SlideShare uma empresa Scribd logo
Lição 02
A Natureza
dos Anjos
A Beleza do
Mundo
Espiritual
1 - Expor a identidade dos anjos;
2 - Explicar a natureza e o ofício dos
anjos;
3 - Elencar a ordem hierárquica dos
anjos.
Objetivo Geral
Mostrar os anjos como seres espirituais reais, cujo serviço glorifica a
Deus e auxilia seu povo.
Objetivos Específicos
4 - Destacar a relação de Jesus com os
anjos a partir do Arcanjo Miguel.
26 - E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a
uma cidade da Galileia, chamada Nazaré,
27 - a uma virgem desposada com um varão cujo nome era
José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.
28 - E, entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve,
agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as
mulheres.
29 - E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras e
considerava que saudação seria esta.
30 - Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque
achaste graça diante de Deus,
31 - E eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um
filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
Lucas 1.26-35
Lucas 1.26-35
32 - Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo;
e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai,
33 - e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu
Reino não terá fim.
34 - E disse Maria ao anjo: Como se fará isso, visto que
não conheço varão?
35 - E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o
Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a
sua sombra; pelo que também o Santo, que de ti há de
nascer, será chamado Filho de Deus.
(Salmos 103:20)
"Bendizei ao SENHOR, anjos seus,
magníficos em poder, que cumpris
as suas ordens, obedecendo à voz da
sua palavra”
Os anjos são seres reais, espirituais e
celestiais a serviço de Deus e enviados
para ajudar os que vão herdar a
salvação.
Os anjos são seres
celestiais a serviço
de Deus para
auxiliar os salvos
em Cristo.
Os anjos estão presentes na Bíblia desde o livro de Gênesis
até o livro de Apocalipse, e o número deles é incontável.
Eles apareceram a muitas pessoas na história do povo de
Deus, trazendo uma missão específica.
1 – Quem são eles ?
Os anjos são uma classe de seres criados por Deus, assim
como os seres humanos foram também criados. Na nossa
cultura, quando se fala em anjo, todos entendemos o que
isso significa; vêm à nossa mente os seres espirituais e
sobrenaturais que habitam o céu. Mas o termo tem
significado mais amplo.
Hebraico Grego Latim Português
Mal’ak Angelos Angelus Anjo
“mensageiro”
2 – Os Gregos e os Romanos.
Os anjos
falam e agem
em nome de
quem o
enviou, ou
seja, em
nome de
Deus.
Entre os gregos e romanos o termo “angelos” era usado para
um mensageiro ou embaixador em assuntos humanos.
3 – Na Bíblia.
O termo mal'ak, na cultura judaica, indicava um ser celeste
e espiritual dotado de poderes sobrenaturais e acima de
qualquer humano
(Sl 103.20; 2 Pe 2.11).
Hebraico
Mal’ak
Na Bíblia este termo também
se aplica a mensageiros
humanos como o profeta
Ageu e João Batista
A palavra anjos
significa
mensageiros. Nas
Escrituras, os anjos
sempre
desempenharam
essa função.
1 – Natureza
❶ São criaturas espirituais e invisíveis aos humanos.
❷ São sobrenaturais e racionais
❸ São em grandes multidões no céu
❹ Não são autônomos nem independentes; não agem
como tal e nunca receberam adoração.
❺ A habitação deles é o céu, e eles veem sempre a
face do Pai (Mt 18.10).
❻ Não possuem corpo físico ou material, mas podem
se apresentar na forma humana.
