SlideShare uma empresa Scribd logo
organizaciones.pptx
2
Idalberto Chiavenato
"O m u n d o é u m a s o c i e d a d e
i n s t i t u c i o n a l i z a d a e c o m p o s t a
p o r o r g a n i z a ç õ e s."
3
grego: “Organon” (instrumento, ferramenta)
1 “Grupo social orientado para a realização de objetivos que, de
forma geral, se traduzem no fornecimento de produtos e serviços
(Maximiano, 2009)
2 “Unidades sociais ou agrupamentos humanos, com o mesmo
objetivo de fornecer produtos ou serviços.” (Chiavenato, 2004)
...e para você?
◾Grupo social unido intencionalmente
pelo mesmo objetivo.
ESTRUTURA
POR QUE
TAREFAS
O QUE
PESSOAS
QUEM
AMBIENTE
ONDE
TECNOLOGIA
COMO
1. ATIVIDADES
(produção, prestação de serviços, planejamento, etc.)
2. RECURSOS
(humanos, materiais, financeiros, tecnológicos, etc.)
COMPONENTES
COMPLEXIDADE
ADMINISTRAÇÃO
MAIOR NECESSIDADE DE ADMINISTRAR
QUANTO MAIS ELEMENTOS , MAIS COMPLEXIDADE
Latim: “Ad” (direção) e “minister” (subordinação)
“O alcance das metas organizacionais de
maneira eficaz e eficiente por meio de
planejamento, organização, liderança e
controle dos recursos organizacionais”
(Daft, 2005 p.05)
Chiavenato (2004) aponta que administrar pode se traduzir
pelo ato de interpretar os objetivos propostos e transformá-
los em ação empresarial por meio de processos de planejar,
organizar, dirigir e controlar.
A administração pode ser dividida em 4 funções:
Planejar - Organizar - Dirigir (Liderar) -
Controlar.
Colocar as coisas* no seu devido lugar!!
Dar ordem, classificar, separar, estruturar,
sistematizar!
*(atividades e recursos)
Função da Administração que trata basicamente da estruturação
que intervém na configuração de uma empresa e nos seus
processos. À esta estruturação, dá-se o nome de Estrutura
Organizacional.
A estruturaOrganizacional é um “projeto de sistemas que
definem como são formalmente divididos, agrupados e
coordenados os compoentes da organização.”
Enquanto o planejamento se preocupa com “o que fazer?”,
a organização se preocupa com “o como
fazer?”
ORGANIZAÇÃO X ORGANIZAÇÕES ???
FUNÇÃO GRUPO
Para analisar corretamente uma organização, é necessário
identificar:
r Seu Negócio
v Seu(s) Objetivo(s)
Seu Modelo de Gestão
Suas Dimensões
Seu Design Organizacional
v
v
v
NEGÓCIO = MISSÃO DA ORGANIZAÇÃO
“A razão de ser da empresa” – “O que ela faz para alcançar
seus objetivos”
OBJETIVOS = VISÃO DA ORGANIZAÇÃO
“Onde a empresa quer chegar” – “Quem ela quer ser”
Modelos de gestão são formas de se conduzir ou
administrar uma organização.
É o modelo de gestão que define:
• Como a organização se portará no mercado,
•Como ela conduzirá seu trabalho,
• Como alcançará seus objetivos,
•Como produzira seus produtos
•Como manter integrado todos os processos
•Como agir em situações adversas.
•Como ela se ORGANIZA!!
1818
Clássico (tarefas e Estrutura)
Ex: Empresas Familiares - “O que se faz?”
Comportamental (Pessoas e Relações)
Ex: Hospitais – “quem faz?”
Pragmático ou Neoclássico (Objetivos, eficiência e eficácia)
Ex: Fábricas e Montadoras – “Como faz?”
Sistêmico (Ambiente e Relacionamento de processos)
Ex: Instituições de Ensino – “Por que se faz”
Contingencial (Variáveis e Flexibilidade)
Ex: Multinacionais – “Quando se faz”
Estrutura + Configurações/Contextos
Toda empresa tem um “desenho” certo para funcionar. Algumas
tem seu nível estratégico maior e seu nível operacional menor,
pois sua atividade envolve mais conhecimento do que execução e
vice versa.
2020
É a utilização de metáforas para
propor uma metodologia de análise do design
organização.
Ressaltando aspectos diferenciais e gerando
maior compreensão sobre estrutura, processos,
práticas, comportamentos e inter-relações.
◾ busca pela precisão e eficiência
subvalorizou os aspectos
humanos da organização,
subestimando a capacidade dos
trabalhadores de resolver
problemas complexos e
imprevisíveis, revelando grande
dificuldade para adaptar-se à
mudanças.
◾ uma entidade viva, em constante
mutação, interagindo com seu
ambiente na tentativa de satisfazer
suas necessidades e adaptar-se a
circunstâncias ambientais. Como um
organismo vivo, com elementos
diferenciados mas integrados, que
tendem a se auto-organizarem, numa
interação constante com o ambiente,
influenciando e sendo influenciado por
ele,
◾ vista como um sistema de
processamento de informações capaz
de aprender a aprender, e através da
aprendizagem, num processo que
estimule flexibilidade e criatividade,
recriar-se. Em circunstâncias que
mudam é importante que sejam
questionados os procedimentos que
estão sendo desenvolvidos, para que de
forma autoreguladora sejam
monitoradas as modificações
necessárias à nova situação.
◾ As crenças e as idéias que as
organizações possuem de si mesmas,
bem como daquilo que pensam fazer
com respeito a seu ambiente,
influenciam sobremaneira na
materialização de seus objetivos,
encorajando-os também para a
formulação de sua estratégia
empresarial.
◾ as pessoas podem ficar prisioneiras de
idéias, pressupostos falsos, crenças
preestabelecidas, regras operacionais sem
questionamento que combinados formam
pontos de vista muito estreitos do mundo,
o que acaba por funcionar como uma
resistência inconsciente a mudanças na
organização, e eliminando a possibilidade
de ações associadas a visões alternativas
da realidade.
◾ baseada em interesses, muitas
vezes divergentes e
desagregadores, em que pessoas
interdependentes com interesses
divergentes se unem com o
propósito de satisfazer as suas
necessidades básicas,
desenvolver uma carreira
profissional ou de perseguir
metas fora de seus trabalhos.
Desenvolvem um poder próprio
◾ até as formas mais racionais e
democráticas de organização podem
resultar em modelos de dominação.
Uma maior rentabilidade pode
significar maior esforço dos
funcionários, sem que implique em
melhoria salarial. O que é racional
sob o ponto de vista da organização
pode ser catastrófico na ótica do
funcionário.
◾ Indivíduos e organização têm
possibilidade de escolher o tipo de
auto imagem que irá guiar suas
ações e delinear seu futuro. Nesse
sentido, deve-se considerar que as
organizações se transformam em
conjunto com seu meio ambiente,
levando a compreender que o
padrão de organização que se vai
revelando com o passar do tempo é
evolutivo.
◾ Cada equipe de consultoria deverá escolher 1
empresa real (pode ser onde alguns dos membros trabalha) e
deverá apresentar uma primeira análise de acordo
com os conteúdos da aula.
◾ 1. Negócio, 2. Objetivos, 3. Modelo de Gestão e
4.ImagemOrganizacional

