SlideShare uma empresa Scribd logo
Petróleo e Carvão
Petróleo
• O petróleo é um líquido oleoso, menos denso que a água, cuja cor
  varia segundo a origem, oscilando do negro ao âmbar.

• É encontrado no subsolo, em profundidades variáveis e é muito
  rico em hidrocarbonetos (HC).
• Sua origem está ligada à decomposição dos seres que compõem o plâncton
  causados pela pouca oxigenação e pela ação de bactérias.


• Atualmente o petróleo é a principal fonte de energia. Serve como base para
  fabricação dos mais variados produtos, como: benzinas, óleo diesel, gasolina,
  alcatrão, polímeros plásticos e até mesmo medicamentos.
• Os vários componentes do petróleo bruto são hidrocarbonetos (compostos
  por átomos de carbono e hidrogênio), sendo os mais leves formados por
  pequenas moléculas, e os mais pesados contendo até 70 átomos de carbono.



• Devido à diferença de suas temperaturas de ebulição, esses diversos
  componentes podem ser facilmente separados por um processo chamado de
  destilação fracionada.
• A destilação fracionada consiste em aquecer o petróleo bruto e
  conduzi-lo à parte inferior de uma torre, denominada torre de
  fracionamento ou coluna de destilação.


• No seu interior, a torre dispõe de uma série de pratos ou vasos
  colocados a diferentes alturas.


• As substâncias mais leves de baixo ponto de ebulição ascendem
  continuamente pela coluna de fracionamento em direção ao topo
  da coluna, que é a parte mais fria, até condensarem.

• Os componentes de elevado ponto de ebulição condensam-se em
  diferentes alturas da coluna e refluem para baixo.
Esquema da destilação:
Gasolina Sintética

• Dentre muitos meios pesquisados para a redução do
  uso do petróleo, há a gasolina sintética que é
  considerada uma alternativa barata ao uso do
  petróleo.


• É extraída do carvão fóssil e sua composição
  consiste em hidrocarbonetos resultantes da
  combinação direta do carbono com o hidrogênio.
• Utilizando altas pressões e temperaturas e com
  o auxilio de um catalisador, provocava-se no
  carvão fóssil a quebra das moléculas de
  carbono e hidrogênio, obtendo-se moléculas
  compostas por estes dois elementos.

• Um outro processo para fabrico da gasolina
  sintética consiste em gaseificar o coque (carvão
  poroso) em presença de vapor de água,
  obtendo-se, assim, uma mistura de óxido de
  carbono, que depois de depurado é introduzido
  numa torre de reação.
Carvão - Hulha
• Os carvões minerais resultam da
  fossilização da madeira, ocorrida ao longo
  de milhões de anos, provocada por
  pressão, temperatura e ausência de ar.

• Hulha é um carvão mineral com 80% de
  carbono que foi a mola propulsora da
  indústria do século passado, durante a
  chamada Revolução Industrial, sendo
  substituída pelo petróleo no século XX.
• A destilação seca da hulha é feita sob
  aquecimento de, aproximadamente,
  1000º C e na presença de corrente de
  ar.

• Obtêm-se quatro frações, sendo uma
  gasosa, duas líquidas e uma sólida.
• Fração gasosa: Gás de rua ou gás
  combustível de iluminação

• Fração líquida clara ou águas amoniacais: É
  empregada na preparação de fertilizantes
  (adubos), ácido nítrico, etc.

• Fração líquida ou alcatrão da hulha: Obtem-
  se hidrocarbonetos aromáticos - benzeno,
  tolueno, naftaleno, antraceno, fenantreno,
  etc.

• Fração sólida ou resíduos: Coque (carvão
  poroso) que atua como agente redutor em
  indústrias siderúrgicas e na produção de
  gasolina sintética.
Carvão Vegetal
• Carvão vegetal é um elemento obtido a partir da queima
  de madeira, sua utilização é comum como combustível
  para aquecedores, lareiras, churrasqueiras e fogões.


