Seminario sobre pentecostalismo_e_teologia_publica

1.123 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.123
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminario sobre pentecostalismo_e_teologia_publica

  1. 1. UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE TEOLOGIACurso Bacharel em TeologiaMódulo: Estudos de Ética e Teologia PúblicaTema: Seminário sobre Pentecostalismo e Temas de Teologia PúblicaProfessor: Paulo Ayres Mattos – paulo.ayres@metodista.br; payresmattos@yahoo.com8º. Período: II Semestre de 2012 – MatutinoCarga Horária: 40 horas/aula ORIENTAÇÕES GERAIS Fides quaerens intellectum. (Porque creio, busco entender!) A. Ementa: O seminário empreende uma análise de conjuntura do movimento pentecostal em nossa sociedade, procurando identificar preocupações e temas importantes que requerem, de forma mais urgente, pesquisa e interpretação bíblica, histórica e teológica consequentes à luz da história e da teologia pentecostal. Os assuntos, abordados sempre em perspectiva multidisciplinar, buscam sínteses, nas quais os métodos e os conteúdos assimilados durante o curso são aplicados na reflexão sobre novos problemas, avaliando suas implicações para o futuro do movimento pentecostal num campo religioso crescentemente pluralista. B. Objetivos Gerais: 1. Propiciar elementos básicos para a compreensão crítica da presença pública do movimento pentecostal, no contexto da sociedade brasileira, avaliando suas implicações históricas e teológicas para o futuro do pentecostalismo num campo religioso crescentemente pluralista, no desenvolvimento de uma Teologia Pública. 2. Compreender como se dá a teoria da presença pública do movimento pentecostal em suas diferentes expressões e sua ação na esfera pública. 3. Introduzir a reflexão ética como "teoria da ação humana em relação aos valores e a partir das exigências da fé". Em consequência, visa desenvolver os aspectos atitudinais, praxiológicos e de discernimentos em Cristo e sua Igreja, face aos problemas, às necessidades e às formas de estruturação e desestruturação da vida humana concreta, contexto do testemunho e serviço cristãos na sociedade. C. Objetivos Específicos: 1. Apresentar de forma expositiva a história da presença pública do movimento Pentecostal. 2. Avaliar criticamente as implicações históricas e teológicas para o futuro do cristianismo dessa presença. 3. Analisar documentos oficiais e reflexões bíblicas que auxiliem na compreensão dos fundamentos teóricos da presença cristã na sociedade.
  2. 2. 4. Refletir sobre a ética como teoria da ação humana em relação aos valores e a partir das exigências da fé no contexto da presença pública. 5. Pensar as implicações práticas e éticas dessa presença pública, numa reflexão teológica que possibilite desenvolver uma Teologia Pública na perspectiva pentecostal.D. Conteúdo Programático: 1. O estado da pesquisa sobre a história e teologia do movimento pentecostal; 2. Os antecedentes histórico-teológicos do processo de formação do movimento pentecostal contemporâneo; 3. O processo de formação histórica do movimento pentecostal contemporâneo no mundo e no Brasil; 4. O modo pentecostal de fazer teologia; 5. Pentecostalismo e sua inserção na cultura brasileira; 6. Pentecostalismo e participação política; 7. Pentecostalismo, economia e consumismo; 8. Pentecostalismo, ação social e luta contra a pobreza; 9. Pentecostalismo, gênero e etnia; 10. Pentecostalismo, escatologia e ecologia; 11. Pentecostalismo e sexualidade humana; 12. Pentecostalismo e violência doméstica; 13. Pentecostalismo, ecumenismo e diversidade religiosa.E. Metodologia de Ensino:Leitura de textos, apresentações orais, debates, sistematização e pesquisas.F. Critérios de Avaliação: a. Seminário histórico-teológico em grupo sobre temas de teologia pública (itens 5 a 13 do conteúdo programático) à luz da teologia pentecostal (2.0 