SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
O CRISTÃO E O PERDÃO
Textos Bíblicos: Mateus 6:14-15; Colossenses 3:13;
Efésios 4:31-32
Para entendermos o que é perdão, temos que
primeiramente entender o que é uma ofensa.
1.O que é uma ofensa?
Diz o dicionário:
E uma ação ou palavra que fere alguém em sua honra,
dignidade, moral ou em sua integridade.
2. Como se origina a ofensa?
A ofensa pode acontecer de modo:
a) Voluntário. Quando premeditada e
consciente
b) Involuntário. Quando ocorre
inconsciente ou desintencional
c) Pela má interpretação dos fatos
 A ofensa pode ter as suas causas na alma das
pessoas, quando elas impulsionadas por um
sentimento de: revide, egoísmo, orgulho,
desobediência, insensibilidade, falta de
maturidade, ignorância, má formação de caráter.
 A ofensa é uma desobediência, portanto é um
pecado.
 A ofensa, mesmo quando direcionada a homens
acaba afetando o coração de Deus.
a) Quando traímos alguém, ou um grupo ou uma
causa.
b) Quando faltamos com a palavra (promessas não
cumpridas)
c) Quando mentimos
d) Quando omitimos
e) Quando distorcemos
f) Quando agredimos com palavras duras, obscenas
g) Quando fofocamos (falando mal de outrem,
prejudicando assim a sua integridade, reputação,
moral ou sua imagem).
3.Como podemos cair no pecado da ofensa?
h) Quando não prestamos atenção naquilo que
estão falando
i) Quando desobedecemos
j) Quando criticamos
k) Quando invadimos a privacidade dos outros
l) Quando fazemos comparações mal
intencionadas
m)Quando não comparecemos a
compromissos
4. Como podemos resolver o problema da
ofensa?
Como consertar? Qual o remédio?
Perdoando!!! Pedindo perdão!!!
5. O que é perdão?
O dicionário diz que perdão é remissão de culpa,
ofensa, dívida, indulgência, desculpa por erro
cometido.
Perdoar é:
a. E ter disposição em aceitar o reconhecimento de
uma ofensa por parte do ofensor, acompanhada ou
não de seu arrependimento.
b. É reconciliar, religar e reatar relacionamentos
afetados por causa de ofensa.
c. É estender a mão no sentido da recuperação do
ofensor.
d. É devolver a confiança perdida.
e. É restabelecer a harmonia comprometida e
prejudicada pela ofensa
f. É ser autêntico no expressar suas reações diante de
fatos e circunstâncias relacionadas com ofensa.
e.É assumir o compromisso de:
• Não levantar mais o assunto com ofensor.
• Não levantar mais o assunto com outros.
• Não levantar mais o assunto consigo
mesmo.
f. É estar disposto em viver um novo
relacionamento
6.Advertência quanto ao perdão.
a. Perdoar não uma questão de sentimento (sentir
vontade ou não de perdoar)
b. Perdoar é uma questão de obediência imediata.
c. Devemos perdoar tantas vezes quantas forem às
ofensas (7X70)
d. Devemos perdoar todo e qualquer tipo de ofensa.
e. Temos que ter cuidado para separar a ofensa do
ofensor
f. O perdão deve vir acompanhado de conforto e
muito amor. 2 Co 2:7-8
7. Implicações diretas em relação ao perdão
a. Só seremos beneficiados com perdão das faltas e pecados que
cometemos contra Deus quando conseguirmos perdoar as
ofensas dos homens. Mt 6:14-15
b. Quando perdoamos um irmão, nós o liberamos diante de
Deus e cooperamos com a sua reabilitação, além de
bloquearmos a atuação de satanás. 2 Co 2:7-11
c. O não perdoar afeta o poder da oração.
d. Quando alguém não corresponde ao nosso perdão, não
devemos anulá-lo
e. Lembremo-nos que, em hipótese alguma, devemos nos
vingar. Rm 12:14-21
f. Não perdoar é pecado, tanto quanto a ofensa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.João Campos
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneMárcio Martins
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoEduardo Sousa Gomes
 
Slides batalha espiritual
Slides   batalha espiritualSlides   batalha espiritual
Slides batalha espiritualAbdias Barreto
 
Casados p sempre
Casados p sempreCasados p sempre
Casados p sempreiceanapolis
 
Lição 5 - Mente, Vontade e Emoções Restauradas pelo Senhor
Lição 5 - Mente, Vontade e Emoções Restauradas pelo SenhorLição 5 - Mente, Vontade e Emoções Restauradas pelo Senhor
Lição 5 - Mente, Vontade e Emoções Restauradas pelo SenhorÉder Tomé
 
