SlideShare uma empresa Scribd logo
D29
5º
A
N
O
P
O
R
T
U
G
Ê
S
Só serei feliz
Se tiver grana, roupas legais e puder gastar com o que bem entender.
A gente não vai aqui repetir o velho ditado dizendo que “dinheiro não traz felicidade”, como
se isso fosse um consolo para quem está sem grana. Mas também não dá para bancar a cínica
e rebater afirmando que “trazer, não traz, mas compra”. Brincadeiras à parte, a verdade é que
a felicidade é um estado que não se compra, mas pode ser encontrada nas coisas mais simples
da vida. Você pode experimentar, por exemplo:
Tomar um picolé; Levar seus olhos para passear e ver quanta coisa bonita existe na
natureza para ser apreciada; Dividir uma pizza com os amigos; Andar de mãos dadas com o
namorado;
Surpreender seu pai que chegou cansado do trabalho com um beijo carinhoso; Sair para
passear com seu cachorrinho; Tomar conta da filhinha da vizinha e brincar de fazer bolinhas
de sabão.
Enfim, dá para resumir em poucas palavras: encontrar a felicidade é bem mais fácil do que
você
imaginava, não é mesmo?
(Revista.Atrevida.Número161.janeiro/2008.pág.32.Fragmentoadaptad
01..Esse texto foi escrito para:
(A) Idoso (B) namorados (C) garotas (D) pais.
Carta
Lorelai:
Era tão bom quando eu morava lá na roça. A casa tinha um quintal com milhões de coisas,
tinha até um galinheiro. Eu conversava com tudo quanto era galinha, cachorro, gato,
lagartixa, eu conversava com tanta gente que você nem imagina, Lorelai. Tinha árvore para
subir, rio passando no fundo, tinha cada esconderijo tão bom que a gente podia ficar
escondida a vida toda que ninguém achava. Meu pai e minha mãe viviam rindo, andavam de
mão dada, era uma coisa muito legal da gente ver. Agora, tá tudo diferente: eles vivem de cara
fechada, brigam à toa, discutem por qualquer coisa. E depois, toca todo mundo a ficar
emburrando. Outro dia eu perguntei: o que é que tá acontecendo que toda hora tem briga?
Sabe o que é que eles falaram? Que não era assunto para criança. E o pior é que esse negócio
de emburramento em casa me dá uma aflição danada. Eu queria tanto achar um jeito de não
dar mais bola pra briga e pra cara amarrada. Será que você não acha um jeito pra mim?
Um beijo da Raquel.
(Revista.Atrevida.Número161.janeiro/2008.pág.32.Fragmentoadaptad
02.Em “Agora tá tudo diferente:”, a palavra destacada é um exemplo de linguagem
(A) ensinada na escola.
(B) estudada nas gramáticas.
(C) encontrada nos livros técnicos.
(D) empregada com colegas
Carta
Texto do caipira
O caipira andava ao longo da estrada seguido de dez cavalos. Nisso, veio um automóvel e o
motorista gritou para o caipira:
– Você tem dez. Mas eu tenho duzentos e cinqüenta cavalos! – E – vrruuum! – saiu em
disparada!
O caipira continuou seu passo. E lá na frente estava o carro virado dentro do rio, ao lado
da ponte. Aí, o caipira falou pro motorista:
– Oi, cumpadre! Dando água pra tropa, é?
03.Que palavra do texto indica o modo de falar de uma pessoa que mora no meio rural?
(A) Cumpadre.
(B) Disparada.
(C) Passo.
(D) Tropa.
Carta
Você sabia que cheirinho de terra molhada é obra de bactérias?
Substância produzida por um tipo de micro-organismo, em contato com a água, gera esse
aroma.
O dia está quente e, de repente, cai aquela chuva para refrescar. Bastam as primeiras gotas
tocarem o solo para sentirmos aquele agradável cheirinho de terra molhada. Um cientista
diria: “Huumm, como é bom esse cheirinho de... Bactérias!”. É isso aí! O aroma que sentimos
vem desses seres microscópicos, que podem ser muito úteis para humanos e até para os...
Camelos!
Em geral, associamos bactérias a doenças, mas alguns desses seres são inofensivos, pode
crer. Esse é o caso da Streptomyces coelicolor, bactéria que vive no solo e fabrica uma
