SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Eduarda Tempas Ferreira
 Eduardo Sparrenberger
    Rafael Bratz Escobar
           Vitor Schunk
         Renata Tondin
Como você considera o clima de liberdade e abertura na sua organização? Por que?


R1 - Livre, por que estão todos abertos a diálogos e indicações, visando melhorias na
mesma.

R2 - Importante e bem difundida, pois temos condições de opinar e discutir sobre como
devemos        proceder      nas        tomadas       de      decisões        diárias.

R3 - Considero não muito flexível pois algumas pequenas melhorias propostas muitas
vezes não são aceitas pelo fato de a atividade ser sempre feita de um jeito, não querem
arriscar trocar.
R4 - Considero fraco pois níveis hierárquicos são bem definidos e não dão liberdade pra
nos expor nossas opiniões.
R5 - O clima de liberdade e abertura dentro da organização em que trabalho é muito
saudável, uma vez que podemos sugerir e opinar dentro de todos os processos que
ocorrem no interior da mesma. Se tratando da minha área, de comunicação, isso é muito
mais livre, já que trocamos informações durante todo o expediente e é necessário que
haja um diálogo frequente, e para isso, liberdade de comunicação.

R6 - Considero a abertura muito boa, consigo expor minhas ideias e sugestões sem
nenhum tipo de repressão ou impedimento. Comunico-me com meus colegas e
superiores sem problema nenhum, há bastante liberdade neste sentido.
A partir desta questão, pode-se perceber que a
maioria das empresas dá liberdade aos seus funcionários,
aceitando opiniões e sugestões. Os funcionários têm
liberdade para discutir com seus superiores os
procedimentos padrões da empresa, problemas e suas
soluções, sempre visando melhorias.
         Há bastante diálogo entre funcionários, e entre os
setores da empresa. É muito importante que haja liberdade e
descontração na empresa, que funcionários tenham acesso
aos seus superiores, e que os níveis hierárquicos mais altos
se relacionem com os mais baixos, em busca de
aperfeiçoamento das práticas comuns à empresa.
         Fornecer um ambiente confortável aos funcionários
e valorizar suas iniciativas, proporcionando benefícios
compensadores, são maneiras de estimular os colaboradores
a exporem suas ideias e sugestões. Um ambiente
ergonomicamente adequado, e um clima saudável na
empresa, também são fatores positivos, que facilitam a
criação de melhorias.
Como você considera a efetividade dos trabalhos em equipe na sua organização?
Por                                                                      quê?

R1 - Perfeita, são sempre realizados com apoio e empenho de todos, pensando
sempre na resolução dos mesmos em prol da organização.

R2 - Bastante efetiva, nossa equipe apesar de pequena é bem comprometida, pois
quando um dos funcionários não consegue dar conta do que está fazendo o outro se
dispõe a ajuda-lo, mesmo porque estamos com pessoal administrativo reduzido,
então tudo o que pode ser feito a mais pelo colega e bem vindo .

R3 - Considero que há algumas falhas em alguns setores importantes, algumas
informações não são transmitidas corretamente entre os setores, prejudicando as
atividades.

R4 - Considero uma alta efetividade por que os setores são bem definidos,
qualificados e bem entrosados nos seus assuntos.

R5 - Trabalhamos durante todo o expediente em equipe; todos precisam sempre estar
dispostos a debater, discutir e chegar a conclusões mútuas. Normalmente a
efetividade se dá de maneira positiva, mesmo que algumas vezes haja discordância –
o que trata-se de uma questão normal quando o trabalho é realizado em equipe.

R6 - A efetividade é boa, pois quando há a necessidade de trabalhar em conjunto,
todos se empenham para cumprir as metas ou resolver problemas.
Apenas uma das empresas entrevistadas respondeu que não
obtém bons resultados com trabalhos em equipe, pois a informação nem
sempre é transmitida corretamente.

        É muito importante, para se obter sucesso nos trabalhos em
equipe, que o pessoal envolvido tenha o treinamento necessário, e
conhecimento das atividades de todos os setores da empresa. As equipes
de trabalho devem ser acessíveis, aceitando opiniões de outros
colaboradores, e que as equipes trabalhem em conjunto, repassando
informações necessárias, sempre em busca do melhor para a empresa.
3. Existe uma abordagem sistemática para a solução de problemas na organização?
Como funciona ou porque não funciona?

