SlideShare uma empresa Scribd logo
Segurança no uso de
Esmerilhadeiras e Lixadeiras
INFORMAÇÕES
CORPORATIVAS
OBJETIVO
Instruir a força de trabalho quanto ao
manuseio adequado de esmerilhadeiras
e lixadeiras, evitando assim acidentes,
incidentes e desvios.
NIVELANDO CONHECIMENTO
Qual é a diferença entre:
Lixadeira Esmerilhadeira
GWS 21 U GWS 15 -125 CIH
Rotações mais baixas Rotações mais elevadas
Acabamento Corte e Desbaste
GWS 11-125 CI GWS 14-125 CIE GWS 15-
125 CIH
Potência ( W ) : 1100 1400 1500
Rotação (rpm): 11.000 2.800 à 11.000 11.000
Discos (pol) : 5” 5” 5”
Peso ( kg ): 2 2,2 2,3
Pino Trava : Sim Sim Sim
Eixo Fuso: M 14 M 14 M 14
Empunhadeira
de baixa vibração: SIM SIM SIM
LINHA DE ESMERILHADEIRAS
GWS 22 -180 / 230 LVI GWS 24 -180 / 230 LVI GWS 26 -180 / 230
Potência ( W ) : 2.200 2.400 2.600
Rotação (rpm): 8.500 / 6.500 8.500 / 6.500 8.500 / 6.500
Discos (pol) : 7” / 9 “ 7” / 9” 7” / 9”
Peso ( kg ): 5,3 / 5,4 4,8 5,1
Pino Trava : Sim Sim Sim
Tipo de punho: Reto Reto Pá
Empunhadeira
de baixa vibração SIM / SIMSIM SIM / NÃO SIM / NÃO
dianteira e traseira :
LINHA DE ESMERILHADEIRAS
- Não deve estar apagada;
- Não pode ser retirada e deve estar em bom
estado de conservação;
- Deve estar legível.
PLACA DE IDENTIFICAÇÃO INDELÉVEL DAS
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS ROTATIVOS
LINHA DE ESMERILHADEIRAS
Controle de Vibração: - 50 % de vibração
Borracha retentora de vibração
reduz a vibração ≅ 50% !
Norma EN 50144-1
PROTETOR DO DISCO
A máquina deve possuir em sua carcaça informação sobre a voltagem e a
rotação. Estas informações têm que estar preservadas e em local visível, isto
evita que ela seja ligada em voltagem inadequada e que se use um disco com
capacidade de rotação menor que a rotação alcançada pela esmerilhadeira.
ACESSÓRIOS INDISPENSÁVEIS
PUNHO LATERAL
1 - NORMAS DE SEGURANÇA
DISCO ABRASIVO
4
3
5
2
8
9
6
1
10
7 2 - CÓDIGO DO PRODUTO
3 - GRANULAÇÃO DO DISCO
4 - MEDIDAS
5 - ROTAÇÃO MÁXIMA PERMITIDA
6 - ETIQUETA DO DISCO
7 - LIMITE DE USO
8 - MATERIAL A SER USADO
9 - SEGURANÇA
10 - VALIDADE DO ABRASIVO
V0912
V0912
DISCO ABRASIVO
São ferramentas constituídas de grãos
(abrasivos) mantidos unidos por uma liga de
resina, telas de reforço de fibra de vidro e
poros.
São estes grãos que realizam a operação de
corte e desbaste, funcionando como dente
de serra. Desgastam ao longo do processo
de trabalho, perdendo a capacidade de
corte.
- Responsável pela resistência mecânica do produto;
- Auxiliam a suportar as pressões de trabalho, evitando a sua quebra;
- Diferentes especificações e quantidade de telas em sua composição;
- Não interferem na aplicação.
- As mais comuns são:
Corte: 1 tela interna ou 2 telas externas
Desbaste: 4 telas (2 int. 2 ext.) / 3 telas (1 int. 2 ext.) / 2 telas externas
TELA DE FIBRA DE VIDRO
QUEBRA DE DISCO
O uso incorreto do disco também
eleva o risco de quebra dos discos e
consequentemente dos acidentes
com trabalhadores.
A foto ao lado mostra um disco que
foi usado lateralmente, provocando
o rompimento da tela de reforço.
Quando um disco abrasivo quebra, cada um dos
pedaços sai numa direção diferente com a
velocidade de 288 km/h, cortando ou perfurando
o que estiver pela frente.
Uma das principais causas de quebra dos discos
abrasivos é velocidade da máquina superior a
assinalada no rótulo do disco.
Outro problema é devido ao aperto excessivo do
disco no flange de aperto, que também podem
levar a sua quebra.
QUEBRA DE DISCO
DISCO FLAP
Disco flap é um disco de lixa com uma base de plástico nylon e
também de papel, que serve para desbastar e dar acabamento em
peças em geral.
Existem no tamanhos de 41/2” e 7”.
Sua utilização vai desde remoção de ferrugens até soldas.
Deve ser utilizado sempre
respeitando um ângulo de
operação entre 15º e 30º
graus, para melhor performance
do produto e por segurança da
atividade.
ESCOVAS ROTATIVAS
São as maiores responsáveis por manutenções precoces em
esmerilhadeiras de 4” ½ e também nas esmerilhadeiras de 7”.
75 mm75 mm
ESCOVAS ROTATIVAS
Danificam a capa protetora de segurança dos discos, podendo
causar acidentes nos trabalhadores.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA
PARA ESMERILHADORES
Faça uso dos rótulos que acompanham cada disco;
Leia com atenção antes da atividade;
Faça uma inspeção visual no disco antes de montá-lo na
máquina.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Os discos devem ser armazenados em locais ventilados, sem umidade e fora do
alcance excessivo de calor.
Descartar os discos usados que não se tenham conhecimento da procedência do
mesmo, principalmente se os cuidados de transporte e armazenagem do mesmo
não tiverem sido verificados.
ARMAZENAMENTO DE ABRASIVOS
Procure ordenar os discos no armazenamento de forma que os mais antigos
possam ser utilizados primeiro.
