SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Plutão, o Planeta Anão.




        Ano Lectivo 2010/11
Origem do Nome

          Localização no Sistema Solar


                 Características de Plutão


      A Reclassificação do Planeta

Curiosidades
Introdução
Nem tudo é certo quando se fala de
 Plutão.
Um pequeno planeta que causou muitas
 controvérs s, desde a temperatura à
 classificação.
Neste trabalho, reúnem-se algumas das
 poucas informações relevantes sobre
 Plutão.
Origem do Nome
 Na                   mitologia
  romana, Plutão, que equivale
  a Hades na mitologia grega, é
  o deus dos infernos.
 O nome d         seu satélite
  natural, Caronte, é o nome da
  figura     mitológica     que
  transportava     os    mortos
  através do rio Estige, até ao    Plutão ou
  Inferno, onde se encontrava      Hades

  Hades (Plutão).
 No entanto, Plutão, foi o
  nome sugerido em 1919 ao
  Dr. Lowell por uma criança de
  11 anos , Venetia Burney, em
  duas cartas que lhe escreveu
  de Oxford, quando soube que
  ele calculara a existência d
   m novo planeta no Sistema
  Solar.

 Há, ainda, quem acredite que
  o nome de Plutão surgiu
  devido às iniciais do primeiro
  e último nome do cientista
  que o descobriu, Percival        Percival Lowell
  Lowell (PLutão – Percival
  Lowell).
Localização de Plutão
•Possui a forma de um disco plano;
•Tem um diâmetro de 200 milhões de anos-luz
(equivalente a 1,894×1021 Km, ou seja, 1 894 000 000
000 000 000 000 Km);
•Num raio de 50 milhões de anos-luz, melhor
dizendo, no diâmetro de 100 milhões de anos-
luz, existe:
    200 aglomerados ou enxames de galáxias;
    2500 grandes galáxias;
•Grupo de galáxias que contém a nossa galáxia, a Via
Láctea;
• A Galáxia de Andrómeda (M31) e a Via Láctea são as
maiores galáxias deste aglomerado;
•Cada uma destas galáxias tem um sistema de
        ;
•Tem mais de 40 galáxias.
•Calcula-se que a sua idade esteja
compreendida entre 13,8 milhões de
anos e 14 milhões de anos;
•Os 4 maiores braços são o Braço de
Norma, de Scutum-Crux, de Sagitarius e
de Perseus.