R1 - Sim, são sempre reportadas para os superiores, e os mesmos identificam de forma
específica as mesmas.

R2 - Não funciona assim, os “problemas” vão sendo sanados conforme vão aparecendo
pois não temos como prever o que ira acontecer e temos um quadro de pessoal reduzido,
então temos que usar a tática de apagar incêndios.

R3 - Algumas soluções procuram ser tomadas, mas pouco tempo depois os erros vão
voltando a acontecer, e nada mais eficaz é feito para que isso não aconteça.

R4 – Existe, mas não funciona, por ser uma empresa pública a sistemática é engessada,
em função das burocracias.

R5 - Quando os problemas começam a atrapalhar o ritmo de trabalho, a abordagem
sistemática realizada é uma reunião com todos os integrantes da equipe. Esse é o
momento onde todos tem a oportunidade de relatar pontos positivos e negativos até
encontrar soluções à problemas gerais dentro da organização.

R6 - Sim, existe uma pessoa encarregada de receber qualquer reclamação vinda do
cliente, esta então é repassada para o gerente, que se reúne com os demais, analisando a
situação e tomando a devida providência para sanar o problema.
A maioria dos entrevistados respondeu que a empresa resolve
os problemas em conjunto, através de reuniões, em que são discutidos
problemas ocorridos e possíveis soluções são apresentadas.

        A integração entre níveis hierárquicos, e diferentes setores da
empresa deve ser boa, abrindo espaço para ideias vindas de todos os
colaboradores, independentemente da sua função.

          A chefia da empresa deve valorizar os funcionários que tem
iniciativa em resolver problemas. A empresa também deve fornecer as
informações necessárias para que os problemas sejam resolvidos mais
facilmente, e mais rapidamente.
4. Existe um método ou sistemática adequada para o uso de ferramentas para
geração de inovações ou solução de problemas? Como isto funciona?

R1 - Sim, é identificado pelos superiores as questões dos problemas repetitivos
sendo repassada as soluções e se necessário até cases sobre os mesmos.

R2 - Com os problemas corriqueiros sim, existe um checklist a ser seguido, ou
procedimento padrão a ser feito em determinados casos, para sanar esses
problemas, porem as vezes surgem problemas mais complexos ou inusitados e
com esses, se reúne a equipe e monta-se estratégias para atacá-lo

R3 - Não existe método algum.

R4 - Não temos nenhum tipo de método para isso.

R5 - Para a solução de problemas a sistemática envolve uma reunião com todos os
integrantes da equipe, e para a geração de inovações há um mural onde todos tem
a possibilidade de demonstrar suas ideias através de pequenas frases que as
resumam.

R6 - Não há uma sistemática adequada para inovação ou soluções de problemas,
pois há dificuldade de por em pratica algumas destas ferramentas, talvez por
algum tipo de receio vindo da diretoria da organização.
Pode-se perceber que metade das empresas não segue um método padrão
na resolução de problemas, e que não há práticas comuns visando gerar inovações.

          Talvez por receio de pôr em prática as ideias dos funcionários, muitas
empresas permanecem sem inovar. Deve-se abrir espaço para a divulgação de ideias,
e evitar barreiras entre chefia e funcionários, evitando que boas ideias se percam.

        O restante das empresas segue um procedimento padrão para resolver os
problemas comuns. Seguem um roteiro padrão. E quando surge algum problema
mais complexo, a empresa faz reuniões com o objetivo de resolvê-los.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão da Tecnologia e Inovação - Pesquisa III
Gestão da Tecnologia e Inovação - Pesquisa IIIGestão da Tecnologia e Inovação - Pesquisa III
Gestão da Tecnologia e Inovação - Pesquisa IIIAna Paula Muniz Pereira
 
Pesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaPesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaBruno Prass
 
Questionário sobre fatores operacionais e ambientais favoráveis a inovação
Questionário sobre fatores operacionais e ambientais favoráveis a inovaçãoQuestionário sobre fatores operacionais e ambientais favoráveis a inovação
Questionário sobre fatores operacionais e ambientais favoráveis a inovaçãoFabiano Barbieri
 
Agile42 Artigo De Especialidade
Agile42 Artigo De EspecialidadeAgile42 Artigo De Especialidade
Agile42 Artigo De EspecialidadeHugo Lourenco
 
