SlideShare uma empresa Scribd logo
Câmara Paulista de Compensação de Emissões Atmosféricas – CPCEA
                                                                             www.cpcea.com.br



É momento de creditar emissões

“A era da procrastinação, das meias medidas, dos expedientes que acalmam e
confundem, a era dos adiamentos está chegando ao fim. No seu lugar, estamos
entrando na era das conseqüências.”
                                                    (Winston Churchill, 1936)

                                                              Por Fabrício Dorado Soler

A vanguarda do Estado de São Paulo na elaboração de normas ambientais mais uma vez
veio à tona e o empresariado paulista já deveria estar atento à evolução dos marcos
legais de proteção do meio ambiente, especialmente de gerenciamento da qualidade do
ar.

Desta vez, tratamos do Decreto de Bacias Aéreas (nº 50.753, de 28/04/06), cuja
concepção está fundamentada em ação estatal acautelatória em prol da sociedade
paulista, visto os altos índices de poluição atmosférica e, por conseqüência, o
comprometimento da qualidade de vida da população, o que tem criado hábitos
desagradáveis, a exemplo da crescente freqüência aos centros clínicos respiratórios.

De forma ousada e pioneira, o governo optou pela modernização do sistema de gestão
ambiental, com adoção de mecanismos de mercado para induzir o setor industrial a
promover melhorias em seu processo produtivo, dentre elas, o mecanismo de
compensação de emissões de poluentes atmosféricos em áreas classificadas como
saturadas e em vias de saturação, e a comercialização de Créditos de Emissões
Atmosféricas Reduzidas (CEAR’s).

É importante frisar que não se trata de créditos de carbono no âmbito do Protocolo de
Quioto, que, aliás, segundo reportagem veiculada no jornal “Valor Econômico”
(18/01/07), tiveram significativa queda nos preços, de € 20 para € 4 por tonelada. Neste
texto, estamos abordando os CEAR’s que podem ser gerados para poluentes
atmosféricos como material particulado (MP), NOx, SOx, monóxido de carbono e
compostos orgânicos voláteis.

A partir da geração e certificação destes Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas,
os mesmos poderão ser comercializados entre empreendimentos, na esfera estadual, e,
até, comercializados pelo Mercado Paulista de Emissões Atmosféricas (MPEA).

É importante frisar que as reduções de emissões geradoras de CEAR's devem ser
contínuas e constatadas por meio de sólida base de dados técnicos, pois, para
comprovação da existência dos créditos, é necessário medir emissões antes e após
modernizações (instalação de novas tecnologias mais limpas) realizadas na planta
industrial.

Encontramo-nos no ideal momento para converter reduções de emissão em créditos e o
empresariado, aparentemente, e esperamos sinceramente estar equivocados, “dorme em
berço esplêndido” neste período de aplicação da regra excepcional que se encerrará no
final deste ano.
Câmara Paulista de Compensação de Emissões Atmosféricas – CPCEA
                                                                                      www.cpcea.com.br


Conforme o Decreto de Bacias Aéreas, a excepcionalidade vigente determina a
aplicação de fator multiplicador igual a 1,0 para converter reduções de emissões de
fontes fixas em CEAR’s, em sub-regiões em vias de saturação e saturadas, o que
significa que a cada redução de dez toneladas de MP com a implantação de
equipamentos antipoluentes, serão geradas dez toneladas de créditos de emissões
atmosféricas reduzidas.

Neste sentido, o empreendedor tem a faculdade de optar por criar reserva de mercado
dos seus CEAR’s, para futuramente utilizá-los para ampliação de sua planta industrial,
ou comercializá-los no Mercado Paulista de Emissões, com outros empreendimentos
que precisam compensar emissões para obterem suas licenças ambientais junto à Cetesb
(Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental).

A decisão estratégica na temática ambiental em referência deve ser adotada
imediatamente, sob o risco de congelarmos o desenvolvimento econômico de
determinadas regiões do Estado de São Paulo, enquanto alguns mais céticos ainda se
perguntam se o Decreto de Bacias Aéreas "vai pegar"...