                                     •O     Sistema    Solar
                                     encontra-se no Braço de
                                     Órion.
• É constituído por uma estrela, o Sol, 8
planetas     principais,   vários    planetas
anões, um dos quais, Plutão, planetas
secundários ou satélites naturais, asteróides
e cometas;
•Plutão é o planeta que se encontra mais
Mas,    devido   à   sua    órbita
excêntrica, por vezes Plutão está
mais próximo do Sol do que
Neptuno, durante 20 anos.
•Plutão é o nono planeta a contar do
Sol.
•Encontra-se     na      Cintura     de
Kuiper, onde partilha a sua órbita com
outros corpos celestiais conhecidos
como cometas.
Características de Plutão
• Localizado     apenas    em
  1930, por Clyde Tombaugh;
• É o menos conhecido dos
  planetas, devi       à sua
  distância e do seu pequeno
  tamanho.               1
• É o menor dos planetas
  exteriores do Sistema Solar.
• A sua estrutura é formada
  por um núcleo rochoso(3)
  coberto por um grande
  manto de gelo(2), ao qual se
  sobrepõe a crosta de metano
  congelado(1).
Características Orbitais
 Período de Rotação         6 dias 9 horas 18 minutos terrestres
Período de Translação          247 anos 249 dias terrestres
       Perélio           4 436 820 000 Km; 4,43682x109 Km; 29,658
                                            UA
        Afélio              7 375 930 000 Km; 7,37593x109 Km;
                                        49,305 UA
Distância Média ao Sol      5 906 380 000 Km; 5,90638x109 Km;
                                        39,482 UA
Inclinação do Planeta                     119,61°
  Velocidade Orbital                    17,1 Km/h
        Média
  Satélites Naturais             3 (Caronte, Hydra e Nix)
Características Físicas
Diâmetro Equatorial   2302 Km; 2,302x103 Km
Área da Superfície    16 650 000 Km2; 1,665x107 Km2
Volume                6390000000 Km3; 6,39x109 Km3
Massa                 13 000 000 000 000 000 000 000 Kg; 1,3x1022
                      Kg
Massa em relação à    0,002xMassa da Terra
Terra
Densidade Média       2 g/cm3
Temperatura           Mínima: - 233°C / -387°F / 40 K
                      Máxima: - 223°C / - 369°F / 50 K
Gravidade             45 kg na Terra – 4 kg em Plutão
A superfície apresenta uma tonalidade
entre o castanho claro e o amarelo.
Características Atmosféricas
A atmosfera é constituída por 90%
    de Azoto e 10% de Metano.
 O objecto precisa de estar em órbita em
  redor do Sol;
 O objecto precisa de ser massivo o
  suficiente para ser esférico pela própria
  gravidade;
 O objecto precisa de ser gravitacionalmente
  dominante.
 Plutão    não    cumprindo      a   terceira
  categoria, foi decidido pela UAI que seria
  incluído na nova categoria denominada
  planeta anão.
 Em 2008, a União Astronómica Internacional
  decidiu que todos os corpos celestes
  localizados além da órbita do planeta
  Neptuno, cobertos de gelo e de forma
  esférica sejam denominados plutóides.
  Considerando este entendimento, o planeta
  Plutã passa a ser um plutóide. Ainda
  assim, há muita discussão sobre esta nova
  classificação.
 Seu símbolo astronómico é um monograma P-L -         .
O símbolo astrológico de Plutão é semelhante ao de
Neptuno      , mas em vez do tridente há um círculo  .
O período de rotaçã de Caronte coincide com a
rotação de Plutão, o que não acontece com os outros
planetas.
 Plutão gira em volta do Sol percorrendo uma órbita
tão elíptica que por cerca de 20 a cada 248 anos do seu
período orbital ele passa internamente à órbita de
Neptuno. A última vez que isso aconteceu foi de 1979 a
Janeiro de 1999.
 O verbo "plutar" (plutado, no particípio) é
  um neologismo criado a partir do
  rebaixamento de Plutão a planeta anão.
  Em Janeiro de 2007, a American Dialect
  Society escolheu "plutado" como a
  Palavra do Ano de 2006, Astronómica
                             União
                                      definindo
                             Internacional
  "plutar" como "rebaixar ou desvalorizar
  alguém ou       alguma coisa",           como
  aconteceu com o ex-planeta Plutão após a
  decisão da UAI em 2006.
 No México, o dia 13 de Março é
  considerado como o dia de Plutão.
 Foi lançada uma sonda, a New Horizons, a
  19 de Janeiro de 2006 e está previsto que
  a sua maior aproximação ocorra a 14 de
  Julho de 2015.
Conclusão
Uma boa citação que se
  adequa a Plutão é “Não se
  julga um livro pela capa”.
  Apesar do seu ta nho, é
  capaz de gera      nfusão
  entre cientistas e população
  no geral.
Pode-se dizer que Plutão é um
  planeta desconhecido pois
  pouco se sabe sobre ele.
Mas não há qualquer
  obstáculo para não o
  considerar um planeta
  principal.
Bibliografia/Webliografia
Significados
• Galáxias satélites - Galáxia satélite, em termos gerais, é um
  sistema em que uma galáxia de tamanho maior é orbitada
  por uma de tamanho menor, por causa da interacção
  gravitacional ent elas. Uma galáxia pode ter uma ou mais
  galáxias satél s, um exemplo conhecido são as Nuvens de
  Magalhães que orbitam a nossa Galáxia, a Via Láctea. Outro
  exemplo também conhecido são M32 e M110, que orbitam
  a galáxia de Andrómeda (M31).

• Objecto Transneptuniano- é um corpo pequeno composto
  por rocha e gelo que orbita o Sol a uma distancia superior à
  de neptuno.
Significados
• Galáxias satélites - Galáxia satélite, em termos gerais, é um
  sistema em que uma galáxia de tamanho maior é orbitada
  por uma de tamanho menor, por causa da interacção
  gravitacional entre elas. Uma galáxia pode ter uma ou mais
  galáxias satélites, um exemplo conhecido são as Nuvens de
  Magalhães que orbitam a nossa Galáxia, a Via Láctea. Outro
  exemplo também conhecido são M32 e M110, que orbitam
  a galáxia de Andrómeda (M31).

