SlideShare uma empresa Scribd logo
Os Maias
• Título: “Os Maias”       • Subtítulo: “Episódios
                             da Vida Romântica”
História da família Maia
  através de três          Crónica de Costumes :
  personagens              - Vários episódios de
  masculinas (Afonso,         carácter social, a
  Pedro e Carlos), que        partir dos quais
  representam 3               ficamos a conhecer a
  gerações diferentes).       sociedade portuguesa
                              da 2ª metade do
                              século XIX.
A Arquitectura do Romance
              Acção



   Intriga     Crónica de Costumes
(Os Maias)   (Episódios da vida
                          Romântica)
A intriga

    principal         secundária

amores de Carlos e    amores de Pedro e
de Maria Eduarda      de Maria Monforte
A intriga principal
• Introdução:
  Retrospectiva da história da família até à instalação
  de Carlos e de Afonso no Ramalhete;
Antecedentes:
- A história de Afonso da Maia;
- A infância, juventude, amores e suicídio de Pedro;
- A infância, educação, estudos em Coimbra e
  viagem de Carlos;
• Acção / intriga principal:

- Amores de Carlos e Maria Eduarda;

 Epílogo:

- Último capítulo: visita de Carlos e Ega a
  Lisboa 10 anos depois da morte de Afonso
  e da Separação de Carlos e de Maria
  Eduarda;
Momentos mais marcantes
•   Carlos vê Maria Eduarda (cap. VI, p.156)
•   Carlos visita Rosa (cap. IX, p. 260)
•   Carlos vai às corridas de Cavalos (cap.X, p.312)
•   Carlos conhece Maria Eduarda (cap.XI, p.346)
•   Declaração de Carlos (cap. XII, p.409)
•   Consumação do incesto (cap.XIII, p.438)
•   Encontro de Maria Eduarda com
    Guimarães (cap.XV, p.537)
• Revelações de Guimarães a Ega (cap.XVI, p.615)
• Revelações de Ega a Carlos (cap. XVII, p.640)
• Revelações de Carlos a Afonso (cap. XVII, p.644)
• Incesto consciente (cap.XVII, p.658)
• Encontro de Carlos com Afonso (cap. XVII, p.667)
• Morte de Afonso (cap. XVII, p. 669)
• Revelações a Maria Eduarda (cap. XVII, p.683)
• Partida de Maria Eduarda (cap.XVII, p.686)
Intriga secundária:
     momentos mais marcantes
• Pedro vê Maria Monforte (p.22)
• Pedro namora Maria Monforte        (p.26)


• Pedro casa com Maria Monforte           (p.30   )
• Monforte foge e leva a filha   (p.44)


• Pedro suicida-se (p.52)
Outras acções secundárias:
• Ligação de Carlos com a mulher do empregado
  do Governo civil de Coimbra (cap. IV, p.93)
• Ligação de Carlos com a espanhola Encarnacion,
  que trouxera de Lisboa para Coimbra (cap.IV,
  p.94)
• Adultério de Carlos com a condessa de
  Gouvarinho (cap. IX, p.297)
• Adultério de Ega com Raquel Cohen (cap. V,
  p.129)
• História de Eusebiozinho, a sua educação, o
  fracasso do seu 2º casamento (cap.II,IV,VIII)
• Na “Corneta do Diabo” aparece um artigo injurioso
  contra Carlos (cap.XV, p.530)
A crónica de Costumes:
      episódios mais importantes

•   Jantar no Hotel Central (cap. VI)
•   Corridas de Cavalos (cap.X)
•   Sarau no Teatro da Trindade (cap.XVI)
•   Episódio final (cap. XVIII)
A ACÇÃO TRÁGICA
• as personagens principais são de classe
   social elevada;
• a temática do incesto – origina a
   destruição das personagens;
• a presença do Destino:
 - escolha do nome de Carlos Eduardo por
   Maria Monforte (p.38)
- na afirmação de Ega a respeito de Carlos
   e de Maria Eduarda
- na afirmação de Ega a respeito de Carlos
 e de Maria Eduarda “…fatalmente estão
 marchando um para o outro.”
- na referência a Afonso da Maia: “vencido
 pelo destino”. (p. 646)
- No aparecimento de Guimarães
 (mensageiro);
• A presença de Presságios:

- quando Vilaça tenta dissuadir Afonso de
 habitar o Ramalhete. “lenda fatal” (P. 9);
- Quando Afonso vê Maria Monforte e
 parece-lhe que ela envolve Pedro numa
 “mancha vermelha” – sombrinha
 escarlate; compara-a a uma estátua de
 mármore = morte; (p.29)
- Carlos Eduardo é o último dos Maias, tal
  como Stuart.
- Ega previne Carlos de que, pela sua
 inconstância sentimental, ainda acabará
 mal: “hás-de acabar numa tragédia
 infernal”:
- Nas corridas de cavalos, perante a sorte
 nas apostas, a ministra da Baviera diz a
 Carlos para ter cuidado. Também Craft o
• Carlos considera um sinal de felicidade a
  semelhança dos nomes: Maria Eduarda e
  Carlos Eduardo;
• No início do seu relacionamento, e em
  casa de Maria Eduarda, há três lírios
  brancos que murcham = fim da família
  Maia;
• A descrição da alcova onde se dá a
  consumação do incesto está repleta de
  indícios trágicos. (p.434)
• Afonso, ao ter conhecimento do incesto,
  sente o peso do destino. (p.646)
• Peripécia: revelações casuais de
 Guimarães. (p.615)
• Reconhecimento: momento em que Carlos
 e Maria Eduarda ficam a saber que são
 irmãos. (p.640…683)
• Catástrofe: morte de Afonso e separação
 de Carlos e de Maria Eduarda. (p.668-686)
EDUCAÇÃO
• EDUCAÇÃO                    • EDUCAÇÃO
  PORTUGUESA                    INGLESA
  CONSERVADORA                • desprezo pela cartilha
• uso da cartilha               e por todo o
• religião como sinónimo de     conhecimento apenas
  castigo                       teórico
• estudo do latim             • indiferença pela
• fuga ao contacto com a        religião
  natureza                    • aprendizagem de
• uso exaustivo da memória      línguas vivas – Inglês
• orientação por critérios    • contacto com a
  femininos                     natureza
Consequências da educação
• À portuguesa                   • À inglesa

• Ser debilitado, com      • Ser saudável, forte,
  sinais de doença,          admirado por todos e
  frágil, fraco, incapaz     com um estatuto
  de enfrentar e             importante na
  resolver situações         sociedade : Carlos
  complicadas :
  Pedro e Eusebiozinho
Reflexo da educação nas
  personagens quando adultas
• Pedro e Eusebiozinho = falhados,
  fracassados
   (vítimas da educação e do meio que os
                  envolveu)
• Carlos e Ega = falhados (“Falhámos a
  vida!”)
           . Sem educação (desleixo)
• Vítima do ambiente boémio da sociedade
  lisboeta da época. (vida luxuosa e
  boémia)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os Maias - análise
Os Maias - análiseOs Maias - análise
Os Maias - análise
António Fernandes
 
Os Maias de Eça de Queirós - personagens
Os Maias de Eça de Queirós - personagensOs Maias de Eça de Queirós - personagens
Os Maias de Eça de Queirós - personagens
Lurdes Augusto
 
Os maias: Características trágicas da intriga
Os maias: Características trágicas da intrigaOs maias: Características trágicas da intriga
Os maias: Características trágicas da intriga
Mariana Silva
 
Os maias-resumo-e-analise
Os maias-resumo-e-analiseOs maias-resumo-e-analise
Os maias-resumo-e-analise
keve semedo
 
Os Maias - história de Pedro da Maia
Os Maias - história de Pedro da MaiaOs Maias - história de Pedro da Maia
Os Maias - história de Pedro da Maia
António Fernandes
 
Frei luís de sousa Contextualização
Frei luís de sousa Contextualização Frei luís de sousa Contextualização
Frei luís de sousa Contextualização
Sofia Yuna
 
Os Maias: Cap. I e II
Os Maias: Cap. I e IIOs Maias: Cap. I e II
Os Maias: Cap. I e II
sin3stesia
 
Os Maias estrutura
Os Maias estruturaOs Maias estrutura
Os Maias estrutura
CostaIdalina
 