substância, [...] que nos faz perceber o cheirinho de terra molhada.
04.No trecho “Esse é o caso da Streptomyces coelicolor,...” (2° parágrafo), a expressão
destacada é exemplo de linguagem
A) cientifica
B) culta.
C) informal.
D) técnica.
Carta
JEGUE EMPACADO
Numa estrada do sertão nordestino, o jegue de Severino empaca e não há nada que faça o
bicho se mexer. Nisso, aparece um veterinário em visita a uma das fazendas da região, que se
compadece da situação de Severino, abre a sua maletinha, tira uma seringa e dá uma injeção
no jegue que sai chispando a toda velocidade.
Admirado, Severino vira-se para o doutor e pergunta:
— Quanto custa essa injeção?
— Cinco Reais!
— Ó, xente! Então vai rápido e me dê logo duas, que eu tenho de alcançar esse jegue!
Fonte: http://piadas-engracadas.blogspot.com
05.O segmento do texto que indica uma fala típica de um nordestino é:
(A) “Cinco Reais!”
(B) “aparece um veterinário. “
(C) “o jegue de Severino empaca.”
(D) “Ó, xente!”
06.A linguagem utilizada no trecho “Num fica aí parado!” é
A) científica.
B) coloquial.
C) formal.
D) técnica.
07.Identifica-se termo da linguagem informal em
(A) “Leio os roteiros de viagem enquanto rola o comercial.” (v. 9)
(B) “Conheço quase o mundo inteiro por cartão postal!” (v. 10)
(C) “Eu sei de quase tudo um pouco e quase tudo mal.” (v. 11)
(D) “Eu tenho pressa e tanta coisa me interessa mas nada tanto assim.” (v. 12-13)
08.A linguagem usada nesse texto é
A) científica.
B) formal.
C) jurídica.
D) literária.
Biblioteca Britânica e o Google vão digitalizar 250 mil livros de acervo
A Biblioteca Britânica e o Google anunciaram nesta semana uma parceria para digitalizar
250 mil livros do acervo da biblioteca. Os artigos que serão digitalizados não possuem
restrições relativas a direitos autorais. Os títulos abrangem um total de 40 milhões de
páginas datadas de 1700 a 1870. Entre os primeiros itens a serem digitalizados estão
panfletos feministas a respeito da rainha Maria Antonieta, de 1791, um documento sobre o
primeiro submarino movido por um motor de combustão, de 1858, e um texto que oferece
um relato detalhado de um hipopótamo empalhado do príncipe de Orange, de 1775. Uma
vez digitalizados, os textos poderão ser consultados na íntegra, baixados e lidos por meio do
programa Google Books.
A GAZETA, 22 jun. 2011.
09.Nesse texto, a fala representada revela um vocabulário muito comum no dia-a-dia de um
A) advogado.
B) economista.
C) mecânico.
D) médico.
“Tem gente que nasce com coração maior ou menor, com vários defeitos. Essas são as
cardiopatias congênitas, né, o coração pode nascer com inúmeros defeitos.
Agora, o tamanho do coração também tem a ver com outros problemas que não são
congênitos, como a insuficiência coronariana.”
www.acd.ufrj.br
10.Leia novamente o trecho abaixo.
“Você, assim como qualquer pessoa, não gosta de levar bronca...”
A palavra em destaque indica um tipo de linguagem
A) regional, usada em grandes capitais.
B) informal, usada por crianças e jovens.
C) formal, usada em ambientes de trabalho.
D) caipira, usada por pessoas do campo.
Olá querida!
Todo mundo que tem um irmão ou uma irmã sabe que é normal rolar discussão. O
problema é que, quando isso acontece, quem está por perto acaba tendo que interferir.
Você, assim como qualquer pessoa, não gosta de levar bronca e, por isso, acaba se
sentindo muito injustiçada. Mas é claro que seus pais amam vocês duas e só querem que
vivam em paz. Então converse com eles e peça ajuda, dizendo que sua irmã precisa
respeitar as suas coisas. Mais uma dica: não dê tanta importância às provocações da sua
irmãzinha. Talvez ela mude de comportamento, quando perceber que não conseguiu mais
irritar você.
Witch. São Paulo: Abril, ed. 88, 2009.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEB

