SlideShare uma empresa Scribd logo
Produção de textos 1
      Dissertação expositiva

                  Tema:
       É preocupante a situação dos
presídios, das penitenciárias e cadeias
 públicas do país, exigindo soluções o
         mais rápido possível.
Paráfrase do tema:

    Tendo por princípio a inclusão social, o
sistema    carcerário  brasileiro  apresenta
condições precárias.

          Delimitações escolhidas:

1. O alto custo do apenado é uma questão
   preocupante;
2. A superpopulação dos presídios colabora para
   que o problema aumente e suas condições sejam
   mais depreciadas.
Confeccionando a introdução textual

     Tendo por princípio a inclusão humana, o
sistema carcerário brasileiro apresenta condições
precárias. Isso se deve ao fato de que o alto
custo do apenado é preocupante, uma vez que ele
não é reinserido na sociedade. Além disso, a
superlotação dos presídios colabora para que o
problema aumente e suas condições sejam mais
depreciadas.
Sistema carcerário brasileiro: inclusão ou destruição

      Tendo por princípio a inclusão humana, o sistema
carcerário brasileiro apresenta condições precárias.
Isso se deve ao fato de que o alto custo do apenado é
preocupante, uma vez que ele não é reinserido na
sociedade. Além disso, a superlotação dos presídios
colabora para que o problema aumente e suas condições
sejam mais depreciadas.
      Os sentenciados do país são abrigados em
institutos penais gerando um custo para a nação. Se
somados todos os gastos com esse indivíduo verifica-se
uma alta despesa, uma vez que ele não os ressarce ao
Estado. Se essa soma representasse a reintegração do
preso à sociedade, ela se justificaria, mas não é o que
acontecesse com esse sistema carcerário.
O alto índice de criminalidade é incompatível com
a quantidade de vagas disponíveis no sistema prisional.
Desse modo, esses condenados são postos em cadeias
superlotadas em que não há forma de proporcionar-lhes
uma condição digna de convivência. Esse fato também
acirra a falta de humanidade dos presídios nacionais e
demonstra a dificuldade em se analisar o assunto.
     Enquanto a violência não for refreada, a má
qualidade das instituições carcerárias irá se prolongar.
Por outro lado, o Estado não pode permitir que pessoas
sejam acondicionadas em locais sub-humanos. É
fundamental que o Poder Público intervenha na
manutenção de presídios e na revisão da execução penal
do país, a fim de que esse processo seja mais eficiente
e menos oneroso aos cofres públicos.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Actividades de promoción c
Actividades de promoción cActividades de promoción c
Actividades de promoción c
José Luis Contreras Muñoz
 
Número de presos no brasil cresceu quase 150
Número de presos no brasil cresceu quase 150Número de presos no brasil cresceu quase 150
Número de presos no brasil cresceu quase 150
Dimensson Costa Santos
 
Sistema carcerario japones
Sistema carcerario japonesSistema carcerario japones
Sistema carcerario japones
Renata Emy
 
Reflexões sobre a exclusão social no sistema prisional
Reflexões sobre a exclusão social no sistema prisionalReflexões sobre a exclusão social no sistema prisional
Reflexões sobre a exclusão social no sistema prisional
Rubens Junior
 
éTica nas prisões
éTica nas prisõeséTica nas prisões
éTica nas prisões
Viviane Guerra
 
Capacitação de Ciências 2013 - 2º Parte
Capacitação de Ciências 2013 - 2º ParteCapacitação de Ciências 2013 - 2º Parte
Capacitação de Ciências 2013 - 2º Parte
anjalylopes
 
Monografia Ieda pedagogia 2010
Monografia Ieda pedagogia 2010Monografia Ieda pedagogia 2010
Monografia Ieda pedagogia 2010
Biblioteca Campus VII
 
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #65 | Síntese
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #65 | Síntese Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #65 | Síntese
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #65 | Síntese
Editora Síntese
 
Revista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Revista de Estudos Criminais #41 - SínteseRevista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Revista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Editora Síntese
 
