SlideShare uma empresa Scribd logo
O Saco
Isabelle Gonçalves da Silva
Pepe, um gato rico, vivia debochando de todos os animais.
Certo dia, passava um gato pobre com um saco nas costas e Pepe perguntou:
-O que você leva nesse saco?
O gato pobre respondeu:
-Para que você quer saber? Eu nem lhe conheço.
-Se não quer me mostrar, é porque roubou de alguém.
-Você não tem o que fazer, não? Só sabe debochar dos outros.
-Não é isso.
-Então, por que quer saber o que tem no meu saco?
-É só curiosidade.
-Mas, não vou deixar. Posso ir, agora?
-Não.
-Por quê?
-Não vá, eu quero ver o que tem no seu saco.
-Já que insiste...
Pepe se surpreendeu quando olhou o saco, pois era apenas uma caixa, com um papel, onde estava
escrito: “Nunca menospreze os outros, ou do contrário vai se surpreender”.
MORAL: Nunca desconfie de ninguém, porque você pode se arrepender.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Chuva mary frança e eliardo frança
Chuva   mary frança e eliardo françaChuva   mary frança e eliardo frança
Chuva mary frança e eliardo françaDário Reis
 
A boca do sapo mary frança e eliardo frança
A boca do sapo   mary frança e eliardo françaA boca do sapo   mary frança e eliardo frança
A boca do sapo mary frança e eliardo françaDário Reis
 
A menina e seu primeiro pote de leite antonio e. b. pereira
A menina e seu primeiro pote de leite   antonio e. b. pereiraA menina e seu primeiro pote de leite   antonio e. b. pereira
A menina e seu primeiro pote de leite antonio e. b. pereiraDário Reis
 
Reagrupamento água
Reagrupamento   águaReagrupamento   água
Reagrupamento águaDário Reis
 
Reagrupamento água atividades para reproduzir.
Reagrupamento água atividades para reproduzir.Reagrupamento água atividades para reproduzir.
Reagrupamento água atividades para reproduzir.Dário Reis
 
Suportes e gêneros textuais
Suportes e gêneros textuaisSuportes e gêneros textuais
Suportes e gêneros textuaisDário Reis
 
Revisão de matemática última
Revisão de matemática   últimaRevisão de matemática   última
Revisão de matemática últimaDário Reis
 
Texto violeta e roxo
Texto   violeta e roxo Texto   violeta e roxo
Texto violeta e roxo Leilajgr
 
Matemática 2º bimestre final
Matemática 2º bimestre finalMatemática 2º bimestre final
Matemática 2º bimestre finalDário Reis
 
Atividade avaliativa alunos especiais
Atividade avaliativa alunos especiaisAtividade avaliativa alunos especiais
Atividade avaliativa alunos especiaisDário Reis
 
Atividade avaliativa de português pronta
Atividade avaliativa de português   prontaAtividade avaliativa de português   pronta
Atividade avaliativa de português prontaDário Reis
 
Ações diárias para sala de aula
Ações diárias para sala de aulaAções diárias para sala de aula
Ações diárias para sala de aulaDário Reis
 
Revisão de matemática 1º bimestre 2015
Revisão de matemática 1º bimestre 2015Revisão de matemática 1º bimestre 2015
Revisão de matemática 1º bimestre 2015Dário Reis
 
Sequência com encartes
Sequência com encartesSequência com encartes
Sequência com encartesDário Reis
 
Revisão português 1 bimestre 2015
Revisão português 1 bimestre 2015Revisão português 1 bimestre 2015
Revisão português 1 bimestre 2015Dário Reis
 
Atividade avaliativa matematica 2015
Atividade avaliativa matematica 2015Atividade avaliativa matematica 2015
Atividade avaliativa matematica 2015Dário Reis
 

Destaque (20)

O rabo do gato
O rabo do gatoO rabo do gato
O rabo do gato
 
Chuva mary frança e eliardo frança
Chuva   mary frança e eliardo françaChuva   mary frança e eliardo frança
Chuva mary frança e eliardo frança
 
A boca do sapo mary frança e eliardo frança
A boca do sapo   mary frança e eliardo françaA boca do sapo   mary frança e eliardo frança
A boca do sapo mary frança e eliardo frança
 
A menina e seu primeiro pote de leite antonio e. b. pereira
A menina e seu primeiro pote de leite   antonio e. b. pereiraA menina e seu primeiro pote de leite   antonio e. b. pereira
A menina e seu primeiro pote de leite antonio e. b. pereira
 
Dia e noite
Dia e noiteDia e noite
Dia e noite
 
Reagrupamento água
Reagrupamento   águaReagrupamento   água
Reagrupamento água
 
Monteiro lobato
Monteiro lobatoMonteiro lobato
Monteiro lobato
 
Reagrupamento água atividades para reproduzir.
Reagrupamento água atividades para reproduzir.Reagrupamento água atividades para reproduzir.
Reagrupamento água atividades para reproduzir.
 
