SlideShare uma empresa Scribd logo
PONTUAÇÃO
Aula 2
LEMBRETES:
 Vocativo: Nome utilizado para chamar
Ex.: Meninas, venham cá.
 Aposto: Termo explicativo
 Advérbio: termo intercalado
Ex.: A menina entrou rápido;
PARA QUE SERVEM OS SINAIS DE PONTUAÇÃO?
 No geral, para representar pausas na fala, nos
casos do ponto, vírgula e ponto e vírgula;
 Ou entonações, nos casos do ponto de
exclamação e de interrogação, por exemplo.
 Além de pausa na fala e entonação da voz, os
sinais de pontuação reproduzem, na escrita,
nossas emoções, intenções e anseios.
Vejamos aqui alguns empregos:
VÍRGULA
 É usada para:
 Separar termos que possuem mesma função
sintática na oração
Ex.: O menino berrou, chorou, esperneou e, enfim,
dormiu.
Nessa oração, a vírgula separa os verbos.
 Isolar o vocativo
Ex.: Então, minha cara, não há mais o que se dizer!
Venham, meninas, aqui! ou Meninas, venham aqui!
 Isolar o aposto
Ex.: O João, ex-integrante da comissão, veio assistir
à reunião.
Maria, uma menina alegre...
 Isolar termos antecipados, como complemento ou
adjunto:
• Uma vontade indescritível de beber água, eu senti
quando olhei para aquele copo suado!
(antecipação de complemento verbal)
• Nada se fez, naquele momento, para que
pudéssemos sair! (antecipação de adjunto
adverbial)
 Separar expressões explicativas, conjunções e
conectivos:
Isto é, ou seja, por exemplo, além disso, pois,
porém, mas, no entanto, assim,etc
 Separar os nomes dos locais de datas
Ex.: Brasília, 30 de janeiro de 2009
 Isolar orações adjetivas explicativas:
Ex.: O filme, que você indicou para mim, é muito
mais do que esperava.
PONTOS
 Ponto final (.)
 É usada ao final de frases para indicar uma pausa
total:
Ex.: Não quero dizer nada.
Eu amo minha vida.
 E em abreviaturas: Sr., a., C., Ltda., vv.,
num.,adj.,obs.
 Ponto de Interrogação (?)
O ponto de interrogação é usado para:
 Formular perguntas diretas:
Ex.: Você quer ir conosco ao cinema?
Desejam participar da festa de confraternização?
 Para indicar surpresa, expressar indignação ou
atitude de expectativa diante de uma determinada
situação:
Ex.: O quê?não acredito que você tenha feito isso!
Será que eu mereço tudo isso? (surpresa)
 Ponto de Exclamação (!)
Esse sinal de pontuação é utilizado nas seguintes
circunstâncias:
 Depois de frases que expressem sentimentos
distintos, tais como: entusiasmo, surpresa,
súplica, ordem, terror, espanto:
Ex.: Iremos viajar! (entusiasmo)
Foi ele o vencedor! (surpresa)
Por favor, não me deixe aqui! (súplica)
Que horror! Não esperava tal atitude. (espanto)
Seja rápido! (ordem)
 Depois de vocativos e algumas interjeições:
Ex.: Ui!que susto você me deu. (interjeição)
Foi você mesmo, garoto! (vocativo)
 Nas frases que exprimem desejo:
Ex.: Oh, Deus, ajude-me!
OBSERVAÇÕES DIGNAS DE NOTA
 Quando a intenção comunicativa expressar, ao
