SlideShare uma empresa Scribd logo
O Portal da Construção

Guia Técnico

Segurança e Higiene no
Trabalho
Volume IX – Movimentação
Mecânica de Cargas
um Guia Técnico de O Portal da Construção
www.oportaldaconstrucao.com

Copyright O Portal da Construção, todos os
direitos reservados.
Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou
distribuído sem a expressa autorização de
O Portal da Construção.

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

1
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

1. Introdução

Índice

...........

3

2. Equipamentos de funcionamento
contínuo em percurso pré-estabelecido .. 4
3. Equipamentos de funcionamento
descontínuo de movimentação limitada .. 6
4. Equipamentos móveis de
funcionamento descontínuo .........

8

Sobre os autores deste Guia Técnico ... 11

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

2
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

1.Introdução
O transporte de cargas volumosas e/ou pesadas pode ser
realizado manual (como vimos no volume anterior deste Guia
Técnico) ou mecânicamente.
A movimentação mecânica de cargas é uma actividade que
compreende o transporte de cargas de um determinado ponto
para outro, de forma planeada e segura, e com recurso a um
determinado conjunto de meios e materiais.
Esta operação compreende as seguintes fases:
• elevação (ou carga);
• manobra livre (ou movimentação);
• assentamento (ou descarga).
Existem várias formas de classificar os equipamentos de
movimentação mecânica de carga. Por exemplo, a Fédération
Européenne de la Manutention (FEM), criou uma classificação
em 1960, e cuja revisão de 2004 tinha os seguintes campos:
•
•
•
•
•
•

Aparelhos pesados de elevação e movimentação;
Transportadores contínuos;
Empilhadores;
Gruas móveis;
Elevadores, escadas rolantes e tapetes rolantes;
Aparelhos de elevação série.

Outra hipótese de classificação, que iremos adoptar neste
capítulo, é quanto ao seu tipo de funcionamento e mobilidade:
• Equipamentos de funcionamento contínuo em
percurso pré-estabelecido;
• Equipamentos de funcionamento descontínuo de
movimentação limitada;
• Equipamentos móveis de funcionamento descontínuo.
De seguida, vamos analisar alguns dos principais tipos de
máquinas de transporte de cargas, os maiores riscos
associados e o que fazer para os prevenir.

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

3
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

2. Equipamentos
de funcionamento
contínuo em
percurso préestabelecido

2.1 Transportadores de rolos:

Este tipo de equipamento está instalado a reduzida altura do
pavimento, sendo a sua utilização muito habitual em linhas de
produção, com carros automáticos colocados nos topos dos
transportadores, como forma de ligação e distribuição entre
várias linhas de transportadores.
Os transportadores de rolos podem nem sempre funcionar
mecanicamente: a carga também pode ser movimentada por
impulso manual.
Riscos Conexos:
• embate de carros automáticos;
• embate de cargas.

2.2 Transportadores de telas ou de correias:

Riscos Conexos:
• riscos mecânicos;
• riscos eléctricos;
• queda de materiais, relacionados com a manutenção

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

4
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

2.3 Transportadores
inclinado)

por

gravidade

(ou

de

plano

Este tipo de máquina deverá ter dispositivos que impeçam a
introdução das mãos do operador. Na eventualidade da
ocorrência de um bloqueio no transportador, o trabalhador
nunca deverá utilizar as mãos, mas sim varas especiais
concebidas para o efeito.
Riscos Conexos:
• Lesões por esmagamento dos operadores.

2.4 Transportadores de parafusos sem fim

Este tipo de equipamento é formado por parafusos que fazem
a carga movimentar-se ao girarem em torno do seu eixo. Este
equipamento é principalmente empregue no transporte de
materiais granulosos ou líquidos, em pequenas distâncias ou
desníveis.
Riscos Conexos:
• Já que estes parafusos são normalmente blindados,
habitualmente não apresentam riscos de maior, desde que se
cumpram as regras básicas de segurança, aquando da sua
manipulação.

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

5
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

3. Equipamentos
de funcionamento
descontínuo de
movimentação
limitada

Neste grupo, estão incluídas as máquinas que funcionam por
ciclos desfasados no tempo (carga, transporte e descarga) e
que possuem mobilidade segundo dois ou três eixos num
espaço restrito. São exemplo as gruas (sobre as quais nos
iremos focar), os guindastes, os diferenciais, entre outros. Este
tipo de máquinas pode ser comandada por betoneira, em
cabine de comando ou por rádio-controlo.
3.1 Gruas

As operações envolvendo gruas assumem sempre risco, muitas
vezes elevado. O operador tem de estar certificado e possuir
formação técnica e psicológica válida e actualizada, de modo a
que a actividade decorra de forma segura e produtiva.
No decorrer da sua actividade, o manobrador deve:
• respeitar as normas;
• conhecer as capacidades do equipamento;
• garantir o equilíbrio do equipamento durante a subida,
descida e rotação no transporte das cargas, e na deslocação,
em vias construídas para tal efeito;
• conhecer as regras de circulação dentro do estaleiro e
sinalização existente (bandeiras, sinais manuais, luminosos e
sonoros).
Caso o trabalho da grua seja realizado na via pública, o local
deve estar sinalizado de acordo com a legislação em vigor.
A maioria dos acidentes com gruas dá-se durante a
montagem/desmontagem e aquando das operações de
elevação/descida de cargas. É fundamental escolher a grua em
função das características da obra, do comprimento da lança,
da capacidade de carga, por exemplo, e estudar
detalhadamente se o equipamento a utilizar não colide com as
infra-estruturas a construir.