Você s.a. avaliação do desempenho
Você s.a.   avaliação do desempenhoVocê s.a.   avaliação do desempenho
Você s.a. avaliação do desempenhotioheraclito
 
6 delegar tarefas com segurança
6 delegar tarefas com segurança6 delegar tarefas com segurança
6 delegar tarefas com segurançaRicardo Robles
 
Voce s.a. delegar tarefas com seguranca
Voce s.a.   delegar tarefas com segurancaVoce s.a.   delegar tarefas com seguranca
Voce s.a. delegar tarefas com segurancaBruno Barros
 
Eitica no comportamento interpessoal a00
Eitica no comportamento interpessoal  a00Eitica no comportamento interpessoal  a00
Eitica no comportamento interpessoal a00ctunas
 
6 como tornar se um lider
6 como tornar se um lider6 como tornar se um lider
6 como tornar se um liderRicardo Robles
 
Artigo4 Delegando Tarefas
Artigo4 Delegando TarefasArtigo4 Delegando Tarefas
Artigo4 Delegando TarefasJosé Zanco
 

Mais procurados (14)

Gestão da Tecnologia e Inovação - Pesquisa III
Gestão da Tecnologia e Inovação - Pesquisa IIIGestão da Tecnologia e Inovação - Pesquisa III
Gestão da Tecnologia e Inovação - Pesquisa III
 
Pesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaPesquisa Qualitativa
Pesquisa Qualitativa
 
Questionário sobre fatores operacionais e ambientais favoráveis a inovação
Questionário sobre fatores operacionais e ambientais favoráveis a inovaçãoQuestionário sobre fatores operacionais e ambientais favoráveis a inovação
Questionário sobre fatores operacionais e ambientais favoráveis a inovação
 
Fatores operacionais
Fatores operacionaisFatores operacionais
Fatores operacionais
 
Pesquisa 3
Pesquisa 3Pesquisa 3
Pesquisa 3
 
Agile42 Artigo De Especialidade
Agile42 Artigo De EspecialidadeAgile42 Artigo De Especialidade
Agile42 Artigo De Especialidade
 
Você s.a. avaliação do desempenho
Você s.a.   avaliação do desempenhoVocê s.a.   avaliação do desempenho
Você s.a. avaliação do desempenho
 
6 delegar tarefas com segurança
6 delegar tarefas com segurança6 delegar tarefas com segurança
6 delegar tarefas com segurança
 
Voce s.a. delegar tarefas com seguranca
Voce s.a.   delegar tarefas com segurancaVoce s.a.   delegar tarefas com seguranca
Voce s.a. delegar tarefas com seguranca
 
Eitica no comportamento interpessoal a00
Eitica no comportamento interpessoal  a00Eitica no comportamento interpessoal  a00
Eitica no comportamento interpessoal a00
 
6 como tornar se um lider
6 como tornar se um lider6 como tornar se um lider
6 como tornar se um lider
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Artigo4 Delegando Tarefas
Artigo4 Delegando TarefasArtigo4 Delegando Tarefas
Artigo4 Delegando Tarefas
 
Lean Office Management
Lean Office ManagementLean Office Management
Lean Office Management
 

Semelhante a Pesquisa 3

Trabalho entrevista fatores operacionais
Trabalho entrevista   fatores operacionaisTrabalho entrevista   fatores operacionais
Trabalho entrevista fatores operacionaisAureo Tondin Soares
 
Pesquisa 3 - Gestão da Tecnologia
Pesquisa 3 - Gestão da TecnologiaPesquisa 3 - Gestão da Tecnologia
Pesquisa 3 - Gestão da TecnologiaJari Gomes
 
Pesquisa - Fatores Operacionais
Pesquisa - Fatores OperacionaisPesquisa - Fatores Operacionais
Pesquisa - Fatores OperacionaisBarbara Benedetti
 
Pesquisa 3 - Fatores Operacionais
Pesquisa 3 - Fatores OperacionaisPesquisa 3 - Fatores Operacionais
Pesquisa 3 - Fatores OperacionaisCarlos Hisao Endo
 
O Guia do Profissional de Recursos Humanos
O Guia do Profissional de Recursos HumanosO Guia do Profissional de Recursos Humanos
O Guia do Profissional de Recursos HumanosSolides Tecnologia
 
