SlideShare uma empresa Scribd logo
CONVÊNIO PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO


Pelo presente Convênio de um lado, ANHANGUERA EDUCACIONAL S.A., inscrita no CNPJ nº.
05.808.792/0001-49, com sede na Alameda Maria Tereza, 2000 – Bairro Dois Córregos, Valinhos – SP, CEP
13.278-181, entidade mantenedora da FACULDADE ANHANGUERA DE CAMPINAS – UNIDADE III, com sede
na Rua Luís Otávio, 1313 – Taquaral, Campinas - SP, neste ato representada legalmente, por seu (a) Diretor
Executivo, Prof. Carlos Roberto Pagani Júnior, brasileiro, casado, portador (a) do RG nº. 29.568.159-7
SSP/SP e do CPF/MF nº. 293.526.408-88, com endereço comercial na Rua Luís Otávio, 1313 – Taquaral,
Campinas - SP, doravante denominada INSTITUIÇÃO DE ENSINO, e de outro lado,       estabelecida na
     , nº.      , Bairro      , na cidade de      , Estado de      , inscrita no CNPJ/MF sob o nº      , neste
ato representada legalmente pelo (a)     ,      ,      ,      , portador (a) do RG nº       SSP/      e do
CPF/MF nº      , residente e domiciliado (a) na      , nº.      , Bairro      , na cidade de      , Estado de
     , doravante denominada INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, nos termos da Lei nº 11.788/2008, celebram e
acordam entre si, o presente CONVÊNIO PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO, de acordo com as cláusulas e
condições expostas a seguir:


                 CLÁUSULA 1 - O presente Convênio para a Realização de Estágio tem como objetivo o
desenvolvimento de atividades conjuntas entre a INSTITUIÇÃO DE ENSINO e a INSTITUIÇÃO CONCEDENTE,
acima qualificadas, afim de: 1 - possibilitar ao estudante o contato com a realidade profissional, permitindo-lhe a
associação entre teorias estudadas e práticas existentes; 2 - oportunizar ao estudante a execução de tarefas
relacionadas à sua área de interesse; 3 - complementar a formação do estudante por meio do desenvolvimento
de habilidades relacionadas à sua atuação profissional, para a realização de Estágio dos estudantes
regularmente matriculados nos cursos oferecidos pela INSTITUIÇÃO DE ENSINO, independentemente da série,
nos termos da Lei nº 11.788/2008.

               CLÁUSULA 2 - O Estágio de Estudantes poderá ser obrigatório ou não, conforme determinação
das diretrizes curriculares da etapa, modalidade e área de ensino e do projeto pedagógico do curso, tendo como
finalidade a preparação para o trabalho produtivo de educandos, respeitando a programação curricular
estabelecida para cada curso.

              CLÁUSULA 3 - A INSTITUIÇÃO CONCEDENTE sempre que possível oferecerá vagas para
estágios, de alunos matriculados nos cursos da INSTITUIÇÃO DE ENSINO, em suas dependências ou unidades,
uma vez que possuí condições de proporcionar experiência prática na linha de formação do estagiário, assim
como, outras formas de colaboração no processo educativo.

               CLÁUSULA 4 - Fica a critério da INSTITUIÇÃO CONCEDENTE selecionar, dentre os candidatos,
o estagiário que melhor atender suas necessidades para preenchimentos das vagas oferecidas.

               CLÁUSULA 5 - O Plano de Atividades de Estágio correspondentes às vagas oferecidas pela
INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, terá que, obrigatoriamente, ser validado pela INSTITUIÇÃO DE ENSINO, vez
que tais atividades têm que estar previstas no Projeto Pedagógico do Curso que o estagiário estiver matriculado.

           PARÁGRAFO ÚNICO - Referido Plano de Atividades de Estágio será incorporado ao Termo de
Compromisso por meio de aditivos à medida que for avaliado, progressivamente, o desempenho do estagiário.