Não armazene os discos em locais onde estejam sujeitos a contato direto com
outras peças ou ferramentas.
Devem estar armazenados sempre na horizontal.
ARMAZENAMENTO DE ABRASIVOS
Nunca utilize disco de corte para desbastar ou vice e versa.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Somente utilize disco de corte, em ângulo de 90º.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Utilize o disco voltado para o lado de fora de seu corpo.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Trabalhe sempre com a peça presa.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Para disco de desbaste, use em ângulo de 30º a 45º em
relação a peça e não exerça pressão excessiva.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Para apertar ou desapertar o disco utilize chave
adequada e sempre com o equipamento desligado.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
ANEL O-RING
FLANGE DE APOIO, SEM O ANEL O-RING,
SIGNIFICA ATO INSEGURO. O ANEL O-RING
É FEITO DE BORRACHA E TEM O SEU DES-
GASTE NATURAL, DEVENDO SER SUBSTI-
TUÍDO IMEDIATAMENTE APÓS O SEU
ROMPIMENTO.
FLANGE DE APERTO COM SINAIS DE
DESGASTE, PROPORCIONADO POR
PUNÇÕES. FLANGES NESTA CONDIÇÃO
DEVEM SER SUBSTITUÍDO IMEDIATAMENTE.
FLANGES DE FIXAÇÃO
Utilize os EPI’s corretamente.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Utilize os EPI corretamente.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Somente utilize EPI adequado.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Utilize ferramentas adequadas para a atividade.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
Trabalhe de modo seguro.
REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA
ESMERILHADORES
ALGUMAS DICAS
DE SEGURANÇA
- Manuseie e armazene os discos cuidadosamente;
- Não usar flanges cujas superfícies não estejam limpas e
planas;
- Antes de ligar a máquina na tomada, verifique se a chave está
na posição desligada;
- Verifique o ajuste do disco no eixo da máquina, o disco não
pode ser forçado;
- Não desbaste ou corte material para o qual o disco não seja
indicado;
DICAS DE SEGURANÇA
- Nunca transportar a máquina quando estiver ligada na
tomada;
- Não trabalhar a peça observando a face do disco;
- Nunca freie a máquina (parar o eixo pelo disco);
- Qualquer ruído anormal da máquina é motivo de paralisação
para manutenção;
- Não tente reparar o equipamento se não for habilitado para
isso;
DICAS DE SEGURANÇA
- Não use cabelos compridos (soltos), pulseiras, cordões, camisas com mangas
compridas largas ao operar as esmerilhadeiras;
- Somente profissional qualificado poderá realizar atividades com
esmerilhadeiras;
- Não carregue a lixadeira/esmerilhadeira pelo seu próprio cabo de força, fazendo
o mesmo de alça, isso pode danificar o mesmo e causar um curto na máquina;
- Quando terminar a atividade e esta for em alguma parte elevada, não repasse a
lixadeira/esmerilhadeira para outro trabalhador pelo seu cabo de força, desça e
entregue a mesma em mãos. Isso aumenta a vida útil do cabo.
DICAS DE SEGURANÇA
- Não utilize a esmerilhadeira para afiação de ferramentas (punção, picadeira);
- Ao terminar a atividade, desligue a máquina da tomada.
- Nunca use o disco além do seu limite, que é o tamanho do flange de
aperto da máquina;
- Por segurança de operação, utilize o disco até no máximo 5,5 cm
4,5 cm de diâmetro4,5 cm de diâmetro
Flange de ApertoFlange de Aperto
DICAS DE SEGURANÇA
DESCARTE DE RESÍDUOS
Descarte o disco inutilizado no local correto!
Boa prática: Para receber um disco novo, devolva o usado.
O Meio Ambiente agradece!
Consultor Técnico: GILSON BAGATIN
Cel: (41 ) 8884-2440
ID NEXTEL: 96*94903
E-mail : gilson.bagatin@br.bosch.com
FOTO DE ACIDENTE COM ESMERILHADEIRA
ACIDENTE COM ESMERILHADEIRA
Conseqüências:Conseqüências:
•perna direita amputadaperna direita amputada
Perna esquerda seriamente atingidaPerna esquerda seriamente atingida
Perda de aprox 50% do sanguePerda de aprox 50% do sangue
Chegou a ter 90% de chance de óbitoChegou a ter 90% de chance de óbito
ACIDENTE COM ESMERILHADEIRA
ACIDENTE COM ESMERILHADEIRA
ACIDENTE COM ESMERILHADEIRA
ACIDENTE COM ATERRAMENTO
ACIDENTE COM ATERRAMENTO
Lí deres em
Segurança no
Trabal ho
2010
14º LUGAR - SOLDADOR
13º LUGAR - PEDREIRO
12º LUGAR – MESTRE DE OBRAS
11º LUGAR - LIXADOR
10º LUGAR – O CARREGADOR
9º LUGAR – DESPACHANTE DE
BAGAGENS NO AEROPORTO
8º LUGAR – INSTALADOR DE AR
CONDICIONADO
7º LUGAR – MECÂNICO DE
AUTOMÓVEIS
6º LUGAR – OPERADOR DE
EMPILHADEIRA
5º LUGAR – MONTADOR DE CABOS
4º LUGAR – PINTOR
3º LUGAR – ELETRECISTA
2º LUGAR –
1º LUGAR – SUPORTE DE ALVO
CONSULTOR TÉCNICO : GILSON BAGATINCONSULTOR TÉCNICO : GILSON BAGATIN
TEL - CEL: (41) 9977-2940TEL - CEL: (41) 9977-2940
E-MAIL: gilson.bagatin@br.bosch.comE-MAIL: gilson.bagatin@br.bosch.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
breno90
 
