SlideShare uma empresa Scribd logo
A POPULAÇÃO PORTUGUESA: EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS
Principais problemas e soluções
sociodemográficos: qualificação
e emprego
BAIXO NÍVEL EDUCACIONAL
• Portugal debate-se com um baixo nível educacional, possuindo uma
significativa taxa de abandono escolar, quando comparada com os
nossos parceiros europeus, e também uma fraca qualificação
profissional, aliada a um sistema educativo relativamente débil.
Fig. Taxa de abandono precoce de educação e formação nos países da UE27 (2011)
Os principais problemas sociodemográficos
• Dados dos níveis de instrução: evolução positiva na última década.
• destacam-se, pela negativa: as
regiões autónomas dos Açores e da
Madeira e o Algarve.
Os principais problemas sociodemográficos
 Disparidades ao nível do
abandono escolar nas
diferentes NUTS do país e
entre os dois sexos:
 Distribuição por sexos: este indicador é sempre mais elevado nos
homens do que nas mulheres.
• os melhores valores ocorrem no
Alentejo e na região Centro.
Fig. Taxa de abandono precoce de educação e formação em Portugal, por
sexo e região NUTS II (2011)
• atualmente: o valor
encontra-se mesmo assim
próximo dos 5%.
Os principais problemas sociodemográficos
 Se bem que, hoje em dia, a escola acolha praticamente todas as
crianças, continua a manifestar dificuldades para lhes garantir o
sucesso escolar.
Outro indicador importante dos fracos níveis de instrução em
Portugal continua a ser o do número considerável de analfabetos.
• década de 60 do século XX: dois
terços dos portugueses residentes
com mais de 15 anos não possuía
qualquer nível de ensino (72% no
caso das mulheres);
Resultados igualmente
preocupantes são os que procuram
avaliar o sucesso escolar.
 Relativamente à aprendizagem ao longo da vida, devem também
ser dados passos firmes no sentido da melhoria da situação atual.
Fig. Aprendizagem ao longo da vida nos países da UE27,
população com idades entre os 25 e os 64 anos (2010)
Os principais problemas sociodemográficos
 Portugal continua a apresentar valores médios abaixo da média da
UE e muito distantes dos países que lideram este processo –
Dinamarca, Suécia e Finlândia.
 Espacialmente, destacam-se:
• pela positiva as NUTS do Centro, Lisboa e Norte;
• Alentejo e as regiões autónomas continuam a apresentar os piores
resultados.
Fig. Aprendizagem ao longo da vida em Portugal, população com idades entre os 25
e os 64 anos, por NUTS II (2010)
Os principais problemas sociodemográficos
 Outro indicador que comprova o longo caminho a percorrer por
Portugal no sentido da melhoria dos seus indicadores de
instrução/ formação é o que avalia o número de licenciados.
Fig. População com idades entre os 15 e os 64 anos, que
concluiu o ensino superior nos países da OCDE (2010)
Os principais problemas sociodemográficos
A média portuguesa é aproximadamente metade da que se regista
na OCDE e cerca de 3,5 vezes inferior à do Canadá.
SITUAÇÃO PERANTE O EMPREGO
Em Portugal, as possibilidades de emprego, e sobretudo de emprego
estável, têm vindo a reduzir-se…
Os principais problemas sociodemográficos
O emprego e a sua estabilidade são aspetos determinantes para a
qualidade de vida e o desenvolvimento pessoal de qualquer população.
…ao contrário do subemprego e do desemprego, que atingem uma
percentagem cada vez mais significativa da população.
 Ao desemprego de longa duração e ao emprego temporário, que
afeta sobretudo os jovens, as mulheres e os trabalhadores com mais
idade, associa-se o emprego precário e sem direitos e, em certos
casos, o escândalo do trabalho infantil.
Os principais problemas sociodemográficos
 O desemprego de quadros técnicos atinge milhares de indivíduos,
fruto de uma desarticulação preocupante entre as necessidades do
mundo do trabalho e uma formação superior que perdeu o contacto
com a realidade do mercado de emprego.
Fig. Taxa de desemprego segundo o nível de escolaridade completo e sexo (2011)
Os principais problemas sociodemográficos
Os principais problemas sociodemográficos
 DESEMPREGO
• riqueza perdida para o país, que não
consegue aproveitar a mão de obra
disponível para atividades produtivas.
• Muitas pessoas acabam por encontrar na emigração a única
possibilidade de tentar escapar a este drama.
• consequências no sistema público de Segurança Social que perde
as receitas provenientes deste conjunto de trabalhadores, vendo-se, por
outro lado, sobrecarregado com os novos encargos que estes acarretam –
subsídio de desemprego.
O rejuvenescimento e a valorização da população
Face a esta realidade, o país tem vindo a desenvolver algumas
medidas destinadas a contrariar a situação:
Portugal enfrenta atualmente alguns problemas sociodemográficos:
• declínio da
fecundidade;
• baixo nível de
qualificação da população;
• o desemprego.
 de modo a conseguir gerar o tão desejado emprego.
• incentivar a
natalidade;
• promover a qualificação
dos habitantes;
• dinamizar a
economia.
OS INCENTIVOS À NATALIDADE
• a melhoria da assistência materno-
infantil;
• o alargamento do período atribuído
para as licenças de parto;
• a concessão de facilidades para o apoio
parental aos recém-nascidos;
• o incremento dos apoios económicos à
família: aumento do abono de família e a
concessão de benefícios fiscais em
função do número de filhos.
O rejuvenescimento e a valorização da população
 A resolução do problema do envelhecimento passa pela
implementação/reforço de uma verdadeira política natalista que tenha
em atenção:
• alargamento da
escolaridade
obrigatória gratuita;
O rejuvenescimento e a valorização da população
 As medidas de incentivo à
natalidade devem ser implementadas
de forma integrada numa política
social que leve ao aumento do
número relativo de jovens, o que se
traduzirá num rejuvenescimento da
população.
Em Portugal têm sido levadas a cabo algumas iniciativas de
apoio à natalidade, de que são exemplo :
• alargamento do
período de licença
de parto;
• o abono de
família.
A QUALIFICAÇÃO DA MÃO DE OBRA
 Relativamente às políticas ativas de qualificação da mão de
obra e de criação de emprego, o atraso estrutural verificado
aponta para a necessidade de desenvolver uma política educativa
eficaz, suscetível de acelerar o processo de convergência do
país relativamente aos seus parceiros da UE.
• elevado insucesso escolar;
• inadequação do ensino às necessidades da economia;
• saída dos jovens do sistema educativo sem qualquer preparação
ou qualificação profissional;
• baixo nível de habilitações da população ativa.
O rejuvenescimento e a valorização da população
Principais problemas relacionados com o baixo nível de
qualificação:
 o processo de recuperação
torna-se mais difícil, devido à
menor facilidade de acesso às
infraestruturas, equipamentos
e serviços qualificantes.
Os principais problemas sociodemográficos
Ao nível da qualificação da mão de obra, assistimos a uma
desigualdade de oportunidades entre:
• os habitantes das
principais áreas urbanas;
• e aqueles que habitam em
áreas mais periféricas.
 os indicadores de
qualificação são melhores;
FIM DA
APRESENTAÇÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do SubsoloGeografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Raffaella Ergün
 