❼ Os anjos são assexuados, não se reproduzem nem
estão sujeitos à morte (Mc 12.25; Lc 20.36).
2 – Ofício
❶ A Bíblia mostra a atuação deles nas diversas esferas no
céu e na terra.
❷ Uma de suas atividades, e a principal delas, é louvar e
glorificar a Deus (Sl 148.2; Ap 7.11,12).
❸ Eles executam obras em favor de homens e mulheres
para socorrer e ajudar nas suas dificuldades.
❹ São eles que levam os salvos ao lar eterno (Lc 16.22).
Não é possível descrever todas as atividades dos anjos em
tão pouco espaço, algumas observações :
3 – A ação dos anjos durante o ministério de Jesus
❶ O anjo Gabriel anunciou a Zacarias o nascimento de João
Batista (Lc 1.18,19),
❷ O anjo Gabriel anunciou o nascimento de Jesus a Maria
(Lc 1.26-31),
❸ Os anjos assistiram a Jesus durante todo o seu ministério
terreno: na tentação do deserto, na agonia do Getsêmani,
na sua ressurreição e na ascensão ao céu (Mc 1.13; Lc 22.43; Mt 28.2-6;
At 1.10).
Os anjos são criaturas
espirituais invisíveis às
pessoas. As principais
funções deles são
glorificar a Deus e
fazer obras em favor
dos seres humanos.
1 – As Hierarquias Angelicais
O apóstolo Paulo inclui nessas hierarquias duas duplas de
seres: "tronos e dominações" e "principados e potestades"
(Cl 1.16).
Tronos
Dominações Classificação Angelical
Poderes Celestes
❶
Principados
Potestades
Legião de Anjos maus ou
bons com grande poder e
autoridade no mundo
espiritual
❷
2 – Serafins e Querubins
São outras duas categorias de anjos sobre as quais a Bíblia
revela algo mais do que as categorias anteriores.
O termo serafim
significa "flamejante,
brilhante, refulgente".
para que prestem um serviço e uma adoração aceitável.
Os serafins figuram
como líderes da
adoração prestada a
Deus. A ocupação
primária deles é a
santidade e a purificação
dos remidos,
2 – Serafins e Querubins
O termo serafim significa “flamejante, brilhante, refulgente”. Os
serafins são criaturas sobrenaturais associadas à glória de Javé e
representam a presença, a grandeza e a majestade divinas (Is 6.2).
Os querubins simbolizam a transcendência de Deus, o qual “habita
entre os querubins” (1 Sm 4.4).
"Serafins estavam por cima dele;
cada um tinha seis asas; com duas
cobriam os seus rostos, e com duas
cobriam os seus pés, e com duas
voavam" (Isaías 6.2).
Enviou, pois, o povo a Siló, e trouxeram de lá a arca da aliança do Senhor dos Exércitos, que
habita entre os querubins; e os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, estavam ali com a arca da
aliança de Deus. 1 Samuel 4:4
Eles são representados como criaturas aladas
colocadas no propiciatório da Arca do Concerto
(Êx 25.18-20:37.7-9).
2 – Serafins e Querubins
3 – Arcanjos
"com voz de
arcanjo"
(1 Ts 4.16)
e
"mas o arcanjo
Miguel, quando
contendia..."
(Jd 9)
Esse termo significa chefe ou líder dos anjos. Essa palavra só
aparece duas vezes na Bíblia, em:
O nome "Miguel",
significa
"quem é semelhante
a Deus?";
O nome Gabriel
significa "varão de
Deus".
Os tratados de teologia costumam
incluir Gabriel como arcanjo.
Miguel e Gabriel são os únicos anjos
mencionados por nome na Bíblia.
3 – Arcanjos
As Escrituras Sagradas revelam existir mais seres no
céu, da mesma natureza e com a mesma posição de
arcanjo:
"e eis que Miguel,
um dos primeiros
príncipes, veio para
ajudar-me, e eu
fiquei ali com os reis
da Pérsia" (Dn
10.13).
3 – Arcanjos
Há uma organização
clara dos anjos no céu,
mas sobre a natureza
dessa hierarquia a Bíblia
nos revela muito pouco.
1 – A Identidade de Miguel
