SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
NR- 21 TRABALHO A CÉU ABERTO
PROFESSOR : KEYENNES HOLANDA
DICIPLINA : SEGURANÇA NO TRABALHO III
24 de Novembro de 2015
EQUIPE: 5
MEMBROS:
ALCY SOUSA
CARLOS CESAR
FABRÍCIO CAVALCANTE
HENRIQUE GURGEL
MARIA LILIANIA
JUVENICE NASCIMENTO
PEDRO MAURICIO (mau-mau).
RAIMUNDO NONATO
INTRODUÇÃO
A nr - 21 Discorre sobre as medidas
prevencionistas que devem ser adotadas para
evitar acidentes nas atividades desenvolvidas a
céu aberto, tais como em minas ao ar livre e em
pedreiras.
Dentro dessas medidas pevencionistas
podemos indicar os abrigos que mesmo rusticos,
podem fazer proteção aos empregados
intempéries.
PERIGOS AO TRABALHAR EM CÉU
ABERTO.
Serão exigidas medidas especiais que protejam
os trabalhadores contra insolação excessiva, o
calor, frio, umidade e ventos inconvenientes.
INSOLAÇÃO EXCESSIVA
CALOR
VENTOS INCONVENIENTES
FRIO
UMIDADE
ASPECTOS DE SEGURANÇA A SEREM
SEGUIDOS: TRABALHOS AO ÇEU ABERTO
Aos trabalhadores que residirem no local do
trabalho, deverão ser oferecidas alojamentos que
apresentem adequadas condições sanitárias.
Para os trabalhadores realizados em regiões pantanosas
ou alagadiças, serão imperativas as medidas de profilaxia
de endemias, de acordo com as normas de saúde pública.
Os locais de trabalho deverão ser mantidos em
condições sanitárias compatíveis com o gênero de
atividade.
CONDIÇÕES DE MORADIA 1
CONDIÇÕES DE MORADIA 2
ALOJAMENTOS
QUANDO O EMPREGADOR OFERECE A
MORADIA, QUAIS AS RESTRIÇOES:
É vedada, em qualquer hipótese a moradia coletiva
da família.
A moradia deverá ter:
A capacidade dimensionada de acordo o numero
de moradores;
Ventilação e luz direta suficiente;
As paredes caiadas e os pisos construídos de
material impermeável.
As casas de moradia serão construídas em locais
arejados, livre de vegetação e afastadas no mínimo
50,00m (cinquenta metros) dos depósitos de feno ou
estercos, currais, estábulos, pocilgas quaisquer viveiros
de criação.
As portas de janelas e frestas deverão ter dispositivos
capazes de mantê-las fechadas, quando necessário.
O poço de água será protegido contra contaminação.
A cobertura será sempre feita de material
impermeável, imputrescível, não combustível.
Toda moradia disporá, pelo menos, um
dormitório, uma cozinha, e compartimento sanitário.
As fossas negras deverão estar, no mínimo, 15mm
(15 metros) do poço, 10mm (10 metros) da casa, em
lugar livre de enchentes
Os locais destinados as privadas serão arejados, com
ventilação abundante, mantidos limpos, em boas
condições sanitárias e devidamente protegidos contra
proliferação de insetos, ratos, animais e pragas.
EPI’S
A empresa deve fornecer os epi’s para os
trabalhadores de acordo com a nr- 06
Ex: Protetor solar contra Radiação não ionizante.
Bebedouros para constante hidratação
Lavatórios para reidratação
CREME DE HIDRATAÇÃO
Você sabia ???
Os protetores solares (ou filtros solares) são agentes
químicos de uso tópico capazes de dificultar que a
radiação UV atinja e danifique a nossa pele. A radiação UV
incide sobre a Terra junto com a luz do Sol, está dividida
em dois tipos – UVA e UVB –, e provoca diversas reações
em nossa pele.
A radiação UVA – cuja intensidade pouco varia ao longo do
dia – penetra profundamente na cútis e aumenta o risco
reações como câncer de pele e foto envelhecimento. Mais
intensa no verão e no período entre 10h e 16h, a radiação
UVB atinge a pele mais superficialmente e provoca
queimaduras e vermelhidão.
Tipos de Epi’s
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• Concluímos que de acordo com a nr- 21
todos os colaboradores que trabalharem a
céu aberto, deverão portal Epi’s de
proteção individual e coletiva. Quando o
mesmo residir no local de trabalho deve
ser disposto ao mesmo alojamentos com
condições sanitárias de acordo com a
norma em Questão.
BIBLIOGRAFIA
• www.google.com.br
• www.portaltst.com.br
OBRIGADO PELA
PACIÊNCIA E
BOA NOITE A
TODOS !!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nr 21 comentada
Nr 21 comentadaNr 21 comentada
Nr 21 comentada
stoc3214
 