• Objecto Transneptunianos - é um corpo pequeno composto
  por rocha e gelo que orbita o Sol a uma distância superior à
  de Neptuno.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teoria da deriva dos continentes
Teoria da deriva dos continentesTeoria da deriva dos continentes
Teoria da deriva dos continentescatiacsantos
 
Globo terrestre trabalho em power point por Júlia Cristina, Luana e Stephany
Globo terrestre trabalho em power point por Júlia Cristina, Luana e StephanyGlobo terrestre trabalho em power point por Júlia Cristina, Luana e Stephany
Globo terrestre trabalho em power point por Júlia Cristina, Luana e StephanyTânia Regina
 
fases da lua e eclipses
  fases da lua e eclipses  fases da lua e eclipses
fases da lua e eclipsesdinartegaspar
 
Revisão de geografia europa - 9º ano
Revisão de geografia   europa - 9º anoRevisão de geografia   europa - 9º ano
Revisão de geografia europa - 9º anoSimone Aguiar
 
7° ano geografia - rede de transporte
7° ano   geografia - rede de transporte7° ano   geografia - rede de transporte
7° ano geografia - rede de transporteVivian Santos
 
IV.3 Previsão do tempo
IV.3 Previsão do tempoIV.3 Previsão do tempo
IV.3 Previsão do tempoRebeca Vale
 
Esfera Terrestre
Esfera Terrestre Esfera Terrestre
Esfera Terrestre Pocarolas
 
Planetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema SolarPlanetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema SolarTânia Reis
 
Atmosfera camadas
Atmosfera camadasAtmosfera camadas
Atmosfera camadasedsonluz
 
Recursos energéticos
Recursos energéticosRecursos energéticos
Recursos energéticosIlda Bicacro
 
O Universo - 6º Ano (2017)
O Universo - 6º Ano (2017)O Universo - 6º Ano (2017)
O Universo - 6º Ano (2017)Nefer19
 
CFQ: Materias e substâncias
CFQ: Materias e substânciasCFQ: Materias e substâncias
CFQ: Materias e substâncias7F
 
Petróleo e gás natural - 10º D
Petróleo  e gás natural - 10º DPetróleo  e gás natural - 10º D
Petróleo e gás natural - 10º DFísica Química A
 
Riscos e benefícios da actividade vulcânica
Riscos e benefícios da actividade vulcânicaRiscos e benefícios da actividade vulcânica
Riscos e benefícios da actividade vulcânicaCatir
 

Mais procurados (20)

Teoria da deriva dos continentes
Teoria da deriva dos continentesTeoria da deriva dos continentes
Teoria da deriva dos continentes
 
Tipos de Rochas
Tipos de RochasTipos de Rochas
Tipos de Rochas
 
Globo terrestre trabalho em power point por Júlia Cristina, Luana e Stephany
Globo terrestre trabalho em power point por Júlia Cristina, Luana e StephanyGlobo terrestre trabalho em power point por Júlia Cristina, Luana e Stephany
Globo terrestre trabalho em power point por Júlia Cristina, Luana e Stephany
 
A atmosfera terrestre
A atmosfera terrestreA atmosfera terrestre
A atmosfera terrestre
 
fases da lua e eclipses
  fases da lua e eclipses  fases da lua e eclipses
fases da lua e eclipses
 
Poluição das Águas
Poluição das  ÁguasPoluição das  Águas
Poluição das Águas
 
Revisão de geografia europa - 9º ano
Revisão de geografia   europa - 9º anoRevisão de geografia   europa - 9º ano
Revisão de geografia europa - 9º ano
 
7° ano geografia - rede de transporte
7° ano   geografia - rede de transporte7° ano   geografia - rede de transporte
7° ano geografia - rede de transporte
 
IV.3 Previsão do tempo
IV.3 Previsão do tempoIV.3 Previsão do tempo
IV.3 Previsão do tempo
 
Esfera Terrestre
Esfera Terrestre Esfera Terrestre
Esfera Terrestre
 
Planetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema SolarPlanetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema Solar
 
Atmosfera camadas
Atmosfera camadasAtmosfera camadas
Atmosfera camadas
 
Recursos energéticos
Recursos energéticosRecursos energéticos
Recursos energéticos
 
