SlideShare uma empresa Scribd logo
0
1
PROJETO SEMEANDO VALORES, COLHENDO VIRTUDES
Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará,
se esta, se aquela, ou se ambas serão igualmente boas.
Eclesiastes 11:6
PROGRAMA
TEMA 1
RESPEITO
Respeitar é: Tratar o outro como se ele fosse você. / Aceitar as diferenças do outro. / Aceitar que o outro tenha sua opinião. / Entender
que os mais velhos merecem consideração.
TEMA 2
PRECONCEITO
Ter preconceito é: Não dar o valor devido ao outro. / Julgar alguém pela aparência. / Não respeitar o outro por causa do que você acha
que ele é. / Desprezar o outro por causa de sua cor e condição social.
2
TEMA 3
AMIZADE
Ser amigo é: E star sempre disposto a ajudar o outro / Ser sincero sempre! / Ser companheiro, ser irmão. / Se preocupar com os
sentimentos do outro.
TEMA 4
TOLERÂNCIA
Tolerância é: Suportar os defeitos do outro. / Aceitar que o outro não é como você. / Saber trabalhar junto. / Se colocar no lugar do
outro.
TEMA 5
RESPONSABILIDADE
Responsabilidade é: Dar valor a tudo que lhe confiam. / Cumprir sua tarefa com honestidade. / Realizar sua tarefa, mesmo que ela não
lhe dê tanto prazer. / Fazer a sua parte.
3
TEMA 6
DETERMINAÇÃO
Determinação é: Acreditar que você conseguirá. / Continuar a pesar das dificuldades. / Lutar pelo seu objetivo. / Acreditar que sempre
há um potencial escondido em você.
TEMA 7
SABEDORIA
Sabedoria é: Buscar sempre a melhor solução. / Viver o hoje e planejar o amanhã. / Escolher bem suas companhias / saber se
comportar diante da alegria e da dor, sabendo que tudo passará.
TEMA 8
SOLIDARIEDADE
Solidariedade é: Se importar com o outro. / Fazer o bem sem olhar a quem. / Se preocupar com o que o outro precisa. /
Dar ao outro a ajuda que você gostaria de receber.
4
TEMA 9
GRATIDÃO
Gratidão é: Reconhecer o bem que o outro lhe faz. / Querer bem aquele que tem muito a nos ensinar. / Pagar o bem
com o bem. / Reconhecer e valorizar o outro.
TEMA 10
PACIÊNCIA
Paciência é: Deixar que as coisas aconteçam naturalmente. / Não estar ansioso para que as coisas aconteçam. /Saber
esperar para ter certeza do que está acontecendo. / Buscar entendimento para tirar conclusões.
:
5
RESPEITO
Relevância do tema:
Aprender a ter respeito pelo próximo é uma preciosa lição para quem está começando sua vida.
Hoje é possível ver nitidamente, o que a falta de respeito causa na nossa sociedade. Vivemos
rodeados por pessoas frias que não se importam minimamente com aqueles que estão ao seu lado.
O pior resultado normalmente é mostrado nos telejornais. São tantos os casos de violência que
acabam sempre em tragédia!
Alunos que não respeitam seus professores.
Crianças que não respeitam seus pais a tal ponto de cometerem homicídios.
Pessoas que perdem a vida por não respeitarem o direito do outro.
Nossas crianças precisam aprender o significado pleno dessa simples palavra.
Amar ao próximo como a si mesmo não é uma tarefa fácil. Mas quando aprendemos a respeita-lo
damos o primeiro passo para cumprir esse grande mandamento que Jesus nos deixou.
6
SUMÁRIO
1 - Respeitar é tratar o outro como se ele fosse você ............................. 7
Assembléia na Carpintaria
2 - Respeitar é aceitar as diferenças do outro......................................... 10
A barriga e os membros
3- Respeitar é aceitar que o outro tenha sua opinião.............. 12
A bomba d’água
Aconteceu “Luiza e Ricardo”
4 - Respeitar é entender que os mais velhos merecem consideração
especial...................................................................................................... 16
Crianças indígenas
O mundo pede paz
7
RESPEITO
Em outras palavras RESPEITAR é...
ASSEMBLÉIA NA CARPINTARIA
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 1
Tratar com reverência, considerar, honrar, não prejudicar.
Contam que na carpintaria certa vez, houve uma estranha assembleia. Foi
uma reunião das ferramentas para acertar suas diferenças. O martelo exerceu
a presidência, mas os participantes lhe notificaram que teria que renunciar. A
causa? Fazia demasiado barulho e, além do mais, passava todo o tempo
golpeando.
O martelo aceitou sua culpa, mas pediu que também fosse expulso o
parafuso, dizendo que ele dava muitas voltas para conseguir algo. Diante do
ataque, o parafuso concordou, mas por sua vez, pediu a expulsão da lixa.
Dizia que ela era muito áspera no tratamento com os demais, entrando
sempre em atritos.
A lixa acatou, com a condição de que se expulsasse o metro, que sempre
media os outros segundo a sua medida, como se fora o único perfeito.
Nesse momento entrou o carpinteiro, juntou o material e iniciou seu trabalho.
Utilizou o martelo, a lixa, o metro e o parafuso. Finalmente, a rústica madeira
se converteu num fino móvel.
Quando a carpintaria ficou novamente só, a assembleia reativou a discussão.
Foi então que o serrote tomou a palavra e disse:
8
“Senhores, ficou bem claro que temos defeitos, mas o carpinteiro trabalhou com nossas qualidades, com nossos pontos valiosos.
Assim, é melhor não pensarmos em nossos pontos fracos, e concentramo-nos em nossos pontos fortes. Cada um é o que é e
devemos respeitar isso!”
A assembleia entendeu que o martelo era forte, o parafuso unia e dava força, a lixa era especial para limar e afinar asperezas, e o
