Projeto cidade escola candanga

878 visualizações

Publicada em

PROJETO CIDADE - ESCOLA CANDANGA

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
878
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto cidade escola candanga

  1. 1. PROJETO CIDADE ESCOLA CANDANGA EDUCAÇÃO INT EGRAL
  2. 2. PROJETO CIDADE ESCOLA CANDANGA • REGIÃO ADMINISTRATIVA DE BRAZLÂNDIA • REPRESENTA 8% DOS HABITANTES DO DF • CIDADE POSSUI: EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA E PECUÁRIA. FESTA DO MORANGO • “CIDADE-DORMITÓRIO”: DURANTE O DIA MUITOS TRABALHAM FORA E SÓ RETORNAM À NOITE
  3. 3. EDUCAÇÃO INTEGRAL • NÃO SE LIMITA AO ASPECTO QUANTITATIVO DO AUMENTO DO TEMPO DE PERMANÊNCIA DO ESTUDANTE NA ESCOLA • QUALITATIVAMENTE TEMPOS E ESPAÇOS MAIORES E MELHORES PARA QUE SE CUMPRA A FUNÇÃO SOCIAL DESTA SECRETARIA
  4. 4. EDUCAÇÃO INTEGRAL • QUALIDADE SOCIAL • MEDIADA PELA GESTÃO DEMOCRÁTICA • ARTICULADA COM A PROPOSTA CURRICULAR INTEGRAL
  5. 5. PROJETO CIDADE ESCOLA CANDANGA • 21 ESCOLAS: SENDO 17 ÁREA URBANA E 04 RURAL • UNIVERSALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO INTEGRAL **CURRICULO DA SECRETARIA** • EDUCAÇÃO PARA DIVERSIDADE • EDUCAÇÃO PARA SUSTENTABILIDADE • CIDADANIA E EDUCAÇÃO EM E PARA OS DIREITOS HUMANOS
  6. 6. OBJETIVOS • GERAL • ESPECÍFICOS
  7. 7. OBJETIVO GERAL • EDUCAÇÃO INTEGRAL QUE COMPREENDA: AMPLIAÇÃO DO TEMPO E ESPAÇOS TRABALHO PEDAGÓGICO QUE FAVOREÇA AS APRENDIZAGENS FORMAÇÃO INTEGRAL DO EDUCANDO
  8. 8. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • MELHORIA DA QUALIDADE DO ENSINO • PLENO DESENVOLVIMENTO COMO PESSOA • EXERCÍCIO DA CIDADANIA • FORMAÇÃO PARA O TRABALHO • PARTICIPAÇÃO DA FAMÍLIA, INSTITUIÇÕES E SOCIEDADES
  9. 9. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • CRIANÇAS, ADOLESCENTES, JOVENS E ADULTOS: SE TORNEM AUTONÔMOS E EMANCIPADOS • FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO • PROMOVER E AMPLIAR TEMPOS E OPORTUNIDADES EDUCACIONAIS, SOCIAIS, CULTURAIS, ESPORTIVAS E DE LAZER
  10. 10. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • ARTICULAR AÇÕES COM DIFERENTES ÓRGÃOS • INTEGRAÇÃO ENTRE ESCOLA E COMUNIDADE COM A GESTÃO DEMOCRÁTICA
  11. 11. PRESSUPOSTOS LEGAIS
  12. 12. PRESSUPOSTOS LEGAIS • ART.34 E 87 DA LEI. 9394/96 • ART.DECRETO PRESIDENCIAL N.º 7.083/2010 • PLANO NACIONAL DA EDUCAÇÃO • ART.221 DA LEI ORGÂNICA DO DF • ECA – ESTATUTO DA CRIANÇA E DOADOLESCENTE • CONSTITUIÇÃO DE 1988
  13. 13. PRINCÍPIOS INTEGRALIDADE INTERSETORIALIDADE TRANSVERSALIDADE GESTÃO DEMOCRÁTICA TERRITORIALIDADE TRABALHO EM REDE
  14. 14. INTEGRALIDADE • FORMAÇÃO INTEGRAL DOS ESTUDANTES • ASPECTOS: COGNITIVOS AFETIVOS PSICOMOTORES SOCIAIS • FUNDAMENTADAS PELA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA
  15. 15. INTERSETORIALIDADE • NSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS • INSTITUIÇÕES NÃO-GOVERNAMENTAIS • UNIDAS EM TORNO DO PROJETO DE UMA EDUCAÇÃO INTEGRAL
  16. 16. TRANSVERSALIDADE • CONCEPÇÃO INTERDISCIPLINAR DE CONHECIMENTO • VINCULANDO AS APRENDIZAGEM AOS INTERESSES E AOS PROBLEMAS REAIS DOS ESTUDANTES E COMUNIDADE. • CURRÍCULO SEEDF: EDUCAÇÃO P/ DIVERSIDADE; EDUCAÇÃO P/ SUSTENTABILIDADE; CIDADANIA E EDUCAÇÃO EM E PARA OS DIREITOS HUMANOS
