SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
Baixar para ler offline
como estratégia publicitária
ANÁLISE DO CASO NERDCAST
por Tales Henrique
para
atingir públicos segmentados
Podcastcomo estratégia publicitária
ANÁLISE DO CASO NERDCAST
por Tales Henrique
para
atingir públicos segmentados
Podcast
sua importância
e metodologia.
visão geral do
assunto abordado
estudo de caso
deste programa
Apesquisa Oconteúdo Nerdcast
ETAPAS
sua importância
e metodologia.
visão geral do
assunto abordado
estudo de caso
deste programa
1 2 3
Apesquisa Oconteúdo Nerdcast
ETAPAS
SUA IMPORTÂNCIA
OBJETIVO E METODOLOGIA.
1
APESQUISA
APESQUISA.
Esta pesquisa analisa a mídia
podcast como uma ferramenta
estratégica de comunicação para
atingir públicos segmentados.
SUAIMPORTÂNCIA
• Investigação acadêmica
para um entendimento
mais aprofundado sobre
o assunto;
• Entendimento de como
funciona o processo de
divulgação voltado para
nichos pouco explorados
pela mídia de massa;
• Análise da propaganda
segmentada como uma
estratégia de alcance
direto do target.
AMETODOLOGIAAPLICADA
Como procedimento metodológico foi realiza-
do um levantamento bibliográfico de autores
que tratam da publicidade, do marketing, da
internet e especificamente do podcast, através
de fontes como livros, trabalhos acadêmicos,
pesquisas de opinião e arquivos digitais. A
pesquisa está fundamentada por nomes como
Pierre Lévy (1999), Henry Jenkins (2008),
Chris Anderson (2006), Tim O'Reilly (2005),
Lúcio Luiz (2009), Pablo de Assis (2009) e
Cláudio Torres (2009), entre outros.
OCONTEÚDO
2
VISÃO GERAL DO
ASSUNTO ABORDADO
OCONTEÚDO
2
VISÃO GERAL DO
ASSUNTO ABORDADO
Adam Curry
HISTÓRICO Adam Curry
HISTÓRICO
Steve Jobs
HISTÓRICO Steve Jobs
OPODCASTNOBRASIL
• No dia 21 de outubro de 2004, Danilo Medeiros,
do blog Digitalminds, lançou o primeiro podcast
brasileiro;
• Muitos podcasts surgiram neste mesmo perío-
do, e em 2005 aconteceu a Conferência Brasileira
de Podcast a PodCon Brasil;
• Fundação da Associação Brasileira de Podcast a
ABPod;
• No final de 2005 acontece o Podfade;
• Surge uma nova geração de podcasts (2006);
• Prêmios: iBest, YouPix, Shorty Awards.
CONSUMODEPODCAST
• Aumento das interações so-
ciais na cibercultura;
• Posicionamento estratégico
das empresas no meio digital;
• Adaptação das técnicas de
propaganda convencionais
para este novo contexto;
• Contato direto com o consu-
midor: “o caminho é para os
lados”;
• Influências: “pessoas falan-
do com pessoas”;
CONSUMODEPODCAST
• O podcast alcança grupos
de pessoas interessadas nos
mesmos assuntos;
• O processo de criação do
podcast é regido pela inten-
ção do ouvinte;
• Entretenimento é importante;
• O conteúdo tem que ser re-
levante para ser bem aceito,
assim como a propaganda;
• Propaganda coerente e não
intrusiva;
CONSUMODEPODCAST
• O podcast alcança grupos
de pessoas interessadas nos
mesmos assuntos;
• O processo de criação do
podcast é regido pela inten-
ção do ouvinte;
• Entretenimento é importante;
• O conteúdo tem que ser re-
levante para ser bem aceito,
assim como a propaganda;
• Propaganda coerente e não
intrusiva;
Produção em grande escala - público genérico
SEGMENTAÇÃODOPÚBLICO
Produção em menor escala - nichos
(ANDERSON, 2006)
Produção em grande escala - público genérico
SEGMENTAÇÃODOPÚBLICO
Produção em menor escala - nichos
(ANDERSON, 2006)
UMAQUESTÃO
O que motiva um anunciante
a investir e vincular sua
marca a um podcast, sendo
este um espaço relevante
para pequenos segmentos, se
comparado às mídias de
massa?
Resposta:
Empatia e credibilidade.
Esta proximidade pode ser tra-
balhada a fim de criar vínculos
com o produto, marca ou serviço
oferecido.
ESTRATÉGIAS
• Baseado na hipertextualidade o podcast permite
ao usuário uma experiência com recursos interati-
vos dentro e fora do conteúdo sonoro gravado;
• 60,8% preferem baixar direto do site do que assi-
nar o feed RSS;*
• Na descrição do episódio, os links, textos, vitri-
nes ilustradas , vídeos e as redes sociais – exten-
dem a experiência e podem levar o consumidor di-
retamente ao anunciante;
• 35,26% dos ouvintes brasileiros são a favor de
propagandas em podcast, desde que elas não
sejam intrusivas e outros 36,75% concordam com
os anúncios, desde que sejam relevantes.*
*(Podpesquisa, 2009)
FORMATOS
• Menção - Merchandising
editorial/ Tie-in;
• Os oferecimentos nas
aberturas de programas ou
nas leituras de e-mails;