O nome do Arcanjo Miguel aparece cinco vezes na
Bíblia :
❶ Como "príncipe" (Daniel 10.13),
❷ Como "príncipe" (Daniel 10.21),
❸ Como "príncipe" (Daniel 12.1),
❹ Como Arcanjo (Judas 9)
❺ Como combatente
contra Satanás e
seus anjos
(Apocalipse 12.7).
O ministério dos anjos em relação a Jesus vem
desde o anúncio do seu nascimento até a sua
ascensão ao céu. Miguel é anjo e se inclui também
nesse ministério.
As Escrituras falam muito pouco a respeito desse anjo. O seu
nome aparece cinco vezes na Bíblia, como “príncipes” (Dn
10.13,21; 12.1), arcanjo (Jd 9) e combatente contra Satanás e seus
anjos (Ap 12.7). Alguns grupos religiosos ensinam
que Miguel é o próprio Jesus Cristo. Esse pensamento não
nos surpreende, pois um desses grupos é arianista.
1 – A Identidade de Miguel
O Arianismo é uma heresia cristã fundada no século IV por Ario, um
presbítero de Alexandria, no Egito. A sua doutrina baseava-se
essencialmente no princípio da negação de Cristo como divindade.
1 – A Identidade de Miguel
O que nos chama a atenção é o fato de outros grupos
cristãos, que afirmam crer na Trindade, confundam o
Criador com a criatura.
O Arianismo é uma heresia cristã fundada no século IV por Ario, um
presbítero de Alexandria, no Egito. A sua doutrina baseava-se
essencialmente no princípio da negação de Cristo como divindade.
2 – Uma Diferença Abissal (gigantesca)
JESUS ARCANJO MIGUEL
Jesus é Deus, o Criador e
transcendente (Jo 1.1-3; Cl
1.16,17).
É um anjo, portanto, uma
criatura (Jd 9).
É adorado até pelos anjos,
inclui Miguel (Hb 1.6).
Miguel, sendo anjo, não pode ser
adorado (Ap 19.10; 22.8,9).
Jesus é o Senhor dos
senhores (Ap 17.14).
Miguel é príncipe
(Dn 10.13,21).
Não é verdade que o Senhor Jesus Cristo seja o mesmo
Miguel, pois há uma diferença abissal entre ambos:
A Bíblia traz muitas informações acerca dos anjos e, apesar
das inúmeras referências bíblicas, ainda muito pouco
sabemos a respeito de quem eles são e do que fazem. A
diferença entre os anjos e os humanos está, entre outras, no
fato de que a nós o Criador deu a capacidade reprodutiva e,
para tal, quando criou o ser humano, criou um casal que
geraria outros da mesma espécie. Os anjos não se
reproduzem.
O que indica, na cultura judaica, o termo hebraico
para anjo?
O termo mal'ak, na cultura judaica, indicava um
ser celeste e espiritual dotado de poderes
sobrenaturais e acima de qualquer humano
(Sl 103.20; 2 Pe 2.11).
O que são as manifestações angelofânicas na
Bíblia?
Manifestações
angelofânicas são
os anjos, que não
possuem corpo físico
ou material, se
apresentarem na
forma humana.
Que são os serafins e os querubins?
Os serafins são criaturas sobrenaturais associadas
à glória de Javé e representam a presença, a
grandeza e a majestade divinas (Is 6.2).
Os querubins são
representados
como criaturas
aladas colocadas
no propiciatório
da arca do
concerto (Êx
25.18-20; 37.7-9).
Cite uma passagem bíblica que mostra existirem
mais seres angelicais da mesma categoria do
arcanjo Miguel.
"E eis que Miguel, um dos primeiros príncipes,
veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da
Pérsia" (Dn 10.13).
Por que o Senhor Jesus não pode ser o mesmo
arcanjo Miguel? Cite duas razões e as respectivas
citações bíblicas.
Jesus é adorado até pelos anjos, e isso inclui o
próprio Miguel; no entanto, Miguel, sendo anjo,
não pode ser adorado (Hb 1.6; Ap 19.10; 22.8,9).
Jesus é o Senhor dos senhores, e Miguel é
príncipe (Ap 17.14; Dn 10.13,21).
Lição 3 – A Natureza dos Demônios
Agentes da Maldade no Mundo Espiritual