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

6
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

3.2 Riscos conexos (e respectivas medidas de prevenção
a tomar em conta)
3.2.1 Ausência ou falha dos dispositivos de fim de curso
• golpes por oscilação de carga, devido a choques
contra os topos;
• ruptura do sistema de elevação por sobrecarga e
danos na estrutura do equipamento;
• queda da carga por falta de manutenção adequada
dos fins de curso.
3.2.2 Manipulação defeituosa da carga
• desconhecimento das normas de segurança por parte
dos trabalhadores;
• carga indevidamente preparada e amarrada;
• não utilização de códigos de sinais normalizados;
• circulação de carga sobre pessoal a trabalhar ou a
passar no local;
• permanência de materiais em zonas de circulação;
• circulação de cargas a alturas inadequadas;
• içar ou transportar pessoal no gancho ou na carga.
3.2.3 Acessórios de elevação e ligação

• desprendimento da carga do gancho;
• ruptura do cabo de suspensão e/ou dos estropos;
• indevida utilização de grampos e manilhas.
Os ganchos e os cabos de suspensão devem ser
inspeccionados periodicamente. Os ganchos devem igualmente
estar equipados com fechos de segurança com mola, ser
forjados numa só peça e estar de acordo com as normas em
vigor.
A carga deve ser distribuída por todos os estropos e os
trabalhadores devem sempre ter muita atenção quanto à carga
máxima suportada pelos cabos, de forma a não a ultrapassar.

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

7
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

4. Equipamentos
móveis de
funcionamento
descontínuo

Este grupo inclui as máquinas que, embora também funcionem
por ciclos, têm capacidade de manobra quase ilimitada e
propulsão própria. São os casos, por exemplo, dos
empilhadores, dos porta-paletes, das pás carregadoras e dos
dumpers.
4.1 Empilhadores

As causas mais comuns de acidentes com empilhadores estão
relacionadas com a queda dos materiais, do condutor ou de
pessoas transportadas ou elevadas, a viragem da própria
máquina ou choques com peões. Existe ainda a possibilidade
de se contrair lesões lombares (no caso de condutores) ou, em
casos extremos, a ocorrência de incêndios e/ou explosões.
Daí que, de maneira a prevenir a existência de acidentes, seja
imperial observar alguns factores, como a limpeza, a disciplina
na arrumação e colocação dos materiais, o estacionamento
das máquinas e o cumprimentos das regras de segurança em
geral, como:
• apenas trabalhadores com a devida licença estão
autorizados a conduzir empilhadores ou outros veículos
industriais:
• os transportes devem sempre ter em conta a altura e
a estabilidade da carga, bem como os locais onde se vai
passar;
• apenas utilizar a marcha-atrás em situações de
recurso (para descidas ou quando não houver visibilidade por
causa da carga);
• a carga deve estar sempre segura no veículo;
• O número de pessoas não pode exceder o número de
assentos disponíveis;
• O limite de velocidade máximo deve ser os 10 km/h;
• quando estacionados, devem ter os comandos em
ponto morto, a ponta das patolas no chão, o travão de mão

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

8
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

accionado e as luzes apagadas;
• é determinantemente proibido estacionar em frente às
saídas de emergência, escadas, carretéis e dentro de vias de
circulação;
• O condutor tem de utilizar sempre equipamento de
protecção individual adequado ao local onde está a trabalhar;
• Os empilhadores deverão ter sempre buzina e luzes e
sinalização sonora de marcha-atrás.
4.1.1 Medidas de Prevenção

Além das regras de segurança anteriormente mencionadas,
existem outras medidas de prevenção que podem e devem ser
implementadas, de modo a minimizar a existência de qualquer
tipo de acidentes:
• limitar a velocidade, sinalizando a velocidade máxima
nas vias de circulação;
• garantir que as vias de circulação têm iluminação
adequada, em especial os pontos de mudança de direcção;
• sinalizar adequadamente os eventuais obstáculos que
se encontrem nas vias de circulação (faixas amarelas e pretas
e, durante a noite, lâmpadas vermelhas);
• circular com os garfos 15 cm acima do nível do chão;
• manter sempre que possível as áreas de trabalho e
vias de circulação limpas e desimpedidas;
• definir sentidos únicos e marcar as vias de circulação
com dimensões adequadas ao tipo de veículos;
• utilizar a buzina sempre que necessário e reduzir a
velocidade nos cruzamentos;
• Instalar espelhos nos cruzamentos.

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

9
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

4.2 Porta-Paletes

Para esta classe de equipamentos é necessário observar a
generalidade das regras previamente analisadas (isto quando
aplicáveis). Cada porta-paletes, seja ele eléctrico ou manual,
terá igualmente que ser acompanhado de um manual de
instruções, onde de dará conta de:
•
•
•
•
•
•

condições normais de funcionamento;
dimensões;
tipo de construção;
material de fabrico;
carga máxima a suportar;
limites de emprego.

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

10
www.oportaldaconstrucao.com
O Portal da Construção

O PORTAL DA CONSTRUÇÃO é um portal agregador de
conteúdos relacionados com as áreas de construção civil,
arquitectura e engenharia civil.
O PORTAL DA CONSTRUÇÃO disponibiliza, entre os seus
conteúdos, um Directório de Empresas do ramo, com o intuito
de proporcionar aos seus utilizadores um fácil e rápido acesso
a contactos relevantes do sector.
O PORTAL DA CONSTRUÇÃO propõe-se a ser
indispensável ferramenta on-line de apoio ao utilizador.

Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas
O Portal da Construção

uma

11
www.oportaldaconstrucao.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalhos em altura e montagem de andaimes1
Trabalhos em altura e montagem de andaimes1Trabalhos em altura e montagem de andaimes1
Trabalhos em altura e montagem de andaimes1
maraizeseguranca
 
Segurança em obra 3 trabalhos em altura
Segurança em obra 3 trabalhos em alturaSegurança em obra 3 trabalhos em altura
Segurança em obra 3 trabalhos em altura
Susana B.
 
