SlideShare uma empresa Scribd logo

Como acertar na contratação de fábrica de software - Agile Trends

Yuri Morais
Yuri Morais
Yuri MoraisAnalista de TI, Professor em Senado Federal

Apresentação realizada no Agile Trends GOV, em Brasília, sobre o case de contratação de serviços de desenvolvimento de software (fábrica de software) no Senado Federal.

Como acertar na contratação de fábrica de software - Agile Trends

1 de 20
Baixar para ler offline
Como acertar na contratação de
fábrica de software
Não deixe a 8.666 te atrapalhar !
Yuri Morais
yuri.morais@senado.leg.br
Quem é esse?
Yuri Morais
• Analista de TI no Senado
• Líder de projetos ágeis
• Mestre em Computação (UFPB)
Certificações: Scrum Master, Product Owner, ITIL, Java
Professor
Ex-Auditor
O que eu gostaria no meu contrato...
• The best developer is 10x
better than an average
developer
• General skills: complete
job, start to finish
– Avoid specialization
Expectativa
Realidade
REALIDADE...
• Tenho que usar Pontos de Função?
• Vou “aceitar mudanças” e pagar tudo em
dobro?
• Ninguém quer ser fiscal desse contrato
• Meu cliente não se engaja
• O software funciona, mas a qualidade...
• Os desenvolvedores mudam
constantemente / são inexperientes
Anúncio

Recomendados

Fundamentos e Carreira em Teste de Software (Aula Magna UniSalesiano)
Fundamentos e Carreira em Teste de Software (Aula Magna UniSalesiano)Fundamentos e Carreira em Teste de Software (Aula Magna UniSalesiano)
Fundamentos e Carreira em Teste de Software (Aula Magna UniSalesiano)Júlio de Lima
 
UnP Eng. Software - Aula 25
UnP Eng. Software - Aula 25UnP Eng. Software - Aula 25
UnP Eng. Software - Aula 25Hélio Medeiros
 
Palestra papel do desenvolvedor no sucesso da empresa
Palestra papel do desenvolvedor no sucesso da empresaPalestra papel do desenvolvedor no sucesso da empresa
Palestra papel do desenvolvedor no sucesso da empresaHenrique Nunes Bez Fontana
 
Modelo V - Desenvolvimento de Software
Modelo V - Desenvolvimento de SoftwareModelo V - Desenvolvimento de Software
Modelo V - Desenvolvimento de SoftwareBruno Bitencourt Luiz
 
Testes de Software - Fundamentos
Testes de Software - FundamentosTestes de Software - Fundamentos
Testes de Software - FundamentosLucas Amaral
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arquitetura de Software
Arquitetura de SoftwareArquitetura de Software
Arquitetura de Softwarejamersonlima
 
Modelo de Prototipação
Modelo de PrototipaçãoModelo de Prototipação
Modelo de PrototipaçãoJuliano Pires
 
Feature Driven Development – Desenvolvimento Guiado por Funcionalidades
Feature Driven Development – Desenvolvimento Guiado por FuncionalidadesFeature Driven Development – Desenvolvimento Guiado por Funcionalidades
Feature Driven Development – Desenvolvimento Guiado por FuncionalidadesHiury Araújo
 
Aula 6 - Prototipação de telas
Aula 6 - Prototipação de telasAula 6 - Prototipação de telas
Aula 6 - Prototipação de telasJanynne Gomes
 
Qualidade de Software - Desenvolvimento dirigido por testes
Qualidade de Software - Desenvolvimento dirigido por testesQualidade de Software - Desenvolvimento dirigido por testes
Qualidade de Software - Desenvolvimento dirigido por testesJoaquim Lopes Júnior
 
Fábrica de Teste de Software - Palestrante: Marcus Dratovsky
Fábrica de Teste de Software - Palestrante: Marcus DratovskyFábrica de Teste de Software - Palestrante: Marcus Dratovsky
Fábrica de Teste de Software - Palestrante: Marcus DratovskyRio Info
 
Aula Modelos de Processos Tradicionais para Desenvolvimento de Software
Aula Modelos de Processos Tradicionais para Desenvolvimento de Software Aula Modelos de Processos Tradicionais para Desenvolvimento de Software
Aula Modelos de Processos Tradicionais para Desenvolvimento de Software Cloves da Rocha
 
