carr, p.106)  Voto não é uma barganha com DEUS; é um exercício de devoção a Ele.
  16. 16. Oração e Voto: sem precipitação
  17. 17. VERSÍCULO 6  A boca (as palavras ditas sem pensar) pode levar a carne, ou seja, o homem como um todo a pecar.  Foi inadvertência:“Foi engano”, “foi um erro”, “não era bem aquilo”.  Para que fazer DEUS ficar irado?
  18. 18. MENSAGEIRO  No Hebraico não há diferença entre as palavras “mensageiro” e “anjo”.  Assim sendo, o versículo pode referir-se a:     Um Anjo do Senhor Um Profeta (Ag 1:3; Ml 3:1) Um Sacerdote (Ml 2:7) Um mensageiro enviado por um Sacerdote  “... um funcionário religioso, enviado de Jerusalém, pelo sacerdotes do templo, às comunidades de fora.” (Eaton e Carr, p.107)
  19. 19. VERSÍCULO 7 Porque, como na multidão dos sonhos há vaidade, assim também, nas muitas palavras; tu, porém, teme a Deus.
  20. 20. SALMO 50             1 - Fala o Poderoso, o Senhor Deus, e chama a terra desde o Levante até ao Poente. 2 -Desde Sião, excelência de formosura, resplandece Deus. 3 - Vem o nosso Deus e não guarda silêncio; perante ele arde um fogo devorador, ao seu redor esbraveja grande tormenta. 4 - Intima os céus lá em cima e a terra, para julgar o seu povo. 5 - Congregai os meus santos, os que comigo fizeram aliança por meio de sacrifícios. 6 - Os céus anunciam a sua justiça, porque é o próprio Deus que julga. 7 - Escuta, povo meu, e eu falarei; ó Israel, e eu testemunharei contra ti. Eu sou Deus, o teu Deus. 8 - Não te repreendo pelos teus sacrifícios, nem pelos teus holocaustos continuamente perante mim. 9 - De tua casa não aceitarei novilhos, nem bodes, dos teus apriscos. 10 - Pois são meus todos os animais do bosque e as alimárias aos milhares sobre as montanhas. 11 - Conheço todas as aves dos montes, e são meus todos os animais que pululam no campo. 12 - Se eu tivesse fome, não to diria, pois o mundo é meu e quanto nele se contém.            13 - Acaso, como eu carne de touros? Ou bebo sangue de cabritos? 14 - Oferece a Deus sacrifício de ações de graças e cumpre os teus votos para com o Altíssimo; 15- invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás. 16 - Mas ao ímpio diz Deus: De que te serve repetires os meus preceitos e teres nos lábios a minha aliança, 17 - uma vez que aborreces a disciplina e rejeitas as minhas palavras? 18 - Se vês um ladrão, tu te comprazes nele e aos adúlteros te associas. 19 - Soltas a boca para o mal, e a tua língua trama enganos. 20 - Sentas-te para falar contra teu irmão e difamas o filho de tua mãe. 21 - Tens feito estas coisas, e eu me calei; pensavas que eu era teu igual; mas eu te arguirei e porei tudo à tua vista. 22 - Considerai, pois, nisto, vós que vos esqueceis de Deus, para que não vos despedace, sem haver quem vos livre. 23 - O que me oferece sacrifício de ações de graças, esse me glorificará; e ao que prepara o seu caminho, dar-lhe-ei que veja a salvação de Deus.