Power+point+nr+35
Power+point+nr+35Power+point+nr+35
Power+point+nr+35
Gil Mendes
 
A Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de Obras
A Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de ObrasA Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de Obras
A Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de Obras
xandaobyte
 
Nr 35 ifam palestra (1)
Nr 35 ifam   palestra (1)Nr 35 ifam   palestra (1)
Nr 35 ifam palestra (1)
Nestor Neto
 
Trabalho em altura nr 35 (treinamento)
Trabalho em altura   nr 35 (treinamento)Trabalho em altura   nr 35 (treinamento)
Trabalho em altura nr 35 (treinamento)
Bruno Monteiro
 
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptxTreinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
AdelmaSiles
 

Mais procurados (20)

Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
 
Nr 21 comentada
Nr 21 comentadaNr 21 comentada
Nr 21 comentada
 
DDS nr-18
DDS nr-18DDS nr-18
DDS nr-18
 
Segurança e saúde no trabalho para auditores
Segurança e saúde no trabalho para auditoresSegurança e saúde no trabalho para auditores
Segurança e saúde no trabalho para auditores
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
 
Power+point+nr+35
Power+point+nr+35Power+point+nr+35
Power+point+nr+35
 
A Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de Obras
A Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de ObrasA Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de Obras
A Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de Obras
 
Mapa de risco por setores
Mapa de risco por setoresMapa de risco por setores
Mapa de risco por setores
 
Nr33
Nr33Nr33
Nr33
 
Nr 35 ifam palestra (1)
Nr 35 ifam   palestra (1)Nr 35 ifam   palestra (1)
Nr 35 ifam palestra (1)
 
NR 22
NR 22NR 22
NR 22
 
TREINAMENTO INTRODUTÓRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
TREINAMENTO INTRODUTÓRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHOTREINAMENTO INTRODUTÓRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
TREINAMENTO INTRODUTÓRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
 
NR - 06 EPI (Oficial)
NR - 06 EPI (Oficial)NR - 06 EPI (Oficial)
NR - 06 EPI (Oficial)
 
Treinamento NR-12
Treinamento NR-12Treinamento NR-12
Treinamento NR-12
 
Trabalho em altura nr 35 (treinamento)
Trabalho em altura   nr 35 (treinamento)Trabalho em altura   nr 35 (treinamento)
Trabalho em altura nr 35 (treinamento)
 
Nr31 comentada
Nr31 comentadaNr31 comentada
Nr31 comentada
 
NR - 18 Construção Civil (Oficial)
NR - 18 Construção Civil (Oficial)NR - 18 Construção Civil (Oficial)
NR - 18 Construção Civil (Oficial)
 
NR-31.pptx
NR-31.pptxNR-31.pptx
NR-31.pptx
 
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptxTreinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
 
Avaliação nr33
Avaliação nr33Avaliação nr33
Avaliação nr33
 

Destaque

Palestra básica sobre a NR-14
Palestra básica sobre a NR-14Palestra básica sobre a NR-14
Palestra básica sobre a NR-14
Evelyn MarKão
 
Comunicato n. 21 del 28 03-2012
Comunicato n. 21 del 28 03-2012Comunicato n. 21 del 28 03-2012
Comunicato n. 21 del 28 03-2012
Dino Gazzetta
 
Nr 19 comentada
Nr 19 comentadaNr 19 comentada
Nr 19 comentada
stoc3214
 

Destaque (20)

Nr 21
Nr 21Nr 21
Nr 21
 
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu AbertoNr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
 
TREINAMENTO DE SEGURANÇA DO TRABALHO MINERAÇÃO NR-22- LAVRA GARIMPEIRA.
TREINAMENTO DE SEGURANÇA DO TRABALHO MINERAÇÃO  NR-22- LAVRA GARIMPEIRA.TREINAMENTO DE SEGURANÇA DO TRABALHO MINERAÇÃO  NR-22- LAVRA GARIMPEIRA.
TREINAMENTO DE SEGURANÇA DO TRABALHO MINERAÇÃO NR-22- LAVRA GARIMPEIRA.
 