Fonte: http://www.dazibao.com.br/boletim/0011/jur_fabricio.htm

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Modelos de comunicación e informacion karla tarea 4
Modelos de comunicación e informacion karla tarea 4Modelos de comunicación e informacion karla tarea 4
Modelos de comunicación e informacion karla tarea 4
Karla Ramirez
 
Equipo 4
Equipo 4Equipo 4
Equipo 4
Yaaz MuñOoz
 
Escuchando al futuro.
Escuchando al futuro.Escuchando al futuro.
Escuchando al futuro.
Daniela96Villanueva
 
Simog ER
Simog ERSimog ER
Portainsignia
PortainsigniaPortainsignia
Portainsignia
NOFERDI
 
Visita Biologa Raquel Gaspar ao Agrupamento de Colmeias
Visita Biologa Raquel Gaspar ao Agrupamento de ColmeiasVisita Biologa Raquel Gaspar ao Agrupamento de Colmeias
Visita Biologa Raquel Gaspar ao Agrupamento de Colmeias
Colmeias
 
CPI Requerimento 49 - 25/08/09
CPI Requerimento 49 - 25/08/09CPI Requerimento 49 - 25/08/09
CPI Requerimento 49 - 25/08/09
Alexandre Santos
 
Natureza
NaturezaNatureza
Pregunta
PreguntaPregunta
ACC_DISSERTAÇÃO_FEP
ACC_DISSERTAÇÃO_FEPACC_DISSERTAÇÃO_FEP
ACC_DISSERTAÇÃO_FEP
Alberto Cruz
 
Lei Cria A Obrigatoriedade Do Ensino Dos Direitos
Lei Cria A Obrigatoriedade Do Ensino Dos DireitosLei Cria A Obrigatoriedade Do Ensino Dos Direitos
Lei Cria A Obrigatoriedade Do Ensino Dos Direitos
Projeto Criança em Rede
 
Tutorial de blogger
Tutorial de bloggerTutorial de blogger
Tutorial de blogger
AMAZONIA
 
Jornades Formatives
Jornades FormativesJornades Formatives
Jornades Formatives
Ana mendoza
 
Boletim informativo de Caraguatatuba - Dezembro de 2009
Boletim informativo de Caraguatatuba - Dezembro de 2009Boletim informativo de Caraguatatuba - Dezembro de 2009
Boletim informativo de Caraguatatuba - Dezembro de 2009
Governo do Estado de São Paulo
 
Comentario JoãO Cardoso
Comentario JoãO CardosoComentario JoãO Cardoso
Comentario JoãO Cardoso
isabelflosa
 
Rol De Juegos Fecha 7
Rol De Juegos Fecha 7Rol De Juegos Fecha 7
Rol De Juegos Fecha 7
Kuroneko Castañeda Verdugo
 
software libre
software libresoftware libre
software libre
AldanaIbarrola
 
PrestaçãO de Contas- Outubro
PrestaçãO de Contas- OutubroPrestaçãO de Contas- Outubro
PrestaçãO de Contas- Outubro
guest3071376
 
009 O TriâNgulo Do Sucesso
009   O TriâNgulo Do Sucesso009   O TriâNgulo Do Sucesso
009 O TriâNgulo Do Sucesso
guesteb717f27
 

Destaque (20)

Modelos de comunicación e informacion karla tarea 4
Modelos de comunicación e informacion karla tarea 4Modelos de comunicación e informacion karla tarea 4
Modelos de comunicación e informacion karla tarea 4
 
Equipo 4
Equipo 4Equipo 4
Equipo 4
 
Escuchando al futuro.
Escuchando al futuro.Escuchando al futuro.
Escuchando al futuro.
 
Simog ER
Simog ERSimog ER
Simog ER
 
Portainsignia
PortainsigniaPortainsignia
Portainsignia
 
Visita Biologa Raquel Gaspar ao Agrupamento de Colmeias
Visita Biologa Raquel Gaspar ao Agrupamento de ColmeiasVisita Biologa Raquel Gaspar ao Agrupamento de Colmeias
Visita Biologa Raquel Gaspar ao Agrupamento de Colmeias
 
CPI Requerimento 49 - 25/08/09
CPI Requerimento 49 - 25/08/09CPI Requerimento 49 - 25/08/09
CPI Requerimento 49 - 25/08/09
 
