SlideShare uma empresa Scribd logo
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
ORIENTAÇÕES JURÍDICAS 
2º CADERNO 
Temas: 
- Inscrições Atribuição 2015 
- Categoria “O” 
- Aposentadoria 
Diante de diversos questionamentos apresentados no cotidiano dos professores, bem como CONSIDERANDO A PROXIMIDADE COM O INÍCIO DO PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE AULAS 2015 a SUBSEDE APEOESP SANTO ANDRÉ, cumprindo o compromisso assumido de respaldar os professores para defender os seus direitos apresenta informações e procedimentos sugeridos pela Executiva em conjunto com o DEPARTAMENTO JURÍDICO. 
INSCRIÇÃO PARA ATRIBUIÇÃO DE AULAS – 
ORIENTAÇÕES PRELIMINARES 
O processo de atribuição de aulas para o ano de 2015 já teve início e, por isso, é preciso ficar atento !!!!! 
De acordo com a Portaria CGRH 01, de 05-09-2014, republicada com alterações em 01/10/2014, os professores da rede estadual de ensino e os contratados em 2014 deverão efetuar inscrição para o processo de atribuição de classes e aulas de 2015 diretamente no site: http://drhunet.edunet.sp.gov.br/portalnet/. 
As inscrições devem ser feitas no período de 08/10/2014 às 18h00 de 30/10/2014.
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
Nesse momento o professor deve indicar: 
 A Jornada de Trabalho Docente: manutenção, ampliação ou redução, exceto, para a Jornada Reduzida de Trabalho Docente, nos termos do artigo 4º da Lei Complementar 1.207/2013; 
 A inscrição para concorrer à atribuição do artigo 22 (efetivos) ou alteração de Diretoria de Ensino (categorias “P”, “N” e “F”); 
 Opção por projetos da pasta. 
Os professores devem ficar atentos e verificar se há algum erro quanto à sua habilitação (estudante ou formado, se há mais de uma habilitação...), pontuação decorrente de tempo de serviço e títulos e outros critérios pertinentes à sua classificação para a atribuição de aulas. A solicitação de alteração deve ser requerida na unidade escolar de classificação, com a apresentação de documentos pertinentes. 
PORTANTO, HAVENDO NECESSIDADE DE REALIZAR ALGUM ACERTO NA INSCRIÇÃO O PROFESSOR DEVERÁ REQUERER TAL PROVIDÊNCIA NO MESMO PERÍODO DAS INSCRIÇÕES. 
O PROFESSOR QUE SOLICITOU ALGUM ACERTO DEVERÁ CONFIRMAR A SUA INSCRIÇÃO ATÉ O DIA 06/11/2014. 
Os professores que não atentarem para esses prazos poderão ficar prejudicados, sendo obrigados a concorrer à atribuição de aulas como estudantes, quando, em verdade, já são formados. 
Professores contratados nos termos da Lei Complementar 1093/09 deverão fazer suas inscrições da mesma forma.
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
Não haverá inscrição para candidatos que não se encontrem vinculados à rede estadual em 2014. Estes poderão eventualmente ser contratados se prestaram o concurso Público PEB-II/2013, observada a classificação obtida na 1ª e 2ª opção, estando desobrigados de realizar a inscrição. 
Cobranças e questionamentos dos professores e da Subsede Santo André e de outras regiões levaram a APEOESP a distribuir ação judicial – mandado de segurança, com a finalidade de garantir que todos os candidatos possam inscrever-se para o processo de atribuição de classes e aulas no ano letivo de 2015, independentemente de terem feito a prova do concurso público ou estarem contratados em 2014. 
A ação judicial – processo n. 1038941-52.2014.8.26.0053 foi distribuída à 7ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo no último dia 17/09/2014. A medida liminar pleiteada não foi deferida, mas, a ação continua em andamento. 
Nessa ação judicial busca-se garantir o direito dos professores da categoria “O” contratados em qualquer período, de inscrever-se para o processo de atribuição de classes e aulas para o ano letivo de 2015, sendo classificado entre seus pares de acordo com a nota obtida no último processo seletivo, assim como pelos critérios de tempo de serviço e títulos. 
Além disso, a APEOESP busca por meio da ação judicial reconhecer a inconstitucionalidade da duzentena e da quarentena e garantir que todos os docentes categoria “O” possam ser contratados nos termos da Lei 1093/09, imediatamente após a extinção do contrato anterior e, alternativamente que o prazo entre uma contratação e outra seja limitado a 40 dias. 
Tudo isso ainda está a depender da análise do Poder Judiciário que deverá dar uma nova decisão após a defesa do Sr. Secretário da Educação. Tão logo haja decisão a APEOESP certamente divulgará aos seus associados. 
Os meios jurídicos são necessários, mas sabemos que a justiça não é neutra e muito menos nossa aliada. Só podemos confiar em nossa Luta e organização! 
Assim, a Subsede chama os professores Categoria “O” e demais colegas para a realizarmos o III Encontro Contra a Precarização da Contratação e dos Direitos, que será convocado por esses dias.
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
Também cobramos a Central para que seja realizado um Encontro Estadual para tirar encaminhamentos de luta Contra a Precarização e Pela Estabilidade/Efetivação de todos os professores categoria “O”. 
CONTRATAÇÃO DO CATEGORIA “O” 
Não há certeza quanto ao deferimento da medida judicial, portanto, é preciso observar o que a Lei Complementar 1093/09, alterada em 2013 por meio da LC 1215/13 estabelece no que tange ao período de carência para recontratação no serviço público. 
A Lei prevê o seguinte: 
Artigo 6º - Para o ano letivo de 2014, os docentes contratados nos termos desta lei complementar poderão celebrar novo contrato de trabalho, com vigência correspondente ao citado ano letivo, sendo que o número máximo de contratações não poderá ultrapassar o limite das celebradas no ano letivo de 2013, desde que atendidos os seguintes requisitos: 
I - classificação em processo seletivo simplificado; 
II - decurso do prazo de 40 (quarenta) dias, contados do término do contrato anteriormente celebrado; 
III - ato específico da autoridade contratante que justifique a urgência e a inadiabilidade da adoção da medida. 
§ 1º - Em caso de absoluta necessidade, devidamente justificada pela autoridade contratante, o disposto neste artigo poderá ser aplicado para os anos letivos de 2015 e de 2016, limitado, em cada ano, o número máximo de contratações a até 50% (cinquenta por cento) e até 40% (quarenta por cento), respectivamente, das que tenham sido celebradas no ano letivo de 2014. § 2º - O decurso do prazo de 40 (quarenta) dias, contados do término do contrato anteriormente celebrado, poderá ser aplicado uma única vez, para cada docente contratado. § 3 – Após a extinção do contrato celebrado nos termos do artigo 5º das Disposições Transitórias desta lei complementar, fica vedada, sob pena de
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
nulidade, a contratação do mesmo docente antes de decorridos 200 (duzentos) dias do término do contrato. 
Repita-se que a APEOESP pediu no Mandado de Segurança Coletivo a declaração de inconstitucionalidade desse dispositivo legal, de tal forma que não mais haveria impedimento para recontratação. 
