SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 57
Baixar para ler offline
1
AÇÃO SABERES INDÍGENAS
NA ESCOLA
HUNI KUĨ
Relatório
2
1
Relatório
Ação Saberes Indígenas
na Escola Huni kuĩ/2023
2
Apoio
Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização
Diversidade e Inclusão - SECADI/MEC
Fundo Nacional da Educação - FNDE
Coordenadora Geral da Educação Escolar Indígena: Rosilene Tuxá
Conselho Nacional de Pesquisa - CNPq
Projeto "Escolas Vivas: pedagogias territorializadas e materiais didáticos
diferenciados para promoção da interculturalidade como política de educação
pública” - Coordenação: Laura Castro de Araújo
Secretaria Municipal de Educação do Jordão - SEMED - Secretária: Meire Sérgio
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre - IFAC
Coordenador Geral da ASIE: Charles Soares Huber
Grupo de Pesquisa Unã Baina - Rede de Apoio a Educadores Indígenas
Líderes: Maria Inês de Almeida e Joaquim Paulo de Lima Kaxinawá
3
Sumário
I - Programa Saberes Indígenas na Escola
II - Rede Unã Baina de Apoio à Escola Indígena
III - Ação Saberes Indígenas na Escola do IFAC/2023
IV - Escolas e T.I.s envolvidas na Ação
V - A Equipe formadora (bolsistas do FNDE e do CNPq)
VI - Organização dos "Orientadores de estudo” (agosto 2023)
VII - Oficinas de apoio à produção de material didático
VIII - Seminário Unã Baina de Pesquisas da Escola Huni Kuĩ (novembro 2023)
IX - Resultados
IX.1 - 13 cartilhas
IX.2 - Projeto Político Pedagógico das Escolas Huni Kuĩ do Jordão e Breu
4
5
I - Programa Saberes Indígenas na Escola
Com a Portaria 98, de 6 de dezembro de 2013, a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização
Diversidade e Inclusão (SECADI) do Ministério da Educação do Brasil (MEC) regulamentou as ações do
programa Saberes Indígenas na Escola, definindo suas diretrizes.
Art. 1 - A ação Saberes Indígenas na Escola, será desenvolvida em regime de colaboração
com os estados, o Distrito Federal, os municípios e as instituições de ensino superior (IES) e
baseada nos princípios da especificidade, da organização comunitária, do multilinguismo e
da interculturalidade, assegurados pelo art. 210, § 2o, da Constituição Federal.
Art. 2 - A Ação Saberes Indígenas na Escola destina-se a:
I - promover a formação continuada de professores da educação escolar
indígena, especialmente daqueles que atuam nos anos iniciais da
educação básica nas escolas indígenas;
II - oferecer recursos didáticos e pedagógicos que atendam
às especificidades da organização comunitária, do
multilinguismo e da interculturalidade que fundamentam
os projetos educativos nas comunidades indígenas;
6
III - oferecer subsídios à elaboração de currículos, definição de metodologias e processos
de avaliação que atendam às especificidades dos processos de letramento, numeramento
e conhecimentos dos povos indígenas;
IV - fomentar pesquisas que resultem na elaboração de materiais didáticos e paradidáticos
em diversas linguagens, bilíngues e monolíngues, conforme a situação sociolinguística e
de acordo com as especificidades da educação escolar indígena.
7
II - Rede Unã Baina de Apoio
a Educadores Indígenas
Iniciada na UFMG no Núcleo Transdisciplinar de Pesquisas
Literaterras (2002-2016) e continuada, na UFAC, no Laboratório
de Interculturalidade (2018-2022). Formada por pesquisadores
indígenas e não indígenas, ligados a diversas instituições de
ensino, é ativada por um grupo de pesquisas credenciado no
CNPq, em 2023, pela Pro-Reitoria de Pesquisas da UFMG: o grupo
transdisciplinar Unã Baina - Rede de Apoio a Educadores
Indígenas. O grupo é liderado por Maria Inês de Almeida
(pesquisadora nas áreas de Edição e Literatura) e Joaquim Paulo
de Lima Kaxinawá (pesquisador na área de Linguística)
A Rede tem como propósito articular e desenvolver projetos
de pesquisa, ensino e extensão, envolvendo comunidades
indígenas, com o objetivo, sobretudo, de fomentar a produção
de material didático nas respectivas línguas.
8
9
III - Ação Saberes Indígenas na Escola do IFAC/2023
Formação Continuada de Professores Huni Kuĩ
Uma Ação Saberes Indígenas na Escola (ASIE) foi proposta, em 2023, pelo grupo Unã Baina ao
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC, com o objetivo de produzir material
para o exercício da leitura e da escrita em Hãtxa Kuĩ, como forma de apoio à implantação da Base
Estadual Comum Curricular Huni Kuĩ (BECCH) nas escolas Huni Kuĩ de Ensino Fundamental de 04
Terras Indígenas: T.I.Kaxinawá do Rio Jordão,T.I.Kaxinawá do Baixo rio Jordão e Seringal Independência
(município de Jordão) T. I. Kaxinawá/Ashaninka do Rio Breu (município de Marechal Thaumaturgo).
A ASIE/IFAC se constituiu na formação continuada - capacitação para produção de material didático
- de de 112 professores (88 com bolsas do FNDE) e 13 orientadores de estudo (11 com bolsas do
FNDE e 02 com bolsas do CNPq).
10
A ASIE/IFAC totalizou 180 horas de formação continuada para os professores alfabetizadores em Hãtxa
Kuĩ e 200 horas de orientação para os mestres de notório saber em cada uma das áreas do conhecimento
da BECCH:
Hãtxa kuĩ, Hãtxa
kenea
“Língua oral e escrita”
Yuxibu xarabu
“Fenômenos”
Haska nũ hiwea
“Ciencias sociais”
Mibã xarabu
“Agricultura” Isĩ xarabu
“Doenças e
curas”
Ni xarabu
“Flora e Fauna”
Mabu xarabu
“Artes”
Munũ/Besea
“Festas e danças”
Miyui xarabu
“Histórias”
Haska xarabu Yusĩti “As áreas de conhecimento Huni Kuĩ”
11
As atividades específicas foram
definidas e planejadas em encontros
presenciais, nas Terras Indígenas
envolvidas, no mês de agosto,
coordenados pelas pesquisadoras do
Unã Baina, Maria Inês de Almeida
(UFMG) e Laura Castro (UFBA).
12
13
A finalidade da ASIE/IFAC, produzir cartilhas para o ensino da escrita
e leitura em hãtxa Kui, com conteúdos relativos às áreas do conhecimento
da BECCH, foi cumprida através do trabalho dos grupos formados pelos
mestres com seus orientandos (professores em exercício nas escolas Huni
Kui do Jordão e Breu). Este trabalho de produção textual foi realizado
com o apoio técnico da equipe da ASIE (bolsistas do FNDE e do CNPq),
que se deu de forma mais intensiva em outubro, com oficinas de apoio
à edição, nas aldeias Altamira e Boa Vista, seguidas do apoio presencial
dado pelos pesquisadores do grupo coordenado por Laura Castro, na
primeira quinzena de novembro.
Em novembro, foi realizado, com o apoio da Secretaria Municipal de Edu-
cação do Jordão um Seminário Unã Baina de Pesquisas da Escola Huni Kuĩ,
em que foram apresentados, por todos os professores e orientadores
participantes do projeto.
14
15
Terras Huni Kui na ASIE/IFAC 2023
16
17
IV. Escolas envolvidas na Ação
Rainha/ Tomás Viana/ Bixi /Raiz da Terra/ Francisco Feliz/
Instituto São José/ Romão Sales/ Jardim da Floresta/ Nossa Senhora
da Paz / São José/ Bom Jardim/ Nossa Senhora do Perpétuo
Socorro/ Central da Floresta/ Raiz/ Alfredo Sueiro Sales/ Bíblia
Sagrada/ Padre Humberto/ Coração de Jesus/ Coração de Maria/
Seja Bem Vindo/ Espírito da Floresta/ São Vicente/ Santa Maria I
/ Santo Antonio/ Novo Segredo/ Novo Pensamento/ Lua Nova/
Luiz Sereno/ Reino da Floresta/ Santa Rosa Mística/ Santa Julia
Billiart I/ Bom Futuro de Tecnica/ João Sereno Bane/ São Francisco/
Santa Julia Billiart II/ Santa Mariza/ Uĩ Bena, Novo Conhecimento/
Bom Jesus/ Indígena Uirapuru/ Rainha da Floresta.
18
19
V. Equipe formadora (bolsistas do FNDE, do CNPq e voluntários)
Coordenadora pedagógica: Maria Inês de Almeida
Orientadores de estudo
Ayani Claudina Biló Kaxinawá (CNPQ)
Eulina Peixoto
Fernandes Henrique Kaxinawa
Isaias Sales
Jose Francisco Davi Kaxinawa
Mara Vanessa Sales Kaxinawa
Maria Laiza Sales Kaxinawa
Nilo Pereira Kaxinawa
Noberto Sales Kaxinawa
Osmar Paiva Rodrigues Kaxinawa
Osvaldo Manduca Mateus (CNPQ)
Pedro Salomão
Raimunda Domingo Sales Kaxinawa
Vitor Pereira Caxinaua
Iran Yawa-Bane Huni Kuĩ (apoiador voluntário)