              CLÁUSULA 6 – Caberá à INSTITUIÇÃO DE ENSINO:

              - celebrar Termo de Compromisso com o educando, ou com seu representante legal, quando ele
for absoluta ou relativamente incapaz, e com a INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, indicando as condições de
adequação do estágio à Proposta Pedagógica do Curso, à etapa e modalidade da formação escolar do
estudante e ao horário e calendário escolar;

               - avaliar as instalações da INSTITUIÇÃO CONCEDENTE e sua adequação à formação cultural e
profissional do estagiário;

          - indicar Professor Orientador da área a ser desenvolvida no estágio como responsável pelo
acompanhamento e avaliação das atividades do estagiário;



                                                                                                                 1
- exigir do educando a apresentação periódica, em prazo não superior a 6 (seis) meses, o relatório
das atividades do estágio;

           - reorientar o estagiário para outro local, em caso de descumprimento de normas do Termo de
Compromisso;

             - comunicar à INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, no início do período letivo, as datas de realização de
avaliações escolares ou acadêmicas;

              - atualizar e validar semestralmente, através da assinatura de Termos Aditivos, o Plano de
Atividades de Estágio integrado à Proposta Pedagógica do Curso, compatibilizando as atividades com a etapa da
formação escolar do estagiário.


              CLÁUSULA 7 – Caberá à INSTITUIÇÃO CONCEDENTE:


            - celebrar Termo de Compromisso com a INSTITUIÇÃO DE ENSINO e o educando, zelando por
seu cumprimento;

              - ofertar instalações que tenham condições de proporcionar ao educando à realização de
atividades práticas compatíveis com o Plano de Atividades de Estágio;

             - indicar funcionário do quadro de pessoal, com formação ou experiência profissional na área de
conhecimento desenvolvida no curso do estagiário, para orientar e supervisionar no desenvolvimento das
atividades de estágio, sendo permitido a este profissional acompanhar até 10 (dez) estagiários
simultaneamente.

               - contratar em favor do estagiário seguro contra acidentes pessoais, cuja apólice seja compatível
com valores de mercado, conforme fique estabelecido no Termo de Compromisso, no caso de estágio não
obrigatório. Para o estágio obrigatório, a responsabilidade pela contratação do seguro poderá ser assumida pela
INSTITUIÇÃO DE ENSINO;

             - entregar Termo de Realização do Estágio com indicação resumida das atividades desenvolvidas,
dos períodos e da avaliação de desempenho, por ocasião do desligamento do estagiário;

             - enviar à INSTITUIÇÃO DE ENSINO o relatório individual de atividades desenvolvidas no Estágio,
assinado pelo Supervisor de Estágio e com vista obrigatória ao estagiário, na periodicidade mínima de 6 (seis)
meses e sempre que solicitado;

             - efetuar o pagamento da Bolsa-Estágio diretamente ao estagiário ou conceder outra forma de
contraprestação a ser acordada e remunerar o recesso somente nos casos em que os estágios forem
remunerados;

            - conceder auxílio-transporte ao estagiário no caso de estágio não obrigatório, ficando facultado a
concessão deste no caso de estágio obrigatório;

             - reduzir a jornada de estágio nos períodos de avaliação do estagiário, os quais serão previamente
informados pela INSTITUIÇÃO DE ENSINO.


             CLÁUSULA 8 - A jornada de estágio deverá ser cumprida em horário estabelecido pela
INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, sem prejuízo das atividades escolares do estagiário e deverá ser cumprida
respeitando-se os limites de 6 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais.

               Parágrafo Primeiro: No caso de cursos que alternam teoria e prática, nos períodos em que não
estão programadas aulas presenciais e desde que esteja previsto no Projeto Pedagógico do Curso e da
Instituição de Ensino, a jornada de estágio poderá ser de 8 (oito) horas diárias e 40 (quarenta) horas semanais.

              Parágrafo Segundo: Em ambos os casos, o período de intervalo de descansos não é computado
na jornada de estágio.
              CLÁUSULA 9 - A realização do estágio pelo estudante, não acarreta vínculo empregatício de
qualquer natureza, portanto, o estagiário não faz jus a quaisquer direitos trabalhistas.

                                                                                                              2
Parágrafo Único - A importância paga referente à Bolsa - Auxílio, por não possuir natureza
salarial, não se enquadra no regime do FGTS nem previdenciário, portanto, não sofre qualquer desconto, com
exceção à retenção do imposto de renda na fonte.

              CLÁUSULA 10 - O Termo de Compromisso de Estágio, a ser celebrado entre a INSTITUIÇÃO
CONCEDENTE, ESTAGIÁRIO E INSTITUIÇÃO DE ENSINO terá duração máxima de 02 (dois) anos, exceto
quando se tratar de estagiário portador de deficiência.