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Maria Góis
 
Os Maias - a ação & titulo e subtítulo
Os Maias - a ação & titulo e subtítuloOs Maias - a ação & titulo e subtítulo
Os Maias - a ação & titulo e subtítulo
Daniela Filipa Sousa
 
Canto v 92_100
Canto v 92_100Canto v 92_100
Canto v 92_100
Maria Teresa Soveral
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
AnaGomes40
 
Narrativa e estilo n' Os Maias
Narrativa e estilo n' Os MaiasNarrativa e estilo n' Os Maias
Narrativa e estilo n' Os Maias
Dina Baptista
 
Os Maias - Capítulo XVI
Os Maias - Capítulo XVIOs Maias - Capítulo XVI
Os Maias - Capítulo XVI
Sara Leonardo
 
Os Maias XII capítulo
Os Maias XII capítuloOs Maias XII capítulo
Os Maias XII capítulo
DinisRocha2
 
Corrida De Cavalos - Os Maias
Corrida De Cavalos - Os MaiasCorrida De Cavalos - Os Maias
Corrida De Cavalos - Os Maias
mauro dinis
 
Resumos de Português: Os Maias
Resumos de Português: Os MaiasResumos de Português: Os Maias
Resumos de Português: Os Maias
Raffaella Ergün
 
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IVAMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
Emília Maij
 
O amor em Memorial do Convento
O amor em Memorial do ConventoO amor em Memorial do Convento
O amor em Memorial do Convento
António Teixeira
 
Memorial do Convento
Memorial do ConventoMemorial do Convento
Memorial do Convento
guest304ad9
 

Mais procurados (20)

Os Maias - análise
Os Maias - análiseOs Maias - análise
Os Maias - análise
 
Os Maias de Eça de Queirós - personagens
Os Maias de Eça de Queirós - personagensOs Maias de Eça de Queirós - personagens
Os Maias de Eça de Queirós - personagens
 
Os maias: Características trágicas da intriga
Os maias: Características trágicas da intrigaOs maias: Características trágicas da intriga
Os maias: Características trágicas da intriga
 
Os maias-resumo-e-analise
Os maias-resumo-e-analiseOs maias-resumo-e-analise
Os maias-resumo-e-analise
 
Os Maias - história de Pedro da Maia
Os Maias - história de Pedro da MaiaOs Maias - história de Pedro da Maia
Os Maias - história de Pedro da Maia
 
Frei luís de sousa Contextualização
Frei luís de sousa Contextualização Frei luís de sousa Contextualização
Frei luís de sousa Contextualização
 
Os Maias: Cap. I e II
Os Maias: Cap. I e IIOs Maias: Cap. I e II
Os Maias: Cap. I e II
 
Os Maias estrutura
Os Maias estruturaOs Maias estrutura
Os Maias estrutura
 
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
 
Os Maias - a ação & titulo e subtítulo
Os Maias - a ação & titulo e subtítuloOs Maias - a ação & titulo e subtítulo
Os Maias - a ação & titulo e subtítulo
 
Canto v 92_100
Canto v 92_100Canto v 92_100
Canto v 92_100
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Narrativa e estilo n' Os Maias
Narrativa e estilo n' Os MaiasNarrativa e estilo n' Os Maias
Narrativa e estilo n' Os Maias
 
Os Maias - Capítulo XVI
Os Maias - Capítulo XVIOs Maias - Capítulo XVI
Os Maias - Capítulo XVI
 
Os Maias XII capítulo
Os Maias XII capítuloOs Maias XII capítulo
Os Maias XII capítulo
 
Corrida De Cavalos - Os Maias
Corrida De Cavalos - Os MaiasCorrida De Cavalos - Os Maias
Corrida De Cavalos - Os Maias
 
Resumos de Português: Os Maias
Resumos de Português: Os MaiasResumos de Português: Os Maias
Resumos de Português: Os Maias
 
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IVAMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
 
O amor em Memorial do Convento
O amor em Memorial do ConventoO amor em Memorial do Convento
O amor em Memorial do Convento
 
Memorial do Convento
Memorial do ConventoMemorial do Convento
Memorial do Convento
 

Semelhante a Os maias a intriga

Esquemas d'os maias
Esquemas d'os maiasEsquemas d'os maias
Esquemas d'os maias
joes34
 
