SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Reciclagem Reciclagem é um conjunto de técnicas que tem por finalidade aproveitar os detritos e reutilizá-los no ciclo de produção de que saíram. É o resultado de uma série de actividades, pelo qual materiais que se tornariam lixo, ou que estão no lixo, são desviados, colectados, separados e processados para serem usados como matéria-prima na manufactura de novos produtos.
Os 3 R,s Assim, estas três palavras «Reduzir, Reciclar, Reutilizar» estão já a ser incutidas às crianças para que cresçam conscientes do papel que têm na preservação do ambiente. Reduzir a poluição, reciclar o lixo e reutilizar o maior número possível de objectos deve ser o lema de todos. 
Vantagens da reciclagem ,[object Object]
Poupanças energéticas;
Conservação dos recursos naturais;
Desviam-se os resíduos dos aterros ou outras instalações de tratamento mais poluidoras;
Participação activa dos consumidores, o que implica uma maior consciência ambiental;
Redução da poluição atmosférica e da poluição dos recursos hídricos;
Criação de novos negócios e mercados para os produtos reciclados.   ,[object Object]
Por vezes, maior custo de materiais reciclados (em relação aos produzidos com matérias-primas virgens);
Instabilidade dos mercados para materiais reciclados, os quais podem ser rapidamente distorcidos por
 Alterações na oferta e procura (nacional ou internacional). ,[object Object]
Verde -  vidro
Amarelo-  plástico
Preto – madeira
Laranja – resíduos perigosos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Poluição dos solos
Poluição dos solosPoluição dos solos
Poluição dos solos
limaw
 
Consumo Sustentável
Consumo SustentávelConsumo Sustentável
Consumo Sustentável
Marco Santos
 
Trabalhooo.Power Point
Trabalhooo.Power PointTrabalhooo.Power Point
Trabalhooo.Power Point
João Torres
 
Apresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio AmbienteApresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio Ambiente
Marilucia Santos
 
Poluição da Água
Poluição da ÁguaPoluição da Água
Poluição da Água
Petedanis
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
Mariana Cordeiro
 

Mais procurados (20)

Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Poluição dos solos
Poluição dos solosPoluição dos solos
Poluição dos solos
 
Consumo Sustentável
Consumo SustentávelConsumo Sustentável
Consumo Sustentável
 
Trabalhooo.Power Point
Trabalhooo.Power PointTrabalhooo.Power Point
Trabalhooo.Power Point
 
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptxaula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
aula sobre os 5 Rs da sustentabilidade.pptx
 
Os 3 Rs da Sustentabilidade Ambiental
Os 3 Rs da Sustentabilidade AmbientalOs 3 Rs da Sustentabilidade Ambiental
Os 3 Rs da Sustentabilidade Ambiental
 
Energia Renovável
Energia RenovávelEnergia Renovável
Energia Renovável
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
Apresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio AmbienteApresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio Ambiente
 
Poluição da Água
Poluição da ÁguaPoluição da Água
Poluição da Água
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Cartilha coleta seletiva
Cartilha coleta seletivaCartilha coleta seletiva
Cartilha coleta seletiva
 
Meio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpointMeio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpoint
 
Reciclagem
Reciclagem Reciclagem
Reciclagem
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Os Diferentes Tipos de Poluição
Os Diferentes Tipos de PoluiçãoOs Diferentes Tipos de Poluição
Os Diferentes Tipos de Poluição
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 

Semelhante a Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem

Os residuos e o seu tratamento
Os residuos e o seu tratamentoOs residuos e o seu tratamento
Os residuos e o seu tratamento
joanadesousaesilva
 
Separação selectiva de resíduos
Separação selectiva de resíduosSeparação selectiva de resíduos
Separação selectiva de resíduos
susana Fonseca
 
Tratamento de resíduos 9ºa
Tratamento de resíduos 9ºaTratamento de resíduos 9ºa
Tratamento de resíduos 9ºa
Raúl Freitas
 
Anabela, Dima, Joao B
Anabela, Dima, Joao BAnabela, Dima, Joao B
Anabela, Dima, Joao B
inesita45
 