Mas não há certeza quanto à futura decisão judicial de modo que, neste momento, é preciso pensar que a recontratação dos professores temporários obedecerá ao dispositivo legal supra, ou seja: 
 em 2015 poderão ser contratados professores em número equivalente a 50% dos contratados em 2014; 
 em 2016 poderão se contratados professores em número equivalente a 40% dos contratados em 2014; 
 a carência para recontratação será de 40 dias, podendo o professor se utilizar desse prazo reduzido uma única vez. Numa recontratação futura, o professor terá que aguardar o prazo de 200 dias. 
CONTAGEM DE TEMPO E PONTUAÇÃO PARA ATRIBUIÇÃO DE AULAS 
A Coordenadora da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos publicou a Instrução CGRH 1, de 8-9-2014 objetivando uniformizar os critérios relativos à contagem de tempo de serviço para fins de classificação no processo de atribuição de classes e aulas, prevendo resumidamente: 
 o tempo anual considera o exercício no período de 01/07 a 30/06 do ano corrente ao da inscrição; 
 o tempo na unidade escolar, no mesmo campo de atuação pode somar períodos de exercício intercalados, computando-se também o tempo em que o professor trabalhou como eventual;
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
 o tempo no cargo considera apenas os períodos exercidos como titular de cargo de provimento efetivo, ainda que em períodos intercalados; 
 o tempo na função levará em conta todo o tempo que tiver na função do mesmo campo de atuação, considerando todos vínculos, mesmo que intercalados e desde que no sistema de contagem esteja associado a um mesmo DI; 
Desse modo o professor ingressante não terá computado no item “tempo no cargo” os períodos trabalhados antes da efetivação, ou seja, o professor que no início de 2014 era categoria “F” ou “O” e tomou posse de cargo efetivo, não terá a pontuação correspondente no item “tempo no cargo”, apenas no magistério e na unidade escolar (se o caso). 
O professor que for aposentado em um cargo e ingressar em outro não somará o tempo computado até a data da publicação da aposentadoria no novo cargo. 
Não serão computados os períodos em que o professor permaneceu afastado com fundamento no art. 202 do Estatuto dos Funcionários Públicos. 
ATENÇÃO: O PROFESSOR DEVE ATENTAR AO SEU TEMPO DE SERVIÇO E À CORRETA ATRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO PARA FINS DE CLASSIFICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE ATRIBUIÇÃO DE AULAS. AS CORREÇÕES DEVEM SER SOLICITADAS NO PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 08/10/2014 A 30/10/2014 E DEPOIS CONFIRMAR A SUA INSCRIÇÃO ATÉ 06/11/2014. 
CONTAGEM DE TEMPO DO INGRESSANTE – CATEGORIA O 
Os professores ingressantes que anteriormente trabalharam como contratados nos termos da Lei Complementar 1093/09 devem requerer expressamente, no momento da inscrição para atribuição de aulas, a contagem de todo o período trabalhado no mesmo campo de atuação para pontuação nos itens “magistério” e “unidade escolar”.
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
HAVENDO NEGATIVA NA CONTAGEM DESSE TEMPO OU SENDO APRESENTADO QUALQUER IMPEDIMENTO PARA TANTO, O PROFESSOR DEVERÁ PROCURAR O DEPARTAMENTO JURÍDICO DA SUBSEDE PARA ORIENTAÇÕES E PROVIDÊNCIAS. 
APOSENTADORIA 
As regras para a concessão de aposentadoria dos servidores públicos estão na Constituição Federal. Tais regras sofreram diversas alterações nos últimos anos por meio de sucessivas Emendas Constitucionais como a 20/98, 41/03, 47/05 e 70/12. 
Apesar de todas essas mudanças, as mais significativas ocorreram em 1998 e 2003, pois delinearam a forma como ocorrerá a aposentadoria dos novos servidores públicos. 
São diversas regras e várias as possibilidades de aposentadoria de acordo com a situação de cada pessoa, sua idade, seus projetos de vida, sua condição de saúde e seu tempo de contribuição/trabalho. Por isso, cabe aqui trazer apenas as informações gerais a respeito das hipóteses de aposentadoria. 
REQUISITOS COMUNS À APOSENTADORIA 
Para novos servidores públicos (aqueles que ingressaram no serviço público depois de 31/12/03) 
Para os servidores que ingressaram no serviço público até 31/12/03 
Sem a paridade - art. 40 da CF/88 
Com a paridade para aqueles que ingressaram no serviço público até 31/12/03 - art. 6º EC 41/03 
- 10 anos no serviço público 
- 05 anos no cargo em que se dará a 
- 20 anos no serviço público 
- 10 anos na carreira
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
aposentadoria 
- 05 anos no cargo em que se dará a aposentadoria 
Os vencimentos e os proventos poderão ser corrigidos de maneira diversa, porém, garantido o reajuste para preservar em caráter permanente o valor real 
Os proventos de aposentadoria são reajustados na mesma data e na mesma proporção do reajuste dos vencimentos dos que se encontram em atividade 
APOSENTADORIA ESPECIAL PROFESSOR – PROVENTOS INTEGRAIS 
Homem 
Mulher 
- 55 anos de idade 
- 30 anos de contribuição 
- 50 anos de idade 
- 25 anos de contribuição 
O Governo Estadual entende que devem ser descontados do tempo de contribuição os períodos de afastamento em licença para tratamento de saúde para esta aposentadoria 
APOSENTADORIA COMUM – PROVENTOS INTEGRAIS 
Homem 
Mulher 
- 60 anos de idade 
- 35 anos de contribuição 
- 55 anos de idade 
- 30 anos de contribuição 
O Governo do Estado entende que para esta aposentadoria podem ser contados os períodos de licença para tratamento de saúde 
APOSENTADORIA POR IDADE – PROVENTOS PROPORCIONAIS 
Homem 
Mulher 
- 65 anos de idade 
- proporcionalidade x/35 
- 60 anos de idade 
- proporcionalidade x/30
Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 
Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 
Podem requerer o abono de permanência equivalente ao valor da contribuição previdenciária aqueles que já podem optar por uma aposentadoria proporcional ou integral, mas optam por permanecer em exercício. 
Para tanto, o professor deve requerer inicialmente a liquidação de tempo. 
As regras acima apresentadas não se aplicam aos professores contratados nos termos da LC 1093/09 (categoria “O”), pois estão vinculados ao regime geral da previdência social – INSS, sujeitando-se às regras estabelecidas pela autarquia. 
Estas são as principais hipóteses de aposentadoria. Há outras que poderão beneficiar os professores. Para verificar qual a situação que melhor atende ao seu direito, o professor deverá comparecer nos plantões do Departamento Jurídico (mediante horário previamente agendado), munido de documentos (fichas de registro de frequência, carteiras de trabalho e outros documentos comprobatórios de tempo de contribuição), para que seja feita uma análise e orientação individual. 
Para maiores esclarecimentos e defesa dos direitos da categoria, contem com todo o apoio da SUBSEDE APEOESP SANTO ANDRÉ e seu DEPARTAMENTO JURÍDICO. 
SUBSEDE APEOESP SANTO ANDRÉ – GESTÃO RENOVAR PELA LUTA / OPOSIÇÃO ALTERNATIVA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo convenio 2009
Modelo convenio 2009Modelo convenio 2009
Modelo convenio 2009
ADRIANA BECKER
 