pontos): O seminário será apresentado por grupo de trabalho que deverá elaborar um texto de 10 (dez) a 15 (quinze) páginas, tamanho A4, fonte “times new roman”, tamanho 12 (doze), espaço 1,5 (um e meio). O trabalho deverá apresentar uma descrição histórico-teológica contextualizada da questão abordada, sua análise crítica (inclusive na perspectiva teológica pentecostal), e sugestão de pertinentes propostas pastorais que respondam aos desafios missionários do contexto brasileiro. b. Uma questão expositiva referente ao tema constante da prova integrada do módulo (valor total da prova: 4.0 [quatro] pontos).G. Bibliografia1. ALENCAR, Gedeon Freire. Todo poder aos pastores, todo trabalho ao povo, e todo louvor a Deus: Assembleia de Deus: origem, implantação e militância 1911-1946 (Tese de Mestrado na UMESP). São Bernardo do Campo: UMESP, 2000.2. ANTONIAZZI, Alberto, et allia. Nem anjos nem demônios: Interpretações sociológicas do pentecostalismo. Petrópolis: Vozes, 1996.3. ARAÚJO, Isael de. Dicionário Movimento Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 2007.4. ARIARAJAH, Wesley. Repensando a missão para nossos dias. São Bernardo do Campo: EDITEO, 2011. 2
  3. 3. 5. BAPTISTA, Saulo de Tarso Cerqueira. Pentecostais e neopentecostais na política brasileira: Um estudo sobre cultura política, Estado e atores coletivos religiosos no Brasil. São Paulo: Annablume, 2009.6. CAMPOS, Leonildo Silveira. “As origens norte-americanas do pentecostalismo brasileiro: observações sobre uma relação ainda pouco avaliada”, (Artigo) in Revista USP, 2005, Nº. 67, 100-115.7. CÉSAR, Waldo e Shaull Richard. Pentecostalismo e futuro das igrejas cristãs. Petrópolis/São Leopoldo: Vozes/Sinodal, 1999.8. CONSELHO PONTIFÍCIO PARA A PROMOÇÃO DA UNIDADE DOS CRISTÃOS. Diálogo católico-pentecostal: Evangelização, proselitismo e testemunho comum. São Paulo: Paulinas, 1999.9. CORTEN, André. Os pobres e o Espírito Santo: o pentecostalismo no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1996.10. CUNHA, Magali. A Explosão Gospel: Um olhar das ciências humanas sobre o cenário evangélico no Brasil. Rio de Janeiro: Mauad, 2007.11. DAYTON, Donald W. Raíces Teológicas del Pentecostalismo. Buenos Aires: Nueva Creación, 1991.12. GONDIM, Ricardo. O Evangelho da nova era: análise e refutação bíblica da chamada teologia da prosperidade. São Paulo: Abba Press, 1993.13. HORTON, Stanley M. Teologia sistemática: uma perspectiva pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 1999.14. MACEDO, Emiliano Unzer. Pentecostalismo e Religiosidade Brasileira. Disponível em http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/ENSINORELIGI OSO/teses/Pentecostalismo_religiosidade_brasileira.pdf13. MARIANO, Ricardo. Neopentecostais: sociologia do novo pentecostalismo no Brasil. São Paulo: Loyola, 1999.14. MENDONÇA, Antonio Gouvêa. Protestantes, pentecostais e ecumênicos. São Bernardo do Campo: UMESP, 2008.15. MENZIES, William W. Doutrinas bíblicas: uma perspectiva pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 2000.16. MENZIES, William W. e Menzies, Robert P. No poder do Espírito. São Paulo: Vida. 2003.17. NAÑEZ, Rick. Pentecostal de coração e mente: Um chamado ao dom divino do intelecto. São Paulo: Vida, 2005.18. OLIVA, Alfredo dos Santos e Antonio Paulo Benatte (Orgs.). 100 anos de pentecostes: Capítulos da história do pentecostalismo no Brasil. São Paulo: Fonte Editorial, 2010.19. OLIVEIRA, Marco Davi de. A religião mais negra do Brasil: por que mais de oito milhões de negros são pentecostais. São Paulo: Mundo Cristão, 2004.20. ORO, Ari Pedro (Org.). Igreja Universal do Reino de Deus: os novos conquistadores da fé. São Paulo: Paulinas, 2003.21. PIERATT, Alan B.. O Evangelho da Prosperidade. São Paulo: Vida Nova, 1995.22. ROCHA, Daniel. Venha a nós o vosso reino: relações entre escatologia e política na história do pentecostalismo brasileiro. São Paulo: Fonte Editorial, 2012.23. ROMEIRO, Paulo. Super crentes: o evangelho segundo Kenneth Hagin, Valnice Milhomens e os profetas da prosperidade. São Paulo: Mundo Cristão, 199524. ________. Decepcionados com a graça: esperanças e frustrações no Brasil neopentecostal. São Paulo: Mundo Cristão, 2005.25. VINSON, Synan. O século do Espírito Santo: 100 anos de avivamento pentecostal e carismático. São Paulo: Vida, 2009. 3
