SlideShare uma empresa Scribd logo
Campo Grande, Março de 2013




Aluno: Carlos André       Nº 05      Turma: 3° D   Turno: Noturno

Disciplina: Língua Portuguesa   Professora: Elisangela
       Escola Estadual Dona Consuelo Muller
Introdução
 Nesse trabalho buscamos mostrar algumas das
 alterações na língua portuguesa que ocorreram com o
 novo acordo ortográfico entre os países que tem como
 língua oficial o português, para uma uniformização da
 mesma. Esse acordo passou ter validade a partir de 1 de
 janeiro de 2009.
Contexto
O novo acordo ortográfico entre os países que fazem
 parte da CLP (Comunidade de países de língua
 portuguesa) passou a valer em 1 de janeiro de 2009.
 Esse acordo aconteceu para que a língua portuguesa
 possa se uniformizar, ou seja, passe a ser iguais em
 todos os países que a tem como idioma oficial. Os
 países que aderiram a esse acordo são:
 Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São
 Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal.
Acentuação
Uma das mudanças ocorridas com esse acordo foram na
 acentuação. Entre as mudanças na acentuação estão:

1- Acentuam-se as oxítonas terminadas em “A”, “E”, “O”, seguidas
   ou não de “S”, inclusive as formas verbais quando seguidas
   de “LO(s)” ou “LA(s)”. Também recebem acento as oxítonas
   terminadas em ditongos abertos, como “ÉI”, “ÉU”, “ÓI”, seguidos
   ou não de “S”
Ex. “chá”, “mês” e “nós”

-não acentuamos oxítonas terminadas em “I” ou “U”, a não ser que
  seja um caso de hiato.
Ex. “baú”, “aí”, “Esaú” e “atraí-lo”
2- Acentuamos as palavras paroxítonas quando terminadas
  em:
 L – fácil, cônsul.           N – pólen, abdômen.
 R – câncer, caráter.        X – tórax, látex.
 PS – bíceps.                Ã(S) – ímã, órfãs.
 ÃO(S) – órgão, bênção.      I(S) –táxi, lápis, grátis.
 ON(S) –próton, elétrons.    UM(S) – álbum, fórum.
 US –bônus, vírus, Vênus.

 Também acentuamos as paroxítonas terminadas em ditongos
  crescentes (semivogal+vogal):
  Névoa, infância, férias, lírio.

3- Todas as proparoxítonas são acentuadas.

 Ex. México, música, mágico, lâmpada.
4- Acentuamos as vogais “I” e “U” dos hiatos, quando formarem
  sílabas sozinhos ou com “S”:
 Ex. Ju-í-zo, Lu-ís, ca-fe-í-na, ra-í-zes, sa-í-da, e-go-ís-ta.

5- Trema:
   Não se usa mais o trema em palavras da língua portuguesa. Ele só vai
   permanecer em nomes próprios e seus derivados, de origem
   estrangeira, como Bündchen, Müller. (neste caso, o “ü” lê-se “i”)
6- Acento Diferencial:
 O acento diferencial permanece nas palavras:
 pôde (passado), pode (presente) e pôr (verbo), por (preposição)

 Nas formas verbais, cuja finalidade é determinar se a 3ª pessoa do verbo
  está no singular ou plural:
   SINGULAR          PLURAL
 Ele tem          Eles têm
 Ele vem          Eles vêm

 Essa regra se aplica a todos os verbos derivados de “ter” e “vir”, como:
  conter, manter, intervir, deter, sobrevir, reter, etc.
Uso do Hífen
 Emprega-se o hífen:
 1. Nas formações em que o prefixo tem como segundo termo uma
  palavra iniciada por h: sub-hepático, geo-história, etc.

  2. Nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina na mesma
  vogal do segundo elemento: micro-ondas, eletro-ótica, etc.
 Não se emprega o hífen:

  1. Nas formações em que o prefixo ou falso prefixo termina em vogal e
  o segundo termo inicia-se em r ou s. Nesse caso, passa-se a duplicar
  estas consoantes: antirreligioso,infrassom, etc.