Movimentação Manual e Mecânica de Cargas
Movimentação Manual e Mecânica de CargasMovimentação Manual e Mecânica de Cargas
Movimentação Manual e Mecânica de Cargas
André Silva
 
nr 11
nr 11nr 11
Power+point+nr+11
Power+point+nr+11Power+point+nr+11
Power+point+nr+11
Gil Mendes
 
Treinamento de NR 11 para Movimentação de Cargas.pdf (1).pdf
Treinamento de NR 11 para Movimentação de Cargas.pdf (1).pdfTreinamento de NR 11 para Movimentação de Cargas.pdf (1).pdf
Treinamento de NR 11 para Movimentação de Cargas.pdf (1).pdf
AndrerlSiqueira
 
Nr 34
Nr 34Nr 34
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptxTreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
rafaelrustiqueli
 
Nr 11
Nr 11Nr 11
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
José Valfrido
 
Cuidados Oper Elevador Carga
Cuidados Oper Elevador CargaCuidados Oper Elevador Carga
Cuidados Oper Elevador Carga
slideadg
 
pa-carregadeira-conceitos-2
pa-carregadeira-conceitos-2pa-carregadeira-conceitos-2
pa-carregadeira-conceitos-2
Wellington Araújo
 
Porta Paletes Manual - ACT
Porta Paletes Manual - ACTPorta Paletes Manual - ACT
Porta Paletes Manual - ACT
Helena Lamy
 
NR 11
NR 11 NR 11
NR 11
NewAge16
 
71562491 procedimento-operacional-para-plataforma-de-trabalho-aereo-articulada
71562491 procedimento-operacional-para-plataforma-de-trabalho-aereo-articulada71562491 procedimento-operacional-para-plataforma-de-trabalho-aereo-articulada
71562491 procedimento-operacional-para-plataforma-de-trabalho-aereo-articulada
carrovelho
 
Transporte mecanico de_cargas
Transporte mecanico de_cargasTransporte mecanico de_cargas
Transporte mecanico de_cargas
Jupira Silva
 
Plano de rigging para a movimentação segura das cargas instruções gerais
Plano de rigging para a movimentação segura das cargas   instruções geraisPlano de rigging para a movimentação segura das cargas   instruções gerais
Plano de rigging para a movimentação segura das cargas instruções gerais
Universidade Federal Fluminense
 
Curso Operador de Ponte Rolante e Talhas - Reciclagem - NR-11
Curso Operador de Ponte Rolante e Talhas - Reciclagem - NR-11Curso Operador de Ponte Rolante e Talhas - Reciclagem - NR-11
Curso Operador de Ponte Rolante e Talhas - Reciclagem - NR-11
GAC CURSOS ONLINE
 
Segurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeiraSegurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeira
Sergio Roberto Silva
 
Bloqueios de energia
Bloqueios de energiaBloqueios de energia
Bloqueios de energia
sandra brizolla
 

Mais procurados (20)

Trabalhos em altura e montagem de andaimes1
Trabalhos em altura e montagem de andaimes1Trabalhos em altura e montagem de andaimes1
Trabalhos em altura e montagem de andaimes1
 
Segurança em obra 3 trabalhos em altura
Segurança em obra 3 trabalhos em alturaSegurança em obra 3 trabalhos em altura
Segurança em obra 3 trabalhos em altura
 
Movimentação Manual e Mecânica de Cargas
Movimentação Manual e Mecânica de CargasMovimentação Manual e Mecânica de Cargas
Movimentação Manual e Mecânica de Cargas
 
nr 11
nr 11nr 11
nr 11
 
Power+point+nr+11
Power+point+nr+11Power+point+nr+11
Power+point+nr+11
 
Treinamento de NR 11 para Movimentação de Cargas.pdf (1).pdf
Treinamento de NR 11 para Movimentação de Cargas.pdf (1).pdfTreinamento de NR 11 para Movimentação de Cargas.pdf (1).pdf
Treinamento de NR 11 para Movimentação de Cargas.pdf (1).pdf
 
Nr 34
Nr 34Nr 34
Nr 34
 
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptxTreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
TreinamentoNR 11 - Transpaleteira (revisado)(1).pptx
 
Nr 11
Nr 11Nr 11
Nr 11
 
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
 
Cuidados Oper Elevador Carga
Cuidados Oper Elevador CargaCuidados Oper Elevador Carga
Cuidados Oper Elevador Carga
 
pa-carregadeira-conceitos-2
pa-carregadeira-conceitos-2pa-carregadeira-conceitos-2
pa-carregadeira-conceitos-2
 
Porta Paletes Manual - ACT
Porta Paletes Manual - ACTPorta Paletes Manual - ACT
Porta Paletes Manual - ACT
 
NR 11
NR 11 NR 11
NR 11
 
71562491 procedimento-operacional-para-plataforma-de-trabalho-aereo-articulada
71562491 procedimento-operacional-para-plataforma-de-trabalho-aereo-articulada71562491 procedimento-operacional-para-plataforma-de-trabalho-aereo-articulada
71562491 procedimento-operacional-para-plataforma-de-trabalho-aereo-articulada
 
Transporte mecanico de_cargas
Transporte mecanico de_cargasTransporte mecanico de_cargas
Transporte mecanico de_cargas
 
Plano de rigging para a movimentação segura das cargas instruções gerais
Plano de rigging para a movimentação segura das cargas   instruções geraisPlano de rigging para a movimentação segura das cargas   instruções gerais
Plano de rigging para a movimentação segura das cargas instruções gerais
 
Curso Operador de Ponte Rolante e Talhas - Reciclagem - NR-11
Curso Operador de Ponte Rolante e Talhas - Reciclagem - NR-11Curso Operador de Ponte Rolante e Talhas - Reciclagem - NR-11
Curso Operador de Ponte Rolante e Talhas - Reciclagem - NR-11
 
Segurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeiraSegurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeira
 
Bloqueios de energia
Bloqueios de energiaBloqueios de energia
Bloqueios de energia
 

Destaque

MovimentaçãO Manual
MovimentaçãO ManualMovimentaçãO Manual
MovimentaçãO Manual
fabriciosfreitas
 
Ast s-it0054- empilhadores (rev.1)
Ast s-it0054- empilhadores (rev.1)Ast s-it0054- empilhadores (rev.1)
Ast s-it0054- empilhadores (rev.1)
Borsalin
 
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
Risoaldo Cavalcanti
 
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
Pelo Siro
 
Ast s-it0020 - it porta paletes eléctrico
Ast s-it0020 - it porta paletes eléctricoAst s-it0020 - it porta paletes eléctrico
Ast s-it0020 - it porta paletes eléctrico
Borsalin
 
Seguranca cabos
Seguranca cabosSeguranca cabos
Seguranca cabos
André Cabral da Silva
 
Lancer preso estaleiro30-09-14
Lancer preso estaleiro30-09-14Lancer preso estaleiro30-09-14
Lancer preso estaleiro30-09-14
Lancer Castigo
 
Apresentação Coparts Manitou
Apresentação Coparts ManitouApresentação Coparts Manitou
Apresentação Coparts Manitou
Coparts
 
Movimenta -o de carga
Movimenta -o de cargaMovimenta -o de carga
Movimenta -o de carga
Anderson Tavares
 
Guindastes veronezi componentes do guindaste
Guindastes veronezi   componentes do guindasteGuindastes veronezi   componentes do guindaste
Guindastes veronezi componentes do guindaste
Veronezi Guindastes
 
NRS 02 18 24
NRS 02 18 24NRS 02 18 24
NRS 02 18 24
Suzana Nagel
 
Cuidados Oper Grua -58
Cuidados Oper Grua -58Cuidados Oper Grua -58
Cuidados Oper Grua -58
slideadg
 
Etm elaboração do pcmat
Etm   elaboração do pcmatEtm   elaboração do pcmat
Etm elaboração do pcmat
Monalisa Almeida
 
Arquitectura
Arquitectura Arquitectura
Arquitectura
turmab
 
Checklist PCMAT
Checklist  PCMATChecklist  PCMAT
Checklist PCMAT
Antonio Ricardo
 
Diretiva máquinas ppt
Diretiva máquinas pptDiretiva máquinas ppt
Diretiva máquinas ppt
Roberto Medeiros
 
M1 s2 SMET
M1 s2 SMETM1 s2 SMET
M1 s2 SMET
Horacio Guimaraes
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneira
rafaele123
 
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
Pelo Siro
 
Gruas
GruasGruas

Destaque (20)

MovimentaçãO Manual
MovimentaçãO ManualMovimentaçãO Manual
MovimentaçãO Manual
 
Ast s-it0054- empilhadores (rev.1)
Ast s-it0054- empilhadores (rev.1)Ast s-it0054- empilhadores (rev.1)
Ast s-it0054- empilhadores (rev.1)
 
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
29596744 elevacao-e-movimentacao-de-cargas
 
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
 
Ast s-it0020 - it porta paletes eléctrico
Ast s-it0020 - it porta paletes eléctricoAst s-it0020 - it porta paletes eléctrico
Ast s-it0020 - it porta paletes eléctrico
 
Seguranca cabos
Seguranca cabosSeguranca cabos
Seguranca cabos
 
Lancer preso estaleiro30-09-14
Lancer preso estaleiro30-09-14Lancer preso estaleiro30-09-14
Lancer preso estaleiro30-09-14
 
Apresentação Coparts Manitou
Apresentação Coparts ManitouApresentação Coparts Manitou
Apresentação Coparts Manitou
 
Movimenta -o de carga
Movimenta -o de cargaMovimenta -o de carga
Movimenta -o de carga
 
Guindastes veronezi componentes do guindaste
Guindastes veronezi   componentes do guindasteGuindastes veronezi   componentes do guindaste
Guindastes veronezi componentes do guindaste
 
NRS 02 18 24
NRS 02 18 24NRS 02 18 24
NRS 02 18 24
 
Cuidados Oper Grua -58
Cuidados Oper Grua -58Cuidados Oper Grua -58
Cuidados Oper Grua -58
 
Etm elaboração do pcmat
Etm   elaboração do pcmatEtm   elaboração do pcmat
Etm elaboração do pcmat
 
Arquitectura
Arquitectura Arquitectura
Arquitectura
 
Checklist PCMAT
Checklist  PCMATChecklist  PCMAT
Checklist PCMAT
 
Diretiva máquinas ppt
Diretiva máquinas pptDiretiva máquinas ppt
Diretiva máquinas ppt
 
M1 s2 SMET
M1 s2 SMETM1 s2 SMET
M1 s2 SMET
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneira
 
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
1188861283 seguranca no_trabalho-movimentacao_de_cargas
 
Gruas
GruasGruas
Gruas
 

Semelhante a Sht vol-9-movimentacao-mecanica-de-cargas

Where are the Risks - Empilhadeiras
Where are the Risks -  EmpilhadeirasWhere are the Risks -  Empilhadeiras
Where are the Risks - Empilhadeiras
Eugenio Rocha
 
Treinamento Paleteira.pptx................
Treinamento Paleteira.pptx................Treinamento Paleteira.pptx................
Treinamento Paleteira.pptx................
AndersonChristianEuf
 
APRESENTAÇÃO EMPILHADEIRA.ppt
APRESENTAÇÃO EMPILHADEIRA.pptAPRESENTAÇÃO EMPILHADEIRA.ppt
APRESENTAÇÃO EMPILHADEIRA.ppt
LuizCarlos994160
 