Formadores
ADdamo Freitas
Carolina Fonseca
Cecilia Vilhena Monteiro
Diogo Da Silva Soares
Gilvama De Oliveira Santos
Joaquim Paulo De Lima Kaxinawa (voluntário)
Laura Castro De Araujo (CNPQ)
Lucas Sales Kaxinawa
Marina Paulino Bylaardt
Supervisora
Rubya Mara Rezende Madella Martins
Coordenadores da Ação nas TIs:
Jose Eloy Paulino Kaxinawa
Maria Da Liberdade Cavalcante Melo
20
VI - Organização dos "Orientadores de estudo”
(agosto 2023)
Em agosto de 2013, a Coordenadora Adjunta da ASIE/IFAC, Maria
Inês de Almeida (UFMG), em parceria com a pesquisadora Laura Castro
(UFBA, em estágio pós-doutoral no Acre), visitou algumas aldeias,
encontrando-se com os mestres indicados como Orientadores de Estudo
por suas comunidades e discutindo com eles e alguns professores os
possíveis formatos do material didático a ser produzidos na formação
continuada até dezembro.
Nesses encontros, o documento da Base Estadual Comum Curricular
Huni Kui (BECCH - versão editada em 2021 no Laboratório de
Interculturalidade da UFAC) foi lido e
compreendido como diretriz para a produção do
material em hãtxa Kuĩ, considerando as áreas
específicas dessa Base.
21
Uma parceria com a Secretaria Municipal de Edu-
cação foi articulada, com o apoio dos Coordenadores
de Ação locais, no sentido do aporte de recursos na
realizacão de algumas das atividades da ASIE. Assim
a Prefeitura Municipal do Jordão garantiu a realização
do Seminário Unã Baina de Pesquisas da Escola Huni
Kui, através do apoio logístico e do custeio da ali-
mentação para todos os participantes. Em contrapar-
tida, o Seminário serviu de fórum para a revisão/
reformulação do Projeto Político Pedagógico das es-
colas municipais Huni Kui.
22
VI - Organização dos "Orientadores de estudo”
(agosto 2023)
Em agosto de 2013, a Coordenadora Adjunta da ASIE/IFAC, Maria
Inês de Almeida (UFMG), em parceria com a pesquisadora Laura Castro
(UFBA, em estágio pós-doutoral no Acre), visitou algumas aldeias,
encontrando-se com os mestres indicados como Orientadores de Estudo
por suas comunidades e discutindo com eles e alguns professores os
possíveis formatos do material didático a ser produzidos na formação
continuada até dezembro.
Nesses encontros, o documento da Base Estadual Comum Curricular
Huni Kui (BECCH - versão editada em 2021 no Laboratório de
Interculturalidade da UFAC) foi lido e
compreendido como diretriz para a produção do
material em hãtxa Kuĩ, considerando as áreas
específicas dessa Base.
23
Uma parceria com a Secretaria Municipal de
Educação foi articulada, com o apoio dos
Coordenadores de Ação locais, no sentido do aporte
de recursos na realizacão de algumas das atividades
da ASIE.Assim a Prefeitura Municipal do Jordão garantiu
a realização do Seminário Unã Baina de Pesquisas da
Escola Huni Kui, através do apoio logístico e do custeio
da alimentação para todos os participantes. Em
contrapartida, o Seminário serviu de fórum para a
revisão/ reformaulaçao do Projeto Político Pedagógico
das escolas municipais Huni Kui.
24
Os grupos de formação continuada
(Professores e seus respectivos Orientadores de
Estudo- bolsistas do FNDE)
Eulina Peixoto
Ademar Domingos Rodrigues Kaxinawa/ Anailton Borges Kaxinawa/
Antonio
Pereira Sales Kaxinawa/ Avelino Sales Kaxinawa/ Azalda Barbosa
Sereno Kaxinawa/ Cleudo Paulino Kaxinawa/ Duzilda Pinheiro Paulino
Kaxinawa/ Elias Paulino Kaxinaua/ Francilino Macario Kaxinawa/ Pedro
Pereira Kaxinawa
Fernandes Henrique Kaxinawa
Alberto Sabino Sales/ Altevir Damião Kaxinawa/ Eliezio Napoleao
Pereira Kaxinawa/ Francisco Da Silva Kaxinawa/ Francisco De Assis
Moises/Jose Paulino Kaxinawa/ Leonardo Sales Kaxinawa/ Manoel
Pereira Kaxinawa/ Romerito Sales Kaxinawa/ Sebastiao Pereira Kaxinawa
25
Isaias Sales
Alcione Sereno Barbosa Kaxinawa/ Jose Maia Kayinawa/ Jose
Sereno Teixeira/ Jose Zenildo Macario Kaxinawa/ Josue Melo
Barbosa/ Manoel Alfredo De Melo / Maria Valnilda Monteiro
Caxambu/ Raimundo Rodrigues Kaxinawa/ Renato Mateus
Kaxinawa / Valdemir Durico
Jose Francisco Davi Kaxinawa
Albecir Sales Kaxinawa/ Antonio Durico Maia/ Cleiber Pinheiro
Sales/ Francisco Das Chagas Marcelino Kaxinawa/ Joao Sales
Kaxinawa/ Jose Paulo Alfredo Kaxinawa/ Joel Pereira Kaxinawa/
Rocildo Barbosa Melo Kaxinawa/ Valdeci Sales Kaxinawa/ Valdo
Carlos Sales Kaxinawa/
Mara Vanessa Sales Kaxinawa
Adelino Macario Kaxinawa/ Andre Sales Kaxinawa/ Carlos Mateus
Kaxinawa/ Francisco Pinheiro Sales Filho Kaxinawa/ Isael
Cachambu Sales/ Josias Sabino Kaxinawa/ Manoel Damiao Sales
Kaxinawa/ Sivaldo Barbosa Sereno/
26
Nilo Pereira Kaxinawa
Aciano Macario Sales Kaxinawa/ Aldenir Paulino Pinheiro Kaxinawa/
Elimar Henrique Kaxinawa/ Francisco Nivaldo Joaquim Sereno/ Jose
Bebeto Domingos Kaxinawa/ Jose Nonato Sabino Macario Kaxinawa/
Reinaldo Melo Kaxinawa/ Rosemildo Sales Sabino Kaxinawa/ Rubens
Sales Kaxinawa/ Visomar Silva Maia/
Noberto Sales Kaxinawa
Antelmo Sereno Sales Kaxinawa/ Fernando Barbosa Sia/ Israel Sales
Paulino Kaxinawa/ Joao Sereno/ Jose Arlindo Maia Sabino/ Jose Julio
Kaxinawa Paiva/ Laesio Sales Moises Kaxinawa/ Osvaldo Sereno
Kaxinawa/ Romao Sereno Sales Kaxinawa / Turiano Pereira/
27
Raimunda Domingo Sales Kaxinawa
Abel Sales Kaxinawa/ Adelando Macario Sales Kaxinawa/ Aldenir
Moises Kaxinawa/ Antonio Maia Kaxinawa/ Ederaldo Macario
Sales Kaxinawa/ Elismar Sereno Kaxinawa/ Joao Paulino
Kaxinawa/ Joao Pereira Kaxinawa/ Marcia Pinheiro Paulino
Kaxinawa/ Marinilsa Sales Kaxinawa
Vitor Pereira Caxinaua
Eliberson Domingos Sales Kaxinawa
Eliesio Domingo Sales
Francisco Das Chagas Sereno
Francisco Sales Kaxinawa
Joao Valdivino Pereira Kaxinawa
Jose Macildo Sales
Josemar Sereno Kaxinawa
Jose Paixao Sales Macario Kaxinawa
Nonato Paulino Kaxinawa
Romerito Sereno Sales Kaxinawa
22
23
VII - Oficinas de apoio à produção
de material didático (outubro 2023)
De 17 de outubro a 26 de outubro, com carga horária
de 60 h/a, foram realizadas oficinas nas aldeias Altamira e
Boa Vista, pela equipe formadora: Cecília Monteiro, Diogo
Soares, Laura Castro, Lucas Sales e Marina Bylaardt.
Foram oferecidos, aos professores e
orientadores que conseguiram participar das
oficinas, subsídios técnicos para a produção de
cartilhas (impressas e em audiovisual). Na ocasião,
a equipe do ASIE iniciou a organização, com a
Coordenação da Educação Indígena da Secretaria
Municipal de Educação e as lideranças Huni Kuĩ,
do Seminário de novembro.
24
25
Houve também o apoio, aos professores e seus mestres
na produção das cartilhas, da equipe do projeto “Escolas
vivas...." financiado pelo CNPq (Addamo Freitas, Adelice
Souza e Carolina Fonseca ), abaixo brevemente descrito
por sua coordenadora Laura Castro:
Entre outubro e novembro de 2024 estive em campo como
bolsista de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial (DTI-B) do
CNPq e como coordenadora do projeto “Escolas Vivas:
pedagogias territorializadas e materiais didáticos diferenciados
para promoção da interculturalidade como política de educação
pública”. Este trabalho se deu em parceria com o Ação Saberes
Indígenas da Escola, projeto coordenado e executado a partir do
Instituto Federal do Acre - IFAC,em que participei como formadora
voluntária com vistas a somar forças entre esses dois projetos
para o desenvolvimento de materiais didáticos para escola Huni
Kuin e no apoio técnico para construção de um projeto político-
pedagógico a partir da condução do professores indígenas em
26
interlocução com a Secretaria Municipal do Jordão. Neste período, visitei as seguintes
aldeias, no encontro com bolsistas, professores, estudantes e orientadores de estudo
do projeto dessas aldeias e de comunidades vizinhas: Aldeia São Joaquim, Aldeia
Reino das Estrelas, Aldeia Nova Empresa, Aldeia Coração da Floresta, Aldeia Chico
Curumim, Aldeia Boa Vista, Aldeia Altamira e suas respectivas escolas. Nos encontros,
