SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Básica 2º e 3º ciclos de Campo de Besteiros História 2008/2009
Trabalho elaborado por: Jéssica  Figueiredo 9ºA Nº7 João Costa 9ºA Nº8 Sarah Diogo 9ºA Nº18 Tânia Gonçalves 9ºA Nº19 Verónica Costa  9ºA Nº 20
Introdução Neste trabalho vamos falar sobre o Nazismo, o que nos levou a fazer uma pesquisa não só sobre este regime político, como também pela vida do seu representante, Hitler. Este trabalho vai conter informação sobre os  problemas e as vantagens do nazismo e sobre os seus ideais.
Instauração da República de Weimar Muitas dificuldades Cláusulas do Tratado de Versalhes Crise económica Ocupação da região alemã pelos franceses Desemprego Inflação Instabilidade social Situação da Alemanha
O nazismo  Este partido, baseava-se nos ideais do fascismo (implementado em Itália por Mussolini), que se caracterizava por ser uma ditadura totalitária e imperialista. Este regime governou a Alemanha entre os anos de 1933 a 1945. O governo não sabia como solucionar os problemas com que o país se encontrava, por isso começaram a surgir novos partidos políticos, que apresentavam soluções para a crise. Um dos partidos que surgiu foi o Partido Nacional Socialista Dos Trabalhadores Alemães, o Partido Nazi, chefiado por Adolf Hitler.
Hitler, não ascendeu logo ao poder, pois quando fez a sua primeira tentativa foi preso, e foi durante o tempo que esteve preso que  escreveu o seu famoso livro Mein Kampf (1924), a obra onde se encontravam as suas ideias ideológicas. Com o agravamento da crise o Partido Nazi teve cada vez mais apoiantes, e em 1933 Hitler foi nomeado Chanceler  da Alemanha, onde impôs um regime ditatorial. A ascensão de Hitler ao poder
Hitler Adolf Hitler 20 de Abril de 1889
As ideias Nazis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Para ajudar a criar um Estado totalitário Para educar os jovens P ara divulgar as ideias deste regime politico P ara controlar a comunicação social
Caracterização deste período A nível social, as pessoas sentiam-se oprimidas, aterrorizadas e revoltadas, para com o regime de ditadura e pela falta de liberdade de expressão. A nível económico, este período ficou conhecido por uma prosperidade económica, devido ao maior controlo na bolsa e das empresas nacionais.
Quando se fala no nazismo, um facto que é realçado de imediato é o ódio e a discriminação dos judeus e dos ciganos, que eram perseguidos e enviados para campos de concentração, onde eram torturados. A Tortura dos Judeus
Campo de concentração de Auschwitz/ Birkenau Local onde eram aprisionados e torturados os judeus e ciganos.
Fornalha de um dos campos de concentração onde eram queimados os judeus, após torturados.
Problemas deste regime político Este  regime político, apesar de ter ajudado a equilibrar a economia do país, contribuiu para a infelicidade e revolta da população, pois foram violados os direitos humanos. As pessoas estavam aterrorizadas, pois, caso tivessem uma maneira de pensar diferente não se podiam expressar, pois se o fizessem, seriam perseguidos e torturados. Por estes motivos as pessoas não se sentiam seguras nem felizes.
Conclusão Com a realização deste trabalho, ficámos a conhecer melhor o nazismo e a compreende-lo. Conseguimos concluir que este regime teve as suas vantagens, como colocar o país numa melhor situação económica, e as suas desvantagens, como o descontentamento e o terror da população.
Webgrafia/Bibliografia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Rui Neto
 
CaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do NazismoCaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do Nazismo
Sílvia Mendonça
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Barbara Brito
 
Nazismo
NazismoNazismo
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
Creusa Lima
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
Fatima Freitas
 
O Estado novo
O Estado novoO Estado novo
O Estado novo
carol slides
 
As opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IAAs opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IA
Carlos Vieira
 
O nazismo[1]
O nazismo[1]O nazismo[1]
O nazismo[1]
Ana Barreiros
 
Surgimento e Expansão do Fascismo
Surgimento e Expansão do FascismoSurgimento e Expansão do Fascismo
Surgimento e Expansão do Fascismo
Lorena Lara
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
Rui Neto
 
O Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das DitadurasO Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das Ditaduras
Rainha Maga
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Isaquel Silva
 
Estado Novo 1
Estado Novo 1Estado Novo 1
Estado Novo 1
Susana Simões
 
Propaganda Nazi
Propaganda NaziPropaganda Nazi
Propaganda Nazi
Carlos Vieira
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Fabiana Tonsis
 