Atribuição 2016
Atribuição 2016Atribuição 2016
Normas:horários escolares 2010
Normas:horários escolares 2010Normas:horários escolares 2010
Normas:horários escolares 2010
Inforários Software, Lda
 
Despacho normativo 24_2010_ii
Despacho normativo 24_2010_iiDespacho normativo 24_2010_ii
Despacho normativo 24_2010_ii
Julia Martins
 
Tce obrigatório sem remuneração matheus
Tce obrigatório sem remuneração  matheusTce obrigatório sem remuneração  matheus
Tce obrigatório sem remuneração matheus
Marcos Coelho
 
Termo de compromisso estagio obrigatorio
Termo de compromisso estagio obrigatorioTermo de compromisso estagio obrigatorio
Termo de compromisso estagio obrigatorio
serunb
 
Relatorio final Grupo de Trabalho da SETI
Relatorio final   Grupo de Trabalho da SETIRelatorio final   Grupo de Trabalho da SETI
Relatorio final Grupo de Trabalho da SETI
cpmarquiori
 
Termo de Compromisso de Estagio
Termo de Compromisso de EstagioTermo de Compromisso de Estagio
Termo de Compromisso de Estagio
Mari Lopes
 
Atribuição 2014
Atribuição 2014Atribuição 2014
Atribuição 2014
Pedro Canabarro
 
RESOLUÇÃO 2442 DEFINE CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS EM 2014
RESOLUÇÃO 2442 DEFINE CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS EM 2014RESOLUÇÃO 2442 DEFINE CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS EM 2014
RESOLUÇÃO 2442 DEFINE CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS EM 2014
Antônio Fernandes
 
Convênio de estágio modelo
Convênio de estágio modeloConvênio de estágio modelo
Convênio de estágio modelo
eriolfarmacia
 
Cct professores2009 2010
Cct professores2009 2010Cct professores2009 2010
Cct professores2009 2010
Rodrigo Konkel
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
Antônio Fernandes
 
Lei sobre carga horária
Lei sobre carga horáriaLei sobre carga horária
Lei sobre carga horária
Alexandro C. Marins
 
Regulamento interno 2013 14
Regulamento interno 2013 14Regulamento interno 2013 14
Regulamento interno 2013 14
lucar2010
 
Cctprofessores2010 2011
Cctprofessores2010 2011Cctprofessores2010 2011
Cctprofessores2010 2011
Rodrigo Konkel
 
RESOLUÇÃO SEE-MG nº 2018 de 06 janeiro 2012. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
RESOLUÇÃO SEE-MG nº 2018 de 06 janeiro 2012. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETORESOLUÇÃO SEE-MG nº 2018 de 06 janeiro 2012. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
RESOLUÇÃO SEE-MG nº 2018 de 06 janeiro 2012. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
Antônio Fernandes
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
Waender Soares
 
Apostila atribuicao inicial_2013_grupo_sesp
Apostila atribuicao inicial_2013_grupo_sespApostila atribuicao inicial_2013_grupo_sesp
Apostila atribuicao inicial_2013_grupo_sesp
SILVIA MESSIAS
 
Lei de estágio
Lei de estágioLei de estágio

Mais procurados (20)

Modelo convenio 2009
Modelo convenio 2009Modelo convenio 2009
Modelo convenio 2009
 
Atribuição 2016
Atribuição 2016Atribuição 2016
Atribuição 2016
 
Normas:horários escolares 2010
Normas:horários escolares 2010Normas:horários escolares 2010
Normas:horários escolares 2010
 
Despacho normativo 24_2010_ii
Despacho normativo 24_2010_iiDespacho normativo 24_2010_ii
Despacho normativo 24_2010_ii
 