As estruturas e os comportamentos demográficos (1).ppt
As estruturas e os comportamentos demográficos (1).pptAs estruturas e os comportamentos demográficos (1).ppt
As estruturas e os comportamentos demográficos (1).ppt
Ilda Bicacro
 
As estruturas e os comportamentos demográficos
As estruturas e os comportamentos demográficosAs estruturas e os comportamentos demográficos
As estruturas e os comportamentos demográficos
Ilda Bicacro
 
Testes geografia a
Testes geografia aTestes geografia a
Testes geografia a
AidaCunha73
 
1 recursos do-subsolo (1)
1 recursos do-subsolo (1)1 recursos do-subsolo (1)
1 recursos do-subsolo (1)
Ilda Bicacro
 
Estruturas e Comportamentos Sociodemográficos
Estruturas e Comportamentos SociodemográficosEstruturas e Comportamentos Sociodemográficos
Estruturas e Comportamentos Sociodemográficos
Catarina Castro
 
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º AnoProblemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
713773
 
Disponibilidades Hídricas
Disponibilidades HídricasDisponibilidades Hídricas
Disponibilidades Hídricas
acbaptista
 
Resumos Globais 10º
Resumos Globais 10ºResumos Globais 10º
Resumos Globais 10º
Gonçalo Paiva
 