Introducao a analise de testes de softwares
Introducao a analise de testes de softwaresIntroducao a analise de testes de softwares
Introducao a analise de testes de softwaresIntellecta
 
Testes Funcionais De Software
Testes Funcionais De SoftwareTestes Funcionais De Software
Testes Funcionais De SoftwareLeonardo Molinari
 
Testando na Gringa - Se preparando para uma entrevista técnica para uma vaga ...
Testando na Gringa - Se preparando para uma entrevista técnica para uma vaga ...Testando na Gringa - Se preparando para uma entrevista técnica para uma vaga ...
Testando na Gringa - Se preparando para uma entrevista técnica para uma vaga ...Walmyr Lima e Silva Filho
 
Faculdade Pitagoras 2014: Palestra sobre Fundamentos e Carreira em Teste de S...
Faculdade Pitagoras 2014: Palestra sobre Fundamentos e Carreira em Teste de S...Faculdade Pitagoras 2014: Palestra sobre Fundamentos e Carreira em Teste de S...
Faculdade Pitagoras 2014: Palestra sobre Fundamentos e Carreira em Teste de S...Júlio de Lima
 
TDC2012 - E o que vem antes da automação?
TDC2012 - E o que vem antes da automação?TDC2012 - E o que vem antes da automação?
TDC2012 - E o que vem antes da automação?Paulo Vicente
 
Guia Rápido fazer a proposta do Redesenho/Novo Processo (TO BE)
Guia Rápido fazer a proposta do Redesenho/Novo Processo (TO BE)Guia Rápido fazer a proposta do Redesenho/Novo Processo (TO BE)
Guia Rápido fazer a proposta do Redesenho/Novo Processo (TO BE)CompanyWeb
 
Scrum para Desenvolvimento Interno e Produtos de Software
Scrum para Desenvolvimento Interno e Produtos de SoftwareScrum para Desenvolvimento Interno e Produtos de Software
Scrum para Desenvolvimento Interno e Produtos de SoftwareRodrigo Yoshima
 
Feature Driven Development (FDD)
Feature Driven Development (FDD)Feature Driven Development (FDD)
Feature Driven Development (FDD)Vitor Pacheco
 

Mais procurados (20)

Arquitetura de Software
Arquitetura de SoftwareArquitetura de Software
Arquitetura de Software
 
[CEFETMG][ESw] Aula 2 - Processos de software
[CEFETMG][ESw] Aula 2 - Processos de software[CEFETMG][ESw] Aula 2 - Processos de software
[CEFETMG][ESw] Aula 2 - Processos de software
 
Modelo de Prototipação
Modelo de PrototipaçãoModelo de Prototipação
Modelo de Prototipação
 
FDD
FDDFDD
FDD
 
Modelo Espiral
Modelo EspiralModelo Espiral
Modelo Espiral
 
Feature Driven Development – Desenvolvimento Guiado por Funcionalidades
Feature Driven Development – Desenvolvimento Guiado por FuncionalidadesFeature Driven Development – Desenvolvimento Guiado por Funcionalidades
Feature Driven Development – Desenvolvimento Guiado por Funcionalidades
 
Modelos de Processo de Software
Modelos de Processo de SoftwareModelos de Processo de Software
Modelos de Processo de Software
 
Aula 6 - Prototipação de telas
Aula 6 - Prototipação de telasAula 6 - Prototipação de telas
Aula 6 - Prototipação de telas
 
Qualidade de Software - Desenvolvimento dirigido por testes
Qualidade de Software - Desenvolvimento dirigido por testesQualidade de Software - Desenvolvimento dirigido por testes
Qualidade de Software - Desenvolvimento dirigido por testes
 
Fábrica de Teste de Software - Palestrante: Marcus Dratovsky
Fábrica de Teste de Software - Palestrante: Marcus DratovskyFábrica de Teste de Software - Palestrante: Marcus Dratovsky
Fábrica de Teste de Software - Palestrante: Marcus Dratovsky
 
Aula2 paradigmas
Aula2 paradigmasAula2 paradigmas
Aula2 paradigmas
 
Aula Modelos de Processos Tradicionais para Desenvolvimento de Software
Aula Modelos de Processos Tradicionais para Desenvolvimento de Software Aula Modelos de Processos Tradicionais para Desenvolvimento de Software
Aula Modelos de Processos Tradicionais para Desenvolvimento de Software
 