TREINAMENTO PONTE ROLANTE 13-05-2021.pptx
TREINAMENTO PONTE ROLANTE 13-05-2021.pptxTREINAMENTO PONTE ROLANTE 13-05-2021.pptx
TREINAMENTO PONTE ROLANTE 13-05-2021.pptx
alexandre750504
 
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdfMOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
Sérgio Alves
 
Operação de elevadores
Operação de elevadoresOperação de elevadores
Operação de elevadores
Anderson Linhares
 
Treinamento nr 11 publicar
Treinamento nr 11  publicarTreinamento nr 11  publicar
Treinamento nr 11 publicar
Burh Empresas
 
Segurança na operação de paleteira - 05473 [ E 1 ].ppt
Segurança na operação de paleteira - 05473 [ E 1 ].pptSegurança na operação de paleteira - 05473 [ E 1 ].ppt
Segurança na operação de paleteira - 05473 [ E 1 ].ppt
baldassin428613
 
128329315 porta paletes--_enviar
128329315 porta paletes--_enviar128329315 porta paletes--_enviar
128329315 porta paletes--_enviar
José Gomes
 
Treinamento pta
Treinamento ptaTreinamento pta
Treinamento pta
RogrioTorresTorres
 
Docslide.com.br 3 treinamento-nr-11-pa-carregadeira
Docslide.com.br 3 treinamento-nr-11-pa-carregadeiraDocslide.com.br 3 treinamento-nr-11-pa-carregadeira
Docslide.com.br 3 treinamento-nr-11-pa-carregadeira
STT Segurança do Trabalho e Treinamentos
 
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptxTreinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
ssuser7d6b72
 
eBbook - Manual de Utilização Cintas de Elevação Robustec_v2.pptx
eBbook - Manual de Utilização Cintas de Elevação Robustec_v2.pptxeBbook - Manual de Utilização Cintas de Elevação Robustec_v2.pptx
eBbook - Manual de Utilização Cintas de Elevação Robustec_v2.pptx
Clinaldo Guedes
 
Treinamento de pta
Treinamento de ptaTreinamento de pta
Treinamento de pta
RogrioTorresTorres
 
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptx
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptxTreinamento de Op de Empilhadeira.pptx
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptx
WilliamPratesMoreira
 
272740018-Curso-de-Operacao-de-PALETEIRA.ppt
272740018-Curso-de-Operacao-de-PALETEIRA.ppt272740018-Curso-de-Operacao-de-PALETEIRA.ppt
272740018-Curso-de-Operacao-de-PALETEIRA.ppt
TalismaConsultoriaeT
 
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizadoOperação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
AndersonChristianEuf
 
Apostila-de-Treinamento-de-Talha.pdf
Apostila-de-Treinamento-de-Talha.pdfApostila-de-Treinamento-de-Talha.pdf
Apostila-de-Treinamento-de-Talha.pdf
ssuser22319e
 
Apostila-de-Treinamento-de-Talha (2).pdf
Apostila-de-Treinamento-de-Talha (2).pdfApostila-de-Treinamento-de-Talha (2).pdf
Apostila-de-Treinamento-de-Talha (2).pdf
ssuser22319e
 
NR 18 PTA Operador de PEMT 4 H 2020 A.pptx
NR 18 PTA  Operador de PEMT 4  H  2020 A.pptxNR 18 PTA  Operador de PEMT 4  H  2020 A.pptx
NR 18 PTA Operador de PEMT 4 H 2020 A.pptx
rcunhacfs
 

Semelhante a Sht vol-9-movimentacao-mecanica-de-cargas (20)

Where are the Risks - Empilhadeiras
Where are the Risks -  EmpilhadeirasWhere are the Risks -  Empilhadeiras
Where are the Risks - Empilhadeiras
 
Treinamento Paleteira.pptx................
Treinamento Paleteira.pptx................Treinamento Paleteira.pptx................
Treinamento Paleteira.pptx................
 
APRESENTAÇÃO EMPILHADEIRA.ppt
APRESENTAÇÃO EMPILHADEIRA.pptAPRESENTAÇÃO EMPILHADEIRA.ppt
APRESENTAÇÃO EMPILHADEIRA.ppt
 
TREINAMENTO PONTE ROLANTE 13-05-2021.pptx
TREINAMENTO PONTE ROLANTE 13-05-2021.pptxTREINAMENTO PONTE ROLANTE 13-05-2021.pptx
TREINAMENTO PONTE ROLANTE 13-05-2021.pptx
 
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdfMOD 9 segurança e sinalização.pdf
MOD 9 segurança e sinalização.pdf
 
Operação de elevadores
Operação de elevadoresOperação de elevadores
Operação de elevadores
 
Treinamento nr 11 publicar
Treinamento nr 11  publicarTreinamento nr 11  publicar
Treinamento nr 11 publicar
 
Segurança na operação de paleteira - 05473 [ E 1 ].ppt
Segurança na operação de paleteira - 05473 [ E 1 ].pptSegurança na operação de paleteira - 05473 [ E 1 ].ppt
Segurança na operação de paleteira - 05473 [ E 1 ].ppt
 
128329315 porta paletes--_enviar
128329315 porta paletes--_enviar128329315 porta paletes--_enviar
128329315 porta paletes--_enviar
 
Treinamento pta
Treinamento ptaTreinamento pta
Treinamento pta
 
Docslide.com.br 3 treinamento-nr-11-pa-carregadeira
Docslide.com.br 3 treinamento-nr-11-pa-carregadeiraDocslide.com.br 3 treinamento-nr-11-pa-carregadeira
Docslide.com.br 3 treinamento-nr-11-pa-carregadeira
 