               CLÁUSULA 11 – O presente Acordo deverá ser revisto periodicamente, por iniciativa de quaisquer
das partes.

              CLÁUSULA 12 - As partes envolvidas neste Convênio serão responsáveis pela veracidade e
exatidão das informações, perante a legislação vigente.

              CLÁUSULA 13 – Este Acordo terá vigência por prazo indeterminado, podendo ser denunciado
por qualquer das partes, mediante comunicado por escrito, com antecedência mínima de 30 (trinta) dias.

             CLÁUSULA 14 - Fica eleito o foro da Comarca de Campinas/SP para dirimir questões oriundas do
presente Convênio.

             E, por estarem as partes de pleno acordo com o inteiro teor deste Convênio, assinam na presença
de duas testemunhas abaixo, em 03 (três) vias de igual conteúdo e forma.


                         Campinas-SP,       de        de      .




                     ________________________________________________________________
                                      ANHANGUERA EDUCACIONAL S.A.
                            FACULDADE ANHANGUERA DE CAMPINAS – UNIDADE III
                                     Prof. Carlos Roberto Pagani Júnior
                                                Diretor Executivo




                       _____________________________________________________________
                                     Responsável Instituição Concedente    
                                                   Cargo    


Testemunhas:




1___________________________
Nome:      
RG:      




2_____________________________
Nome:      
RG:      




                                                                                                           3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lei de estágio
Lei de estágioLei de estágio
Aula de estágio
Aula de estágioAula de estágio
Aula de estágio
PCésar Cesb-Uema
 
Lei do estagiário
Lei do estagiárioLei do estagiário
Lei do estagiário
Portal_Ecaderno
 
TCE Final
TCE FinalTCE Final
TCE Final
KarinaSakamoto1
 
Estágio Supervisionado em Administração 2009
Estágio Supervisionado em Administração 2009Estágio Supervisionado em Administração 2009
Estágio Supervisionado em Administração 2009
Debora Almeida
 
Resolucao see434231ago2009estagios
Resolucao see434231ago2009estagiosResolucao see434231ago2009estagios
Resolucao see434231ago2009estagios
Jarciley
 
A Nova Lei de Estágio
A Nova Lei de EstágioA Nova Lei de Estágio
A Nova Lei de Estágio
CRA-BA
 
Estagiarios Lei 11788
Estagiarios Lei 11788Estagiarios Lei 11788
Estagiarios Lei 11788
Sevilha Contabilidade Ltda
 
Apresentação sobre Estágio
Apresentação sobre EstágioApresentação sobre Estágio
Apresentação sobre Estágio
Patricia Almeida Ashley
 
Legislacao federal estágios
Legislacao federal  estágiosLegislacao federal  estágios
Legislacao federal estágios
Canashiro
 
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associadosDocumento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Apeoesp Vale Do Ribeira
 
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprofrevisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
Do outro lado da barricada
 
Estagio estudante
Estagio estudanteEstagio estudante
Estagio estudante
Amanda Bahia
 
Tce obrigatorio aedu_sem_remuneracao_estagio_(22)
Tce obrigatorio aedu_sem_remuneracao_estagio_(22)Tce obrigatorio aedu_sem_remuneracao_estagio_(22)
Tce obrigatorio aedu_sem_remuneracao_estagio_(22)
Deborah Kash
 
Lei11788
Lei11788Lei11788
Lei11788
Joas Rodrigues
 
Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008.
Lei nº 11.788, de  25 de setembro de 2008.Lei nº 11.788, de  25 de setembro de 2008.
Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008.
José Araujo
 
Atribuição de aulas apeoesp
Atribuição de aulas   apeoespAtribuição de aulas   apeoesp
Atribuição de aulas apeoesp
Escola Estadual Deputado Emílio Justo
 
Orientações jurídicas 2º caderno
Orientações jurídicas   2º cadernoOrientações jurídicas   2º caderno
Orientações jurídicas 2º caderno
Armazém Do Educador
 
Estágio probatório - Apostila de orientações técnicas - 2011
Estágio probatório -  Apostila de orientações técnicas - 2011Estágio probatório -  Apostila de orientações técnicas - 2011
Estágio probatório - Apostila de orientações técnicas - 2011
Armazém Do Educador
 