• Testemunhal;
• Concursos;
• Programas patrocinados;
3
NERDCASTESTUDO DE CASO
DESTE PROGRAMA
3
NERDCASTESTUDO DE CASO
DESTE PROGRAMA
• Está na rede desde março de
2006;
• Audiência com idade entre 15 a
35 anos em sua maioria
• Possui linguagem simples e
informal;
• Abordagem temática com du-
ração de 1 hora um mais;
• Cinema, seriados, games, TV,
HQs, tecnologia, história, lite-
ratura, ciência, biografias, nos-
talgia, oportunidades de negó-
cios, profissões, além de entre-
vistas especiais.
OPROGRAMA
NÚMEROS
• É o maior podcast do Brasil
com mais de 370 episódios;
• O último Nerdcast Especial
RPG teve mais de 777.000
downloads;
• No final de cada mês, um
Nerdcast atinge, em média,
300.000 downloads
• 20h de trabalho por progra-
ma;
• 347.000 downloads na 1ª
semana;
• 25.000 assinantes no feed
RSS
ANUNCIANTESANUNCIANTES
PRÊMIOSPRÊMIOS
SpockSpock
• Testemunhal de dois
minutos com comen-
tários e descrições
do produto
• Ocorre na leitura de
e-mails do programa
•Exemplo: LG Live Cinema 3D Game e
Mês da Comédia VH1
•Aparece em: 1min 30s
•Link do programa: http://ow.ly/cmdEo
SPOT
• Spot de dois minutos
contextualizado com
tema sugerido pelo
cliente.
•Exemplo: Desafio SEBRAE
•Aparece em: 02min 00s
•Link do programa: http://ow.ly/cmqwo
OBS: Nerdcast temático pode ter spot de
outros anunciantes. Os temas estão
sujeitos à aprovação.
TEMÁTICO
site: www.olivreiro.com.br
CASE:OLIVREIRO
BRIEFINGEAÇÃO
• O objetivo do site
olivreiro.com.br era au-
mentar 4 mil cadastros
na sua base de dados.
Para isso, eles fariam
uma campanha massiva
em vários blogs e
mídias sociais.
BRIEFINGEAÇÃO
• O objetivo do site
olivreiro.com.br era au-
mentar 4 mil cadastros
na sua base de dados.
Para isso, eles fariam
uma campanha massiva
em vários blogs e
mídias sociais.
BRIEFINGEAÇÃO
• Patrocinaram uma
série de 3 programas
com um dos temas
mais pedidos pelos
ouvintes: Senhor dos
Anéis, como presente
de Natal dado pelo
"olivreiro.com.br"; e
ainda foi sorteado um
“Kit Tolkien”.
BRIEFINGEAÇÃO
• Patrocinaram uma
série de 3 programas
com um dos temas
mais pedidos pelos
ouvintes: Senhor dos
Anéis, como presente
de Natal dado pelo
"olivreiro.com.br"; e
ainda foi sorteado um
“Kit Tolkien”.
REPERCUSSÃO
• 13 minutos após o Nercast
#192a ir ao ar, a comunida-
de já contava com 57 mem-
bros;
• Após 3 horas, já era a
maior comunidade do Li-
vreiro com 692 membros;
• Em 5 horas se tornou a pri-
meira comunidade do Li-
vreiro a ter 1000 membros.
• 4.700 cadastros;
• 101 tópicos ativos;
• 1182 respostas;
• 1 evento.
• Mais de 1000 twittadas
sobre o Nerdcast #192;
Alcance de mais de 200 mil
pessoas.
REPERCUSSÃO
Fontes:
http://www.youtube.com/watch?v
=_OYjx-93fAw
http://www.slideshare.net/social
mediabr/apresentacao-nerdcast-s
mbr2010?from_search=28
CONCLUSÃOCONCLUSÃO
CONCLUSÃO
• O comportamento do usuário da web 2.0 gerou
tendências diferenciadas de consumo;
• O podcast é uma ferramenta que reforça isso
devido à mobilidade que proporciona ao usuário;
• A relação de proximidade que os podcasters têm
com seu público estimula os anunciantes de alguns
segmentos a anunciar para nichos em podcasts.
CONCLUSÃO
• Muitos formatos de inserção de anúncios dentro do pod-
cast foram inspirados em formatos já utilizados no rádio,
adaptados à linguagem do ciberespaço;
• Ferramentas hipertextuais são utilizadas, e geram for-
matos híbridos de anúncio com mais interatividade;
• Segmentação é bem precisa e individualizada;
• Empresas que pretendem entrar neste mercado, preci-
sam se adaptar às novas tendências da web, antes mesmo
de aplicar as técnicas convencionais de propaganda que
já são usadas na mídia de massa;
CONCLUSÃO
• Com base em alguns estudos de caso dentro do programa
Nerdcast, foi constatado que é possível obter sucesso em
campanhas publicitárias dentro de mídias alternativas,
usando os recursos hipertextuais da cibercultura;
• A empatia e a credibilidade conquistada pelo Jovem Nerd e
como ele se comunica com o seu público é fundamental para
toda estrutura do site;
• Através de ações bem direcionadas, estratégia de marke-
ting eficiente e o uso de técnicas publicitárias, os organiza-
dores conseguem divulgar produtos e serviços voltados
para seu nicho e criar um canal de manutenção do relaciona-
mento e de interação com seus usuários;
• O Nerdcast é a prova de que é possível fazer um podcast
com conteúdo relevante voltado para um público segmenta-