  4. 4. Plano de Aulas1ª. Aula - 07/08: Introduçãoi. Orientações gerais sobre o cursoii. Estado da pesquisa histórico-teológica sobre o movimento pentecostal2ª. Aula - 13/08: Os antecedentes histórico-teológicos do processo de formação domovimento pentecostal contemporâneo i.Contexto histórico-teológico dos avivamentos no século XVIII ii.Contexto histórico-teológico dos avivamentos no século XIXiii.Gestação do movimento pentecostal contemporâneo[Nesta aula deverá ser comunicada ao docente do tema a formação dos grupos de trabalhopara apresentação dos seminários temáticos durante os próximos meses.]3ª. Aula – 21/08: O processo de formação histórica do movimento pentecostalcontemporâneo no mundo e no Brasil i.Surgimento do movimento pentecostal contemporâneoii.Formação do movimento pentecostal brasileiroTexto para leitura: Leonildo da Silveira Campos. As origens norte-americanas dopentecostalismo brasileiro. Disponível em:http://www.usp.br/revistausp/67/08-campos.pdf.4ª. Aula – 28/08: O modo pentecostal de fazer teologia i.Matrizes teológicas do pentecostalismoii.Modo pentecostal de fazer teologia: teologia narrativaTexto para leitura e pesquisa: Carlos Alberto Motta Cunha. Hermenêutica pentecostal ehermenêutica da libertação. Disponível em:http://faculdadejesuita.edu.br/documentos/031111-Carlos%20Alberto%20Motta%20Cunha.pdf.5ª. Aula – 04/09: Seminário sobre pentecostalismo e sua inserção na cultura brasileiraTextos para leitura:a) Ari Pedro Oro. Algumas interpelações do Pentecostalismo no Brasil. Disponível em:http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/P.2175-5841.2011v9n22p383/2905.b) Magali do Nascimento Cunha. Religiosidade Midiática em tempos de cultura “gospel”.Disponível em:http://www.koinonia.org.br/tpdigital/detalhes.asp?cod_artigo=303&cod_boletim=16&tipo=Artigo.c) Leonildo Silveira Campos. A identidade protestante e a hegemonia pentecostal no cenárioreligioso brasileiro. Disponível em:http://www.koinonia.org.br/tpdigital/detalhes.asp?cod_artigo=117&cod_boletim=7&tipo=Artigo. 4
  5. 5. 6ª. Aula – 11/09: Seminário sobre pentecostalismo, cidadania e participação políticaTexto para leitura:a) Daniel Rocha. Dando a Deus o que é de César: escatologia, pentecostalismo e política em trêsatos. Disponível em:http://www.koinonia.org.br/tpdigital/detalhes.asp?cod_artigo=417&cod_boletim=23&tipo=Artigo.b) Saulo Baptista. Religião e Cidadania: algumas reflexões. Disponível em:http://www.novosdialogos.com/artigo.asp?id=282.7ª. Aula – 18/09: Seminário sobre pentecostalismo, economia e sociedade de consumoTextos para leitura:a) Wania Amélia Belchior Mesquita. Um pé no reino e outro no mundo: consumo e lazer entre ospentecostais. Disponível em:http://www.scielo.br/pdf/ha/v13n28/a06v1328.pdf.b) Claudio de Oliveira Ribeiro. O que um cristão precisa saber sobre a teologia da prosperidade.Disponível em:http://www.centroestudosanglicanos.com.br/bancodetextos/diversos/cristao_teologia_prosperidade_ribeiro.pdf.8ª. Aula – 25/09: Seminário sobre pentecostalismo, ação social e luta contra a pobrezaTextos para leitura:a) Claudia Neves da Silva. As ações assistenciais promovidas pelas igrejas: pentecostais:motivações e dificuldades. Disponível em:http://www.sumarios.org/sites/default/files/pdfs/54679_6338.PDF.b) Victor Vicent Valia. Pobreza, emoção e saúde: uma discussão sobre pentecostalismo e saúdeno Brasil. Rev. Bras. Educ. [online]. 