prestei apoio técnico e realizei junto à equipe do CNPq oficinas para produção de
materiais didáticos que foram apresentados no seminário. Além disso, realizamos
algumas entrevistas com os orientadores de estudos para subsidiar nossas pesquisas
em torno da escola Huni Kuin. As idas e voltas das aldeias foram marcadas por grande
dificuldade de mobilidade, uma vez que o rio estava extremamente seco e as viagens
demoravam muito, fato, sem dúvida, marcante e que
ensina muito sobre as dificuldades em executar
projetos desta natureza em localidades como o Jordão.
Nos dias que estivemos no município do Jordão, nos
intervalos entre as viagens para as aldeias, tivemos
algumas reuniões na Secretaria Municipal de Educação
do Jordão,sendo que uma delas com o prefeito,Naudo
Ribeiro, a secretária Meire Sérgio e o coordenador da
27
FUNAI e liderança da Aldeia Boa
Vista, Elias Kaxinawá. As reuniões
e interlocuções com a Secretaria
sempre aconteceram através dos
coordenadores de ação da ASIE,
Maria da Liberdade e José Eloy,
com vistas a alinhar o apoio, a
logística e a programação do
Seminário que realizamos em
novembro. Participamos, ainda em
outubro, também da Conferência
Nacional de Educação, organizada
pela Secretaria e notamos que os
professores indígenas não estavam
presentes. Este período de
articulação entre Prefeitura, Secretaria de Educação e os projetos
foram fundamentais para a realização do Seminário e o alargamento
do debate no âmbito das políticas públicas.
34
35
VIII. Seminário Unã Baina
de Pesquisas sobre
a Escola Huni Kuĩ
(novembro 2023)
Local:
Aldeia Boa Vista, Terra Indígena
Kaxinawá do Rio Jordão
Coordenação:
Maria Inês de Almeida
(Unã Baina/UFMG, Coordenadora
Adjunta da ASIE/IFAC)
Meire Sérgio (Secretária Municipal
de Educação do Jordão).
36
Na abertura e no encerramento do
Seminário estiveram presentes o prefeito
do Jordão, Naldo Ribeiro e o líder político
Siã Huni Kuĩ. Contamos também com o
apoio e a participação do vice-prefeito
Fernando Kaxinawá e dos vereadores
Sivaldo Sereno e Avelino Sales.
37
Participantes
88 professores bolsistas e 24 voluntários na formação
continuada;
14 Orientadores de Estudo bolsistas e 02 voluntários;
A formadora da ASIE/IFAC Marina Bylaardt, o linguista
Joaquim Paulo de Lima Kaxinawá (Formador voluntário na
ASIE/IFAC).
A pesquisadora Laura Castro (Formadora voluntária da ASIE/
IFAC), acompanhada de sua equipe do projeto parceiro
“Escolas Vivas: pedagogias territorializadas e materiais
didáticos diferenciados para promoção da interculturalidade
como política de educação pública”: Addamo Freitas,Adelice
Souza e Carolina Fonseca;
38
Coordenador de Ação José Eloy Paulino Kaxinwa;
Coordenadora da Educação Indígena da SEMEC/Jordão,Ronalda Saraiva.
Convidados especiais:
Como observadores e parceiros, participaram:
Enrique Alberto Flores Esquivel (pesquisador de etnopoéticas e
professsor da Universidade Nacional Autônoma do México), Sílvia Jura
(antropóloga da Aliança Climática da Austria e do Instituto Opaoká) e
Célia Mara Jura (artista - Instituto Opaoká).
39
*Diário do professor
José Maia Kaxinawa,
no seu caderno do
Seminário (preparado
e distribuído pela
equipe organizadora
para cada participante
fazer suas anotações)
40
41
Os grupos de formação continuada
e seus materiais produzidos na ASIE
IX . RESULTADOS - As 13 Cartilhas
42
Livro/cartilha:
MIMÃ XARABU - TXERE BERU
Orientadoras
Mestras da área Mabu xarabu (Tecelagem)
Pãteani Huni Kuĩ - Maria Laíza Sales Kaxinawa
Ayani Huni Kuĩ - Maria Claudina Biló Sales Kaxinawa
Professores:
José Arlindo Maia Sabino - Ikã Muru Huni Kuĩ
Oswaldo Sereno Kaxinawá
Visiomar Silva Maia
Carlo Mateus Kaxinawá
Irineu Sales de Aquino
André Sales Huni kuĩ
Ibã Muka Key
Israel Sales Paulino Kaxinawa
43
Orientadora
Mestra da área Mabu xarabu (Cerâmica)
Hatu Hatu Amashu - Raimunda Domingues
Professores:
Rua Ramini
Yusina Yube Txana
Rua Kayati Ibã
Bari Bai Hunikuĩ
Yusinã Mayainu
Nonato Paulino Kaxinawa
Ederaldo Macário Sales Kaxinawa
Livro/cartilha:
MAPU: RAYAWÁTI
44
Orientador
Mestre da área Isĩ xarabu (Ervas Perfumosas)
Isaka Huni Kuĩ / Oswaldo Manduca Mateus
Professores:
José Maia Kaxinawa,
Antonio Durico Maia Kaxinawa
Reinaldo Melo Kaxinawa
Valdemim Durico,
Antonio Maia Kainawa
Josué Melo Barbosa Txana
Maria Valenilda Monteiro Kaxinawa
Fernando Barbosa Siã.
Livro/cartilha:
NĨ ININIPA
45
Orientador
Mestre na área Isĩ xarabu (Doenças e Cura)
Keã Huni Kuĩ - Osmar Paiva Rodrigues Kaxinawa
Professores:
Romão Tuĩ Nuni Kuĩ
José Júlio Kaxinawá Paiva
Cristiano Pinheiro Paulino Kaxinawa
Iran Yawa-Bane Huni Kuĩ
Maria Valda Macario Sales Kaxinawa.
Livro/cartilha:
ISĨ KUTÃ
47
Orientadora
Mestra na área Munũ/Besea (Nixipu Pima)
Pãteani Huni Kuĩ / Mara Vanessa Sales
Professores:
João Sales
Albecir Sales
Marinilsa Sales
Antonio Pereira
Sivaldo Barboa
Adelando Macário
José Paulo
Ademar Domingos
Livro/ Cartilha:
PAKARI IKA
48
Orientador
Mestre na área Munũ/Besea (Pakarĩ)
Tene Txana Sapa Huni Kuĩ / Noberto Sales Kaxinawa
Professores:
José Eloy Paulino Kaxinawa
Francilino Macári Kaxinawa - Maya Huni Kuĩ
Antelmo Sereno Sales Kaxinawa - Maya Huni Kuĩ
Turiano Pereira- Txanu Huni Kuĩ
Laésio Sales Moisés Kaxinawa - Ishubu Huni Kuĩ
Aldenir Moisés Kaxinawa - Ikã Muru Huni Kuĩ
Laiane Sales Kaxinawa - Kanani Huni Kuĩ
Azalda Barbosa Sereno Kxinawa
Irai Pinheiro Sales Filho Kaxinawa - Ixã Huni Kuĩ
Avelino Sales Kaxinawa
Livro/ cartilha:
PAKARI NIXPU PIMA
49
Orientadores
Mestres na área Munũ/Besea (Nixi Pae)
Ibã Huni Kuĩ/Isaias Sales
José Francisco/Davi Kaxinawa
Professores:
Cleiber Pinheiro Sales
Francisco Sales Kaxinawa - Tete beru
Valdo Carlos Sales Sabimo Kaxinawa - Siã
José Paixão Sales Macário Kaxinawa - Nawa Bixku
Francisco das Chagas Sereno
Rosenildo Sales Sabino Kxinawa - Kupi
Romerito Sereno Sales Kaxinawa - Kupi Shawa Isá
Josemar Sereno Kaxinawa - Yawarika
Francisco de Assis Moisés - Rua Kaya
Alberto Sabino Sales
José Bebeto Domingos Kaxinawa
Cleudo Paulino Kashinawa - Nai Shaba
Romerito Sales Kaxinawa - Tui Inu Metsani
Elismar Sereno Kainawa
Francisco da Silva Kaxinawa
Livro/ cartilha:
NIXI PAE
50
Livros/ Cartilhas:
YUNU YUBUBU e YUXĨ YUXIBU
Orientadores
Mestres nas áreasYuxibu xarabu e Mibã xarabu (Katxanawa)
Busẽ Huni Kuĩ/ Vítor Pereira Caxambu Kaxinawa
Bixku Huni Kuĩ/ Nilo Pereira Kaxinawa
51
Profesores:
João Valdivino Pereira Kaxinawa
Altevir Damião Kaxinawa
Alberto Alfredo Kaxinawa
Hélio Sena Pereira Kaxinawa
João Paulino Kaxinawa
Eliézio Napoleão Pereira Kaxinawa
Joel Pereira Kaxinawa
Edilson Sena Baretana
João Paulino Kaxinawa
Sebastião Pereira Kaxinawa
Manoel Pereira Kaxinawa
José Paulino Kaxinawa
Leonardo Sales Kaxinawa
52
Livros/ Cartilhas:
PITI XARABU e TXIMA INANI
Orientadora
Mestre na área Mibã xarabu (Culinária)
Bimi/Eulina Peixoto
Professores:
Aciano Macário Sales Kaxinawa
Cristiano Pinheiro Paulino Kaxinawa
Maria Valda Macario Sales Kaxinawa
Marcia Pinheiro Paulino Kaxinawa - Txima
Albe Sales Paulino Kaxinawa - Shane
Iran Yawa-Bane Huni Kuĩ
José Júlio Kaxinawá Paiva
Romão Tuĩ Nuni Kuĩ
Duzilda - Txima
53
Livros/ Cartilhas:
UNA HARIRI KENA
Orientador
Mestre nas 09 áreas da BECCH
("doenças e curas, culinária,
cantoria, história, frutíferas,
fenômenos, ciências sociais")
Pama/ Fernando Henrique
Professores:
Cleilson Huni Kuĩ Muru
Manoel de Jesus Sereno Kaxinawa
Manoel Paulo kaxinawa - Txuã Huni Kuĩ
Messias Sabino Sere no Kaxinawa
Roberto Carlos Kaxinawa
Elson Arlos Martins - Mana Huni kuĩ
Terri de Quadra Sena Kaxinawa
54
Livros/ Cartilhas:
HARIRI NŨ HIWEA
Orientador
Mestre na área Haska Nũ Hiwea (Ciências Sociais)
Pedro Tene Domingos Salomão Huni Kuĩ
Professores:
Francisco das Chagas Marcelino Kaxinawa
José Sereno Teixeira
Racildo melo barbosa Kaxinawa
Mawa Huni kuĩ Inu Baka - José Zenildo
Kaxinawa
Rubens Sales Kaxinawa - Txana Nea Keyu
Mateus Medeiros Kaxinawa
55
75
Relatório
Ação Saberes Indígenas
na Escola Huni kuĩ/2023