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

10. O Livro de Josué
10. O Livro de Josué10. O Livro de Josué
10. O Livro de Josué
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Plano da salvação todos
Plano da salvação todosPlano da salvação todos
Plano da salvação todos
Estudos Bíblicos
 
Panorama do pentateuco
Panorama do pentateucoPanorama do pentateuco
Panorama do pentateuco
Paulo Ferreira
 
A santissima trindade
A santissima trindadeA santissima trindade
A santissima trindade
Pr Neto
 
Aula 1 antropologia
Aula 1   antropologiaAula 1   antropologia
Aula 1 antropologia
magnao2
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
Alberto Nery
 
O Padrão da Lei Moral | Os dez mandamentos | lição 2 | plano de aula
O Padrão da Lei Moral | Os dez mandamentos | lição 2 | plano de aulaO Padrão da Lei Moral | Os dez mandamentos | lição 2 | plano de aula
O Padrão da Lei Moral | Os dez mandamentos | lição 2 | plano de aula
Luis Carlos Oliveira
 
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - GênesisPanorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - Gênesis
Respirando Deus
 
10 periodo de israel em canaa e juizes
10  periodo de israel em canaa e juizes10  periodo de israel em canaa e juizes
10 periodo de israel em canaa e juizes
PIB Penha
 
Teontologia - AULA 03
Teontologia - AULA 03Teontologia - AULA 03
Teontologia - AULA 03
Pastor W. Costa
 
Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
Geversom Sousa
 
Doutrina da Criação
Doutrina da CriaçãoDoutrina da Criação
Doutrina da Criação
RODRIGO FERREIRA
 
Profetas maiores e menores
Profetas maiores e menoresProfetas maiores e menores
Profetas maiores e menores
Paulo Ferreira
 
Angelologia (power point)
Angelologia (power point)Angelologia (power point)
Angelologia (power point)
Filipe Rodrigues
 
Angelologia pdf
Angelologia pdfAngelologia pdf
Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1
Luciana Lisboa
 
A Reforma protestante
A Reforma protestanteA Reforma protestante
A Reforma protestante
Luiz Angelo
 
ESPÍRITO SANTO
ESPÍRITO SANTOESPÍRITO SANTO
ESPÍRITO SANTO
Elias Silva
 
A Criação do Mundo
A Criação do MundoA Criação do Mundo

Mais procurados (20)

10. O Livro de Josué
10. O Livro de Josué10. O Livro de Josué
10. O Livro de Josué
 
Plano da salvação todos
Plano da salvação todosPlano da salvação todos
Plano da salvação todos
 
Panorama do pentateuco
Panorama do pentateucoPanorama do pentateuco
Panorama do pentateuco
 
A santissima trindade
A santissima trindadeA santissima trindade
A santissima trindade
 
Aula 1 antropologia
Aula 1   antropologiaAula 1   antropologia
Aula 1 antropologia
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
 
O Padrão da Lei Moral | Os dez mandamentos | lição 2 | plano de aula
O Padrão da Lei Moral | Os dez mandamentos | lição 2 | plano de aulaO Padrão da Lei Moral | Os dez mandamentos | lição 2 | plano de aula
O Padrão da Lei Moral | Os dez mandamentos | lição 2 | plano de aula
 
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
 
Panorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - GênesisPanorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - Gênesis
 
10 periodo de israel em canaa e juizes
10  periodo de israel em canaa e juizes10  periodo de israel em canaa e juizes
10 periodo de israel em canaa e juizes
 
Teontologia - AULA 03
Teontologia - AULA 03Teontologia - AULA 03
Teontologia - AULA 03
 
Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
 
Doutrina da Criação
Doutrina da CriaçãoDoutrina da Criação
Doutrina da Criação
 
Profetas maiores e menores
Profetas maiores e menoresProfetas maiores e menores
Profetas maiores e menores
 
Angelologia (power point)
Angelologia (power point)Angelologia (power point)
Angelologia (power point)
 
Angelologia pdf
Angelologia pdfAngelologia pdf
Angelologia pdf
 
Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1
 
A Reforma protestante
A Reforma protestanteA Reforma protestante
A Reforma protestante
 
ESPÍRITO SANTO
ESPÍRITO SANTOESPÍRITO SANTO
ESPÍRITO SANTO
 
A Criação do Mundo
A Criação do MundoA Criação do Mundo
A Criação do Mundo
 

Semelhante a Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual

Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
AndreLuizMontanheiro
 
2019 1trim aula 2 a natureza dos anjos .ppt
2019 1trim aula 2 a natureza dos anjos .ppt2019 1trim aula 2 a natureza dos anjos .ppt
2019 1trim aula 2 a natureza dos anjos .ppt
Marina de Morais
 
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo EspiritualLição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Éder Tomé
 
2019 1trim-aula2-anaturezadosanjos-slide
2019 1trim-aula2-anaturezadosanjos-slide2019 1trim-aula2-anaturezadosanjos-slide
2019 1trim-aula2-anaturezadosanjos-slide
Marina de Morais
 
ANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ANGEOLOGIA SLIDE.pptxANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ANGEOLOGIA SLIDE.pptx
Vinnydiscipulos
 
ANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ANGEOLOGIA SLIDE.pptxANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ViniciusFerreira700331
 