Natureza
NaturezaNatureza
Natureza
 
Pregunta
PreguntaPregunta
Pregunta
 
ACC_DISSERTAÇÃO_FEP
ACC_DISSERTAÇÃO_FEPACC_DISSERTAÇÃO_FEP
ACC_DISSERTAÇÃO_FEP
 
Lei Cria A Obrigatoriedade Do Ensino Dos Direitos
Lei Cria A Obrigatoriedade Do Ensino Dos DireitosLei Cria A Obrigatoriedade Do Ensino Dos Direitos
Lei Cria A Obrigatoriedade Do Ensino Dos Direitos
 
Logos De Ecologia
Logos De EcologiaLogos De Ecologia
Logos De Ecologia
 
Tutorial de blogger
Tutorial de bloggerTutorial de blogger
Tutorial de blogger
 
Jornades Formatives
Jornades FormativesJornades Formatives
Jornades Formatives
 
Boletim informativo de Caraguatatuba - Dezembro de 2009
Boletim informativo de Caraguatatuba - Dezembro de 2009Boletim informativo de Caraguatatuba - Dezembro de 2009
Boletim informativo de Caraguatatuba - Dezembro de 2009
 
Comentario JoãO Cardoso
Comentario JoãO CardosoComentario JoãO Cardoso
Comentario JoãO Cardoso
 
Rol De Juegos Fecha 7
Rol De Juegos Fecha 7Rol De Juegos Fecha 7
Rol De Juegos Fecha 7
 
software libre
software libresoftware libre
software libre
 
PrestaçãO de Contas- Outubro
PrestaçãO de Contas- OutubroPrestaçãO de Contas- Outubro
PrestaçãO de Contas- Outubro
 
009 O TriâNgulo Do Sucesso
009   O TriâNgulo Do Sucesso009   O TriâNgulo Do Sucesso
009 O TriâNgulo Do Sucesso
 

Semelhante a É Momento De Creditar Emissões

Jornal Do ComéRcio Rs
Jornal Do ComéRcio   RsJornal Do ComéRcio   Rs
Jornal Do ComéRcio Rs
Gabriela_Silva
 
Jornal Do ComéRcio Rs
Jornal Do ComéRcio   RsJornal Do ComéRcio   Rs
Jornal Do ComéRcio Rs
Gabriela_Silva
 
Palestra Créditos de Emissões Atmosféricas e o Mercado Paulista de Compensação
Palestra Créditos de Emissões Atmosféricas e o Mercado Paulista de CompensaçãoPalestra Créditos de Emissões Atmosféricas e o Mercado Paulista de Compensação
Palestra Créditos de Emissões Atmosféricas e o Mercado Paulista de Compensação
Fabricio Soler
 
Emissões Veiculares e Créditos de Emissões
Emissões Veiculares e Créditos de EmissõesEmissões Veiculares e Créditos de Emissões
Emissões Veiculares e Créditos de Emissões
Fabricio Soler
 
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedorLogística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Manuel Garcia Garcia
 
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASILO IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
Pedro Domacena
 
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASILO IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
Pedro Domacena
 
324 texto do artigo-1027-1-10-20171212
324 texto do artigo-1027-1-10-20171212324 texto do artigo-1027-1-10-20171212
324 texto do artigo-1027-1-10-20171212
Helena Bernardes Cortez
 
Crédito de Carbono
Crédito de CarbonoCrédito de Carbono
Crédito de Carbono
TR Consulting
 
Centro de certificação_de_destinação _campinas
Centro de certificação_de_destinação _campinasCentro de certificação_de_destinação _campinas
Centro de certificação_de_destinação _campinas
pbjunior
 
Apresentação 47 OAB - mercado carbono
Apresentação 47 OAB - mercado carbonoApresentação 47 OAB - mercado carbono
Apresentação 47 OAB - mercado carbono
Vinicius Carneiro
 
Créditos de Emissões Atmosféricas Veiculares
Créditos de Emissões Atmosféricas VeicularesCréditos de Emissões Atmosféricas Veiculares
Créditos de Emissões Atmosféricas Veiculares
Fabricio Soler
 
ALVA_António-Alvarenga
ALVA_António-AlvarengaALVA_António-Alvarenga
ALVA_António-Alvarenga
António Alvarenga
 
Fic frio 90 - Cálculo de Carga Térmica
Fic frio 90 - Cálculo de Carga TérmicaFic frio 90 - Cálculo de Carga Térmica
Fic frio 90 - Cálculo de Carga Térmica
dahssaat
 
