Submissão

4.947 visualizações

Publicada em

Submissão

  1. 1. (Ef 3:14-21)<br />
  2. 2. “Por esta razão dobro os meus joelhos perante o Pai, do qual toda família nos céus e na terra toma o nome, para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais robustecidos com poder pelo seu Espírito no homem interior; que Cristo habite pela fé nos vossos corações, a fim de que, estando arraigados e fundados em amor, possais compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios até a inteira plenitude de Deus. Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, a esse seja glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém.”<br />
  3. 3. O Apóstolo Paulo ora a Deus, de joelhos, suplicando para que a Igreja fosse tomada pelo Poder do Espírito Santo e assim pudesse conhecer o amor de Cristo, sendo envolvida pela plenitude de Deus. Para isso Precisamos conhecer e nos submetermos.<br />
  4. 4. O que é submissão?R:  Ato de obedecer a alguém ou a algo. Disposição para obedecer. <br />
  5. 5. Deus é autoridade em si mesmo, e tudo que no mundo existe é sustentado pela palavra do poder de sua autoridade. (Hb 1.3) “Sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder,...” Nada supera a autoridade de Deus, todo aquele que deseja cooperar com o Senhor, precisa conhecer a sua autoridade. "A maior das exigências que Deus faz ao homem é que lhe Obedeça".<br />
  6. 6. (ISm 15:22) “Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocausto e sacrifícios quanto em que se obedeça a sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender melhor do que a gordura de carneiros.” Rejeitar uma ordem de Deus é o mesmo que ser contra o próprio Deus<br />
  7. 7. Submissão a Deus é sujeitar-se aos seus Mandamentos e à sua Vontade, passando a obedecê-LOhumilde e constantemente.<br />
  8. 8. Foi a rebeldia que provocou a queda de Satanás. A intenção de Satanás de estabelecer o seu trono acima do trono de Deus violou a autoridade do Senhor. O começo da rebelião é passado a todos os homens depois da queda de Adão. Sempre que alguém peca contra a autoridade de Deus, peca diretamente contra o Senhor. <br />
  9. 9. (Rm 13:1) “Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus.”<br />
  10. 10. Todas as coisas estão debaixo deste princípio. E este princípio é para a ordem e paz, nunca para confusão. Como entender a autoridade? Na Trindade o Pai é igual ao Filho, que é igual ao Espírito Santo. Na essência os três são iguais. Todavia, o Pai, o Filho e o Espírito Santo são diferentes nas funções.<br />
  11. 11. O Pai enviou o Filho. (Jo4:34)“Disse-lhes Jesus: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e completar a sua obra.”O Filho veio. (Jo16:28)“Saí do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai.”O Filho foi obediente ao Pai. (Jo8:29)“E aquele que me enviou está comigo; não me tem deixado só; porque faço sempre o que é do seu agrado.”<br />
  12. 12. O Filho enviou o Espírito Santo. (Jo15:26) “Quando vier o Ajudador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que do Pai procede, esse dará testemunho de mim;...” (Jo14:26)“Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto Eu vos tenho dito.”<br />
  13. 13. O Espírito Santo veio. (At 2.16-18)“Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel:E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, os vossos anciãos terão sonhos;e sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão.”<br />
  14. 14. O Espírito Santo é obediente ao Filho. (Jo16:13-15)“Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras. Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-loanunciará. Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso eu vos disse que Ele, recebendo do que é meu, vo-lo anunciará.”<br />
  15. 15. A Trindade é a fonte de toda a verdade. Este princípio divino é encontrado em todas as relações estabelecidas por Deus. Numa família o pai é igual â mãe, que é igual aos filhos. O que ocorre é que na família, o pai é "o cabeça" e a mãe a ajudadora. Eles são iguais, têm o mesmo valor para o Senhor, mas têm funções diferentes.<br />
  16. 16. Há uma tendência de se pensar que se submeter é ser inferior. Jesus nunca foi inferior ou menor que o Pai pelo simples fato de lhe ser submisso. Pelo contrário, Jesus Cristo tem o nome que está acima de todo nome (Fp 2.9). Temos que entender que entre iguais há uma relação de autoridade e submissão. Isto faz parte da ordem divina. As autoridades delegadas estão em todas as áreas de nossas vidas. Um discípulo do Senhor deve, onde estiver, saber quem é a autoridade encarregada para a ela se submeta.<br />
  17. 17. Deus Transmite Autoridades em Todas as Áreas da Vida:(Jo 19:11)“Respondeu-lhe Jesus: Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fora dado; por isso aquele que me entregou a ti, maior pecado tem.”<br />