Estudo 16 oração e jejum
Estudo 16   oração e jejumEstudo 16   oração e jejum
Estudo 16 oração e jejumJaed Gomes
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualÉder Tomé
 
Encontro de Casais: Necessidade de Perdão
Encontro de Casais: Necessidade de PerdãoEncontro de Casais: Necessidade de Perdão
Encontro de Casais: Necessidade de PerdãoRespirando Deus
 
Perdão
PerdãoPerdão
PerdãoNoimix
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoErberson Pinheiro
 
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em FamíliaLição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em FamíliaÉder Tomé
 

Mais procurados (20)

Palestra para Casais
Palestra para CasaisPalestra para Casais
Palestra para Casais
 
Apostila palestra para casais
Apostila   palestra para casaisApostila   palestra para casais
Apostila palestra para casais
 
Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
 
Slides batalha espiritual
Slides   batalha espiritualSlides   batalha espiritual
Slides batalha espiritual
 
Ministrações do encontro
Ministrações do  encontroMinistrações do  encontro
Ministrações do encontro
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃO
 
Casados p sempre
Casados p sempreCasados p sempre
Casados p sempre
 
Lição 5 - Mente, Vontade e Emoções Restauradas pelo Senhor
Lição 5 - Mente, Vontade e Emoções Restauradas pelo SenhorLição 5 - Mente, Vontade e Emoções Restauradas pelo Senhor
Lição 5 - Mente, Vontade e Emoções Restauradas pelo Senhor
 
Os três campos de batalha parte 2 - NA IGREJA
Os três campos de batalha   parte 2 - NA IGREJAOs três campos de batalha   parte 2 - NA IGREJA
Os três campos de batalha parte 2 - NA IGREJA
 
63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus
 
Estudo 16 oração e jejum
Estudo 16   oração e jejumEstudo 16   oração e jejum
Estudo 16 oração e jejum
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
 
Encontro de Casais: Necessidade de Perdão
Encontro de Casais: Necessidade de PerdãoEncontro de Casais: Necessidade de Perdão
Encontro de Casais: Necessidade de Perdão
 
Fruto do Espírito
Fruto do EspíritoFruto do Espírito
Fruto do Espírito
 
Fortalezas espirituais
Fortalezas espirituaisFortalezas espirituais
Fortalezas espirituais
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
 
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em FamíliaLição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
 

Destaque

Palestra Perdão e Reconciliação
Palestra Perdão e ReconciliaçãoPalestra Perdão e Reconciliação
Palestra Perdão e ReconciliaçãoVictor Passos
 
Lição 11 relacionamento e perdão
Lição 11 relacionamento e perdãoLição 11 relacionamento e perdão
Lição 11 relacionamento e perdãoboasnovassena
 
Sinais que antecedem a volta de cristo
Sinais que antecedem a volta de cristoSinais que antecedem a volta de cristo
Sinais que antecedem a volta de cristoPaulo Roberto
 
Vidasparacristo.com curso de maturidade no espírito volume 1
Vidasparacristo.com curso de maturidade no espírito volume 1Vidasparacristo.com curso de maturidade no espírito volume 1
Vidasparacristo.com curso de maturidade no espírito volume 1Bruno Fauth Bertoluci
 
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baalNatalino das Neves Neves
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualPaulo Roberto
 
Principios de autoridade
Principios de autoridadePrincipios de autoridade
Principios de autoridadePaulo Roberto
 
Slide conferencia ensino e lideranca
Slide conferencia   ensino e liderancaSlide conferencia   ensino e lideranca
Slide conferencia ensino e liderancaVinha Editora
 
Submissão
Submissão Submissão
Submissão ADPC109
 
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais Paulo Roberto
 
Um lugar de adoração a Deus no deserto
Um lugar de adoração a Deus no desertoUm lugar de adoração a Deus no deserto
Um lugar de adoração a Deus no desertoMoisés Sampaio
 
7a aula - A cobertura do tabernáculo
7a aula - A cobertura do tabernáculo7a aula - A cobertura do tabernáculo
7a aula - A cobertura do tabernáculoRicardo Gondim
 
Teologia de êxodo
Teologia de êxodoTeologia de êxodo
Teologia de êxodoJosé Santos
 
A peregrinação de Israel no deserto até o Sinai
A peregrinação de Israel no deserto até o SinaiA peregrinação de Israel no deserto até o Sinai
A peregrinação de Israel no deserto até o SinaiMoisés Sampaio
 
Apresentação seminário o_tabernaculo-final
Apresentação seminário o_tabernaculo-finalApresentação seminário o_tabernaculo-final
Apresentação seminário o_tabernaculo-finalApostolo Jose
 

Destaque (20)