Check List Escadas
Check List EscadasCheck List Escadas
Check List Escadas
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Integração de Segurança
Integração de SegurançaIntegração de Segurança
Integração de Segurança
Sergio Roberto Silva
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Adams David
 
NR 18 - carpintaria - serra circula.pdf
NR 18 - carpintaria - serra circula.pdfNR 18 - carpintaria - serra circula.pdf
NR 18 - carpintaria - serra circula.pdf
LeandroSantos439837
 
Instruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteirasInstruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteiras
William Nascimento
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
RogrioTorresTorres
 
Segurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeiraSegurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeira
Sergio Roberto Silva
 
232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte
ssuser3dd51f
 
DDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de SegurançaDDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de Segurança
Tuany Caldas
 
Power+point+nr+11
Power+point+nr+11Power+point+nr+11
Power+point+nr+11
Gil Mendes
 
Ts 1148-007-treinamento para operadores de retro escavadeira
Ts 1148-007-treinamento para operadores de retro escavadeiraTs 1148-007-treinamento para operadores de retro escavadeira
Ts 1148-007-treinamento para operadores de retro escavadeira
Biela_123456
 
Ponte rolante-power-point
Ponte rolante-power-pointPonte rolante-power-point
Ponte rolante-power-point
Alex Gonzalez
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Marciel Bernardes
 
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
GAC CURSOS ONLINE
 
Treinamento NR-12
Treinamento NR-12Treinamento NR-12
Treinamento NR-12
Kaiton Andrade
 