Evolução da Populaçao Mundial
Evolução da Populaçao MundialEvolução da Populaçao Mundial
Evolução da Populaçao Mundial
Diogo Mateus
 
Distribuição da População Portuguesa
Distribuição da População PortuguesaDistribuição da População Portuguesa
Distribuição da População Portuguesa
Catarina Castro
 
Problemas urbanos
Problemas urbanosProblemas urbanos
Problemas urbanos
bruno oliveira
 
Precipitação
PrecipitaçãoPrecipitação
Precipitação
Idalina Leite
 
Resumo matéria global - Geografia
Resumo matéria global - GeografiaResumo matéria global - Geografia
Resumo matéria global - Geografia
Ana Delgado
 
Geografia A 10 ano - Radiação Solar
Geografia A 10 ano - Radiação SolarGeografia A 10 ano - Radiação Solar
Geografia A 10 ano - Radiação Solar
Raffaella Ergün
 
Politicas Demográficas em Portugal
Politicas Demográficas em PortugalPoliticas Demográficas em Portugal
Politicas Demográficas em Portugal
Geografia .
 
Evolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaEvolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesa
Ana Pais
 
Variabilidade da radiação solar(3)
Variabilidade da radiação solar(3)Variabilidade da radiação solar(3)
Variabilidade da radiação solar(3)
Ilda Bicacro
 
Diversidade dos Recursos do Subsolo
Diversidade dos Recursos do SubsoloDiversidade dos Recursos do Subsolo
Diversidade dos Recursos do Subsolo
Catarina Castro
 
A constituição do território nacional
A constituição do território nacional A constituição do território nacional
A constituição do território nacional
domplex123
 

Mais procurados (20)

Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do SubsoloGeografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
 
As estruturas e os comportamentos demográficos (1).ppt
As estruturas e os comportamentos demográficos (1).pptAs estruturas e os comportamentos demográficos (1).ppt
As estruturas e os comportamentos demográficos (1).ppt
 
As estruturas e os comportamentos demográficos
As estruturas e os comportamentos demográficosAs estruturas e os comportamentos demográficos
As estruturas e os comportamentos demográficos
 
Testes geografia a
Testes geografia aTestes geografia a
Testes geografia a
 
1 recursos do-subsolo (1)
1 recursos do-subsolo (1)1 recursos do-subsolo (1)
1 recursos do-subsolo (1)
 
Estruturas e Comportamentos Sociodemográficos
Estruturas e Comportamentos SociodemográficosEstruturas e Comportamentos Sociodemográficos
Estruturas e Comportamentos Sociodemográficos
 
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º AnoProblemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
Problemas no espaço urbano - Geografia 11º Ano
 
Disponibilidades Hídricas
Disponibilidades HídricasDisponibilidades Hídricas
Disponibilidades Hídricas
 
Resumos Globais 10º
Resumos Globais 10ºResumos Globais 10º
Resumos Globais 10º
 
Evolução da Populaçao Mundial
Evolução da Populaçao MundialEvolução da Populaçao Mundial
Evolução da Populaçao Mundial
 
Distribuição da População Portuguesa
Distribuição da População PortuguesaDistribuição da População Portuguesa
Distribuição da População Portuguesa
 
Problemas urbanos
Problemas urbanosProblemas urbanos
Problemas urbanos
 
Precipitação
PrecipitaçãoPrecipitação
Precipitação
 
Resumo matéria global - Geografia
Resumo matéria global - GeografiaResumo matéria global - Geografia
Resumo matéria global - Geografia
 
Geografia A 10 ano - Radiação Solar
Geografia A 10 ano - Radiação SolarGeografia A 10 ano - Radiação Solar
Geografia A 10 ano - Radiação Solar
 
Politicas Demográficas em Portugal
Politicas Demográficas em PortugalPoliticas Demográficas em Portugal
Politicas Demográficas em Portugal
 
Evolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaEvolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesa
 
Variabilidade da radiação solar(3)
Variabilidade da radiação solar(3)Variabilidade da radiação solar(3)
Variabilidade da radiação solar(3)
 
Diversidade dos Recursos do Subsolo
Diversidade dos Recursos do SubsoloDiversidade dos Recursos do Subsolo
Diversidade dos Recursos do Subsolo
 
A constituição do território nacional
A constituição do território nacional A constituição do território nacional
A constituição do território nacional
 