Tce obrigatório sem remuneração matheus
Tce obrigatório sem remuneração  matheusTce obrigatório sem remuneração  matheus
Tce obrigatório sem remuneração matheus
 
Termo de compromisso estagio obrigatorio
Termo de compromisso estagio obrigatorioTermo de compromisso estagio obrigatorio
Termo de compromisso estagio obrigatorio
 
Relatorio final Grupo de Trabalho da SETI
Relatorio final   Grupo de Trabalho da SETIRelatorio final   Grupo de Trabalho da SETI
Relatorio final Grupo de Trabalho da SETI
 
Termo de Compromisso de Estagio
Termo de Compromisso de EstagioTermo de Compromisso de Estagio
Termo de Compromisso de Estagio
 
Atribuição 2014
Atribuição 2014Atribuição 2014
Atribuição 2014
 
RESOLUÇÃO 2442 DEFINE CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS EM 2014
RESOLUÇÃO 2442 DEFINE CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS EM 2014RESOLUÇÃO 2442 DEFINE CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS EM 2014
RESOLUÇÃO 2442 DEFINE CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS EM 2014
 
Convênio de estágio modelo
Convênio de estágio modeloConvênio de estágio modelo
Convênio de estágio modelo
 
Cct professores2009 2010
Cct professores2009 2010Cct professores2009 2010
Cct professores2009 2010
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
 
Lei sobre carga horária
Lei sobre carga horáriaLei sobre carga horária
Lei sobre carga horária
 
Regulamento interno 2013 14
Regulamento interno 2013 14Regulamento interno 2013 14
Regulamento interno 2013 14
 
Cctprofessores2010 2011
Cctprofessores2010 2011Cctprofessores2010 2011
Cctprofessores2010 2011
 
RESOLUÇÃO SEE-MG nº 2018 de 06 janeiro 2012. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
RESOLUÇÃO SEE-MG nº 2018 de 06 janeiro 2012. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETORESOLUÇÃO SEE-MG nº 2018 de 06 janeiro 2012. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
RESOLUÇÃO SEE-MG nº 2018 de 06 janeiro 2012. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
 
Apostila atribuicao inicial_2013_grupo_sesp
Apostila atribuicao inicial_2013_grupo_sespApostila atribuicao inicial_2013_grupo_sesp
Apostila atribuicao inicial_2013_grupo_sesp
 
Lei de estágio
Lei de estágioLei de estágio
Lei de estágio
 

Destaque

Cemerros arial-110224031326-phpapp02
Cemerros arial-110224031326-phpapp02Cemerros arial-110224031326-phpapp02
Cemerros arial-110224031326-phpapp02
Armazém Do Educador
 
Volume 2
Volume 2Volume 2
Revista filosofia
Revista filosofiaRevista filosofia
Revista filosofia
Armazém Do Educador
 
Manual do professor 2014 apeoesp
Manual do professor 2014   apeoespManual do professor 2014   apeoesp
Manual do professor 2014 apeoesp
Armazém Do Educador
 
Volume 1
Volume 1Volume 1
Secretaria digital...
Secretaria digital...Secretaria digital...
Secretaria digital...
Armazém Do Educador
 

Destaque (6)

Cemerros arial-110224031326-phpapp02
Cemerros arial-110224031326-phpapp02Cemerros arial-110224031326-phpapp02
Cemerros arial-110224031326-phpapp02
 
Volume 2
Volume 2Volume 2
Volume 2
 
Revista filosofia
Revista filosofiaRevista filosofia
Revista filosofia
 
Manual do professor 2014 apeoesp
Manual do professor 2014   apeoespManual do professor 2014   apeoesp
Manual do professor 2014 apeoesp
 
Volume 1
Volume 1Volume 1
Volume 1
 
Secretaria digital...
Secretaria digital...Secretaria digital...
Secretaria digital...
 

Semelhante a Orientações jurídicas 2º caderno

Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associadosDocumento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Apeoesp Vale Do Ribeira
 
Atribuição 2014
Atribuição 2014Atribuição 2014
Atribuição 2014
Pedro Canabarro
 
Ni rr12
Ni rr12Ni rr12
Regras de Concurso de Professores (2012/2013)
Regras de Concurso de Professores (2012/2013)Regras de Concurso de Professores (2012/2013)
Regras de Concurso de Professores (2012/2013)
Jorge Barbosa
 
Concursodocente2013
Concursodocente2013Concursodocente2013
LEI 100 MG ESCLARECIMENTOS SOBRE O CUMPRIMENTO DA DECISÃO DO STF NO JULGAMENT...
LEI 100 MG ESCLARECIMENTOS SOBRE O CUMPRIMENTO DA DECISÃO DO STF NO JULGAMENT...LEI 100 MG ESCLARECIMENTOS SOBRE O CUMPRIMENTO DA DECISÃO DO STF NO JULGAMENT...
LEI 100 MG ESCLARECIMENTOS SOBRE O CUMPRIMENTO DA DECISÃO DO STF NO JULGAMENT...
LEONARDO BARROS
 
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do STF no julgamento da adi 4876
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do STF no julgamento da adi 4876Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do STF no julgamento da adi 4876
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do STF no julgamento da adi 4876
Waender Soares
 
Apresentação adi 4876_05_2014__24_07_final
Apresentação adi 4876_05_2014__24_07_finalApresentação adi 4876_05_2014__24_07_final
Apresentação adi 4876_05_2014__24_07_final
Adunimontes Sindicato
 
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do stf no julgamento da adi 4876
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do stf no julgamento da adi 4876Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do stf no julgamento da adi 4876
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do stf no julgamento da adi 4876
Antônio Fernandes
 
NOTA INFORMATIVA
 NOTA INFORMATIVA NOTA INFORMATIVA
NOTA INFORMATIVA
Do outro lado da barricada
 
Nota informativa – reserva de recrutamento 17
Nota informativa – reserva de recrutamento 17Nota informativa – reserva de recrutamento 17
Nota informativa – reserva de recrutamento 17
Do outro lado da barricada
 