metro era preciso e exato. Sentiram-se então como uma equipe capaz de produzir móveis de qualidade. Sentiram alegria pela
oportunidade de trabalharem juntos.
Ocorre o mesmo com os seres humanos. Basta observar e comprovar. Quando uma pessoa busca defeitos em outra, a situação
torna-se tensa e negativa. Ao contrário, quando se entende que cada um é especial e se respeita isso, florescem as melhores
conquistas humanas.
É fácil encontrar defeitos. Qualquer um pode fazê-lo. Mas respeitar as diferenças do outro e tratá-lo com respeito, isto é só para os
sábios.
Vamos conversar:
É verdade que cada um de nós tem qualidades e defeitos.
Aquele que diz que não tem defeito está mentindo.
Quando lembramos que não somos perfeitos nos tornamos mais
capazes de respeitar os outros, porque eles são como nós.
Você tem defeito? Fale um deles.
Você tem qualidades? Fale uma delas.
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 1
Disse Jesus:
Este é o segundo grande mandamento, amarás
ao teu próximo como a ti mesmo.
Mateus 22:39
9
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 1
DEFEITOS
Egoísta
Bagunceiro (a)
Tagarela
Preguiçoso (a)
Chato (a)
Mandão (dona)
Irritante
Exibido (a)
QUALIDADES
Estudioso (a)
Solidário (a)
Amigável
Alegre
Leal
Criativo (a)
Educado (a)
Compreensivo(a)
Vamos fazer um teste!
DEFEITOS
Egoísta
Bagunceiro (a)
Tagarela
Preguiçoso (a)
Chato (a)
Mandão (dona)
Irritante
Exibido (a)
QUALIDADES
Estudioso (a)
Solidário (a)
Amigável
Alegre
Leal
Criativo (a)
Educado (a)
Compreensivo(a)
DEFEITOS
Egoísta
Bagunceiro (a)
Tagarela
Preguiçoso (a)
Chato (a)
Mandão (dona)
Irritante
Exibido (a)
QUALIDADES
Estudioso (a)
Solidário (a)
Amigável
Alegre
Leal
Criativo (a)
Educado (a)
Compreensivo(a)
10
RESPEITO
Em outras palavras RESPEITAR é...
A BARRIGA E OS MEMBROS
As mãos não conseguiam se mexer, a boca murchou e as pernas nem eram capazes de se sustentar sobre os
pés.
Assim, os membros descobriram que a barriga, a seu modo, realiza uma tarefa importante para o corpo, e que
todos devem trabalhar juntos e fazer a sua parte para que o corpo possa funcionar.
Certo dia, ocorreu aos membros do corpo que só eles
trabalhavam enquanto a barriga sozinha recebia toda a comida.
Eles decidiram então fazer uma reunião, e, após longa
discussão, resolveram entrar em greve até que a barriga
concordasse em realizar uma parte do trabalho.
Durante alguns dias, as mãos se recusaram a pegar os
alimentos e a boca se recusou a recebê-los.
Passado algum tempo, no entanto, os membros começaram a
se sentir fracos.
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 2
Tratar com reverência, considerar , honrar, não prejudicar.
11
Vamos brincar!
A brincadeira consiste em levar objetos de um lugar
para outro. Mas ...
1- Escolha umaa criança.
2- Amarre as mãos dela para trás.
3- Peça que ela leve os objetos de um lugar para outro.
4- Escolha outra criança.
5- Amarre os pés dela.
6- Peça que ela leve os objetos de um lugar para o outro.
7- Escolha outra criança.
8- Coloque uma venda nos olhos dela.
9- Peça que ela leve os objetos de um lugar para o outro.
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 2
Vamos conversar:
Cada um de nós tem o seu valor.
Não podemos desprezar ninguém, pela aparência ou por
qualquer outro motivo.
Você e eu somos diferentes. Mas isso não quer dizer que
você é melhor que eu ou que eu sou melhor que você!
Eu sou eu, tenho minhas habilidades.
Você é você e tem também as suas.
Quem sabe no futuro você será o médico que vai salvar a
minha vida ou eu serei o advogado que vai defender a sua
causa.
A Bíblia diz em I Coríntios 12: 12 – 27.
Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.
Se o pé disser: Porque não sou mão não sou do corpo; não
será por isso do corpo?
Continua .....
12
RESPEITO
Em outras palavras RESPEITAR é...
A B OMDA D 'Á GUA
Um homem estava perdido no deserto, prestes a morrer de sede.
Até que ele chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas e sem teto.
Andou por ali e encontrou uma pequena sombra onde se acomodou, fugindo do calor
do sol desértico.
Olhando ao redor, viu uma velha bomba de água, bem enferrujada.
Ele se arrastou até a bomba, agarrou a manivela e começou a bombear, a bombear, a
bombear sem parar.
Nada aconteceu.
Desapontado, caiu prostrado, para trás.
E notou que ao seu lado havia uma velha garrafa. Olhou-a, limpou-a, removendo a
sujeira e o pó, e leu um recado que dizia:
”Meu Amigo, você precisa primeiro preparar a bomba derramando sobre ela toda água
desta garrafa.
Depois faça o favor de encher a garrafa outra vez antes de partir, para o próximo
viajante.
" O homem arrancou a rolha da garrafa e de fato, lá estava a água.
A garrafa estava quase cheia de água!
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 3
Tratar com reverência, considerar, honrar, não prejudicar.
13
De repente, ele se viu num dilema.
Se bebesse aquela água, poderia sobreviver.
Mas se despejasse toda aquela água na velha bomba enferrujada, e ela não funcionasse morreria de sede.
Que fazer? Despejar a água na velha bomba e esperar vir a ter água fresca, fria, ou beber a água da velha
garrafa e desprezar a mensagem? Com relutância, o homem despejou toda a água na bomba.
Em seguida, agarrou a manivela e começou a bombear... e a bomba pôs-se a ranger e chiar sem fim. E nada
aconteceu!