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Baina

Palestra ilma ftima de jesus
Palestra ilma ftima de jesusPalestra ilma ftima de jesus
Palestra ilma ftima de jesusElina Fernandes
 
1403896088_ARQUIVO_Educ.Esc.IndigenaArtigoCompleto.pdf
1403896088_ARQUIVO_Educ.Esc.IndigenaArtigoCompleto.pdf1403896088_ARQUIVO_Educ.Esc.IndigenaArtigoCompleto.pdf
1403896088_ARQUIVO_Educ.Esc.IndigenaArtigoCompleto.pdfBarbaraMariaSilvaCor
 
Programa Mais Cultura nas Escolas
Programa Mais Cultura nas EscolasPrograma Mais Cultura nas Escolas
Programa Mais Cultura nas EscolasIEE Wilcam
 
A educação escolar indígena entre os Wassu-Cocal: algumas pistas sobre a conc...
A educação escolar indígena entre os Wassu-Cocal: algumas pistas sobre a conc...A educação escolar indígena entre os Wassu-Cocal: algumas pistas sobre a conc...
A educação escolar indígena entre os Wassu-Cocal: algumas pistas sobre a conc...Jéssika Pereira
 
Projeto resgate da diversidade cultural 2017
Projeto resgate da diversidade cultural 2017Projeto resgate da diversidade cultural 2017
Projeto resgate da diversidade cultural 2017josane menezes sanches
 
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria 1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria mmppr3
 
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014semecti
 
Referencial curricular nacional para ed. infantil vol 2
Referencial curricular nacional para ed. infantil vol 2Referencial curricular nacional para ed. infantil vol 2
Referencial curricular nacional para ed. infantil vol 2Maria Galdino
 
Telma Teixeira-OEI-escolas-bilingues
Telma Teixeira-OEI-escolas-bilinguesTelma Teixeira-OEI-escolas-bilingues
Telma Teixeira-OEI-escolas-bilinguesEventos COPESBRA
 
Escola municipal ramiro noronha
Escola municipal ramiro noronhaEscola municipal ramiro noronha
Escola municipal ramiro noronhaRamiro Noronha
 
Escola municipal ramiro noronha
Escola municipal ramiro noronhaEscola municipal ramiro noronha
Escola municipal ramiro noronhaRamiro Noronha
 
Bibliotecas escolares e universitárias
Bibliotecas escolares e universitáriasBibliotecas escolares e universitárias
Bibliotecas escolares e universitáriasdaianadelima
 
Pp mais cult 18 04 2013
Pp mais cult 18 04 2013Pp mais cult 18 04 2013
Pp mais cult 18 04 2013Orlando Lopes
 
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...becrepombais
 
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...becrepombais
 

Semelhante a Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Baina (20)

Español herança cultural.
Español herança cultural.Español herança cultural.
Español herança cultural.
 