Escolas ou presídios a dificil escolha do estado brasileiro(1)
Escolas ou presídios   a dificil escolha do estado brasileiro(1)Escolas ou presídios   a dificil escolha do estado brasileiro(1)
Escolas ou presídios a dificil escolha do estado brasileiro(1)
CIRINEU COSTA
 
Revista Juridica #437
Revista Juridica #437Revista Juridica #437
Revista Juridica #437
Editora Síntese
 
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #67
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #67Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #67
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #67
Editora Síntese
 
PRESÍDIOS-PROJETO DE DIRETRIZES TECNICAS
PRESÍDIOS-PROJETO DE  DIRETRIZES TECNICASPRESÍDIOS-PROJETO DE  DIRETRIZES TECNICAS
PRESÍDIOS-PROJETO DE DIRETRIZES TECNICAS
PLANORS
 
Os movimentos do circuito da cultura e a construção da imagem dos presídios: ...
Os movimentos do circuito da cultura e a construção da imagem dos presídios: ...Os movimentos do circuito da cultura e a construção da imagem dos presídios: ...
Os movimentos do circuito da cultura e a construção da imagem dos presídios: ...
Gabriela Silva
 
Educação prisional
Educação prisionalEducação prisional
Educação prisional
diretoriaguarai
 
Presídio Modelo
Presídio ModeloPresídio Modelo
Presídio Modelo
Marco Coghi
 
A evolução histórica do sistema prisional e a penitenciária do bruno morai...
A evolução histórica do sistema prisional e a penitenciária do    bruno morai...A evolução histórica do sistema prisional e a penitenciária do    bruno morai...
A evolução histórica do sistema prisional e a penitenciária do bruno morai...
Luiz Guilherme
 
Presídios no Brasil
Presídios no BrasilPresídios no Brasil
Presídios no Brasil
Luh Rabel
 
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Biblioteca Campus VII
 
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
Editora Síntese
 

Destaque (20)

Actividades de promoción c
Actividades de promoción cActividades de promoción c
Actividades de promoción c
 
Número de presos no brasil cresceu quase 150
Número de presos no brasil cresceu quase 150Número de presos no brasil cresceu quase 150
Número de presos no brasil cresceu quase 150
 
Sistema carcerario japones
Sistema carcerario japonesSistema carcerario japones
Sistema carcerario japones
 
Reflexões sobre a exclusão social no sistema prisional
Reflexões sobre a exclusão social no sistema prisionalReflexões sobre a exclusão social no sistema prisional
Reflexões sobre a exclusão social no sistema prisional
 
éTica nas prisões
éTica nas prisõeséTica nas prisões
éTica nas prisões
 
Capacitação de Ciências 2013 - 2º Parte
Capacitação de Ciências 2013 - 2º ParteCapacitação de Ciências 2013 - 2º Parte
Capacitação de Ciências 2013 - 2º Parte
 
Monografia Ieda pedagogia 2010
Monografia Ieda pedagogia 2010Monografia Ieda pedagogia 2010
Monografia Ieda pedagogia 2010
 
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #65 | Síntese
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #65 | Síntese Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #65 | Síntese
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #65 | Síntese
 
Revista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Revista de Estudos Criminais #41 - SínteseRevista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Revista de Estudos Criminais #41 - Síntese
 
Escolas ou presídios a dificil escolha do estado brasileiro(1)
Escolas ou presídios   a dificil escolha do estado brasileiro(1)Escolas ou presídios   a dificil escolha do estado brasileiro(1)
Escolas ou presídios a dificil escolha do estado brasileiro(1)
 
Revista Juridica #437
Revista Juridica #437Revista Juridica #437
Revista Juridica #437
 
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #67
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #67Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #67
Revista Síntese Direito Penal e Processual Penal #67
 
PRESÍDIOS-PROJETO DE DIRETRIZES TECNICAS
PRESÍDIOS-PROJETO DE  DIRETRIZES TECNICASPRESÍDIOS-PROJETO DE  DIRETRIZES TECNICAS
PRESÍDIOS-PROJETO DE DIRETRIZES TECNICAS
 
Os movimentos do circuito da cultura e a construção da imagem dos presídios: ...
Os movimentos do circuito da cultura e a construção da imagem dos presídios: ...Os movimentos do circuito da cultura e a construção da imagem dos presídios: ...
Os movimentos do circuito da cultura e a construção da imagem dos presídios: ...
 