TREINAMENTO DE EPI NR 06
TREINAMENTO DE EPI NR 06TREINAMENTO DE EPI NR 06
TREINAMENTO DE EPI NR 06
Fabio Sousa
 
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVOIntegração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
Sergio Silva
 
Escadas dicas protegildo
Escadas dicas protegildoEscadas dicas protegildo
Escadas dicas protegildo
Robson Peixoto
 

Mais procurados (20)

Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
 
Check List Escadas
Check List EscadasCheck List Escadas
Check List Escadas
 
Integração de Segurança
Integração de SegurançaIntegração de Segurança
Integração de Segurança
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
 
NR 18 - carpintaria - serra circula.pdf
NR 18 - carpintaria - serra circula.pdfNR 18 - carpintaria - serra circula.pdf
NR 18 - carpintaria - serra circula.pdf
 
Instruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteirasInstruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteiras
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr 12
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Segurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeiraSegurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeira
 
232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte
 
DDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de SegurançaDDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de Segurança
 
Power+point+nr+11
Power+point+nr+11Power+point+nr+11
Power+point+nr+11
 
Ts 1148-007-treinamento para operadores de retro escavadeira
Ts 1148-007-treinamento para operadores de retro escavadeiraTs 1148-007-treinamento para operadores de retro escavadeira
Ts 1148-007-treinamento para operadores de retro escavadeira
 
Ponte rolante-power-point
Ponte rolante-power-pointPonte rolante-power-point
Ponte rolante-power-point
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
 
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
Segurança e Saúde no Transporte, Movimentação e Armazenagem de Materiais - NR 11
 
Treinamento NR-12
Treinamento NR-12Treinamento NR-12
Treinamento NR-12
 
TREINAMENTO DE EPI NR 06
TREINAMENTO DE EPI NR 06TREINAMENTO DE EPI NR 06
TREINAMENTO DE EPI NR 06
 
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVOIntegração de Segurança do Trabalho NOVO
Integração de Segurança do Trabalho NOVO
 
Escadas dicas protegildo
Escadas dicas protegildoEscadas dicas protegildo
Escadas dicas protegildo
 

Semelhante a Treinamento trabalho a quente petrobras

TREINAMENTO_ESMERILHADEIRA E LIXADEIRA.pptx
TREINAMENTO_ESMERILHADEIRA E LIXADEIRA.pptxTREINAMENTO_ESMERILHADEIRA E LIXADEIRA.pptx
TREINAMENTO_ESMERILHADEIRA E LIXADEIRA.pptx
EversonLima23
 
sxdsaasTreinamento lixadeira
sxdsaasTreinamento lixadeirasxdsaasTreinamento lixadeira
sxdsaasTreinamento lixadeira
JORGE BADAUE BADAUE
 
TREINAMENTO_LIXADEIRA_POLICORTE_APT.pptx
TREINAMENTO_LIXADEIRA_POLICORTE_APT.pptxTREINAMENTO_LIXADEIRA_POLICORTE_APT.pptx
TREINAMENTO_LIXADEIRA_POLICORTE_APT.pptx
EversonLima23
 
Treinamento Esmerilhadeira
Treinamento Esmerilhadeira Treinamento Esmerilhadeira
Treinamento Esmerilhadeira
Ane Costa
 
0.1 - Treinamento NR-12 Serra Circular Rev.00.pptx
0.1 - Treinamento NR-12 Serra Circular Rev.00.pptx0.1 - Treinamento NR-12 Serra Circular Rev.00.pptx
0.1 - Treinamento NR-12 Serra Circular Rev.00.pptx
CARLOSFIGUEIREDO102
 
Treinamento de operador de serra circular
Treinamento de operador de serra circularTreinamento de operador de serra circular
Treinamento de operador de serra circular
Léo César Oliveira
 
586460438-Nr-12-Treinamento-Esmerilhadeira-3.ppt
586460438-Nr-12-Treinamento-Esmerilhadeira-3.ppt586460438-Nr-12-Treinamento-Esmerilhadeira-3.ppt
586460438-Nr-12-Treinamento-Esmerilhadeira-3.ppt
zimmerambiental
 
Treinamento lixadeira-1.pptx
Treinamento  lixadeira-1.pptxTreinamento  lixadeira-1.pptx
Treinamento lixadeira-1.pptx
DerekBarbosa3
 
lixadeira ------------------------------
lixadeira ------------------------------lixadeira ------------------------------
lixadeira ------------------------------
Luis Gomes
 
treinamento lixadeira
treinamento lixadeira treinamento lixadeira
treinamento lixadeira
Ane Costa
 
