PROJETO
IMPLANTAÇÃO DO SAP - ERP 6.0
Luiz Octavio Pinheiro Sondermann
Gerente de Integração
PMO
A Empresa
AGENDA
O Projeto Sintonia
Processo Licitatório
Histórico
A Empresa
O Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto Sintonia
ProcessoProcessoProcessoProcesso Licita...
Eletrobras Furnas é uma sociedade anônima,
criada com a missão básica de construir a primeira
usina hidroéletrica de grand...
14 Usinas próprias
Geração
própria 7.971 MW
parceria 2.079 MW
48 Subestações
19.255 km de LT's
43.011 Torres
14 Usinas pró...
A EmpresaA EmpresaA EmpresaA Empresa
O Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto Sintonia
ProcessoProc...
• Processos não integrados;
• Baixa qualidade nas informações para tomada de decisão;
• Demora na obtenção das informações...
• Maior controle e rastreabilidade em nossos processos;
• Maior integração entre nossos processos;
• Melhoria na qualidade...
A EmpresaA EmpresaA EmpresaA Empresa
O Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto Sintonia
Processo Lic...
• Primeiro edital publicado em 2001, após definição
do vencedor embargado judicialmente;
• Em 2006, novo edital publicado,...
ESCOPO
Após a entrada em operação foram
implantados os módulos de Nota Fiscal
Eletrônica e Resolução ANEEL - 367
A EmpresaA EmpresaA EmpresaA Empresa
O Projeto Sintonia
Processo LicitatórioProcesso LicitatórioProcesso LicitatórioProces...
O ERP deve ser implementado no modo standard
Pedro Hosken Presidente do Conselho de Administração
Carlos Nadalutti Preside...
• Descrédito;
• Alinhamento com o atual modelo do setor elétrico;
• Mudança cultural;
• Alta diversidade de processos por ...
Início Oficial Go-Live
DESAFIOS - II
A operação assistida foi prorrogada até
30.06.2011
ENTRADA EM OPERAÇÃO
DIA 01/01/2010 ÀS 00:00:00 HORAS
CUMPRIMOS TODAS AS DIRETRIZES
• Estratégia Go-Live: BIG-BANG em 01/01/2010 às 00:00:00;
• Máximo de 240 + 30 colaboradores simultâneos no local do
proje...
PONTOS A RESSALTAR - II
Grade de treinamento
Logística e Ambiente de treinamento
Elaboração do material de treinamento
Con...
• Político
• Forte patrocínio da direção da empresa;
• Consciência do tipo e abrangência do projeto;
• Gerência com credib...
• Gerenciamento do Projeto
• Planejamento de todas as atividades e entregáveis;
• Acompanhamento diário da evolução;
• Tom...
• Tecnológico
• “Congelamento” das melhorias nos sistemas atuais e de
novos projetos paralelos.
• Funcional
• Procurar ada...
A despeito de termos dado muita ênfase à conversão de
dados, deveríamos ter atuado com maior vigor junto à Casa.
LIÇÕES AP...
CLÁUSULAS PÉTREAS
O Sistema integrado é …… INTEGRADO
O projeto é 95 % funcional e 5 % TI
Os verdadeiros problemas acontece...
SE NADA MAIS FOSSE DITO
TERÍAMOS DE DIZER
Foi fundamental
O Patrocínio da direção da empresa;
A Qualidade dos Participante...
Luiz Octavio Pinheiro SondermannLuiz Octavio Pinheiro Sondermann
Rua Real Grandeza, nº 274
Rio de Janeiro, RJ CEP 22281-03...
PERGUNTAS
[Cases] Furnas - BSB
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

[Cases] Furnas - BSB

87 visualizações

Publicada em

[Cases] Furnas - BSB

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
87
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Cases] Furnas - BSB