O Universo - 6º Ano (2017)
O Universo - 6º Ano (2017)O Universo - 6º Ano (2017)
O Universo - 6º Ano (2017)
 
Litosfera
LitosferaLitosfera
Litosfera
 
Pinatubo trabalho
Pinatubo trabalhoPinatubo trabalho
Pinatubo trabalho
 
CFQ: Materias e substâncias
CFQ: Materias e substânciasCFQ: Materias e substâncias
CFQ: Materias e substâncias
 
Apresentação slide sistema solar
Apresentação slide sistema solarApresentação slide sistema solar
Apresentação slide sistema solar
 
Petróleo e gás natural - 10º D
Petróleo  e gás natural - 10º DPetróleo  e gás natural - 10º D
Petróleo e gás natural - 10º D
 
Riscos e benefícios da actividade vulcânica
Riscos e benefícios da actividade vulcânicaRiscos e benefícios da actividade vulcânica
Riscos e benefícios da actividade vulcânica
 

Semelhante a Plutão/Pluto

Planeta AnãO PlutãO
Planeta AnãO PlutãOPlaneta AnãO PlutãO
Planeta AnãO PlutãOecsette
 
Planetas gigantes e anões
Planetas gigantes e anõesPlanetas gigantes e anões
Planetas gigantes e anõesRita Galrito
 
O Novo Sistema Solar
O Novo Sistema SolarO Novo Sistema Solar
O Novo Sistema Solarcefaprotga
 
Planeta Terra1 GonçAlo Filipe
Planeta Terra1 GonçAlo FilipePlaneta Terra1 GonçAlo Filipe
Planeta Terra1 GonçAlo Filipenaliniram
 
A Terra E O Universo
A Terra E O UniversoA Terra E O Universo
A Terra E O Universoguest9c1c7c
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solarecsette
 
Trabalho De FíSico Quimica
Trabalho De FíSico QuimicaTrabalho De FíSico Quimica
Trabalho De FíSico Quimicarebeldes
 
Trabalho De Físico- Quimica
Trabalho De Físico- QuimicaTrabalho De Físico- Quimica
Trabalho De Físico- Quimicarebeldes
 
O sistema solar 01
O sistema solar 01O sistema solar 01
O sistema solar 01fernando
 
8a Série - Galáxias e Corpos Celestes
8a Série - Galáxias e Corpos Celestes8a Série - Galáxias e Corpos Celestes
8a Série - Galáxias e Corpos CelestesSESI 422 - Americana
 
Localização de plutão
Localização de plutãoLocalização de plutão
Localização de plutãoBia Reis
 

Semelhante a Plutão/Pluto (20)

Planeta AnãO PlutãO
Planeta AnãO PlutãOPlaneta AnãO PlutãO
Planeta AnãO PlutãO
 
Planetas gigantes e anões
Planetas gigantes e anõesPlanetas gigantes e anões
Planetas gigantes e anões
 
O Novo Sistema Solar
O Novo Sistema SolarO Novo Sistema Solar
O Novo Sistema Solar
 
Planeta Terra1 GonçAlo Filipe
Planeta Terra1 GonçAlo FilipePlaneta Terra1 GonçAlo Filipe
Planeta Terra1 GonçAlo Filipe
 
A Terra E O Universo
A Terra E O UniversoA Terra E O Universo
A Terra E O Universo
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solar
 
Trabalho De FíSico Quimica
Trabalho De FíSico QuimicaTrabalho De FíSico Quimica
Trabalho De FíSico Quimica
 
Trabalho De Físico- Quimica
Trabalho De Físico- QuimicaTrabalho De Físico- Quimica
Trabalho De Físico- Quimica
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
O sistema solar 01
O sistema solar 01O sistema solar 01
O sistema solar 01
 
O espaço
O espaçoO espaço
O espaço
 
O espaço
O espaçoO espaço
O espaço
 
8a Série - Galáxias e Corpos Celestes
8a Série - Galáxias e Corpos Celestes8a Série - Galáxias e Corpos Celestes
8a Série - Galáxias e Corpos Celestes
 
Localização de plutão
Localização de plutãoLocalização de plutão
Localização de plutão
 