E a bomba foi rangendo e chiando.
Então, surgiu um fiozinho de água, depois, um pequeno fluxo e finalmente, a água jorrou com abundância! Para
alívio do homem a bomba velha fez jorrar água fresca e cristalina.
Ele encheu a garrafa e bebeu dela ansiosamente.
Encheu-a outra vez e tornou a beber seu conteúdo refrescante.
Em seguida, voltou a encher a garrafa para o próximo viajante.
Encheu-a até o gargalo, arrolhou-a e acrescentou uma pequena nota:
"Creia-me, funciona.
Você precisa dar toda a água antes de poder obtê-la de volta.
Vamos conversar:
Você sabe que alguém pode morrer de sede?
O nosso corpo precisa de água, se não o organismo para de funcionar.
O viajante estava sedento. Poderia morrer se não tomasse água.
Você teria coragem de fazer o que ele fez?
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 3
14
Precisamos aprender a respeitar a opinião do outro!
Vamos praticar?
Aqui está uma lista de perguntas.
Uma criança escolherá um número de 1 a 8.
Leia para o grupo a pergunta referente ao número escolhido.
A criança que recebeu a pergunta deve responder, justificar sua resposta e depois escolher alguém pra responder também.
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 3
1- Você passa na rua e encontra uma nota de R$ 50,00.
Mas nela está escrito o nome e o endereço da pessoa
que a perdeu. O que você faria?
2- Você vai viajar e pode levar apenas uma dessas
coisas: skate, patins, computador ou um gibi. O que
você levaria?
3- Num restaurante maluco servem muitos pratos
malucos como: Espaguete com molho de morango,
batatas fritas com cobertura de chocolate e sopa de
frutas. Imagine que você esteja uma semana sem
comer. Qual desses pratos você escolheria.
4- Uma loja resolveu dar cinco tipos de brindes para
seus clientes: um abridor de lata, uma lixa de unhas,
uma figurinha de sapo, um pente sem dente e um
pirulito de café. Qual desses brindes você escolheria?
5- Se fosse possível escolher um desses bichos como
animal de estimação, qual escolheria? Urso polar,
leão, macaco, cobra ou jacaré.
6- Se você ganhasse uma viagem para a Disney com
direito a levar um acompanhante, quem você
levaria?
7- Se você fosse viajar para uma ilha deserta e só
pudesse levar um objeto o que você levaria?
8- Se você pudesse escolher um novo nome para si,
qual escolheria?
15
Nós acabamos de praticar o respeito à opinião do outro.
Mas muita gente por aí, não faz isso.
A falta de respeito pode causar muitas tragédias.
ACONTECEU!
Ricardo tinha 12 anos, quando isso aconteceu.
Morava numa cidade do interior com seus pais e irmãos.
Todos os dias ia à escola acompanhado por dois vizinhos.
Na sala de aula ele era um aluno normal, com notas normais, nem altas nem baixas.
Mas o mocinho gostava de falar. Sempre dizia o que pensava.
Um dia uma coisa ruim aconteceu.
Numa rodinha de conversa, o Ricardo disse o que Luiza não queria ouvir.
Luiza era uma menina brava e autoritária. Ela sempre queria ter razão.
Ao ouvir o comentário do amigo, Luíza ficou furiosa e num momento impensado ela
levou o lápis que tinha na mão ao olho de Ricardo, e o furou.
Naquele dia duas crianças tiveram suas vidas mudadas para sempre.
Ricardo perdeu a visão de um olho e Luiza foi parar no juizado de menores, e seus pais tiveram grandes
problemas.
Tudo aconteceu porque Luíza não soube respeitar a opinião de Ricardo.
A Bíblia diz em Mateus 7:12
“Façam aos outros o que vocês querem que lhes façam.”
Aquele que quer ser tratado com respeito, também deve respeitar. Essa é uma lição que valerá para toda a
sua vida.
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 3
16
RESPEITO
Em outras palavras RESPEITAR é...
CRIANÇAS INDÍGENAS
Não se encontra entre todas as crianças, meninos e meninas que tenham tanto
respeito pelos mais velhos do que as crianças indígenas.
Na tribo, cada um tem seu papel.
As mulheres cuidam da roça, os pais caçam, os avós ensinam os mais novos e
ajudam a resolver os problemas e as crianças...
Elas respeitam todos eles!
O pai pede água, e o filho vai buscar sem reclamar, porque sabe que o a pai merece, afinal é ele que trás
comida e cuida da família.
A mãe dá uma bronca e os filhos recebem sem retrucar, pois sabem que ela só quer o seu bem.
As crianças sentam para ouvir seus avós, porque sabem que eles têm muito para ensinar.
Puxa! Que bom seria se todas as crianças fossem assim!
Tratar com reverência, considerar, honrar, não prejudicar.
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 4
17
Procure na Bíblia as referências e depois responda:
O MUNDO PEDE POR PAZ
Eu mereço respeito por quê?
Salmo 127:3
Por que vocês devem respeitar
seus pais?
Provérbios 10:1
.
Há tantas guerras acontecendo!
Algumas acontecem longe de nós, outras tão perto!
O mundo precisa de paz, mas para que isso aconteça, ela deve começar dentro de casa.
A paz só pode morar nos lugares onde há RESPEITO.
Quando você falta com respeito aos seus pais, você começa mais uma guerra dentro da sua casa.
Sem respeito há brigas e onde há briga a paz não pode ficar.
“No que depender de vocês, tenham paz com todos!” Romanos 12:18
Por que devemos respeitar os
mais velhos?
Levítico 19:32
Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 4
18
Organização:
Adriana Oliveira
e-mail: aoliveira2014@yahoo.com.br
Ministério Por Todas as Crianças da Terra