Palestra Perdão e Reconciliação
Palestra Perdão e ReconciliaçãoPalestra Perdão e Reconciliação
Palestra Perdão e Reconciliação
 
Lição 11 relacionamento e perdão
Lição 11 relacionamento e perdãoLição 11 relacionamento e perdão
Lição 11 relacionamento e perdão
 
Sinais que antecedem a volta de cristo
Sinais que antecedem a volta de cristoSinais que antecedem a volta de cristo
Sinais que antecedem a volta de cristo
 
Vidasparacristo.com curso de maturidade no espírito volume 1
Vidasparacristo.com curso de maturidade no espírito volume 1Vidasparacristo.com curso de maturidade no espírito volume 1
Vidasparacristo.com curso de maturidade no espírito volume 1
 
O resgate da paternidade
O  resgate   da   paternidadeO  resgate   da   paternidade
O resgate da paternidade
 
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
 
O pecado de Davi
O pecado de DaviO pecado de Davi
O pecado de Davi
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
 
Principios de autoridade
Principios de autoridadePrincipios de autoridade
Principios de autoridade
 
Ceia do Senhor
Ceia do SenhorCeia do Senhor
Ceia do Senhor
 
Slide conferencia ensino e lideranca
Slide conferencia   ensino e liderancaSlide conferencia   ensino e lideranca
Slide conferencia ensino e lideranca
 
Autoridade Espiritual
Autoridade EspiritualAutoridade Espiritual
Autoridade Espiritual
 
Submissão
Submissão Submissão
Submissão
 
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais
 
Um lugar de adoração a Deus no deserto
Um lugar de adoração a Deus no desertoUm lugar de adoração a Deus no deserto
Um lugar de adoração a Deus no deserto
 
Slide santa ceia
Slide santa ceiaSlide santa ceia
Slide santa ceia
 
7a aula - A cobertura do tabernáculo
7a aula - A cobertura do tabernáculo7a aula - A cobertura do tabernáculo
7a aula - A cobertura do tabernáculo
 
Teologia de êxodo
Teologia de êxodoTeologia de êxodo
Teologia de êxodo
 
A peregrinação de Israel no deserto até o Sinai
A peregrinação de Israel no deserto até o SinaiA peregrinação de Israel no deserto até o Sinai
A peregrinação de Israel no deserto até o Sinai
 
Apresentação seminário o_tabernaculo-final
Apresentação seminário o_tabernaculo-finalApresentação seminário o_tabernaculo-final
Apresentação seminário o_tabernaculo-final
 

Semelhante a O cristão e o perdão

Semelhante a O cristão e o perdão (20)

LiçãO 09 A Arte Do PerdãO
LiçãO 09 A Arte Do PerdãOLiçãO 09 A Arte Do PerdãO
LiçãO 09 A Arte Do PerdãO
 
Documento
DocumentoDocumento
Documento
 
12 o perdao na familia
12   o perdao na familia12   o perdao na familia
12 o perdao na familia
 
perdão.pptx
perdão.pptxperdão.pptx
perdão.pptx
 
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
 
Para que confessar-se
Para que confessar-sePara que confessar-se
Para que confessar-se
 
BEM AVENTURADOS OS MISERICORDIOSOS
BEM AVENTURADOS OS MISERICORDIOSOSBEM AVENTURADOS OS MISERICORDIOSOS
BEM AVENTURADOS OS MISERICORDIOSOS
 
Casamento com propósito
Casamento com propósitoCasamento com propósito
Casamento com propósito
 
Salvacao edicao 3
Salvacao edicao 3Salvacao edicao 3
Salvacao edicao 3
 
Perdao
PerdaoPerdao
Perdao
 
(28) Cura Interior.pdf
(28) Cura Interior.pdf(28) Cura Interior.pdf
(28) Cura Interior.pdf
 
Perdão.pptx
Perdão.pptxPerdão.pptx
Perdão.pptx
 
Perdao
PerdaoPerdao
Perdao
 
O Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - EspiritismoO Auto Perdão - Espiritismo
O Auto Perdão - Espiritismo
 
O Perdão - Espirtismo
O Perdão - EspirtismoO Perdão - Espirtismo
O Perdão - Espirtismo
 
Reconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversáriosReconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversários
 
Controlando as emoções
Controlando as emoçõesControlando as emoções
Controlando as emoções
 
Perdao
PerdaoPerdao
Perdao
 
Perdao III
Perdao IIIPerdao III
Perdao III
 
Lição 8 Complexo de culpa, o tormento da alma humana
Lição 8   Complexo de culpa, o tormento da alma humanaLição 8   Complexo de culpa, o tormento da alma humana
Lição 8 Complexo de culpa, o tormento da alma humana
 