• Ele pode ser usado também no tratamento das doenças,
  porém nestes casos o carvão é extraído de partes
  lenhosas, cascas e serragens, que são madeiras moles e
  que não contem resinas.
Carvão Animal
• O carvão animal é obtido a partir da queima de ossos e
  partes córneas de animais.


• São impuros, densos e porosos, utilizados como
  absorventes e pigmentos negros e possuem
  aproximadamente 10% de carbono.
Negro do Fumo
• O negro de fumo é constituído por partículas
  finamente divididas, que são obtidas por
  decomposição térmica ou combustão parcial
  de hidrocarbonetos gasosos ou líquidos.

• O negro de fumo possui duas propriedades
  que definem a maioria absoluta das suas
  aplicações: elevado poder de pigmentação e
  capacidade de, em mistura com as borrachas,
  elevar substancialmente a resistência
  mecânica desses materiais.
Bibliografia
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Petr%C3%B3leo

• http://ciencia.hsw.uol.com.br/refino-de-petroleo4.htm

• http://educacao.uol.com.br/quimica/ult1707u60.jhtm

• http://pt.wikipedia.org/wiki/Hulha

• http://infoener.iee.usp.br/scripts/biomassa/

• http://www.bonechar.com.br/carvao_ativado.html

• http://pt.wikipedia.org/wiki/Fuligem
Equipe: Camila
       Carla
       Juliana

Série: 3ªº 01

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

petroleo
petroleopetroleo
Carvão
CarvãoCarvão
Energia Química no Cotidiano - Enem
Energia Química no Cotidiano - Enem  Energia Química no Cotidiano - Enem
Energia Química no Cotidiano - Enem
Joelson Barral
 
Biomassa jorge fernandes e rui cortes
Biomassa jorge fernandes e rui cortesBiomassa jorge fernandes e rui cortes
Biomassa jorge fernandes e rui cortes
dani999
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
Felipe Dias
 
Aula 9º Ano (Ensino Fundamental) Fontes de energia 9 ano
Aula 9º Ano (Ensino Fundamental) Fontes de energia 9 anoAula 9º Ano (Ensino Fundamental) Fontes de energia 9 ano
Aula 9º Ano (Ensino Fundamental) Fontes de energia 9 ano
Ronaldo Santana
 
Biomassa
BiomassaBiomassa
Energia renovável e não renovável
Energia renovável e não renovávelEnergia renovável e não renovável
Energia renovável e não renovável
Wanessa Veloso
 
Reações Orgânicas
Reações OrgânicasReações Orgânicas
Reações Orgânicas
Vinny Silva
 
Carvão mineral
Carvão mineralCarvão mineral
Carvão mineral
Bruna Lacerda
 
Biomas Brasileiros
Biomas Brasileiros Biomas Brasileiros
Biomas Brasileiros
Leandro A. Machado de Moura
 
Biomassa
BiomassaBiomassa
Biomassa
Gustavo Lambert
 
Trabalho petróleo
Trabalho petróleoTrabalho petróleo
Trabalho petróleo
Sako Afonso M. Vuna
 
Energia nuclear
Energia nuclearEnergia nuclear
Energia nuclear
Paulo Gomes
 
Fontes de Energia
Fontes de EnergiaFontes de Energia
Fontes de Energia
Rodrigo Pavesi
 
Energia nuclear.
Energia nuclear. Energia nuclear.
Energia nuclear.
- Daniela Sousa
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
Renata Oliveira
 
Sabão e Detergente
Sabão e DetergenteSabão e Detergente
Sabão e Detergente
Fábio Oisiovici
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Politicas Ambientais
Politicas AmbientaisPoliticas Ambientais
Politicas Ambientais
Ezequias Guimaraes
 

Mais procurados (20)

petroleo
petroleopetroleo
petroleo
 
Carvão
CarvãoCarvão
Carvão
 
Energia Química no Cotidiano - Enem
Energia Química no Cotidiano - Enem  Energia Química no Cotidiano - Enem
Energia Química no Cotidiano - Enem
 
Biomassa jorge fernandes e rui cortes
Biomassa jorge fernandes e rui cortesBiomassa jorge fernandes e rui cortes
Biomassa jorge fernandes e rui cortes
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
 