do, com potencial de consumo e conseguir também, ter cre-
dibilidade junto aos seus anunciantes e clientes.
REFERÊNCIAS
ANDERSON, C. A Cauda longa: do mercado de massa para o mercado de nicho. São Paulo: Elsevier, 2006.
CAMPOS, R. O merchandising da Coca Cola, estratégias de comunicação no ponto de venda. São Paulo:
Funadesp, 2004.
CLASEN, Luisa. Youpix visita: Nerdoffice. Disponível em: <http://youpix.com.br/pessoas/youpix-visita--
nerdoffice/>. Acesso em: 19/05/2013.
CONHEÇA o Jovem nerd. Disponível em:
<http://olhardigital.uol.com.br/produtos/central_de_videos/conheca-o-jovem-nerd>. Acesso em:
18/05/2013.
COUTINHO, M. Cauda longa. In: SPYER, J. Para Entender a Internet - noções, práticas e desafios da comu-
nicação em rede. [S.l.]: eBook, 2009.
DIMANTAS, H. Comunidades virtuais: heterodoxia informacional. In: PEREZ, Clotilde; BARBOSA, Ivan Santo
(Orgs.). Hiperpublicidade, v. 2: atividades e tendências. São Paulo: Thompson Learning, 2008.
FOSCHINI, A.; TADDEI, R. Conquiste a Rede: Podcast. São Paulo: Ebook, 2006.
JENKINS, H. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2011.
HAMMERSLEY, Ben. Audible revolution. Disponível em:
<http://www.guardian.co.uk/media/2004/feb/12/broadcasting.digitalmedia>. Acesso em: 09/03/2013.
JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2008.
REFERÊNCIASREFERÊNCIAS
JOVEM Nerd: Midia kit 2013. Disponível em:
<http://www.ftpidigital.com.br/portifolios/midiakit_jovemnerd.pdf>. Acesso em: 18/05/2013.
LAURINDO, Gilmar. A publicidade no rádio: os formatos e o processo de digitalização. Disponível em:
<http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/1238/Mono_vers...pdf?sequen
ce=1>. Acesso em: 18/05/2013.
LEMOS, A. Cidade e Mobilidade. Telefones Celulares, funções pós-massivas e territórios informacionais.
In: Matrizes, Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação. USP, ano 1, n.1, São
Paulo, 2007, pp.121-137. Disponível:
<http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/Media1AndreLemos.pdf>. Acesso em 28/04/2013.
LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: 34, 1999.
LUIZ, L.; ASSIS, P. O crescimento do podcast: origem e desenvolvimento de uma mídia da cibercultura. In:
SIMPÓSIO ABCIBER, 3., 2009, São Paulo. 3º Simpósio Nacional de Pesquisadores em Cibercultura. São
Paulo: ABCiber, 2009. 1 CD-ROM.
LUIZ, L. Podcasters brasileiros: uma “comunidade” em busca de visibilidade. In: Congresso de Ciências da
Comunicação na Região Sudeste, 16, 2011, Rio de Janeiro. Anais… São Paulo: Intercom, 2011. 1 CD-ROM.
MEDEIROS, M.S. Podcasting: Produção Descentralizada de Conteúdo Sonoro. In: Rádio e Mídia, do V
ENCONTRO DOS NÚCLEOS DE PESQUISA DA INTERCOM. XXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da
Comunicação – Uerj – 5 a 9 de setembro de 2005.
MIRO, Tiago. Tutorial: como criar um podcast. Disponível em:
<http://telhacast.com/podcasteando/tutorial-como-criar-um-podcast/>. Acesso em: 05/06/2013.
O'REILLY, T. What Is Web 2.0: Design Patterns and Business Models for the Next Generation of Software.
Disponível em: <http://oreilly.com/web2/archive/what-is-web-20.html>. Acesso em: 18/03/2013.
REFERÊNCIASREFERÊNCIAS
OTTONI, A; PAZOS, D. Jovem Nerd na Campus Party. Braincast TV #9.2 Jovem Nerd na Campus Party - blc 2
/ parte 1, 30 janeiro de 2009. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=zY7rcIEP5aM>. Acesso
em: 19/05/2013.
______. Jovem Nerd na Campus Party. Case Jovem Nerd,
26 de janeiro de 2010. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=_OYjx-93fAw>. Acesso em:
19/05/2013.
PILLEGGI, Marcus Vinicius. Amigos lançam selo de livros e faturam R$220 mil com apenas uma obra. Dis-
ponível em: <http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI126091--
17385,00-AMIGOS+LANCAM+SELO+DE+LIVROS+E+FATURAM+R+MIL+COM+APENAS+UMA+OBRA.html
>. Acesso em: 02/06/2013.
PRÊMIO hors-concours de posdcast mais mega boca da vida. Disponível em:
<http://youpix.com.br/premiacao/premio-hors-concours-de-podcast-mais-megaboga-da-vida//> Acesso
em: 18/05/2013.
REIS, C. Propaganda no rádio: os formatos de anúncio. Blumenau: Edifurb, 2008.
SILVA, E. Vídeo da apresentação do Prêmio Podcast 2008. In: Blog do Prêmio Podcast, 9 dez. 2008. Dispo-
nível em: <http://vimeo.com/2479492>. Acesso em: 20/03/2013.
TORRES, C. A bíblia do marketing digital. São Paulo: Novatec, 2009.
TALES HENRIQUE
1/2013
@taleshns
TALES HENRIQUE
1/2013
@taleshns

