SlideShare uma empresa Scribd logo

Submissão

A
ADPC109
1 de 29
Baixar para ler offline
(Ef 3:14-21),[object Object]
“Por esta razão dobro os meus joelhos perante o Pai, do qual toda família nos céus e na terra toma o nome, para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais robustecidos com poder pelo seu Espírito no homem interior; que Cristo habite pela fé nos vossos corações, a fim de que, estando arraigados e fundados em amor, possais compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios até a inteira plenitude de Deus. Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, a esse seja glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém.”,[object Object]
O Apóstolo Paulo ora a Deus, de joelhos, suplicando para que a Igreja fosse tomada pelo Poder do Espírito Santo e assim pudesse conhecer o amor de Cristo, sendo envolvida pela plenitude de Deus. Para isso Precisamos conhecer e nos submetermos.,[object Object]
O que é submissão?R:  Ato de obedecer a alguém ou a algo. Disposição para obedecer. ,[object Object]
Deus é autoridade em si mesmo, e tudo que no mundo existe é sustentado pela palavra do poder de sua autoridade. (Hb 1.3) “Sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder,...” Nada supera a autoridade de Deus, todo aquele que deseja cooperar com o Senhor, precisa conhecer a sua autoridade. "A maior das exigências que Deus faz ao homem é que lhe Obedeça".,[object Object]
(ISm 15:22) “Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocausto e sacrifícios quanto em que se obedeça a sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender melhor do que a gordura de carneiros.” Rejeitar uma ordem de Deus é o mesmo que ser contra o próprio Deus,[object Object]

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoEduardo Sousa Gomes
 
A fidelidade dos obreiros do Senhor
A fidelidade dos obreiros do SenhorA fidelidade dos obreiros do Senhor
A fidelidade dos obreiros do SenhorMoisés Sampaio
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneMárcio Martins
 
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoLição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoÉder Tomé
 
Estudo para adolescentes
Estudo para adolescentesEstudo para adolescentes
Estudo para adolescentesEdson_2012.A-F
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,Felicio Araujo
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãJoanilson França Garcia
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaMárcio Martins
 
Lição 11 - Ética Cristã, Vícios e Jogos
Lição 11 - Ética Cristã, Vícios e Jogos Lição 11 - Ética Cristã, Vícios e Jogos
Lição 11 - Ética Cristã, Vícios e Jogos Éder Tomé
 
Escola bíblica o poder da decisão pptx
Escola bíblica o poder da decisão pptxEscola bíblica o poder da decisão pptx
Escola bíblica o poder da decisão pptxLeandro Sales
 
Família, criação de Deus
Família, criação de DeusFamília, criação de Deus
Família, criação de DeusMoisés Sampaio
 
3T14 - L01 - O perfil bíblico de um líder
3T14 - L01 - O perfil bíblico de um líder3T14 - L01 - O perfil bíblico de um líder
3T14 - L01 - O perfil bíblico de um líderElieser Fidelis de Souza
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéÉder Tomé
 
Estudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da IgrejaEstudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da IgrejaDaniel Junior
 
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministérioCETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministérioEdnilson do Valle
 

Mais procurados (20)

O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
 
A família sob ataque
A família sob ataqueA família sob ataque
A família sob ataque
 
A fidelidade dos obreiros do Senhor
A fidelidade dos obreiros do SenhorA fidelidade dos obreiros do Senhor
A fidelidade dos obreiros do Senhor
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoLição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
 
Estudo para adolescentes
Estudo para adolescentesEstudo para adolescentes
Estudo para adolescentes
 
Os três campos de batalha parte 1 - NA MENTE
Os três campos de batalha   parte 1 - NA MENTEOs três campos de batalha   parte 1 - NA MENTE
Os três campos de batalha parte 1 - NA MENTE
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
Lição 11 - Ética Cristã, Vícios e Jogos
Lição 11 - Ética Cristã, Vícios e Jogos Lição 11 - Ética Cristã, Vícios e Jogos
Lição 11 - Ética Cristã, Vícios e Jogos
 
Adão, Eva e o pecado original!
Adão, Eva e o pecado original!Adão, Eva e o pecado original!
Adão, Eva e o pecado original!
 