  2. Nas constituições em que o prefixo ou pseudoprefixo termina em
  vogal e o segundo termo inicia-se com vogal diferente:
  antiaéreo, extraescolar, coeducação, autoestrada, etc.
•3. Nas formações, em geral, que contêm os prefixos des- e in- e o
segundo elemento perdeu o h inicial:
Ex. desumano, inábil, desabilitar, etc.
4. Nas formações com o prefixo co-, mesmo quando o segundo
elemento começar com o:
Ex.
cooperação, coobrigação, coordenar, coocupante, coautor, coedição, coe
xistir, etc.
5. Em certas palavras que com o uso adquiriram noção de composição:
Ex. pontapé, girassol, paraquedas, paraquedista, etc.
6. Em alguns compostos com o advérbio “bem”:
Ex. benfeito, benquerer etc.
Conclusão
 O trabalho mostrou algumas das principais regras
 alteradas com a criação do acordo ortográfico, com
 essas mudanças a língua portuguesa fica cada vez mais
 uniforme. Entretanto é importante lembrar que essas
 regras se aplicam exclusivamente a escrita e não a
 pronúncia dos países que aceitaram essas alterações.
Bibliografia
 http://www.infoescola.com/acordo-ortografico
 Dia 24/03/2013 9:50

 http://www.brasilescola.com/acordo-ortografico/hifen-o-que-
    mudou.htm
   Dia 24/03/2013 9:58
   http://hbn.multimeios.ufc.br/moodlepg/file.php/1/publicacoes/
    acordo-ortografico.pdf
   Dia 24/03/2013 10:06
   http://www.abril.com.br/reforma-ortografica/
   Dia 24/03/2013 9:47

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Novoacordoortogrfico 140616083923-phpapp02
Novoacordoortogrfico 140616083923-phpapp02Novoacordoortogrfico 140616083923-phpapp02
Novoacordoortogrfico 140616083923-phpapp02
carlajoana
 
Novo acordo ortografico
Novo acordo ortograficoNovo acordo ortografico
Novo acordo ortografico
Flávio Ferreira
 
Nova ortografia
Nova ortografiaNova ortografia
Nova ortografia
hlemmur
 
Acordo ortografico
Acordo ortograficoAcordo ortografico
Acordo ortografico
Kamilla Borges
 
Slides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoSlides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFico
Flaviacristina74
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
Escola Municipal
 
Nova ortografia do português
Nova ortografia do portuguêsNova ortografia do português
Nova ortografia do português
luizcarmo
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
Cristiana Lameiras
 
Novo acordo ortográfico
Novo acordo ortográficoNovo acordo ortográfico
Novo acordo ortográfico
Ramilson Saldanha
 
Acentuação
AcentuaçãoAcentuação
Acentuação
António Pires
 
Reforma ortografica decreto 6583 2009
Reforma ortografica decreto 6583 2009Reforma ortografica decreto 6583 2009
Reforma ortografica decreto 6583 2009
familiaestagio
 
Acentuação tônica
Acentuação tônicaAcentuação tônica
Acentuação tônica
Tim Bagatelas
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
Leonardo Barbosa Alves
 
Novaortografiadalnguaportuguesaverso2003 100725183109-phpapp01
Novaortografiadalnguaportuguesaverso2003 100725183109-phpapp01Novaortografiadalnguaportuguesaverso2003 100725183109-phpapp01
Novaortografiadalnguaportuguesaverso2003 100725183109-phpapp01
Kellecampos Kelle Campos
 
Acentuação grafica
Acentuação graficaAcentuação grafica
Acentuação grafica
CandidoCalazans
 
Acordo Ortografico
Acordo OrtograficoAcordo Ortografico
Acordo Ortografico
emirene
 
Novo acordo ortografico da lingua portuguesa concluido
Novo acordo ortografico da lingua portuguesa concluidoNovo acordo ortografico da lingua portuguesa concluido
Novo acordo ortografico da lingua portuguesa concluido
RossySchramm
 
Acentuação gráfica andréa
Acentuação gráfica andréaAcentuação gráfica andréa
Acentuação gráfica andréa
Andréa Calazans
 

Mais procurados (18)

Novoacordoortogrfico 140616083923-phpapp02
Novoacordoortogrfico 140616083923-phpapp02Novoacordoortogrfico 140616083923-phpapp02
Novoacordoortogrfico 140616083923-phpapp02
 
Novo acordo ortografico
Novo acordo ortograficoNovo acordo ortografico
Novo acordo ortografico
 
Nova ortografia
Nova ortografiaNova ortografia
Nova ortografia
 
Acordo ortografico
Acordo ortograficoAcordo ortografico
Acordo ortografico
 
Slides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoSlides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFico
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
 
