SlideShare uma empresa Scribd logo
O governo SarneyGrupo-G4
O governo SarneyIntegrantes:LorennaFuladorDaiane PereiraRayane Lima Isabel WrightBethania PriscilaAygres Cardoso3M4 Prof: Marco Antônio Campo Dall'orto
O governo SarneyA transição DemocráticaDiretas JáEleição e morte de Tancredo NevesJosé Sarney Os planos econômicosA economia após os planos econômicosLula e a força do sindicato no período Indicadores Sociais
A Transição Democrática Ditadura (1964–1985) : No governos  não há participação popular,essa participação ocorre de  maneira restrita. Militares que comandavam . No fim da ditadura Tancredo Neves foi eleito presidente pelo voto indireto de um colégio eleitoral, mas adoeceu e morreu 39 dias depois, sem ter sido oficialmente empossado.Governo Sarney  :     Sarney era vice-presidente da republica e assumia a presidência após a morte de Tancredo Neves  , seu mandato durou de 1985 a 1990.     Em seu governo ocorreu uma grande aumento na inflação , o Brasil teve  uma divida externa de U$ 100 bilhões. 
Diretas já A campanha  Diretas Já foi o maior manifesto popular do Brasil.Tinha como objetivo  ter no país eleições diretas para a presidência da república .Colégio Eleitoral  xVotação Direta Regra  do regime militar.  Regra de uma nova república .Era formado pelos deputados e senadores.Sendo eles os únicos que poderiam escolher o novo presidente. Toda a população brasileira poderia votar.
Na campanha as escolas , universidades , escritórios , oficinas ,nas ruas ,nos trens , toda a população aderiu a manifestação.Os grandes políticos da oposição (Ulysses Guimarães,FHC,Lula,Itamar Franco ,etc. ) que eram a favor das votações diretas formaram uma grande corrente.Fazendo :PasseatasShows musicaisDebatesPanfletagens
Obs: Os comícios realizados pelo movimento pelas Diretas Já  reuniu mais de 1 milhão  de pessoas  porém a TV  não mostrou .
No dia 25 de abril de 1984 o Congresso  Nacional se reuniu para votar na Emenda Dante de Oliveira.Estabelecia as eleições diretas para presidente. No fim  por 22 votos de diferença  a emenda foi derrotada .A única forma de se ter novamente eleições  diretas era, reformular a constituição ...!
Eleição e morte de Tancredo Neves Tancredo Neves é eleito presidente no dia 15 de novembro de 1985 ,pelocolégio eleitoral tendo como seu vice-presidente José Sarney;Tancredo Neves era um político mineiro conhecido pela moderação e pela capacidade de montar acordos políticos entre o governo e a oposição .Antes da posse Tancredo é internado.Sarney se torna Presidente interino.
No dia 21 de abril de 1985 Tancredo Neves morre .Jornais, revistas e principalmente a população brasileira lamenta a sua morte, por ter ele como a esperança de melhoria para o país .Sarney então se torna Presidente !
José SarneyQuem é Sarney ?Governo Sarney + PMDB +PDS.Enviam projetos de lei ao Congresso.           EMENDÃOApoiou a Ditadura Militar;Rompeu com PDS e fundou PFL às vésperas da eleição;  Fim do Colégio Eleitoral e restabelecimento das eleições diretas;
Retorno das eleições para prefeitos.Direito de voto aos analfabetosReconhecimento da liberdade e autonomia dos sindicatos;
Planos Econômicos Plano Cruzado I :Ministro Dílson Funaro – crítico do modelo econômico da Ditadura Militar.Objetivos: combater a inflação e a recessão, sem comprometer o crescimento.Controle de preços durante1 ano – obj.: EVITAR INFLAÇÃO INERCIAL;Congelamento dos salários – aumento quando a inflação chegasse a 20%.Correção monetária é extinta.
Criação de nova moeda – CRUZADO.Adesão da população ao plano de fiscalização dos preços .CRISE DO PLANORecursos da caderneta de popança investido em consumo  não havia investimento no setor produtivo;A oferta não dava conta da demanda – EXPLOSÃO DO CONSUMOPreços congeladosDesabastecimentos cobrança de ágio.
Medidas:Balança comercial negativa;
Queda das reservas internacionais;
Moratória;
Inflação. Uso da mídia para agredir os empresários,Colocou exército para fiscalizar os pastos, Importações para abastecer mercado
PLANO CRUZADO II:Medida:Consequências: Cruzado 2Descongelamento dos preçosAumento tarifas energia , telefone e correio Aumento imposto sobre cigarro e bebidas;Aumento dos exagerado dos preços;Disparo do gatilho salarialHiperinflação 1987 – 365%
 Plano Bresser:Em 12 de junho de 1987 o ministro da fazenda Luiz Carlos Bresser Pereira fundou o Plano Bresser. O plano Bresser institui: Foi formado para ameniza os problemas de déficit público (governo gastava mais do que podia).Medidas : Mas o esforço não valeu muito a pena pois em dezembro de 1987 a inflação atingiu 366% então em janeiro de 1988 pediu demissão e foi substituído por Mailson Nóbrega. Congelamento de preçoCongelamento dos salários Congelamento dos alugueis Reajuste dos salários .Alem do aumento dos impostos.Corte do subsídios do trigo.Adiamento de obras de grande porte.
Plano Verão:Em 16 de janeiro de 1989 Maison Ferreira Nóbrega lançou um plano econômico: Verão .A crise inflacionária nos anos 80 levou a edição de uma lei que modificou o índice de rendimento da caderneta promovendo ainda o congelamento dos preços e salários, e a criação da nova moeda o cruzado novo e a extinção da OTN. O plano verão  não deu certo ,gerou uma grande desajuste as cadernetas de poupança que chegaram a 20,37%.
Lula e a força dos sindicatos Em 14 de maio de 1978 ,véspera da posse do General Figueiredo na presidência da república , 150 mil metalúrgicos do ABC paulista entraram em greve.O maior centro industrial da América latina parou.O principal líder operário e presidente do Sindicato Metalúrgico de São Bernardo do Campo , Luís Inácio Lula da Silva(Lula) .Os patrões tiveram de negociar e prometeram atender a algumas reivindicações  dos trabalhadores . Mas o acordo não foi cumprido pelas empresas e em 1979 voltaram a acontecer grandes greves.
MédicosBancários Motoristas de ônibus Professores O movimento estimulou o protesto de vários setores.O governo,os empresários e os militares de linha-dura acreditaram que era preciso destruir o ameaçador movimento sindical.Quando estourou uma nova greve no ABC  em 1980 ,aconteceu uma verdadeira operação de guerra do Estado contra os trabalhadores .Por ordens do governador Paulo Maluf  o exército mobilizou tropas para ocupar a cidade.
Lula e seus companheiros da direção sindical foram presos porque os militares acreditavam que sem líderes os movimento recuaria.Cantores, artistas, advogados, entre outros,  prestaram solidariedade aos grevistas.Apesar de toda proibição , os trabalhadores desafiaram as ordens do comandante do II exército e jogaram na lata do lixo todas as leis antigreve . A partir daquele momento ficou claro que o governo não teria mais condições evitar as manifestações populares.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planos econômicos do plano cruzado ao plano real
Planos econômicos   do plano cruzado ao plano realPlanos econômicos   do plano cruzado ao plano real
Planos econômicos do plano cruzado ao plano real
Marcos Rizzatti
 