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bullying
Bullying Bullying
Bullying na Escola
Bullying na EscolaBullying na Escola
Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
Isabella Paiva Pereira
 
Discriminação racial
Discriminação racialDiscriminação racial
Discriminação racial
Mónica Martins
 
PRECONCEITO - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS (SEMINÁRIO/TCC)
PRECONCEITO - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS (SEMINÁRIO/TCC) PRECONCEITO - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS (SEMINÁRIO/TCC)
PRECONCEITO - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS (SEMINÁRIO/TCC)
Nyla Dias
 
Preconceito e intolerência
Preconceito e intolerênciaPreconceito e intolerência
Preconceito e intolerência
Victor Claudio
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
Estado do RS
 
Projeto contra racismo na escola
Projeto contra racismo na escolaProjeto contra racismo na escola
Projeto contra racismo na escola
nivalda
 
Preconceitos diante a Sociedade
Preconceitos diante a SociedadePreconceitos diante a Sociedade
Preconceitos diante a Sociedade
Samara Luz
 
Projeto consciência negra
Projeto consciência negraProjeto consciência negra
Projeto consciência negra
vaniaabatista
 
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolarPreconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
Flávia Cunha Lima
 
Racismo
RacismoRacismo
Racismo
Ana Barros
 
Dinâmica das emoções
Dinâmica das emoçõesDinâmica das emoções
Dinâmica das emoções
Thais Fraga
 
Bullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunosBullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunos
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra   EC46 - Limites em casa e na escolaPalestra   EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Anaí Peña
 
PROJETO DIA DAS CRIANÇAS
PROJETO DIA DAS CRIANÇASPROJETO DIA DAS CRIANÇAS
PROJETO DIA DAS CRIANÇAS
Paulo David
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
Priscila Gomes
 
Respeito
RespeitoRespeito
Projeto educação infantil etnico racial
Projeto educação infantil etnico racialProjeto educação infantil etnico racial
Projeto educação infantil etnico racial
Emjac De Abreu Campanário
 
Racismo trabalho
Racismo trabalhoRacismo trabalho
Racismo trabalho
PTAI
 

Mais procurados (20)

Bullying
Bullying Bullying
Bullying
 
Bullying na Escola
Bullying na EscolaBullying na Escola
Bullying na Escola
 
Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
 
Discriminação racial
Discriminação racialDiscriminação racial
Discriminação racial
 
PRECONCEITO - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS (SEMINÁRIO/TCC)
PRECONCEITO - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS (SEMINÁRIO/TCC) PRECONCEITO - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS (SEMINÁRIO/TCC)
PRECONCEITO - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS (SEMINÁRIO/TCC)
 
Preconceito e intolerência
Preconceito e intolerênciaPreconceito e intolerência
Preconceito e intolerência
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
 
Projeto contra racismo na escola
Projeto contra racismo na escolaProjeto contra racismo na escola
Projeto contra racismo na escola
 
Preconceitos diante a Sociedade
Preconceitos diante a SociedadePreconceitos diante a Sociedade
Preconceitos diante a Sociedade
 
Projeto consciência negra
Projeto consciência negraProjeto consciência negra
Projeto consciência negra
 
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolarPreconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
 
Racismo
RacismoRacismo
Racismo
 
Dinâmica das emoções
Dinâmica das emoçõesDinâmica das emoções
Dinâmica das emoções
 
Bullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunosBullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunos
 
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra   EC46 - Limites em casa e na escolaPalestra   EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
 
PROJETO DIA DAS CRIANÇAS
PROJETO DIA DAS CRIANÇASPROJETO DIA DAS CRIANÇAS
PROJETO DIA DAS CRIANÇAS
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
 
Respeito
RespeitoRespeito
Respeito
 
Projeto educação infantil etnico racial
Projeto educação infantil etnico racialProjeto educação infantil etnico racial
Projeto educação infantil etnico racial
 
Racismo trabalho
Racismo trabalhoRacismo trabalho
Racismo trabalho
 

Destaque

Respeitar
RespeitarRespeitar
Respeitar
rose Nascimento
 
Projeto A paz que eu quero ter
Projeto A paz que eu quero terProjeto A paz que eu quero ter
Projeto A paz que eu quero ter
Jucf
 
Semeando cultura de paz nas escolas
Semeando cultura de paz nas escolasSemeando cultura de paz nas escolas
Semeando cultura de paz nas escolas
Lenço De Seda Cecab
 
Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola
guest635ad82
 
Diversidade na escola
Diversidade na escolaDiversidade na escola
Diversidade na escola
Kellona Christina
 
Diversidade e respeito
Diversidade e respeitoDiversidade e respeito
Diversidade e respeito
Fixe Fixe
 

Destaque (6)

Respeitar
RespeitarRespeitar
Respeitar
 
Projeto A paz que eu quero ter
Projeto A paz que eu quero terProjeto A paz que eu quero ter
Projeto A paz que eu quero ter
 
Semeando cultura de paz nas escolas
Semeando cultura de paz nas escolasSemeando cultura de paz nas escolas
Semeando cultura de paz nas escolas
 
Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola
 
Diversidade na escola
Diversidade na escolaDiversidade na escola
Diversidade na escola
 