Serviços com emerilhadeira
Serviços com emerilhadeiraServiços com emerilhadeira
Serviços com emerilhadeira
marciliocruz
 
Segurança lixadeira
Segurança lixadeiraSegurança lixadeira
Segurança lixadeira
Taube Ale
 
Catalogo rocadeira sr_260_lc
Catalogo rocadeira sr_260_lcCatalogo rocadeira sr_260_lc
Catalogo rocadeira sr_260_lc
Catalogo Fácil Agro Mecânica Tatuí
 
Servi os esmerilhadeira
Servi os esmerilhadeiraServi os esmerilhadeira
Servi os esmerilhadeira
Paulo H Bueno
 
Uso de esmerilhadeira
Uso de esmerilhadeiraUso de esmerilhadeira
Uso de esmerilhadeira
Rogério Paié
 
Ferramentas adilis 100
Ferramentas   adilis 100Ferramentas   adilis 100
Ferramentas adilis 100
Luciana Rodrigues
 
54069220 lixadeiras-e-esmerilhadeiras (1)
54069220 lixadeiras-e-esmerilhadeiras (1)54069220 lixadeiras-e-esmerilhadeiras (1)
54069220 lixadeiras-e-esmerilhadeiras (1)
Rodrigo Valente Machado
 
lixadeira manuseio seguro Norma regulamentadora 34
lixadeira manuseio seguro   Norma regulamentadora 34lixadeira manuseio seguro   Norma regulamentadora 34
lixadeira manuseio seguro Norma regulamentadora 34
Fábio Ranuci
 
06 destornilladores chaves-de_fenda
06 destornilladores chaves-de_fenda06 destornilladores chaves-de_fenda
06 destornilladores chaves-de_fenda
Carlos Coronel Sotillo
 
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
cristiano docarmo
 

Semelhante a Treinamento trabalho a quente petrobras (20)

TREINAMENTO_ESMERILHADEIRA E LIXADEIRA.pptx
TREINAMENTO_ESMERILHADEIRA E LIXADEIRA.pptxTREINAMENTO_ESMERILHADEIRA E LIXADEIRA.pptx
TREINAMENTO_ESMERILHADEIRA E LIXADEIRA.pptx
 
sxdsaasTreinamento lixadeira
sxdsaasTreinamento lixadeirasxdsaasTreinamento lixadeira
sxdsaasTreinamento lixadeira
 
TREINAMENTO_LIXADEIRA_POLICORTE_APT.pptx
TREINAMENTO_LIXADEIRA_POLICORTE_APT.pptxTREINAMENTO_LIXADEIRA_POLICORTE_APT.pptx
TREINAMENTO_LIXADEIRA_POLICORTE_APT.pptx
 
Treinamento Esmerilhadeira
Treinamento Esmerilhadeira Treinamento Esmerilhadeira
Treinamento Esmerilhadeira
 
0.1 - Treinamento NR-12 Serra Circular Rev.00.pptx
0.1 - Treinamento NR-12 Serra Circular Rev.00.pptx0.1 - Treinamento NR-12 Serra Circular Rev.00.pptx
0.1 - Treinamento NR-12 Serra Circular Rev.00.pptx
 
Treinamento de operador de serra circular
Treinamento de operador de serra circularTreinamento de operador de serra circular
Treinamento de operador de serra circular
 
586460438-Nr-12-Treinamento-Esmerilhadeira-3.ppt
586460438-Nr-12-Treinamento-Esmerilhadeira-3.ppt586460438-Nr-12-Treinamento-Esmerilhadeira-3.ppt
586460438-Nr-12-Treinamento-Esmerilhadeira-3.ppt
 
Treinamento lixadeira-1.pptx
Treinamento  lixadeira-1.pptxTreinamento  lixadeira-1.pptx
Treinamento lixadeira-1.pptx
 
lixadeira ------------------------------
lixadeira ------------------------------lixadeira ------------------------------
lixadeira ------------------------------
 
treinamento lixadeira
treinamento lixadeira treinamento lixadeira
treinamento lixadeira
 
Serviços com emerilhadeira
Serviços com emerilhadeiraServiços com emerilhadeira
Serviços com emerilhadeira
 
Segurança lixadeira
Segurança lixadeiraSegurança lixadeira
Segurança lixadeira
 
Catalogo rocadeira sr_260_lc
Catalogo rocadeira sr_260_lcCatalogo rocadeira sr_260_lc
Catalogo rocadeira sr_260_lc
 