Katipsoi zunontee guerreiro_os_maias
Katipsoi zunontee guerreiro_os_maiasKatipsoi zunontee guerreiro_os_maias
Katipsoi zunontee guerreiro_os_maias
katipsoi_zunontee
 
Os Maias - aspetos básicos
Os Maias - aspetos básicosOs Maias - aspetos básicos
Os Maias - aspetos básicos
António Fernandes
 
-Resumos-Dos-Maias.pdf
-Resumos-Dos-Maias.pdf-Resumos-Dos-Maias.pdf
-Resumos-Dos-Maias.pdf
sandrasilvaae6181
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
Karyn XP
 
Episodios maias
Episodios maiasEpisodios maias
Episodios maias
ameliapadrao
 
João da Ega
João da EgaJoão da Ega
João da Ega
Tomás Pinto
 
Capítulos V a VI d' Os Maias
Capítulos V a VI d' Os MaiasCapítulos V a VI d' Os Maias
Capítulos V a VI d' Os Maias
Dina Baptista
 
Memorial Do Convento
Memorial Do ConventoMemorial Do Convento
Memorial Do Convento
ESVieira do Minho
 
Probandus 007
Probandus 007Probandus 007
Probandus 007
Maximiliano Pessôa
 
Probandus 007.pdf
Probandus 007.pdfProbandus 007.pdf
Probandus 007.pdf
MaxPessa1
 
Os Maias - Capitulos XII, XV e XVI.
Os Maias - Capitulos XII, XV e XVI. Os Maias - Capitulos XII, XV e XVI.
Os Maias - Capitulos XII, XV e XVI.
Rita Magalhães
 
Os Maias de A a Z
Os Maias de A a ZOs Maias de A a Z
Os Maias de A a Z
lumigopereira
 
Os Maias, capítulos I a IV
Os Maias, capítulos I a IVOs Maias, capítulos I a IV
Os Maias, capítulos I a IV
Dina Baptista
 
50981331-OS-MAIAS-sintese (2).ppt
50981331-OS-MAIAS-sintese (2).ppt50981331-OS-MAIAS-sintese (2).ppt
50981331-OS-MAIAS-sintese (2).ppt
silviaelisabete
 
Osmaias captulos2-130209140557-phpapp01 (1)
Osmaias captulos2-130209140557-phpapp01 (1)Osmaias captulos2-130209140557-phpapp01 (1)
Osmaias captulos2-130209140557-phpapp01 (1)
Zita Dias
 
Erico Verissimo - Vida e Obra
Erico Verissimo - Vida e ObraErico Verissimo - Vida e Obra
Erico Verissimo - Vida e Obra
Lisiane Locatelli
 
farsa_ines_pereira.pptx
farsa_ines_pereira.pptxfarsa_ines_pereira.pptx
farsa_ines_pereira.pptx
gabrielmoreiracastro
 
Farsa Inês Pereira
Farsa Inês PereiraFarsa Inês Pereira
Farsa Inês Pereira
Maria da Luz Rosinha
 
451429231-farsa-inessss-pereira-ppt.pptx
451429231-farsa-inessss-pereira-ppt.pptx451429231-farsa-inessss-pereira-ppt.pptx
451429231-farsa-inessss-pereira-ppt.pptx
maurodaiana
 

Semelhante a Os maias a intriga (20)

Esquemas d'os maias
Esquemas d'os maiasEsquemas d'os maias
Esquemas d'os maias
 
Katipsoi zunontee guerreiro_os_maias
Katipsoi zunontee guerreiro_os_maiasKatipsoi zunontee guerreiro_os_maias
Katipsoi zunontee guerreiro_os_maias
 
Os Maias - aspetos básicos
Os Maias - aspetos básicosOs Maias - aspetos básicos
Os Maias - aspetos básicos
 
-Resumos-Dos-Maias.pdf
-Resumos-Dos-Maias.pdf-Resumos-Dos-Maias.pdf
-Resumos-Dos-Maias.pdf
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
 
Episodios maias
Episodios maiasEpisodios maias
Episodios maias
 
João da Ega
João da EgaJoão da Ega
João da Ega
 
Capítulos V a VI d' Os Maias
Capítulos V a VI d' Os MaiasCapítulos V a VI d' Os Maias
Capítulos V a VI d' Os Maias
 
Memorial Do Convento
Memorial Do ConventoMemorial Do Convento
Memorial Do Convento
 
Probandus 007
Probandus 007Probandus 007
Probandus 007
 
Probandus 007.pdf
Probandus 007.pdfProbandus 007.pdf
Probandus 007.pdf
 
Os Maias - Capitulos XII, XV e XVI.
Os Maias - Capitulos XII, XV e XVI. Os Maias - Capitulos XII, XV e XVI.
Os Maias - Capitulos XII, XV e XVI.
 