Diversidade e respeito
Diversidade e respeitoDiversidade e respeito
Diversidade e respeito
 

Semelhante a Semeando respeito 1

9º Ano - Ensino Religioso - 18-03.pdf
9º Ano - Ensino Religioso - 18-03.pdf9º Ano - Ensino Religioso - 18-03.pdf
9º Ano - Ensino Religioso - 18-03.pdf
ssuserb08fb6
 
Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?
Alex e Bea
 
Reflexões para o dia a-dia
Reflexões para o dia a-diaReflexões para o dia a-dia
Reflexões para o dia a-dia
geisamacielmaciel
 
Caridade Em Ouvir
Caridade Em OuvirCaridade Em Ouvir
Caridade Em Ouvir
Fernando Pinto
 
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Nilce Bravo
 
Aprenda a olhar
Aprenda a olharAprenda a olhar
Aprenda a olhar
Amadeu Wolff
 
EBJ - Encontro 30/09/2012
EBJ - Encontro 30/09/2012EBJ - Encontro 30/09/2012
EBJ - Encontro 30/09/2012
EBJ IPBCP
 
Aprenda a olhar
Aprenda a olharAprenda a olhar
Aprenda a olhar
pietra bravo
 
Vida o maior de todos os presentes
Vida   o maior de todos os presentesVida   o maior de todos os presentes
Vida o maior de todos os presentes
clinicansl
 
Vida o maior de todos os presentes
Vida   o maior de todos os presentesVida   o maior de todos os presentes
Vida o maior de todos os presentes
clinicansl
 
Vol 6
Vol 6Vol 6
33º grupo escoteiro guerreiros de helamã apresentação escotismo
33º grupo escoteiro guerreiros de helamã   apresentação escotismo33º grupo escoteiro guerreiros de helamã   apresentação escotismo
33º grupo escoteiro guerreiros de helamã apresentação escotismo
Júlio Antunes
 
A intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidasA intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidas
Lisete B.
 
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp0112731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
Sarah Gmiranda
 
Bioética-Aula 1
Bioética-Aula 1Bioética-Aula 1
Bioética-Aula 1
Biomedicina_
 
A SEMENTE 4 novembro
A  SEMENTE  4 novembroA  SEMENTE  4 novembro
A SEMENTE 4 novembro
Centro Espírita Antoninho Marmo
 
Parte B - O homem de bem
Parte B - O homem de bemParte B - O homem de bem
Parte B - O homem de bem
Darlene Cesar
 
Capítulo XII - Perfeição Moral.docx
Capítulo XII - Perfeição Moral.docxCapítulo XII - Perfeição Moral.docx
Capítulo XII - Perfeição Moral.docx
Marta Gomes
 
Não estás deprimido
Não estás deprimidoNão estás deprimido
Não estás deprimido
Dr. Walter Cury
 
EU PENSO, TU PENSAS, ELES PENSAM (Temas diversos)
EU PENSO, TU PENSAS, ELES PENSAM (Temas diversos)EU PENSO, TU PENSAS, ELES PENSAM (Temas diversos)
EU PENSO, TU PENSAS, ELES PENSAM (Temas diversos)
Rozilda Euzebio Costa
 

Semelhante a Semeando respeito 1 (20)

9º Ano - Ensino Religioso - 18-03.pdf
9º Ano - Ensino Religioso - 18-03.pdf9º Ano - Ensino Religioso - 18-03.pdf
9º Ano - Ensino Religioso - 18-03.pdf
 
Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?
 
Reflexões para o dia a-dia
Reflexões para o dia a-diaReflexões para o dia a-dia
Reflexões para o dia a-dia
 
Caridade Em Ouvir
Caridade Em OuvirCaridade Em Ouvir
Caridade Em Ouvir
 
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
 
Aprenda a olhar
Aprenda a olharAprenda a olhar
Aprenda a olhar
 
EBJ - Encontro 30/09/2012
EBJ - Encontro 30/09/2012EBJ - Encontro 30/09/2012
EBJ - Encontro 30/09/2012
 
Aprenda a olhar
Aprenda a olharAprenda a olhar
Aprenda a olhar
 
Vida o maior de todos os presentes
Vida   o maior de todos os presentesVida   o maior de todos os presentes
Vida o maior de todos os presentes
 
Vida o maior de todos os presentes
Vida   o maior de todos os presentesVida   o maior de todos os presentes
Vida o maior de todos os presentes
 
Vol 6
Vol 6Vol 6
Vol 6
 
33º grupo escoteiro guerreiros de helamã apresentação escotismo
33º grupo escoteiro guerreiros de helamã   apresentação escotismo33º grupo escoteiro guerreiros de helamã   apresentação escotismo
33º grupo escoteiro guerreiros de helamã apresentação escotismo
 
A intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidasA intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidas
 
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp0112731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
 
Bioética-Aula 1
Bioética-Aula 1Bioética-Aula 1
Bioética-Aula 1
 
A SEMENTE 4 novembro
A  SEMENTE  4 novembroA  SEMENTE  4 novembro
A SEMENTE 4 novembro
 
Parte B - O homem de bem
Parte B - O homem de bemParte B - O homem de bem
Parte B - O homem de bem
 
Capítulo XII - Perfeição Moral.docx
Capítulo XII - Perfeição Moral.docxCapítulo XII - Perfeição Moral.docx
Capítulo XII - Perfeição Moral.docx
 
Não estás deprimido
Não estás deprimidoNão estás deprimido
Não estás deprimido
 
EU PENSO, TU PENSAS, ELES PENSAM (Temas diversos)
EU PENSO, TU PENSAS, ELES PENSAM (Temas diversos)EU PENSO, TU PENSAS, ELES PENSAM (Temas diversos)
EU PENSO, TU PENSAS, ELES PENSAM (Temas diversos)
 