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptxTreinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
Treinamento NR 11 - Transpaleteira (revisado).pptx
 
eBbook - Manual de Utilização Cintas de Elevação Robustec_v2.pptx
eBbook - Manual de Utilização Cintas de Elevação Robustec_v2.pptxeBbook - Manual de Utilização Cintas de Elevação Robustec_v2.pptx
eBbook - Manual de Utilização Cintas de Elevação Robustec_v2.pptx
 
Treinamento de pta
Treinamento de ptaTreinamento de pta
Treinamento de pta
 
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptx
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptxTreinamento de Op de Empilhadeira.pptx
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptx
 
272740018-Curso-de-Operacao-de-PALETEIRA.ppt
272740018-Curso-de-Operacao-de-PALETEIRA.ppt272740018-Curso-de-Operacao-de-PALETEIRA.ppt
272740018-Curso-de-Operacao-de-PALETEIRA.ppt
 
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizadoOperação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
 
Apostila-de-Treinamento-de-Talha.pdf
Apostila-de-Treinamento-de-Talha.pdfApostila-de-Treinamento-de-Talha.pdf
Apostila-de-Treinamento-de-Talha.pdf
 
Apostila-de-Treinamento-de-Talha (2).pdf
Apostila-de-Treinamento-de-Talha (2).pdfApostila-de-Treinamento-de-Talha (2).pdf
Apostila-de-Treinamento-de-Talha (2).pdf
 
NR 18 PTA Operador de PEMT 4 H 2020 A.pptx
NR 18 PTA  Operador de PEMT 4  H  2020 A.pptxNR 18 PTA  Operador de PEMT 4  H  2020 A.pptx
NR 18 PTA Operador de PEMT 4 H 2020 A.pptx
 

Mais de Ana Cristina Vieira

Restrut
RestrutRestrut
Resistência Estrutural
Resistência EstruturalResistência Estrutural
Resistência Estrutural
Ana Cristina Vieira
 
Resistencia de materiais
Resistencia de materiaisResistencia de materiais
Resistencia de materiais
Ana Cristina Vieira
 
Resistência estrutural do navio
Resistência estrutural do navioResistência estrutural do navio
Resistência estrutural do navio
Ana Cristina Vieira
 
Resistência estrutural do navio
Resistência estrutural do navioResistência estrutural do navio
Resistência estrutural do navio
Ana Cristina Vieira
 
Resistência dos materiais
Resistência dos materiais Resistência dos materiais
Resistência dos materiais
Ana Cristina Vieira
 
Estrutura do Casco dos Navios Metálicos
Estrutura do Casco dos Navios MetálicosEstrutura do Casco dos Navios Metálicos
Estrutura do Casco dos Navios Metálicos
Ana Cristina Vieira
 
Res. estrut aula3
Res. estrut aula3Res. estrut aula3
Res. estrut aula3
Ana Cristina Vieira
 
Esforços sofridos pelas embarcações
Esforços sofridos pelas embarcaçõesEsforços sofridos pelas embarcações
Esforços sofridos pelas embarcações
Ana Cristina Vieira
 
Isostática
IsostáticaIsostática
Isostática
Ana Cristina Vieira
 
Comportamento estrutural de navios sobre flexão e flambagem
Comportamento estrutural de navios sobre flexão e flambagemComportamento estrutural de navios sobre flexão e flambagem
Comportamento estrutural de navios sobre flexão e flambagem
Ana Cristina Vieira
 
Aula18(3)
Aula18(3)Aula18(3)
Resistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais IIResistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais II
Ana Cristina Vieira
 
Resistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais IIResistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais II
Ana Cristina Vieira
 
Resistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais IIResistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais II
Ana Cristina Vieira
 
Resistência Estrutural I
Resistência Estrutural IResistência Estrutural I
Resistência Estrutural I
Ana Cristina Vieira
 
Turrets
TurretsTurrets
Resistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais IIResistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais II
Ana Cristina Vieira
 
Tubulações
TubulaçõesTubulações
Tubulações
Ana Cristina Vieira
 
Art nav03a classificação
Art nav03a classificaçãoArt nav03a classificação
Art nav03a classificação
Ana Cristina Vieira
 

Mais de Ana Cristina Vieira (20)

Restrut
RestrutRestrut
Restrut
 
Resistência Estrutural
Resistência EstruturalResistência Estrutural
Resistência Estrutural
 
Resistencia de materiais
Resistencia de materiaisResistencia de materiais
Resistencia de materiais
 
Resistência estrutural do navio
Resistência estrutural do navioResistência estrutural do navio
Resistência estrutural do navio
 
Resistência estrutural do navio
Resistência estrutural do navioResistência estrutural do navio
Resistência estrutural do navio
 
Resistência dos materiais
Resistência dos materiais Resistência dos materiais
Resistência dos materiais
 
Estrutura do Casco dos Navios Metálicos
Estrutura do Casco dos Navios MetálicosEstrutura do Casco dos Navios Metálicos
Estrutura do Casco dos Navios Metálicos
 
Res. estrut aula3
Res. estrut aula3Res. estrut aula3
Res. estrut aula3
 
Esforços sofridos pelas embarcações
Esforços sofridos pelas embarcaçõesEsforços sofridos pelas embarcações
Esforços sofridos pelas embarcações
 
Isostática
IsostáticaIsostática
Isostática
 
Comportamento estrutural de navios sobre flexão e flambagem
Comportamento estrutural de navios sobre flexão e flambagemComportamento estrutural de navios sobre flexão e flambagem
Comportamento estrutural de navios sobre flexão e flambagem
 
Aula18(3)
Aula18(3)Aula18(3)
Aula18(3)
 
Resistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais IIResistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais II
 
Resistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais IIResistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais II
 
Resistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais IIResistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais II
 
Resistência Estrutural I
Resistência Estrutural IResistência Estrutural I
Resistência Estrutural I
 