Nr 21
Nr 21Nr 21
Nr 21
 
Apresentação nr 26 sinalização de segurança
Apresentação nr 26 sinalização de segurança Apresentação nr 26 sinalização de segurança
Apresentação nr 26 sinalização de segurança
 
Trabalho nr22
Trabalho nr22Trabalho nr22
Trabalho nr22
 
Nr 25
Nr 25Nr 25
Nr 25
 
Nr 20
Nr 20Nr 20
Nr 20
 
NR 17 - Ergonomia
NR 17 - ErgonomiaNR 17 - Ergonomia
NR 17 - Ergonomia
 
Palestra básica sobre a NR-14
Palestra básica sobre a NR-14Palestra básica sobre a NR-14
Palestra básica sobre a NR-14
 
Nr 27
Nr 27Nr 27
Nr 27
 
Nr 25
Nr 25Nr 25
Nr 25
 
Nr – 22
Nr – 22Nr – 22
Nr – 22
 
Nr 28
Nr 28Nr 28
Nr 28
 
Nr 23
Nr 23Nr 23
Nr 23
 
Nr 20
Nr 20 Nr 20
Nr 20
 
56115622 nr-11
56115622 nr-1156115622 nr-11
56115622 nr-11
 
Comunicato n. 21 del 28 03-2012
Comunicato n. 21 del 28 03-2012Comunicato n. 21 del 28 03-2012
Comunicato n. 21 del 28 03-2012
 
Aula fornos (nr 14)
Aula fornos (nr 14)Aula fornos (nr 14)
Aula fornos (nr 14)
 
Nr 19 comentada
Nr 19 comentadaNr 19 comentada
Nr 19 comentada
 

Semelhante a Nr 21 trabalho a céu aberto

Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Isabel Silveira
 
Apresentação EPI.ppt
Apresentação EPI.pptApresentação EPI.ppt
Apresentação EPI.ppt
andrikazi
 
Acidentes de pele corrigido
Acidentes de pele corrigidoAcidentes de pele corrigido
Acidentes de pele corrigido
rasteiro
 
Proteção Individual e Coletiva Higiene M2.pptx
Proteção Individual e Coletiva Higiene M2.pptxProteção Individual e Coletiva Higiene M2.pptx
Proteção Individual e Coletiva Higiene M2.pptx
MONIZE4
 

Semelhante a Nr 21 trabalho a céu aberto (20)

TREINAMENTO DE NR 06 – PROTEÇÃO DA PELE.pptx
TREINAMENTO DE NR 06 – PROTEÇÃO DA PELE.pptxTREINAMENTO DE NR 06 – PROTEÇÃO DA PELE.pptx
TREINAMENTO DE NR 06 – PROTEÇÃO DA PELE.pptx
 
Manual de Segurança do Trabalho em Propriedades Rurais
Manual de Segurança do Trabalho em Propriedades RuraisManual de Segurança do Trabalho em Propriedades Rurais
Manual de Segurança do Trabalho em Propriedades Rurais
 
Curso: NR-06 para Oficinas Mecânicas
Curso: NR-06 para Oficinas MecânicasCurso: NR-06 para Oficinas Mecânicas
Curso: NR-06 para Oficinas Mecânicas
 
FISPQ.ppt
FISPQ.pptFISPQ.ppt
FISPQ.ppt
 
EPI.pptx
EPI.pptxEPI.pptx
EPI.pptx
 
nr 18.pptx
nr 18.pptxnr 18.pptx
nr 18.pptx
 
Nr – 21
Nr – 21Nr – 21
Nr – 21
 
Curso epi's construção civil
Curso epi's construção civilCurso epi's construção civil
Curso epi's construção civil
 
armaz-estocagem-manu-transp-prod-quim.ppt
armaz-estocagem-manu-transp-prod-quim.pptarmaz-estocagem-manu-transp-prod-quim.ppt
armaz-estocagem-manu-transp-prod-quim.ppt
 
NR33 pt1
NR33 pt1NR33 pt1
NR33 pt1
 
armaz-estocagem-manu-transp-prod-quim.ppt
armaz-estocagem-manu-transp-prod-quim.pptarmaz-estocagem-manu-transp-prod-quim.ppt
armaz-estocagem-manu-transp-prod-quim.ppt
 
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
 
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdf
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdfIntegração_de__Segurança do Trabalho.pdf
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdf
 
Apresentação EPI.ppt
Apresentação EPI.pptApresentação EPI.ppt
Apresentação EPI.ppt
 
nr06_treinamento_SSO_apresentacao-EPI.ppt
nr06_treinamento_SSO_apresentacao-EPI.pptnr06_treinamento_SSO_apresentacao-EPI.ppt
nr06_treinamento_SSO_apresentacao-EPI.ppt
 
Acidentes de pele corrigido
Acidentes de pele corrigidoAcidentes de pele corrigido
Acidentes de pele corrigido
 
PULVERIZAÇÃO
PULVERIZAÇÃOPULVERIZAÇÃO
PULVERIZAÇÃO
 
Fispq i0109.8241
Fispq i0109.8241Fispq i0109.8241
Fispq i0109.8241
 
Proteção Individual e Coletiva Higiene M2.pptx
Proteção Individual e Coletiva Higiene M2.pptxProteção Individual e Coletiva Higiene M2.pptx
Proteção Individual e Coletiva Higiene M2.pptx
 