mesmo tempo, questionamento e admiração, o uso
dos pontos de interrogação e exclamação é
permitido.
Observe: Que que eu posso fazer agora?!
 Quando se deseja intensificar ainda mais a
admiração ou qualquer outro sentimento, não há
problema algum em repetir o ponto de exclamação
ou interrogação.
Note: Não!!! – gritou a mão desesperada ao ver o
filho em perigo.
 Ponto e vírgula (;)
É usado para:
 Separar itens enumerados:
Ex.: A matemática se divide em:
-Geometria;
-Álgebra;
-Trigonometria;
-Financeira.
 Separar um período que já se encontra dividido por
vírgulas:
Ex.: Ela não disse nada, apenas olhou ao longe, sentou
por cima da grama; queria ficar sozinho com seu cão.
DOIS PONTOS (:)
É usado quando:
 Se vai fazer uma citação ou introduzir uma fala.
Ex.: Ele respondeu: Não, muito obrigado!
 Se quer indicar uma enumeração.
Ex.: Quero lhe dizer algumas coisas: não converse
com pessoas estranhas, não brigue com seus
colegas e não responda a professora.
ASPAS (“ ”)
São usadas para indicar:
 Citação de alguém.
Ex.: “A ordem para fechar a prisão de Guantánamo
mostra um início firme. Ainda na edição, os 25 anos
do MST e o bloqueio de 2 bilhões de dólares do
Oportunity no exterior” (Carta Capital on-line,
30/01/09)
 Expressões estrangeiras, neologismos, gírias
Ex.: Nada pode com a propaganda de “outdoor”.
RETICÊNCIAS (...)
São usadas para indicar supressão de um trecho,
interrupção ou dar ideia de continuidade ao que se
estava falando:
Ex.: E então, veio um sentimento de alegria, paz, felicidade...
(...) Onde está ela. Amor, a nossa casa.
O bem que neste mundo mais invejo?
O brando ninho o nosso beijo
Será mais puro e doce que uma asa?(...)
PARÊNTESES ( )
São usados quando ser quer explicar melhor
algo que foi dito ou para fazer simples indicações.
Ex.: ele comeu, e almoçou, e dormiu, e depois
saiu. (o e aparece repetido e, por isso, há o
predomínio de vírgulas).
TRAVESSÃO ( - )
O travessão é indicado para:
 Indicar a mudança de interlocutor em um diálogo:
- Quais ideias você tem para revelar?
- Não sei se serão bem-vindas
-0 Não importa. O fato é que assim você estará
contribuindo para a elaboração deste projeto.
 Separar orações intercaladas, desempenhando as
funções da vírgula e dos parênteses:
Ex.: Precisamos acreditar sempre – disse o aluno –
que tudo irá dar certo.
 Colocar em evidência ao melhor uma frase,
expressão ou palavra.
Ex.: O prêmio foi destinado ao melhor aluno da
classe – uma pessoa bastante esforçada.
Gostaria de parabenizar a pessoa que está
discursando – meu melhor amigo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sinais de pontuação add - celina medeiros
Sinais de pontuação   add - celina medeirosSinais de pontuação   add - celina medeiros
Sinais de pontuação add - celina medeiros
Celina Medeiros
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Jose Manuel Alho
 