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
GiovanaCosta40
 
Apostila doutrina dos anjos
Apostila  doutrina dos anjosApostila  doutrina dos anjos
Apostila doutrina dos anjos
Antonio Rodrigues
 
Angelologia bíblica
Angelologia bíblicaAngelologia bíblica
Angelologia bíblica
Luiz Ferreira
 
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptxANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
LucianoMachado52
 
ESTUDO NO BREVE CATECISMO
ESTUDO NO BREVE CATECISMOESTUDO NO BREVE CATECISMO
ESTUDO NO BREVE CATECISMO
Eli Vieira
 
ANGELOLOGIA.pptx
ANGELOLOGIA.pptxANGELOLOGIA.pptx
ANGELOLOGIA.pptx
PrJulioCesarSoares
 
Estudo sobre anjos
Estudo sobre anjosEstudo sobre anjos
Estudo sobre anjos
JOSIAS MOURA DE MENEZES
 
Angeologia Aula Unica
Angeologia Aula UnicaAngeologia Aula Unica
Angeologia Aula Unica
neymattos
 
Angelologia
AngelologiaAngelologia
Angelologia
Edivaldo Pereira
 
Doutrinas Bíblicas - Angelologia
Doutrinas Bíblicas - AngelologiaDoutrinas Bíblicas - Angelologia
Doutrinas Bíblicas - Angelologia
Roberto Trindade
 
5052892 apostila-de-teologia-sistematica-angelologia-demonologia
5052892 apostila-de-teologia-sistematica-angelologia-demonologia5052892 apostila-de-teologia-sistematica-angelologia-demonologia
5052892 apostila-de-teologia-sistematica-angelologia-demonologia
Cristian Mateus
 
anjos-1223906965162057-8.pdf
anjos-1223906965162057-8.pdfanjos-1223906965162057-8.pdf
anjos-1223906965162057-8.pdf
MarcosPacheco61
 
AGELOLOGIA - TIRADENTES.pptx
AGELOLOGIA - TIRADENTES.pptxAGELOLOGIA - TIRADENTES.pptx
AGELOLOGIA - TIRADENTES.pptx
Nivaldo R. Santos
 

Semelhante a Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual (20)

Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
2019 1trim aula 2 a natureza dos anjos .ppt
2019 1trim aula 2 a natureza dos anjos .ppt2019 1trim aula 2 a natureza dos anjos .ppt
2019 1trim aula 2 a natureza dos anjos .ppt
 
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo EspiritualLição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
 
2019 1trim-aula2-anaturezadosanjos-slide
2019 1trim-aula2-anaturezadosanjos-slide2019 1trim-aula2-anaturezadosanjos-slide
2019 1trim-aula2-anaturezadosanjos-slide
 
ANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ANGEOLOGIA SLIDE.pptxANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ANGEOLOGIA SLIDE.pptx
 
ANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ANGEOLOGIA SLIDE.pptxANGEOLOGIA SLIDE.pptx
ANGEOLOGIA SLIDE.pptx
 
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
Apostila doutrina dos anjos
Apostila  doutrina dos anjosApostila  doutrina dos anjos
Apostila doutrina dos anjos
 
Angelologia bíblica
Angelologia bíblicaAngelologia bíblica
Angelologia bíblica
 
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptxANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
 
ESTUDO NO BREVE CATECISMO
ESTUDO NO BREVE CATECISMOESTUDO NO BREVE CATECISMO
ESTUDO NO BREVE CATECISMO
 
ANGELOLOGIA.pptx
ANGELOLOGIA.pptxANGELOLOGIA.pptx
ANGELOLOGIA.pptx
 
Estudo sobre anjos
Estudo sobre anjosEstudo sobre anjos
Estudo sobre anjos
 
Angeologia Aula Unica
Angeologia Aula UnicaAngeologia Aula Unica
Angeologia Aula Unica
 
Angelologia
AngelologiaAngelologia
Angelologia
 
Anjos
AnjosAnjos
Anjos
 
Doutrinas Bíblicas - Angelologia
Doutrinas Bíblicas - AngelologiaDoutrinas Bíblicas - Angelologia
Doutrinas Bíblicas - Angelologia
 