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoHistória Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
Rafael Lucas da Silva
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
Priscila Azeredo
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
Douglas Barraqui
 
Holocausto (Miguel Salgueiro Meira)
Holocausto   (Miguel Salgueiro Meira)Holocausto   (Miguel Salgueiro Meira)
Holocausto (Miguel Salgueiro Meira)
miguelsalgueiromeira
 

Mais procurados (20)

O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
CaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do NazismoCaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do Nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
O Estado novo
O Estado novoO Estado novo
O Estado novo
 
As opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IAAs opções totalitárias - IA
As opções totalitárias - IA
 
O nazismo[1]
O nazismo[1]O nazismo[1]
O nazismo[1]
 
Surgimento e Expansão do Fascismo
Surgimento e Expansão do FascismoSurgimento e Expansão do Fascismo
Surgimento e Expansão do Fascismo
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
 
O Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das DitadurasO Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das Ditaduras
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Estado Novo 1
Estado Novo 1Estado Novo 1
Estado Novo 1
 
Propaganda Nazi
Propaganda NaziPropaganda Nazi
Propaganda Nazi
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoHistória Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Holocausto (Miguel Salgueiro Meira)
Holocausto   (Miguel Salgueiro Meira)Holocausto   (Miguel Salgueiro Meira)
Holocausto (Miguel Salgueiro Meira)
 

Destaque

Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
Susana Simões
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Rainha Maga
 
Hitler e o nazismo[1]
Hitler e o nazismo[1]Hitler e o nazismo[1]
Hitler e o nazismo[1]
Ana Barreiros
 
O Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o NazismoO Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o Nazismo
_7udy_
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Maria Gomes
 
A Era Estalinista
A Era EstalinistaA Era Estalinista
A Era Estalinista
Rainha Maga
 
Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
Isabel Aguiar
 
O Nazismo AlemãO
O Nazismo AlemãOO Nazismo AlemãO
O Nazismo AlemãO
luisant
 
Período entre guerras
Período entre guerrasPeríodo entre guerras
Período entre guerras
ailguitar
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Munis Pedro
 
Roteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
Roteiro de Aula - Fascismo e NazismoRoteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
Roteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
josafaslima
 
O Egipto
O EgiptoO Egipto
O Egipto
Ana Batista
 
Uma viagem pelo Egipto
Uma viagem pelo EgiptoUma viagem pelo Egipto
Uma viagem pelo Egipto
Ana Batista
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
Jorge Almeida
 
Ditadura ao Lula
Ditadura ao LulaDitadura ao Lula
Ditadura ao Lula
Barao do Pirapora
 
O Egipto Antigo
O Egipto AntigoO Egipto Antigo
O Egipto Antigo
Ana Batista
 
As Correntes Artísticas dos Anos 20 Mila
As Correntes Artísticas dos Anos 20 MilaAs Correntes Artísticas dos Anos 20 Mila
As Correntes Artísticas dos Anos 20 Mila
Ana Batista
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
Barao do Pirapora
 
Vidaquotidiana Campo
Vidaquotidiana CampoVidaquotidiana Campo
Vidaquotidiana Campo
Ana Batista
 

Destaque (20)

Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Hitler e o nazismo[1]
Hitler e o nazismo[1]Hitler e o nazismo[1]
Hitler e o nazismo[1]
 
O Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o NazismoO Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o Nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
A Era Estalinista
A Era EstalinistaA Era Estalinista
A Era Estalinista
 
Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
 
O Nazismo AlemãO
O Nazismo AlemãOO Nazismo AlemãO
O Nazismo AlemãO
 
Período entre guerras
Período entre guerrasPeríodo entre guerras
Período entre guerras
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Roteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
Roteiro de Aula - Fascismo e NazismoRoteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
Roteiro de Aula - Fascismo e Nazismo
 
O Egipto
O EgiptoO Egipto
O Egipto
 
Uma viagem pelo Egipto
Uma viagem pelo EgiptoUma viagem pelo Egipto
Uma viagem pelo Egipto
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Ditadura ao Lula
Ditadura ao LulaDitadura ao Lula
Ditadura ao Lula
 
O Egipto Antigo
O Egipto AntigoO Egipto Antigo
O Egipto Antigo
 
As Correntes Artísticas dos Anos 20 Mila
As Correntes Artísticas dos Anos 20 MilaAs Correntes Artísticas dos Anos 20 Mila
As Correntes Artísticas dos Anos 20 Mila
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
 