Decreto: Mercado De Carbono
Decreto: Mercado De CarbonoDecreto: Mercado De Carbono
Decreto: Mercado De Carbono
Grupo Index
 
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Bruno Oliveira
 
Crédito de carbono
Crédito de carbonoCrédito de carbono
Crédito de carbono
B&R Consultoria Empresarial
 
Manualdeboasprticasemrefrigeracao 140423112518-phpapp02
Manualdeboasprticasemrefrigeracao 140423112518-phpapp02Manualdeboasprticasemrefrigeracao 140423112518-phpapp02
Manualdeboasprticasemrefrigeracao 140423112518-phpapp02
Mateus Barbosa
 
Manual de boas práticas em refrigeracao
Manual de boas práticas em refrigeracaoManual de boas práticas em refrigeracao
Manual de boas práticas em refrigeracao
andydurdem
 
Manual refrigeracao
Manual refrigeracaoManual refrigeracao
Manual refrigeracao
antonio ferreira
 

Semelhante a É Momento De Creditar Emissões (20)

Jornal Do ComéRcio Rs
Jornal Do ComéRcio   RsJornal Do ComéRcio   Rs
Jornal Do ComéRcio Rs
 
Jornal Do ComéRcio Rs
Jornal Do ComéRcio   RsJornal Do ComéRcio   Rs
Jornal Do ComéRcio Rs
 
Palestra Créditos de Emissões Atmosféricas e o Mercado Paulista de Compensação
Palestra Créditos de Emissões Atmosféricas e o Mercado Paulista de CompensaçãoPalestra Créditos de Emissões Atmosféricas e o Mercado Paulista de Compensação
Palestra Créditos de Emissões Atmosféricas e o Mercado Paulista de Compensação
 
Emissões Veiculares e Créditos de Emissões
Emissões Veiculares e Créditos de EmissõesEmissões Veiculares e Créditos de Emissões
Emissões Veiculares e Créditos de Emissões
 
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedorLogística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
Logística Reversa e as oportunidades ao empreendedor
 
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASILO IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
 
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASILO IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
O IMPACTO AMBIENTAL DO PETRÓLEO NO BRASIL
 
324 texto do artigo-1027-1-10-20171212
324 texto do artigo-1027-1-10-20171212324 texto do artigo-1027-1-10-20171212
324 texto do artigo-1027-1-10-20171212
 
Crédito de Carbono
Crédito de CarbonoCrédito de Carbono
Crédito de Carbono
 
Centro de certificação_de_destinação _campinas
Centro de certificação_de_destinação _campinasCentro de certificação_de_destinação _campinas
Centro de certificação_de_destinação _campinas
 
Apresentação 47 OAB - mercado carbono
Apresentação 47 OAB - mercado carbonoApresentação 47 OAB - mercado carbono
Apresentação 47 OAB - mercado carbono
 
Créditos de Emissões Atmosféricas Veiculares
Créditos de Emissões Atmosféricas VeicularesCréditos de Emissões Atmosféricas Veiculares
Créditos de Emissões Atmosféricas Veiculares
 
ALVA_António-Alvarenga
ALVA_António-AlvarengaALVA_António-Alvarenga
ALVA_António-Alvarenga
 
Fic frio 90 - Cálculo de Carga Térmica
Fic frio 90 - Cálculo de Carga TérmicaFic frio 90 - Cálculo de Carga Térmica
Fic frio 90 - Cálculo de Carga Térmica
 
Decreto: Mercado De Carbono
Decreto: Mercado De CarbonoDecreto: Mercado De Carbono
Decreto: Mercado De Carbono
 
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 2: SISTEMAS AMBIENTAIS D...
 
Crédito de carbono
Crédito de carbonoCrédito de carbono
Crédito de carbono
 
Manualdeboasprticasemrefrigeracao 140423112518-phpapp02
Manualdeboasprticasemrefrigeracao 140423112518-phpapp02Manualdeboasprticasemrefrigeracao 140423112518-phpapp02
Manualdeboasprticasemrefrigeracao 140423112518-phpapp02
 
Manual de boas práticas em refrigeracao
Manual de boas práticas em refrigeracaoManual de boas práticas em refrigeracao
Manual de boas práticas em refrigeracao
 