Introducao a analise de testes de softwares
Introducao a analise de testes de softwaresIntroducao a analise de testes de softwares
Introducao a analise de testes de softwares
 
Testes Funcionais De Software
Testes Funcionais De SoftwareTestes Funcionais De Software
Testes Funcionais De Software
 
Testando na Gringa - Se preparando para uma entrevista técnica para uma vaga ...
Testando na Gringa - Se preparando para uma entrevista técnica para uma vaga ...Testando na Gringa - Se preparando para uma entrevista técnica para uma vaga ...
Testando na Gringa - Se preparando para uma entrevista técnica para uma vaga ...
 
Faculdade Pitagoras 2014: Palestra sobre Fundamentos e Carreira em Teste de S...
Faculdade Pitagoras 2014: Palestra sobre Fundamentos e Carreira em Teste de S...Faculdade Pitagoras 2014: Palestra sobre Fundamentos e Carreira em Teste de S...
Faculdade Pitagoras 2014: Palestra sobre Fundamentos e Carreira em Teste de S...
 
TDC2012 - E o que vem antes da automação?
TDC2012 - E o que vem antes da automação?TDC2012 - E o que vem antes da automação?
TDC2012 - E o que vem antes da automação?
 
Guia Rápido fazer a proposta do Redesenho/Novo Processo (TO BE)
Guia Rápido fazer a proposta do Redesenho/Novo Processo (TO BE)Guia Rápido fazer a proposta do Redesenho/Novo Processo (TO BE)
Guia Rápido fazer a proposta do Redesenho/Novo Processo (TO BE)
 
Scrum para Desenvolvimento Interno e Produtos de Software
Scrum para Desenvolvimento Interno e Produtos de SoftwareScrum para Desenvolvimento Interno e Produtos de Software
Scrum para Desenvolvimento Interno e Produtos de Software
 
Feature Driven Development (FDD)
Feature Driven Development (FDD)Feature Driven Development (FDD)
Feature Driven Development (FDD)
 

Semelhante a Como acertar na contratação de fábrica de software - Agile Trends

Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Bruno Bemfica
 
Caminhos do Scrum
Caminhos do ScrumCaminhos do Scrum
Caminhos do Scrumjrompkovski
 
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshellGerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshellDextra
 
Engenharia de requisitos introdução
Engenharia de requisitos   introduçãoEngenharia de requisitos   introdução
Engenharia de requisitos introduçãoSilmar De Freitas
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoYuri Morais
 
Scrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspectiveScrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspectiveMarcos Alves
 
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...Eduardo Primo de Souza
 
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de SistemasAula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de SistemasFilipo Mór
 
Papel de PO distribuído: funciona? Lessons learned de um produto global
Papel de PO distribuído: funciona?  Lessons learned de um produto global Papel de PO distribuído: funciona?  Lessons learned de um produto global
Papel de PO distribuído: funciona? Lessons learned de um produto global Viviam Ribeiro
 
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...GrupoMENTHOR
 
TDC2016SP - Trilha Arquitetura Empresarial
TDC2016SP - Trilha Arquitetura EmpresarialTDC2016SP - Trilha Arquitetura Empresarial
TDC2016SP - Trilha Arquitetura Empresarialtdc-globalcode
 

Semelhante a Como acertar na contratação de fábrica de software - Agile Trends (20)

Ciclo de Vida Ágil em TI
Ciclo de Vida Ágil em TICiclo de Vida Ágil em TI
Ciclo de Vida Ágil em TI
 
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
 
Caminhos do Scrum
Caminhos do ScrumCaminhos do Scrum
Caminhos do Scrum
 
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshellGerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
 
Engenharia de requisitos introdução
Engenharia de requisitos   introduçãoEngenharia de requisitos   introdução
Engenharia de requisitos introdução
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
 
Mini aula análise de requisitos
Mini aula análise de requisitosMini aula análise de requisitos
Mini aula análise de requisitos
 
Scrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspectiveScrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspective
 
Desenvolvendo produtos no UOL
Desenvolvendo produtos no UOLDesenvolvendo produtos no UOL
Desenvolvendo produtos no UOL
 