Governo José Sarney
Governo José SarneyGoverno José Sarney
Governo José Sarney
Valéria Shoujofan
 
Periodo Sarney
Periodo Sarney Periodo Sarney
Periodo Sarney
tanafrente
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
mundica broda
 
9º ano - PÓS DITADURA
9º ano - PÓS DITADURA9º ano - PÓS DITADURA
9º ano - PÓS DITADURA
Janaína Bindá
 
Governo FHC - governo LULA
Governo FHC -    governo LULAGoverno FHC -    governo LULA
Governo FHC - governo LULA
Edenilson Morais
 
Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002
Ócio do Ofício
 
A Nova República - 1985 aos dias atuais
A Nova República - 1985 aos dias atuaisA Nova República - 1985 aos dias atuais
A Nova República - 1985 aos dias atuais
Adna Myrella
 
GOVERNO LULA (2002-2010)
GOVERNO LULA (2002-2010)GOVERNO LULA (2002-2010)
GOVERNO LULA (2002-2010)
Roberta Emmanuelle
 
A crise, o paeg e o
A crise, o paeg e oA crise, o paeg e o
A crise, o paeg e o
Saulo Schmidt
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
Fabiana Tonsis
 
O governo de FHC
O governo de FHCO governo de FHC
O governo de FHC
Lucas Forlin
 
Governo Sarney
Governo SarneyGoverno Sarney
Governo Sarney
Edenilson Morais
 
Plano cruzado i e ii
Plano cruzado i e iiPlano cruzado i e ii
Plano cruzado i e ii
Karina Marques
 
Do regime militar_a_nova_republica
Do regime militar_a_nova_republicaDo regime militar_a_nova_republica
Do regime militar_a_nova_republica
secretaria estadual de educação
 