Pontuação Gráfica
Pontuação GráficaPontuação Gráfica
Pontuação Gráfica
linguonautas
 
Português para concursos públicos - Pontuação
Português para concursos públicos - PontuaçãoPortuguês para concursos públicos - Pontuação
Português para concursos públicos - Pontuação
PreOnline
 
Slide1 modulo3
Slide1 modulo3Slide1 modulo3
Slide1 modulo3
folilim
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
Thiago Rodrigues
 
Módulo III - Análise Linguistica
Módulo III - Análise LinguisticaMódulo III - Análise Linguistica
Módulo III - Análise Linguistica
Aline Santana
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
Damisa
 
Pontuacao
PontuacaoPontuacao
Pontuacao
Flávio Ferreira
 
Aula 9
Aula 9Aula 9
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
Bianca Pacheco
 
regras de pontuação
regras de pontuaçãoregras de pontuação
regras de pontuação
carvalho31
 
Tipos de frase add - celina medeiros
Tipos de frase   add - celina medeirosTipos de frase   add - celina medeiros
Tipos de frase add - celina medeiros
Celina Medeiros
 
SINAIS DE PONTUAÇÃO: APOSTILA EM "PDF".
SINAIS DE PONTUAÇÃO: APOSTILA EM "PDF".SINAIS DE PONTUAÇÃO: APOSTILA EM "PDF".
SINAIS DE PONTUAÇÃO: APOSTILA EM "PDF".
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Gramática - Pontuação
Gramática - PontuaçãoGramática - Pontuação
Gramática - Pontuação
Mentor Concursos
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
CrisBiagio
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
Ana Arminda Moreira
 
Regras vírgula gqm_05_04
Regras vírgula gqm_05_04Regras vírgula gqm_05_04
Regras vírgula gqm_05_04
Moises Ribeiro
 
Técnica de Redação Pontuação
Técnica de Redação Pontuação Técnica de Redação Pontuação
Técnica de Redação Pontuação
Laguat
 

Mais procurados (19)

Sinais de pontuação add - celina medeiros
Sinais de pontuação   add - celina medeirosSinais de pontuação   add - celina medeiros
Sinais de pontuação add - celina medeiros
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Pontuação Gráfica
Pontuação GráficaPontuação Gráfica
Pontuação Gráfica
 
Português para concursos públicos - Pontuação
Português para concursos públicos - PontuaçãoPortuguês para concursos públicos - Pontuação
Português para concursos públicos - Pontuação
 
Slide1 modulo3
Slide1 modulo3Slide1 modulo3
Slide1 modulo3
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
 
Módulo III - Análise Linguistica
Módulo III - Análise LinguisticaMódulo III - Análise Linguistica
Módulo III - Análise Linguistica
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
 
Pontuacao
PontuacaoPontuacao
Pontuacao
 
Aula 9
Aula 9Aula 9
Aula 9
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
 
regras de pontuação
regras de pontuaçãoregras de pontuação
regras de pontuação
 
Tipos de frase add - celina medeiros
Tipos de frase   add - celina medeirosTipos de frase   add - celina medeiros
Tipos de frase add - celina medeiros
 
SINAIS DE PONTUAÇÃO: APOSTILA EM "PDF".
SINAIS DE PONTUAÇÃO: APOSTILA EM "PDF".SINAIS DE PONTUAÇÃO: APOSTILA EM "PDF".
SINAIS DE PONTUAÇÃO: APOSTILA EM "PDF".
 
Gramática - Pontuação
Gramática - PontuaçãoGramática - Pontuação
Gramática - Pontuação
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
 
Regras vírgula gqm_05_04
Regras vírgula gqm_05_04Regras vírgula gqm_05_04
Regras vírgula gqm_05_04
 
Técnica de Redação Pontuação
Técnica de Redação Pontuação Técnica de Redação Pontuação
Técnica de Redação Pontuação
 

Semelhante a pontuaçãoPontuação aula 2

Principais dificuldades relativas à Língua Portuguesa
Principais dificuldades relativas à Língua PortuguesaPrincipais dificuldades relativas à Língua Portuguesa
Principais dificuldades relativas à Língua Portuguesa
Olivaldo Ferreira
 
Aula iii.ugs.tce.2010
Aula iii.ugs.tce.2010Aula iii.ugs.tce.2010
Aula iii.ugs.tce.2010
LeYa
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
Fábio Guimarães
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
Andriane Cursino
 
Ppt apto para slide share semana de 06 a 10 de julho
Ppt apto para slide share  semana de 06 a 10 de julhoPpt apto para slide share  semana de 06 a 10 de julho
Ppt apto para slide share semana de 06 a 10 de julho
EglePinho
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Hena Meira
 
Frases simples Pt
Frases simples PtFrases simples Pt
Frases simples Pt
marcelestevao
 
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptxfigurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
JssicaCassiano2
 
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptxfigurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
JssicaCassiano2
 
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptxfigurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
JssicaCassiano2
 
www.videoaulagratisapoio.com.br - Português - Pontuação
www.videoaulagratisapoio.com.br - Português -  Pontuaçãowww.videoaulagratisapoio.com.br - Português -  Pontuação
www.videoaulagratisapoio.com.br - Português - Pontuação
Video Aulas Apoio
 