Último

Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 

Último (20)

Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 

Semeando respeito 1

  • 1. 0
  • 2. 1 PROJETO SEMEANDO VALORES, COLHENDO VIRTUDES Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas serão igualmente boas. Eclesiastes 11:6 PROGRAMA TEMA 1 RESPEITO Respeitar é: Tratar o outro como se ele fosse você. / Aceitar as diferenças do outro. / Aceitar que o outro tenha sua opinião. / Entender que os mais velhos merecem consideração. TEMA 2 PRECONCEITO Ter preconceito é: Não dar o valor devido ao outro. / Julgar alguém pela aparência. / Não respeitar o outro por causa do que você acha que ele é. / Desprezar o outro por causa de sua cor e condição social.
  • 3. 2 TEMA 3 AMIZADE Ser amigo é: E star sempre disposto a ajudar o outro / Ser sincero sempre! / Ser companheiro, ser irmão. / Se preocupar com os sentimentos do outro. TEMA 4 TOLERÂNCIA Tolerância é: Suportar os defeitos do outro. / Aceitar que o outro não é como você. / Saber trabalhar junto. / Se colocar no lugar do outro. TEMA 5 RESPONSABILIDADE Responsabilidade é: Dar valor a tudo que lhe confiam. / Cumprir sua tarefa com honestidade. / Realizar sua tarefa, mesmo que ela não lhe dê tanto prazer. / Fazer a sua parte.
  • 4. 3 TEMA 6 DETERMINAÇÃO Determinação é: Acreditar que você conseguirá. / Continuar a pesar das dificuldades. / Lutar pelo seu objetivo. / Acreditar que sempre há um potencial escondido em você. TEMA 7 SABEDORIA Sabedoria é: Buscar sempre a melhor solução. / Viver o hoje e planejar o amanhã. / Escolher bem suas companhias / saber se comportar diante da alegria e da dor, sabendo que tudo passará. TEMA 8 SOLIDARIEDADE Solidariedade é: Se importar com o outro. / Fazer o bem sem olhar a quem. / Se preocupar com o que o outro precisa. / Dar ao outro a ajuda que você gostaria de receber.
  • 5. 4 TEMA 9 GRATIDÃO Gratidão é: Reconhecer o bem que o outro lhe faz. / Querer bem aquele que tem muito a nos ensinar. / Pagar o bem com o bem. / Reconhecer e valorizar o outro. TEMA 10 PACIÊNCIA Paciência é: Deixar que as coisas aconteçam naturalmente. / Não estar ansioso para que as coisas aconteçam. /Saber esperar para ter certeza do que está acontecendo. / Buscar entendimento para tirar conclusões. :
  • 6. 5 RESPEITO Relevância do tema: Aprender a ter respeito pelo próximo é uma preciosa lição para quem está começando sua vida. Hoje é possível ver nitidamente, o que a falta de respeito causa na nossa sociedade. Vivemos rodeados por pessoas frias que não se importam minimamente com aqueles que estão ao seu lado. O pior resultado normalmente é mostrado nos telejornais. São tantos os casos de violência que acabam sempre em tragédia! Alunos que não respeitam seus professores. Crianças que não respeitam seus pais a tal ponto de cometerem homicídios. Pessoas que perdem a vida por não respeitarem o direito do outro. Nossas crianças precisam aprender o significado pleno dessa simples palavra. Amar ao próximo como a si mesmo não é uma tarefa fácil. Mas quando aprendemos a respeita-lo damos o primeiro passo para cumprir esse grande mandamento que Jesus nos deixou.
  • 7. 6 SUMÁRIO 1 - Respeitar é tratar o outro como se ele fosse você ............................. 7 Assembléia na Carpintaria 2 - Respeitar é aceitar as diferenças do outro......................................... 10 A barriga e os membros 3- Respeitar é aceitar que o outro tenha sua opinião.............. 12 A bomba d’água Aconteceu “Luiza e Ricardo” 4 - Respeitar é entender que os mais velhos merecem consideração especial...................................................................................................... 16 Crianças indígenas O mundo pede paz
  • 8. 7 RESPEITO Em outras palavras RESPEITAR é... ASSEMBLÉIA NA CARPINTARIA Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 1 Tratar com reverência, considerar, honrar, não prejudicar. Contam que na carpintaria certa vez, houve uma estranha assembleia. Foi uma reunião das ferramentas para acertar suas diferenças. O martelo exerceu a presidência, mas os participantes lhe notificaram que teria que renunciar. A causa? Fazia demasiado barulho e, além do mais, passava todo o tempo golpeando. O martelo aceitou sua culpa, mas pediu que também fosse expulso o parafuso, dizendo que ele dava muitas voltas para conseguir algo. Diante do ataque, o parafuso concordou, mas por sua vez, pediu a expulsão da lixa. Dizia que ela era muito áspera no tratamento com os demais, entrando sempre em atritos. A lixa acatou, com a condição de que se expulsasse o metro, que sempre media os outros segundo a sua medida, como se fora o único perfeito. Nesse momento entrou o carpinteiro, juntou o material e iniciou seu trabalho. Utilizou o martelo, a lixa, o metro e o parafuso. Finalmente, a rústica madeira se converteu num fino móvel. Quando a carpintaria ficou novamente só, a assembleia reativou a discussão. Foi então que o serrote tomou a palavra e disse:
  • 9. 8 “Senhores, ficou bem claro que temos defeitos, mas o carpinteiro trabalhou com nossas qualidades, com nossos pontos valiosos. Assim, é melhor não pensarmos em nossos pontos fracos, e concentramo-nos em nossos pontos fortes. Cada um é o que é e devemos respeitar isso!” A assembleia entendeu que o martelo era forte, o parafuso unia e dava força, a lixa era especial para limar e afinar asperezas, e o metro era preciso e exato. Sentiram-se então como uma equipe capaz de produzir móveis de qualidade. Sentiram alegria pela oportunidade de trabalharem juntos. Ocorre o mesmo com os seres humanos. Basta observar e comprovar. Quando uma pessoa busca defeitos em outra, a situação torna-se tensa e negativa. Ao contrário, quando se entende que cada um é especial e se respeita isso, florescem as melhores conquistas humanas. É fácil encontrar defeitos. Qualquer um pode fazê-lo. Mas respeitar as diferenças do outro e tratá-lo com respeito, isto é só para os sábios. Vamos conversar: É verdade que cada um de nós tem qualidades e defeitos. Aquele que diz que não tem defeito está mentindo. Quando lembramos que não somos perfeitos nos tornamos mais capazes de respeitar os outros, porque eles são como nós. Você tem defeito? Fale um deles. Você tem qualidades? Fale uma delas. Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 1 Disse Jesus: Este é o segundo grande mandamento, amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Mateus 22:39
  • 10. 9 Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 1 DEFEITOS Egoísta Bagunceiro (a) Tagarela Preguiçoso (a) Chato (a) Mandão (dona) Irritante Exibido (a) QUALIDADES Estudioso (a) Solidário (a) Amigável Alegre Leal Criativo (a) Educado (a) Compreensivo(a) Vamos fazer um teste! DEFEITOS Egoísta Bagunceiro (a) Tagarela Preguiçoso (a) Chato (a) Mandão (dona) Irritante Exibido (a) QUALIDADES Estudioso (a) Solidário (a) Amigável Alegre Leal Criativo (a) Educado (a) Compreensivo(a) DEFEITOS Egoísta Bagunceiro (a) Tagarela Preguiçoso (a) Chato (a) Mandão (dona) Irritante Exibido (a) QUALIDADES Estudioso (a) Solidário (a) Amigável Alegre Leal Criativo (a) Educado (a) Compreensivo(a)
  • 11. 10 RESPEITO Em outras palavras RESPEITAR é... A BARRIGA E OS MEMBROS As mãos não conseguiam se mexer, a boca murchou e as pernas nem eram capazes de se sustentar sobre os pés. Assim, os membros descobriram que a barriga, a seu modo, realiza uma tarefa importante para o corpo, e que todos devem trabalhar juntos e fazer a sua parte para que o corpo possa funcionar. Certo dia, ocorreu aos membros do corpo que só eles trabalhavam enquanto a barriga sozinha recebia toda a comida. Eles decidiram então fazer uma reunião, e, após longa discussão, resolveram entrar em greve até que a barriga concordasse em realizar uma parte do trabalho. Durante alguns dias, as mãos se recusaram a pegar os alimentos e a boca se recusou a recebê-los. Passado algum tempo, no entanto, os membros começaram a se sentir fracos. Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 2 Tratar com reverência, considerar , honrar, não prejudicar.
  • 12. 11 Vamos brincar! A brincadeira consiste em levar objetos de um lugar para outro. Mas ... 1- Escolha umaa criança. 2- Amarre as mãos dela para trás. 3- Peça que ela leve os objetos de um lugar para outro. 4- Escolha outra criança. 5- Amarre os pés dela. 6- Peça que ela leve os objetos de um lugar para o outro. 7- Escolha outra criança. 8- Coloque uma venda nos olhos dela. 9- Peça que ela leve os objetos de um lugar para o outro. Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 2 Vamos conversar: Cada um de nós tem o seu valor. Não podemos desprezar ninguém, pela aparência ou por qualquer outro motivo. Você e eu somos diferentes. Mas isso não quer dizer que você é melhor que eu ou que eu sou melhor que você! Eu sou eu, tenho minhas habilidades. Você é você e tem também as suas. Quem sabe no futuro você será o médico que vai salvar a minha vida ou eu serei o advogado que vai defender a sua causa. A Bíblia diz em I Coríntios 12: 12 – 27. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. Se o pé disser: Porque não sou mão não sou do corpo; não será por isso do corpo? Continua .....
  • 13. 12 RESPEITO Em outras palavras RESPEITAR é... A B OMDA D 'Á GUA Um homem estava perdido no deserto, prestes a morrer de sede. Até que ele chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas e sem teto. Andou por ali e encontrou uma pequena sombra onde se acomodou, fugindo do calor do sol desértico. Olhando ao redor, viu uma velha bomba de água, bem enferrujada. Ele se arrastou até a bomba, agarrou a manivela e começou a bombear, a bombear, a bombear sem parar. Nada aconteceu. Desapontado, caiu prostrado, para trás. E notou que ao seu lado havia uma velha garrafa. Olhou-a, limpou-a, removendo a sujeira e o pó, e leu um recado que dizia: ”Meu Amigo, você precisa primeiro preparar a bomba derramando sobre ela toda água desta garrafa. Depois faça o favor de encher a garrafa outra vez antes de partir, para o próximo viajante. " O homem arrancou a rolha da garrafa e de fato, lá estava a água. A garrafa estava quase cheia de água! Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 3 Tratar com reverência, considerar, honrar, não prejudicar.