52_Bons_Hábitos_de_Gestão,_Liderança_e_Relações_Humanas_by_Vargas.pdf
52_Bons_Hábitos_de_Gestão,_Liderança_e_Relações_Humanas_by_Vargas.pdf52_Bons_Hábitos_de_Gestão,_Liderança_e_Relações_Humanas_by_Vargas.pdf
52_Bons_Hábitos_de_Gestão,_Liderança_e_Relações_Humanas_by_Vargas.pdfJeronimoDosSantos
 
TRABALHO DE TÉCNICAS DE GRUPO E RELAÇÕES HUMANAS - ENTREVISTA.docx
TRABALHO DE TÉCNICAS DE GRUPO E RELAÇÕES HUMANAS - ENTREVISTA.docxTRABALHO DE TÉCNICAS DE GRUPO E RELAÇÕES HUMANAS - ENTREVISTA.docx
TRABALHO DE TÉCNICAS DE GRUPO E RELAÇÕES HUMANAS - ENTREVISTA.docxJoaovictorelite
 
Como sustentamos o pensamento a3 na organização
Como sustentamos o pensamento a3 na organizaçãoComo sustentamos o pensamento a3 na organização
Como sustentamos o pensamento a3 na organizaçãoRoberto Fabiano Fernandes
 
Aker International Trainee in Brazilian Newspaper Correio Braziliense
Aker International Trainee in Brazilian Newspaper Correio BrazilienseAker International Trainee in Brazilian Newspaper Correio Braziliense
Aker International Trainee in Brazilian Newspaper Correio BrazilienseROBERTO BENTO
 
Artigo piramide lean final
Artigo piramide lean   finalArtigo piramide lean   final
Artigo piramide lean finalStartupi
 
Falta cooperação
Falta cooperaçãoFalta cooperação
Falta cooperaçãoJennifer S
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoLeonardo Melo Santos
 

Semelhante a Pesquisa 3 (20)

Trabalho entrevista fatores operacionais
Trabalho entrevista   fatores operacionaisTrabalho entrevista   fatores operacionais
Trabalho entrevista fatores operacionais
 
Fatores operacionais
Fatores operacionais  Fatores operacionais
Fatores operacionais
 
Pesquisa iii
Pesquisa iiiPesquisa iii
Pesquisa iii
 
Trabalho aula 30.10
Trabalho aula 30.10Trabalho aula 30.10
Trabalho aula 30.10
 
Pesquisa 3 - Gestão da Tecnologia
Pesquisa 3 - Gestão da TecnologiaPesquisa 3 - Gestão da Tecnologia
Pesquisa 3 - Gestão da Tecnologia
 
Pesquisa qualitativa 03
Pesquisa qualitativa 03Pesquisa qualitativa 03
Pesquisa qualitativa 03
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Pesquisa - Fatores Operacionais
Pesquisa - Fatores OperacionaisPesquisa - Fatores Operacionais
Pesquisa - Fatores Operacionais
 
Pesquisa 3 - Fatores Operacionais
Pesquisa 3 - Fatores OperacionaisPesquisa 3 - Fatores Operacionais
Pesquisa 3 - Fatores Operacionais
 
Pesquisa 3 tencnologia (1)
Pesquisa 3   tencnologia (1)Pesquisa 3   tencnologia (1)
Pesquisa 3 tencnologia (1)
 
Pesquisa 3 tecnologia
Pesquisa 3   tecnologiaPesquisa 3   tecnologia
Pesquisa 3 tecnologia
 
O Guia do Profissional de Recursos Humanos
O Guia do Profissional de Recursos HumanosO Guia do Profissional de Recursos Humanos
O Guia do Profissional de Recursos Humanos
 
52_Bons_Hábitos_de_Gestão,_Liderança_e_Relações_Humanas_by_Vargas.pdf
52_Bons_Hábitos_de_Gestão,_Liderança_e_Relações_Humanas_by_Vargas.pdf52_Bons_Hábitos_de_Gestão,_Liderança_e_Relações_Humanas_by_Vargas.pdf
52_Bons_Hábitos_de_Gestão,_Liderança_e_Relações_Humanas_by_Vargas.pdf
 