Suportes e gêneros textuais
Suportes e gêneros textuaisSuportes e gêneros textuais
Suportes e gêneros textuais
 
Revisão de matemática última
Revisão de matemática   últimaRevisão de matemática   última
Revisão de matemática última
 
Texto violeta e roxo
Texto   violeta e roxo Texto   violeta e roxo
Texto violeta e roxo
 
Matemática 2º bimestre final
Matemática 2º bimestre finalMatemática 2º bimestre final
Matemática 2º bimestre final
 
Atividade avaliativa alunos especiais
Atividade avaliativa alunos especiaisAtividade avaliativa alunos especiais
Atividade avaliativa alunos especiais
 
Atividade avaliativa de português pronta
Atividade avaliativa de português   prontaAtividade avaliativa de português   pronta
Atividade avaliativa de português pronta
 
Ações diárias para sala de aula
Ações diárias para sala de aulaAções diárias para sala de aula
Ações diárias para sala de aula
 
Catador de pensamentos
Catador de pensamentosCatador de pensamentos
Catador de pensamentos
 
Revisão de matemática 1º bimestre 2015
Revisão de matemática 1º bimestre 2015Revisão de matemática 1º bimestre 2015
Revisão de matemática 1º bimestre 2015
 
Sequência com encartes
Sequência com encartesSequência com encartes
Sequência com encartes
 
Revisão português 1 bimestre 2015
Revisão português 1 bimestre 2015Revisão português 1 bimestre 2015
Revisão português 1 bimestre 2015
 
Atividade avaliativa matematica 2015
Atividade avaliativa matematica 2015Atividade avaliativa matematica 2015
Atividade avaliativa matematica 2015
 

Mais de Dário Reis

Alfabeto para ilustrar
Alfabeto para ilustrarAlfabeto para ilustrar
Alfabeto para ilustrarDário Reis
 
Atividades a mais e a menos
Atividades a mais e a menosAtividades a mais e a menos
Atividades a mais e a menosDário Reis
 
Atividades bilhetes
Atividades bilhetesAtividades bilhetes
Atividades bilhetesDário Reis
 
Atividade avaliativa portugues 2015
Atividade avaliativa portugues 2015Atividade avaliativa portugues 2015
Atividade avaliativa portugues 2015Dário Reis
 
Monteiro lobato alunos a1
Monteiro lobato alunos a1Monteiro lobato alunos a1
Monteiro lobato alunos a1Dário Reis
 
Poemas problemas
Poemas problemasPoemas problemas
Poemas problemasDário Reis
 
Sequência didática poemas
Sequência didática poemasSequência didática poemas
Sequência didática poemasDário Reis
 
Sequência didática poemas
Sequência didática poemasSequência didática poemas
Sequência didática poemasDário Reis
 
Livro a história das sete partes
Livro a história das sete partesLivro a história das sete partes
Livro a história das sete partesDário Reis
 
Livro a história das sete partes
Livro a história das sete partesLivro a história das sete partes
Livro a história das sete partesDário Reis
 
A história do tangram
A história do tangramA história do tangram
A história do tangramDário Reis
 
Diagnostico matematica 3 ano 2015
Diagnostico matematica 3 ano 2015Diagnostico matematica 3 ano 2015
Diagnostico matematica 3 ano 2015Dário Reis
 
Alfabeto de nomes a
Alfabeto de nomes   aAlfabeto de nomes   a
Alfabeto de nomes aDário Reis
 
Alfabeto de nomes w
Alfabeto de nomes   wAlfabeto de nomes   w
Alfabeto de nomes wDário Reis
 
Alfabeto de nomes t
Alfabeto de nomes   tAlfabeto de nomes   t
Alfabeto de nomes tDário Reis
 