Avaliação línguaportuguesa9ºano
Avaliação línguaportuguesa9ºanoAvaliação línguaportuguesa9ºano
Avaliação línguaportuguesa9ºano
Atividades Diversas Cláudia
 
Interpretaçao retrato portugues
Interpretaçao retrato portuguesInterpretaçao retrato portugues
Interpretaçao retrato portugues
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação língua portuguesa 9º ano
Avaliação língua portuguesa 9º anoAvaliação língua portuguesa 9º ano
Avaliação língua portuguesa 9º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
Ederson Jacob Zanardo
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
Ederson Jacob Zanardo
 
Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
ProfBimestral interpretação 8º ano
ProfBimestral interpretação 8º anoProfBimestral interpretação 8º ano
ProfBimestral interpretação 8º ano
Marconildo Viegas
 
2ª p.d 2013 (port. 5º ano)
2ª p.d   2013 (port. 5º ano)2ª p.d   2013 (port. 5º ano)
2ª p.d 2013 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
2ª p.d 2013 (port. 5º ano)
2ª p.d   2013 (port. 5º ano)2ª p.d   2013 (port. 5º ano)
2ª p.d 2013 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado portugues para 01 04 2019
Simulado portugues para 01 04 2019Simulado portugues para 01 04 2019
Simulado portugues para 01 04 2019
Benigno Andrade Vieira
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Cidinha Paulo
 
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPESimulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Marcia Oliveira
 
5 ano slide.pptx
5 ano slide.pptx5 ano slide.pptx
5 ano slide.pptx
FidelMatos1
 
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritoresAtividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Jucelino Carvalho
 
OFICINA - CAFETERIA DAS HABILIDADES.pdf_20240516_002101_0000.pdf
OFICINA - CAFETERIA DAS HABILIDADES.pdf_20240516_002101_0000.pdfOFICINA - CAFETERIA DAS HABILIDADES.pdf_20240516_002101_0000.pdf
OFICINA - CAFETERIA DAS HABILIDADES.pdf_20240516_002101_0000.pdf
AndriaNascimento27
 
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 4º bimestre eliete 2012
Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa  4º bimestre eliete 2012Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa  4º bimestre eliete 2012
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 4º bimestre eliete 2012
Eliete Soares E Soares
 
20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
Edna Soares
 
Avaliação de língua portuguesa
Avaliação de língua portuguesaAvaliação de língua portuguesa
Avaliação de língua portuguesa
Marcia Oliveira
 
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
1ª p.d   2014 (port. 5º ano)1ª p.d   2014 (port. 5º ano)
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
1ª p.d   2014 (port. 5º ano)1ª p.d   2014 (port. 5º ano)
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 

Semelhante a SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEB (20)

Avaliação línguaportuguesa9ºano
Avaliação línguaportuguesa9ºanoAvaliação línguaportuguesa9ºano
Avaliação línguaportuguesa9ºano
 
Interpretaçao retrato portugues
Interpretaçao retrato portuguesInterpretaçao retrato portugues
Interpretaçao retrato portugues
 
Avaliação língua portuguesa 9º ano
Avaliação língua portuguesa 9º anoAvaliação língua portuguesa 9º ano
Avaliação língua portuguesa 9º ano
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
 
Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)
 
ProfBimestral interpretação 8º ano
ProfBimestral interpretação 8º anoProfBimestral interpretação 8º ano
ProfBimestral interpretação 8º ano
 
2ª p.d 2013 (port. 5º ano)
2ª p.d   2013 (port. 5º ano)2ª p.d   2013 (port. 5º ano)
2ª p.d 2013 (port. 5º ano)
 