Vidaquotidiana Campo
Vidaquotidiana CampoVidaquotidiana Campo
Vidaquotidiana Campo
 

Semelhante a Nazismo

Dtrabalhosdosalunos2008 09nazismo-hitler-090421194702-phpapp01
Dtrabalhosdosalunos2008 09nazismo-hitler-090421194702-phpapp01Dtrabalhosdosalunos2008 09nazismo-hitler-090421194702-phpapp01
Dtrabalhosdosalunos2008 09nazismo-hitler-090421194702-phpapp01
Gerson Fuyuki
 
16220
1622016220
16220
Pelo Siro
 
A alemanha hitleriana
A alemanha hitlerianaA alemanha hitleriana
A alemanha hitleriana
FranciscaVasconcelos
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Jorge Almeida
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
Adail Silva
 
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1   regimes totalitarismosSit 4 vol 1   regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
AprendendoHistoriacomNemeis
 
Trabalho de hist 2ª guerr a
Trabalho de hist 2ª guerr aTrabalho de hist 2ª guerr a
Trabalho de hist 2ª guerr a
Atividades Diversas Cláudia
 
Trabalho de hist 2ª guerr a
Trabalho de hist 2ª guerr aTrabalho de hist 2ª guerr a
Trabalho de hist 2ª guerr a
Atividades Diversas Cláudia
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
aygres
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Trabalho realizado em história
Trabalho realizado em históriaTrabalho realizado em história
Trabalho realizado em história
FIREFIGHT
 
Nazismo
NazismoNazismo
Hitler
HitlerHitler
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
jbmaxdesigner
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
Робертта Чиба
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
Робертта Чиба
 
Ativ 7 emiliana
Ativ 7 emilianaAtiv 7 emiliana
Ativ 7 emiliana
em casa
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Lú Carvalho
 
Comentário ao nazismo
Comentário ao nazismoComentário ao nazismo
Comentário ao nazismo
luiscontente
 

Semelhante a Nazismo (20)

Dtrabalhosdosalunos2008 09nazismo-hitler-090421194702-phpapp01
Dtrabalhosdosalunos2008 09nazismo-hitler-090421194702-phpapp01Dtrabalhosdosalunos2008 09nazismo-hitler-090421194702-phpapp01
Dtrabalhosdosalunos2008 09nazismo-hitler-090421194702-phpapp01
 
16220
1622016220
16220
 
A alemanha hitleriana
A alemanha hitlerianaA alemanha hitleriana
A alemanha hitleriana
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
 
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1   regimes totalitarismosSit 4 vol 1   regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
 
Trabalho de hist 2ª guerr a
Trabalho de hist 2ª guerr aTrabalho de hist 2ª guerr a
Trabalho de hist 2ª guerr a
 
Trabalho de hist 2ª guerr a
Trabalho de hist 2ª guerr aTrabalho de hist 2ª guerr a
Trabalho de hist 2ª guerr a
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Totalitarios
 
Trabalho realizado em história
Trabalho realizado em históriaTrabalho realizado em história
Trabalho realizado em história
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Hitler
HitlerHitler
Hitler
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 
Ativ 7 emiliana
Ativ 7 emilianaAtiv 7 emiliana
Ativ 7 emiliana
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Comentário ao nazismo
Comentário ao nazismoComentário ao nazismo
Comentário ao nazismo
 

Mais de Jorge Almeida

Guerra fria 1
Guerra fria 1Guerra fria 1
Guerra fria 1
Jorge Almeida
 
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Jorge Almeida
 
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Jorge Almeida
 
Salazar e o estado novo
Salazar e o estado novoSalazar e o estado novo
Salazar e o estado novo
Jorge Almeida
 
Exposição visitai viseu
Exposição visitai viseuExposição visitai viseu
Exposição visitai viseu
Jorge Almeida
 
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abrilExposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Jorge Almeida
 
Tertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abrilTertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abril
Jorge Almeida
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2
Jorge Almeida
 
O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]
Jorge Almeida
 
Iª república
Iª repúblicaIª república
Iª república
Jorge Almeida
 
Guerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevistaGuerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevista
Jorge Almeida
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
Jorge Almeida
 
A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
Jorge Almeida
 
A 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgpA 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgp
Jorge Almeida
 
25 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 325 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 3
Jorge Almeida
 
Trabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaTrabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pca
Jorge Almeida
 
Salamanca
SalamancaSalamanca
Salamanca
Jorge Almeida
 
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Jorge Almeida
 
Visita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaVisita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz Côa
Jorge Almeida
 
Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11
Jorge Almeida
 

Mais de Jorge Almeida (20)

Guerra fria 1
Guerra fria 1Guerra fria 1
Guerra fria 1
 
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
 
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
 
Salazar e o estado novo
Salazar e o estado novoSalazar e o estado novo
Salazar e o estado novo
 
Exposição visitai viseu
Exposição visitai viseuExposição visitai viseu
Exposição visitai viseu
 
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abrilExposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
 
Tertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abrilTertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abril
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2
 
O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]
 
Iª república
Iª repúblicaIª república
Iª república
 
Guerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevistaGuerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevista
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
 
A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
 
A 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgpA 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgp
 
25 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 325 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 3
 
Trabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaTrabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pca
 
Salamanca
SalamancaSalamanca
Salamanca
 
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
 
Visita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaVisita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz Côa
 
Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11
 

Último

Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 

Último (20)

Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 

Nazismo

  • 1. Escola Básica 2º e 3º ciclos de Campo de Besteiros História 2008/2009
  • 2. Trabalho elaborado por: Jéssica Figueiredo 9ºA Nº7 João Costa 9ºA Nº8 Sarah Diogo 9ºA Nº18 Tânia Gonçalves 9ºA Nº19 Verónica Costa 9ºA Nº 20
  • 3. Introdução Neste trabalho vamos falar sobre o Nazismo, o que nos levou a fazer uma pesquisa não só sobre este regime político, como também pela vida do seu representante, Hitler. Este trabalho vai conter informação sobre os problemas e as vantagens do nazismo e sobre os seus ideais.
  • 4. Instauração da República de Weimar Muitas dificuldades Cláusulas do Tratado de Versalhes Crise económica Ocupação da região alemã pelos franceses Desemprego Inflação Instabilidade social Situação da Alemanha
  • 5. O nazismo Este partido, baseava-se nos ideais do fascismo (implementado em Itália por Mussolini), que se caracterizava por ser uma ditadura totalitária e imperialista. Este regime governou a Alemanha entre os anos de 1933 a 1945. O governo não sabia como solucionar os problemas com que o país se encontrava, por isso começaram a surgir novos partidos políticos, que apresentavam soluções para a crise. Um dos partidos que surgiu foi o Partido Nacional Socialista Dos Trabalhadores Alemães, o Partido Nazi, chefiado por Adolf Hitler.
  • 6. Hitler, não ascendeu logo ao poder, pois quando fez a sua primeira tentativa foi preso, e foi durante o tempo que esteve preso que escreveu o seu famoso livro Mein Kampf (1924), a obra onde se encontravam as suas ideias ideológicas. Com o agravamento da crise o Partido Nazi teve cada vez mais apoiantes, e em 1933 Hitler foi nomeado Chanceler da Alemanha, onde impôs um regime ditatorial. A ascensão de Hitler ao poder
  • 7. Hitler Adolf Hitler 20 de Abril de 1889
  • 8.
  • 9.
  • 10. Caracterização deste período A nível social, as pessoas sentiam-se oprimidas, aterrorizadas e revoltadas, para com o regime de ditadura e pela falta de liberdade de expressão. A nível económico, este período ficou conhecido por uma prosperidade económica, devido ao maior controlo na bolsa e das empresas nacionais.
  • 11. Quando se fala no nazismo, um facto que é realçado de imediato é o ódio e a discriminação dos judeus e dos ciganos, que eram perseguidos e enviados para campos de concentração, onde eram torturados. A Tortura dos Judeus
  • 12. Campo de concentração de Auschwitz/ Birkenau Local onde eram aprisionados e torturados os judeus e ciganos.
  • 13. Fornalha de um dos campos de concentração onde eram queimados os judeus, após torturados.
  • 14. Problemas deste regime político Este regime político, apesar de ter ajudado a equilibrar a economia do país, contribuiu para a infelicidade e revolta da população, pois foram violados os direitos humanos. As pessoas estavam aterrorizadas, pois, caso tivessem uma maneira de pensar diferente não se podiam expressar, pois se o fizessem, seriam perseguidos e torturados. Por estes motivos as pessoas não se sentiam seguras nem felizes.
  • 15. Conclusão Com a realização deste trabalho, ficámos a conhecer melhor o nazismo e a compreende-lo. Conseguimos concluir que este regime teve as suas vantagens, como colocar o país numa melhor situação económica, e as suas desvantagens, como o descontentamento e o terror da população.
  • 16.
  • 17.