Servi os esmerilhadeira
Servi os esmerilhadeiraServi os esmerilhadeira
Servi os esmerilhadeira
 
Uso de esmerilhadeira
Uso de esmerilhadeiraUso de esmerilhadeira
Uso de esmerilhadeira
 
Ferramentas adilis 100
Ferramentas   adilis 100Ferramentas   adilis 100
Ferramentas adilis 100
 
54069220 lixadeiras-e-esmerilhadeiras (1)
54069220 lixadeiras-e-esmerilhadeiras (1)54069220 lixadeiras-e-esmerilhadeiras (1)
54069220 lixadeiras-e-esmerilhadeiras (1)
 
lixadeira manuseio seguro Norma regulamentadora 34
lixadeira manuseio seguro   Norma regulamentadora 34lixadeira manuseio seguro   Norma regulamentadora 34
lixadeira manuseio seguro Norma regulamentadora 34
 
06 destornilladores chaves-de_fenda
06 destornilladores chaves-de_fenda06 destornilladores chaves-de_fenda
06 destornilladores chaves-de_fenda
 
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
 

Último

AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
Consultoria Acadêmica
 
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptxMAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
Vilson Stollmeier
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
RodrigoQuintilianode1
 
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
Consultoria Acadêmica
 
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptxWorkshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
marcosmpereira
 
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de PosicionamentoIntrodução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
GeraldoGouveia2
 

Último (8)

AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
 
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptxMAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
 
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
 
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptxWorkshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
 
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
 
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de PosicionamentoIntrodução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
 