2ª p.d 2013 (port. 5º ano)
2ª p.d   2013 (port. 5º ano)2ª p.d   2013 (port. 5º ano)
2ª p.d 2013 (port. 5º ano)
 
Simulado portugues para 01 04 2019
Simulado portugues para 01 04 2019Simulado portugues para 01 04 2019
Simulado portugues para 01 04 2019
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
 
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPESimulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
 
5 ano slide.pptx
5 ano slide.pptx5 ano slide.pptx
5 ano slide.pptx
 
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritoresAtividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
 
OFICINA - CAFETERIA DAS HABILIDADES.pdf_20240516_002101_0000.pdf
OFICINA - CAFETERIA DAS HABILIDADES.pdf_20240516_002101_0000.pdfOFICINA - CAFETERIA DAS HABILIDADES.pdf_20240516_002101_0000.pdf
OFICINA - CAFETERIA DAS HABILIDADES.pdf_20240516_002101_0000.pdf
 
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 4º bimestre eliete 2012
Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa  4º bimestre eliete 2012Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa  4º bimestre eliete 2012
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 4º bimestre eliete 2012
 
20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
 
Avaliação de língua portuguesa
Avaliação de língua portuguesaAvaliação de língua portuguesa
Avaliação de língua portuguesa
 
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
1ª p.d   2014 (port. 5º ano)1ª p.d   2014 (port. 5º ano)
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
 
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
1ª p.d   2014 (port. 5º ano)1ª p.d   2014 (port. 5º ano)
1ª p.d 2014 (port. 5º ano)
 

Mais de RosaMisticaCoelho2

BALADA SPAECE nono ano habilidades spaece
BALADA SPAECE nono ano habilidades spaeceBALADA SPAECE nono ano habilidades spaece
BALADA SPAECE nono ano habilidades spaece
RosaMisticaCoelho2
 
QUIZ DO SABER. estudo das habilidades de língua portuguesa
QUIZ DO SABER. estudo das habilidades de língua portuguesaQUIZ DO SABER. estudo das habilidades de língua portuguesa
QUIZ DO SABER. estudo das habilidades de língua portuguesa
RosaMisticaCoelho2
 
QUIZ USO DOS PORQUES ANÁLISE LINGUÍSTICA.pptx
QUIZ USO DOS PORQUES ANÁLISE LINGUÍSTICA.pptxQUIZ USO DOS PORQUES ANÁLISE LINGUÍSTICA.pptx
QUIZ USO DOS PORQUES ANÁLISE LINGUÍSTICA.pptx
RosaMisticaCoelho2
 
SIMULADO POEMA.leitura e compreensão textual
SIMULADO POEMA.leitura e compreensão textualSIMULADO POEMA.leitura e compreensão textual
SIMULADO POEMA.leitura e compreensão textual
RosaMisticaCoelho2
 
Arraiá dos descritores (1) spaece 9 ano 2024
Arraiá dos descritores (1) spaece 9 ano 2024Arraiá dos descritores (1) spaece 9 ano 2024
Arraiá dos descritores (1) spaece 9 ano 2024
RosaMisticaCoelho2
 
15º AULÃO preparatório para avaliações externas
15º AULÃO preparatório para avaliações externas15º AULÃO preparatório para avaliações externas
15º AULÃO preparatório para avaliações externas
RosaMisticaCoelho2
 
CARIRÉ GEOGRAFIA slide sobre o municipio
CARIRÉ GEOGRAFIA slide sobre o municipioCARIRÉ GEOGRAFIA slide sobre o municipio
CARIRÉ GEOGRAFIA slide sobre o municipio
RosaMisticaCoelho2
 
03. QUIZ - EU OU MIM.pptx
03. QUIZ - EU OU MIM.pptx03. QUIZ - EU OU MIM.pptx
03. QUIZ - EU OU MIM.pptx
RosaMisticaCoelho2
 
BALADAO-SPAECE-2023- CORES.pptx
BALADAO-SPAECE-2023- CORES.pptxBALADAO-SPAECE-2023- CORES.pptx
BALADAO-SPAECE-2023- CORES.pptx
RosaMisticaCoelho2
 