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Podcast Completo
Podcast CompletoPodcast Completo
Podcast Completosueli
 
Podcast - Projeto 3 Asoso 2011-1 - Grupo F
Podcast - Projeto 3 Asoso 2011-1 - Grupo FPodcast - Projeto 3 Asoso 2011-1 - Grupo F
Podcast - Projeto 3 Asoso 2011-1 - Grupo FLetícia Cherchiglia
 
O Podcast no Ensino Básico
O Podcast no Ensino BásicoO Podcast no Ensino Básico
O Podcast no Ensino BásicoSónia Cruz
 
Apresentação inicial tcc
Apresentação inicial tccApresentação inicial tcc
Apresentação inicial tccCarla Suelen
 
Pré-projeto de TCC: Colaboração nos meios digitais Como estimular a produção...
Pré-projeto de TCC: Colaboração nos meios digitais  Como estimular a produção...Pré-projeto de TCC: Colaboração nos meios digitais  Como estimular a produção...
Pré-projeto de TCC: Colaboração nos meios digitais Como estimular a produção...Bianca Brancaleone
 
Assessoria de imprensa - O que é e como funciona
Assessoria de imprensa - O que é e como funcionaAssessoria de imprensa - O que é e como funciona
Assessoria de imprensa - O que é e como funcionaHappy Hour Comunicação
 
Direito penal parte geral
Direito penal parte geralDireito penal parte geral
Direito penal parte geralmariocanel
 

Destaque (10)

Podcast Completo
Podcast CompletoPodcast Completo
Podcast Completo
 
Podcast - Projeto 3 Asoso 2011-1 - Grupo F
Podcast - Projeto 3 Asoso 2011-1 - Grupo FPodcast - Projeto 3 Asoso 2011-1 - Grupo F
Podcast - Projeto 3 Asoso 2011-1 - Grupo F
 
Apresentação tcc
Apresentação tccApresentação tcc
Apresentação tcc
 
O Podcast no Ensino Básico
O Podcast no Ensino BásicoO Podcast no Ensino Básico
O Podcast no Ensino Básico
 
Apresentação inicial tcc
Apresentação inicial tccApresentação inicial tcc
Apresentação inicial tcc
 
Pré-projeto de TCC: Colaboração nos meios digitais Como estimular a produção...
Pré-projeto de TCC: Colaboração nos meios digitais  Como estimular a produção...Pré-projeto de TCC: Colaboração nos meios digitais  Como estimular a produção...
Pré-projeto de TCC: Colaboração nos meios digitais Como estimular a produção...
 
Apresentação TCC
Apresentação TCCApresentação TCC
Apresentação TCC
 
Assessoria de imprensa - O que é e como funciona
Assessoria de imprensa - O que é e como funcionaAssessoria de imprensa - O que é e como funciona
Assessoria de imprensa - O que é e como funciona
 
Projeto de tcc
Projeto de tccProjeto de tcc
Projeto de tcc
 
Direito penal parte geral
Direito penal parte geralDireito penal parte geral
Direito penal parte geral
 

Semelhante a PODCAST COMO ESTRATÉGIA PUBLICITÁRIA PARA ATINGIR PÚBLICOS SEGMENTADOS: Análise do caso Nerdcast

Wired Festival Brasil 2018
Wired Festival Brasil 2018Wired Festival Brasil 2018
Wired Festival Brasil 2018Meio & Mensagem
 
A comunicação multimídia em cenário de convergência tecnológica e cultural @d...
A comunicação multimídia em cenário de convergência tecnológica e cultural @d...A comunicação multimídia em cenário de convergência tecnológica e cultural @d...
A comunicação multimídia em cenário de convergência tecnológica e cultural @d...Débora Cruz
 
Desafios da comunicação paraguai
Desafios da comunicação paraguaiDesafios da comunicação paraguai
Desafios da comunicação paraguaiaccppy
 
Podcasts - Jornalismo Multimidia 2022
Podcasts - Jornalismo Multimidia 2022Podcasts - Jornalismo Multimidia 2022
Podcasts - Jornalismo Multimidia 2022Renato Melo
 
Ganhar dinheiro através das redes sociais
Ganhar dinheiro através das redes sociaisGanhar dinheiro através das redes sociais
Ganhar dinheiro através das redes sociais🔵 DERICK WILLIAM
 
Seminário Marketing de Conteúdo
Seminário Marketing de ConteúdoSeminário Marketing de Conteúdo
Seminário Marketing de ConteúdoDébora Lopes
 
Workshop de Marketing Digital parte 2
Workshop de Marketing Digital parte 2Workshop de Marketing Digital parte 2
Workshop de Marketing Digital parte 2Inova7
 
Estratégia de Conteúdo
Estratégia de ConteúdoEstratégia de Conteúdo
Estratégia de ConteúdoWillian Rocha
 
[IEC - PUC Minas] Redes e Mídias Sociais - Definição de canais
[IEC - PUC Minas] Redes e Mídias Sociais - Definição de canais[IEC - PUC Minas] Redes e Mídias Sociais - Definição de canais
[IEC - PUC Minas] Redes e Mídias Sociais - Definição de canaisCamila Florêncio
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes SociaisDuda Lima
 
Gerando resultados com o facebook
Gerando resultados com o facebookGerando resultados com o facebook
Gerando resultados com o facebookRolf Scholz Neto
 
Apresentação a cauda longa (duane yamada gaiba)
Apresentação   a cauda longa (duane yamada gaiba)Apresentação   a cauda longa (duane yamada gaiba)
Apresentação a cauda longa (duane yamada gaiba)duaneyamada
 
Storytelling e Branded Content – Comunicação e construção de marcas na era mu...
Storytelling e Branded Content – Comunicação e construção de marcas na era mu...Storytelling e Branded Content – Comunicação e construção de marcas na era mu...
Storytelling e Branded Content – Comunicação e construção de marcas na era mu...Paulo Oliveira
 
CNPq: quase sem presença nas redes sociais, como conseguiu projeção da ciênci...
CNPq: quase sem presença nas redes sociais, como conseguiu projeção da ciênci...CNPq: quase sem presença nas redes sociais, como conseguiu projeção da ciênci...
CNPq: quase sem presença nas redes sociais, como conseguiu projeção da ciênci...Isis Nóbile Diniz
 
Os Advergames e a Cauda Longa da Comunicação
Os Advergames e a Cauda Longa da ComunicaçãoOs Advergames e a Cauda Longa da Comunicação
Os Advergames e a Cauda Longa da ComunicaçãoCamila Porto
 
Mídias sociais e o mercado editorial
Mídias sociais e o mercado editorialMídias sociais e o mercado editorial
Mídias sociais e o mercado editorialFernando Leroy
 
Oficina de Mídias Sociais para o Mercado Cultural
Oficina de Mídias Sociais para o Mercado CulturalOficina de Mídias Sociais para o Mercado Cultural
Oficina de Mídias Sociais para o Mercado Culturalarticuladf
 