Alfabeto de nomes k
Alfabeto de nomes   kAlfabeto de nomes   k
Alfabeto de nomes kDário Reis
 
Alfabeto de nomes x
Alfabeto de nomes   xAlfabeto de nomes   x
Alfabeto de nomes xDário Reis
 
Alfabeto de nomes w
Alfabeto de nomes   wAlfabeto de nomes   w
Alfabeto de nomes wDário Reis
 
Alfabeto de nomes v
Alfabeto de nomes   vAlfabeto de nomes   v
Alfabeto de nomes vDário Reis
 
Alfabeto de nomes u
Alfabeto de nomes   uAlfabeto de nomes   u
Alfabeto de nomes uDário Reis
 

Mais de Dário Reis (20)

Alfabeto para ilustrar
Alfabeto para ilustrarAlfabeto para ilustrar
Alfabeto para ilustrar
 
Atividades a mais e a menos
Atividades a mais e a menosAtividades a mais e a menos
Atividades a mais e a menos
 
Atividades bilhetes
Atividades bilhetesAtividades bilhetes
Atividades bilhetes
 
Atividade avaliativa portugues 2015
Atividade avaliativa portugues 2015Atividade avaliativa portugues 2015
Atividade avaliativa portugues 2015
 
Monteiro lobato alunos a1
Monteiro lobato alunos a1Monteiro lobato alunos a1
Monteiro lobato alunos a1
 
Poemas problemas
Poemas problemasPoemas problemas
Poemas problemas
 
Sequência didática poemas
Sequência didática poemasSequência didática poemas
Sequência didática poemas
 
Sequência didática poemas
Sequência didática poemasSequência didática poemas
Sequência didática poemas
 
Livro a história das sete partes
Livro a história das sete partesLivro a história das sete partes
Livro a história das sete partes
 
Livro a história das sete partes
Livro a história das sete partesLivro a história das sete partes
Livro a história das sete partes
 
A história do tangram
A história do tangramA história do tangram
A história do tangram
 
Diagnostico matematica 3 ano 2015
Diagnostico matematica 3 ano 2015Diagnostico matematica 3 ano 2015
Diagnostico matematica 3 ano 2015
 
Alfabeto de nomes a
Alfabeto de nomes   aAlfabeto de nomes   a
Alfabeto de nomes a
 
Alfabeto de nomes w
Alfabeto de nomes   wAlfabeto de nomes   w
Alfabeto de nomes w
 
Alfabeto de nomes t
Alfabeto de nomes   tAlfabeto de nomes   t
Alfabeto de nomes t
 
Alfabeto de nomes k
Alfabeto de nomes   kAlfabeto de nomes   k
Alfabeto de nomes k
 
Alfabeto de nomes x
Alfabeto de nomes   xAlfabeto de nomes   x
Alfabeto de nomes x
 
Alfabeto de nomes w
Alfabeto de nomes   wAlfabeto de nomes   w
Alfabeto de nomes w
 
Alfabeto de nomes v
Alfabeto de nomes   vAlfabeto de nomes   v
Alfabeto de nomes v
 
Alfabeto de nomes u
Alfabeto de nomes   uAlfabeto de nomes   u
Alfabeto de nomes u
 

Último

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosbiancaborges0906
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfemeio123
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergBrenda Fritz
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorCasa Ciências
 

Último (20)

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 

O saco isabelle gonçalves da silva

  • 1. O Saco Isabelle Gonçalves da Silva Pepe, um gato rico, vivia debochando de todos os animais. Certo dia, passava um gato pobre com um saco nas costas e Pepe perguntou: -O que você leva nesse saco? O gato pobre respondeu: -Para que você quer saber? Eu nem lhe conheço. -Se não quer me mostrar, é porque roubou de alguém. -Você não tem o que fazer, não? Só sabe debochar dos outros. -Não é isso. -Então, por que quer saber o que tem no meu saco? -É só curiosidade. -Mas, não vou deixar. Posso ir, agora? -Não. -Por quê? -Não vá, eu quero ver o que tem no seu saco. -Já que insiste... Pepe se surpreendeu quando olhou o saco, pois era apenas uma caixa, com um papel, onde estava escrito: “Nunca menospreze os outros, ou do contrário vai se surpreender”. MORAL: Nunca desconfie de ninguém, porque você pode se arrepender.