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a organizaciones.pptx

290322 acetatos%20 4374a04aa3f48
290322 acetatos%20 4374a04aa3f48290322 acetatos%20 4374a04aa3f48
290322 acetatos%20 4374a04aa3f48
Catarina Guedes
 
Pratica da Administracao nas organizações
Pratica da Administracao nas organizaçõesPratica da Administracao nas organizações
Pratica da Administracao nas organizações
artelajeans
 
Giovanna administracaopublica-modulo01-001
Giovanna administracaopublica-modulo01-001Giovanna administracaopublica-modulo01-001
Giovanna administracaopublica-modulo01-001
MGS High School
 
Auxiliar administrativo mod. IV
Auxiliar administrativo   mod. IVAuxiliar administrativo   mod. IV
Auxiliar administrativo mod. IV
Adriana Pereira Guimarães
 
Introdução à tga organizações e o papel da administração
Introdução à tga organizações e o papel da administraçãoIntrodução à tga organizações e o papel da administração
Introdução à tga organizações e o papel da administração
Sérgio Oliveira
 
Comportamento organizacional
Comportamento organizacionalComportamento organizacional
Comportamento organizacional
Coach Prof. Cesar Rufino
 
GESTÃO DO CONHECIMENTO EMPRESARIAL
GESTÃO DO CONHECIMENTO EMPRESARIALGESTÃO DO CONHECIMENTO EMPRESARIAL
GESTÃO DO CONHECIMENTO EMPRESARIAL
Carlos Benjoino Bidu
 