5052892 apostila-de-teologia-sistematica-angelologia-demonologia
5052892 apostila-de-teologia-sistematica-angelologia-demonologia5052892 apostila-de-teologia-sistematica-angelologia-demonologia
5052892 apostila-de-teologia-sistematica-angelologia-demonologia
 
anjos-1223906965162057-8.pdf
anjos-1223906965162057-8.pdfanjos-1223906965162057-8.pdf
anjos-1223906965162057-8.pdf
 
AGELOLOGIA - TIRADENTES.pptx
AGELOLOGIA - TIRADENTES.pptxAGELOLOGIA - TIRADENTES.pptx
AGELOLOGIA - TIRADENTES.pptx
 

Mais de Hamilton Souza

jogos de estafetas.pdf
jogos de estafetas.pdfjogos de estafetas.pdf
jogos de estafetas.pdf
Hamilton Souza
 
saude em movimento.ppt
saude em movimento.pptsaude em movimento.ppt
saude em movimento.ppt
Hamilton Souza
 
Lição 11: O HOMEM DO PECADO
Lição 11: O HOMEM DO PECADOLição 11: O HOMEM DO PECADO
Lição 11: O HOMEM DO PECADO
Hamilton Souza
 
Lição 10: SÓ O EVANGELHO MUDA A CULTURA HUMANA
Lição 10: SÓ O EVANGELHO MUDA A CULTURA HUMANALição 10: SÓ O EVANGELHO MUDA A CULTURA HUMANA
Lição 10: SÓ O EVANGELHO MUDA A CULTURA HUMANA
Hamilton Souza
 
Lição 9 - O Primeiro Projeto de Globalismo
Lição 9 - O Primeiro Projeto de GlobalismoLição 9 - O Primeiro Projeto de Globalismo
Lição 9 - O Primeiro Projeto de Globalismo
Hamilton Souza
 
Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
 Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
Hamilton Souza
 
Lição 7 - A Queda do Ser Humano
Lição 7 - A Queda do Ser HumanoLição 7 - A Queda do Ser Humano
Lição 7 - A Queda do Ser Humano
Hamilton Souza
 
Lição 4 - Atributos do Ser Humano
Lição 4 - Atributos do Ser HumanoLição 4 - Atributos do Ser Humano
Lição 4 - Atributos do Ser Humano
Hamilton Souza
 
Lição 3: A NATUREZA DO SER HUMANO
Lição 3: A NATUREZA DO SER HUMANOLição 3: A NATUREZA DO SER HUMANO
Lição 3: A NATUREZA DO SER HUMANO
Hamilton Souza
 
Lição 2: A Criação de Eva, a Primeira Mulher
Lição 2: A Criação de Eva, a Primeira MulherLição 2: A Criação de Eva, a Primeira Mulher
Lição 2: A Criação de Eva, a Primeira Mulher
Hamilton Souza
 
Lição 1: ADÃO, O PRIMEIRO HOMEM
Lição 1: ADÃO, O PRIMEIRO HOMEMLição 1: ADÃO, O PRIMEIRO HOMEM
Lição 1: ADÃO, O PRIMEIRO HOMEM
Hamilton Souza
 
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Hamilton Souza
 
Lição 13: A VELHICE DE DAVI
Lição 13: A VELHICE DE DAVI Lição 13: A VELHICE DE DAVI
Lição 13: A VELHICE DE DAVI
Hamilton Souza
 
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoLição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Hamilton Souza
 
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 11 - As Consequências do Pecado de DaviLição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Hamilton Souza
 
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de DeusLição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Hamilton Souza
 
LIÇÃO 9: O REINADO DE DAVI
LIÇÃO 9: O REINADO DE DAVILIÇÃO 9: O REINADO DE DAVI
LIÇÃO 9: O REINADO DE DAVI
Hamilton Souza
 
Lição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de DaviLição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de Davi
Hamilton Souza
 
Lição 7: DAVI É UNGIDO REI
Lição 7: DAVI É UNGIDO REILição 7: DAVI É UNGIDO REI
Lição 7: DAVI É UNGIDO REI
Hamilton Souza
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Hamilton Souza
 

Mais de Hamilton Souza (20)

jogos de estafetas.pdf
jogos de estafetas.pdfjogos de estafetas.pdf
jogos de estafetas.pdf
 
saude em movimento.ppt
saude em movimento.pptsaude em movimento.ppt
saude em movimento.ppt
 