Educação prisional
Educação prisionalEducação prisional
Educação prisional
 
Presídio Modelo
Presídio ModeloPresídio Modelo
Presídio Modelo
 
A evolução histórica do sistema prisional e a penitenciária do bruno morai...
A evolução histórica do sistema prisional e a penitenciária do    bruno morai...A evolução histórica do sistema prisional e a penitenciária do    bruno morai...
A evolução histórica do sistema prisional e a penitenciária do bruno morai...
 
Presídios no Brasil
Presídios no BrasilPresídios no Brasil
Presídios no Brasil
 
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
 
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
Revista SINTESE Direito Penal e Processual Penal #84
 

Semelhante a Texto situaçãodospresídios sn

O sistema prisional e a redução da maioridade penal
O sistema prisional e a redução da maioridade penalO sistema prisional e a redução da maioridade penal
O sistema prisional e a redução da maioridade penal
Alfredo Moreira
 
1º ano sistema prisonal no brasil
1º ano sistema prisonal no brasil1º ano sistema prisonal no brasil
1º ano sistema prisonal no brasil
Fabio Cruz
 
Capelania prisional presidios no brasil
Capelania prisional   presidios no brasilCapelania prisional   presidios no brasil
Capelania prisional presidios no brasil
Carlos Oliveira
 
Redação Prof. RÓGI
Redação Prof. RÓGIRedação Prof. RÓGI
Redação Prof. RÓGI
Pré-Enem Seduc
 
TCC ISABELA DE MELO MATTOS - OS DIREITOS HUMANOS E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BR...
TCC ISABELA DE MELO MATTOS - OS DIREITOS HUMANOS E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BR...TCC ISABELA DE MELO MATTOS - OS DIREITOS HUMANOS E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BR...
TCC ISABELA DE MELO MATTOS - OS DIREITOS HUMANOS E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BR...
IsabelaMattos10
 
Sistema Prisional Brasileiro
Sistema Prisional BrasileiroSistema Prisional Brasileiro
Sistema Prisional Brasileiro
saulonilson
 
SISTEMA PRISIONAL: A contribuição do SS no processo de ressocialização das de...
SISTEMA PRISIONAL: A contribuição do SS no processo de ressocialização das de...SISTEMA PRISIONAL: A contribuição do SS no processo de ressocialização das de...
SISTEMA PRISIONAL: A contribuição do SS no processo de ressocialização das de...
GlauciaAS
 
CRISE NO SISTEMA PRISIONAL
CRISE NO SISTEMA PRISIONAL CRISE NO SISTEMA PRISIONAL
CRISE NO SISTEMA PRISIONAL
Maria Campillay
 

Semelhante a Texto situaçãodospresídios sn (8)

O sistema prisional e a redução da maioridade penal
O sistema prisional e a redução da maioridade penalO sistema prisional e a redução da maioridade penal
O sistema prisional e a redução da maioridade penal
 
1º ano sistema prisonal no brasil
1º ano sistema prisonal no brasil1º ano sistema prisonal no brasil
1º ano sistema prisonal no brasil
 
Capelania prisional presidios no brasil
Capelania prisional   presidios no brasilCapelania prisional   presidios no brasil
Capelania prisional presidios no brasil
 
Redação Prof. RÓGI
Redação Prof. RÓGIRedação Prof. RÓGI
Redação Prof. RÓGI
 
TCC ISABELA DE MELO MATTOS - OS DIREITOS HUMANOS E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BR...
TCC ISABELA DE MELO MATTOS - OS DIREITOS HUMANOS E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BR...TCC ISABELA DE MELO MATTOS - OS DIREITOS HUMANOS E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BR...
TCC ISABELA DE MELO MATTOS - OS DIREITOS HUMANOS E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BR...
 