Tô_um_flash_nos_advérbios.ppsx
Tô_um_flash_nos_advérbios.ppsxTô_um_flash_nos_advérbios.ppsx
Tô_um_flash_nos_advérbios.ppsx
RosaMisticaCoelho2
 
Roleta da pontuação.pptx
Roleta da pontuação.pptxRoleta da pontuação.pptx
Roleta da pontuação.pptx
RosaMisticaCoelho2
 
TRILHA DOS ELEMENTOS DA NARRATIVA.docx
TRILHA DOS ELEMENTOS DA NARRATIVA.docxTRILHA DOS ELEMENTOS DA NARRATIVA.docx
TRILHA DOS ELEMENTOS DA NARRATIVA.docx
RosaMisticaCoelho2
 

Mais de RosaMisticaCoelho2 (12)

BALADA SPAECE nono ano habilidades spaece
BALADA SPAECE nono ano habilidades spaeceBALADA SPAECE nono ano habilidades spaece
BALADA SPAECE nono ano habilidades spaece
 
QUIZ DO SABER. estudo das habilidades de língua portuguesa
QUIZ DO SABER. estudo das habilidades de língua portuguesaQUIZ DO SABER. estudo das habilidades de língua portuguesa
QUIZ DO SABER. estudo das habilidades de língua portuguesa
 
QUIZ USO DOS PORQUES ANÁLISE LINGUÍSTICA.pptx
QUIZ USO DOS PORQUES ANÁLISE LINGUÍSTICA.pptxQUIZ USO DOS PORQUES ANÁLISE LINGUÍSTICA.pptx
QUIZ USO DOS PORQUES ANÁLISE LINGUÍSTICA.pptx
 
SIMULADO POEMA.leitura e compreensão textual
SIMULADO POEMA.leitura e compreensão textualSIMULADO POEMA.leitura e compreensão textual
SIMULADO POEMA.leitura e compreensão textual
 
Arraiá dos descritores (1) spaece 9 ano 2024
Arraiá dos descritores (1) spaece 9 ano 2024Arraiá dos descritores (1) spaece 9 ano 2024
Arraiá dos descritores (1) spaece 9 ano 2024
 
15º AULÃO preparatório para avaliações externas
15º AULÃO preparatório para avaliações externas15º AULÃO preparatório para avaliações externas
15º AULÃO preparatório para avaliações externas
 
CARIRÉ GEOGRAFIA slide sobre o municipio
CARIRÉ GEOGRAFIA slide sobre o municipioCARIRÉ GEOGRAFIA slide sobre o municipio
CARIRÉ GEOGRAFIA slide sobre o municipio
 
03. QUIZ - EU OU MIM.pptx
03. QUIZ - EU OU MIM.pptx03. QUIZ - EU OU MIM.pptx
03. QUIZ - EU OU MIM.pptx
 
BALADAO-SPAECE-2023- CORES.pptx
BALADAO-SPAECE-2023- CORES.pptxBALADAO-SPAECE-2023- CORES.pptx
BALADAO-SPAECE-2023- CORES.pptx
 
Tô_um_flash_nos_advérbios.ppsx
Tô_um_flash_nos_advérbios.ppsxTô_um_flash_nos_advérbios.ppsx
Tô_um_flash_nos_advérbios.ppsx
 
Roleta da pontuação.pptx
Roleta da pontuação.pptxRoleta da pontuação.pptx
Roleta da pontuação.pptx
 
TRILHA DOS ELEMENTOS DA NARRATIVA.docx
TRILHA DOS ELEMENTOS DA NARRATIVA.docxTRILHA DOS ELEMENTOS DA NARRATIVA.docx
TRILHA DOS ELEMENTOS DA NARRATIVA.docx
 

Último

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 

Último (20)