  21. 21. ECLASIASTES 5:8-20 NU SAÍ DO VENTRE DE MINHA MÃE E NU VOLTAREI (JÓ 1:21)
  22. 22. TRADUÇÃO RA              8 - Se vires em alguma província opressão de pobres e o roubo em lugar do direito e da justiça, não te maravilhes de semelhante caso; porque o que está alto tem acima de si outro mais alto que o explora, e sobre estes há ainda outros mais elevados que também exploram. 9 - O proveito da terra é para todos; até o rei se serve do campo. 10 - Quem ama o dinheiro jamais dele se farta; e quem ama a abundância nunca se farta da renda; também isto é vaidade. 11 - Onde os bens se multiplicam, também se multiplicam os que deles comem; que mais proveito, pois, têm os seus donos do que os verem com seus olhos? 12 - Doce é o sono do trabalhador, quer coma pouco, quer muito; mas a fartura do rico não o deixa dormir. 13 - Grave mal vi debaixo do sol: as riquezas que seus donos guardam para o próprio dano. 14 - E, se tais riquezas se perdem por qualquer má aventura, ao filho que gerou nada lhe fica na mão. 15 - Como saiu do ventre de sua mãe, assim nu voltará, indo-se como veio; e do seu trabalho nada poderá levar consigo. 16 - Também isto é grave mal: precisamente como veio, assim ele vai; e que proveito lhe vem de haver trabalhado para o vento? 17 - Nas trevas, comeu em todos os seus dias, com muito enfado, com enfermidades e indignação. 18 - Eis o que eu vi: boa e bela coisa é comer e beber e gozar cada um do bem de todo o seu trabalho, com que se afadigou debaixo do sol, durante os poucos dias da vida que Deus lhe deu; porque esta é a sua porção. 19 - Quanto ao homem a quem Deus conferiu riquezas e bens e lhe deu poder para deles comer, e receber a sua porção, e gozar do seu trabalho, isto é dom de Deus. 20 - Porque não se lembrará muito dos dias da sua vida, porquanto Deus lhe enche o coração de alegria.
  23. 23. VERSÍCULO 8 8 - Se vires em alguma província opressão de pobres e o roubo em lugar do direito e da justiça, não te maravilhes de semelhante caso; porque o que está alto tem acima de si outro mais alto que o explora, e sobre estes há ainda outros mais elevados que também exploram.  Neste trecho observamos:  A exploração dos pobres  O roubo em lugar do direto e da justiça  A Burocracia com seus entraves, um número excessivo de funcionários e seus procedimentos redundantes e desnecessários, ou seja, falta total de eficiência  A estruturas hierárquicas com suas politicagens, espertezas e malícias
  24. 24.  “Trabalhamos e engendramos estruturas muito sofisticadas para nos oferecer benefícios quando elas contêm em si sofisticadas formas de nos prejudicar. E não é apenas roubo material que sofremos. As hierarquias nos roubam a paz porque elas pressupõem políticas e espertezas. Há muita malícia em todas as formas de hierarquia por sub-reptícia a elas está a tentativa de subvertê-las por parte de alguns e também a de mantê-las a qualquer preço por parte de outros. Nada é mais roubado do que a paz nas estruturas piramidais.” (Bonder, p.90)
  25. 25.  O versículo 9 é de difícil tradução. VERSÍCULO 9 9 - O proveito da terra é para todos; até o rei se serve do campo. Há controvérsias acaloradas entre os estudiosos sobre qual seria a tradução correta.  Algumas das possíveis traduções para este versículo:    E, apesar de tudo, é uma vantagem para o país, para o território cultivado, ter um rei; ou, Pois a maior vantagem para o país é ter um rei a quem se obedece no território. ou, Que a terra cultivada tenha um rei
  26. 26.  Sobre o dinheiro podemos VERSÍCULOS 10, 11 e 12 10 - Quem ama o dinheiro jamais dele se farta; e quem ama a abundância nunca se farta da renda; também isto é vaidade. 11 - Onde os bens se multiplicam, também se multiplicam os que deles comem; que mais proveito, pois, têm os seus donos do que os verem com seus olhos? 12 - Doce é o sono do trabalhador, quer coma pouco, quer muito; mas a fartura do rico não o deixa dormir. observar:    Não pode satisfazer o cobiçoso Atraí dependentes que podem ser interesseiros e parasitas Perturba a paz da pessoa.
  27. 27. VERSÍCULOS 13-17 13 - Grave mal vi debaixo do sol: as riquezas que seus donos guardam para o próprio dano. 14 - E, se tais riquezas se perdem por qualquer má aventura, ao filho que gerou nada lhe fica na mão. 15 - Como saiu do ventre de sua mãe, assim nu voltará, indo-se como veio; e do seu trabalho nada poderá levar consigo. 16 - Também isto é grave mal: precisamente como veio, assim ele vai; e que proveito lhe vem de haver trabalhado para o vento? 17 - Nas trevas, comeu em todos os seus dias, com muito enfado, com enfermidades e indignação.  Neste trecho observamos:  “Grave mal vi debaixo do sol...”  A súbita ruína do trabalho de toda uma vida  Pessoas que tiveram riquezas e as perderam  A incerteza do homem de deixar herança  A incapacidade do homem de levar suas possessões materiais  As riquezas sem temor a DEUS trazem amargura, doença, tristeza, canseiras, i ndignação.