RESOLUÇÃO SEDS Nº 1187, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Dispõe sobre as condições ...
 RESOLUÇÃO SEDS Nº 1187, DE 26 DE AGOSTO DE 2011.  Dispõe sobre as condições ... RESOLUÇÃO SEDS Nº 1187, DE 26 DE AGOSTO DE 2011.  Dispõe sobre as condições ...
RESOLUÇÃO SEDS Nº 1187, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Dispõe sobre as condições ...
Cláudio Chasmil
 
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprofrevisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
Do outro lado da barricada
 
RESERVA DE RECRUTAMENTO 06
RESERVA DE RECRUTAMENTO 06RESERVA DE RECRUTAMENTO 06
RESERVA DE RECRUTAMENTO 06
Do outro lado da barricada
 
Res se 89, 29.12.2011
Res se 89, 29.12.2011Res se 89, 29.12.2011
Res se 89, 29.12.2011
SILVIA MESSIAS
 
Ni rr10
Ni rr10Ni rr10
Nota informativa rr07
Nota informativa rr07Nota informativa rr07
Nota informativa rr07
Do outro lado da barricada
 
RESERVA DE RECRUTAMENTO 01 NOTA INFORMATIVA
RESERVA DE RECRUTAMENTO 01 NOTA INFORMATIVARESERVA DE RECRUTAMENTO 01 NOTA INFORMATIVA
RESERVA DE RECRUTAMENTO 01 NOTA INFORMATIVA
Do outro lado da barricada
 
Greves de junho de 2013 perguntas frequentes final3junho
Greves de junho de 2013 perguntas frequentes final3junhoGreves de junho de 2013 perguntas frequentes final3junho
Greves de junho de 2013 perguntas frequentes final3junho
Mac Sacra
 
Reserva de recrutamento
Reserva de recrutamentoReserva de recrutamento
Reserva de recrutamento
Do outro lado da barricada
 

Semelhante a Orientações jurídicas 2º caderno (20)

Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associadosDocumento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
Documento elaborado pela secretaria de legislação e defesa dos associados
 
Atribuição 2014
Atribuição 2014Atribuição 2014
Atribuição 2014
 
Ni rr12
Ni rr12Ni rr12
Ni rr12
 
Regras de Concurso de Professores (2012/2013)
Regras de Concurso de Professores (2012/2013)Regras de Concurso de Professores (2012/2013)
Regras de Concurso de Professores (2012/2013)
 
Concursodocente2013
Concursodocente2013Concursodocente2013
Concursodocente2013
 
LEI 100 MG ESCLARECIMENTOS SOBRE O CUMPRIMENTO DA DECISÃO DO STF NO JULGAMENT...
LEI 100 MG ESCLARECIMENTOS SOBRE O CUMPRIMENTO DA DECISÃO DO STF NO JULGAMENT...LEI 100 MG ESCLARECIMENTOS SOBRE O CUMPRIMENTO DA DECISÃO DO STF NO JULGAMENT...
LEI 100 MG ESCLARECIMENTOS SOBRE O CUMPRIMENTO DA DECISÃO DO STF NO JULGAMENT...
 
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do STF no julgamento da adi 4876
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do STF no julgamento da adi 4876Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do STF no julgamento da adi 4876
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do STF no julgamento da adi 4876
 
Apresentação adi 4876_05_2014__24_07_final
Apresentação adi 4876_05_2014__24_07_finalApresentação adi 4876_05_2014__24_07_final
Apresentação adi 4876_05_2014__24_07_final
 
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do stf no julgamento da adi 4876
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do stf no julgamento da adi 4876Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do stf no julgamento da adi 4876
Esclarecimentos sobre o cumprimento da decisão do stf no julgamento da adi 4876
 
NOTA INFORMATIVA
 NOTA INFORMATIVA NOTA INFORMATIVA
NOTA INFORMATIVA
 
Nota informativa – reserva de recrutamento 17
Nota informativa – reserva de recrutamento 17Nota informativa – reserva de recrutamento 17
Nota informativa – reserva de recrutamento 17
 
RESOLUÇÃO SEDS Nº 1187, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Dispõe sobre as condições ...
 RESOLUÇÃO SEDS Nº 1187, DE 26 DE AGOSTO DE 2011.  Dispõe sobre as condições ... RESOLUÇÃO SEDS Nº 1187, DE 26 DE AGOSTO DE 2011.  Dispõe sobre as condições ...
RESOLUÇÃO SEDS Nº 1187, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Dispõe sobre as condições ...
 
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprofrevisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
revisao-do_regime_legal_de_concursos___principios_defendidos_pela_fenprof
 
RESERVA DE RECRUTAMENTO 06
RESERVA DE RECRUTAMENTO 06RESERVA DE RECRUTAMENTO 06
RESERVA DE RECRUTAMENTO 06
 
Res se 89, 29.12.2011
Res se 89, 29.12.2011Res se 89, 29.12.2011
Res se 89, 29.12.2011
 
Ni rr10
Ni rr10Ni rr10
Ni rr10
 
Nota informativa rr07
Nota informativa rr07Nota informativa rr07
Nota informativa rr07
 
RESERVA DE RECRUTAMENTO 01 NOTA INFORMATIVA
RESERVA DE RECRUTAMENTO 01 NOTA INFORMATIVARESERVA DE RECRUTAMENTO 01 NOTA INFORMATIVA
RESERVA DE RECRUTAMENTO 01 NOTA INFORMATIVA
 
Greves de junho de 2013 perguntas frequentes final3junho
Greves de junho de 2013 perguntas frequentes final3junhoGreves de junho de 2013 perguntas frequentes final3junho
Greves de junho de 2013 perguntas frequentes final3junho
 
Reserva de recrutamento
Reserva de recrutamentoReserva de recrutamento
Reserva de recrutamento
 

Mais de Armazém Do Educador

íNdice
íNdiceíNdice
Resolucao se 52
Resolucao se 52Resolucao se 52
Resolucao se 52
Armazém Do Educador
 