Aula: As Redes Sociais na Divulgação Espírita
Aula: As Redes Sociais na Divulgação EspíritaAula: As Redes Sociais na Divulgação Espírita
Aula: As Redes Sociais na Divulgação EspíritaPaulo Estevão
 

Semelhante a PODCAST COMO ESTRATÉGIA PUBLICITÁRIA PARA ATINGIR PÚBLICOS SEGMENTADOS: Análise do caso Nerdcast (20)

Wired Festival Brasil 2018
Wired Festival Brasil 2018Wired Festival Brasil 2018
Wired Festival Brasil 2018
 
A comunicação multimídia em cenário de convergência tecnológica e cultural @d...
A comunicação multimídia em cenário de convergência tecnológica e cultural @d...A comunicação multimídia em cenário de convergência tecnológica e cultural @d...
A comunicação multimídia em cenário de convergência tecnológica e cultural @d...
 
Desafios da comunicação paraguai
Desafios da comunicação paraguaiDesafios da comunicação paraguai
Desafios da comunicação paraguai
 
Podcasts - Jornalismo Multimidia 2022
Podcasts - Jornalismo Multimidia 2022Podcasts - Jornalismo Multimidia 2022
Podcasts - Jornalismo Multimidia 2022
 
Ganhar dinheiro através das redes sociais
Ganhar dinheiro através das redes sociaisGanhar dinheiro através das redes sociais
Ganhar dinheiro através das redes sociais
 
Seminário Marketing de Conteúdo
Seminário Marketing de ConteúdoSeminário Marketing de Conteúdo
Seminário Marketing de Conteúdo
 
Workshop de Marketing Digital parte 2
Workshop de Marketing Digital parte 2Workshop de Marketing Digital parte 2
Workshop de Marketing Digital parte 2
 
MMA Insight Series by Audio Ad - O Poder do Audio
MMA Insight Series by Audio Ad - O Poder do AudioMMA Insight Series by Audio Ad - O Poder do Audio
MMA Insight Series by Audio Ad - O Poder do Audio
 
Estratégia de Conteúdo
Estratégia de ConteúdoEstratégia de Conteúdo
Estratégia de Conteúdo
 
[IEC - PUC Minas] Redes e Mídias Sociais - Definição de canais
[IEC - PUC Minas] Redes e Mídias Sociais - Definição de canais[IEC - PUC Minas] Redes e Mídias Sociais - Definição de canais
[IEC - PUC Minas] Redes e Mídias Sociais - Definição de canais
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
 
Gerando resultados com o facebook
Gerando resultados com o facebookGerando resultados com o facebook
Gerando resultados com o facebook
 
Apresentação a cauda longa (duane yamada gaiba)
Apresentação   a cauda longa (duane yamada gaiba)Apresentação   a cauda longa (duane yamada gaiba)
Apresentação a cauda longa (duane yamada gaiba)
 
Storytelling e Branded Content – Comunicação e construção de marcas na era mu...
Storytelling e Branded Content – Comunicação e construção de marcas na era mu...Storytelling e Branded Content – Comunicação e construção de marcas na era mu...
Storytelling e Branded Content – Comunicação e construção de marcas na era mu...
 
Projeto Podcast
Projeto PodcastProjeto Podcast
Projeto Podcast
 
CNPq: quase sem presença nas redes sociais, como conseguiu projeção da ciênci...
CNPq: quase sem presença nas redes sociais, como conseguiu projeção da ciênci...CNPq: quase sem presença nas redes sociais, como conseguiu projeção da ciênci...
CNPq: quase sem presença nas redes sociais, como conseguiu projeção da ciênci...
 
Os Advergames e a Cauda Longa da Comunicação
Os Advergames e a Cauda Longa da ComunicaçãoOs Advergames e a Cauda Longa da Comunicação
Os Advergames e a Cauda Longa da Comunicação
 
Mídias sociais e o mercado editorial
Mídias sociais e o mercado editorialMídias sociais e o mercado editorial
Mídias sociais e o mercado editorial
 
Oficina de Mídias Sociais para o Mercado Cultural
Oficina de Mídias Sociais para o Mercado CulturalOficina de Mídias Sociais para o Mercado Cultural
Oficina de Mídias Sociais para o Mercado Cultural
 
Aula: As Redes Sociais na Divulgação Espírita
Aula: As Redes Sociais na Divulgação EspíritaAula: As Redes Sociais na Divulgação Espírita
Aula: As Redes Sociais na Divulgação Espírita
 

Mais de TH

Aula #005 sola gratia [2011]
Aula #005   sola gratia [2011]Aula #005   sola gratia [2011]
Aula #005 sola gratia [2011]TH
 
Livro de receitas Gastronomia Hospitalar
Livro de receitas Gastronomia HospitalarLivro de receitas Gastronomia Hospitalar
Livro de receitas Gastronomia HospitalarTH
 
Plano de mídia - EXPO MERITI
Plano de mídia - EXPO MERITIPlano de mídia - EXPO MERITI
Plano de mídia - EXPO MERITITH
 
Deus é um e 3 #001 2012
Deus é um e 3 #001 2012 Deus é um e 3 #001 2012
Deus é um e 3 #001 2012 TH
 
Fonte
FonteFonte
FonteTH
 
Aula 02 2012 ebd_Deus é Espírito
Aula 02 2012  ebd_Deus é EspíritoAula 02 2012  ebd_Deus é Espírito
Aula 02 2012 ebd_Deus é EspíritoTH
 
Aula #004 A Bíblia [2011]
Aula #004   A Bíblia [2011]Aula #004   A Bíblia [2011]
Aula #004 A Bíblia [2011]TH
 
Aula #003 igreja [2011]
Aula #003   igreja [2011]Aula #003   igreja [2011]
Aula #003 igreja [2011]TH
 