Nova ortografia do português
Nova ortografia do portuguêsNova ortografia do português
Nova ortografia do português
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Novo acordo ortográfico
Novo acordo ortográficoNovo acordo ortográfico
Novo acordo ortográfico
 
Acentuação
AcentuaçãoAcentuação
Acentuação
 
Reforma ortografica decreto 6583 2009
Reforma ortografica decreto 6583 2009Reforma ortografica decreto 6583 2009
Reforma ortografica decreto 6583 2009
 
Acentuação tônica
Acentuação tônicaAcentuação tônica
Acentuação tônica
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
 
Novaortografiadalnguaportuguesaverso2003 100725183109-phpapp01
Novaortografiadalnguaportuguesaverso2003 100725183109-phpapp01Novaortografiadalnguaportuguesaverso2003 100725183109-phpapp01
Novaortografiadalnguaportuguesaverso2003 100725183109-phpapp01
 
Acentuação grafica
Acentuação graficaAcentuação grafica
Acentuação grafica
 
Acordo Ortografico
Acordo OrtograficoAcordo Ortografico
Acordo Ortografico
 
Novo acordo ortografico da lingua portuguesa concluido
Novo acordo ortografico da lingua portuguesa concluidoNovo acordo ortografico da lingua portuguesa concluido
Novo acordo ortografico da lingua portuguesa concluido
 
Acentuação gráfica andréa
Acentuação gráfica andréaAcentuação gráfica andréa
Acentuação gráfica andréa
 

Destaque

Acordo ortográfico (1)
Acordo ortográfico (1)Acordo ortográfico (1)
Acordo ortográfico
Acordo ortográficoAcordo ortográfico
Acordo ortográfico
Susana Figueiredo
 
Figuras de linguagem 1° ano do ensino medio escola E.E.B giardini luiz lenzi
Figuras de linguagem 1° ano do ensino medio escola E.E.B giardini luiz lenziFiguras de linguagem 1° ano do ensino medio escola E.E.B giardini luiz lenzi
Figuras de linguagem 1° ano do ensino medio escola E.E.B giardini luiz lenzi
José Janicki
 
Sinais gráficos da Ortografia
Sinais gráficos da OrtografiaSinais gráficos da Ortografia
Sinais gráficos da Ortografia
leticiamarquesbonetto
 
Pontuação e regras de acentuação gráfica
Pontuação e regras de acentuação gráficaPontuação e regras de acentuação gráfica
Pontuação e regras de acentuação gráfica
Wlademyr Alves
 
Elementos da comunicação e funções da linguagem
Elementos da comunicação e funções da linguagemElementos da comunicação e funções da linguagem
Elementos da comunicação e funções da linguagem
Quezia Neves
 

Destaque (6)

Acordo ortográfico (1)
Acordo ortográfico (1)Acordo ortográfico (1)
Acordo ortográfico (1)
 
Acordo ortográfico
Acordo ortográficoAcordo ortográfico
Acordo ortográfico
 
Figuras de linguagem 1° ano do ensino medio escola E.E.B giardini luiz lenzi
Figuras de linguagem 1° ano do ensino medio escola E.E.B giardini luiz lenziFiguras de linguagem 1° ano do ensino medio escola E.E.B giardini luiz lenzi
Figuras de linguagem 1° ano do ensino medio escola E.E.B giardini luiz lenzi
 
Sinais gráficos da Ortografia
Sinais gráficos da OrtografiaSinais gráficos da Ortografia
Sinais gráficos da Ortografia
 
Pontuação e regras de acentuação gráfica
Pontuação e regras de acentuação gráficaPontuação e regras de acentuação gráfica
Pontuação e regras de acentuação gráfica
 
Elementos da comunicação e funções da linguagem
Elementos da comunicação e funções da linguagemElementos da comunicação e funções da linguagem
Elementos da comunicação e funções da linguagem
 

Semelhante a Nova ortografia 3 D Noturno

Novas regras de acentuação
Novas regras de acentuaçãoNovas regras de acentuação
Novas regras de acentuação
Juarez Filho
 
apostila alfacon de portugues para concursos
apostila alfacon de portugues para concursosapostila alfacon de portugues para concursos
apostila alfacon de portugues para concursos
Giselle Braz
 
Reforma ortográfica adalzira
Reforma ortográfica  adalziraReforma ortográfica  adalzira
Reforma ortográfica adalzira
Adalziraaguinafabiana
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
Adalziraaguinafabiana
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
mfmpafatima
 