Os Maias de A a Z
Os Maias de A a ZOs Maias de A a Z
Os Maias de A a Z
 
Os Maias, capítulos I a IV
Os Maias, capítulos I a IVOs Maias, capítulos I a IV
Os Maias, capítulos I a IV
 
50981331-OS-MAIAS-sintese (2).ppt
50981331-OS-MAIAS-sintese (2).ppt50981331-OS-MAIAS-sintese (2).ppt
50981331-OS-MAIAS-sintese (2).ppt
 
Osmaias captulos2-130209140557-phpapp01 (1)
Osmaias captulos2-130209140557-phpapp01 (1)Osmaias captulos2-130209140557-phpapp01 (1)
Osmaias captulos2-130209140557-phpapp01 (1)
 
Erico Verissimo - Vida e Obra
Erico Verissimo - Vida e ObraErico Verissimo - Vida e Obra
Erico Verissimo - Vida e Obra
 
farsa_ines_pereira.pptx
farsa_ines_pereira.pptxfarsa_ines_pereira.pptx
farsa_ines_pereira.pptx
 
Farsa Inês Pereira
Farsa Inês PereiraFarsa Inês Pereira
Farsa Inês Pereira
 
451429231-farsa-inessss-pereira-ppt.pptx
451429231-farsa-inessss-pereira-ppt.pptx451429231-farsa-inessss-pereira-ppt.pptx
451429231-farsa-inessss-pereira-ppt.pptx
 