Semelhante a Principais problemas e soluções sociodemográficos adaptado

Empreendorismo social como sistema de oportunidades, Prof. Doutor Rui Teixeir...
Empreendorismo social como sistema de oportunidades, Prof. Doutor Rui Teixeir...Empreendorismo social como sistema de oportunidades, Prof. Doutor Rui Teixeir...
Empreendorismo social como sistema de oportunidades, Prof. Doutor Rui Teixeir...
A. Rui Teixeira Santos
 
Sociologia - Inserção dos Jovens na Vida Ativa
Sociologia - Inserção dos Jovens na Vida AtivaSociologia - Inserção dos Jovens na Vida Ativa
Sociologia - Inserção dos Jovens na Vida Ativa
Andreia Durães
 
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionaisEducação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Luis Nassif
 
Intple (22)
Intple (22)Intple (22)
Intple (22)
eadl
 
A desindustrialização jose corval_ferraz
A desindustrialização jose corval_ferrazA desindustrialização jose corval_ferraz
A desindustrialização jose corval_ferraz
Jose Ferraz
 
O Desemprego
O DesempregoO Desemprego
O Desemprego
Luisa Lamas
 
O Desemprego
O DesempregoO Desemprego
O Desemprego
Luisa Lamas
 
Os principais problemas sociodemográficos da população portuguesa
Os principais problemas sociodemográficos da população portuguesaOs principais problemas sociodemográficos da população portuguesa
Os principais problemas sociodemográficos da população portuguesa
Maria Rebelo
 
below10_MApresent.pdf
below10_MApresent.pdfbelow10_MApresent.pdf
below10_MApresent.pdf
Marialvares4
 
O estado da educacao num estado intervencionado
O estado da educacao num estado intervencionadoO estado da educacao num estado intervencionado
O estado da educacao num estado intervencionado
Pedro Barreiros
 
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva UrbanaCaderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
Secretaria Especial do Desenvolvimento Social
 
COMO O GOVERNO LULA PODE PROMOVER A REVOLUÇÃO NO SISTEMA DE EDUCAÇÃO DO BRASI...
COMO O GOVERNO LULA PODE PROMOVER A REVOLUÇÃO NO SISTEMA DE EDUCAÇÃO DO BRASI...COMO O GOVERNO LULA PODE PROMOVER A REVOLUÇÃO NO SISTEMA DE EDUCAÇÃO DO BRASI...
COMO O GOVERNO LULA PODE PROMOVER A REVOLUÇÃO NO SISTEMA DE EDUCAÇÃO DO BRASI...
Faga1939
 
Apresentação_Educação adultos-.pptx
Apresentação_Educação adultos-.pptxApresentação_Educação adultos-.pptx
Apresentação_Educação adultos-.pptx
nialb
 
Escassez de professores no ensino médio
Escassez de professores no ensino médioEscassez de professores no ensino médio
Escassez de professores no ensino médio
Jemuel Araújo da Silva
 
Teste formativo ae 1º do 3º periodo
Teste formativo ae   1º do 3º periodoTeste formativo ae   1º do 3º periodo
Teste formativo ae 1º do 3º periodo
Leonor Alves
 
Sessão Temática Especial Educação para a Nova Indústria, por Eduardo Eugenio,...
Sessão Temática Especial Educação para a Nova Indústria, por Eduardo Eugenio,...Sessão Temática Especial Educação para a Nova Indústria, por Eduardo Eugenio,...
Sessão Temática Especial Educação para a Nova Indústria, por Eduardo Eugenio,...
Confederação Nacional da Indústria
 
Trabalho de geo 1 1
Trabalho de geo 1 1Trabalho de geo 1 1
Trabalho de geo 1 1
Mayjö .
 
Atualidades 2012 parte 2
Atualidades 2012 parte 2Atualidades 2012 parte 2
Atualidades 2012 parte 2
Colégio Souza Leão Positivo
 
As fragilidades da proposta de reforma do ensino médio no brasil do governo t...
As fragilidades da proposta de reforma do ensino médio no brasil do governo t...As fragilidades da proposta de reforma do ensino médio no brasil do governo t...
As fragilidades da proposta de reforma do ensino médio no brasil do governo t...
Fernando Alcoforado
 
Exercicio Dos Direitos Sociais M. L. C. C.
Exercicio Dos Direitos Sociais M. L. C. C.Exercicio Dos Direitos Sociais M. L. C. C.
Exercicio Dos Direitos Sociais M. L. C. C.
mega
 

Semelhante a Principais problemas e soluções sociodemográficos adaptado (20)

Empreendorismo social como sistema de oportunidades, Prof. Doutor Rui Teixeir...
Empreendorismo social como sistema de oportunidades, Prof. Doutor Rui Teixeir...Empreendorismo social como sistema de oportunidades, Prof. Doutor Rui Teixeir...
Empreendorismo social como sistema de oportunidades, Prof. Doutor Rui Teixeir...
 