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
 
Metodologias ageis
Metodologias ageisMetodologias ageis
Metodologias ageis
 
Apresentação Executiva
Apresentação ExecutivaApresentação Executiva
Apresentação Executiva
 
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de SistemasAula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
Aula 3 - Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
 
Treinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / ScrumTreinamento Ágil / Scrum
Treinamento Ágil / Scrum
 
SETIC Scrum & XP
SETIC Scrum & XPSETIC Scrum & XP
SETIC Scrum & XP
 
Papel de PO distribuído: funciona? Lessons learned de um produto global
Papel de PO distribuído: funciona?  Lessons learned de um produto global Papel de PO distribuído: funciona?  Lessons learned de um produto global
Papel de PO distribuído: funciona? Lessons learned de um produto global
 
BDD com Xamarin UI Test e Specflow
BDD com Xamarin UI Test e SpecflowBDD com Xamarin UI Test e Specflow
BDD com Xamarin UI Test e Specflow
 
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
 
Workshop ietec Devops Testing
Workshop ietec Devops TestingWorkshop ietec Devops Testing
Workshop ietec Devops Testing
 
TDC2016SP - Trilha Arquitetura Empresarial
TDC2016SP - Trilha Arquitetura EmpresarialTDC2016SP - Trilha Arquitetura Empresarial
TDC2016SP - Trilha Arquitetura Empresarial
 

Mais de Yuri Morais

Transformação Digital e o papel do Servidor Público da área de TI
Transformação Digital e o papel do Servidor Público da área de TITransformação Digital e o papel do Servidor Público da área de TI
Transformação Digital e o papel do Servidor Público da área de TIYuri Morais
 
Transformação Digital na Administração Pública
Transformação Digital na Administração PúblicaTransformação Digital na Administração Pública
Transformação Digital na Administração PúblicaYuri Morais
 
Sustentabilidade na Administração Pública
Sustentabilidade na Administração PúblicaSustentabilidade na Administração Pública
Sustentabilidade na Administração PúblicaYuri Morais
 
Institucionalizando a Gestão de Projetos - métodos e ferramentas
Institucionalizando a Gestão de Projetos - métodos e ferramentasInstitucionalizando a Gestão de Projetos - métodos e ferramentas
Institucionalizando a Gestão de Projetos - métodos e ferramentasYuri Morais
 
Gestão de Riscos na administração pública
Gestão de Riscos na administração públicaGestão de Riscos na administração pública
Gestão de Riscos na administração públicaYuri Morais
 
Gestão Estratégica: Governança e Planejamento
Gestão Estratégica: Governança e PlanejamentoGestão Estratégica: Governança e Planejamento
Gestão Estratégica: Governança e PlanejamentoYuri Morais
 
Desafios da gestão de projetos na administração pública.
Desafios da gestão de projetos na administração pública.Desafios da gestão de projetos na administração pública.
Desafios da gestão de projetos na administração pública.Yuri Morais
 

Mais de Yuri Morais (7)

Transformação Digital e o papel do Servidor Público da área de TI
Transformação Digital e o papel do Servidor Público da área de TITransformação Digital e o papel do Servidor Público da área de TI
Transformação Digital e o papel do Servidor Público da área de TI
 
Transformação Digital na Administração Pública
Transformação Digital na Administração PúblicaTransformação Digital na Administração Pública
Transformação Digital na Administração Pública
 
Sustentabilidade na Administração Pública
Sustentabilidade na Administração PúblicaSustentabilidade na Administração Pública
Sustentabilidade na Administração Pública
 
Institucionalizando a Gestão de Projetos - métodos e ferramentas
Institucionalizando a Gestão de Projetos - métodos e ferramentasInstitucionalizando a Gestão de Projetos - métodos e ferramentas
Institucionalizando a Gestão de Projetos - métodos e ferramentas
 
Gestão de Riscos na administração pública
Gestão de Riscos na administração públicaGestão de Riscos na administração pública
Gestão de Riscos na administração pública
 
Gestão Estratégica: Governança e Planejamento
Gestão Estratégica: Governança e PlanejamentoGestão Estratégica: Governança e Planejamento
Gestão Estratégica: Governança e Planejamento
 
Desafios da gestão de projetos na administração pública.
Desafios da gestão de projetos na administração pública.Desafios da gestão de projetos na administração pública.
Desafios da gestão de projetos na administração pública.
 