  18. 18. Na área civil. (Rm 13.1-4) “Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. Porque os magistrados não são motivo de temor para os que fazem o bem, mas para os que fazem o mal. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela; porquanto ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador em ira contra aquele que pratica o mal.<br />
  19. 19. No trabalho. (Ef 6:5,6) “Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo, não servindo somente à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus,...”(Tt 2:9,10)“Exorta os servos a que sejam submissos a seus senhores em tudo, sendo-lhes agradáveis, não os contradizendo nem defraudando, antes mostrando perfeita lealdade, para que em tudo sejam ornamento da doutrina de Deus nosso Salvador”, (ITm 6:1,2)“Todos os servos que estão debaixo do jugo considerem seus senhores dignos de toda honra, para que o nome de Deus e a doutrina não sejam blasfemados.E os que têm senhores crentes não os desprezem, porque são irmãos; antes os sirvam melhor, porque eles, que se utilizam do seu bom serviço, são crentes e amados. Ensina estas coisas.”<br />
  20. 20. Na família. (Ef 5:22-24) “Vós, mulheres, submetei-vosa vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o Salvador do corpo. Mas, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres o sejam em tudo a seus maridos. Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,...”; (Ef 6:1-4) “Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis à ira vossos filhos, mas criai-os na disciplina e admoestação do Senhor.<br />
  21. 21. Na Igreja. (ICo 12:27,28) “Ora, vós sois corpo de Cristo, e individualmente seus membros.E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro mestres, depois operadores de milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.(Ef 4:10-12)“Aquele que desceu é também o mesmo que subiu muito acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas. E Ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;...”<br />
  22. 22. Todo discípulo do Senhor, onde estiver, tem uma autoridade sobre a sua vida, a qual deve se submeter. Não existe o "super-crente".<br />
  23. 23. "super-crente”.É aquele que aparenta ser espiritual, mas são rebeldes e causa muitos problemas a Igreja de Cristo. O supercostuma dizer: "Eu só obedeço a Cristo. Não estou sujeito a nenhum homem.” É inaceitável afirmar obediência a Deus e não às autoridades por Ele constituídas. Sempre que obedecemos às autoridades estamos submissos e, agradamos ao Pai. Obedecer somente quando se concorda não é submissão, é rebeldia. Importa que, concordando ou não, a obedeçamos de coração. É assim que se age perante Deus. Enquanto não reconhecemos as autoridades constituídas sobre as nossas vidas, nunca chegaremos à maturidade cristã. <br />
  24. 24. Sem submissão não há obediência. Nem estaremos sendo cooperadores do Senhor. Se alguém é independente, não é membro do corpo, pois sendo membro será dependente, será submisso. Como pode um membro estar no corpo e não se submeter às ordens da cabeça? Assim também nós não podemos estar unidos no corpo de Cristo se não formos sujeitos as autoridades por Ele constituída. Quando uma mulher não se submete ao seu marido(em Cristo), ou quando um filho não obedece ao seu pai, ou quando o empregado não acata as ordens do seu chefe, ou quando o discípulo não se submete a liderança, é um(a) rebelde. Quem está cheio de Cristo está cheio de obediência. O evangelho de Cristo é contra a independência e rebeldia do homem.<br />
  25. 25. Só existe um caminho para a submissão, andar como Cristo andou (I Jo 2:6) “aquele que diz estar nele, também deve andar como ele andou”. Ele é o nosso modelo, embora sendo filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu. (Hb5:8) “ainda que era Filho, aprendeu a obediência por meio daquilo que sofreu; e, tendo sido aperfeiçoado, veio a ser autor de eterna salvação para todos os que lhe obedecem,...”.<br />
  26. 26. A igreja é governada por Cristo. Não existe democracia na igreja, porque a igreja não é do povo, é de Deus. O que existe é a teocracia: O governo de Deus através de suas autoridades constituídas. É impossível edificar alguém que não se submete. Não há nada mais frustrante do que apascentar "cabras e bodes". Um filho espiritual obedece naturalmente.<br />
  27. 27. Ser submisso não destrói, e nem tira a personalidade de ninguém. Pelo contrário, destaca a vida de qualquer um. Cristo foi o tempo todo submisso, humilde, sempre servindo. E o que ocorreu com Ele? (Fp2.:5-9) “Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar,masesvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome;...”.<br />
  28. 28. Deus quer uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus, por isso nos coloca a todos sob o seu princípio de Autoridade e Submissão. <br />

×