Livreto_do_trabalhador.pdf
Livreto_do_trabalhador.pdfLivreto_do_trabalhador.pdf
Livreto_do_trabalhador.pdf
 

Nr 21 trabalho a céu aberto

  • 1. NR- 21 TRABALHO A CÉU ABERTO PROFESSOR : KEYENNES HOLANDA DICIPLINA : SEGURANÇA NO TRABALHO III 24 de Novembro de 2015
  • 2. EQUIPE: 5 MEMBROS: ALCY SOUSA CARLOS CESAR FABRÍCIO CAVALCANTE HENRIQUE GURGEL MARIA LILIANIA JUVENICE NASCIMENTO PEDRO MAURICIO (mau-mau). RAIMUNDO NONATO
  • 3. INTRODUÇÃO A nr - 21 Discorre sobre as medidas prevencionistas que devem ser adotadas para evitar acidentes nas atividades desenvolvidas a céu aberto, tais como em minas ao ar livre e em pedreiras. Dentro dessas medidas pevencionistas podemos indicar os abrigos que mesmo rusticos, podem fazer proteção aos empregados intempéries.
  • 4. PERIGOS AO TRABALHAR EM CÉU ABERTO. Serão exigidas medidas especiais que protejam os trabalhadores contra insolação excessiva, o calor, frio, umidade e ventos inconvenientes.
  • 10. ASPECTOS DE SEGURANÇA A SEREM SEGUIDOS: TRABALHOS AO ÇEU ABERTO Aos trabalhadores que residirem no local do trabalho, deverão ser oferecidas alojamentos que apresentem adequadas condições sanitárias. Para os trabalhadores realizados em regiões pantanosas ou alagadiças, serão imperativas as medidas de profilaxia de endemias, de acordo com as normas de saúde pública. Os locais de trabalho deverão ser mantidos em condições sanitárias compatíveis com o gênero de atividade.
  • 14. QUANDO O EMPREGADOR OFERECE A MORADIA, QUAIS AS RESTRIÇOES: É vedada, em qualquer hipótese a moradia coletiva da família. A moradia deverá ter: A capacidade dimensionada de acordo o numero de moradores; Ventilação e luz direta suficiente; As paredes caiadas e os pisos construídos de material impermeável.
  • 15.
  • 16. As casas de moradia serão construídas em locais arejados, livre de vegetação e afastadas no mínimo 50,00m (cinquenta metros) dos depósitos de feno ou estercos, currais, estábulos, pocilgas quaisquer viveiros de criação. As portas de janelas e frestas deverão ter dispositivos capazes de mantê-las fechadas, quando necessário. O poço de água será protegido contra contaminação. A cobertura será sempre feita de material impermeável, imputrescível, não combustível.
  • 17. Toda moradia disporá, pelo menos, um dormitório, uma cozinha, e compartimento sanitário. As fossas negras deverão estar, no mínimo, 15mm (15 metros) do poço, 10mm (10 metros) da casa, em lugar livre de enchentes Os locais destinados as privadas serão arejados, com ventilação abundante, mantidos limpos, em boas condições sanitárias e devidamente protegidos contra proliferação de insetos, ratos, animais e pragas.
  • 18. EPI’S A empresa deve fornecer os epi’s para os trabalhadores de acordo com a nr- 06 Ex: Protetor solar contra Radiação não ionizante. Bebedouros para constante hidratação Lavatórios para reidratação
  • 20. Você sabia ??? Os protetores solares (ou filtros solares) são agentes químicos de uso tópico capazes de dificultar que a radiação UV atinja e danifique a nossa pele. A radiação UV incide sobre a Terra junto com a luz do Sol, está dividida em dois tipos – UVA e UVB –, e provoca diversas reações em nossa pele. A radiação UVA – cuja intensidade pouco varia ao longo do dia – penetra profundamente na cútis e aumenta o risco reações como câncer de pele e foto envelhecimento. Mais intensa no verão e no período entre 10h e 16h, a radiação UVB atinge a pele mais superficialmente e provoca queimaduras e vermelhidão.
  • 22. CONSIDERAÇÕES FINAIS • Concluímos que de acordo com a nr- 21 todos os colaboradores que trabalharem a céu aberto, deverão portal Epi’s de proteção individual e coletiva. Quando o mesmo residir no local de trabalho deve ser disposto ao mesmo alojamentos com condições sanitárias de acordo com a norma em Questão.
  • 24. OBRIGADO PELA PACIÊNCIA E BOA NOITE A TODOS !!!