Estudar concurso 80 verdetes
Estudar concurso   80 verdetesEstudar concurso   80 verdetes
Estudar concurso 80 verdetes
Armazém Do Educador
 
Simulado 2
Simulado 2Simulado 2
Simulado i
Simulado iSimulado i
Revista estrangeiramodernainglesmarco
Revista estrangeiramodernainglesmarcoRevista estrangeiramodernainglesmarco
Revista estrangeiramodernainglesmarco
Armazém Do Educador
 
Revista educafisica
Revista educafisicaRevista educafisica
Revista educafisica
Armazém Do Educador
 
Revista arte
Revista arteRevista arte
Revista arte
Armazém Do Educador
 
Revista sociologia
Revista sociologiaRevista sociologia
Revista sociologia
Armazém Do Educador
 
Revista quimica
Revista quimicaRevista quimica
Revista quimica
Armazém Do Educador
 
Revista fisica 1
Revista fisica 1Revista fisica 1
Revista fisica 1
Armazém Do Educador
 
Revista biologia
Revista biologiaRevista biologia
Revista biologia
Armazém Do Educador
 
Revista ciencias
Revista cienciasRevista ciencias
Revista ciencias
Armazém Do Educador
 
Revista educaespecial 1
Revista educaespecial 1Revista educaespecial 1
Revista educaespecial 1
Armazém Do Educador
 
Revista peb1
Revista peb1Revista peb1
Revista peb1
Armazém Do Educador
 
Apostila de geografia
Apostila de geografiaApostila de geografia
Apostila de geografia
Armazém Do Educador
 
Revista historia
Revista historiaRevista historia
Revista historia
Armazém Do Educador
 
Revista matematica
Revista matematicaRevista matematica
Revista matematica
Armazém Do Educador
 
Apostila específica de português
Apostila específica de portuguêsApostila específica de português
Apostila específica de português
Armazém Do Educador
 
Apostila da parte pedagógica
Apostila da parte pedagógicaApostila da parte pedagógica
Apostila da parte pedagógica
Armazém Do Educador
 

Mais de Armazém Do Educador (20)

íNdice
íNdiceíNdice
íNdice
 
Resolucao se 52
Resolucao se 52Resolucao se 52
Resolucao se 52
 
Estudar concurso 80 verdetes
Estudar concurso   80 verdetesEstudar concurso   80 verdetes
Estudar concurso 80 verdetes
 
Simulado 2
Simulado 2Simulado 2
Simulado 2
 
Simulado i
Simulado iSimulado i
Simulado i
 
Revista estrangeiramodernainglesmarco
Revista estrangeiramodernainglesmarcoRevista estrangeiramodernainglesmarco
Revista estrangeiramodernainglesmarco
 
Revista educafisica
Revista educafisicaRevista educafisica
Revista educafisica
 
Revista arte
Revista arteRevista arte
Revista arte
 
Revista sociologia
Revista sociologiaRevista sociologia
Revista sociologia
 
Revista quimica
Revista quimicaRevista quimica
Revista quimica
 
Revista fisica 1
Revista fisica 1Revista fisica 1
Revista fisica 1
 
Revista biologia
Revista biologiaRevista biologia
Revista biologia
 
Revista ciencias
Revista cienciasRevista ciencias
Revista ciencias
 
Revista educaespecial 1
Revista educaespecial 1Revista educaespecial 1
Revista educaespecial 1
 
Revista peb1
Revista peb1Revista peb1
Revista peb1
 
Apostila de geografia
Apostila de geografiaApostila de geografia
Apostila de geografia
 
Revista historia
Revista historiaRevista historia
Revista historia
 
Revista matematica
Revista matematicaRevista matematica
Revista matematica
 
Apostila específica de português
Apostila específica de portuguêsApostila específica de português
Apostila específica de português
 
Apostila da parte pedagógica
Apostila da parte pedagógicaApostila da parte pedagógica
Apostila da parte pedagógica
 