Manual refrigeracao
Manual refrigeracaoManual refrigeracao
Manual refrigeracao
 

Último

Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdfEletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
barbosajucy47
 
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptxSegurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Divina Vitorino
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ismael Ash
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
ronaldos10
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Ismael Ash
 
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebuliçãoExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
Faga1939
 

Último (7)

Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdfEletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
 
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptxSegurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
 
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebuliçãoExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
 

É Momento De Creditar Emissões

  • 1. Câmara Paulista de Compensação de Emissões Atmosféricas – CPCEA www.cpcea.com.br É momento de creditar emissões “A era da procrastinação, das meias medidas, dos expedientes que acalmam e confundem, a era dos adiamentos está chegando ao fim. No seu lugar, estamos entrando na era das conseqüências.” (Winston Churchill, 1936) Por Fabrício Dorado Soler A vanguarda do Estado de São Paulo na elaboração de normas ambientais mais uma vez veio à tona e o empresariado paulista já deveria estar atento à evolução dos marcos legais de proteção do meio ambiente, especialmente de gerenciamento da qualidade do ar. Desta vez, tratamos do Decreto de Bacias Aéreas (nº 50.753, de 28/04/06), cuja concepção está fundamentada em ação estatal acautelatória em prol da sociedade paulista, visto os altos índices de poluição atmosférica e, por conseqüência, o comprometimento da qualidade de vida da população, o que tem criado hábitos desagradáveis, a exemplo da crescente freqüência aos centros clínicos respiratórios. De forma ousada e pioneira, o governo optou pela modernização do sistema de gestão ambiental, com adoção de mecanismos de mercado para induzir o setor industrial a promover melhorias em seu processo produtivo, dentre elas, o mecanismo de compensação de emissões de poluentes atmosféricos em áreas classificadas como saturadas e em vias de saturação, e a comercialização de Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas (CEAR’s). É importante frisar que não se trata de créditos de carbono no âmbito do Protocolo de Quioto, que, aliás, segundo reportagem veiculada no jornal “Valor Econômico” (18/01/07), tiveram significativa queda nos preços, de € 20 para € 4 por tonelada. Neste texto, estamos abordando os CEAR’s que podem ser gerados para poluentes atmosféricos como material particulado (MP), NOx, SOx, monóxido de carbono e compostos orgânicos voláteis. A partir da geração e certificação destes Créditos de Emissões Atmosféricas Reduzidas, os mesmos poderão ser comercializados entre empreendimentos, na esfera estadual, e, até, comercializados pelo Mercado Paulista de Emissões Atmosféricas (MPEA). É importante frisar que as reduções de emissões geradoras de CEAR's devem ser contínuas e constatadas por meio de sólida base de dados técnicos, pois, para comprovação da existência dos créditos, é necessário medir emissões antes e após modernizações (instalação de novas tecnologias mais limpas) realizadas na planta industrial. Encontramo-nos no ideal momento para converter reduções de emissão em créditos e o empresariado, aparentemente, e esperamos sinceramente estar equivocados, “dorme em berço esplêndido” neste período de aplicação da regra excepcional que se encerrará no final deste ano.
  • 2. Câmara Paulista de Compensação de Emissões Atmosféricas – CPCEA www.cpcea.com.br Conforme o Decreto de Bacias Aéreas, a excepcionalidade vigente determina a aplicação de fator multiplicador igual a 1,0 para converter reduções de emissões de fontes fixas em CEAR’s, em sub-regiões em vias de saturação e saturadas, o que significa que a cada redução de dez toneladas de MP com a implantação de equipamentos antipoluentes, serão geradas dez toneladas de créditos de emissões atmosféricas reduzidas. Neste sentido, o empreendedor tem a faculdade de optar por criar reserva de mercado dos seus CEAR’s, para futuramente utilizá-los para ampliação de sua planta industrial, ou comercializá-los no Mercado Paulista de Emissões, com outros empreendimentos que precisam compensar emissões para obterem suas licenças ambientais junto à Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental). A decisão estratégica na temática ambiental em referência deve ser adotada imediatamente, sob o risco de congelarmos o desenvolvimento econômico de determinadas regiões do Estado de São Paulo, enquanto alguns mais céticos ainda se perguntam se o Decreto de Bacias Aéreas "vai pegar"... Fonte: http://www.dazibao.com.br/boletim/0011/jur_fabricio.htm