Aula 9º Ano (Ensino Fundamental) Fontes de energia 9 ano
Aula 9º Ano (Ensino Fundamental) Fontes de energia 9 anoAula 9º Ano (Ensino Fundamental) Fontes de energia 9 ano
Aula 9º Ano (Ensino Fundamental) Fontes de energia 9 ano
 
Biomassa
BiomassaBiomassa
Biomassa
 
Energia renovável e não renovável
Energia renovável e não renovávelEnergia renovável e não renovável
Energia renovável e não renovável
 
Reações Orgânicas
Reações OrgânicasReações Orgânicas
Reações Orgânicas
 
Carvão mineral
Carvão mineralCarvão mineral
Carvão mineral
 
Biomas Brasileiros
Biomas Brasileiros Biomas Brasileiros
Biomas Brasileiros
 
Biomassa
BiomassaBiomassa
Biomassa
 
Trabalho petróleo
Trabalho petróleoTrabalho petróleo
Trabalho petróleo
 
Energia nuclear
Energia nuclearEnergia nuclear
Energia nuclear
 
Fontes de Energia
Fontes de EnergiaFontes de Energia
Fontes de Energia
 
Energia nuclear.
Energia nuclear. Energia nuclear.
Energia nuclear.
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
 
Sabão e Detergente
Sabão e DetergenteSabão e Detergente
Sabão e Detergente
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
 
Politicas Ambientais
Politicas AmbientaisPoliticas Ambientais
Politicas Ambientais
 

Semelhante a Petróleo e-carvão-3a1

Carvão mineral e vegetal
Carvão mineral e vegetalCarvão mineral e vegetal
Carvão mineral e vegetal
Wesley Germano Otávio
 
Petróleo enio
Petróleo enioPetróleo enio
Petróleo enio
Enio Silva De Lima
 
Aula petroleo-2010
Aula petroleo-2010Aula petroleo-2010
Petroleo 3a2
Petroleo 3a2Petroleo 3a2
Petroleo 3a2
EEB Francisco Mazzola
 
Petróleo e gás natural - 10º D
Petróleo  e gás natural - 10º DPetróleo  e gás natural - 10º D
Petróleo e gás natural - 10º D
Física Química A
 
Opu operações-unitárias.pptxn
Opu operações-unitárias.pptxnOpu operações-unitárias.pptxn
Opu operações-unitárias.pptxn
Cristyan Ribeiro
 
Trabalho sobre petróleo
Trabalho sobre petróleoTrabalho sobre petróleo
Trabalho sobre petróleo
Eduardo Chaves
 
Petroleo 3a3
Petroleo   3a3Petroleo   3a3
Petroleo 3a3
EEB Francisco Mazzola
 
Aulas 03 e 04 fontes de hidrocarbonetos e combustão - pré
Aulas 03 e 04   fontes de hidrocarbonetos e combustão - préAulas 03 e 04   fontes de hidrocarbonetos e combustão - pré
Aulas 03 e 04 fontes de hidrocarbonetos e combustão - pré
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Aula 1 combustíveis
Aula 1   combustíveisAula 1   combustíveis
Aula 1 combustíveis
Alexsandra Valerio
 
Petróleo e gasolina
Petróleo e gasolinaPetróleo e gasolina
Petróleo e gasolina
Turma Olímpica
 
Parte ii técnico
Parte ii  técnicoParte ii  técnico
Parte ii técnico
Kellecampos Kelle Campos
 
Processo de refinação do petróleo
Processo de refinação do petróleoProcesso de refinação do petróleo
Processo de refinação do petróleo
Ajudar Pessoas
 
Refinariaesquema
RefinariaesquemaRefinariaesquema
Refinariaesquema
Adriana Guarda
 
Hidrocarbonetos - Marco Aurélio
Hidrocarbonetos - Marco AurélioHidrocarbonetos - Marco Aurélio
Hidrocarbonetos - Marco Aurélio
Turma Olímpica
 
Glossario petrobras
Glossario petrobrasGlossario petrobras
Glossario petrobras
tmanha
 