Orientações jurídicas 2º caderno

  • 1. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 ORIENTAÇÕES JURÍDICAS 2º CADERNO Temas: - Inscrições Atribuição 2015 - Categoria “O” - Aposentadoria Diante de diversos questionamentos apresentados no cotidiano dos professores, bem como CONSIDERANDO A PROXIMIDADE COM O INÍCIO DO PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA A ATRIBUIÇÃO DE AULAS 2015 a SUBSEDE APEOESP SANTO ANDRÉ, cumprindo o compromisso assumido de respaldar os professores para defender os seus direitos apresenta informações e procedimentos sugeridos pela Executiva em conjunto com o DEPARTAMENTO JURÍDICO. INSCRIÇÃO PARA ATRIBUIÇÃO DE AULAS – ORIENTAÇÕES PRELIMINARES O processo de atribuição de aulas para o ano de 2015 já teve início e, por isso, é preciso ficar atento !!!!! De acordo com a Portaria CGRH 01, de 05-09-2014, republicada com alterações em 01/10/2014, os professores da rede estadual de ensino e os contratados em 2014 deverão efetuar inscrição para o processo de atribuição de classes e aulas de 2015 diretamente no site: http://drhunet.edunet.sp.gov.br/portalnet/. As inscrições devem ser feitas no período de 08/10/2014 às 18h00 de 30/10/2014.
  • 2. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 Nesse momento o professor deve indicar:  A Jornada de Trabalho Docente: manutenção, ampliação ou redução, exceto, para a Jornada Reduzida de Trabalho Docente, nos termos do artigo 4º da Lei Complementar 1.207/2013;  A inscrição para concorrer à atribuição do artigo 22 (efetivos) ou alteração de Diretoria de Ensino (categorias “P”, “N” e “F”);  Opção por projetos da pasta. Os professores devem ficar atentos e verificar se há algum erro quanto à sua habilitação (estudante ou formado, se há mais de uma habilitação...), pontuação decorrente de tempo de serviço e títulos e outros critérios pertinentes à sua classificação para a atribuição de aulas. A solicitação de alteração deve ser requerida na unidade escolar de classificação, com a apresentação de documentos pertinentes. PORTANTO, HAVENDO NECESSIDADE DE REALIZAR ALGUM ACERTO NA INSCRIÇÃO O PROFESSOR DEVERÁ REQUERER TAL PROVIDÊNCIA NO MESMO PERÍODO DAS INSCRIÇÕES. O PROFESSOR QUE SOLICITOU ALGUM ACERTO DEVERÁ CONFIRMAR A SUA INSCRIÇÃO ATÉ O DIA 06/11/2014. Os professores que não atentarem para esses prazos poderão ficar prejudicados, sendo obrigados a concorrer à atribuição de aulas como estudantes, quando, em verdade, já são formados. Professores contratados nos termos da Lei Complementar 1093/09 deverão fazer suas inscrições da mesma forma.
  • 3. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 Não haverá inscrição para candidatos que não se encontrem vinculados à rede estadual em 2014. Estes poderão eventualmente ser contratados se prestaram o concurso Público PEB-II/2013, observada a classificação obtida na 1ª e 2ª opção, estando desobrigados de realizar a inscrição. Cobranças e questionamentos dos professores e da Subsede Santo André e de outras regiões levaram a APEOESP a distribuir ação judicial – mandado de segurança, com a finalidade de garantir que todos os candidatos possam inscrever-se para o processo de atribuição de classes e aulas no ano letivo de 2015, independentemente de terem feito a prova do concurso público ou estarem contratados em 2014. A ação judicial – processo n. 1038941-52.2014.8.26.0053 foi distribuída à 7ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo no último dia 17/09/2014. A medida liminar pleiteada não foi deferida, mas, a ação continua em andamento. Nessa ação judicial busca-se garantir o direito dos professores da categoria “O” contratados em qualquer período, de inscrever-se para o processo de atribuição de classes e aulas para o ano letivo de 2015, sendo classificado entre seus pares de acordo com a nota obtida no último processo seletivo, assim como pelos critérios de tempo de serviço e títulos. Além disso, a APEOESP busca por meio da ação judicial reconhecer a inconstitucionalidade da duzentena e da quarentena e garantir que todos os docentes categoria “O” possam ser contratados nos termos da Lei 1093/09, imediatamente após a extinção do contrato anterior e, alternativamente que o prazo entre uma contratação e outra seja limitado a 40 dias. Tudo isso ainda está a depender da análise do Poder Judiciário que deverá dar uma nova decisão após a defesa do Sr. Secretário da Educação. Tão logo haja decisão a APEOESP certamente divulgará aos seus associados. Os meios jurídicos são necessários, mas sabemos que a justiça não é neutra e muito menos nossa aliada. Só podemos confiar em nossa Luta e organização! Assim, a Subsede chama os professores Categoria “O” e demais colegas para a realizarmos o III Encontro Contra a Precarização da Contratação e dos Direitos, que será convocado por esses dias.
  • 4. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 Também cobramos a Central para que seja realizado um Encontro Estadual para tirar encaminhamentos de luta Contra a Precarização e Pela Estabilidade/Efetivação de todos os professores categoria “O”. CONTRATAÇÃO DO CATEGORIA “O” Não há certeza quanto ao deferimento da medida judicial, portanto, é preciso observar o que a Lei Complementar 1093/09, alterada em 2013 por meio da LC 1215/13 estabelece no que tange ao período de carência para recontratação no serviço público. A Lei prevê o seguinte: Artigo 6º - Para o ano letivo de 2014, os docentes contratados nos termos desta lei complementar poderão celebrar novo contrato de trabalho, com vigência correspondente ao citado ano letivo, sendo que o número máximo de contratações não poderá ultrapassar o limite das celebradas no ano letivo de 2013, desde que atendidos os seguintes requisitos: I - classificação em processo seletivo simplificado; II - decurso do prazo de 40 (quarenta) dias, contados do término do contrato anteriormente celebrado; III - ato específico da autoridade contratante que justifique a urgência e a inadiabilidade da adoção da medida. § 1º - Em caso de absoluta necessidade, devidamente justificada pela autoridade contratante, o disposto neste artigo poderá ser aplicado para os anos letivos de 2015 e de 2016, limitado, em cada ano, o número máximo de contratações a até 50% (cinquenta por cento) e até 40% (quarenta por cento), respectivamente, das que tenham sido celebradas no ano letivo de 2014. § 2º - O decurso do prazo de 40 (quarenta) dias, contados do término do contrato anteriormente celebrado, poderá ser aplicado uma única vez, para cada docente contratado. § 3 – Após a extinção do contrato celebrado nos termos do artigo 5º das Disposições Transitórias desta lei complementar, fica vedada, sob pena de