Indicação de Componente Letiva (ICL) – 1.ª Fase
Indicação de Componente Letiva (ICL) – 1.ª FaseIndicação de Componente Letiva (ICL) – 1.ª Fase
Indicação de Componente Letiva (ICL) – 1.ª Fase
Do outro lado da barricada
 

Mais procurados (20)

Lei de estágio
Lei de estágioLei de estágio
Lei de estágio
 
Aula de estágio
Aula de estágioAula de estágio
Aula de estágio
 
Lei do estagiário
Lei do estagiárioLei do estagiário
Lei do estagiário
 
TCE Final
TCE FinalTCE Final
TCE Final
 
Estágio Supervisionado em Administração 2009
Estágio Supervisionado em Administração 2009Estágio Supervisionado em Administração 2009
Estágio Supervisionado em Administração 2009
 
Resolucao see434231ago2009estagios
Resolucao see434231ago2009estagiosResolucao see434231ago2009estagios
Resolucao see434231ago2009estagios
 
A Nova Lei de Estágio
A Nova Lei de EstágioA Nova Lei de Estágio
A Nova Lei de Estágio
 
Estagiarios Lei 11788
Estagiarios Lei 11788Estagiarios Lei 11788
Estagiarios Lei 11788
 
Apresentação sobre Estágio
Apresentação sobre EstágioApresentação sobre Estágio
Apresentação sobre Estágio
 
Legislacao federal estágios
Legislacao federal  estágiosLegislacao federal  estágios
Legislacao federal estágios
 
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associadosDocumento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
 
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprofrevisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
 
Estagio estudante
Estagio estudanteEstagio estudante
Estagio estudante
 
Tce obrigatorio aedu_sem_remuneracao_estagio_(22)
Tce obrigatorio aedu_sem_remuneracao_estagio_(22)Tce obrigatorio aedu_sem_remuneracao_estagio_(22)
Tce obrigatorio aedu_sem_remuneracao_estagio_(22)
 
Lei11788
Lei11788Lei11788
Lei11788
 
Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008.
Lei nº 11.788, de  25 de setembro de 2008.Lei nº 11.788, de  25 de setembro de 2008.
Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008.
 
Atribuição de aulas apeoesp
Atribuição de aulas   apeoespAtribuição de aulas   apeoesp
Atribuição de aulas apeoesp
 
Orientações jurídicas 2º caderno
Orientações jurídicas   2º cadernoOrientações jurídicas   2º caderno
Orientações jurídicas 2º caderno
 
Estágio probatório - Apostila de orientações técnicas - 2011
Estágio probatório -  Apostila de orientações técnicas - 2011Estágio probatório -  Apostila de orientações técnicas - 2011
Estágio probatório - Apostila de orientações técnicas - 2011
 
Indicação de Componente Letiva (ICL) – 1.ª Fase
Indicação de Componente Letiva (ICL) – 1.ª FaseIndicação de Componente Letiva (ICL) – 1.ª Fase
Indicação de Componente Letiva (ICL) – 1.ª Fase
 

Semelhante a Modelo convenio 2009

Estagiários podem cumprir jornadas diárias de 8 horas
Estagiários podem cumprir jornadas diárias de 8 horasEstagiários podem cumprir jornadas diárias de 8 horas
Estagiários podem cumprir jornadas diárias de 8 horas
Flúvia Oliveira
 
Estagio lei-11788
Estagio lei-11788Estagio lei-11788
Nova Lei Estagio
Nova Lei EstagioNova Lei Estagio
Nova Lei Estagio
Acquanews
 
Http _www.moodle.uneb.br_file.php_file=_417_nova_lei_do_estagio_2008
Http  _www.moodle.uneb.br_file.php_file=_417_nova_lei_do_estagio_2008Http  _www.moodle.uneb.br_file.php_file=_417_nova_lei_do_estagio_2008
Http _www.moodle.uneb.br_file.php_file=_417_nova_lei_do_estagio_2008
familiaestagio
 
Termo estagio
Termo estagioTermo estagio
Termo estagio
animaminima
 
Estagio I.pptx
Estagio I.pptxEstagio I.pptx
Estagio I.pptx
DrikaSato
 
Procedimentos para estágio EAD
Procedimentos para estágio EADProcedimentos para estágio EAD
Procedimentos para estágio EAD
celaotur
 
Estágio – regulamentos e leis
Estágio – regulamentos e leisEstágio – regulamentos e leis
Estágio – regulamentos e leis
profealbattaiola
 