TRABALHO DE TÉCNICAS DE GRUPO E RELAÇÕES HUMANAS - ENTREVISTA.docx
TRABALHO DE TÉCNICAS DE GRUPO E RELAÇÕES HUMANAS - ENTREVISTA.docxTRABALHO DE TÉCNICAS DE GRUPO E RELAÇÕES HUMANAS - ENTREVISTA.docx
TRABALHO DE TÉCNICAS DE GRUPO E RELAÇÕES HUMANAS - ENTREVISTA.docx
 
Como sustentamos o pensamento a3 na organização
Como sustentamos o pensamento a3 na organizaçãoComo sustentamos o pensamento a3 na organização
Como sustentamos o pensamento a3 na organização
 
Aker International Trainee in Brazilian Newspaper Correio Braziliense
Aker International Trainee in Brazilian Newspaper Correio BrazilienseAker International Trainee in Brazilian Newspaper Correio Braziliense
Aker International Trainee in Brazilian Newspaper Correio Braziliense
 
Artigo piramide lean final
Artigo piramide lean   finalArtigo piramide lean   final
Artigo piramide lean final
 
FACIG NEWS
FACIG NEWSFACIG NEWS
FACIG NEWS
 
Falta cooperação
Falta cooperaçãoFalta cooperação
Falta cooperação
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
 