  1. 1. PROJETO IMPLANTAÇÃO DO SAP - ERP 6.0 Luiz Octavio Pinheiro Sondermann Gerente de Integração PMO
  2. 2. A Empresa AGENDA O Projeto Sintonia Processo Licitatório Histórico
  3. 3. A Empresa O Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto Sintonia ProcessoProcessoProcessoProcesso LicitatórioLicitatórioLicitatórioLicitatório HistóricoHistóricoHistóricoHistórico AGENDA
  4. 4. Eletrobras Furnas é uma sociedade anônima, criada com a missão básica de construir a primeira usina hidroéletrica de grande porte no Brasil. Atualmente, na condição de subsidiária da Eletrobrás, tem a missão de construir e operar centrais elétricas de interesse supraestadual e sistemas de transmissão em alta e extra-alta tensão ou transporte de energia produzida em aproveitamentos energéticos binacionais. EMPRESA
  5. 5. 14 Usinas próprias Geração própria 7.971 MW parceria 2.079 MW 48 Subestações 19.255 km de LT's 43.011 Torres 14 Usinas próprias Geração própria 7.971 MW parceria 2.079 MW 48 Subestações 19.255 km de LT's 43.011 Torres Tensões: 138, 230, 345, 500, ±600, 750 kVTensões: 138, 230, 345, 500, ±600, 750 kV Não temos consumidores residenciaisNão temos consumidores residenciais SISTEMA ELÉTRICO
  6. 6. A EmpresaA EmpresaA EmpresaA Empresa O Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto Sintonia ProcessoProcessoProcessoProcesso LicitatórioLicitatórioLicitatórioLicitatório Histórico AGENDA
  7. 7. • Processos não integrados; • Baixa qualidade nas informações para tomada de decisão; • Demora na obtenção das informações; • Sistemas pulverizados internamente; • Falta de padronização em relatórios internos. SITUAÇÃO ANTERIOR
  8. 8. • Maior controle e rastreabilidade em nossos processos; • Maior integração entre nossos processos; • Melhoria na qualidade da informação; • Maior agilidade na obtenção da informação; • Atualização Tecnológica; • Maior aderência aos requisitos da lei Sarbanes Oxley - SOX. BENEFÍCIOS ESPERADOS
  9. 9. A EmpresaA EmpresaA EmpresaA Empresa O Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto SintoniaO Projeto Sintonia Processo Licitatório HistóricoHistóricoHistóricoHistórico AGENDA
  10. 10. • Primeiro edital publicado em 2001, após definição do vencedor embargado judicialmente; • Em 2006, novo edital publicado, licitação posteriormente anulada; • Em 2007, novo edital publicado, tendo vencido a licitação o Consórcio Aliança composto por SAP, Accenture e NewCom. LICITAÇÃO
  11. 11. ESCOPO Após a entrada em operação foram implantados os módulos de Nota Fiscal Eletrônica e Resolução ANEEL - 367
  12. 12. A EmpresaA EmpresaA EmpresaA Empresa O Projeto Sintonia Processo LicitatórioProcesso LicitatórioProcesso LicitatórioProcesso Licitatório HistóricoHistóricoHistóricoHistórico AGENDA
  13. 13. O ERP deve ser implementado no modo standard Pedro Hosken Presidente do Conselho de Administração Carlos Nadalutti Presidente A entrada em produção no dia 01/01/2010 é inegociável Luis Fernando Parolli Diretor de Gestão Corporativa DIRETRIZES DA EMPRESA
  14. 14. • Descrédito; • Alinhamento com o atual modelo do setor elétrico; • Mudança cultural; • Alta diversidade de processos por falta de padronização; • Forte quebra de paradigmas internos; • Alta complexidade no Saneamento de Dados; • Nova Tecnologia. DESAFIOS - I
  15. 15. Início Oficial Go-Live DESAFIOS - II A operação assistida foi prorrogada até 30.06.2011
  16. 16. ENTRADA EM OPERAÇÃO DIA 01/01/2010 ÀS 00:00:00 HORAS CUMPRIMOS TODAS AS DIRETRIZES
  17. 17. • Estratégia Go-Live: BIG-BANG em 01/01/2010 às 00:00:00; • Máximo de 240 + 30 colaboradores simultâneos no local do projeto; • Utilização do SQL Server - Pioneirismo na América Latina em empresas deste porte. PONTOS A RESSALTAR - I
  18. 18. PONTOS A RESSALTAR - II Grade de treinamento Logística e Ambiente de treinamento Elaboração do material de treinamento Convocação para treinamento Configuração Realizar treinamento Comunicação - Go Live Testes Planejamento Estratégia de Comunicação Preparar e realizar Kick-off Análise e Desenho Plano de comunicação Inicio da análise impacto organizacional Estratégia de treinamento Identificar multiplicadores Plano e mobilização da Rede da mudança Levantamento de papéis e perfis Gestão da Mudança Treinandos : 4.111 Turmas : 330 Pólos : 9 Pós Go Live Treinandos : 3.618 Turmas : 373 Pólos : 6
  19. 19. • Político • Forte patrocínio da direção da empresa; • Consciência do tipo e abrangência do projeto; • Gerência com credibilidade; • Forte processo de escolha dos participantes de Furnas para o Projeto. FATORES CRÍTICOS DO SUCESSO - I
  20. 20. • Gerenciamento do Projeto • Planejamento de todas as atividades e entregáveis; • Acompanhamento diário da evolução; • Tomada rápida de decisão. FATORES CRÍTICOS DO SUCESSO - II
  21. 21. • Tecnológico • “Congelamento” das melhorias nos sistemas atuais e de novos projetos paralelos. • Funcional • Procurar adaptar a empresa ao sistema e não o contrário; • Aceitar a perda no varejo visando o ganho no atacado; • Obediência rigorosa da metodologia; • Construir soluções junto com as áreas usuárias; • Saneamento e Conversão de Dados. FATORES CRÍTICOS DO SUCESSO - III
  22. 22. A despeito de termos dado muita ênfase à conversão de dados, deveríamos ter atuado com maior vigor junto à Casa. LIÇÕES APRENDIDAS Treinar, treinar e …. treinar antes e depois do Go-Live O workflow e o controle de acesso merecem uma atenção especial A adequação do modelo da Gestão da Mudança empregado deve ser questionada logo no início do projeto.
  23. 23. CLÁUSULAS PÉTREAS O Sistema integrado é …… INTEGRADO O projeto é 95 % funcional e 5 % TI Os verdadeiros problemas acontecem após o Go-Live
  24. 24. SE NADA MAIS FOSSE DITO TERÍAMOS DE DIZER Foi fundamental O Patrocínio da direção da empresa; A Qualidade dos Participantes de Furnas. É necessário que se faça um projeto de governança pós-projeto, pois pode-se perder tudo o que foi feito com muita facilidade.
  25. 25. Luiz Octavio Pinheiro SondermannLuiz Octavio Pinheiro Sondermann Rua Real Grandeza, nº 274 Rio de Janeiro, RJ CEP 22281-035 e-mail: luiz@furnas.gov.br Rua Real Grandeza, nº 274 Rio de Janeiro, RJ CEP 22281-035 e-mail: luiz@furnas.gov.br
  26. 26. PERGUNTAS

×