Palestra ilma ftima de jesus
Palestra ilma ftima de jesusPalestra ilma ftima de jesus
Palestra ilma ftima de jesus
 
Jornal escola
Jornal escolaJornal escola
Jornal escola
 
Jornal escola
Jornal escolaJornal escola
Jornal escola
 
1403896088_ARQUIVO_Educ.Esc.IndigenaArtigoCompleto.pdf
1403896088_ARQUIVO_Educ.Esc.IndigenaArtigoCompleto.pdf1403896088_ARQUIVO_Educ.Esc.IndigenaArtigoCompleto.pdf
1403896088_ARQUIVO_Educ.Esc.IndigenaArtigoCompleto.pdf
 
Programa Mais Cultura nas Escolas
Programa Mais Cultura nas EscolasPrograma Mais Cultura nas Escolas
Programa Mais Cultura nas Escolas
 
A educação escolar indígena entre os Wassu-Cocal: algumas pistas sobre a conc...
A educação escolar indígena entre os Wassu-Cocal: algumas pistas sobre a conc...A educação escolar indígena entre os Wassu-Cocal: algumas pistas sobre a conc...
A educação escolar indígena entre os Wassu-Cocal: algumas pistas sobre a conc...
 
Manifestoportuguese brazil
Manifestoportuguese brazilManifestoportuguese brazil
Manifestoportuguese brazil
 
Projeto resgate da diversidade cultural 2017
Projeto resgate da diversidade cultural 2017Projeto resgate da diversidade cultural 2017
Projeto resgate da diversidade cultural 2017
 
Portifolio final
Portifolio finalPortifolio final
Portifolio final
 
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria 1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
1º nº Newsletter da Biblioteca Escolar dda EBS de Santa Maria
 
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
 
Referencial curricular nacional para ed. infantil vol 2
Referencial curricular nacional para ed. infantil vol 2Referencial curricular nacional para ed. infantil vol 2
Referencial curricular nacional para ed. infantil vol 2
 
Telma Teixeira-OEI-escolas-bilingues
Telma Teixeira-OEI-escolas-bilinguesTelma Teixeira-OEI-escolas-bilingues
Telma Teixeira-OEI-escolas-bilingues
 
Escola municipal ramiro noronha
Escola municipal ramiro noronhaEscola municipal ramiro noronha
Escola municipal ramiro noronha
 
Escola municipal ramiro noronha
Escola municipal ramiro noronhaEscola municipal ramiro noronha
Escola municipal ramiro noronha
 
Bibliotecas escolares e universitárias
Bibliotecas escolares e universitáriasBibliotecas escolares e universitárias
Bibliotecas escolares e universitárias
 
Pp mais cult 18 04 2013
Pp mais cult 18 04 2013Pp mais cult 18 04 2013
Pp mais cult 18 04 2013
 
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
 
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
AnáLise E ComentáRio CríTico à PresençA à PresençA De ReferêNcias A Respeito ...
 

Último

Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 

Último (20)

Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 

Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Baina

  • 1. 1 AÇÃO SABERES INDÍGENAS NA ESCOLA HUNI KUĨ Relatório
  • 2. 2
  • 4. 2 Apoio Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização Diversidade e Inclusão - SECADI/MEC Fundo Nacional da Educação - FNDE Coordenadora Geral da Educação Escolar Indígena: Rosilene Tuxá Conselho Nacional de Pesquisa - CNPq Projeto "Escolas Vivas: pedagogias territorializadas e materiais didáticos diferenciados para promoção da interculturalidade como política de educação pública” - Coordenação: Laura Castro de Araújo Secretaria Municipal de Educação do Jordão - SEMED - Secretária: Meire Sérgio Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre - IFAC Coordenador Geral da ASIE: Charles Soares Huber Grupo de Pesquisa Unã Baina - Rede de Apoio a Educadores Indígenas Líderes: Maria Inês de Almeida e Joaquim Paulo de Lima Kaxinawá
  • 5. 3 Sumário I - Programa Saberes Indígenas na Escola II - Rede Unã Baina de Apoio à Escola Indígena III - Ação Saberes Indígenas na Escola do IFAC/2023 IV - Escolas e T.I.s envolvidas na Ação V - A Equipe formadora (bolsistas do FNDE e do CNPq) VI - Organização dos "Orientadores de estudo” (agosto 2023) VII - Oficinas de apoio à produção de material didático VIII - Seminário Unã Baina de Pesquisas da Escola Huni Kuĩ (novembro 2023) IX - Resultados IX.1 - 13 cartilhas IX.2 - Projeto Político Pedagógico das Escolas Huni Kuĩ do Jordão e Breu
  • 6. 4
  • 7. 5 I - Programa Saberes Indígenas na Escola Com a Portaria 98, de 6 de dezembro de 2013, a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização Diversidade e Inclusão (SECADI) do Ministério da Educação do Brasil (MEC) regulamentou as ações do programa Saberes Indígenas na Escola, definindo suas diretrizes. Art. 1 - A ação Saberes Indígenas na Escola, será desenvolvida em regime de colaboração com os estados, o Distrito Federal, os municípios e as instituições de ensino superior (IES) e baseada nos princípios da especificidade, da organização comunitária, do multilinguismo e da interculturalidade, assegurados pelo art. 210, § 2o, da Constituição Federal. Art. 2 - A Ação Saberes Indígenas na Escola destina-se a: I - promover a formação continuada de professores da educação escolar indígena, especialmente daqueles que atuam nos anos iniciais da educação básica nas escolas indígenas; II - oferecer recursos didáticos e pedagógicos que atendam às especificidades da organização comunitária, do multilinguismo e da interculturalidade que fundamentam os projetos educativos nas comunidades indígenas;
  • 8. 6 III - oferecer subsídios à elaboração de currículos, definição de metodologias e processos de avaliação que atendam às especificidades dos processos de letramento, numeramento e conhecimentos dos povos indígenas; IV - fomentar pesquisas que resultem na elaboração de materiais didáticos e paradidáticos em diversas linguagens, bilíngues e monolíngues, conforme a situação sociolinguística e de acordo com as especificidades da educação escolar indígena.
  • 9. 7 II - Rede Unã Baina de Apoio a Educadores Indígenas Iniciada na UFMG no Núcleo Transdisciplinar de Pesquisas Literaterras (2002-2016) e continuada, na UFAC, no Laboratório de Interculturalidade (2018-2022). Formada por pesquisadores indígenas e não indígenas, ligados a diversas instituições de ensino, é ativada por um grupo de pesquisas credenciado no CNPq, em 2023, pela Pro-Reitoria de Pesquisas da UFMG: o grupo transdisciplinar Unã Baina - Rede de Apoio a Educadores Indígenas. O grupo é liderado por Maria Inês de Almeida (pesquisadora nas áreas de Edição e Literatura) e Joaquim Paulo de Lima Kaxinawá (pesquisador na área de Linguística) A Rede tem como propósito articular e desenvolver projetos de pesquisa, ensino e extensão, envolvendo comunidades indígenas, com o objetivo, sobretudo, de fomentar a produção de material didático nas respectivas línguas.
  • 10. 8
  • 11. 9 III - Ação Saberes Indígenas na Escola do IFAC/2023 Formação Continuada de Professores Huni Kuĩ Uma Ação Saberes Indígenas na Escola (ASIE) foi proposta, em 2023, pelo grupo Unã Baina ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC, com o objetivo de produzir material para o exercício da leitura e da escrita em Hãtxa Kuĩ, como forma de apoio à implantação da Base Estadual Comum Curricular Huni Kuĩ (BECCH) nas escolas Huni Kuĩ de Ensino Fundamental de 04 Terras Indígenas: T.I.Kaxinawá do Rio Jordão,T.I.Kaxinawá do Baixo rio Jordão e Seringal Independência (município de Jordão) T. I. Kaxinawá/Ashaninka do Rio Breu (município de Marechal Thaumaturgo). A ASIE/IFAC se constituiu na formação continuada - capacitação para produção de material didático - de de 112 professores (88 com bolsas do FNDE) e 13 orientadores de estudo (11 com bolsas do FNDE e 02 com bolsas do CNPq).
  • 12. 10 A ASIE/IFAC totalizou 180 horas de formação continuada para os professores alfabetizadores em Hãtxa Kuĩ e 200 horas de orientação para os mestres de notório saber em cada uma das áreas do conhecimento da BECCH: Hãtxa kuĩ, Hãtxa kenea “Língua oral e escrita” Yuxibu xarabu “Fenômenos” Haska nũ hiwea “Ciencias sociais” Mibã xarabu “Agricultura” Isĩ xarabu “Doenças e curas” Ni xarabu “Flora e Fauna” Mabu xarabu “Artes” Munũ/Besea “Festas e danças” Miyui xarabu “Histórias” Haska xarabu Yusĩti “As áreas de conhecimento Huni Kuĩ”
  • 13. 11 As atividades específicas foram definidas e planejadas em encontros presenciais, nas Terras Indígenas envolvidas, no mês de agosto, coordenados pelas pesquisadoras do Unã Baina, Maria Inês de Almeida (UFMG) e Laura Castro (UFBA).
  • 14. 12
  • 15. 13 A finalidade da ASIE/IFAC, produzir cartilhas para o ensino da escrita e leitura em hãtxa Kui, com conteúdos relativos às áreas do conhecimento da BECCH, foi cumprida através do trabalho dos grupos formados pelos mestres com seus orientandos (professores em exercício nas escolas Huni Kui do Jordão e Breu). Este trabalho de produção textual foi realizado com o apoio técnico da equipe da ASIE (bolsistas do FNDE e do CNPq), que se deu de forma mais intensiva em outubro, com oficinas de apoio à edição, nas aldeias Altamira e Boa Vista, seguidas do apoio presencial dado pelos pesquisadores do grupo coordenado por Laura Castro, na primeira quinzena de novembro. Em novembro, foi realizado, com o apoio da Secretaria Municipal de Edu- cação do Jordão um Seminário Unã Baina de Pesquisas da Escola Huni Kuĩ, em que foram apresentados, por todos os professores e orientadores participantes do projeto.
  • 16. 14
  • 17. 15 Terras Huni Kui na ASIE/IFAC 2023
  • 18. 16
  • 19. 17 IV. Escolas envolvidas na Ação Rainha/ Tomás Viana/ Bixi /Raiz da Terra/ Francisco Feliz/ Instituto São José/ Romão Sales/ Jardim da Floresta/ Nossa Senhora da Paz / São José/ Bom Jardim/ Nossa Senhora do Perpétuo Socorro/ Central da Floresta/ Raiz/ Alfredo Sueiro Sales/ Bíblia Sagrada/ Padre Humberto/ Coração de Jesus/ Coração de Maria/ Seja Bem Vindo/ Espírito da Floresta/ São Vicente/ Santa Maria I / Santo Antonio/ Novo Segredo/ Novo Pensamento/ Lua Nova/ Luiz Sereno/ Reino da Floresta/ Santa Rosa Mística/ Santa Julia Billiart I/ Bom Futuro de Tecnica/ João Sereno Bane/ São Francisco/ Santa Julia Billiart II/ Santa Mariza/ Uĩ Bena, Novo Conhecimento/ Bom Jesus/ Indígena Uirapuru/ Rainha da Floresta.
  • 20. 18
  • 21. 19 V. Equipe formadora (bolsistas do FNDE, do CNPq e voluntários) Coordenadora pedagógica: Maria Inês de Almeida Orientadores de estudo Ayani Claudina Biló Kaxinawá (CNPQ) Eulina Peixoto Fernandes Henrique Kaxinawa Isaias Sales Jose Francisco Davi Kaxinawa Mara Vanessa Sales Kaxinawa Maria Laiza Sales Kaxinawa Nilo Pereira Kaxinawa Noberto Sales Kaxinawa Osmar Paiva Rodrigues Kaxinawa Osvaldo Manduca Mateus (CNPQ) Pedro Salomão Raimunda Domingo Sales Kaxinawa Vitor Pereira Caxinaua Iran Yawa-Bane Huni Kuĩ (apoiador voluntário) Formadores ADdamo Freitas Carolina Fonseca Cecilia Vilhena Monteiro Diogo Da Silva Soares Gilvama De Oliveira Santos Joaquim Paulo De Lima Kaxinawa (voluntário) Laura Castro De Araujo (CNPQ) Lucas Sales Kaxinawa Marina Paulino Bylaardt Supervisora Rubya Mara Rezende Madella Martins Coordenadores da Ação nas TIs: Jose Eloy Paulino Kaxinawa Maria Da Liberdade Cavalcante Melo