O sistema solar
O sistema solarO sistema solar
O sistema solar
 
Universo 2
Universo 2Universo 2
Universo 2
 
Universo 2
Universo 2Universo 2
Universo 2
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solar
 
Diario doplaneta
Diario doplanetaDiario doplaneta
Diario doplaneta
 
Terra no espaço
Terra no espaçoTerra no espaço
Terra no espaço
 

Último

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 

Último (20)

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 

Plutão/Pluto

  • 1. Plutão, o Planeta Anão. Ano Lectivo 2010/11
  • 2. Origem do Nome Localização no Sistema Solar Características de Plutão A Reclassificação do Planeta Curiosidades
  • 3. Introdução Nem tudo é certo quando se fala de Plutão. Um pequeno planeta que causou muitas controvérs s, desde a temperatura à classificação. Neste trabalho, reúnem-se algumas das poucas informações relevantes sobre Plutão.
  • 4. Origem do Nome  Na mitologia romana, Plutão, que equivale a Hades na mitologia grega, é o deus dos infernos.  O nome d seu satélite natural, Caronte, é o nome da figura mitológica que transportava os mortos através do rio Estige, até ao Plutão ou Inferno, onde se encontrava Hades Hades (Plutão).
  • 5.  No entanto, Plutão, foi o nome sugerido em 1919 ao Dr. Lowell por uma criança de 11 anos , Venetia Burney, em duas cartas que lhe escreveu de Oxford, quando soube que ele calculara a existência d m novo planeta no Sistema Solar.  Há, ainda, quem acredite que o nome de Plutão surgiu devido às iniciais do primeiro e último nome do cientista que o descobriu, Percival Percival Lowell Lowell (PLutão – Percival Lowell).
  • 7.
  • 8. •Possui a forma de um disco plano; •Tem um diâmetro de 200 milhões de anos-luz (equivalente a 1,894×1021 Km, ou seja, 1 894 000 000 000 000 000 000 Km); •Num raio de 50 milhões de anos-luz, melhor dizendo, no diâmetro de 100 milhões de anos- luz, existe: 200 aglomerados ou enxames de galáxias; 2500 grandes galáxias;
  • 9. •Grupo de galáxias que contém a nossa galáxia, a Via Láctea; • A Galáxia de Andrómeda (M31) e a Via Láctea são as maiores galáxias deste aglomerado; •Cada uma destas galáxias tem um sistema de ; •Tem mais de 40 galáxias.
  • 10. •Calcula-se que a sua idade esteja compreendida entre 13,8 milhões de anos e 14 milhões de anos; •Os 4 maiores braços são o Braço de Norma, de Scutum-Crux, de Sagitarius e de Perseus. •O Sistema Solar encontra-se no Braço de Órion.
  • 11. • É constituído por uma estrela, o Sol, 8 planetas principais, vários planetas anões, um dos quais, Plutão, planetas secundários ou satélites naturais, asteróides e cometas; •Plutão é o planeta que se encontra mais
  • 12. Mas, devido à sua órbita excêntrica, por vezes Plutão está mais próximo do Sol do que Neptuno, durante 20 anos.
  • 13. •Plutão é o nono planeta a contar do Sol. •Encontra-se na Cintura de Kuiper, onde partilha a sua órbita com outros corpos celestiais conhecidos como cometas.
  • 14. Características de Plutão • Localizado apenas em 1930, por Clyde Tombaugh; • É o menos conhecido dos planetas, devi à sua distância e do seu pequeno tamanho. 1 • É o menor dos planetas exteriores do Sistema Solar. • A sua estrutura é formada por um núcleo rochoso(3) coberto por um grande manto de gelo(2), ao qual se sobrepõe a crosta de metano congelado(1).
  • 15. Características Orbitais Período de Rotação 6 dias 9 horas 18 minutos terrestres Período de Translação 247 anos 249 dias terrestres Perélio 4 436 820 000 Km; 4,43682x109 Km; 29,658 UA Afélio 7 375 930 000 Km; 7,37593x109 Km; 49,305 UA Distância Média ao Sol 5 906 380 000 Km; 5,90638x109 Km; 39,482 UA Inclinação do Planeta 119,61° Velocidade Orbital 17,1 Km/h Média Satélites Naturais 3 (Caronte, Hydra e Nix)