Aula #002 Respeitando as Diferenças[2011]
Aula #002  Respeitando as Diferenças[2011]Aula #002  Respeitando as Diferenças[2011]
Aula #002 Respeitando as Diferenças[2011]TH
 
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]TH
 

Mais de TH (10)

Aula #005 sola gratia [2011]
Aula #005   sola gratia [2011]Aula #005   sola gratia [2011]
Aula #005 sola gratia [2011]
 
Livro de receitas Gastronomia Hospitalar
Livro de receitas Gastronomia HospitalarLivro de receitas Gastronomia Hospitalar
Livro de receitas Gastronomia Hospitalar
 
Plano de mídia - EXPO MERITI
Plano de mídia - EXPO MERITIPlano de mídia - EXPO MERITI
Plano de mídia - EXPO MERITI
 
Deus é um e 3 #001 2012
Deus é um e 3 #001 2012 Deus é um e 3 #001 2012
Deus é um e 3 #001 2012
 
Fonte
FonteFonte
Fonte
 
Aula 02 2012 ebd_Deus é Espírito
Aula 02 2012  ebd_Deus é EspíritoAula 02 2012  ebd_Deus é Espírito
Aula 02 2012 ebd_Deus é Espírito
 
Aula #004 A Bíblia [2011]
Aula #004   A Bíblia [2011]Aula #004   A Bíblia [2011]
Aula #004 A Bíblia [2011]
 
Aula #003 igreja [2011]
Aula #003   igreja [2011]Aula #003   igreja [2011]
Aula #003 igreja [2011]
 
Aula #002 Respeitando as Diferenças[2011]
Aula #002  Respeitando as Diferenças[2011]Aula #002  Respeitando as Diferenças[2011]
Aula #002 Respeitando as Diferenças[2011]
 
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
Aula #001 Dons do Espírito Santo[2011]
 

Último

13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxAntonioVieira539017
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioWyngDaFelyzitahLamba
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSPedro Luis Moraes
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 

Último (20)

13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 

PODCAST COMO ESTRATÉGIA PUBLICITÁRIA PARA ATINGIR PÚBLICOS SEGMENTADOS: Análise do caso Nerdcast