Máqujinas térmicas - aula sobre combustíveis
Máqujinas térmicas - aula sobre combustíveisMáqujinas térmicas - aula sobre combustíveis
Máqujinas térmicas - aula sobre combustíveis
JessicaHiplitodeVasc
 
Petroquimica
PetroquimicaPetroquimica
Petroquimica
Cristyan Ribeiro
 
Petróleo e Combustão
Petróleo e Combustão Petróleo e Combustão
Petróleo e Combustão
alinesantana1422
 
Gasolina automotiva
Gasolina automotivaGasolina automotiva
Gasolina automotiva
Evaldo Cardozo
 

Semelhante a Petróleo e-carvão-3a1 (20)

Carvão mineral e vegetal
Carvão mineral e vegetalCarvão mineral e vegetal
Carvão mineral e vegetal
 
Petróleo enio
Petróleo enioPetróleo enio
Petróleo enio
 
Aula petroleo-2010
Aula petroleo-2010Aula petroleo-2010
Aula petroleo-2010
 
Petroleo 3a2
Petroleo 3a2Petroleo 3a2
Petroleo 3a2
 
Petróleo e gás natural - 10º D
Petróleo  e gás natural - 10º DPetróleo  e gás natural - 10º D
Petróleo e gás natural - 10º D
 
Opu operações-unitárias.pptxn
Opu operações-unitárias.pptxnOpu operações-unitárias.pptxn
Opu operações-unitárias.pptxn
 
Trabalho sobre petróleo
Trabalho sobre petróleoTrabalho sobre petróleo
Trabalho sobre petróleo
 
Petroleo 3a3
Petroleo   3a3Petroleo   3a3
Petroleo 3a3
 
Aulas 03 e 04 fontes de hidrocarbonetos e combustão - pré
Aulas 03 e 04   fontes de hidrocarbonetos e combustão - préAulas 03 e 04   fontes de hidrocarbonetos e combustão - pré
Aulas 03 e 04 fontes de hidrocarbonetos e combustão - pré
 
Aula 1 combustíveis
Aula 1   combustíveisAula 1   combustíveis
Aula 1 combustíveis
 
Petróleo e gasolina
Petróleo e gasolinaPetróleo e gasolina
Petróleo e gasolina
 
Parte ii técnico
Parte ii  técnicoParte ii  técnico
Parte ii técnico
 
Processo de refinação do petróleo
Processo de refinação do petróleoProcesso de refinação do petróleo
Processo de refinação do petróleo
 
Refinariaesquema
RefinariaesquemaRefinariaesquema
Refinariaesquema
 
Hidrocarbonetos - Marco Aurélio
Hidrocarbonetos - Marco AurélioHidrocarbonetos - Marco Aurélio
Hidrocarbonetos - Marco Aurélio
 
Glossario petrobras
Glossario petrobrasGlossario petrobras
Glossario petrobras
 
Máqujinas térmicas - aula sobre combustíveis
Máqujinas térmicas - aula sobre combustíveisMáqujinas térmicas - aula sobre combustíveis
Máqujinas térmicas - aula sobre combustíveis
 
Petroquimica
PetroquimicaPetroquimica
Petroquimica
 
Petróleo e Combustão
Petróleo e Combustão Petróleo e Combustão
Petróleo e Combustão
 
Gasolina automotiva
Gasolina automotivaGasolina automotiva
Gasolina automotiva
 

Mais de EEB Francisco Mazzola

V1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
V1c2 l1a10 - Substâncias QuímicasV1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
V1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
EEB Francisco Mazzola
 
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
EEB Francisco Mazzola
 
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da químicaCap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
EEB Francisco Mazzola
 
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da química
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da químicaCap1 lição2 - Os vários aspectos da química
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da química
EEB Francisco Mazzola
 
Cap1 licao1 - O que é química?
Cap1 licao1 - O que é química?Cap1 licao1 - O que é química?
Cap1 licao1 - O que é química?
EEB Francisco Mazzola
 
Fundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica GeralFundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica Geral
EEB Francisco Mazzola
 
