Análise Demográfica de Portugal

6.583 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.583
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
52
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
79
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise Demográfica de Portugal

  1. 1. Análise Demográfica de Portugal Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) www.ine.pt
  2. 2. Pirâmide Etária em 2000 e prospecções para 2050 <ul><li>Comparando os anos 2000 e 2050, observa-se uma redução das classes mais jovens em detrimento das mais idosas, gerando uma pirâmide invertida. </li></ul><ul><li>Como consequência assiste-se a um decréscimo da natalidade e envelhecimento da população. </li></ul>
  3. 3. Taxa de Crescimento Natural por Local de Residência <ul><li>Exceptuando o Algarve, todas as regiões revelam um decréscimo na Taxa de Crescimento Natural entre 2000 e 2006. </li></ul><ul><li>Destaca-se ainda o facto de persistirem Taxas de Crescimento Natural negativas. </li></ul>
  4. 4. Taxa Bruta de Natalidade por Local de Residência <ul><li>Tendo em conta os dados mais recentes, depreende-se uma tendência para a diminuição da Taxa de Natalidade em todas as regiões do país. </li></ul>
  5. 5. Idade Média da Mãe ao Nascimento do Primeiro Filho por Local de Residência <ul><li>Através da análise do gráfico constata-se que houve um aumento significativo na idade média da mulher ao nascimento do primeiro filho. </li></ul><ul><li>A entrada da mulher no mercado de trabalho e o ingresso no Ensino Superior são algumas das causas deste fenómeno. </li></ul>
  6. 6. Índice Sintético de Fecundidade por Local de Residência <ul><li>Entre 2000 e 2006, Portugal confrontou-se com um decréscimo de 0,2 no Índice Sintético de Fecundidade. </li></ul><ul><li>Saliente-se novamente o caso algarvio que registou um aumento de 0,1 filhos por casal. </li></ul>
  7. 7. Taxa de Actividade Feminina em relação à Proporção de Núcleos Familiares <ul><li>Entre 1991 e 2001 houve um aumento de cerca de 6,5% na taxa de actividade feminina. Em comparação, à medida que esta taxa aumenta, a proporção de núcleos familiares de casais com filhos diminui, cerca de 3%. </li></ul>
  8. 8. Índice de Dependência de Idosos <ul><li>É no Alentejo que se verifica um maior número de idosos dependentes da população activa. Por sua vez, no Norte esta tendência é mais diminuta. </li></ul><ul><li>O aumento do Índice de Dependência de Idosos conduz a uma sobrecarga da Segurança Social. </li></ul>

×