Como acertar na contratação de fábrica de software - Agile Trends

  • 1. Como acertar na contratação de fábrica de software Não deixe a 8.666 te atrapalhar ! Yuri Morais yuri.morais@senado.leg.br
  • 2. Quem é esse? Yuri Morais • Analista de TI no Senado • Líder de projetos ágeis • Mestre em Computação (UFPB) Certificações: Scrum Master, Product Owner, ITIL, Java Professor Ex-Auditor
  • 3. O que eu gostaria no meu contrato...
  • 4. • The best developer is 10x better than an average developer • General skills: complete job, start to finish – Avoid specialization
  • 6. REALIDADE... • Tenho que usar Pontos de Função? • Vou “aceitar mudanças” e pagar tudo em dobro? • Ninguém quer ser fiscal desse contrato • Meu cliente não se engaja • O software funciona, mas a qualidade... • Os desenvolvedores mudam constantemente / são inexperientes
  • 7. Tenho que usar Pontos de Função ?
  • 8. Ponto de Função não é obrigatório • O importante é vincular aos resultados – Acórdão TCU 2362/2015 e Súmula-TCU 269 • Criamos uma métrica própria (UST) • O que é remunerável? (exemplos) Telas Relatórios jasper Comportamentos Regras de negócio Integrações Estruturas de dados Reuniões Scrum Testes BDD Requisitos (reuniões) Requisitos (escrita de histórias)
  • 9. O que ganhamos com isso? • Não precisamos de especialistas em APF • Pagamentos mais adequados – Principalmente nas mudanças • Revisões do repertório de UST – Permitido a cada 6 meses – Fizemos uma revisão em janeiro/2019 Fizemos uma nota técnica justificando as mudanças recorrentes
  • 10. Eu não quero ser fiscal...
  • 11. Atores - fiscalização descentralizada Gestor Fiscal Líder Técnico (TI) + P.O. (negócio) Líder Técnico + P.O. (negócio) Senado Empresa Time 1 Time 2 Time 3
  • 12. Quem define os Requisitos? • Product Owner (representa os clientes) – direciona o projeto, prioriza o que será feito, conversa com as áreas envolvidas, cuida do patrocínio do projeto • Líder Técnico (representa a TI) – influencia e orienta o PO, detalha os requisitos num nível mais técnico – define estratégias de desenvolvimento junto à equipe de desenvolvimento – Acompanha diariamente o time de desenvolvimento
  • 13. Meu cliente não se engaja
  • 14. Preparação para início de projetos Definir PO e Líder técnico Visão do produto Primeiras entregas com requisitos claros PO é “treinado” no processo Scrum Impactos mapeados (mudanças organizacionais) Tecnologia conhecida Baseado no
  • 15. Mantendo o fluxo contínuo Sprint 1OS1 Sprint 2OS2 Sprint XOSX Requisito preparado (ready) Requisito preparado (ready) Projeto = Sequência de Ordens de Serviço PO Backlog Visão Roadmap
  • 17. Perfil profissional e Qualidade • Exigência de perfil – Experiência + Certificação – Fullstack: não gostamos de especializações • Turnover é “penalizado” (nível de serviço) • Qualidade de código medida pelo Sonar – também por code review (quando necessário) – Inclui cobertura de testes
  • 18. Remuneração de atividades importantes Refatoração Fator = 50% Dados sensíveis Fator = 150% a 200% Prototipar uma hipótese 4 a 40 UST Ajustar ambiente 4 a 24 UST Feedback e adaptação ( ≠ retrabalho)
  • 19. Oportunidades de melhoria • Tabela de UST não é exata • passível de interpretação caso a caso • Viabilidade do modelo para “pequenas manutenções” • Dificuldades com equipes remotas • Queremos ser uma fábrica de features ? • Como integrar Design/UX ao processo ? • Métrica: Posto de trabalho voltou?

Notas do Editor

  1. Aspectos contratuais e aspectos organizacionais - Fiscalização mais leve, risco de auditoria...
  2. Viajar, cachorro, anbima,
  3. https://www.scaledagileframework.com/pi-planning/
  4. https://www.scaledagileframework.com/continuous-exploration/