Organização Sistemas e Métodos
Organização Sistemas e MétodosOrganização Sistemas e Métodos
Organização Sistemas e Métodos
Leticia Ercego
 
Características básicas das organizações formais modernas apostila
Características básicas das organizações formais modernas   apostilaCaracterísticas básicas das organizações formais modernas   apostila
Características básicas das organizações formais modernas apostila
Débora Soares Teodoro
 
Endomarketing e cultura organizacional aula 3
Endomarketing e cultura organizacional   aula 3 Endomarketing e cultura organizacional   aula 3
Endomarketing e cultura organizacional aula 3
Ueliton da Costa Leonidio
 
óTima...
óTima...óTima...
Apostila administracao completa
Apostila administracao completaApostila administracao completa
Apostila administracao completa
Clenio Farias
 
5 culturaorganizacional-100204173944-phpapp01
5 culturaorganizacional-100204173944-phpapp015 culturaorganizacional-100204173944-phpapp01
5 culturaorganizacional-100204173944-phpapp01
Karla Isa
 
Cultura organizacional e o psicólogo
Cultura organizacional e o psicólogoCultura organizacional e o psicólogo
Cultura organizacional e o psicólogo
Clínica Evolução vida
 
Administração da Empresa Moderna
Administração da Empresa ModernaAdministração da Empresa Moderna
Administração da Empresa Moderna
Denis Carlos Sodré
 
Liderança e Gestão do Capital Intelectual
Liderança e Gestão do Capital IntelectualLiderança e Gestão do Capital Intelectual
Liderança e Gestão do Capital Intelectual
Carlos Eduardo Damian Leite
 
2tpico-teoriadacontingncia-abordagemcontingencial-141109163633-conversion-gat...
2tpico-teoriadacontingncia-abordagemcontingencial-141109163633-conversion-gat...2tpico-teoriadacontingncia-abordagemcontingencial-141109163633-conversion-gat...
2tpico-teoriadacontingncia-abordagemcontingencial-141109163633-conversion-gat...
JujuLima8
 
Mdi fundamentos da administração final
Mdi fundamentos da administração finalMdi fundamentos da administração final
Mdi fundamentos da administração final
Marcelo Fonseca
 
Adm Geral Parte 1
Adm Geral Parte 1Adm Geral Parte 1
Adm Geral Parte 1
kilma lima
 
Clima organizacional
Clima organizacionalClima organizacional
Clima organizacional
Larissa Estevão
 

Semelhante a organizaciones.pptx (20)

290322 acetatos%20 4374a04aa3f48
290322 acetatos%20 4374a04aa3f48290322 acetatos%20 4374a04aa3f48
290322 acetatos%20 4374a04aa3f48
 
Pratica da Administracao nas organizações
Pratica da Administracao nas organizaçõesPratica da Administracao nas organizações
Pratica da Administracao nas organizações
 
Giovanna administracaopublica-modulo01-001
Giovanna administracaopublica-modulo01-001Giovanna administracaopublica-modulo01-001
Giovanna administracaopublica-modulo01-001
 
Auxiliar administrativo mod. IV
Auxiliar administrativo   mod. IVAuxiliar administrativo   mod. IV
Auxiliar administrativo mod. IV
 
Introdução à tga organizações e o papel da administração
Introdução à tga organizações e o papel da administraçãoIntrodução à tga organizações e o papel da administração
Introdução à tga organizações e o papel da administração
 
Comportamento organizacional
Comportamento organizacionalComportamento organizacional
Comportamento organizacional
 
GESTÃO DO CONHECIMENTO EMPRESARIAL
GESTÃO DO CONHECIMENTO EMPRESARIALGESTÃO DO CONHECIMENTO EMPRESARIAL
GESTÃO DO CONHECIMENTO EMPRESARIAL
 
Organização Sistemas e Métodos
Organização Sistemas e MétodosOrganização Sistemas e Métodos
Organização Sistemas e Métodos
 
Características básicas das organizações formais modernas apostila
Características básicas das organizações formais modernas   apostilaCaracterísticas básicas das organizações formais modernas   apostila
Características básicas das organizações formais modernas apostila
 
Endomarketing e cultura organizacional aula 3
Endomarketing e cultura organizacional   aula 3 Endomarketing e cultura organizacional   aula 3
Endomarketing e cultura organizacional aula 3
 
óTima...
óTima...óTima...
óTima...
 