Governo José Sarney
Governo José SarneyGoverno José Sarney
Governo José Sarney
Valéria Shoujofan
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
dinicmax
 
Redemocratização do brasil 1970-1980
Redemocratização do brasil  1970-1980Redemocratização do brasil  1970-1980
Redemocratização do brasil 1970-1980
CesarDestro
 
A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )
Isaquel Silva
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
Privada
 

Mais procurados (20)

Planos econômicos do plano cruzado ao plano real
Planos econômicos   do plano cruzado ao plano realPlanos econômicos   do plano cruzado ao plano real
Planos econômicos do plano cruzado ao plano real
 
Governo José Sarney
Governo José SarneyGoverno José Sarney
Governo José Sarney
 
Periodo Sarney
Periodo Sarney Periodo Sarney
Periodo Sarney
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
 
9º ano - PÓS DITADURA
9º ano - PÓS DITADURA9º ano - PÓS DITADURA
9º ano - PÓS DITADURA
 
Governo FHC - governo LULA
Governo FHC -    governo LULAGoverno FHC -    governo LULA
Governo FHC - governo LULA
 
Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002Redemocratização brasileira 1985 2002
Redemocratização brasileira 1985 2002
 
A Nova República - 1985 aos dias atuais
A Nova República - 1985 aos dias atuaisA Nova República - 1985 aos dias atuais
A Nova República - 1985 aos dias atuais
 
GOVERNO LULA (2002-2010)
GOVERNO LULA (2002-2010)GOVERNO LULA (2002-2010)
GOVERNO LULA (2002-2010)
 
A crise, o paeg e o
A crise, o paeg e oA crise, o paeg e o
A crise, o paeg e o
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
 
O governo de FHC
O governo de FHCO governo de FHC
O governo de FHC
 
Governo Sarney
Governo SarneyGoverno Sarney
Governo Sarney
 
Plano cruzado i e ii
Plano cruzado i e iiPlano cruzado i e ii
Plano cruzado i e ii
 
Do regime militar_a_nova_republica
Do regime militar_a_nova_republicaDo regime militar_a_nova_republica
Do regime militar_a_nova_republica
 
Governo José Sarney
Governo José SarneyGoverno José Sarney
Governo José Sarney
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
 
Redemocratização do brasil 1970-1980
Redemocratização do brasil  1970-1980Redemocratização do brasil  1970-1980
Redemocratização do brasil 1970-1980
 
A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
 

Semelhante a O Período Sarney

3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
Daniel Alves Bronstrup
 
3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
Daniel Alves Bronstrup
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
Daniel Alves Bronstrup
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil    1985 até itamarBrasil    1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
Nelia Salles Nantes
 
Ditadura do brasil seminario
Ditadura do brasil   seminarioDitadura do brasil   seminario
Ditadura do brasil seminario
Moniky Manuela Neves Oliveira
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil    1985 até itamarBrasil    1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
historiando
 
Redemocratização: esperanças e decepções...
Redemocratização: esperanças e decepções...Redemocratização: esperanças e decepções...
Redemocratização: esperanças e decepções...
Glasiely Virgílio Silva
 
Comissaodaverdade
ComissaodaverdadeComissaodaverdade
Comissaodaverdade
aulasdejornalismo
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamarBrasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
Nelia Salles Nantes
 
Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
Maiana Antoniazzi Dalla Bernardina
 
Texto ditadura 2[1]
Texto ditadura 2[1]Texto ditadura 2[1]
Texto ditadura 2[1]
PIBIDSolondeLucena
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamarBrasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
Nelia Salles Nantes
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
Fabiana Tonsis
 
O brasil pós vargas
O brasil pós vargasO brasil pós vargas
O brasil pós vargas
Hernane Freitas
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
Bruno E Geyse Ornelas
 
Conteúdo recuperação história Eduardo
Conteúdo recuperação história   EduardoConteúdo recuperação história   Eduardo
Conteúdo recuperação história Eduardo
rafaelcef3
 
SLIDES República Militar.pptx
SLIDES República Militar.pptxSLIDES República Militar.pptx
SLIDES República Militar.pptx
VanessaRibeiro228
 
Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4
Maiana_adb
 
Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
Maiana Antoniazzi Dalla Bernardina
 
Resumo de história
Resumo de históriaResumo de história
Resumo de história
Caio Sousa
 

Semelhante a O Período Sarney (20)

3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
 
3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil    1985 até itamarBrasil    1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
 
Ditadura do brasil seminario
Ditadura do brasil   seminarioDitadura do brasil   seminario
Ditadura do brasil seminario
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil    1985 até itamarBrasil    1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
 
Redemocratização: esperanças e decepções...
Redemocratização: esperanças e decepções...Redemocratização: esperanças e decepções...
Redemocratização: esperanças e decepções...
 