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Kelvin Oliveira
 
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Helena Marques
 

Semelhante a Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem (20)

Lixo nas grandes cidades 1º D
Lixo nas grandes cidades  1º DLixo nas grandes cidades  1º D
Lixo nas grandes cidades 1º D
 
Os residuos e o seu tratamento
Os residuos e o seu tratamentoOs residuos e o seu tratamento
Os residuos e o seu tratamento
 
Separação selectiva de resíduos
Separação selectiva de resíduosSeparação selectiva de resíduos
Separação selectiva de resíduos
 
Ajude a reciclar
Ajude a reciclarAjude a reciclar
Ajude a reciclar
 
Fespsp 2010
Fespsp 2010Fespsp 2010
Fespsp 2010
 
Reciclagem e tratamento do lixo.ppt
Reciclagem e tratamento do lixo.pptReciclagem e tratamento do lixo.ppt
Reciclagem e tratamento do lixo.ppt
 
RECICLAGEM DO LIXO SÓLIDO.ppt
RECICLAGEM DO LIXO SÓLIDO.pptRECICLAGEM DO LIXO SÓLIDO.ppt
RECICLAGEM DO LIXO SÓLIDO.ppt
 
Aula 04_Tratamento de RSU.pptx
Aula 04_Tratamento de RSU.pptxAula 04_Tratamento de RSU.pptx
Aula 04_Tratamento de RSU.pptx
 
Autor
AutorAutor
Autor
 
O lixo urbano
O lixo urbanoO lixo urbano
O lixo urbano
 
Tratamento de resíduos 9ºa
Tratamento de resíduos 9ºaTratamento de resíduos 9ºa
Tratamento de resíduos 9ºa
 
Anabela, Dima, Joao B
Anabela, Dima, Joao BAnabela, Dima, Joao B
Anabela, Dima, Joao B
 
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01
 
Ppoint.Reciclagem
Ppoint.ReciclagemPpoint.Reciclagem
Ppoint.Reciclagem
 
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
Resíduos - um mal necessário.O que fazer?
 
Reciclagem e coleta seletiva
Reciclagem e coleta seletiva Reciclagem e coleta seletiva
Reciclagem e coleta seletiva
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
 
Reciclagem
ReciclagemReciclagem
Reciclagem
 
DDSCOLETASELETIVA.pptx
DDSCOLETASELETIVA.pptxDDSCOLETASELETIVA.pptx
DDSCOLETASELETIVA.pptx
 
DDSCOLETASELETIVA.pptx
DDSCOLETASELETIVA.pptxDDSCOLETASELETIVA.pptx
DDSCOLETASELETIVA.pptx
 

Mais de celiamagalhaes (7)

Trabalho de Pesquisa sobre os Equipamentos Profissionais
Trabalho de Pesquisa sobre os Equipamentos ProfissionaisTrabalho de Pesquisa sobre os Equipamentos Profissionais
Trabalho de Pesquisa sobre os Equipamentos Profissionais
 
Ficha formativa N1
Ficha formativa N1Ficha formativa N1
Ficha formativa N1
 
Geografia 7º ano - Escalas
Geografia 7º ano - EscalasGeografia 7º ano - Escalas
Geografia 7º ano - Escalas
 
Projecto Estórias com a História
Projecto Estórias com a HistóriaProjecto Estórias com a História
Projecto Estórias com a História
 
Código deontológico dos Médico
Código deontológico dos MédicoCódigo deontológico dos Médico
Código deontológico dos Médico
 
Trabalho código deontológico dos jornalistas - mário
Trabalho   código deontológico dos jornalistas - márioTrabalho   código deontológico dos jornalistas - mário
Trabalho código deontológico dos jornalistas - mário
 
Censos 2011 apresentação
Censos 2011 apresentaçãoCensos 2011 apresentação
Censos 2011 apresentação
 

Último

Último (8)

COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 

Trabalho de Grupo sobre a Reciclagem

  • 1. Reciclagem Reciclagem é um conjunto de técnicas que tem por finalidade aproveitar os detritos e reutilizá-los no ciclo de produção de que saíram. É o resultado de uma série de actividades, pelo qual materiais que se tornariam lixo, ou que estão no lixo, são desviados, colectados, separados e processados para serem usados como matéria-prima na manufactura de novos produtos.
  • 2. Os 3 R,s Assim, estas três palavras «Reduzir, Reciclar, Reutilizar» estão já a ser incutidas às crianças para que cresçam conscientes do papel que têm na preservação do ambiente. Reduzir a poluição, reciclar o lixo e reutilizar o maior número possível de objectos deve ser o lema de todos. 
  • 3.
  • 6. Desviam-se os resíduos dos aterros ou outras instalações de tratamento mais poluidoras;
  • 7. Participação activa dos consumidores, o que implica uma maior consciência ambiental;
  • 8. Redução da poluição atmosférica e da poluição dos recursos hídricos;
  • 9.
  • 10. Por vezes, maior custo de materiais reciclados (em relação aos produzidos com matérias-primas virgens);
  • 11. Instabilidade dos mercados para materiais reciclados, os quais podem ser rapidamente distorcidos por
  • 12.
  • 13. Verde - vidro
  • 17. Branco – resíduos ambulatórios e de serviços de saúde
  • 19.
  • 20.
  • 21. Possui baixo custo de manutenção.
  • 22. Nos aterros sanitários a possibilidade de incêndio é controlada.
  • 23. O contacto humano com o lixo praticamente não existe, posto que a remoção do lixo é completamente realizada por máquinas.Figura1-Aterro sanitário
  • 24. Desvantagens Os aterros sanitários necessitam de uma grande área física para serem instalados. Se instalados muitos próximos das cidades pode incomodar os habitantes com fluxo de caminhões, mau cheiro, dentre outros factores. Os aterros sanitários necessitam de uma grande área física para serem instalados.
  • 25. Incineração Incineração é a queima do lixo em fornos e sítios próprios. Apresenta a vantagem de reduzir bastante o volume de resíduos. Além disso, destrói os microrganismos que causam doenças, contidos principalmente no lixo hospitalar e industrial. Com a incineração é possível uma redução do volume inicial de resíduos até cerca de 90% através da combustão, a temperaturas que se elevam a mais de 900°C. Por isso tem vindo a ser implementado em zonas de grande produção de lixo. No entanto, certos resíduos liberam gases tóxicos aos serem queimados. Nesses casos, para evitar a poluição do ar, é necessário instalar filtros e equipamentos especiais – o que torna o processo mais caro
  • 27. Compostagem É a decomposição controlada da matéria orgânica, realizada por microorganismos (bactérias e fungos). Desta transformação surge um produto designado por composto, que pode ser utilizado para o solo, como adubo.
  • 28. Suas vantagens Este sistema permite transformar os resíduos orgânicos (restos de alimentos, cortes de jardim, cinzas e resíduos de actividades agrícolas) em composto. Assim, terá adubos para as suas terras a custo zero e os produtos que cultivar serão mais saudáveis e livres de elementos químicos!
  • 29. Como fazer compostor Este sistema permite transformar os resíduos orgânicos (restos de alimentos, cortes de jardim, cinzas e resíduos de actividades agrícolas) em composto. Assim, terá adubos para as suas terras a custo zero e os produtos que cultivar serão mais saudáveis e livres de elementos químicos!
  • 30. Resíduos biodegradáveis de resíduos recicláveis Os microrganismos quebram a cadeia junto ao carbono e aproveitam a energia encerrada na ligação química. Os micróbios tendem a quebrar o maior número de ligações e arrancar do composto original a maior quantidade possível de energia. Por isso, é que no final restam materiais extremamente simples.
  • 31.
  • 32. A biodegradação diz respeito ao processo de decomposição de materiais (sobretudo de origem orgânica) por acção de seres vivos.A biodegradação é um processo natural, ocorrente sobretudo ao nível dos solos e com grande importância nos ciclos biogeoquímicos, sobretudo do carbono e azoto. Caracteriza-se pela acção de seres vivos, sobretudo os pertencentes à microfauna do solo (anelídeos, fungos, bactérias, insectos, protistas, etc.),