Mais de Paulo Roberto

Mais de Paulo Roberto (6)

Principes de Deus
Principes de DeusPrincipes de Deus
Principes de Deus
 
Aliança perigosa
Aliança perigosaAliança perigosa
Aliança perigosa
 
Andar com cristo
Andar com cristoAndar com cristo
Andar com cristo
 
Como dirigir um culto
Como dirigir um cultoComo dirigir um culto
Como dirigir um culto
 
Desperta Igreja
Desperta IgrejaDesperta Igreja
Desperta Igreja
 
A igrea e a disciplina
A igrea e a disciplinaA igrea e a disciplina
A igrea e a disciplina
 

Último

Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptxFabianoHaider1
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaRicardo Azevedo
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 

Último (7)

Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 

O cristão e o perdão

  • 1.
  • 2. O CRISTÃO E O PERDÃO Textos Bíblicos: Mateus 6:14-15; Colossenses 3:13; Efésios 4:31-32 Para entendermos o que é perdão, temos que primeiramente entender o que é uma ofensa. 1.O que é uma ofensa? Diz o dicionário: E uma ação ou palavra que fere alguém em sua honra, dignidade, moral ou em sua integridade.
  • 3. 2. Como se origina a ofensa? A ofensa pode acontecer de modo: a) Voluntário. Quando premeditada e consciente b) Involuntário. Quando ocorre inconsciente ou desintencional c) Pela má interpretação dos fatos
  • 4.  A ofensa pode ter as suas causas na alma das pessoas, quando elas impulsionadas por um sentimento de: revide, egoísmo, orgulho, desobediência, insensibilidade, falta de maturidade, ignorância, má formação de caráter.  A ofensa é uma desobediência, portanto é um pecado.  A ofensa, mesmo quando direcionada a homens acaba afetando o coração de Deus.
  • 5. a) Quando traímos alguém, ou um grupo ou uma causa. b) Quando faltamos com a palavra (promessas não cumpridas) c) Quando mentimos d) Quando omitimos e) Quando distorcemos f) Quando agredimos com palavras duras, obscenas g) Quando fofocamos (falando mal de outrem, prejudicando assim a sua integridade, reputação, moral ou sua imagem). 3.Como podemos cair no pecado da ofensa?
  • 6. h) Quando não prestamos atenção naquilo que estão falando i) Quando desobedecemos j) Quando criticamos k) Quando invadimos a privacidade dos outros l) Quando fazemos comparações mal intencionadas m)Quando não comparecemos a compromissos
  • 7. 4. Como podemos resolver o problema da ofensa? Como consertar? Qual o remédio? Perdoando!!! Pedindo perdão!!! 5. O que é perdão? O dicionário diz que perdão é remissão de culpa, ofensa, dívida, indulgência, desculpa por erro cometido.
  • 8. Perdoar é: a. E ter disposição em aceitar o reconhecimento de uma ofensa por parte do ofensor, acompanhada ou não de seu arrependimento. b. É reconciliar, religar e reatar relacionamentos afetados por causa de ofensa. c. É estender a mão no sentido da recuperação do ofensor. d. É devolver a confiança perdida. e. É restabelecer a harmonia comprometida e prejudicada pela ofensa f. É ser autêntico no expressar suas reações diante de fatos e circunstâncias relacionadas com ofensa.
  • 9. e.É assumir o compromisso de: • Não levantar mais o assunto com ofensor. • Não levantar mais o assunto com outros. • Não levantar mais o assunto consigo mesmo. f. É estar disposto em viver um novo relacionamento
  • 10. 6.Advertência quanto ao perdão. a. Perdoar não uma questão de sentimento (sentir vontade ou não de perdoar) b. Perdoar é uma questão de obediência imediata. c. Devemos perdoar tantas vezes quantas forem às ofensas (7X70) d. Devemos perdoar todo e qualquer tipo de ofensa. e. Temos que ter cuidado para separar a ofensa do ofensor f. O perdão deve vir acompanhado de conforto e muito amor. 2 Co 2:7-8
  • 11. 7. Implicações diretas em relação ao perdão a. Só seremos beneficiados com perdão das faltas e pecados que cometemos contra Deus quando conseguirmos perdoar as ofensas dos homens. Mt 6:14-15 b. Quando perdoamos um irmão, nós o liberamos diante de Deus e cooperamos com a sua reabilitação, além de bloquearmos a atuação de satanás. 2 Co 2:7-11 c. O não perdoar afeta o poder da oração. d. Quando alguém não corresponde ao nosso perdão, não devemos anulá-lo e. Lembremo-nos que, em hipótese alguma, devemos nos vingar. Rm 12:14-21 f. Não perdoar é pecado, tanto quanto a ofensa.