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 

SPAECEFLIX.pptx-COMPREENSAO SPAECE E SAEB

  • 2. Só serei feliz Se tiver grana, roupas legais e puder gastar com o que bem entender. A gente não vai aqui repetir o velho ditado dizendo que “dinheiro não traz felicidade”, como se isso fosse um consolo para quem está sem grana. Mas também não dá para bancar a cínica e rebater afirmando que “trazer, não traz, mas compra”. Brincadeiras à parte, a verdade é que a felicidade é um estado que não se compra, mas pode ser encontrada nas coisas mais simples da vida. Você pode experimentar, por exemplo: Tomar um picolé; Levar seus olhos para passear e ver quanta coisa bonita existe na natureza para ser apreciada; Dividir uma pizza com os amigos; Andar de mãos dadas com o namorado; Surpreender seu pai que chegou cansado do trabalho com um beijo carinhoso; Sair para passear com seu cachorrinho; Tomar conta da filhinha da vizinha e brincar de fazer bolinhas de sabão. Enfim, dá para resumir em poucas palavras: encontrar a felicidade é bem mais fácil do que você imaginava, não é mesmo? (Revista.Atrevida.Número161.janeiro/2008.pág.32.Fragmentoadaptad 01..Esse texto foi escrito para: (A) Idoso (B) namorados (C) garotas (D) pais.
  • 3. Carta Lorelai: Era tão bom quando eu morava lá na roça. A casa tinha um quintal com milhões de coisas, tinha até um galinheiro. Eu conversava com tudo quanto era galinha, cachorro, gato, lagartixa, eu conversava com tanta gente que você nem imagina, Lorelai. Tinha árvore para subir, rio passando no fundo, tinha cada esconderijo tão bom que a gente podia ficar escondida a vida toda que ninguém achava. Meu pai e minha mãe viviam rindo, andavam de mão dada, era uma coisa muito legal da gente ver. Agora, tá tudo diferente: eles vivem de cara fechada, brigam à toa, discutem por qualquer coisa. E depois, toca todo mundo a ficar emburrando. Outro dia eu perguntei: o que é que tá acontecendo que toda hora tem briga? Sabe o que é que eles falaram? Que não era assunto para criança. E o pior é que esse negócio de emburramento em casa me dá uma aflição danada. Eu queria tanto achar um jeito de não dar mais bola pra briga e pra cara amarrada. Será que você não acha um jeito pra mim? Um beijo da Raquel. (Revista.Atrevida.Número161.janeiro/2008.pág.32.Fragmentoadaptad 02.Em “Agora tá tudo diferente:”, a palavra destacada é um exemplo de linguagem (A) ensinada na escola. (B) estudada nas gramáticas. (C) encontrada nos livros técnicos. (D) empregada com colegas
  • 4. Carta Texto do caipira O caipira andava ao longo da estrada seguido de dez cavalos. Nisso, veio um automóvel e o motorista gritou para o caipira: – Você tem dez. Mas eu tenho duzentos e cinqüenta cavalos! – E – vrruuum! – saiu em disparada! O caipira continuou seu passo. E lá na frente estava o carro virado dentro do rio, ao lado da ponte. Aí, o caipira falou pro motorista: – Oi, cumpadre! Dando água pra tropa, é? 03.Que palavra do texto indica o modo de falar de uma pessoa que mora no meio rural? (A) Cumpadre. (B) Disparada. (C) Passo. (D) Tropa.
  • 5. Carta Você sabia que cheirinho de terra molhada é obra de bactérias? Substância produzida por um tipo de micro-organismo, em contato com a água, gera esse aroma. O dia está quente e, de repente, cai aquela chuva para refrescar. Bastam as primeiras gotas tocarem o solo para sentirmos aquele agradável cheirinho de terra molhada. Um cientista diria: “Huumm, como é bom esse cheirinho de... Bactérias!”. É isso aí! O aroma que sentimos vem desses seres microscópicos, que podem ser muito úteis para humanos e até para os... Camelos! Em geral, associamos bactérias a doenças, mas alguns desses seres são inofensivos, pode crer. Esse é o caso da Streptomyces coelicolor, bactéria que vive no solo e fabrica uma substância, [...] que nos faz perceber o cheirinho de terra molhada. 04.No trecho “Esse é o caso da Streptomyces coelicolor,...” (2° parágrafo), a expressão destacada é exemplo de linguagem A) cientifica B) culta. C) informal. D) técnica.