Apostila administracao completa
Apostila administracao completaApostila administracao completa
Apostila administracao completa
 
5 culturaorganizacional-100204173944-phpapp01
5 culturaorganizacional-100204173944-phpapp015 culturaorganizacional-100204173944-phpapp01
5 culturaorganizacional-100204173944-phpapp01
 
Cultura organizacional e o psicólogo
Cultura organizacional e o psicólogoCultura organizacional e o psicólogo
Cultura organizacional e o psicólogo
 
Administração da Empresa Moderna
Administração da Empresa ModernaAdministração da Empresa Moderna
Administração da Empresa Moderna
 
Liderança e Gestão do Capital Intelectual
Liderança e Gestão do Capital IntelectualLiderança e Gestão do Capital Intelectual
Liderança e Gestão do Capital Intelectual
 
2tpico-teoriadacontingncia-abordagemcontingencial-141109163633-conversion-gat...
2tpico-teoriadacontingncia-abordagemcontingencial-141109163633-conversion-gat...2tpico-teoriadacontingncia-abordagemcontingencial-141109163633-conversion-gat...
2tpico-teoriadacontingncia-abordagemcontingencial-141109163633-conversion-gat...
 
Mdi fundamentos da administração final
Mdi fundamentos da administração finalMdi fundamentos da administração final
Mdi fundamentos da administração final
 
Adm Geral Parte 1
Adm Geral Parte 1Adm Geral Parte 1
Adm Geral Parte 1
 
Clima organizacional
Clima organizacionalClima organizacional
Clima organizacional
 

Último

7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Renan Batista Bitcoin
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 

Último (7)