  • 22. 20 VI - Organização dos "Orientadores de estudo” (agosto 2023) Em agosto de 2013, a Coordenadora Adjunta da ASIE/IFAC, Maria Inês de Almeida (UFMG), em parceria com a pesquisadora Laura Castro (UFBA, em estágio pós-doutoral no Acre), visitou algumas aldeias, encontrando-se com os mestres indicados como Orientadores de Estudo por suas comunidades e discutindo com eles e alguns professores os possíveis formatos do material didático a ser produzidos na formação continuada até dezembro. Nesses encontros, o documento da Base Estadual Comum Curricular Huni Kui (BECCH - versão editada em 2021 no Laboratório de Interculturalidade da UFAC) foi lido e compreendido como diretriz para a produção do material em hãtxa Kuĩ, considerando as áreas específicas dessa Base.
  • 23. 21 Uma parceria com a Secretaria Municipal de Edu- cação foi articulada, com o apoio dos Coordenadores de Ação locais, no sentido do aporte de recursos na realizacão de algumas das atividades da ASIE. Assim a Prefeitura Municipal do Jordão garantiu a realização do Seminário Unã Baina de Pesquisas da Escola Huni Kui, através do apoio logístico e do custeio da ali- mentação para todos os participantes. Em contrapar- tida, o Seminário serviu de fórum para a revisão/ reformulação do Projeto Político Pedagógico das es- colas municipais Huni Kui.
  • 24. 22 VI - Organização dos "Orientadores de estudo” (agosto 2023) Em agosto de 2013, a Coordenadora Adjunta da ASIE/IFAC, Maria Inês de Almeida (UFMG), em parceria com a pesquisadora Laura Castro (UFBA, em estágio pós-doutoral no Acre), visitou algumas aldeias, encontrando-se com os mestres indicados como Orientadores de Estudo por suas comunidades e discutindo com eles e alguns professores os possíveis formatos do material didático a ser produzidos na formação continuada até dezembro. Nesses encontros, o documento da Base Estadual Comum Curricular Huni Kui (BECCH - versão editada em 2021 no Laboratório de Interculturalidade da UFAC) foi lido e compreendido como diretriz para a produção do material em hãtxa Kuĩ, considerando as áreas específicas dessa Base.
  • 25. 23 Uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação foi articulada, com o apoio dos Coordenadores de Ação locais, no sentido do aporte de recursos na realizacão de algumas das atividades da ASIE.Assim a Prefeitura Municipal do Jordão garantiu a realização do Seminário Unã Baina de Pesquisas da Escola Huni Kui, através do apoio logístico e do custeio da alimentação para todos os participantes. Em contrapartida, o Seminário serviu de fórum para a revisão/ reformaulaçao do Projeto Político Pedagógico das escolas municipais Huni Kui.
  • 26. 24 Os grupos de formação continuada (Professores e seus respectivos Orientadores de Estudo- bolsistas do FNDE) Eulina Peixoto Ademar Domingos Rodrigues Kaxinawa/ Anailton Borges Kaxinawa/ Antonio Pereira Sales Kaxinawa/ Avelino Sales Kaxinawa/ Azalda Barbosa Sereno Kaxinawa/ Cleudo Paulino Kaxinawa/ Duzilda Pinheiro Paulino Kaxinawa/ Elias Paulino Kaxinaua/ Francilino Macario Kaxinawa/ Pedro Pereira Kaxinawa Fernandes Henrique Kaxinawa Alberto Sabino Sales/ Altevir Damião Kaxinawa/ Eliezio Napoleao Pereira Kaxinawa/ Francisco Da Silva Kaxinawa/ Francisco De Assis Moises/Jose Paulino Kaxinawa/ Leonardo Sales Kaxinawa/ Manoel Pereira Kaxinawa/ Romerito Sales Kaxinawa/ Sebastiao Pereira Kaxinawa
  • 27. 25 Isaias Sales Alcione Sereno Barbosa Kaxinawa/ Jose Maia Kayinawa/ Jose Sereno Teixeira/ Jose Zenildo Macario Kaxinawa/ Josue Melo Barbosa/ Manoel Alfredo De Melo / Maria Valnilda Monteiro Caxambu/ Raimundo Rodrigues Kaxinawa/ Renato Mateus Kaxinawa / Valdemir Durico Jose Francisco Davi Kaxinawa Albecir Sales Kaxinawa/ Antonio Durico Maia/ Cleiber Pinheiro Sales/ Francisco Das Chagas Marcelino Kaxinawa/ Joao Sales Kaxinawa/ Jose Paulo Alfredo Kaxinawa/ Joel Pereira Kaxinawa/ Rocildo Barbosa Melo Kaxinawa/ Valdeci Sales Kaxinawa/ Valdo Carlos Sales Kaxinawa/ Mara Vanessa Sales Kaxinawa Adelino Macario Kaxinawa/ Andre Sales Kaxinawa/ Carlos Mateus Kaxinawa/ Francisco Pinheiro Sales Filho Kaxinawa/ Isael Cachambu Sales/ Josias Sabino Kaxinawa/ Manoel Damiao Sales Kaxinawa/ Sivaldo Barbosa Sereno/
  • 28. 26 Nilo Pereira Kaxinawa Aciano Macario Sales Kaxinawa/ Aldenir Paulino Pinheiro Kaxinawa/ Elimar Henrique Kaxinawa/ Francisco Nivaldo Joaquim Sereno/ Jose Bebeto Domingos Kaxinawa/ Jose Nonato Sabino Macario Kaxinawa/ Reinaldo Melo Kaxinawa/ Rosemildo Sales Sabino Kaxinawa/ Rubens Sales Kaxinawa/ Visomar Silva Maia/ Noberto Sales Kaxinawa Antelmo Sereno Sales Kaxinawa/ Fernando Barbosa Sia/ Israel Sales Paulino Kaxinawa/ Joao Sereno/ Jose Arlindo Maia Sabino/ Jose Julio Kaxinawa Paiva/ Laesio Sales Moises Kaxinawa/ Osvaldo Sereno Kaxinawa/ Romao Sereno Sales Kaxinawa / Turiano Pereira/
  • 29. 27 Raimunda Domingo Sales Kaxinawa Abel Sales Kaxinawa/ Adelando Macario Sales Kaxinawa/ Aldenir Moises Kaxinawa/ Antonio Maia Kaxinawa/ Ederaldo Macario Sales Kaxinawa/ Elismar Sereno Kaxinawa/ Joao Paulino Kaxinawa/ Joao Pereira Kaxinawa/ Marcia Pinheiro Paulino Kaxinawa/ Marinilsa Sales Kaxinawa Vitor Pereira Caxinaua Eliberson Domingos Sales Kaxinawa Eliesio Domingo Sales Francisco Das Chagas Sereno Francisco Sales Kaxinawa Joao Valdivino Pereira Kaxinawa Jose Macildo Sales Josemar Sereno Kaxinawa Jose Paixao Sales Macario Kaxinawa Nonato Paulino Kaxinawa Romerito Sereno Sales Kaxinawa
  • 30. 22
  • 31. 23 VII - Oficinas de apoio à produção de material didático (outubro 2023) De 17 de outubro a 26 de outubro, com carga horária de 60 h/a, foram realizadas oficinas nas aldeias Altamira e Boa Vista, pela equipe formadora: Cecília Monteiro, Diogo Soares, Laura Castro, Lucas Sales e Marina Bylaardt. Foram oferecidos, aos professores e orientadores que conseguiram participar das oficinas, subsídios técnicos para a produção de cartilhas (impressas e em audiovisual). Na ocasião, a equipe do ASIE iniciou a organização, com a Coordenação da Educação Indígena da Secretaria Municipal de Educação e as lideranças Huni Kuĩ, do Seminário de novembro.
  • 32. 24
  • 33. 25 Houve também o apoio, aos professores e seus mestres na produção das cartilhas, da equipe do projeto “Escolas vivas...." financiado pelo CNPq (Addamo Freitas, Adelice Souza e Carolina Fonseca ), abaixo brevemente descrito por sua coordenadora Laura Castro: Entre outubro e novembro de 2024 estive em campo como bolsista de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial (DTI-B) do CNPq e como coordenadora do projeto “Escolas Vivas: pedagogias territorializadas e materiais didáticos diferenciados para promoção da interculturalidade como política de educação pública”. Este trabalho se deu em parceria com o Ação Saberes Indígenas da Escola, projeto coordenado e executado a partir do Instituto Federal do Acre - IFAC,em que participei como formadora voluntária com vistas a somar forças entre esses dois projetos para o desenvolvimento de materiais didáticos para escola Huni Kuin e no apoio técnico para construção de um projeto político- pedagógico a partir da condução do professores indígenas em