Sistema Prisional Brasileiro
Sistema Prisional BrasileiroSistema Prisional Brasileiro
Sistema Prisional Brasileiro
 
SISTEMA PRISIONAL: A contribuição do SS no processo de ressocialização das de...
SISTEMA PRISIONAL: A contribuição do SS no processo de ressocialização das de...SISTEMA PRISIONAL: A contribuição do SS no processo de ressocialização das de...
SISTEMA PRISIONAL: A contribuição do SS no processo de ressocialização das de...
 
CRISE NO SISTEMA PRISIONAL
CRISE NO SISTEMA PRISIONAL CRISE NO SISTEMA PRISIONAL
CRISE NO SISTEMA PRISIONAL
 

Mais de davincipatos

Modulo 13 feudalismo
Modulo 13  feudalismoModulo 13  feudalismo
Modulo 13 feudalismo
davincipatos
 
Modulo 1 introducao ao estudo da sociedade
Modulo 1  introducao ao estudo da sociedadeModulo 1  introducao ao estudo da sociedade
Modulo 1 introducao ao estudo da sociedade
davincipatos
 
1 dutra e 2º vargas
1 dutra e 2º vargas1 dutra e 2º vargas
1 dutra e 2º vargas
davincipatos
 
Modulos 14 e 15 cruzadas e renascimento comercial e urbano
Modulos 14 e 15   cruzadas e renascimento comercial e urbanoModulos 14 e 15   cruzadas e renascimento comercial e urbano
Modulos 14 e 15 cruzadas e renascimento comercial e urbano
davincipatos
 
Regime militar no brasil novo
Regime militar no brasil novoRegime militar no brasil novo
Regime militar no brasil novo
davincipatos
 
Formação dos estados modernos europeus
Formação dos estados modernos europeusFormação dos estados modernos europeus
Formação dos estados modernos europeus
davincipatos
 
Rev gloriosa inglesa
Rev gloriosa inglesaRev gloriosa inglesa
Rev gloriosa inglesa
davincipatos
 
História da américa prof vitor
História da américa prof vitorHistória da américa prof vitor
História da américa prof vitor
davincipatos
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
davincipatos
 
Juscelino (2)
Juscelino (2)Juscelino (2)
Juscelino (2)
davincipatos
 
Governo jq
Governo jqGoverno jq
Governo jq
davincipatos
 
Dutra e 2º vargas
Dutra e 2º vargasDutra e 2º vargas
Dutra e 2º vargas
davincipatos
 
Primeira era vargas (2)
Primeira era vargas (2)Primeira era vargas (2)
Primeira era vargas (2)
davincipatos
 
Modulo 1 idade moderna 2013
Modulo 1   idade moderna 2013Modulo 1   idade moderna 2013
Modulo 1 idade moderna 2013
davincipatos
 
EXERCÍCIOS COM GABARITO - THIAGO PMMG
EXERCÍCIOS COM GABARITO - THIAGO PMMGEXERCÍCIOS COM GABARITO - THIAGO PMMG
EXERCÍCIOS COM GABARITO - THIAGO PMMG
davincipatos
 
Gabarito exercícios Informática - Prof. Everson
Gabarito exercícios Informática - Prof. EversonGabarito exercícios Informática - Prof. Everson
Gabarito exercícios Informática - Prof. Everson
davincipatos
 
2 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
2 dia vest 2 ufu 2012 2 fase2 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
2 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
davincipatos
 
1 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
1 dia vest 2 ufu 2012 2 fase1 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
1 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
davincipatos
 

Mais de davincipatos (18)

Modulo 13 feudalismo
Modulo 13  feudalismoModulo 13  feudalismo
Modulo 13 feudalismo
 
Modulo 1 introducao ao estudo da sociedade
Modulo 1  introducao ao estudo da sociedadeModulo 1  introducao ao estudo da sociedade
Modulo 1 introducao ao estudo da sociedade
 
1 dutra e 2º vargas
1 dutra e 2º vargas1 dutra e 2º vargas
1 dutra e 2º vargas
 
Modulos 14 e 15 cruzadas e renascimento comercial e urbano
Modulos 14 e 15   cruzadas e renascimento comercial e urbanoModulos 14 e 15   cruzadas e renascimento comercial e urbano
Modulos 14 e 15 cruzadas e renascimento comercial e urbano
 