Lição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesusLição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesus
 
Escola bíblica o poder da decisão pptx
Escola bíblica o poder da decisão pptxEscola bíblica o poder da decisão pptx
Escola bíblica o poder da decisão pptx
 
Família, criação de Deus
Família, criação de DeusFamília, criação de Deus
Família, criação de Deus
 
3T14 - L01 - O perfil bíblico de um líder
3T14 - L01 - O perfil bíblico de um líder3T14 - L01 - O perfil bíblico de um líder
3T14 - L01 - O perfil bíblico de um líder
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
 
Estudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da IgrejaEstudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da Igreja
 
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministérioCETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
 

Destaque

Isaque, o Sorriso de uma Promessa
Isaque, o Sorriso de uma PromessaIsaque, o Sorriso de uma Promessa
Isaque, o Sorriso de uma PromessaMárcio Martins
 
A Provisão de Deus no Monte do Sacrificio
A Provisão de Deus no Monte do SacrificioA Provisão de Deus no Monte do Sacrificio
A Provisão de Deus no Monte do SacrificioMárcio Martins
 
380 abraão e o se sacrifício
380   abraão e o se sacrifício380   abraão e o se sacrifício
380 abraão e o se sacrifícioSUSSURRO DE AMOR
 
Principios de autoridade
Principios de autoridadePrincipios de autoridade
Principios de autoridadePaulo Roberto
 

Destaque (6)

Isaque, o Sorriso de uma Promessa
Isaque, o Sorriso de uma PromessaIsaque, o Sorriso de uma Promessa
Isaque, o Sorriso de uma Promessa
 
GÊNESIS 22
GÊNESIS 22GÊNESIS 22
GÊNESIS 22
 
Submissão
SubmissãoSubmissão
Submissão
 
A Provisão de Deus no Monte do Sacrificio
A Provisão de Deus no Monte do SacrificioA Provisão de Deus no Monte do Sacrificio
A Provisão de Deus no Monte do Sacrificio
 
380 abraão e o se sacrifício
380   abraão e o se sacrifício380   abraão e o se sacrifício
380 abraão e o se sacrifício
 
Principios de autoridade
Principios de autoridadePrincipios de autoridade
Principios de autoridade
 

Semelhante a Submissão

Respostas_322016_O Sermão do Monte_GGR
Respostas_322016_O Sermão do Monte_GGRRespostas_322016_O Sermão do Monte_GGR
Respostas_322016_O Sermão do Monte_GGRGerson G. Ramos
 
51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outrospohlos
 
Epistolaaos Colossenses
Epistolaaos ColossensesEpistolaaos Colossenses
Epistolaaos ColossensesJNR
 
O Que É Vida Eterna
O Que É Vida EternaO Que É Vida Eterna
O Que É Vida EternaSilvio Dutra
 
“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”JUERP
 
Santificação – Uma Obra Vitalícia - John Owern
Santificação – Uma Obra Vitalícia - John OwernSantificação – Uma Obra Vitalícia - John Owern
Santificação – Uma Obra Vitalícia - John OwernSilvio Dutra
 
55. a norma mais alta
55. a norma mais alta55. a norma mais alta
55. a norma mais altapohlos
 
Busque o Senhor e viva!_Resumo_522013
Busque o Senhor e viva!_Resumo_522013Busque o Senhor e viva!_Resumo_522013
Busque o Senhor e viva!_Resumo_522013Gerson G. Ramos
 
CURSO-PARA-NOVOS-CONVERTIDOS.pdf
CURSO-PARA-NOVOS-CONVERTIDOS.pdfCURSO-PARA-NOVOS-CONVERTIDOS.pdf
CURSO-PARA-NOVOS-CONVERTIDOS.pdfevanil2
 
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida CristãFOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristãibmalphaville
 
Cristo, o fim da lei_722014_GGR
Cristo, o fim da lei_722014_GGRCristo, o fim da lei_722014_GGR
Cristo, o fim da lei_722014_GGRGerson G. Ramos
 