  28. 28. PARA REFLEXÃO  Em 1922 foi descoberto o túmulo do Faraó Tutankamon com um fortuna incalculável em ouro e outros materiais preciosos. O Faraó não levou nada com ele.  Os demais túmulos do Vale dos Reis tinham sido totalmente saqueados.  Tudo que esses reis acumularam em vida, ou foi roubado, ou está exposto no Museu do Cairo e em outros museus pelo mundo.
  29. 29. PARA REFLEXÃO  Jó 1:21  Salmo 49:17  I Timóteo 6:7-10  É preciso salientar que ser previdente é sinal de sabedoria. Portanto, resevar um dinheiro ou bens para a velhice ou dias de dificuldades é necessário. O que observamos aqui é a avareza (v.10)
  30. 30.  A benção do trabalho durante os VERSÍCULO 18 18 - Eis o que eu vi: boa e bela coisa é comer e beber e gozar cada um do bem de todo o seu trabalho, com que se afadigou debaixo do sol, durante os poucos dias da vida que Deus lhe deu; porque esta é a sua porção. poucos dias de nossa vida  “Comer e beber” expressa alegria, companheirismo, satisfaç ão  Em I Reis 4:20 “comer e beber” demonstra a alegria pacífica do reinado de Salomão
  31. 31.  Neste versículo vemos a riqueza VERSÍCULO 19 19 - Quanto ao homem a quem Deus conferiu riquezas e bens e lhe deu poder para deles comer, e receber a sua porção, e gozar do seu trabalho, isto é dom de Deus. como benção de DEUS acompanhada do poder para gozá-la.  Há um contraste entre o homem controlado pela riqueza e o homem que tem poder de desfrutar das riquezas sem deixar que esta o domine. “...isto é dom de Deus.”  Portanto, a riqueza não é um mal. O problema é o uso que se faz dela.
  32. 32.  No Salmo 73:26 o salmista VERSÍCULO 20 20 - Porque não se lembrará muito dos dias da sua vida, porquanto Deus lhe enche o coração de alegria. declara que “...Deus é a fortaleza e o meu quinhão, para sempre.”  Apesar dos poucos dias da vida do homem, o Pregador reconhece a benção de DEUS em dar alegria ao seu coração.  A “alegria” aqui descrita está ligada ao “trabalho” do versículo 19.  Estar ocupado com o trabalho dado por DEUS é uma benção.
  33. 33. SALMO 128  1 - Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda      nos seus caminhos! 2 - Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem. 3 - Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa. 4 - Eis como será abençoado o homem que teme ao Senhor! 5 - O Senhor te abençoe desde Sião, para que vejas a prosperidade de Jerusalém durante os dias de tua vida, 6 - vejas os filhos de teus filhos. Paz sobre Israel!
  34. 34. BIBLIOGRAFIA  BONDER, Nilton. “O Sagrado”. Rocco, 2007, Rio de     Janeiro. DAVIS, John D. “Dicionário da Bíblia”. Tradução do Rev. J.R. Carvalho Braga, Juerp, Rio de Janeiro, 1990. EATON, Michael A. e CARR, G.Lloyd. “Eclesiastes e Cantares – introdução e comentário”.Vida Nova, São Paulo, 2011. KIDNER, Derek. “A Mensagem de Eclesiastes” . Tradução de Yolanda Mirdsa Krievin, Inter-Varsity Press, Leicester, Inglaterra,1989. ________ “Provérbios – introdução e comentário” . Mundo Cristão, 1982, São Paulo.
  35. 35. BIBLIOGRAFIA - continuação  Bíblia de Estudo de Genebra, Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil, São Paulo e Barueri, 1999.  Bíblia Digital Glow - www.bibliaglow.com.br
  36. 36. AGRADECIMENTOS  Ao Sr Anísio Renato de Andrade – Bacharel em Teologia - por disponibilizar seus estudos na Web. Os mesmos podem ser acessados no link abaixo: http://eclesiastes2000.tripod.com/id6.html
  37. 37. PRODUZIDO POR:  Zilrene Alcantara Miguel  Classe da UMP da Igreja Presbiteriana na Penha  Dezembro de 2013

×