Turrets
TurretsTurrets
Turrets
 
Resistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais IIResistência dos Materiais II
Resistência dos Materiais II
 
Tubulações
TubulaçõesTubulações
Tubulações
 
Art nav03a classificação
Art nav03a classificaçãoArt nav03a classificação
Art nav03a classificação
 

Sht vol-9-movimentacao-mecanica-de-cargas

  • 1. O Portal da Construção Guia Técnico Segurança e Higiene no Trabalho Volume IX – Movimentação Mecânica de Cargas um Guia Técnico de O Portal da Construção www.oportaldaconstrucao.com Copyright O Portal da Construção, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído sem a expressa autorização de O Portal da Construção. Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 1 www.oportaldaconstrucao.com
  • 2. O Portal da Construção 1. Introdução Índice ........... 3 2. Equipamentos de funcionamento contínuo em percurso pré-estabelecido .. 4 3. Equipamentos de funcionamento descontínuo de movimentação limitada .. 6 4. Equipamentos móveis de funcionamento descontínuo ......... 8 Sobre os autores deste Guia Técnico ... 11 Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 2 www.oportaldaconstrucao.com
  • 3. O Portal da Construção 1.Introdução O transporte de cargas volumosas e/ou pesadas pode ser realizado manual (como vimos no volume anterior deste Guia Técnico) ou mecânicamente. A movimentação mecânica de cargas é uma actividade que compreende o transporte de cargas de um determinado ponto para outro, de forma planeada e segura, e com recurso a um determinado conjunto de meios e materiais. Esta operação compreende as seguintes fases: • elevação (ou carga); • manobra livre (ou movimentação); • assentamento (ou descarga). Existem várias formas de classificar os equipamentos de movimentação mecânica de carga. Por exemplo, a Fédération Européenne de la Manutention (FEM), criou uma classificação em 1960, e cuja revisão de 2004 tinha os seguintes campos: • • • • • • Aparelhos pesados de elevação e movimentação; Transportadores contínuos; Empilhadores; Gruas móveis; Elevadores, escadas rolantes e tapetes rolantes; Aparelhos de elevação série. Outra hipótese de classificação, que iremos adoptar neste capítulo, é quanto ao seu tipo de funcionamento e mobilidade: • Equipamentos de funcionamento contínuo em percurso pré-estabelecido; • Equipamentos de funcionamento descontínuo de movimentação limitada; • Equipamentos móveis de funcionamento descontínuo. De seguida, vamos analisar alguns dos principais tipos de máquinas de transporte de cargas, os maiores riscos associados e o que fazer para os prevenir. Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 3 www.oportaldaconstrucao.com
  • 4. O Portal da Construção 2. Equipamentos de funcionamento contínuo em percurso préestabelecido 2.1 Transportadores de rolos: Este tipo de equipamento está instalado a reduzida altura do pavimento, sendo a sua utilização muito habitual em linhas de produção, com carros automáticos colocados nos topos dos transportadores, como forma de ligação e distribuição entre várias linhas de transportadores. Os transportadores de rolos podem nem sempre funcionar mecanicamente: a carga também pode ser movimentada por impulso manual. Riscos Conexos: • embate de carros automáticos; • embate de cargas. 2.2 Transportadores de telas ou de correias: Riscos Conexos: • riscos mecânicos; • riscos eléctricos; • queda de materiais, relacionados com a manutenção Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 4 www.oportaldaconstrucao.com
  • 5. O Portal da Construção 2.3 Transportadores inclinado) por gravidade (ou de plano Este tipo de máquina deverá ter dispositivos que impeçam a introdução das mãos do operador. Na eventualidade da ocorrência de um bloqueio no transportador, o trabalhador nunca deverá utilizar as mãos, mas sim varas especiais concebidas para o efeito. Riscos Conexos: • Lesões por esmagamento dos operadores. 2.4 Transportadores de parafusos sem fim Este tipo de equipamento é formado por parafusos que fazem a carga movimentar-se ao girarem em torno do seu eixo. Este equipamento é principalmente empregue no transporte de materiais granulosos ou líquidos, em pequenas distâncias ou desníveis. Riscos Conexos: • Já que estes parafusos são normalmente blindados, habitualmente não apresentam riscos de maior, desde que se cumpram as regras básicas de segurança, aquando da sua manipulação. Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 5 www.oportaldaconstrucao.com
  • 6. O Portal da Construção 3. Equipamentos de funcionamento descontínuo de movimentação limitada Neste grupo, estão incluídas as máquinas que funcionam por ciclos desfasados no tempo (carga, transporte e descarga) e que possuem mobilidade segundo dois ou três eixos num espaço restrito. São exemplo as gruas (sobre as quais nos iremos focar), os guindastes, os diferenciais, entre outros. Este tipo de máquinas pode ser comandada por betoneira, em cabine de comando ou por rádio-controlo. 3.1 Gruas As operações envolvendo gruas assumem sempre risco, muitas vezes elevado. O operador tem de estar certificado e possuir formação técnica e psicológica válida e actualizada, de modo a que a actividade decorra de forma segura e produtiva. No decorrer da sua actividade, o manobrador deve: • respeitar as normas; • conhecer as capacidades do equipamento; • garantir o equilíbrio do equipamento durante a subida, descida e rotação no transporte das cargas, e na deslocação, em vias construídas para tal efeito; • conhecer as regras de circulação dentro do estaleiro e sinalização existente (bandeiras, sinais manuais, luminosos e sonoros). Caso o trabalho da grua seja realizado na via pública, o local deve estar sinalizado de acordo com a legislação em vigor. A maioria dos acidentes com gruas dá-se durante a montagem/desmontagem e aquando das operações de elevação/descida de cargas. É fundamental escolher a grua em função das características da obra, do comprimento da lança, da capacidade de carga, por exemplo, e estudar detalhadamente se o equipamento a utilizar não colide com as infra-estruturas a construir. Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 6 www.oportaldaconstrucao.com