Pesquisa 3

  • 1. Eduarda Tempas Ferreira Eduardo Sparrenberger Rafael Bratz Escobar Vitor Schunk Renata Tondin
  • 2. Como você considera o clima de liberdade e abertura na sua organização? Por que? R1 - Livre, por que estão todos abertos a diálogos e indicações, visando melhorias na mesma. R2 - Importante e bem difundida, pois temos condições de opinar e discutir sobre como devemos proceder nas tomadas de decisões diárias. R3 - Considero não muito flexível pois algumas pequenas melhorias propostas muitas vezes não são aceitas pelo fato de a atividade ser sempre feita de um jeito, não querem arriscar trocar. R4 - Considero fraco pois níveis hierárquicos são bem definidos e não dão liberdade pra nos expor nossas opiniões. R5 - O clima de liberdade e abertura dentro da organização em que trabalho é muito saudável, uma vez que podemos sugerir e opinar dentro de todos os processos que ocorrem no interior da mesma. Se tratando da minha área, de comunicação, isso é muito mais livre, já que trocamos informações durante todo o expediente e é necessário que haja um diálogo frequente, e para isso, liberdade de comunicação. R6 - Considero a abertura muito boa, consigo expor minhas ideias e sugestões sem nenhum tipo de repressão ou impedimento. Comunico-me com meus colegas e superiores sem problema nenhum, há bastante liberdade neste sentido.
  • 3. A partir desta questão, pode-se perceber que a maioria das empresas dá liberdade aos seus funcionários, aceitando opiniões e sugestões. Os funcionários têm liberdade para discutir com seus superiores os procedimentos padrões da empresa, problemas e suas soluções, sempre visando melhorias. Há bastante diálogo entre funcionários, e entre os setores da empresa. É muito importante que haja liberdade e descontração na empresa, que funcionários tenham acesso aos seus superiores, e que os níveis hierárquicos mais altos se relacionem com os mais baixos, em busca de aperfeiçoamento das práticas comuns à empresa. Fornecer um ambiente confortável aos funcionários e valorizar suas iniciativas, proporcionando benefícios compensadores, são maneiras de estimular os colaboradores a exporem suas ideias e sugestões. Um ambiente ergonomicamente adequado, e um clima saudável na empresa, também são fatores positivos, que facilitam a criação de melhorias.
  • 4. Como você considera a efetividade dos trabalhos em equipe na sua organização? Por quê? R1 - Perfeita, são sempre realizados com apoio e empenho de todos, pensando sempre na resolução dos mesmos em prol da organização. R2 - Bastante efetiva, nossa equipe apesar de pequena é bem comprometida, pois quando um dos funcionários não consegue dar conta do que está fazendo o outro se dispõe a ajuda-lo, mesmo porque estamos com pessoal administrativo reduzido, então tudo o que pode ser feito a mais pelo colega e bem vindo . R3 - Considero que há algumas falhas em alguns setores importantes, algumas informações não são transmitidas corretamente entre os setores, prejudicando as atividades. R4 - Considero uma alta efetividade por que os setores são bem definidos, qualificados e bem entrosados nos seus assuntos. R5 - Trabalhamos durante todo o expediente em equipe; todos precisam sempre estar dispostos a debater, discutir e chegar a conclusões mútuas. Normalmente a efetividade se dá de maneira positiva, mesmo que algumas vezes haja discordância – o que trata-se de uma questão normal quando o trabalho é realizado em equipe. R6 - A efetividade é boa, pois quando há a necessidade de trabalhar em conjunto, todos se empenham para cumprir as metas ou resolver problemas.
  • 5. Apenas uma das empresas entrevistadas respondeu que não obtém bons resultados com trabalhos em equipe, pois a informação nem sempre é transmitida corretamente. É muito importante, para se obter sucesso nos trabalhos em equipe, que o pessoal envolvido tenha o treinamento necessário, e conhecimento das atividades de todos os setores da empresa. As equipes de trabalho devem ser acessíveis, aceitando opiniões de outros colaboradores, e que as equipes trabalhem em conjunto, repassando informações necessárias, sempre em busca do melhor para a empresa.
  • 6. 3. Existe uma abordagem sistemática para a solução de problemas na organização? Como funciona ou porque não funciona? R1 - Sim, são sempre reportadas para os superiores, e os mesmos identificam de forma específica as mesmas. R2 - Não funciona assim, os “problemas” vão sendo sanados conforme vão aparecendo pois não temos como prever o que ira acontecer e temos um quadro de pessoal reduzido, então temos que usar a tática de apagar incêndios. R3 - Algumas soluções procuram ser tomadas, mas pouco tempo depois os erros vão voltando a acontecer, e nada mais eficaz é feito para que isso não aconteça. R4 – Existe, mas não funciona, por ser uma empresa pública a sistemática é engessada, em função das burocracias. R5 - Quando os problemas começam a atrapalhar o ritmo de trabalho, a abordagem sistemática realizada é uma reunião com todos os integrantes da equipe. Esse é o momento onde todos tem a oportunidade de relatar pontos positivos e negativos até encontrar soluções à problemas gerais dentro da organização. R6 - Sim, existe uma pessoa encarregada de receber qualquer reclamação vinda do cliente, esta então é repassada para o gerente, que se reúne com os demais, analisando a situação e tomando a devida providência para sanar o problema.
  • 7. A maioria dos entrevistados respondeu que a empresa resolve os problemas em conjunto, através de reuniões, em que são discutidos problemas ocorridos e possíveis soluções são apresentadas. A integração entre níveis hierárquicos, e diferentes setores da empresa deve ser boa, abrindo espaço para ideias vindas de todos os colaboradores, independentemente da sua função. A chefia da empresa deve valorizar os funcionários que tem iniciativa em resolver problemas. A empresa também deve fornecer as informações necessárias para que os problemas sejam resolvidos mais facilmente, e mais rapidamente.
  • 8. 4. Existe um método ou sistemática adequada para o uso de ferramentas para geração de inovações ou solução de problemas? Como isto funciona? R1 - Sim, é identificado pelos superiores as questões dos problemas repetitivos sendo repassada as soluções e se necessário até cases sobre os mesmos. R2 - Com os problemas corriqueiros sim, existe um checklist a ser seguido, ou procedimento padrão a ser feito em determinados casos, para sanar esses problemas, porem as vezes surgem problemas mais complexos ou inusitados e com esses, se reúne a equipe e monta-se estratégias para atacá-lo R3 - Não existe método algum. R4 - Não temos nenhum tipo de método para isso. R5 - Para a solução de problemas a sistemática envolve uma reunião com todos os integrantes da equipe, e para a geração de inovações há um mural onde todos tem a possibilidade de demonstrar suas ideias através de pequenas frases que as resumam. R6 - Não há uma sistemática adequada para inovação ou soluções de problemas, pois há dificuldade de por em pratica algumas destas ferramentas, talvez por algum tipo de receio vindo da diretoria da organização.
  • 9. Pode-se perceber que metade das empresas não segue um método padrão na resolução de problemas, e que não há práticas comuns visando gerar inovações. Talvez por receio de pôr em prática as ideias dos funcionários, muitas empresas permanecem sem inovar. Deve-se abrir espaço para a divulgação de ideias, e evitar barreiras entre chefia e funcionários, evitando que boas ideias se percam. O restante das empresas segue um procedimento padrão para resolver os problemas comuns. Seguem um roteiro padrão. E quando surge algum problema mais complexo, a empresa faz reuniões com o objetivo de resolvê-los.