  • 6. Carta JEGUE EMPACADO Numa estrada do sertão nordestino, o jegue de Severino empaca e não há nada que faça o bicho se mexer. Nisso, aparece um veterinário em visita a uma das fazendas da região, que se compadece da situação de Severino, abre a sua maletinha, tira uma seringa e dá uma injeção no jegue que sai chispando a toda velocidade. Admirado, Severino vira-se para o doutor e pergunta: — Quanto custa essa injeção? — Cinco Reais! — Ó, xente! Então vai rápido e me dê logo duas, que eu tenho de alcançar esse jegue! Fonte: http://piadas-engracadas.blogspot.com 05.O segmento do texto que indica uma fala típica de um nordestino é: (A) “Cinco Reais!” (B) “aparece um veterinário. “ (C) “o jegue de Severino empaca.” (D) “Ó, xente!”
  • 7. 06.A linguagem utilizada no trecho “Num fica aí parado!” é A) científica. B) coloquial. C) formal. D) técnica.
  • 8. 07.Identifica-se termo da linguagem informal em (A) “Leio os roteiros de viagem enquanto rola o comercial.” (v. 9) (B) “Conheço quase o mundo inteiro por cartão postal!” (v. 10) (C) “Eu sei de quase tudo um pouco e quase tudo mal.” (v. 11) (D) “Eu tenho pressa e tanta coisa me interessa mas nada tanto assim.” (v. 12-13)
  • 9. 08.A linguagem usada nesse texto é A) científica. B) formal. C) jurídica. D) literária. Biblioteca Britânica e o Google vão digitalizar 250 mil livros de acervo A Biblioteca Britânica e o Google anunciaram nesta semana uma parceria para digitalizar 250 mil livros do acervo da biblioteca. Os artigos que serão digitalizados não possuem restrições relativas a direitos autorais. Os títulos abrangem um total de 40 milhões de páginas datadas de 1700 a 1870. Entre os primeiros itens a serem digitalizados estão panfletos feministas a respeito da rainha Maria Antonieta, de 1791, um documento sobre o primeiro submarino movido por um motor de combustão, de 1858, e um texto que oferece um relato detalhado de um hipopótamo empalhado do príncipe de Orange, de 1775. Uma vez digitalizados, os textos poderão ser consultados na íntegra, baixados e lidos por meio do programa Google Books. A GAZETA, 22 jun. 2011.
  • 10. 09.Nesse texto, a fala representada revela um vocabulário muito comum no dia-a-dia de um A) advogado. B) economista. C) mecânico. D) médico. “Tem gente que nasce com coração maior ou menor, com vários defeitos. Essas são as cardiopatias congênitas, né, o coração pode nascer com inúmeros defeitos. Agora, o tamanho do coração também tem a ver com outros problemas que não são congênitos, como a insuficiência coronariana.” www.acd.ufrj.br
  • 11. 10.Leia novamente o trecho abaixo. “Você, assim como qualquer pessoa, não gosta de levar bronca...” A palavra em destaque indica um tipo de linguagem A) regional, usada em grandes capitais. B) informal, usada por crianças e jovens. C) formal, usada em ambientes de trabalho. D) caipira, usada por pessoas do campo. Olá querida! Todo mundo que tem um irmão ou uma irmã sabe que é normal rolar discussão. O problema é que, quando isso acontece, quem está por perto acaba tendo que interferir. Você, assim como qualquer pessoa, não gosta de levar bronca e, por isso, acaba se sentindo muito injustiçada. Mas é claro que seus pais amam vocês duas e só querem que vivam em paz. Então converse com eles e peça ajuda, dizendo que sua irmã precisa respeitar as suas coisas. Mais uma dica: não dê tanta importância às provocações da sua irmãzinha. Talvez ela mude de comportamento, quando perceber que não conseguiu mais irritar você. Witch. São Paulo: Abril, ed. 88, 2009.