Treinamento trabalho a quente petrobras

  • 1. Segurança no uso de Esmerilhadeiras e Lixadeiras INFORMAÇÕES CORPORATIVAS
  • 3. Instruir a força de trabalho quanto ao manuseio adequado de esmerilhadeiras e lixadeiras, evitando assim acidentes, incidentes e desvios.
  • 4. NIVELANDO CONHECIMENTO Qual é a diferença entre: Lixadeira Esmerilhadeira GWS 21 U GWS 15 -125 CIH Rotações mais baixas Rotações mais elevadas Acabamento Corte e Desbaste
  • 5. GWS 11-125 CI GWS 14-125 CIE GWS 15- 125 CIH Potência ( W ) : 1100 1400 1500 Rotação (rpm): 11.000 2.800 à 11.000 11.000 Discos (pol) : 5” 5” 5” Peso ( kg ): 2 2,2 2,3 Pino Trava : Sim Sim Sim Eixo Fuso: M 14 M 14 M 14 Empunhadeira de baixa vibração: SIM SIM SIM LINHA DE ESMERILHADEIRAS
  • 6. GWS 22 -180 / 230 LVI GWS 24 -180 / 230 LVI GWS 26 -180 / 230 Potência ( W ) : 2.200 2.400 2.600 Rotação (rpm): 8.500 / 6.500 8.500 / 6.500 8.500 / 6.500 Discos (pol) : 7” / 9 “ 7” / 9” 7” / 9” Peso ( kg ): 5,3 / 5,4 4,8 5,1 Pino Trava : Sim Sim Sim Tipo de punho: Reto Reto Pá Empunhadeira de baixa vibração SIM / SIMSIM SIM / NÃO SIM / NÃO dianteira e traseira : LINHA DE ESMERILHADEIRAS
  • 7. - Não deve estar apagada; - Não pode ser retirada e deve estar em bom estado de conservação; - Deve estar legível. PLACA DE IDENTIFICAÇÃO INDELÉVEL DAS MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS ROTATIVOS
  • 8. LINHA DE ESMERILHADEIRAS Controle de Vibração: - 50 % de vibração Borracha retentora de vibração reduz a vibração ≅ 50% ! Norma EN 50144-1
  • 9. PROTETOR DO DISCO A máquina deve possuir em sua carcaça informação sobre a voltagem e a rotação. Estas informações têm que estar preservadas e em local visível, isto evita que ela seja ligada em voltagem inadequada e que se use um disco com capacidade de rotação menor que a rotação alcançada pela esmerilhadeira. ACESSÓRIOS INDISPENSÁVEIS PUNHO LATERAL
  • 10. 1 - NORMAS DE SEGURANÇA DISCO ABRASIVO 4 3 5 2 8 9 6 1 10 7 2 - CÓDIGO DO PRODUTO 3 - GRANULAÇÃO DO DISCO 4 - MEDIDAS 5 - ROTAÇÃO MÁXIMA PERMITIDA 6 - ETIQUETA DO DISCO 7 - LIMITE DE USO 8 - MATERIAL A SER USADO 9 - SEGURANÇA 10 - VALIDADE DO ABRASIVO V0912 V0912
  • 11. DISCO ABRASIVO São ferramentas constituídas de grãos (abrasivos) mantidos unidos por uma liga de resina, telas de reforço de fibra de vidro e poros. São estes grãos que realizam a operação de corte e desbaste, funcionando como dente de serra. Desgastam ao longo do processo de trabalho, perdendo a capacidade de corte.
  • 12. - Responsável pela resistência mecânica do produto; - Auxiliam a suportar as pressões de trabalho, evitando a sua quebra; - Diferentes especificações e quantidade de telas em sua composição; - Não interferem na aplicação. - As mais comuns são: Corte: 1 tela interna ou 2 telas externas Desbaste: 4 telas (2 int. 2 ext.) / 3 telas (1 int. 2 ext.) / 2 telas externas TELA DE FIBRA DE VIDRO
  • 13. QUEBRA DE DISCO O uso incorreto do disco também eleva o risco de quebra dos discos e consequentemente dos acidentes com trabalhadores. A foto ao lado mostra um disco que foi usado lateralmente, provocando o rompimento da tela de reforço.
  • 14. Quando um disco abrasivo quebra, cada um dos pedaços sai numa direção diferente com a velocidade de 288 km/h, cortando ou perfurando o que estiver pela frente. Uma das principais causas de quebra dos discos abrasivos é velocidade da máquina superior a assinalada no rótulo do disco. Outro problema é devido ao aperto excessivo do disco no flange de aperto, que também podem levar a sua quebra. QUEBRA DE DISCO
  • 15. DISCO FLAP Disco flap é um disco de lixa com uma base de plástico nylon e também de papel, que serve para desbastar e dar acabamento em peças em geral. Existem no tamanhos de 41/2” e 7”. Sua utilização vai desde remoção de ferrugens até soldas. Deve ser utilizado sempre respeitando um ângulo de operação entre 15º e 30º graus, para melhor performance do produto e por segurança da atividade.
  • 16. ESCOVAS ROTATIVAS São as maiores responsáveis por manutenções precoces em esmerilhadeiras de 4” ½ e também nas esmerilhadeiras de 7”. 75 mm75 mm
  • 17. ESCOVAS ROTATIVAS Danificam a capa protetora de segurança dos discos, podendo causar acidentes nos trabalhadores.
  • 18. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 19. Faça uso dos rótulos que acompanham cada disco; Leia com atenção antes da atividade; Faça uma inspeção visual no disco antes de montá-lo na máquina. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 20. Os discos devem ser armazenados em locais ventilados, sem umidade e fora do alcance excessivo de calor. Descartar os discos usados que não se tenham conhecimento da procedência do mesmo, principalmente se os cuidados de transporte e armazenagem do mesmo não tiverem sido verificados. ARMAZENAMENTO DE ABRASIVOS