Regulamento 2008[1]
Regulamento 2008[1]Regulamento 2008[1]
Regulamento 2008[1]
Alana Bregantin
 
estagio curricular obrigatorio nao remunerado
 estagio curricular obrigatorio nao remunerado estagio curricular obrigatorio nao remunerado
estagio curricular obrigatorio nao remunerado
Alexandre Araujo
 
Leis do ensino superior
Leis do ensino superiorLeis do ensino superior
Leis do ensino superior
israelfaifa
 
Leis do ensino superior
Leis do ensino superiorLeis do ensino superior
Leis do ensino superior
israelfaifa
 
Termo de compromisso estagio obrigatorio
Termo de compromisso estagio obrigatorioTermo de compromisso estagio obrigatorio
Termo de compromisso estagio obrigatorio
serunbestagio
 
20110902 manualgestorsupervisor
20110902 manualgestorsupervisor20110902 manualgestorsupervisor
20110902 manualgestorsupervisor
Priscylla Morais Felippe
 
Minuta do convenio para estagio obrigatorio
Minuta do convenio para estagio obrigatorioMinuta do convenio para estagio obrigatorio
Minuta do convenio para estagio obrigatorio
serunb
 
Minuta do convenio para estagio obrigatorio
Minuta do convenio para estagio obrigatorioMinuta do convenio para estagio obrigatorio
Minuta do convenio para estagio obrigatorio
serunbestagio
 
960 regulamento de_estagio_da_civil
960 regulamento de_estagio_da_civil960 regulamento de_estagio_da_civil
960 regulamento de_estagio_da_civil
Rudá Viana
 

Semelhante a Modelo convenio 2009 (17)

Estagiários podem cumprir jornadas diárias de 8 horas
Estagiários podem cumprir jornadas diárias de 8 horasEstagiários podem cumprir jornadas diárias de 8 horas
Estagiários podem cumprir jornadas diárias de 8 horas
 
Estagio lei-11788
Estagio lei-11788Estagio lei-11788
Estagio lei-11788
 
Nova Lei Estagio
Nova Lei EstagioNova Lei Estagio
Nova Lei Estagio
 
Http _www.moodle.uneb.br_file.php_file=_417_nova_lei_do_estagio_2008
Http  _www.moodle.uneb.br_file.php_file=_417_nova_lei_do_estagio_2008Http  _www.moodle.uneb.br_file.php_file=_417_nova_lei_do_estagio_2008
Http _www.moodle.uneb.br_file.php_file=_417_nova_lei_do_estagio_2008
 
Termo estagio
Termo estagioTermo estagio
Termo estagio
 
Estagio I.pptx
Estagio I.pptxEstagio I.pptx
Estagio I.pptx
 
Procedimentos para estágio EAD
Procedimentos para estágio EADProcedimentos para estágio EAD
Procedimentos para estágio EAD
 
Estágio – regulamentos e leis
Estágio – regulamentos e leisEstágio – regulamentos e leis
Estágio – regulamentos e leis
 
Regulamento 2008[1]
Regulamento 2008[1]Regulamento 2008[1]
Regulamento 2008[1]
 
estagio curricular obrigatorio nao remunerado
 estagio curricular obrigatorio nao remunerado estagio curricular obrigatorio nao remunerado
estagio curricular obrigatorio nao remunerado
 
Leis do ensino superior
Leis do ensino superiorLeis do ensino superior
Leis do ensino superior
 
Leis do ensino superior
Leis do ensino superiorLeis do ensino superior
Leis do ensino superior
 
Termo de compromisso estagio obrigatorio
Termo de compromisso estagio obrigatorioTermo de compromisso estagio obrigatorio
Termo de compromisso estagio obrigatorio
 
20110902 manualgestorsupervisor
20110902 manualgestorsupervisor20110902 manualgestorsupervisor
20110902 manualgestorsupervisor
 
Minuta do convenio para estagio obrigatorio
Minuta do convenio para estagio obrigatorioMinuta do convenio para estagio obrigatorio
Minuta do convenio para estagio obrigatorio
 
Minuta do convenio para estagio obrigatorio
Minuta do convenio para estagio obrigatorioMinuta do convenio para estagio obrigatorio
Minuta do convenio para estagio obrigatorio
 
960 regulamento de_estagio_da_civil
960 regulamento de_estagio_da_civil960 regulamento de_estagio_da_civil
960 regulamento de_estagio_da_civil
 