Cap01 licao06
Cap01 licao06Cap01 licao06
Cap01 licao06
EEB Francisco Mazzola
 
Cap01 licao7a8
Cap01 licao7a8Cap01 licao7a8
Cap01 licao7a8
EEB Francisco Mazzola
 
Cap01 licao1a5
Cap01 licao1a5Cap01 licao1a5
Cap01 licao1a5
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de Materias
Separação de Materias Separação de Materias
Separação de Materias
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de Materias
Separação de Materias Separação de Materias
Separação de Materias
EEB Francisco Mazzola
 
Traalho de quimica
Traalho de quimicaTraalho de quimica
Traalho de quimica
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
EEB Francisco Mazzola
 
Separação..
Separação..Separação..
Separação..
EEB Francisco Mazzola
 
SEPARAÇÃO DE MATERIAS
SEPARAÇÃO DE MATERIAS SEPARAÇÃO DE MATERIAS
SEPARAÇÃO DE MATERIAS
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
EEB Francisco Mazzola
 
Novo trabalho de quimica
Novo trabalho de quimicaNovo trabalho de quimica
Novo trabalho de quimica
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de materias
Separação de materiasSeparação de materias
Separação de materias
EEB Francisco Mazzola
 
Separaçao de materias
Separaçao de materiasSeparaçao de materias
Separaçao de materias
EEB Francisco Mazzola
 

Mais de EEB Francisco Mazzola (20)

V1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
V1c2 l1a10 - Substâncias QuímicasV1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
V1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
 
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
 
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da químicaCap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
 
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da química
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da químicaCap1 lição2 - Os vários aspectos da química
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da química
 
Cap1 licao1 - O que é química?
Cap1 licao1 - O que é química?Cap1 licao1 - O que é química?
Cap1 licao1 - O que é química?
 
Fundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica GeralFundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica Geral
 
Cap01 licao06
Cap01 licao06Cap01 licao06
Cap01 licao06
 
Cap01 licao7a8
Cap01 licao7a8Cap01 licao7a8
Cap01 licao7a8
 
Cap01 licao1a5
Cap01 licao1a5Cap01 licao1a5
Cap01 licao1a5
 
Separação de Materias
Separação de Materias Separação de Materias
Separação de Materias
 
Separação de Materias
Separação de Materias Separação de Materias
Separação de Materias
 
Traalho de quimica
Traalho de quimicaTraalho de quimica
Traalho de quimica
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
 
Separação..
Separação..Separação..
Separação..
 
SEPARAÇÃO DE MATERIAS
SEPARAÇÃO DE MATERIAS SEPARAÇÃO DE MATERIAS
SEPARAÇÃO DE MATERIAS
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
 
Novo trabalho de quimica
Novo trabalho de quimicaNovo trabalho de quimica
Novo trabalho de quimica
 
Separação de materias
Separação de materiasSeparação de materias
Separação de materias
 
Separaçao de materias
Separaçao de materiasSeparaçao de materias
Separaçao de materias
 