2002, n.19, pp. 63-75. Disponível em:http://educa.fcc.org.br/pdf/rbedu/n19/n19a06.pdf.9ª. Aula – 02/10: Seminário sobre pentecostalismo e inclusão social de gênero e etniaTextos para leitura:a) Crislaine Valeria Toledo-Plaça. “Passagens híbridas”: uma análise sobre as relações degênero e o pentecostalismo. Disponível em:http://www.fazendogenero.ufsc.br/7/artigos/C/Crislaine_Valeria_de_Toledo-Placa_38_B.pdf.b) Maria Auxiliadora da Silva. Feminilidade e liderança religiosa pentecostal nacontemporaneidade. Disponível em:http://www.fafich.ufmg.br/coloquioenriquez/tcompletos/232/Artigo%20-%20Feminilidade%20e%20lideran%E7a%20religiosa%20pentecostal%20na%20contemporaneidade.pdf.c) Cristina Kelly da Silva Pereira. Religião e negritude: discursos e práticas no Protestantismoe nos Movimentos Pentecostais. Revista Eletrônica Correlatio no. 18 - Dezembro de 2010.Disponível em:https://www.metodista.br/revistas/revistasims/index.php/COR/article/viewArticle/2407.d) Maria das Dores Campos Machado. O pentecostalismo e as mulheres. Disponível em:http://www.ihuonline.unisinos.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3212&secao=329. 5
  6. 6. 10ª. Aula – 16/10: Seminário sobre pentecostalismo, escatologia e sustentabilidadeambientalTextos para leitura:a) Robson Franco Guimarães. Os últimos dias: os pentecostais e o imaginário do fim dos tempos.Disponível em: http://www.pucsp.br/rever/rv1_2005/p_guimaraes.pdf.b) Daniel Rocha. Concepções escatológicas e vida social no Pentecostalismo Brasileiro.Disponível em: http://www.abhr.org.br/wp-content/uploads/2008/12/rocha-daniel.pdf.11ª. Aula – 30/10: Seminário sobre pentecostalismo e sexualidade humanaTextos para leitura:a) Maria das Dores Campos Machado. Conversão Religiosa e a Opção Pela Heterossexualidadeem Tempos da AIDS: Notas de uma pesquisa. Disponível em:http://www.ceil-piette.gov.ar/docpub/revistas/sociedadyreligion/sr14-15/sr1415dasdores.pdf.b) Maurício Madeira Bonfim Filho et allia. Sexualidade e religião: a prática sexual na perspectivadas denominações protestantes. Disponível em:http://www.cedeplar.ufmg.br/seminarios/seminario_diamantina/2010/D10A041.pdf.12ª. Aula – 06/11: Seminário sobre pentecostalismo, família e violência domésticaTextos para leitura:a) Maria Auxiliadora da Silva. Religião, Sexualidade e Poder: A liderança religiosa e política dosEvangélicos pentecostais. Disponível em:http://www.abhr.org.br/plura/ojs/index.php/anais/article/view/186/129.b) Márcia Thereza Couto. Na trilha do gênero: pentecostalismo e CEBs. Disponível em:http://www.scielo.br/pdf/ref/v10n2/14962.pdf.13ª. Aula – 13/11: Prova modular integrada (data a ser confirmada pelos docentes domódulo)14ª. Aula – 20/11: Seminário sobre pentecostalismo, ecumenismo e diversidade religiosaTextos para leitura:a) Leonildo Silveira Campos. Os Mapas, Atores e Números da Diversidade Religiosa CristãBrasileira: Católicos e Evangélicos entre 1940 e 2007. Disponível em:http://www.pucsp.br/rever/rv4_2008/t_campos.pdf.b) Cesar Romero Jacob et allia. A diversificação religiosa. Disponível em:http://www.scielo.br/pdf/ea/v18n52/a02v1852.pdf.c) Márcia Merlo. Religiosidade: entre negociação e conflito. Pentecostais, católicos e adeptosde religiões afro-brasileiras em Ilhabela e Ubatuba. Disponível em:http://www.pucsp.br/nures/revista8/nures8_marcia.pdf.d) Ari Pedro Oro e Daniel F. de Bem. A discriminação contra as religiões: afro-brasileiras:ontem e hoje. Disponível em:http://api.ning.com/files/fnzEo8W0DWGuedb90n2LppDXt-dk1oFUQXE6jEZL94wlTDPjHIsAjv6z7Vwf8HlpMjT0-r4lCAqi-70jRdsW8JbuaQuvhaLc/Parte4DiscriminaocontraasReligiesAfroBrasileiras.pdf.e) Augustus Nicodemus Lopes. Tolerância no Novo Testamento. São Paulo: PublicaçõesEvangélicas Selecionadas, 2003. Ver também do mesmo autor o artigo Verdade e Pluralidade noNovo Testamento, disponível em:http://www.mackenzie.br/fileadmin/Mantenedora/CPAJ/revista/VOLUME_VIII__2003__2/a_nicodemus.pdf. 6

×