Sociologia - Inserção dos Jovens na Vida Ativa
Sociologia - Inserção dos Jovens na Vida AtivaSociologia - Inserção dos Jovens na Vida Ativa
Sociologia - Inserção dos Jovens na Vida Ativa
 
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionaisEducação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
Educação e desenvolvimento, estudo do CGEE sobre modelos educacionais
 
Intple (22)
Intple (22)Intple (22)
Intple (22)
 
A desindustrialização jose corval_ferraz
A desindustrialização jose corval_ferrazA desindustrialização jose corval_ferraz
A desindustrialização jose corval_ferraz
 
O Desemprego
O DesempregoO Desemprego
O Desemprego
 
O Desemprego
O DesempregoO Desemprego
O Desemprego
 
Os principais problemas sociodemográficos da população portuguesa
Os principais problemas sociodemográficos da população portuguesaOs principais problemas sociodemográficos da população portuguesa
Os principais problemas sociodemográficos da população portuguesa
 
below10_MApresent.pdf
below10_MApresent.pdfbelow10_MApresent.pdf
below10_MApresent.pdf
 
O estado da educacao num estado intervencionado
O estado da educacao num estado intervencionadoO estado da educacao num estado intervencionado
O estado da educacao num estado intervencionado
 
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva UrbanaCaderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
Caderno de Estudos nº 24 - Inclusão Produtiva Urbana
 
COMO O GOVERNO LULA PODE PROMOVER A REVOLUÇÃO NO SISTEMA DE EDUCAÇÃO DO BRASI...
COMO O GOVERNO LULA PODE PROMOVER A REVOLUÇÃO NO SISTEMA DE EDUCAÇÃO DO BRASI...COMO O GOVERNO LULA PODE PROMOVER A REVOLUÇÃO NO SISTEMA DE EDUCAÇÃO DO BRASI...
COMO O GOVERNO LULA PODE PROMOVER A REVOLUÇÃO NO SISTEMA DE EDUCAÇÃO DO BRASI...
 
Apresentação_Educação adultos-.pptx
Apresentação_Educação adultos-.pptxApresentação_Educação adultos-.pptx
Apresentação_Educação adultos-.pptx
 
Escassez de professores no ensino médio
Escassez de professores no ensino médioEscassez de professores no ensino médio
Escassez de professores no ensino médio
 
Teste formativo ae 1º do 3º periodo
Teste formativo ae   1º do 3º periodoTeste formativo ae   1º do 3º periodo
Teste formativo ae 1º do 3º periodo
 
Sessão Temática Especial Educação para a Nova Indústria, por Eduardo Eugenio,...
Sessão Temática Especial Educação para a Nova Indústria, por Eduardo Eugenio,...Sessão Temática Especial Educação para a Nova Indústria, por Eduardo Eugenio,...
Sessão Temática Especial Educação para a Nova Indústria, por Eduardo Eugenio,...
 
Trabalho de geo 1 1
Trabalho de geo 1 1Trabalho de geo 1 1
Trabalho de geo 1 1
 
Atualidades 2012 parte 2
Atualidades 2012 parte 2Atualidades 2012 parte 2
Atualidades 2012 parte 2
 
As fragilidades da proposta de reforma do ensino médio no brasil do governo t...
As fragilidades da proposta de reforma do ensino médio no brasil do governo t...As fragilidades da proposta de reforma do ensino médio no brasil do governo t...
As fragilidades da proposta de reforma do ensino médio no brasil do governo t...
 
Exercicio Dos Direitos Sociais M. L. C. C.
Exercicio Dos Direitos Sociais M. L. C. C.Exercicio Dos Direitos Sociais M. L. C. C.
Exercicio Dos Direitos Sociais M. L. C. C.
 