Petróleo e-carvão-3a1

  • 2. Petróleo • O petróleo é um líquido oleoso, menos denso que a água, cuja cor varia segundo a origem, oscilando do negro ao âmbar. • É encontrado no subsolo, em profundidades variáveis e é muito rico em hidrocarbonetos (HC).
  • 3. • Sua origem está ligada à decomposição dos seres que compõem o plâncton causados pela pouca oxigenação e pela ação de bactérias. • Atualmente o petróleo é a principal fonte de energia. Serve como base para fabricação dos mais variados produtos, como: benzinas, óleo diesel, gasolina, alcatrão, polímeros plásticos e até mesmo medicamentos.
  • 4. • Os vários componentes do petróleo bruto são hidrocarbonetos (compostos por átomos de carbono e hidrogênio), sendo os mais leves formados por pequenas moléculas, e os mais pesados contendo até 70 átomos de carbono. • Devido à diferença de suas temperaturas de ebulição, esses diversos componentes podem ser facilmente separados por um processo chamado de destilação fracionada.
  • 5. • A destilação fracionada consiste em aquecer o petróleo bruto e conduzi-lo à parte inferior de uma torre, denominada torre de fracionamento ou coluna de destilação. • No seu interior, a torre dispõe de uma série de pratos ou vasos colocados a diferentes alturas. • As substâncias mais leves de baixo ponto de ebulição ascendem continuamente pela coluna de fracionamento em direção ao topo da coluna, que é a parte mais fria, até condensarem. • Os componentes de elevado ponto de ebulição condensam-se em diferentes alturas da coluna e refluem para baixo.
  • 7. Gasolina Sintética • Dentre muitos meios pesquisados para a redução do uso do petróleo, há a gasolina sintética que é considerada uma alternativa barata ao uso do petróleo. • É extraída do carvão fóssil e sua composição consiste em hidrocarbonetos resultantes da combinação direta do carbono com o hidrogênio.
  • 8. • Utilizando altas pressões e temperaturas e com o auxilio de um catalisador, provocava-se no carvão fóssil a quebra das moléculas de carbono e hidrogênio, obtendo-se moléculas compostas por estes dois elementos. • Um outro processo para fabrico da gasolina sintética consiste em gaseificar o coque (carvão poroso) em presença de vapor de água, obtendo-se, assim, uma mistura de óxido de carbono, que depois de depurado é introduzido numa torre de reação.
  • 9. Carvão - Hulha • Os carvões minerais resultam da fossilização da madeira, ocorrida ao longo de milhões de anos, provocada por pressão, temperatura e ausência de ar. • Hulha é um carvão mineral com 80% de carbono que foi a mola propulsora da indústria do século passado, durante a chamada Revolução Industrial, sendo substituída pelo petróleo no século XX.
  • 10. • A destilação seca da hulha é feita sob aquecimento de, aproximadamente, 1000º C e na presença de corrente de ar. • Obtêm-se quatro frações, sendo uma gasosa, duas líquidas e uma sólida.
  • 11. • Fração gasosa: Gás de rua ou gás combustível de iluminação • Fração líquida clara ou águas amoniacais: É empregada na preparação de fertilizantes (adubos), ácido nítrico, etc. • Fração líquida ou alcatrão da hulha: Obtem- se hidrocarbonetos aromáticos - benzeno, tolueno, naftaleno, antraceno, fenantreno, etc. • Fração sólida ou resíduos: Coque (carvão poroso) que atua como agente redutor em indústrias siderúrgicas e na produção de gasolina sintética.
  • 12. Carvão Vegetal • Carvão vegetal é um elemento obtido a partir da queima de madeira, sua utilização é comum como combustível para aquecedores, lareiras, churrasqueiras e fogões. • Ele pode ser usado também no tratamento das doenças, porém nestes casos o carvão é extraído de partes lenhosas, cascas e serragens, que são madeiras moles e que não contem resinas.
  • 13. Carvão Animal • O carvão animal é obtido a partir da queima de ossos e partes córneas de animais. • São impuros, densos e porosos, utilizados como absorventes e pigmentos negros e possuem aproximadamente 10% de carbono.
  • 14. Negro do Fumo • O negro de fumo é constituído por partículas finamente divididas, que são obtidas por decomposição térmica ou combustão parcial de hidrocarbonetos gasosos ou líquidos. • O negro de fumo possui duas propriedades que definem a maioria absoluta das suas aplicações: elevado poder de pigmentação e capacidade de, em mistura com as borrachas, elevar substancialmente a resistência mecânica desses materiais.
  • 15. Bibliografia • http://pt.wikipedia.org/wiki/Petr%C3%B3leo • http://ciencia.hsw.uol.com.br/refino-de-petroleo4.htm • http://educacao.uol.com.br/quimica/ult1707u60.jhtm • http://pt.wikipedia.org/wiki/Hulha • http://infoener.iee.usp.br/scripts/biomassa/ • http://www.bonechar.com.br/carvao_ativado.html • http://pt.wikipedia.org/wiki/Fuligem
  • 16. Equipe: Camila Carla Juliana Série: 3ªº 01