  17. 17. GESTÃO DEMOCRÁTICA • LEI 4.751/12 – GESTÃO DEMOCRÁTICA DO SISTEMA ENS.PÚBLICO DO DF • FOCA: PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE • COLEGIADOS: CONSELHOS ESCOLARES; CONSELHOS DE CLASSE, ASSEMBLEIAS, ASSOCIAÇÕES, GRÊMIOS ESCOLARES
  18. 18. TERRITORIALIDADE • DESENVOLVER A EDUCAÇÃO ALÉM DOS MUROS DA ESCOLA • CIDADE COMO UM RICO LABORATÓRIO DE APRENDIZAGEM • NÃO SE LIMITA AO ESPAÇO GEOGRÁFICO, MAS ABRANGENCIA DOS EFEITOS SOCIAIS E POLÍTICOS DO INDIVÍDUO
  19. 19. TRABALHO EM REDE • FORMAÇÃO DE UMA REDE • TODOS SE SINTAM PARTÍCIPES NO PROCESSO DE DISCUSSÃO, PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA AÇÃO • SOLUÇÕES DE PROBLEMAS: COMPARTILHADO COM TODOS • TROCA DE EXPERIÊNCIAS E INFORMAÇÕES
  20. 20. PAPÉIS DOS SETORES
  21. 21. SETORES • EQUIPE CENTRAL DA SEEDF • EQUIPE MESO DA SEEDF • EQUIPE GESTORA • PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO • COORDENADORES PEDAGÓGICOS LOCAIS • COMUNIDADE ESCOLAR • OUTROS PROFISSIONAIS
  22. 22. PROJETO PROPÕE
  23. 23. PROJETO PROPÕE a) TEMPO INTEGRLA, NO MÍNIMO 07 HORAS b) EDUCAÇÃO PAUTADA NA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA c) RESSIGNIFICAÇÃO DOS ESPAÇOS ESCOLARES COMPLEMENTARES À SALA DE AULA d) RESSIGNIFICAÇÃO DOS ESPAÇOS ESCOLARES EXTERNOS À ESCOLA e) ATIVIDADES DESENVOLVIDAS POR EDUCADORES SOCIAIS
  24. 24. TURMAS • TURMAS ALVORADA • TURMAS SOBRETARDE
  25. 25. TURMA ALVORADA
  26. 26. TURMA ALVORADA • INGRESSO DE ESTUDANTES NAS ATIVIDADES • DESDE O INÍCIO DA MANHÃ E SE ESTENDEM A PARTE DO VESPERTINO • ACRESCIMO, NO MÍNIMO, DUAS HORAS DIÁRIAS À JORNADA ESCOLAR
  27. 27. TURMA ALVORADA TURMA ALVORADA ROTINA 07H30 ACOLHIDA/ CAFÉ DA MANHÃ 08H TRAB.PEDAGÓGICO-PROF.REGENTE 10H 2º REFEIÇÃO – COLAÇAÕ 10H30 PARQUE/RECREIO/OUTROS COM PROF.REGENTE 11H TRAB.PEDAGÓGICO-PROF.REGENTE 12H30 3º REFEIÇÃO – ALMOÇO 13H MOMENTO DE HIGIENIZAÇÃO (MÃOS E DENTES) 13H15 MOMENTOS DE CONVIVÊNCIA (DESCANSO E ATIVIDADES LÚDICAS LIVRES) – PROF. REFERÊNCIA
  28. 28. TURMA ALVORADA • DAS 07H30 ÀS 12H30: • CINCO HORAS INICIAIS SÃO DE RESPONSABILIDADE DO DOCENTE DA TURMA/ PROFESSOR REGENTE • DAS 12H30 ÀS 14:30: • DUAS ÚLTIMAS HORAS: PLANEJADAS, ORGANIZADAS E DINAMIZADAS PELO DOCENTE REFERÊNCIA – PARCERIA COM COORDENADORES PEDAGÓGICOS E DEMAIS PROFISSIONAIS
  29. 29. NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  30. 30. TURMA SOBRETARDE
  31. 31. TURMAS SOBRETARDE • INGRESSO DOS ALUNOS PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES • INICIADAS NA MANHÃ E SE ESTENDEM ATÉ O FINAL DA TARDE • IGUAL ACRÉSCIMO DE DUAS HORAS, MÍNIMO DIÁRIAS
  32. 32. TURMA SOBRETARDE TURMA SOBRETARDE ROTINA 10H30 ACOLHIDA 10H45 MOMENTOS DE CONVIVÊNCIA (DESCANSO E ATIVIDADES LÚDICAS LIVRES) – PROF. REFERÊNCIA 12H 1º REFEIÇÃO – ALMOÇO 12H30 MOMENTO DE HIGIENIZAÇÃO (MÃOS E DENTES) 12H45 TRAB.PEDAGÓGICO-PROF.REGENTE 15H 2º REFEIÇÃO – LANCHE 15H30 TRAB.PEDAGÓGICO-PROF.REGENTE 16H30 17H PARQUE/RECREIO/OUTROS COM PROFESSOR REFERÊNCIA 3º REFEIÇÃO – JANTAR OU LANCHE
  33. 33. TURMA SOBRETARDE • DAS 10H30 ÀS 12H30: • DUAS ÚLTIMAS HORAS: PLANEJADAS, ORGANIZADAS E DINAMIZADAS PELO DOCENTE REFERÊNCIA – PARCERIA COM COORDENADORES PEDAGÓGICOS E DEMAIS PROFISSIONAIS • DAS 12H30 ÀS 17:30: • CINCO HORAS FINAIS SÃO DE RESPONSABILIDADE DO DOCENTE DA TURMA/ PROFESSOR REGENTE

×