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Português - Pontuação
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br    - Português -  Pontuaçãowww.ApoioAulasParticulares.Com.Br    - Português -  Pontuação
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Português - Pontuação
Aula Particular Aulas Apoio
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Pontuação
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Pontuaçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Pontuação
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Pontuação
Márcia De Bianci
 
Questões de escrita
Questões de escritaQuestões de escrita
Questões de escrita
André Aleixo
 
Figuras de Linguagem
Figuras de LinguagemFiguras de Linguagem
Figuras de Linguagem
Antonio Filho
 
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Pontuação
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Pontuaçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Pontuação
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Pontuação
Lucia Silveira
 
INTERJEIÇÃO.pptx
INTERJEIÇÃO.pptxINTERJEIÇÃO.pptx
INTERJEIÇÃO.pptx
Caroline Assis
 
Lingua portuguesa
Lingua portuguesaLingua portuguesa
Lingua portuguesa
smssergio
 
Regras de portugues
Regras de portuguesRegras de portugues
Regras de portugues
Luisa Cristina Rothe Mayer
 
A Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
A Comunicação Escrita Através da Abordagem GramaticalA Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
A Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 

Semelhante a pontuaçãoPontuação aula 2 (20)

Principais dificuldades relativas à Língua Portuguesa
Principais dificuldades relativas à Língua PortuguesaPrincipais dificuldades relativas à Língua Portuguesa
Principais dificuldades relativas à Língua Portuguesa
 
Aula iii.ugs.tce.2010
Aula iii.ugs.tce.2010Aula iii.ugs.tce.2010
Aula iii.ugs.tce.2010
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
 
Ppt apto para slide share semana de 06 a 10 de julho
Ppt apto para slide share  semana de 06 a 10 de julhoPpt apto para slide share  semana de 06 a 10 de julho
Ppt apto para slide share semana de 06 a 10 de julho
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Frases simples Pt
Frases simples PtFrases simples Pt
Frases simples Pt
 
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptxfigurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
 
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptxfigurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
 
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptxfigurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
figurasdelinguagemoficial-170301205825.pptx
 
www.videoaulagratisapoio.com.br - Português - Pontuação
www.videoaulagratisapoio.com.br - Português -  Pontuaçãowww.videoaulagratisapoio.com.br - Português -  Pontuação
www.videoaulagratisapoio.com.br - Português - Pontuação
 
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Português - Pontuação
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br    - Português -  Pontuaçãowww.ApoioAulasParticulares.Com.Br    - Português -  Pontuação
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Português - Pontuação
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Pontuação
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Pontuaçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Pontuação
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Pontuação
 
Questões de escrita
Questões de escritaQuestões de escrita
Questões de escrita
 
Figuras de Linguagem
Figuras de LinguagemFiguras de Linguagem
Figuras de Linguagem
 
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Pontuação
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Pontuaçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Pontuação
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Pontuação
 
INTERJEIÇÃO.pptx
INTERJEIÇÃO.pptxINTERJEIÇÃO.pptx
INTERJEIÇÃO.pptx
 
Lingua portuguesa
Lingua portuguesaLingua portuguesa
Lingua portuguesa
 
Regras de portugues
Regras de portuguesRegras de portugues
Regras de portugues
 
A Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
A Comunicação Escrita Através da Abordagem GramaticalA Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
A Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
 

Mais de Alice Silva

Substantivos
Substantivos  Substantivos
Substantivos
Alice Silva
 
Significação de palavras aula 5
Significação de palavras   aula 5Significação de palavras   aula 5
Significação de palavras aula 5
Alice Silva
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 
Numeral aula 9
Numeral   aula 9Numeral   aula 9
Numeral aula 9
Alice Silva
 
Artigo aula 8
Artigo   aula 8Artigo   aula 8
Artigo aula 8
Alice Silva
 
Adjetivos aula 7
Adjetivos   aula 7Adjetivos   aula 7
Adjetivos aula 7
Alice Silva
 
Autoritarismo e democracia no brasil
Autoritarismo e democracia no brasilAutoritarismo e democracia no brasil
Autoritarismo e democracia no brasil
Alice Silva
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Alice Silva
 