Oficina ana
Oficina anaOficina ana
Oficina ana
Ana Cristina sousa
 
Natacha
NatachaNatacha
Natacha
Natacha Penha
 
Natacha
NatachaNatacha
Natacha
Natacha Penha
 
Meninas
MeninasMeninas
Meninas
Natacha Penha
 
Novo acordo
Novo acordoNovo acordo
Novo acordo
Amelia Barros
 
Novo Acordo Ortográfico
Novo Acordo OrtográficoNovo Acordo Ortográfico
Novo Acordo Ortográfico
Escolanelda
 
Mudanças no alfabeto
Mudanças no alfabetoMudanças no alfabeto
Mudanças no alfabeto
Jorgelgl
 
Regras ortograficas (1)
Regras ortograficas (1)Regras ortograficas (1)
Regras ortograficas (1)
Sonia Beth
 
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesaApresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
robioprof
 
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesaApresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
robioprof
 
Reforma ortografica[1]
Reforma ortografica[1]Reforma ortografica[1]
Reforma ortografica[1]
Sandro Az
 
Acordoortografico
AcordoortograficoAcordoortografico
Acordoortografico
marisafr
 
Acordo ortográficxo
Acordo ortográficxoAcordo ortográficxo
Novo acordo ortografico 1
Novo acordo ortografico 1Novo acordo ortografico 1
Novo acordo ortografico 1
Prof. Sonia Santana
 
Apresentação nova ortografia
Apresentação nova ortografiaApresentação nova ortografia
Apresentação nova ortografia
Bianca Dias
 

Semelhante a Nova ortografia 3 D Noturno (20)

Novas regras de acentuação
Novas regras de acentuaçãoNovas regras de acentuação
Novas regras de acentuação
 
apostila alfacon de portugues para concursos
apostila alfacon de portugues para concursosapostila alfacon de portugues para concursos
apostila alfacon de portugues para concursos
 
Reforma ortográfica adalzira
Reforma ortográfica  adalziraReforma ortográfica  adalzira
Reforma ortográfica adalzira
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
 
Oficina ana
Oficina anaOficina ana
Oficina ana
 
Natacha
NatachaNatacha
Natacha
 
Natacha
NatachaNatacha
Natacha
 
Meninas
MeninasMeninas
Meninas
 
Novo acordo
Novo acordoNovo acordo
Novo acordo
 
Novo Acordo Ortográfico
Novo Acordo OrtográficoNovo Acordo Ortográfico
Novo Acordo Ortográfico
 
Mudanças no alfabeto
Mudanças no alfabetoMudanças no alfabeto
Mudanças no alfabeto
 
Regras ortograficas (1)
Regras ortograficas (1)Regras ortograficas (1)
Regras ortograficas (1)
 
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesaApresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
 
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesaApresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
Apresentaçao acordo ortográfico da língua portuguesa
 
Reforma ortografica[1]
Reforma ortografica[1]Reforma ortografica[1]
Reforma ortografica[1]
 
Acordoortografico
AcordoortograficoAcordoortografico
Acordoortografico
 
Acordo ortográficxo
Acordo ortográficxoAcordo ortográficxo
Acordo ortográficxo
 
Novo acordo ortografico 1
Novo acordo ortografico 1Novo acordo ortografico 1
Novo acordo ortografico 1
 
Apresentação nova ortografia
Apresentação nova ortografiaApresentação nova ortografia
Apresentação nova ortografia
 