  • 7. O Portal da Construção 3.2 Riscos conexos (e respectivas medidas de prevenção a tomar em conta) 3.2.1 Ausência ou falha dos dispositivos de fim de curso • golpes por oscilação de carga, devido a choques contra os topos; • ruptura do sistema de elevação por sobrecarga e danos na estrutura do equipamento; • queda da carga por falta de manutenção adequada dos fins de curso. 3.2.2 Manipulação defeituosa da carga • desconhecimento das normas de segurança por parte dos trabalhadores; • carga indevidamente preparada e amarrada; • não utilização de códigos de sinais normalizados; • circulação de carga sobre pessoal a trabalhar ou a passar no local; • permanência de materiais em zonas de circulação; • circulação de cargas a alturas inadequadas; • içar ou transportar pessoal no gancho ou na carga. 3.2.3 Acessórios de elevação e ligação • desprendimento da carga do gancho; • ruptura do cabo de suspensão e/ou dos estropos; • indevida utilização de grampos e manilhas. Os ganchos e os cabos de suspensão devem ser inspeccionados periodicamente. Os ganchos devem igualmente estar equipados com fechos de segurança com mola, ser forjados numa só peça e estar de acordo com as normas em vigor. A carga deve ser distribuída por todos os estropos e os trabalhadores devem sempre ter muita atenção quanto à carga máxima suportada pelos cabos, de forma a não a ultrapassar. Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 7 www.oportaldaconstrucao.com
  • 8. O Portal da Construção 4. Equipamentos móveis de funcionamento descontínuo Este grupo inclui as máquinas que, embora também funcionem por ciclos, têm capacidade de manobra quase ilimitada e propulsão própria. São os casos, por exemplo, dos empilhadores, dos porta-paletes, das pás carregadoras e dos dumpers. 4.1 Empilhadores As causas mais comuns de acidentes com empilhadores estão relacionadas com a queda dos materiais, do condutor ou de pessoas transportadas ou elevadas, a viragem da própria máquina ou choques com peões. Existe ainda a possibilidade de se contrair lesões lombares (no caso de condutores) ou, em casos extremos, a ocorrência de incêndios e/ou explosões. Daí que, de maneira a prevenir a existência de acidentes, seja imperial observar alguns factores, como a limpeza, a disciplina na arrumação e colocação dos materiais, o estacionamento das máquinas e o cumprimentos das regras de segurança em geral, como: • apenas trabalhadores com a devida licença estão autorizados a conduzir empilhadores ou outros veículos industriais: • os transportes devem sempre ter em conta a altura e a estabilidade da carga, bem como os locais onde se vai passar; • apenas utilizar a marcha-atrás em situações de recurso (para descidas ou quando não houver visibilidade por causa da carga); • a carga deve estar sempre segura no veículo; • O número de pessoas não pode exceder o número de assentos disponíveis; • O limite de velocidade máximo deve ser os 10 km/h; • quando estacionados, devem ter os comandos em ponto morto, a ponta das patolas no chão, o travão de mão Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 8 www.oportaldaconstrucao.com
  • 9. O Portal da Construção accionado e as luzes apagadas; • é determinantemente proibido estacionar em frente às saídas de emergência, escadas, carretéis e dentro de vias de circulação; • O condutor tem de utilizar sempre equipamento de protecção individual adequado ao local onde está a trabalhar; • Os empilhadores deverão ter sempre buzina e luzes e sinalização sonora de marcha-atrás. 4.1.1 Medidas de Prevenção Além das regras de segurança anteriormente mencionadas, existem outras medidas de prevenção que podem e devem ser implementadas, de modo a minimizar a existência de qualquer tipo de acidentes: • limitar a velocidade, sinalizando a velocidade máxima nas vias de circulação; • garantir que as vias de circulação têm iluminação adequada, em especial os pontos de mudança de direcção; • sinalizar adequadamente os eventuais obstáculos que se encontrem nas vias de circulação (faixas amarelas e pretas e, durante a noite, lâmpadas vermelhas); • circular com os garfos 15 cm acima do nível do chão; • manter sempre que possível as áreas de trabalho e vias de circulação limpas e desimpedidas; • definir sentidos únicos e marcar as vias de circulação com dimensões adequadas ao tipo de veículos; • utilizar a buzina sempre que necessário e reduzir a velocidade nos cruzamentos; • Instalar espelhos nos cruzamentos. Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 9 www.oportaldaconstrucao.com
  • 10. O Portal da Construção 4.2 Porta-Paletes Para esta classe de equipamentos é necessário observar a generalidade das regras previamente analisadas (isto quando aplicáveis). Cada porta-paletes, seja ele eléctrico ou manual, terá igualmente que ser acompanhado de um manual de instruções, onde de dará conta de: • • • • • • condições normais de funcionamento; dimensões; tipo de construção; material de fabrico; carga máxima a suportar; limites de emprego. Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção 10 www.oportaldaconstrucao.com
  • 11. O Portal da Construção O PORTAL DA CONSTRUÇÃO é um portal agregador de conteúdos relacionados com as áreas de construção civil, arquitectura e engenharia civil. O PORTAL DA CONSTRUÇÃO disponibiliza, entre os seus conteúdos, um Directório de Empresas do ramo, com o intuito de proporcionar aos seus utilizadores um fácil e rápido acesso a contactos relevantes do sector. O PORTAL DA CONSTRUÇÃO propõe-se a ser indispensável ferramenta on-line de apoio ao utilizador. Segurança e Higiene no Trabalho: Movimentação Mecânica de Cargas O Portal da Construção uma 11 www.oportaldaconstrucao.com