Mais de ADRIANA BECKER

Anexo 15
Anexo 15Anexo 15
Anexo 15
ADRIANA BECKER
 
Anexo 13
Anexo 13Anexo 13
Anexo 13
ADRIANA BECKER
 
Anexo 12
Anexo 12Anexo 12
Anexo 12
ADRIANA BECKER
 
Anexo 14
Anexo 14Anexo 14
Anexo 14
ADRIANA BECKER
 
Anexo 12
Anexo 12Anexo 12
Anexo 12
ADRIANA BECKER
 
Ficha de inscrição_letras
Ficha de inscrição_letrasFicha de inscrição_letras
Ficha de inscrição_letras
ADRIANA BECKER
 
Anexo 14
Anexo 14Anexo 14
Anexo 14
ADRIANA BECKER
 
Anexo 10
Anexo 10Anexo 10
Anexo 10
ADRIANA BECKER
 
Anexo 8
Anexo 8Anexo 8
Protocolo letras ok
Protocolo letras okProtocolo letras ok
Protocolo letras ok
ADRIANA BECKER
 
Manual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionadoManual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionado
ADRIANA BECKER
 
Anexo 15
Anexo 15Anexo 15
Anexo 15
ADRIANA BECKER
 
Anexo 13
Anexo 13Anexo 13
Anexo 13
ADRIANA BECKER
 
Anexo 2
Anexo 2Anexo 2
Anexo 11
Anexo 11Anexo 11
Anexo 11
ADRIANA BECKER
 
Anexo 9
Anexo 9Anexo 9
Anexo 4
Anexo 4Anexo 4
Anexo 3
Anexo 3Anexo 3
Anexo 1
Anexo 1Anexo 1
Caracterização da escola
Caracterização da escolaCaracterização da escola
Caracterização da escola
ADRIANA BECKER
 

Mais de ADRIANA BECKER (20)

Anexo 15
Anexo 15Anexo 15
Anexo 15
 
Anexo 13
Anexo 13Anexo 13
Anexo 13
 
Anexo 12
Anexo 12Anexo 12
Anexo 12
 
Anexo 14
Anexo 14Anexo 14
Anexo 14
 
Anexo 12
Anexo 12Anexo 12
Anexo 12
 
Ficha de inscrição_letras
Ficha de inscrição_letrasFicha de inscrição_letras
Ficha de inscrição_letras
 
Anexo 14
Anexo 14Anexo 14
Anexo 14
 
Anexo 10
Anexo 10Anexo 10
Anexo 10
 
Anexo 8
Anexo 8Anexo 8
Anexo 8
 
Protocolo letras ok
Protocolo letras okProtocolo letras ok
Protocolo letras ok
 
Manual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionadoManual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionado
 
Anexo 15
Anexo 15Anexo 15
Anexo 15
 
Anexo 13
Anexo 13Anexo 13
Anexo 13
 
Anexo 2
Anexo 2Anexo 2
Anexo 2
 
Anexo 11
Anexo 11Anexo 11
Anexo 11
 
Anexo 9
Anexo 9Anexo 9
Anexo 9
 
Anexo 4
Anexo 4Anexo 4
Anexo 4
 
Anexo 3
Anexo 3Anexo 3
Anexo 3
 
Anexo 1
Anexo 1Anexo 1
Anexo 1
 
Caracterização da escola
Caracterização da escolaCaracterização da escola
Caracterização da escola
 