  • 1. como estratégia publicitária ANÁLISE DO CASO NERDCAST por Tales Henrique para atingir públicos segmentados Podcastcomo estratégia publicitária ANÁLISE DO CASO NERDCAST por Tales Henrique para atingir públicos segmentados Podcast
  • 2. sua importância e metodologia. visão geral do assunto abordado estudo de caso deste programa Apesquisa Oconteúdo Nerdcast ETAPAS sua importância e metodologia. visão geral do assunto abordado estudo de caso deste programa 1 2 3 Apesquisa Oconteúdo Nerdcast ETAPAS
  • 3. SUA IMPORTÂNCIA OBJETIVO E METODOLOGIA. 1 APESQUISA
  • 4. APESQUISA. Esta pesquisa analisa a mídia podcast como uma ferramenta estratégica de comunicação para atingir públicos segmentados.
  • 5. SUAIMPORTÂNCIA • Investigação acadêmica para um entendimento mais aprofundado sobre o assunto; • Entendimento de como funciona o processo de divulgação voltado para nichos pouco explorados pela mídia de massa; • Análise da propaganda segmentada como uma estratégia de alcance direto do target.
  • 6. AMETODOLOGIAAPLICADA Como procedimento metodológico foi realiza- do um levantamento bibliográfico de autores que tratam da publicidade, do marketing, da internet e especificamente do podcast, através de fontes como livros, trabalhos acadêmicos, pesquisas de opinião e arquivos digitais. A pesquisa está fundamentada por nomes como Pierre Lévy (1999), Henry Jenkins (2008), Chris Anderson (2006), Tim O'Reilly (2005), Lúcio Luiz (2009), Pablo de Assis (2009) e Cláudio Torres (2009), entre outros.
  • 7. OCONTEÚDO 2 VISÃO GERAL DO ASSUNTO ABORDADO OCONTEÚDO 2 VISÃO GERAL DO ASSUNTO ABORDADO
  • 8. Adam Curry HISTÓRICO Adam Curry HISTÓRICO
  • 10. OPODCASTNOBRASIL • No dia 21 de outubro de 2004, Danilo Medeiros, do blog Digitalminds, lançou o primeiro podcast brasileiro; • Muitos podcasts surgiram neste mesmo perío- do, e em 2005 aconteceu a Conferência Brasileira de Podcast a PodCon Brasil; • Fundação da Associação Brasileira de Podcast a ABPod; • No final de 2005 acontece o Podfade; • Surge uma nova geração de podcasts (2006); • Prêmios: iBest, YouPix, Shorty Awards.
  • 11. CONSUMODEPODCAST • Aumento das interações so- ciais na cibercultura; • Posicionamento estratégico das empresas no meio digital; • Adaptação das técnicas de propaganda convencionais para este novo contexto; • Contato direto com o consu- midor: “o caminho é para os lados”; • Influências: “pessoas falan- do com pessoas”;
  • 12. CONSUMODEPODCAST • O podcast alcança grupos de pessoas interessadas nos mesmos assuntos; • O processo de criação do podcast é regido pela inten- ção do ouvinte; • Entretenimento é importante; • O conteúdo tem que ser re- levante para ser bem aceito, assim como a propaganda; • Propaganda coerente e não intrusiva; CONSUMODEPODCAST • O podcast alcança grupos de pessoas interessadas nos mesmos assuntos; • O processo de criação do podcast é regido pela inten- ção do ouvinte; • Entretenimento é importante; • O conteúdo tem que ser re- levante para ser bem aceito, assim como a propaganda; • Propaganda coerente e não intrusiva;
  • 13. Produção em grande escala - público genérico SEGMENTAÇÃODOPÚBLICO Produção em menor escala - nichos (ANDERSON, 2006) Produção em grande escala - público genérico SEGMENTAÇÃODOPÚBLICO Produção em menor escala - nichos (ANDERSON, 2006)
  • 14. UMAQUESTÃO O que motiva um anunciante a investir e vincular sua marca a um podcast, sendo este um espaço relevante para pequenos segmentos, se comparado às mídias de massa? Resposta: Empatia e credibilidade. Esta proximidade pode ser tra- balhada a fim de criar vínculos com o produto, marca ou serviço oferecido.
  • 15. ESTRATÉGIAS • Baseado na hipertextualidade o podcast permite ao usuário uma experiência com recursos interati- vos dentro e fora do conteúdo sonoro gravado; • 60,8% preferem baixar direto do site do que assi- nar o feed RSS;* • Na descrição do episódio, os links, textos, vitri- nes ilustradas , vídeos e as redes sociais – exten- dem a experiência e podem levar o consumidor di- retamente ao anunciante; • 35,26% dos ouvintes brasileiros são a favor de propagandas em podcast, desde que elas não sejam intrusivas e outros 36,75% concordam com os anúncios, desde que sejam relevantes.* *(Podpesquisa, 2009)
  • 16. FORMATOS • Menção - Merchandising editorial/ Tie-in; • Os oferecimentos nas aberturas de programas ou nas leituras de e-mails; • Testemunhal; • Concursos; • Programas patrocinados;
  • 17. 3 NERDCASTESTUDO DE CASO DESTE PROGRAMA 3 NERDCASTESTUDO DE CASO DESTE PROGRAMA
  • 18. • Está na rede desde março de 2006; • Audiência com idade entre 15 a 35 anos em sua maioria • Possui linguagem simples e informal; • Abordagem temática com du- ração de 1 hora um mais; • Cinema, seriados, games, TV, HQs, tecnologia, história, lite- ratura, ciência, biografias, nos- talgia, oportunidades de negó- cios, profissões, além de entre- vistas especiais. OPROGRAMA
  • 19. NÚMEROS • É o maior podcast do Brasil com mais de 370 episódios; • O último Nerdcast Especial RPG teve mais de 777.000 downloads; • No final de cada mês, um Nerdcast atinge, em média, 300.000 downloads • 20h de trabalho por progra- ma; • 347.000 downloads na 1ª semana; • 25.000 assinantes no feed RSS
  • 22. SpockSpock • Testemunhal de dois minutos com comen- tários e descrições do produto • Ocorre na leitura de e-mails do programa •Exemplo: LG Live Cinema 3D Game e Mês da Comédia VH1 •Aparece em: 1min 30s •Link do programa: http://ow.ly/cmdEo SPOT
  • 23. • Spot de dois minutos contextualizado com tema sugerido pelo cliente. •Exemplo: Desafio SEBRAE •Aparece em: 02min 00s •Link do programa: http://ow.ly/cmqwo OBS: Nerdcast temático pode ter spot de outros anunciantes. Os temas estão sujeitos à aprovação. TEMÁTICO
  • 25. BRIEFINGEAÇÃO • O objetivo do site olivreiro.com.br era au- mentar 4 mil cadastros na sua base de dados. Para isso, eles fariam uma campanha massiva em vários blogs e mídias sociais. BRIEFINGEAÇÃO • O objetivo do site olivreiro.com.br era au- mentar 4 mil cadastros na sua base de dados. Para isso, eles fariam uma campanha massiva em vários blogs e mídias sociais.
  • 26. BRIEFINGEAÇÃO • Patrocinaram uma série de 3 programas com um dos temas mais pedidos pelos ouvintes: Senhor dos Anéis, como presente de Natal dado pelo "olivreiro.com.br"; e ainda foi sorteado um “Kit Tolkien”. BRIEFINGEAÇÃO • Patrocinaram uma série de 3 programas com um dos temas mais pedidos pelos ouvintes: Senhor dos Anéis, como presente de Natal dado pelo "olivreiro.com.br"; e ainda foi sorteado um “Kit Tolkien”.