Último

3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 

Nova ortografia 3 D Noturno

  • 1. Campo Grande, Março de 2013 Aluno: Carlos André Nº 05 Turma: 3° D Turno: Noturno Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Elisangela Escola Estadual Dona Consuelo Muller
  • 2. Introdução  Nesse trabalho buscamos mostrar algumas das alterações na língua portuguesa que ocorreram com o novo acordo ortográfico entre os países que tem como língua oficial o português, para uma uniformização da mesma. Esse acordo passou ter validade a partir de 1 de janeiro de 2009.
  • 3. Contexto O novo acordo ortográfico entre os países que fazem parte da CLP (Comunidade de países de língua portuguesa) passou a valer em 1 de janeiro de 2009. Esse acordo aconteceu para que a língua portuguesa possa se uniformizar, ou seja, passe a ser iguais em todos os países que a tem como idioma oficial. Os países que aderiram a esse acordo são: Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal.
  • 4. Acentuação Uma das mudanças ocorridas com esse acordo foram na acentuação. Entre as mudanças na acentuação estão: 1- Acentuam-se as oxítonas terminadas em “A”, “E”, “O”, seguidas ou não de “S”, inclusive as formas verbais quando seguidas de “LO(s)” ou “LA(s)”. Também recebem acento as oxítonas terminadas em ditongos abertos, como “ÉI”, “ÉU”, “ÓI”, seguidos ou não de “S” Ex. “chá”, “mês” e “nós” -não acentuamos oxítonas terminadas em “I” ou “U”, a não ser que seja um caso de hiato. Ex. “baú”, “aí”, “Esaú” e “atraí-lo”
  • 5. 2- Acentuamos as palavras paroxítonas quando terminadas em:  L – fácil, cônsul. N – pólen, abdômen.  R – câncer, caráter. X – tórax, látex.  PS – bíceps. Ã(S) – ímã, órfãs.  ÃO(S) – órgão, bênção. I(S) –táxi, lápis, grátis.  ON(S) –próton, elétrons. UM(S) – álbum, fórum.  US –bônus, vírus, Vênus.  Também acentuamos as paroxítonas terminadas em ditongos crescentes (semivogal+vogal): Névoa, infância, férias, lírio. 3- Todas as proparoxítonas são acentuadas.  Ex. México, música, mágico, lâmpada.
  • 6. 4- Acentuamos as vogais “I” e “U” dos hiatos, quando formarem sílabas sozinhos ou com “S”:  Ex. Ju-í-zo, Lu-ís, ca-fe-í-na, ra-í-zes, sa-í-da, e-go-ís-ta. 5- Trema: Não se usa mais o trema em palavras da língua portuguesa. Ele só vai permanecer em nomes próprios e seus derivados, de origem estrangeira, como Bündchen, Müller. (neste caso, o “ü” lê-se “i”) 6- Acento Diferencial:  O acento diferencial permanece nas palavras:  pôde (passado), pode (presente) e pôr (verbo), por (preposição)  Nas formas verbais, cuja finalidade é determinar se a 3ª pessoa do verbo está no singular ou plural: SINGULAR PLURAL  Ele tem Eles têm  Ele vem Eles vêm  Essa regra se aplica a todos os verbos derivados de “ter” e “vir”, como: conter, manter, intervir, deter, sobrevir, reter, etc.
  • 7. Uso do Hífen  Emprega-se o hífen:  1. Nas formações em que o prefixo tem como segundo termo uma palavra iniciada por h: sub-hepático, geo-história, etc. 2. Nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina na mesma vogal do segundo elemento: micro-ondas, eletro-ótica, etc.  Não se emprega o hífen: 1. Nas formações em que o prefixo ou falso prefixo termina em vogal e o segundo termo inicia-se em r ou s. Nesse caso, passa-se a duplicar estas consoantes: antirreligioso,infrassom, etc. 2. Nas constituições em que o prefixo ou pseudoprefixo termina em vogal e o segundo termo inicia-se com vogal diferente: antiaéreo, extraescolar, coeducação, autoestrada, etc.
  • 8. •3. Nas formações, em geral, que contêm os prefixos des- e in- e o segundo elemento perdeu o h inicial: Ex. desumano, inábil, desabilitar, etc. 4. Nas formações com o prefixo co-, mesmo quando o segundo elemento começar com o: Ex. cooperação, coobrigação, coordenar, coocupante, coautor, coedição, coe xistir, etc. 5. Em certas palavras que com o uso adquiriram noção de composição: Ex. pontapé, girassol, paraquedas, paraquedista, etc. 6. Em alguns compostos com o advérbio “bem”: Ex. benfeito, benquerer etc.
  • 9. Conclusão  O trabalho mostrou algumas das principais regras alteradas com a criação do acordo ortográfico, com essas mudanças a língua portuguesa fica cada vez mais uniforme. Entretanto é importante lembrar que essas regras se aplicam exclusivamente a escrita e não a pronúncia dos países que aceitaram essas alterações.
  • 10. Bibliografia  http://www.infoescola.com/acordo-ortografico  Dia 24/03/2013 9:50  http://www.brasilescola.com/acordo-ortografico/hifen-o-que- mudou.htm  Dia 24/03/2013 9:58  http://hbn.multimeios.ufc.br/moodlepg/file.php/1/publicacoes/ acordo-ortografico.pdf  Dia 24/03/2013 10:06  http://www.abril.com.br/reforma-ortografica/  Dia 24/03/2013 9:47