Modelo convenio 2009

  • 1. CONVÊNIO PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO Pelo presente Convênio de um lado, ANHANGUERA EDUCACIONAL S.A., inscrita no CNPJ nº. 05.808.792/0001-49, com sede na Alameda Maria Tereza, 2000 – Bairro Dois Córregos, Valinhos – SP, CEP 13.278-181, entidade mantenedora da FACULDADE ANHANGUERA DE CAMPINAS – UNIDADE III, com sede na Rua Luís Otávio, 1313 – Taquaral, Campinas - SP, neste ato representada legalmente, por seu (a) Diretor Executivo, Prof. Carlos Roberto Pagani Júnior, brasileiro, casado, portador (a) do RG nº. 29.568.159-7 SSP/SP e do CPF/MF nº. 293.526.408-88, com endereço comercial na Rua Luís Otávio, 1313 – Taquaral, Campinas - SP, doravante denominada INSTITUIÇÃO DE ENSINO, e de outro lado,       estabelecida na      , nº.      , Bairro      , na cidade de      , Estado de      , inscrita no CNPJ/MF sob o nº      , neste ato representada legalmente pelo (a)     ,      ,      ,      , portador (a) do RG nº       SSP/      e do CPF/MF nº      , residente e domiciliado (a) na      , nº.      , Bairro      , na cidade de      , Estado de      , doravante denominada INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, nos termos da Lei nº 11.788/2008, celebram e acordam entre si, o presente CONVÊNIO PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO, de acordo com as cláusulas e condições expostas a seguir: CLÁUSULA 1 - O presente Convênio para a Realização de Estágio tem como objetivo o desenvolvimento de atividades conjuntas entre a INSTITUIÇÃO DE ENSINO e a INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, acima qualificadas, afim de: 1 - possibilitar ao estudante o contato com a realidade profissional, permitindo-lhe a associação entre teorias estudadas e práticas existentes; 2 - oportunizar ao estudante a execução de tarefas relacionadas à sua área de interesse; 3 - complementar a formação do estudante por meio do desenvolvimento de habilidades relacionadas à sua atuação profissional, para a realização de Estágio dos estudantes regularmente matriculados nos cursos oferecidos pela INSTITUIÇÃO DE ENSINO, independentemente da série, nos termos da Lei nº 11.788/2008. CLÁUSULA 2 - O Estágio de Estudantes poderá ser obrigatório ou não, conforme determinação das diretrizes curriculares da etapa, modalidade e área de ensino e do projeto pedagógico do curso, tendo como finalidade a preparação para o trabalho produtivo de educandos, respeitando a programação curricular estabelecida para cada curso. CLÁUSULA 3 - A INSTITUIÇÃO CONCEDENTE sempre que possível oferecerá vagas para estágios, de alunos matriculados nos cursos da INSTITUIÇÃO DE ENSINO, em suas dependências ou unidades, uma vez que possuí condições de proporcionar experiência prática na linha de formação do estagiário, assim como, outras formas de colaboração no processo educativo. CLÁUSULA 4 - Fica a critério da INSTITUIÇÃO CONCEDENTE selecionar, dentre os candidatos, o estagiário que melhor atender suas necessidades para preenchimentos das vagas oferecidas. CLÁUSULA 5 - O Plano de Atividades de Estágio correspondentes às vagas oferecidas pela INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, terá que, obrigatoriamente, ser validado pela INSTITUIÇÃO DE ENSINO, vez que tais atividades têm que estar previstas no Projeto Pedagógico do Curso que o estagiário estiver matriculado. PARÁGRAFO ÚNICO - Referido Plano de Atividades de Estágio será incorporado ao Termo de Compromisso por meio de aditivos à medida que for avaliado, progressivamente, o desempenho do estagiário. CLÁUSULA 6 – Caberá à INSTITUIÇÃO DE ENSINO: - celebrar Termo de Compromisso com o educando, ou com seu representante legal, quando ele for absoluta ou relativamente incapaz, e com a INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, indicando as condições de adequação do estágio à Proposta Pedagógica do Curso, à etapa e modalidade da formação escolar do estudante e ao horário e calendário escolar; - avaliar as instalações da INSTITUIÇÃO CONCEDENTE e sua adequação à formação cultural e profissional do estagiário; - indicar Professor Orientador da área a ser desenvolvida no estágio como responsável pelo acompanhamento e avaliação das atividades do estagiário; 1