7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 

organizaciones.pptx

  • 2. 2 Idalberto Chiavenato "O m u n d o é u m a s o c i e d a d e i n s t i t u c i o n a l i z a d a e c o m p o s t a p o r o r g a n i z a ç õ e s."
  • 3. 3 grego: “Organon” (instrumento, ferramenta) 1 “Grupo social orientado para a realização de objetivos que, de forma geral, se traduzem no fornecimento de produtos e serviços (Maximiano, 2009) 2 “Unidades sociais ou agrupamentos humanos, com o mesmo objetivo de fornecer produtos ou serviços.” (Chiavenato, 2004) ...e para você?
  • 4. ◾Grupo social unido intencionalmente pelo mesmo objetivo.
  • 6. 1. ATIVIDADES (produção, prestação de serviços, planejamento, etc.) 2. RECURSOS (humanos, materiais, financeiros, tecnológicos, etc.)
  • 8. MAIOR NECESSIDADE DE ADMINISTRAR QUANTO MAIS ELEMENTOS , MAIS COMPLEXIDADE
  • 9. Latim: “Ad” (direção) e “minister” (subordinação) “O alcance das metas organizacionais de maneira eficaz e eficiente por meio de planejamento, organização, liderança e controle dos recursos organizacionais” (Daft, 2005 p.05) Chiavenato (2004) aponta que administrar pode se traduzir pelo ato de interpretar os objetivos propostos e transformá- los em ação empresarial por meio de processos de planejar, organizar, dirigir e controlar.
  • 10. A administração pode ser dividida em 4 funções: Planejar - Organizar - Dirigir (Liderar) - Controlar.
  • 11. Colocar as coisas* no seu devido lugar!! Dar ordem, classificar, separar, estruturar, sistematizar! *(atividades e recursos)
  • 12. Função da Administração que trata basicamente da estruturação que intervém na configuração de uma empresa e nos seus processos. À esta estruturação, dá-se o nome de Estrutura Organizacional. A estruturaOrganizacional é um “projeto de sistemas que definem como são formalmente divididos, agrupados e coordenados os compoentes da organização.” Enquanto o planejamento se preocupa com “o que fazer?”, a organização se preocupa com “o como fazer?”
  • 13. ORGANIZAÇÃO X ORGANIZAÇÕES ??? FUNÇÃO GRUPO
  • 14. Para analisar corretamente uma organização, é necessário identificar: r Seu Negócio v Seu(s) Objetivo(s) Seu Modelo de Gestão Suas Dimensões Seu Design Organizacional v v v
  • 15. NEGÓCIO = MISSÃO DA ORGANIZAÇÃO “A razão de ser da empresa” – “O que ela faz para alcançar seus objetivos” OBJETIVOS = VISÃO DA ORGANIZAÇÃO “Onde a empresa quer chegar” – “Quem ela quer ser”
  • 16. Modelos de gestão são formas de se conduzir ou administrar uma organização.
  • 17. É o modelo de gestão que define: • Como a organização se portará no mercado, •Como ela conduzirá seu trabalho, • Como alcançará seus objetivos, •Como produzira seus produtos •Como manter integrado todos os processos •Como agir em situações adversas. •Como ela se ORGANIZA!!
  • 18. 1818 Clássico (tarefas e Estrutura) Ex: Empresas Familiares - “O que se faz?” Comportamental (Pessoas e Relações) Ex: Hospitais – “quem faz?” Pragmático ou Neoclássico (Objetivos, eficiência e eficácia) Ex: Fábricas e Montadoras – “Como faz?” Sistêmico (Ambiente e Relacionamento de processos) Ex: Instituições de Ensino – “Por que se faz” Contingencial (Variáveis e Flexibilidade) Ex: Multinacionais – “Quando se faz”
  • 19. Estrutura + Configurações/Contextos Toda empresa tem um “desenho” certo para funcionar. Algumas tem seu nível estratégico maior e seu nível operacional menor, pois sua atividade envolve mais conhecimento do que execução e vice versa.
  • 20. 2020 É a utilização de metáforas para propor uma metodologia de análise do design organização. Ressaltando aspectos diferenciais e gerando maior compreensão sobre estrutura, processos, práticas, comportamentos e inter-relações.
  • 21. ◾ busca pela precisão e eficiência subvalorizou os aspectos humanos da organização, subestimando a capacidade dos trabalhadores de resolver problemas complexos e imprevisíveis, revelando grande dificuldade para adaptar-se à mudanças.
  • 22. ◾ uma entidade viva, em constante mutação, interagindo com seu ambiente na tentativa de satisfazer suas necessidades e adaptar-se a circunstâncias ambientais. Como um organismo vivo, com elementos diferenciados mas integrados, que tendem a se auto-organizarem, numa interação constante com o ambiente, influenciando e sendo influenciado por ele,
  • 23. ◾ vista como um sistema de processamento de informações capaz de aprender a aprender, e através da aprendizagem, num processo que estimule flexibilidade e criatividade, recriar-se. Em circunstâncias que mudam é importante que sejam questionados os procedimentos que estão sendo desenvolvidos, para que de forma autoreguladora sejam monitoradas as modificações necessárias à nova situação.
  • 24. ◾ As crenças e as idéias que as organizações possuem de si mesmas, bem como daquilo que pensam fazer com respeito a seu ambiente, influenciam sobremaneira na materialização de seus objetivos, encorajando-os também para a formulação de sua estratégia empresarial.
  • 25. ◾ as pessoas podem ficar prisioneiras de idéias, pressupostos falsos, crenças preestabelecidas, regras operacionais sem questionamento que combinados formam pontos de vista muito estreitos do mundo, o que acaba por funcionar como uma resistência inconsciente a mudanças na organização, e eliminando a possibilidade de ações associadas a visões alternativas da realidade.
  • 26. ◾ baseada em interesses, muitas vezes divergentes e desagregadores, em que pessoas interdependentes com interesses divergentes se unem com o propósito de satisfazer as suas necessidades básicas, desenvolver uma carreira profissional ou de perseguir metas fora de seus trabalhos. Desenvolvem um poder próprio
  • 27. ◾ até as formas mais racionais e democráticas de organização podem resultar em modelos de dominação. Uma maior rentabilidade pode significar maior esforço dos funcionários, sem que implique em melhoria salarial. O que é racional sob o ponto de vista da organização pode ser catastrófico na ótica do funcionário.
  • 28. ◾ Indivíduos e organização têm possibilidade de escolher o tipo de auto imagem que irá guiar suas ações e delinear seu futuro. Nesse sentido, deve-se considerar que as organizações se transformam em conjunto com seu meio ambiente, levando a compreender que o padrão de organização que se vai revelando com o passar do tempo é evolutivo.
  • 29. ◾ Cada equipe de consultoria deverá escolher 1 empresa real (pode ser onde alguns dos membros trabalha) e deverá apresentar uma primeira análise de acordo com os conteúdos da aula. ◾ 1. Negócio, 2. Objetivos, 3. Modelo de Gestão e 4.ImagemOrganizacional