  • 16. Características Físicas Diâmetro Equatorial 2302 Km; 2,302x103 Km Área da Superfície 16 650 000 Km2; 1,665x107 Km2 Volume 6390000000 Km3; 6,39x109 Km3 Massa 13 000 000 000 000 000 000 000 Kg; 1,3x1022 Kg Massa em relação à 0,002xMassa da Terra Terra Densidade Média 2 g/cm3 Temperatura Mínima: - 233°C / -387°F / 40 K Máxima: - 223°C / - 369°F / 50 K Gravidade 45 kg na Terra – 4 kg em Plutão
  • 17. A superfície apresenta uma tonalidade entre o castanho claro e o amarelo.
  • 18. Características Atmosféricas A atmosfera é constituída por 90% de Azoto e 10% de Metano.
  • 19.
  • 20.  O objecto precisa de estar em órbita em redor do Sol;  O objecto precisa de ser massivo o suficiente para ser esférico pela própria gravidade;  O objecto precisa de ser gravitacionalmente dominante.  Plutão não cumprindo a terceira categoria, foi decidido pela UAI que seria incluído na nova categoria denominada planeta anão.
  • 21.  Em 2008, a União Astronómica Internacional decidiu que todos os corpos celestes localizados além da órbita do planeta Neptuno, cobertos de gelo e de forma esférica sejam denominados plutóides. Considerando este entendimento, o planeta Plutã passa a ser um plutóide. Ainda assim, há muita discussão sobre esta nova classificação.
  • 22.  Seu símbolo astronómico é um monograma P-L - . O símbolo astrológico de Plutão é semelhante ao de Neptuno , mas em vez do tridente há um círculo . O período de rotaçã de Caronte coincide com a rotação de Plutão, o que não acontece com os outros planetas.  Plutão gira em volta do Sol percorrendo uma órbita tão elíptica que por cerca de 20 a cada 248 anos do seu período orbital ele passa internamente à órbita de Neptuno. A última vez que isso aconteceu foi de 1979 a Janeiro de 1999.
  • 23.  O verbo "plutar" (plutado, no particípio) é um neologismo criado a partir do rebaixamento de Plutão a planeta anão. Em Janeiro de 2007, a American Dialect Society escolheu "plutado" como a Palavra do Ano de 2006, Astronómica União definindo Internacional "plutar" como "rebaixar ou desvalorizar alguém ou alguma coisa", como aconteceu com o ex-planeta Plutão após a decisão da UAI em 2006.  No México, o dia 13 de Março é considerado como o dia de Plutão.  Foi lançada uma sonda, a New Horizons, a 19 de Janeiro de 2006 e está previsto que a sua maior aproximação ocorra a 14 de Julho de 2015.
  • 24. Conclusão Uma boa citação que se adequa a Plutão é “Não se julga um livro pela capa”. Apesar do seu ta nho, é capaz de gera nfusão entre cientistas e população no geral. Pode-se dizer que Plutão é um planeta desconhecido pois pouco se sabe sobre ele. Mas não há qualquer obstáculo para não o considerar um planeta principal.
  • 26. Significados • Galáxias satélites - Galáxia satélite, em termos gerais, é um sistema em que uma galáxia de tamanho maior é orbitada por uma de tamanho menor, por causa da interacção gravitacional ent elas. Uma galáxia pode ter uma ou mais galáxias satél s, um exemplo conhecido são as Nuvens de Magalhães que orbitam a nossa Galáxia, a Via Láctea. Outro exemplo também conhecido são M32 e M110, que orbitam a galáxia de Andrómeda (M31). • Objecto Transneptuniano- é um corpo pequeno composto por rocha e gelo que orbita o Sol a uma distancia superior à de neptuno.
  • 27. Significados • Galáxias satélites - Galáxia satélite, em termos gerais, é um sistema em que uma galáxia de tamanho maior é orbitada por uma de tamanho menor, por causa da interacção gravitacional entre elas. Uma galáxia pode ter uma ou mais galáxias satélites, um exemplo conhecido são as Nuvens de Magalhães que orbitam a nossa Galáxia, a Via Láctea. Outro exemplo também conhecido são M32 e M110, que orbitam a galáxia de Andrómeda (M31). • Objecto Transneptunianos - é um corpo pequeno composto por rocha e gelo que orbita o Sol a uma distância superior à de Neptuno.