Comissaodaverdade
ComissaodaverdadeComissaodaverdade
Comissaodaverdade
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamarBrasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
 
Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
 
Texto ditadura 2[1]
Texto ditadura 2[1]Texto ditadura 2[1]
Texto ditadura 2[1]
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamarBrasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
O brasil pós vargas
O brasil pós vargasO brasil pós vargas
O brasil pós vargas
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
Conteúdo recuperação história Eduardo
Conteúdo recuperação história   EduardoConteúdo recuperação história   Eduardo
Conteúdo recuperação história Eduardo
 
SLIDES República Militar.pptx
SLIDES República Militar.pptxSLIDES República Militar.pptx
SLIDES República Militar.pptx
 
Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4Período Sarney - 3M2 - G4
Período Sarney - 3M2 - G4
 
Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2Período Sarney - 3M2
Período Sarney - 3M2
 
Resumo de história
Resumo de históriaResumo de história
Resumo de história
 

O Período Sarney

  • 2. O governo SarneyIntegrantes:LorennaFuladorDaiane PereiraRayane Lima Isabel WrightBethania PriscilaAygres Cardoso3M4 Prof: Marco Antônio Campo Dall'orto
  • 3. O governo SarneyA transição DemocráticaDiretas JáEleição e morte de Tancredo NevesJosé Sarney Os planos econômicosA economia após os planos econômicosLula e a força do sindicato no período Indicadores Sociais
  • 4. A Transição Democrática Ditadura (1964–1985) : No governos não há participação popular,essa participação ocorre de maneira restrita. Militares que comandavam . No fim da ditadura Tancredo Neves foi eleito presidente pelo voto indireto de um colégio eleitoral, mas adoeceu e morreu 39 dias depois, sem ter sido oficialmente empossado.Governo Sarney : Sarney era vice-presidente da republica e assumia a presidência após a morte de Tancredo Neves , seu mandato durou de 1985 a 1990. Em seu governo ocorreu uma grande aumento na inflação , o Brasil teve uma divida externa de U$ 100 bilhões. 
  • 5. Diretas já A campanha Diretas Já foi o maior manifesto popular do Brasil.Tinha como objetivo ter no país eleições diretas para a presidência da república .Colégio Eleitoral xVotação Direta Regra do regime militar. Regra de uma nova república .Era formado pelos deputados e senadores.Sendo eles os únicos que poderiam escolher o novo presidente. Toda a população brasileira poderia votar.
  • 6. Na campanha as escolas , universidades , escritórios , oficinas ,nas ruas ,nos trens , toda a população aderiu a manifestação.Os grandes políticos da oposição (Ulysses Guimarães,FHC,Lula,Itamar Franco ,etc. ) que eram a favor das votações diretas formaram uma grande corrente.Fazendo :PasseatasShows musicaisDebatesPanfletagens
  • 7. Obs: Os comícios realizados pelo movimento pelas Diretas Já reuniu mais de 1 milhão de pessoas porém a TV não mostrou .
  • 8. No dia 25 de abril de 1984 o Congresso Nacional se reuniu para votar na Emenda Dante de Oliveira.Estabelecia as eleições diretas para presidente. No fim por 22 votos de diferença a emenda foi derrotada .A única forma de se ter novamente eleições diretas era, reformular a constituição ...!
  • 9. Eleição e morte de Tancredo Neves Tancredo Neves é eleito presidente no dia 15 de novembro de 1985 ,pelocolégio eleitoral tendo como seu vice-presidente José Sarney;Tancredo Neves era um político mineiro conhecido pela moderação e pela capacidade de montar acordos políticos entre o governo e a oposição .Antes da posse Tancredo é internado.Sarney se torna Presidente interino.
  • 10. No dia 21 de abril de 1985 Tancredo Neves morre .Jornais, revistas e principalmente a população brasileira lamenta a sua morte, por ter ele como a esperança de melhoria para o país .Sarney então se torna Presidente !
  • 11. José SarneyQuem é Sarney ?Governo Sarney + PMDB +PDS.Enviam projetos de lei ao Congresso. EMENDÃOApoiou a Ditadura Militar;Rompeu com PDS e fundou PFL às vésperas da eleição; Fim do Colégio Eleitoral e restabelecimento das eleições diretas;
  • 12. Retorno das eleições para prefeitos.Direito de voto aos analfabetosReconhecimento da liberdade e autonomia dos sindicatos;