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis! A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis! Dennis Edwards
 
Julgamento - O propósito de Deus
Julgamento - O propósito de DeusJulgamento - O propósito de Deus
Julgamento - O propósito de DeusRosana Morgado
 
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGRO reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGRGerson G. Ramos
 

Semelhante a Submissão (20)

Respostas_322016_O Sermão do Monte_GGR
Respostas_322016_O Sermão do Monte_GGRRespostas_322016_O Sermão do Monte_GGR
Respostas_322016_O Sermão do Monte_GGR
 
As 4 leis_da_esp
As 4 leis_da_espAs 4 leis_da_esp
As 4 leis_da_esp
 
51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros
 
Apostila discipulado
Apostila discipuladoApostila discipulado
Apostila discipulado
 
Epistolaaos Colossenses
Epistolaaos ColossensesEpistolaaos Colossenses
Epistolaaos Colossenses
 
O Que É Vida Eterna
O Que É Vida EternaO Que É Vida Eterna
O Que É Vida Eterna
 
A QUEM DEVEMOS ADORAR
A QUEM DEVEMOS ADORARA QUEM DEVEMOS ADORAR
A QUEM DEVEMOS ADORAR
 
Submissão espiritual
Submissão espiritualSubmissão espiritual
Submissão espiritual
 
“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”
 
Santificação – Uma Obra Vitalícia - John Owern
Santificação – Uma Obra Vitalícia - John OwernSantificação – Uma Obra Vitalícia - John Owern
Santificação – Uma Obra Vitalícia - John Owern
 
55. a norma mais alta
55. a norma mais alta55. a norma mais alta
55. a norma mais alta
 
Busque o Senhor e viva!_Resumo_522013
Busque o Senhor e viva!_Resumo_522013Busque o Senhor e viva!_Resumo_522013
Busque o Senhor e viva!_Resumo_522013
 
CURSO-PARA-NOVOS-CONVERTIDOS.pdf
CURSO-PARA-NOVOS-CONVERTIDOS.pdfCURSO-PARA-NOVOS-CONVERTIDOS.pdf
CURSO-PARA-NOVOS-CONVERTIDOS.pdf
 
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida CristãFOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
 
Casamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisadoCasamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisado
 
Pré revisão 3
Pré revisão 3Pré revisão 3
Pré revisão 3
 
Cristo, o fim da lei_722014_GGR
Cristo, o fim da lei_722014_GGRCristo, o fim da lei_722014_GGR
Cristo, o fim da lei_722014_GGR
 
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis! A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
 
Julgamento - O propósito de Deus
Julgamento - O propósito de DeusJulgamento - O propósito de Deus
Julgamento - O propósito de Deus
 
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGRO reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
 

Mais de ADPC109

Sê o exemplo
Sê o exemploSê o exemplo
Sê o exemploADPC109
 
Os pacificadores
Os pacificadoresOs pacificadores
Os pacificadoresADPC109
 
Adoração
AdoraçãoAdoração
AdoraçãoADPC109
 
Ensino bíblico sobre o jejum
Ensino bíblico sobre o jejumEnsino bíblico sobre o jejum
Ensino bíblico sobre o jejumADPC109
 
Como Levar a Arca de Deus
Como Levar a Arca de DeusComo Levar a Arca de Deus
Como Levar a Arca de DeusADPC109
 

Mais de ADPC109 (6)

Sê o exemplo
Sê o exemploSê o exemplo
Sê o exemplo
 
Os pacificadores
Os pacificadoresOs pacificadores
Os pacificadores
 
Adoração
AdoraçãoAdoração
Adoração
 
FéFé
 
Ensino bíblico sobre o jejum
Ensino bíblico sobre o jejumEnsino bíblico sobre o jejum
Ensino bíblico sobre o jejum
 
Como Levar a Arca de Deus
Como Levar a Arca de DeusComo Levar a Arca de Deus
Como Levar a Arca de Deus
 

Submissão

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.