Regime militar no brasil novo
Regime militar no brasil novoRegime militar no brasil novo
Regime militar no brasil novo
 
Formação dos estados modernos europeus
Formação dos estados modernos europeusFormação dos estados modernos europeus
Formação dos estados modernos europeus
 
Rev gloriosa inglesa
Rev gloriosa inglesaRev gloriosa inglesa
Rev gloriosa inglesa
 
História da américa prof vitor
História da américa prof vitorHistória da américa prof vitor
História da américa prof vitor
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
 
Juscelino (2)
Juscelino (2)Juscelino (2)
Juscelino (2)
 
Governo jq
Governo jqGoverno jq
Governo jq
 
Dutra e 2º vargas
Dutra e 2º vargasDutra e 2º vargas
Dutra e 2º vargas
 
Primeira era vargas (2)
Primeira era vargas (2)Primeira era vargas (2)
Primeira era vargas (2)
 
Modulo 1 idade moderna 2013
Modulo 1   idade moderna 2013Modulo 1   idade moderna 2013
Modulo 1 idade moderna 2013
 
EXERCÍCIOS COM GABARITO - THIAGO PMMG
EXERCÍCIOS COM GABARITO - THIAGO PMMGEXERCÍCIOS COM GABARITO - THIAGO PMMG
EXERCÍCIOS COM GABARITO - THIAGO PMMG
 
Gabarito exercícios Informática - Prof. Everson
Gabarito exercícios Informática - Prof. EversonGabarito exercícios Informática - Prof. Everson
Gabarito exercícios Informática - Prof. Everson
 
2 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
2 dia vest 2 ufu 2012 2 fase2 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
2 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
 
1 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
1 dia vest 2 ufu 2012 2 fase1 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
1 dia vest 2 ufu 2012 2 fase
 

Texto situaçãodospresídios sn

  • 1. Produção de textos 1 Dissertação expositiva Tema: É preocupante a situação dos presídios, das penitenciárias e cadeias públicas do país, exigindo soluções o mais rápido possível.
  • 2. Paráfrase do tema: Tendo por princípio a inclusão social, o sistema carcerário brasileiro apresenta condições precárias. Delimitações escolhidas: 1. O alto custo do apenado é uma questão preocupante; 2. A superpopulação dos presídios colabora para que o problema aumente e suas condições sejam mais depreciadas.
  • 3. Confeccionando a introdução textual Tendo por princípio a inclusão humana, o sistema carcerário brasileiro apresenta condições precárias. Isso se deve ao fato de que o alto custo do apenado é preocupante, uma vez que ele não é reinserido na sociedade. Além disso, a superlotação dos presídios colabora para que o problema aumente e suas condições sejam mais depreciadas.
  • 4. Sistema carcerário brasileiro: inclusão ou destruição Tendo por princípio a inclusão humana, o sistema carcerário brasileiro apresenta condições precárias. Isso se deve ao fato de que o alto custo do apenado é preocupante, uma vez que ele não é reinserido na sociedade. Além disso, a superlotação dos presídios colabora para que o problema aumente e suas condições sejam mais depreciadas. Os sentenciados do país são abrigados em institutos penais gerando um custo para a nação. Se somados todos os gastos com esse indivíduo verifica-se uma alta despesa, uma vez que ele não os ressarce ao Estado. Se essa soma representasse a reintegração do preso à sociedade, ela se justificaria, mas não é o que acontecesse com esse sistema carcerário.
  • 5. O alto índice de criminalidade é incompatível com a quantidade de vagas disponíveis no sistema prisional. Desse modo, esses condenados são postos em cadeias superlotadas em que não há forma de proporcionar-lhes uma condição digna de convivência. Esse fato também acirra a falta de humanidade dos presídios nacionais e demonstra a dificuldade em se analisar o assunto. Enquanto a violência não for refreada, a má qualidade das instituições carcerárias irá se prolongar. Por outro lado, o Estado não pode permitir que pessoas sejam acondicionadas em locais sub-humanos. É fundamental que o Poder Público intervenha na manutenção de presídios e na revisão da execução penal do país, a fim de que esse processo seja mais eficiente e menos oneroso aos cofres públicos.