  • 5. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 nulidade, a contratação do mesmo docente antes de decorridos 200 (duzentos) dias do término do contrato. Repita-se que a APEOESP pediu no Mandado de Segurança Coletivo a declaração de inconstitucionalidade desse dispositivo legal, de tal forma que não mais haveria impedimento para recontratação. Mas não há certeza quanto à futura decisão judicial de modo que, neste momento, é preciso pensar que a recontratação dos professores temporários obedecerá ao dispositivo legal supra, ou seja:  em 2015 poderão ser contratados professores em número equivalente a 50% dos contratados em 2014;  em 2016 poderão se contratados professores em número equivalente a 40% dos contratados em 2014;  a carência para recontratação será de 40 dias, podendo o professor se utilizar desse prazo reduzido uma única vez. Numa recontratação futura, o professor terá que aguardar o prazo de 200 dias. CONTAGEM DE TEMPO E PONTUAÇÃO PARA ATRIBUIÇÃO DE AULAS A Coordenadora da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos publicou a Instrução CGRH 1, de 8-9-2014 objetivando uniformizar os critérios relativos à contagem de tempo de serviço para fins de classificação no processo de atribuição de classes e aulas, prevendo resumidamente:  o tempo anual considera o exercício no período de 01/07 a 30/06 do ano corrente ao da inscrição;  o tempo na unidade escolar, no mesmo campo de atuação pode somar períodos de exercício intercalados, computando-se também o tempo em que o professor trabalhou como eventual;
  • 6. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948  o tempo no cargo considera apenas os períodos exercidos como titular de cargo de provimento efetivo, ainda que em períodos intercalados;  o tempo na função levará em conta todo o tempo que tiver na função do mesmo campo de atuação, considerando todos vínculos, mesmo que intercalados e desde que no sistema de contagem esteja associado a um mesmo DI; Desse modo o professor ingressante não terá computado no item “tempo no cargo” os períodos trabalhados antes da efetivação, ou seja, o professor que no início de 2014 era categoria “F” ou “O” e tomou posse de cargo efetivo, não terá a pontuação correspondente no item “tempo no cargo”, apenas no magistério e na unidade escolar (se o caso). O professor que for aposentado em um cargo e ingressar em outro não somará o tempo computado até a data da publicação da aposentadoria no novo cargo. Não serão computados os períodos em que o professor permaneceu afastado com fundamento no art. 202 do Estatuto dos Funcionários Públicos. ATENÇÃO: O PROFESSOR DEVE ATENTAR AO SEU TEMPO DE SERVIÇO E À CORRETA ATRIBUIÇÃO DA PONTUAÇÃO PARA FINS DE CLASSIFICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE ATRIBUIÇÃO DE AULAS. AS CORREÇÕES DEVEM SER SOLICITADAS NO PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 08/10/2014 A 30/10/2014 E DEPOIS CONFIRMAR A SUA INSCRIÇÃO ATÉ 06/11/2014. CONTAGEM DE TEMPO DO INGRESSANTE – CATEGORIA O Os professores ingressantes que anteriormente trabalharam como contratados nos termos da Lei Complementar 1093/09 devem requerer expressamente, no momento da inscrição para atribuição de aulas, a contagem de todo o período trabalhado no mesmo campo de atuação para pontuação nos itens “magistério” e “unidade escolar”.
  • 7. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 HAVENDO NEGATIVA NA CONTAGEM DESSE TEMPO OU SENDO APRESENTADO QUALQUER IMPEDIMENTO PARA TANTO, O PROFESSOR DEVERÁ PROCURAR O DEPARTAMENTO JURÍDICO DA SUBSEDE PARA ORIENTAÇÕES E PROVIDÊNCIAS. APOSENTADORIA As regras para a concessão de aposentadoria dos servidores públicos estão na Constituição Federal. Tais regras sofreram diversas alterações nos últimos anos por meio de sucessivas Emendas Constitucionais como a 20/98, 41/03, 47/05 e 70/12. Apesar de todas essas mudanças, as mais significativas ocorreram em 1998 e 2003, pois delinearam a forma como ocorrerá a aposentadoria dos novos servidores públicos. São diversas regras e várias as possibilidades de aposentadoria de acordo com a situação de cada pessoa, sua idade, seus projetos de vida, sua condição de saúde e seu tempo de contribuição/trabalho. Por isso, cabe aqui trazer apenas as informações gerais a respeito das hipóteses de aposentadoria. REQUISITOS COMUNS À APOSENTADORIA Para novos servidores públicos (aqueles que ingressaram no serviço público depois de 31/12/03) Para os servidores que ingressaram no serviço público até 31/12/03 Sem a paridade - art. 40 da CF/88 Com a paridade para aqueles que ingressaram no serviço público até 31/12/03 - art. 6º EC 41/03 - 10 anos no serviço público - 05 anos no cargo em que se dará a - 20 anos no serviço público - 10 anos na carreira
  • 8. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 aposentadoria - 05 anos no cargo em que se dará a aposentadoria Os vencimentos e os proventos poderão ser corrigidos de maneira diversa, porém, garantido o reajuste para preservar em caráter permanente o valor real Os proventos de aposentadoria são reajustados na mesma data e na mesma proporção do reajuste dos vencimentos dos que se encontram em atividade APOSENTADORIA ESPECIAL PROFESSOR – PROVENTOS INTEGRAIS Homem Mulher - 55 anos de idade - 30 anos de contribuição - 50 anos de idade - 25 anos de contribuição O Governo Estadual entende que devem ser descontados do tempo de contribuição os períodos de afastamento em licença para tratamento de saúde para esta aposentadoria APOSENTADORIA COMUM – PROVENTOS INTEGRAIS Homem Mulher - 60 anos de idade - 35 anos de contribuição - 55 anos de idade - 30 anos de contribuição O Governo do Estado entende que para esta aposentadoria podem ser contados os períodos de licença para tratamento de saúde APOSENTADORIA POR IDADE – PROVENTOS PROPORCIONAIS Homem Mulher - 65 anos de idade - proporcionalidade x/35 - 60 anos de idade - proporcionalidade x/30
  • 9. Subsede Santo André – Rua Xavier de Toledo, n.º 471 – Centro – Santo André/SP  4994-3839 Reconhecida Utilidade Pública pela Lei n.º 216, de 13/12/1948 Podem requerer o abono de permanência equivalente ao valor da contribuição previdenciária aqueles que já podem optar por uma aposentadoria proporcional ou integral, mas optam por permanecer em exercício. Para tanto, o professor deve requerer inicialmente a liquidação de tempo. As regras acima apresentadas não se aplicam aos professores contratados nos termos da LC 1093/09 (categoria “O”), pois estão vinculados ao regime geral da previdência social – INSS, sujeitando-se às regras estabelecidas pela autarquia. Estas são as principais hipóteses de aposentadoria. Há outras que poderão beneficiar os professores. Para verificar qual a situação que melhor atende ao seu direito, o professor deverá comparecer nos plantões do Departamento Jurídico (mediante horário previamente agendado), munido de documentos (fichas de registro de frequência, carteiras de trabalho e outros documentos comprobatórios de tempo de contribuição), para que seja feita uma análise e orientação individual. Para maiores esclarecimentos e defesa dos direitos da categoria, contem com todo o apoio da SUBSEDE APEOESP SANTO ANDRÉ e seu DEPARTAMENTO JURÍDICO. SUBSEDE APEOESP SANTO ANDRÉ – GESTÃO RENOVAR PELA LUTA / OPOSIÇÃO ALTERNATIVA