Mais de Ilda Bicacro

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Ilda Bicacro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Ilda Bicacro
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
Ilda Bicacro
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
Ilda Bicacro
 
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptxProjeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Ilda Bicacro
 
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Ilda Bicacro
 
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptxESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
Ilda Bicacro
 
Construção (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Construção (C)erta - Nós Propomos! SertãConstrução (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Construção (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Ilda Bicacro
 
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfunicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
Ilda Bicacro
 
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfA nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
Ilda Bicacro
 
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
Ilda Bicacro
 
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxEB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
Ilda Bicacro
 
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfProjeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Ilda Bicacro
 
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxInterculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Ilda Bicacro
 
Direitos das crianças
Direitos das criançasDireitos das crianças
Direitos das crianças
Ilda Bicacro
 

Mais de Ilda Bicacro (20)

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptxProjeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
Projeto Nós propomos! Sertã, 2024 - Chupetas Eletrónicas.pptx
 
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
Nós Propomos! Autocarros Elétricos - Trabalho desenvolvido no âmbito de Cidad...
 
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
Rota das Ribeiras Camp, Projeto Nós Propomos!
 
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
Nós Propomos! " Pinhais limpos, mundo saudável"
 
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptxESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
ESSertã - Nós Propomos! De mãos dadas com Rwanda.pptx
 
Construção (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Construção (C)erta - Nós Propomos! SertãConstrução (C)erta - Nós Propomos! Sertã
Construção (C)erta - Nós Propomos! Sertã
 
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfunicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
 
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfA nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
 
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
 
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxEB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
 
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfProjeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
 
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxInterculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
 
Direitos das crianças
Direitos das criançasDireitos das crianças
Direitos das crianças
 