Distância e Deslocamento slide
Distância e Deslocamento   slideDistância e Deslocamento   slide
Distância e Deslocamento slide
Alice Silva
 
Formação de palavras (derivações e composições) aula 1
Formação de palavras (derivações e composições)  aula 1Formação de palavras (derivações e composições)  aula 1
Formação de palavras (derivações e composições) aula 1
Alice Silva
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
Alice Silva
 
Porquês
PorquêsPorquês
Porquês
Alice Silva
 

Mais de Alice Silva (12)

Substantivos
Substantivos  Substantivos
Substantivos
 
Significação de palavras aula 5
Significação de palavras   aula 5Significação de palavras   aula 5
Significação de palavras aula 5
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Numeral aula 9
Numeral   aula 9Numeral   aula 9
Numeral aula 9
 
Artigo aula 8
Artigo   aula 8Artigo   aula 8
Artigo aula 8
 
Adjetivos aula 7
Adjetivos   aula 7Adjetivos   aula 7
Adjetivos aula 7
 
Autoritarismo e democracia no brasil
Autoritarismo e democracia no brasilAutoritarismo e democracia no brasil
Autoritarismo e democracia no brasil
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Distância e Deslocamento slide
Distância e Deslocamento   slideDistância e Deslocamento   slide
Distância e Deslocamento slide
 
Formação de palavras (derivações e composições) aula 1
Formação de palavras (derivações e composições)  aula 1Formação de palavras (derivações e composições)  aula 1
Formação de palavras (derivações e composições) aula 1
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Porquês
PorquêsPorquês
Porquês
 

Último

Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 

Último (20)

Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 

pontuaçãoPontuação aula 2

  • 2. LEMBRETES:  Vocativo: Nome utilizado para chamar Ex.: Meninas, venham cá.  Aposto: Termo explicativo  Advérbio: termo intercalado Ex.: A menina entrou rápido;
  • 3. PARA QUE SERVEM OS SINAIS DE PONTUAÇÃO?  No geral, para representar pausas na fala, nos casos do ponto, vírgula e ponto e vírgula;  Ou entonações, nos casos do ponto de exclamação e de interrogação, por exemplo.  Além de pausa na fala e entonação da voz, os sinais de pontuação reproduzem, na escrita, nossas emoções, intenções e anseios. Vejamos aqui alguns empregos:
  • 4. VÍRGULA  É usada para:  Separar termos que possuem mesma função sintática na oração Ex.: O menino berrou, chorou, esperneou e, enfim, dormiu. Nessa oração, a vírgula separa os verbos.  Isolar o vocativo Ex.: Então, minha cara, não há mais o que se dizer! Venham, meninas, aqui! ou Meninas, venham aqui!
  • 5.  Isolar o aposto Ex.: O João, ex-integrante da comissão, veio assistir à reunião. Maria, uma menina alegre...  Isolar termos antecipados, como complemento ou adjunto: • Uma vontade indescritível de beber água, eu senti quando olhei para aquele copo suado! (antecipação de complemento verbal) • Nada se fez, naquele momento, para que pudéssemos sair! (antecipação de adjunto adverbial)
  • 6.  Separar expressões explicativas, conjunções e conectivos: Isto é, ou seja, por exemplo, além disso, pois, porém, mas, no entanto, assim,etc  Separar os nomes dos locais de datas Ex.: Brasília, 30 de janeiro de 2009  Isolar orações adjetivas explicativas: Ex.: O filme, que você indicou para mim, é muito mais do que esperava.
  • 7. PONTOS  Ponto final (.)  É usada ao final de frases para indicar uma pausa total: Ex.: Não quero dizer nada. Eu amo minha vida.  E em abreviaturas: Sr., a., C., Ltda., vv., num.,adj.,obs.
  • 8.  Ponto de Interrogação (?) O ponto de interrogação é usado para:  Formular perguntas diretas: Ex.: Você quer ir conosco ao cinema? Desejam participar da festa de confraternização?  Para indicar surpresa, expressar indignação ou atitude de expectativa diante de uma determinada situação: Ex.: O quê?não acredito que você tenha feito isso! Será que eu mereço tudo isso? (surpresa)
  • 9.  Ponto de Exclamação (!) Esse sinal de pontuação é utilizado nas seguintes circunstâncias:  Depois de frases que expressem sentimentos distintos, tais como: entusiasmo, surpresa, súplica, ordem, terror, espanto: Ex.: Iremos viajar! (entusiasmo) Foi ele o vencedor! (surpresa) Por favor, não me deixe aqui! (súplica) Que horror! Não esperava tal atitude. (espanto) Seja rápido! (ordem)
  • 10.  Depois de vocativos e algumas interjeições: Ex.: Ui!que susto você me deu. (interjeição) Foi você mesmo, garoto! (vocativo)  Nas frases que exprimem desejo: Ex.: Oh, Deus, ajude-me!
  • 11. OBSERVAÇÕES DIGNAS DE NOTA  Quando a intenção comunicativa expressar, ao mesmo tempo, questionamento e admiração, o uso dos pontos de interrogação e exclamação é permitido. Observe: Que que eu posso fazer agora?!  Quando se deseja intensificar ainda mais a admiração ou qualquer outro sentimento, não há problema algum em repetir o ponto de exclamação ou interrogação. Note: Não!!! – gritou a mão desesperada ao ver o filho em perigo.
  • 12.  Ponto e vírgula (;) É usado para:  Separar itens enumerados: Ex.: A matemática se divide em: -Geometria; -Álgebra; -Trigonometria; -Financeira.  Separar um período que já se encontra dividido por vírgulas: Ex.: Ela não disse nada, apenas olhou ao longe, sentou por cima da grama; queria ficar sozinho com seu cão.
  • 13. DOIS PONTOS (:) É usado quando:  Se vai fazer uma citação ou introduzir uma fala. Ex.: Ele respondeu: Não, muito obrigado!  Se quer indicar uma enumeração. Ex.: Quero lhe dizer algumas coisas: não converse com pessoas estranhas, não brigue com seus colegas e não responda a professora.
  • 14. ASPAS (“ ”) São usadas para indicar:  Citação de alguém. Ex.: “A ordem para fechar a prisão de Guantánamo mostra um início firme. Ainda na edição, os 25 anos do MST e o bloqueio de 2 bilhões de dólares do Oportunity no exterior” (Carta Capital on-line, 30/01/09)  Expressões estrangeiras, neologismos, gírias Ex.: Nada pode com a propaganda de “outdoor”.
  • 15. RETICÊNCIAS (...) São usadas para indicar supressão de um trecho, interrupção ou dar ideia de continuidade ao que se estava falando: Ex.: E então, veio um sentimento de alegria, paz, felicidade... (...) Onde está ela. Amor, a nossa casa. O bem que neste mundo mais invejo? O brando ninho o nosso beijo Será mais puro e doce que uma asa?(...)
  • 16. PARÊNTESES ( ) São usados quando ser quer explicar melhor algo que foi dito ou para fazer simples indicações. Ex.: ele comeu, e almoçou, e dormiu, e depois saiu. (o e aparece repetido e, por isso, há o predomínio de vírgulas).
  • 17. TRAVESSÃO ( - ) O travessão é indicado para:  Indicar a mudança de interlocutor em um diálogo: - Quais ideias você tem para revelar? - Não sei se serão bem-vindas -0 Não importa. O fato é que assim você estará contribuindo para a elaboração deste projeto.  Separar orações intercaladas, desempenhando as funções da vírgula e dos parênteses: Ex.: Precisamos acreditar sempre – disse o aluno – que tudo irá dar certo.
  • 18.  Colocar em evidência ao melhor uma frase, expressão ou palavra. Ex.: O prêmio foi destinado ao melhor aluno da classe – uma pessoa bastante esforçada. Gostaria de parabenizar a pessoa que está discursando – meu melhor amigo.