  • 2. - exigir do educando a apresentação periódica, em prazo não superior a 6 (seis) meses, o relatório das atividades do estágio; - reorientar o estagiário para outro local, em caso de descumprimento de normas do Termo de Compromisso; - comunicar à INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, no início do período letivo, as datas de realização de avaliações escolares ou acadêmicas; - atualizar e validar semestralmente, através da assinatura de Termos Aditivos, o Plano de Atividades de Estágio integrado à Proposta Pedagógica do Curso, compatibilizando as atividades com a etapa da formação escolar do estagiário. CLÁUSULA 7 – Caberá à INSTITUIÇÃO CONCEDENTE: - celebrar Termo de Compromisso com a INSTITUIÇÃO DE ENSINO e o educando, zelando por seu cumprimento; - ofertar instalações que tenham condições de proporcionar ao educando à realização de atividades práticas compatíveis com o Plano de Atividades de Estágio; - indicar funcionário do quadro de pessoal, com formação ou experiência profissional na área de conhecimento desenvolvida no curso do estagiário, para orientar e supervisionar no desenvolvimento das atividades de estágio, sendo permitido a este profissional acompanhar até 10 (dez) estagiários simultaneamente. - contratar em favor do estagiário seguro contra acidentes pessoais, cuja apólice seja compatível com valores de mercado, conforme fique estabelecido no Termo de Compromisso, no caso de estágio não obrigatório. Para o estágio obrigatório, a responsabilidade pela contratação do seguro poderá ser assumida pela INSTITUIÇÃO DE ENSINO; - entregar Termo de Realização do Estágio com indicação resumida das atividades desenvolvidas, dos períodos e da avaliação de desempenho, por ocasião do desligamento do estagiário; - enviar à INSTITUIÇÃO DE ENSINO o relatório individual de atividades desenvolvidas no Estágio, assinado pelo Supervisor de Estágio e com vista obrigatória ao estagiário, na periodicidade mínima de 6 (seis) meses e sempre que solicitado; - efetuar o pagamento da Bolsa-Estágio diretamente ao estagiário ou conceder outra forma de contraprestação a ser acordada e remunerar o recesso somente nos casos em que os estágios forem remunerados; - conceder auxílio-transporte ao estagiário no caso de estágio não obrigatório, ficando facultado a concessão deste no caso de estágio obrigatório; - reduzir a jornada de estágio nos períodos de avaliação do estagiário, os quais serão previamente informados pela INSTITUIÇÃO DE ENSINO. CLÁUSULA 8 - A jornada de estágio deverá ser cumprida em horário estabelecido pela INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, sem prejuízo das atividades escolares do estagiário e deverá ser cumprida respeitando-se os limites de 6 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais. Parágrafo Primeiro: No caso de cursos que alternam teoria e prática, nos períodos em que não estão programadas aulas presenciais e desde que esteja previsto no Projeto Pedagógico do Curso e da Instituição de Ensino, a jornada de estágio poderá ser de 8 (oito) horas diárias e 40 (quarenta) horas semanais. Parágrafo Segundo: Em ambos os casos, o período de intervalo de descansos não é computado na jornada de estágio. CLÁUSULA 9 - A realização do estágio pelo estudante, não acarreta vínculo empregatício de qualquer natureza, portanto, o estagiário não faz jus a quaisquer direitos trabalhistas. 2
  • 3. Parágrafo Único - A importância paga referente à Bolsa - Auxílio, por não possuir natureza salarial, não se enquadra no regime do FGTS nem previdenciário, portanto, não sofre qualquer desconto, com exceção à retenção do imposto de renda na fonte. CLÁUSULA 10 - O Termo de Compromisso de Estágio, a ser celebrado entre a INSTITUIÇÃO CONCEDENTE, ESTAGIÁRIO E INSTITUIÇÃO DE ENSINO terá duração máxima de 02 (dois) anos, exceto quando se tratar de estagiário portador de deficiência. CLÁUSULA 11 – O presente Acordo deverá ser revisto periodicamente, por iniciativa de quaisquer das partes. CLÁUSULA 12 - As partes envolvidas neste Convênio serão responsáveis pela veracidade e exatidão das informações, perante a legislação vigente. CLÁUSULA 13 – Este Acordo terá vigência por prazo indeterminado, podendo ser denunciado por qualquer das partes, mediante comunicado por escrito, com antecedência mínima de 30 (trinta) dias. CLÁUSULA 14 - Fica eleito o foro da Comarca de Campinas/SP para dirimir questões oriundas do presente Convênio. E, por estarem as partes de pleno acordo com o inteiro teor deste Convênio, assinam na presença de duas testemunhas abaixo, em 03 (três) vias de igual conteúdo e forma. Campinas-SP,       de        de      . ________________________________________________________________ ANHANGUERA EDUCACIONAL S.A. FACULDADE ANHANGUERA DE CAMPINAS – UNIDADE III Prof. Carlos Roberto Pagani Júnior Diretor Executivo _____________________________________________________________  Responsável Instituição Concedente      Cargo     Testemunhas: 1___________________________ Nome:       RG:       2_____________________________ Nome:       RG:       3