  • 13. Planos Econômicos Plano Cruzado I :Ministro Dílson Funaro – crítico do modelo econômico da Ditadura Militar.Objetivos: combater a inflação e a recessão, sem comprometer o crescimento.Controle de preços durante1 ano – obj.: EVITAR INFLAÇÃO INERCIAL;Congelamento dos salários – aumento quando a inflação chegasse a 20%.Correção monetária é extinta.
  • 14. Criação de nova moeda – CRUZADO.Adesão da população ao plano de fiscalização dos preços .CRISE DO PLANORecursos da caderneta de popança investido em consumo  não havia investimento no setor produtivo;A oferta não dava conta da demanda – EXPLOSÃO DO CONSUMOPreços congeladosDesabastecimentos cobrança de ágio.
  • 16. Queda das reservas internacionais;
  • 18. Inflação. Uso da mídia para agredir os empresários,Colocou exército para fiscalizar os pastos, Importações para abastecer mercado
  • 19. PLANO CRUZADO II:Medida:Consequências: Cruzado 2Descongelamento dos preçosAumento tarifas energia , telefone e correio Aumento imposto sobre cigarro e bebidas;Aumento dos exagerado dos preços;Disparo do gatilho salarialHiperinflação 1987 – 365%
  • 20. Plano Bresser:Em 12 de junho de 1987 o ministro da fazenda Luiz Carlos Bresser Pereira fundou o Plano Bresser. O plano Bresser institui: Foi formado para ameniza os problemas de déficit público (governo gastava mais do que podia).Medidas : Mas o esforço não valeu muito a pena pois em dezembro de 1987 a inflação atingiu 366% então em janeiro de 1988 pediu demissão e foi substituído por Mailson Nóbrega. Congelamento de preçoCongelamento dos salários Congelamento dos alugueis Reajuste dos salários .Alem do aumento dos impostos.Corte do subsídios do trigo.Adiamento de obras de grande porte.
  • 21. Plano Verão:Em 16 de janeiro de 1989 Maison Ferreira Nóbrega lançou um plano econômico: Verão .A crise inflacionária nos anos 80 levou a edição de uma lei que modificou o índice de rendimento da caderneta promovendo ainda o congelamento dos preços e salários, e a criação da nova moeda o cruzado novo e a extinção da OTN. O plano verão não deu certo ,gerou uma grande desajuste as cadernetas de poupança que chegaram a 20,37%.
  • 22. Lula e a força dos sindicatos Em 14 de maio de 1978 ,véspera da posse do General Figueiredo na presidência da república , 150 mil metalúrgicos do ABC paulista entraram em greve.O maior centro industrial da América latina parou.O principal líder operário e presidente do Sindicato Metalúrgico de São Bernardo do Campo , Luís Inácio Lula da Silva(Lula) .Os patrões tiveram de negociar e prometeram atender a algumas reivindicações  dos trabalhadores . Mas o acordo não foi cumprido pelas empresas e em 1979 voltaram a acontecer grandes greves.
  • 23. MédicosBancários Motoristas de ônibus Professores O movimento estimulou o protesto de vários setores.O governo,os empresários e os militares de linha-dura acreditaram que era preciso destruir o ameaçador movimento sindical.Quando estourou uma nova greve no ABC  em 1980 ,aconteceu uma verdadeira operação de guerra do Estado contra os trabalhadores .Por ordens do governador Paulo Maluf o exército mobilizou tropas para ocupar a cidade.
  • 24. Lula e seus companheiros da direção sindical foram presos porque os militares acreditavam que sem líderes os movimento recuaria.Cantores, artistas, advogados, entre outros, prestaram solidariedade aos grevistas.Apesar de toda proibição , os trabalhadores desafiaram as ordens do comandante do II exército e jogaram na lata do lixo todas as leis antigreve . A partir daquele momento ficou claro que o governo não teria mais condições evitar as manifestações populares.
  • 25. Indicadores sociais do governo SarneyA economia brasileira encontrava-se paralisada com índices de crescimentos econômicos negativos :1981:...............................1,5%1990:..............................-4,6%A indústria nacional termina a década abalada pelas altas taxas de juros,congelamentos e pela perda da competitividade .A taxa de crescimento da produtividade do trabalho é decrescente no final da década .
  • 26. Apesar do crescimento econômico , da elevação do nível de empregos e da tolerância do presidente na transição democrática , o governo Sarney estava impopular e desmoralizado.O desagrado popular se devia a inflação descontrolada.