Os maias a intriga

  • 1. Os Maias • Título: “Os Maias” • Subtítulo: “Episódios da Vida Romântica” História da família Maia através de três Crónica de Costumes : personagens - Vários episódios de masculinas (Afonso, carácter social, a Pedro e Carlos), que partir dos quais representam 3 ficamos a conhecer a gerações diferentes). sociedade portuguesa da 2ª metade do século XIX.
  • 2. A Arquitectura do Romance Acção Intriga Crónica de Costumes (Os Maias) (Episódios da vida Romântica)
  • 3. A intriga principal secundária amores de Carlos e amores de Pedro e de Maria Eduarda de Maria Monforte
  • 4. A intriga principal • Introdução: Retrospectiva da história da família até à instalação de Carlos e de Afonso no Ramalhete; Antecedentes: - A história de Afonso da Maia; - A infância, juventude, amores e suicídio de Pedro; - A infância, educação, estudos em Coimbra e viagem de Carlos;
  • 5. • Acção / intriga principal: - Amores de Carlos e Maria Eduarda; Epílogo: - Último capítulo: visita de Carlos e Ega a Lisboa 10 anos depois da morte de Afonso e da Separação de Carlos e de Maria Eduarda;
  • 6. Momentos mais marcantes • Carlos vê Maria Eduarda (cap. VI, p.156) • Carlos visita Rosa (cap. IX, p. 260) • Carlos vai às corridas de Cavalos (cap.X, p.312) • Carlos conhece Maria Eduarda (cap.XI, p.346) • Declaração de Carlos (cap. XII, p.409) • Consumação do incesto (cap.XIII, p.438) • Encontro de Maria Eduarda com Guimarães (cap.XV, p.537)
  • 7. • Revelações de Guimarães a Ega (cap.XVI, p.615) • Revelações de Ega a Carlos (cap. XVII, p.640) • Revelações de Carlos a Afonso (cap. XVII, p.644) • Incesto consciente (cap.XVII, p.658) • Encontro de Carlos com Afonso (cap. XVII, p.667) • Morte de Afonso (cap. XVII, p. 669) • Revelações a Maria Eduarda (cap. XVII, p.683) • Partida de Maria Eduarda (cap.XVII, p.686)
  • 8. Intriga secundária: momentos mais marcantes • Pedro vê Maria Monforte (p.22) • Pedro namora Maria Monforte (p.26) • Pedro casa com Maria Monforte (p.30 ) • Monforte foge e leva a filha (p.44) • Pedro suicida-se (p.52)
  • 9. Outras acções secundárias: • Ligação de Carlos com a mulher do empregado do Governo civil de Coimbra (cap. IV, p.93) • Ligação de Carlos com a espanhola Encarnacion, que trouxera de Lisboa para Coimbra (cap.IV, p.94) • Adultério de Carlos com a condessa de Gouvarinho (cap. IX, p.297) • Adultério de Ega com Raquel Cohen (cap. V, p.129) • História de Eusebiozinho, a sua educação, o fracasso do seu 2º casamento (cap.II,IV,VIII) • Na “Corneta do Diabo” aparece um artigo injurioso contra Carlos (cap.XV, p.530)
  • 10. A crónica de Costumes: episódios mais importantes • Jantar no Hotel Central (cap. VI) • Corridas de Cavalos (cap.X) • Sarau no Teatro da Trindade (cap.XVI) • Episódio final (cap. XVIII)
  • 11. A ACÇÃO TRÁGICA • as personagens principais são de classe social elevada; • a temática do incesto – origina a destruição das personagens; • a presença do Destino: - escolha do nome de Carlos Eduardo por Maria Monforte (p.38) - na afirmação de Ega a respeito de Carlos e de Maria Eduarda
  • 12. - na afirmação de Ega a respeito de Carlos e de Maria Eduarda “…fatalmente estão marchando um para o outro.” - na referência a Afonso da Maia: “vencido pelo destino”. (p. 646) - No aparecimento de Guimarães (mensageiro);
  • 13. • A presença de Presságios: - quando Vilaça tenta dissuadir Afonso de habitar o Ramalhete. “lenda fatal” (P. 9); - Quando Afonso vê Maria Monforte e parece-lhe que ela envolve Pedro numa “mancha vermelha” – sombrinha escarlate; compara-a a uma estátua de mármore = morte; (p.29)
  • 14. - Carlos Eduardo é o último dos Maias, tal como Stuart. - Ega previne Carlos de que, pela sua inconstância sentimental, ainda acabará mal: “hás-de acabar numa tragédia infernal”: - Nas corridas de cavalos, perante a sorte nas apostas, a ministra da Baviera diz a Carlos para ter cuidado. Também Craft o
  • 15. • Carlos considera um sinal de felicidade a semelhança dos nomes: Maria Eduarda e Carlos Eduardo; • No início do seu relacionamento, e em casa de Maria Eduarda, há três lírios brancos que murcham = fim da família Maia; • A descrição da alcova onde se dá a consumação do incesto está repleta de indícios trágicos. (p.434) • Afonso, ao ter conhecimento do incesto, sente o peso do destino. (p.646)
  • 16. • Peripécia: revelações casuais de Guimarães. (p.615) • Reconhecimento: momento em que Carlos e Maria Eduarda ficam a saber que são irmãos. (p.640…683) • Catástrofe: morte de Afonso e separação de Carlos e de Maria Eduarda. (p.668-686)
  • 17. EDUCAÇÃO • EDUCAÇÃO • EDUCAÇÃO PORTUGUESA INGLESA CONSERVADORA • desprezo pela cartilha • uso da cartilha e por todo o • religião como sinónimo de conhecimento apenas castigo teórico • estudo do latim • indiferença pela • fuga ao contacto com a religião natureza • aprendizagem de • uso exaustivo da memória línguas vivas – Inglês • orientação por critérios • contacto com a femininos natureza
  • 18. Consequências da educação • À portuguesa • À inglesa • Ser debilitado, com • Ser saudável, forte, sinais de doença, admirado por todos e frágil, fraco, incapaz com um estatuto de enfrentar e importante na resolver situações sociedade : Carlos complicadas : Pedro e Eusebiozinho
  • 19. Reflexo da educação nas personagens quando adultas • Pedro e Eusebiozinho = falhados, fracassados (vítimas da educação e do meio que os envolveu) • Carlos e Ega = falhados (“Falhámos a vida!”) . Sem educação (desleixo) • Vítima do ambiente boémio da sociedade lisboeta da época. (vida luxuosa e boémia)