  • 27. REPERCUSSÃO • 13 minutos após o Nercast #192a ir ao ar, a comunida- de já contava com 57 mem- bros; • Após 3 horas, já era a maior comunidade do Li- vreiro com 692 membros; • Em 5 horas se tornou a pri- meira comunidade do Li- vreiro a ter 1000 membros. • 4.700 cadastros; • 101 tópicos ativos; • 1182 respostas; • 1 evento.
  • 28. • Mais de 1000 twittadas sobre o Nerdcast #192; Alcance de mais de 200 mil pessoas. REPERCUSSÃO Fontes: http://www.youtube.com/watch?v =_OYjx-93fAw http://www.slideshare.net/social mediabr/apresentacao-nerdcast-s mbr2010?from_search=28
  • 30. CONCLUSÃO • O comportamento do usuário da web 2.0 gerou tendências diferenciadas de consumo; • O podcast é uma ferramenta que reforça isso devido à mobilidade que proporciona ao usuário; • A relação de proximidade que os podcasters têm com seu público estimula os anunciantes de alguns segmentos a anunciar para nichos em podcasts.
  • 31. CONCLUSÃO • Muitos formatos de inserção de anúncios dentro do pod- cast foram inspirados em formatos já utilizados no rádio, adaptados à linguagem do ciberespaço; • Ferramentas hipertextuais são utilizadas, e geram for- matos híbridos de anúncio com mais interatividade; • Segmentação é bem precisa e individualizada; • Empresas que pretendem entrar neste mercado, preci- sam se adaptar às novas tendências da web, antes mesmo de aplicar as técnicas convencionais de propaganda que já são usadas na mídia de massa;
  • 32. CONCLUSÃO • Com base em alguns estudos de caso dentro do programa Nerdcast, foi constatado que é possível obter sucesso em campanhas publicitárias dentro de mídias alternativas, usando os recursos hipertextuais da cibercultura; • A empatia e a credibilidade conquistada pelo Jovem Nerd e como ele se comunica com o seu público é fundamental para toda estrutura do site; • Através de ações bem direcionadas, estratégia de marke- ting eficiente e o uso de técnicas publicitárias, os organiza- dores conseguem divulgar produtos e serviços voltados para seu nicho e criar um canal de manutenção do relaciona- mento e de interação com seus usuários; • O Nerdcast é a prova de que é possível fazer um podcast com conteúdo relevante voltado para um público segmenta- do, com potencial de consumo e conseguir também, ter cre- dibilidade junto aos seus anunciantes e clientes.
  • 33. REFERÊNCIAS ANDERSON, C. A Cauda longa: do mercado de massa para o mercado de nicho. São Paulo: Elsevier, 2006. CAMPOS, R. O merchandising da Coca Cola, estratégias de comunicação no ponto de venda. São Paulo: Funadesp, 2004. CLASEN, Luisa. Youpix visita: Nerdoffice. Disponível em: <http://youpix.com.br/pessoas/youpix-visita-- nerdoffice/>. Acesso em: 19/05/2013. CONHEÇA o Jovem nerd. Disponível em: <http://olhardigital.uol.com.br/produtos/central_de_videos/conheca-o-jovem-nerd>. Acesso em: 18/05/2013. COUTINHO, M. Cauda longa. In: SPYER, J. Para Entender a Internet - noções, práticas e desafios da comu- nicação em rede. [S.l.]: eBook, 2009. DIMANTAS, H. Comunidades virtuais: heterodoxia informacional. In: PEREZ, Clotilde; BARBOSA, Ivan Santo (Orgs.). Hiperpublicidade, v. 2: atividades e tendências. São Paulo: Thompson Learning, 2008. FOSCHINI, A.; TADDEI, R. Conquiste a Rede: Podcast. São Paulo: Ebook, 2006. JENKINS, H. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2011. HAMMERSLEY, Ben. Audible revolution. Disponível em: <http://www.guardian.co.uk/media/2004/feb/12/broadcasting.digitalmedia>. Acesso em: 09/03/2013. JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2008.
  • 34. REFERÊNCIASREFERÊNCIAS JOVEM Nerd: Midia kit 2013. Disponível em: <http://www.ftpidigital.com.br/portifolios/midiakit_jovemnerd.pdf>. Acesso em: 18/05/2013. LAURINDO, Gilmar. A publicidade no rádio: os formatos e o processo de digitalização. Disponível em: <http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/1238/Mono_vers...pdf?sequen ce=1>. Acesso em: 18/05/2013. LEMOS, A. Cidade e Mobilidade. Telefones Celulares, funções pós-massivas e territórios informacionais. In: Matrizes, Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação. USP, ano 1, n.1, São Paulo, 2007, pp.121-137. Disponível: <http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/Media1AndreLemos.pdf>. Acesso em 28/04/2013. LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: 34, 1999. LUIZ, L.; ASSIS, P. O crescimento do podcast: origem e desenvolvimento de uma mídia da cibercultura. In: SIMPÓSIO ABCIBER, 3., 2009, São Paulo. 3º Simpósio Nacional de Pesquisadores em Cibercultura. São Paulo: ABCiber, 2009. 1 CD-ROM. LUIZ, L. Podcasters brasileiros: uma “comunidade” em busca de visibilidade. In: Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste, 16, 2011, Rio de Janeiro. Anais… São Paulo: Intercom, 2011. 1 CD-ROM. MEDEIROS, M.S. Podcasting: Produção Descentralizada de Conteúdo Sonoro. In: Rádio e Mídia, do V ENCONTRO DOS NÚCLEOS DE PESQUISA DA INTERCOM. XXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Uerj – 5 a 9 de setembro de 2005. MIRO, Tiago. Tutorial: como criar um podcast. Disponível em: <http://telhacast.com/podcasteando/tutorial-como-criar-um-podcast/>. Acesso em: 05/06/2013. O'REILLY, T. What Is Web 2.0: Design Patterns and Business Models for the Next Generation of Software. Disponível em: <http://oreilly.com/web2/archive/what-is-web-20.html>. Acesso em: 18/03/2013.
  • 35. REFERÊNCIASREFERÊNCIAS OTTONI, A; PAZOS, D. Jovem Nerd na Campus Party. Braincast TV #9.2 Jovem Nerd na Campus Party - blc 2 / parte 1, 30 janeiro de 2009. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=zY7rcIEP5aM>. Acesso em: 19/05/2013. ______. Jovem Nerd na Campus Party. Case Jovem Nerd, 26 de janeiro de 2010. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=_OYjx-93fAw>. Acesso em: 19/05/2013. PILLEGGI, Marcus Vinicius. Amigos lançam selo de livros e faturam R$220 mil com apenas uma obra. Dis- ponível em: <http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI126091-- 17385,00-AMIGOS+LANCAM+SELO+DE+LIVROS+E+FATURAM+R+MIL+COM+APENAS+UMA+OBRA.html >. Acesso em: 02/06/2013. PRÊMIO hors-concours de posdcast mais mega boca da vida. Disponível em: <http://youpix.com.br/premiacao/premio-hors-concours-de-podcast-mais-megaboga-da-vida//> Acesso em: 18/05/2013. REIS, C. Propaganda no rádio: os formatos de anúncio. Blumenau: Edifurb, 2008. SILVA, E. Vídeo da apresentação do Prêmio Podcast 2008. In: Blog do Prêmio Podcast, 9 dez. 2008. Dispo- nível em: <http://vimeo.com/2479492>. Acesso em: 20/03/2013. TORRES, C. A bíblia do marketing digital. São Paulo: Novatec, 2009.