  • 34. 26 interlocução com a Secretaria Municipal do Jordão. Neste período, visitei as seguintes aldeias, no encontro com bolsistas, professores, estudantes e orientadores de estudo do projeto dessas aldeias e de comunidades vizinhas: Aldeia São Joaquim, Aldeia Reino das Estrelas, Aldeia Nova Empresa, Aldeia Coração da Floresta, Aldeia Chico Curumim, Aldeia Boa Vista, Aldeia Altamira e suas respectivas escolas. Nos encontros, prestei apoio técnico e realizei junto à equipe do CNPq oficinas para produção de materiais didáticos que foram apresentados no seminário. Além disso, realizamos algumas entrevistas com os orientadores de estudos para subsidiar nossas pesquisas em torno da escola Huni Kuin. As idas e voltas das aldeias foram marcadas por grande dificuldade de mobilidade, uma vez que o rio estava extremamente seco e as viagens demoravam muito, fato, sem dúvida, marcante e que ensina muito sobre as dificuldades em executar projetos desta natureza em localidades como o Jordão. Nos dias que estivemos no município do Jordão, nos intervalos entre as viagens para as aldeias, tivemos algumas reuniões na Secretaria Municipal de Educação do Jordão,sendo que uma delas com o prefeito,Naudo Ribeiro, a secretária Meire Sérgio e o coordenador da
  • 35. 27 FUNAI e liderança da Aldeia Boa Vista, Elias Kaxinawá. As reuniões e interlocuções com a Secretaria sempre aconteceram através dos coordenadores de ação da ASIE, Maria da Liberdade e José Eloy, com vistas a alinhar o apoio, a logística e a programação do Seminário que realizamos em novembro. Participamos, ainda em outubro, também da Conferência Nacional de Educação, organizada pela Secretaria e notamos que os professores indígenas não estavam presentes. Este período de articulação entre Prefeitura, Secretaria de Educação e os projetos foram fundamentais para a realização do Seminário e o alargamento do debate no âmbito das políticas públicas.
  • 36. 34
  • 37. 35 VIII. Seminário Unã Baina de Pesquisas sobre a Escola Huni Kuĩ (novembro 2023) Local: Aldeia Boa Vista, Terra Indígena Kaxinawá do Rio Jordão Coordenação: Maria Inês de Almeida (Unã Baina/UFMG, Coordenadora Adjunta da ASIE/IFAC) Meire Sérgio (Secretária Municipal de Educação do Jordão).
  • 38. 36 Na abertura e no encerramento do Seminário estiveram presentes o prefeito do Jordão, Naldo Ribeiro e o líder político Siã Huni Kuĩ. Contamos também com o apoio e a participação do vice-prefeito Fernando Kaxinawá e dos vereadores Sivaldo Sereno e Avelino Sales.
  • 39. 37 Participantes 88 professores bolsistas e 24 voluntários na formação continuada; 14 Orientadores de Estudo bolsistas e 02 voluntários; A formadora da ASIE/IFAC Marina Bylaardt, o linguista Joaquim Paulo de Lima Kaxinawá (Formador voluntário na ASIE/IFAC). A pesquisadora Laura Castro (Formadora voluntária da ASIE/ IFAC), acompanhada de sua equipe do projeto parceiro “Escolas Vivas: pedagogias territorializadas e materiais didáticos diferenciados para promoção da interculturalidade como política de educação pública”: Addamo Freitas,Adelice Souza e Carolina Fonseca;
  • 40. 38 Coordenador de Ação José Eloy Paulino Kaxinwa; Coordenadora da Educação Indígena da SEMEC/Jordão,Ronalda Saraiva. Convidados especiais: Como observadores e parceiros, participaram: Enrique Alberto Flores Esquivel (pesquisador de etnopoéticas e professsor da Universidade Nacional Autônoma do México), Sílvia Jura (antropóloga da Aliança Climática da Austria e do Instituto Opaoká) e Célia Mara Jura (artista - Instituto Opaoká).
  • 41. 39 *Diário do professor José Maia Kaxinawa, no seu caderno do Seminário (preparado e distribuído pela equipe organizadora para cada participante fazer suas anotações)
  • 42. 40
  • 43. 41 Os grupos de formação continuada e seus materiais produzidos na ASIE IX . RESULTADOS - As 13 Cartilhas
  • 44. 42 Livro/cartilha: MIMÃ XARABU - TXERE BERU Orientadoras Mestras da área Mabu xarabu (Tecelagem) Pãteani Huni Kuĩ - Maria Laíza Sales Kaxinawa Ayani Huni Kuĩ - Maria Claudina Biló Sales Kaxinawa Professores: José Arlindo Maia Sabino - Ikã Muru Huni Kuĩ Oswaldo Sereno Kaxinawá Visiomar Silva Maia Carlo Mateus Kaxinawá Irineu Sales de Aquino André Sales Huni kuĩ Ibã Muka Key Israel Sales Paulino Kaxinawa
  • 45. 43 Orientadora Mestra da área Mabu xarabu (Cerâmica) Hatu Hatu Amashu - Raimunda Domingues Professores: Rua Ramini Yusina Yube Txana Rua Kayati Ibã Bari Bai Hunikuĩ Yusinã Mayainu Nonato Paulino Kaxinawa Ederaldo Macário Sales Kaxinawa Livro/cartilha: MAPU: RAYAWÁTI
  • 46. 44 Orientador Mestre da área Isĩ xarabu (Ervas Perfumosas) Isaka Huni Kuĩ / Oswaldo Manduca Mateus Professores: José Maia Kaxinawa, Antonio Durico Maia Kaxinawa Reinaldo Melo Kaxinawa Valdemim Durico, Antonio Maia Kainawa Josué Melo Barbosa Txana Maria Valenilda Monteiro Kaxinawa Fernando Barbosa Siã. Livro/cartilha: NĨ ININIPA
  • 47. 45 Orientador Mestre na área Isĩ xarabu (Doenças e Cura) Keã Huni Kuĩ - Osmar Paiva Rodrigues Kaxinawa Professores: Romão Tuĩ Nuni Kuĩ José Júlio Kaxinawá Paiva Cristiano Pinheiro Paulino Kaxinawa Iran Yawa-Bane Huni Kuĩ Maria Valda Macario Sales Kaxinawa. Livro/cartilha: ISĨ KUTÃ
  • 48. 47 Orientadora Mestra na área Munũ/Besea (Nixipu Pima) Pãteani Huni Kuĩ / Mara Vanessa Sales Professores: João Sales Albecir Sales Marinilsa Sales Antonio Pereira Sivaldo Barboa Adelando Macário José Paulo Ademar Domingos Livro/ Cartilha: PAKARI IKA
  • 49. 48 Orientador Mestre na área Munũ/Besea (Pakarĩ) Tene Txana Sapa Huni Kuĩ / Noberto Sales Kaxinawa Professores: José Eloy Paulino Kaxinawa Francilino Macári Kaxinawa - Maya Huni Kuĩ Antelmo Sereno Sales Kaxinawa - Maya Huni Kuĩ Turiano Pereira- Txanu Huni Kuĩ Laésio Sales Moisés Kaxinawa - Ishubu Huni Kuĩ Aldenir Moisés Kaxinawa - Ikã Muru Huni Kuĩ Laiane Sales Kaxinawa - Kanani Huni Kuĩ Azalda Barbosa Sereno Kxinawa Irai Pinheiro Sales Filho Kaxinawa - Ixã Huni Kuĩ Avelino Sales Kaxinawa Livro/ cartilha: PAKARI NIXPU PIMA
  • 50. 49 Orientadores Mestres na área Munũ/Besea (Nixi Pae) Ibã Huni Kuĩ/Isaias Sales José Francisco/Davi Kaxinawa Professores: Cleiber Pinheiro Sales Francisco Sales Kaxinawa - Tete beru Valdo Carlos Sales Sabimo Kaxinawa - Siã José Paixão Sales Macário Kaxinawa - Nawa Bixku Francisco das Chagas Sereno Rosenildo Sales Sabino Kxinawa - Kupi Romerito Sereno Sales Kaxinawa - Kupi Shawa Isá Josemar Sereno Kaxinawa - Yawarika Francisco de Assis Moisés - Rua Kaya Alberto Sabino Sales José Bebeto Domingos Kaxinawa Cleudo Paulino Kashinawa - Nai Shaba Romerito Sales Kaxinawa - Tui Inu Metsani Elismar Sereno Kainawa Francisco da Silva Kaxinawa Livro/ cartilha: NIXI PAE
  • 51. 50 Livros/ Cartilhas: YUNU YUBUBU e YUXĨ YUXIBU Orientadores Mestres nas áreasYuxibu xarabu e Mibã xarabu (Katxanawa) Busẽ Huni Kuĩ/ Vítor Pereira Caxambu Kaxinawa Bixku Huni Kuĩ/ Nilo Pereira Kaxinawa
  • 52. 51 Profesores: João Valdivino Pereira Kaxinawa Altevir Damião Kaxinawa Alberto Alfredo Kaxinawa Hélio Sena Pereira Kaxinawa João Paulino Kaxinawa Eliézio Napoleão Pereira Kaxinawa Joel Pereira Kaxinawa Edilson Sena Baretana João Paulino Kaxinawa Sebastião Pereira Kaxinawa Manoel Pereira Kaxinawa José Paulino Kaxinawa Leonardo Sales Kaxinawa
  • 53. 52 Livros/ Cartilhas: PITI XARABU e TXIMA INANI Orientadora Mestre na área Mibã xarabu (Culinária) Bimi/Eulina Peixoto Professores: Aciano Macário Sales Kaxinawa Cristiano Pinheiro Paulino Kaxinawa Maria Valda Macario Sales Kaxinawa Marcia Pinheiro Paulino Kaxinawa - Txima Albe Sales Paulino Kaxinawa - Shane Iran Yawa-Bane Huni Kuĩ José Júlio Kaxinawá Paiva Romão Tuĩ Nuni Kuĩ Duzilda - Txima
  • 54. 53 Livros/ Cartilhas: UNA HARIRI KENA Orientador Mestre nas 09 áreas da BECCH ("doenças e curas, culinária, cantoria, história, frutíferas, fenômenos, ciências sociais") Pama/ Fernando Henrique Professores: Cleilson Huni Kuĩ Muru Manoel de Jesus Sereno Kaxinawa Manoel Paulo kaxinawa - Txuã Huni Kuĩ Messias Sabino Sere no Kaxinawa Roberto Carlos Kaxinawa Elson Arlos Martins - Mana Huni kuĩ Terri de Quadra Sena Kaxinawa
  • 55. 54 Livros/ Cartilhas: HARIRI NŨ HIWEA Orientador Mestre na área Haska Nũ Hiwea (Ciências Sociais) Pedro Tene Domingos Salomão Huni Kuĩ Professores: Francisco das Chagas Marcelino Kaxinawa José Sereno Teixeira Racildo melo barbosa Kaxinawa Mawa Huni kuĩ Inu Baka - José Zenildo Kaxinawa Rubens Sales Kaxinawa - Txana Nea Keyu Mateus Medeiros Kaxinawa
  • 56. 55