Último

Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 

Principais problemas e soluções sociodemográficos adaptado

  • 1. A POPULAÇÃO PORTUGUESA: EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS Principais problemas e soluções sociodemográficos: qualificação e emprego
  • 2. BAIXO NÍVEL EDUCACIONAL • Portugal debate-se com um baixo nível educacional, possuindo uma significativa taxa de abandono escolar, quando comparada com os nossos parceiros europeus, e também uma fraca qualificação profissional, aliada a um sistema educativo relativamente débil. Fig. Taxa de abandono precoce de educação e formação nos países da UE27 (2011) Os principais problemas sociodemográficos • Dados dos níveis de instrução: evolução positiva na última década.
  • 3. • destacam-se, pela negativa: as regiões autónomas dos Açores e da Madeira e o Algarve. Os principais problemas sociodemográficos  Disparidades ao nível do abandono escolar nas diferentes NUTS do país e entre os dois sexos:  Distribuição por sexos: este indicador é sempre mais elevado nos homens do que nas mulheres. • os melhores valores ocorrem no Alentejo e na região Centro. Fig. Taxa de abandono precoce de educação e formação em Portugal, por sexo e região NUTS II (2011)
  • 4. • atualmente: o valor encontra-se mesmo assim próximo dos 5%. Os principais problemas sociodemográficos  Se bem que, hoje em dia, a escola acolha praticamente todas as crianças, continua a manifestar dificuldades para lhes garantir o sucesso escolar. Outro indicador importante dos fracos níveis de instrução em Portugal continua a ser o do número considerável de analfabetos. • década de 60 do século XX: dois terços dos portugueses residentes com mais de 15 anos não possuía qualquer nível de ensino (72% no caso das mulheres); Resultados igualmente preocupantes são os que procuram avaliar o sucesso escolar.
  • 5.  Relativamente à aprendizagem ao longo da vida, devem também ser dados passos firmes no sentido da melhoria da situação atual. Fig. Aprendizagem ao longo da vida nos países da UE27, população com idades entre os 25 e os 64 anos (2010) Os principais problemas sociodemográficos  Portugal continua a apresentar valores médios abaixo da média da UE e muito distantes dos países que lideram este processo – Dinamarca, Suécia e Finlândia.
  • 6.  Espacialmente, destacam-se: • pela positiva as NUTS do Centro, Lisboa e Norte; • Alentejo e as regiões autónomas continuam a apresentar os piores resultados. Fig. Aprendizagem ao longo da vida em Portugal, população com idades entre os 25 e os 64 anos, por NUTS II (2010) Os principais problemas sociodemográficos
  • 7.  Outro indicador que comprova o longo caminho a percorrer por Portugal no sentido da melhoria dos seus indicadores de instrução/ formação é o que avalia o número de licenciados. Fig. População com idades entre os 15 e os 64 anos, que concluiu o ensino superior nos países da OCDE (2010) Os principais problemas sociodemográficos A média portuguesa é aproximadamente metade da que se regista na OCDE e cerca de 3,5 vezes inferior à do Canadá.
  • 8. SITUAÇÃO PERANTE O EMPREGO Em Portugal, as possibilidades de emprego, e sobretudo de emprego estável, têm vindo a reduzir-se… Os principais problemas sociodemográficos O emprego e a sua estabilidade são aspetos determinantes para a qualidade de vida e o desenvolvimento pessoal de qualquer população. …ao contrário do subemprego e do desemprego, que atingem uma percentagem cada vez mais significativa da população.
  • 9.  Ao desemprego de longa duração e ao emprego temporário, que afeta sobretudo os jovens, as mulheres e os trabalhadores com mais idade, associa-se o emprego precário e sem direitos e, em certos casos, o escândalo do trabalho infantil. Os principais problemas sociodemográficos
  • 10.  O desemprego de quadros técnicos atinge milhares de indivíduos, fruto de uma desarticulação preocupante entre as necessidades do mundo do trabalho e uma formação superior que perdeu o contacto com a realidade do mercado de emprego. Fig. Taxa de desemprego segundo o nível de escolaridade completo e sexo (2011) Os principais problemas sociodemográficos
  • 11. Os principais problemas sociodemográficos  DESEMPREGO • riqueza perdida para o país, que não consegue aproveitar a mão de obra disponível para atividades produtivas. • Muitas pessoas acabam por encontrar na emigração a única possibilidade de tentar escapar a este drama. • consequências no sistema público de Segurança Social que perde as receitas provenientes deste conjunto de trabalhadores, vendo-se, por outro lado, sobrecarregado com os novos encargos que estes acarretam – subsídio de desemprego.
  • 12. O rejuvenescimento e a valorização da população Face a esta realidade, o país tem vindo a desenvolver algumas medidas destinadas a contrariar a situação: Portugal enfrenta atualmente alguns problemas sociodemográficos: • declínio da fecundidade; • baixo nível de qualificação da população; • o desemprego.  de modo a conseguir gerar o tão desejado emprego. • incentivar a natalidade; • promover a qualificação dos habitantes; • dinamizar a economia.
  • 13. OS INCENTIVOS À NATALIDADE • a melhoria da assistência materno- infantil; • o alargamento do período atribuído para as licenças de parto; • a concessão de facilidades para o apoio parental aos recém-nascidos; • o incremento dos apoios económicos à família: aumento do abono de família e a concessão de benefícios fiscais em função do número de filhos. O rejuvenescimento e a valorização da população  A resolução do problema do envelhecimento passa pela implementação/reforço de uma verdadeira política natalista que tenha em atenção:
  • 14. • alargamento da escolaridade obrigatória gratuita; O rejuvenescimento e a valorização da população  As medidas de incentivo à natalidade devem ser implementadas de forma integrada numa política social que leve ao aumento do número relativo de jovens, o que se traduzirá num rejuvenescimento da população. Em Portugal têm sido levadas a cabo algumas iniciativas de apoio à natalidade, de que são exemplo : • alargamento do período de licença de parto; • o abono de família.
  • 15. A QUALIFICAÇÃO DA MÃO DE OBRA  Relativamente às políticas ativas de qualificação da mão de obra e de criação de emprego, o atraso estrutural verificado aponta para a necessidade de desenvolver uma política educativa eficaz, suscetível de acelerar o processo de convergência do país relativamente aos seus parceiros da UE. • elevado insucesso escolar; • inadequação do ensino às necessidades da economia; • saída dos jovens do sistema educativo sem qualquer preparação ou qualificação profissional; • baixo nível de habilitações da população ativa. O rejuvenescimento e a valorização da população Principais problemas relacionados com o baixo nível de qualificação:
  • 16.  o processo de recuperação torna-se mais difícil, devido à menor facilidade de acesso às infraestruturas, equipamentos e serviços qualificantes. Os principais problemas sociodemográficos Ao nível da qualificação da mão de obra, assistimos a uma desigualdade de oportunidades entre: • os habitantes das principais áreas urbanas; • e aqueles que habitam em áreas mais periféricas.  os indicadores de qualificação são melhores;