  • 14. 13 De repente, ele se viu num dilema. Se bebesse aquela água, poderia sobreviver. Mas se despejasse toda aquela água na velha bomba enferrujada, e ela não funcionasse morreria de sede. Que fazer? Despejar a água na velha bomba e esperar vir a ter água fresca, fria, ou beber a água da velha garrafa e desprezar a mensagem? Com relutância, o homem despejou toda a água na bomba. Em seguida, agarrou a manivela e começou a bombear... e a bomba pôs-se a ranger e chiar sem fim. E nada aconteceu! E a bomba foi rangendo e chiando. Então, surgiu um fiozinho de água, depois, um pequeno fluxo e finalmente, a água jorrou com abundância! Para alívio do homem a bomba velha fez jorrar água fresca e cristalina. Ele encheu a garrafa e bebeu dela ansiosamente. Encheu-a outra vez e tornou a beber seu conteúdo refrescante. Em seguida, voltou a encher a garrafa para o próximo viajante. Encheu-a até o gargalo, arrolhou-a e acrescentou uma pequena nota: "Creia-me, funciona. Você precisa dar toda a água antes de poder obtê-la de volta. Vamos conversar: Você sabe que alguém pode morrer de sede? O nosso corpo precisa de água, se não o organismo para de funcionar. O viajante estava sedento. Poderia morrer se não tomasse água. Você teria coragem de fazer o que ele fez? Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 3
  • 15. 14 Precisamos aprender a respeitar a opinião do outro! Vamos praticar? Aqui está uma lista de perguntas. Uma criança escolherá um número de 1 a 8. Leia para o grupo a pergunta referente ao número escolhido. A criança que recebeu a pergunta deve responder, justificar sua resposta e depois escolher alguém pra responder também. Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 3 1- Você passa na rua e encontra uma nota de R$ 50,00. Mas nela está escrito o nome e o endereço da pessoa que a perdeu. O que você faria? 2- Você vai viajar e pode levar apenas uma dessas coisas: skate, patins, computador ou um gibi. O que você levaria? 3- Num restaurante maluco servem muitos pratos malucos como: Espaguete com molho de morango, batatas fritas com cobertura de chocolate e sopa de frutas. Imagine que você esteja uma semana sem comer. Qual desses pratos você escolheria. 4- Uma loja resolveu dar cinco tipos de brindes para seus clientes: um abridor de lata, uma lixa de unhas, uma figurinha de sapo, um pente sem dente e um pirulito de café. Qual desses brindes você escolheria? 5- Se fosse possível escolher um desses bichos como animal de estimação, qual escolheria? Urso polar, leão, macaco, cobra ou jacaré. 6- Se você ganhasse uma viagem para a Disney com direito a levar um acompanhante, quem você levaria? 7- Se você fosse viajar para uma ilha deserta e só pudesse levar um objeto o que você levaria? 8- Se você pudesse escolher um novo nome para si, qual escolheria?
  • 16. 15 Nós acabamos de praticar o respeito à opinião do outro. Mas muita gente por aí, não faz isso. A falta de respeito pode causar muitas tragédias. ACONTECEU! Ricardo tinha 12 anos, quando isso aconteceu. Morava numa cidade do interior com seus pais e irmãos. Todos os dias ia à escola acompanhado por dois vizinhos. Na sala de aula ele era um aluno normal, com notas normais, nem altas nem baixas. Mas o mocinho gostava de falar. Sempre dizia o que pensava. Um dia uma coisa ruim aconteceu. Numa rodinha de conversa, o Ricardo disse o que Luiza não queria ouvir. Luiza era uma menina brava e autoritária. Ela sempre queria ter razão. Ao ouvir o comentário do amigo, Luíza ficou furiosa e num momento impensado ela levou o lápis que tinha na mão ao olho de Ricardo, e o furou. Naquele dia duas crianças tiveram suas vidas mudadas para sempre. Ricardo perdeu a visão de um olho e Luiza foi parar no juizado de menores, e seus pais tiveram grandes problemas. Tudo aconteceu porque Luíza não soube respeitar a opinião de Ricardo. A Bíblia diz em Mateus 7:12 “Façam aos outros o que vocês querem que lhes façam.” Aquele que quer ser tratado com respeito, também deve respeitar. Essa é uma lição que valerá para toda a sua vida. Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 3
  • 17. 16 RESPEITO Em outras palavras RESPEITAR é... CRIANÇAS INDÍGENAS Não se encontra entre todas as crianças, meninos e meninas que tenham tanto respeito pelos mais velhos do que as crianças indígenas. Na tribo, cada um tem seu papel. As mulheres cuidam da roça, os pais caçam, os avós ensinam os mais novos e ajudam a resolver os problemas e as crianças... Elas respeitam todos eles! O pai pede água, e o filho vai buscar sem reclamar, porque sabe que o a pai merece, afinal é ele que trás comida e cuida da família. A mãe dá uma bronca e os filhos recebem sem retrucar, pois sabem que ela só quer o seu bem. As crianças sentam para ouvir seus avós, porque sabem que eles têm muito para ensinar. Puxa! Que bom seria se todas as crianças fossem assim! Tratar com reverência, considerar, honrar, não prejudicar. Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 4
  • 18. 17 Procure na Bíblia as referências e depois responda: O MUNDO PEDE POR PAZ Eu mereço respeito por quê? Salmo 127:3 Por que vocês devem respeitar seus pais? Provérbios 10:1 . Há tantas guerras acontecendo! Algumas acontecem longe de nós, outras tão perto! O mundo precisa de paz, mas para que isso aconteça, ela deve começar dentro de casa. A paz só pode morar nos lugares onde há RESPEITO. Quando você falta com respeito aos seus pais, você começa mais uma guerra dentro da sua casa. Sem respeito há brigas e onde há briga a paz não pode ficar. “No que depender de vocês, tenham paz com todos!” Romanos 12:18 Por que devemos respeitar os mais velhos? Levítico 19:32 Semeando Valores Colhendo Virtudes Respeito / 4