  • 21. Procure ordenar os discos no armazenamento de forma que os mais antigos possam ser utilizados primeiro. Não armazene os discos em locais onde estejam sujeitos a contato direto com outras peças ou ferramentas. Devem estar armazenados sempre na horizontal. ARMAZENAMENTO DE ABRASIVOS
  • 22. Nunca utilize disco de corte para desbastar ou vice e versa. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 23. Somente utilize disco de corte, em ângulo de 90º. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 24. Utilize o disco voltado para o lado de fora de seu corpo. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 25. Trabalhe sempre com a peça presa. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 26. Para disco de desbaste, use em ângulo de 30º a 45º em relação a peça e não exerça pressão excessiva. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 27. Para apertar ou desapertar o disco utilize chave adequada e sempre com o equipamento desligado. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 28. ANEL O-RING FLANGE DE APOIO, SEM O ANEL O-RING, SIGNIFICA ATO INSEGURO. O ANEL O-RING É FEITO DE BORRACHA E TEM O SEU DES- GASTE NATURAL, DEVENDO SER SUBSTI- TUÍDO IMEDIATAMENTE APÓS O SEU ROMPIMENTO. FLANGE DE APERTO COM SINAIS DE DESGASTE, PROPORCIONADO POR PUNÇÕES. FLANGES NESTA CONDIÇÃO DEVEM SER SUBSTITUÍDO IMEDIATAMENTE. FLANGES DE FIXAÇÃO
  • 29. Utilize os EPI’s corretamente. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 30. Utilize os EPI corretamente. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 31. Somente utilize EPI adequado. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 32. Utilize ferramentas adequadas para a atividade. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 33. Trabalhe de modo seguro. REGRAS BÁSICAS DE SEGURANÇA PARA ESMERILHADORES
  • 35. - Manuseie e armazene os discos cuidadosamente; - Não usar flanges cujas superfícies não estejam limpas e planas; - Antes de ligar a máquina na tomada, verifique se a chave está na posição desligada; - Verifique o ajuste do disco no eixo da máquina, o disco não pode ser forçado; - Não desbaste ou corte material para o qual o disco não seja indicado; DICAS DE SEGURANÇA
  • 36. - Nunca transportar a máquina quando estiver ligada na tomada; - Não trabalhar a peça observando a face do disco; - Nunca freie a máquina (parar o eixo pelo disco); - Qualquer ruído anormal da máquina é motivo de paralisação para manutenção; - Não tente reparar o equipamento se não for habilitado para isso; DICAS DE SEGURANÇA
  • 37. - Não use cabelos compridos (soltos), pulseiras, cordões, camisas com mangas compridas largas ao operar as esmerilhadeiras; - Somente profissional qualificado poderá realizar atividades com esmerilhadeiras; - Não carregue a lixadeira/esmerilhadeira pelo seu próprio cabo de força, fazendo o mesmo de alça, isso pode danificar o mesmo e causar um curto na máquina; - Quando terminar a atividade e esta for em alguma parte elevada, não repasse a lixadeira/esmerilhadeira para outro trabalhador pelo seu cabo de força, desça e entregue a mesma em mãos. Isso aumenta a vida útil do cabo. DICAS DE SEGURANÇA
  • 38. - Não utilize a esmerilhadeira para afiação de ferramentas (punção, picadeira); - Ao terminar a atividade, desligue a máquina da tomada. - Nunca use o disco além do seu limite, que é o tamanho do flange de aperto da máquina; - Por segurança de operação, utilize o disco até no máximo 5,5 cm 4,5 cm de diâmetro4,5 cm de diâmetro Flange de ApertoFlange de Aperto DICAS DE SEGURANÇA
  • 39. DESCARTE DE RESÍDUOS Descarte o disco inutilizado no local correto! Boa prática: Para receber um disco novo, devolva o usado. O Meio Ambiente agradece!
  • 40. Consultor Técnico: GILSON BAGATIN Cel: (41 ) 8884-2440 ID NEXTEL: 96*94903 E-mail : gilson.bagatin@br.bosch.com
  • 41. FOTO DE ACIDENTE COM ESMERILHADEIRA
  • 42. ACIDENTE COM ESMERILHADEIRA Conseqüências:Conseqüências: •perna direita amputadaperna direita amputada Perna esquerda seriamente atingidaPerna esquerda seriamente atingida Perda de aprox 50% do sanguePerda de aprox 50% do sangue Chegou a ter 90% de chance de óbitoChegou a ter 90% de chance de óbito
  • 47. ACIDENTE COM ATERRAMENTO Lí deres em Segurança no Trabal ho 2010
  • 48. 14º LUGAR - SOLDADOR
  • 49. 13º LUGAR - PEDREIRO
  • 50. 12º LUGAR – MESTRE DE OBRAS
  • 51. 11º LUGAR - LIXADOR
  • 52. 10º LUGAR – O CARREGADOR
  • 53. 9º LUGAR – DESPACHANTE DE BAGAGENS NO AEROPORTO
  • 54. 8º LUGAR – INSTALADOR DE AR CONDICIONADO
  • 55. 7º LUGAR – MECÂNICO DE AUTOMÓVEIS
  • 56. 6º LUGAR – OPERADOR DE EMPILHADEIRA
  • 57. 5º LUGAR – MONTADOR DE CABOS
  • 58. 4º LUGAR – PINTOR
  • 59. 3º LUGAR – ELETRECISTA
  • 61. 1º LUGAR – SUPORTE DE ALVO
  • 62. CONSULTOR TÉCNICO : GILSON BAGATINCONSULTOR TÉCNICO : GILSON BAGATIN TEL - CEL: (41) 9977-2940TEL - CEL: (41) 9977-2940 E-MAIL: gilson.bagatin@br.bosch.comE-MAIL: gilson.bagatin@br.bosch.com