Lição 11: O HOMEM DO PECADO
Lição 11: O HOMEM DO PECADOLição 11: O HOMEM DO PECADO
Lição 11: O HOMEM DO PECADO
 
Lição 10: SÓ O EVANGELHO MUDA A CULTURA HUMANA
Lição 10: SÓ O EVANGELHO MUDA A CULTURA HUMANALição 10: SÓ O EVANGELHO MUDA A CULTURA HUMANA
Lição 10: SÓ O EVANGELHO MUDA A CULTURA HUMANA
 
Lição 9 - O Primeiro Projeto de Globalismo
Lição 9 - O Primeiro Projeto de GlobalismoLição 9 - O Primeiro Projeto de Globalismo
Lição 9 - O Primeiro Projeto de Globalismo
 
Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
 Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
Lição 8 - O Inicio da Civilização Humana
 
Lição 7 - A Queda do Ser Humano
Lição 7 - A Queda do Ser HumanoLição 7 - A Queda do Ser Humano
Lição 7 - A Queda do Ser Humano
 
Lição 4 - Atributos do Ser Humano
Lição 4 - Atributos do Ser HumanoLição 4 - Atributos do Ser Humano
Lição 4 - Atributos do Ser Humano
 
Lição 3: A NATUREZA DO SER HUMANO
Lição 3: A NATUREZA DO SER HUMANOLição 3: A NATUREZA DO SER HUMANO
Lição 3: A NATUREZA DO SER HUMANO
 
Lição 2: A Criação de Eva, a Primeira Mulher
Lição 2: A Criação de Eva, a Primeira MulherLição 2: A Criação de Eva, a Primeira Mulher
Lição 2: A Criação de Eva, a Primeira Mulher
 
Lição 1: ADÃO, O PRIMEIRO HOMEM
Lição 1: ADÃO, O PRIMEIRO HOMEMLição 1: ADÃO, O PRIMEIRO HOMEM
Lição 1: ADÃO, O PRIMEIRO HOMEM
 
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
 
Lição 13: A VELHICE DE DAVI
Lição 13: A VELHICE DE DAVI Lição 13: A VELHICE DE DAVI
Lição 13: A VELHICE DE DAVI
 
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoLição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
 
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 11 - As Consequências do Pecado de DaviLição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
 
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de DeusLição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
 
LIÇÃO 9: O REINADO DE DAVI
LIÇÃO 9: O REINADO DE DAVILIÇÃO 9: O REINADO DE DAVI
LIÇÃO 9: O REINADO DE DAVI
 
Lição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de DaviLição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de Davi
 
Lição 7: DAVI É UNGIDO REI
Lição 7: DAVI É UNGIDO REILição 7: DAVI É UNGIDO REI
Lição 7: DAVI É UNGIDO REI
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
 

Último

Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 

Último (20)

Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 

Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual

  • 1. Lição 02 A Natureza dos Anjos A Beleza do Mundo Espiritual
  • 2. 1 - Expor a identidade dos anjos; 2 - Explicar a natureza e o ofício dos anjos; 3 - Elencar a ordem hierárquica dos anjos. Objetivo Geral Mostrar os anjos como seres espirituais reais, cujo serviço glorifica a Deus e auxilia seu povo. Objetivos Específicos 4 - Destacar a relação de Jesus com os anjos a partir do Arcanjo Miguel.
  • 3. 26 - E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27 - a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. 28 - E, entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. 29 - E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras e considerava que saudação seria esta. 30 - Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus, 31 - E eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Lucas 1.26-35
  • 4. Lucas 1.26-35 32 - Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai, 33 - e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu Reino não terá fim. 34 - E disse Maria ao anjo: Como se fará isso, visto que não conheço varão? 35 - E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; pelo que também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.
  • 5. (Salmos 103:20) "Bendizei ao SENHOR, anjos seus, magníficos em poder, que cumpris as suas ordens, obedecendo à voz da sua palavra” Os anjos são seres reais, espirituais e celestiais a serviço de Deus e enviados para ajudar os que vão herdar a salvação.
  • 6. Os anjos são seres celestiais a serviço de Deus para auxiliar os salvos em Cristo.
  • 7. Os anjos estão presentes na Bíblia desde o livro de Gênesis até o livro de Apocalipse, e o número deles é incontável. Eles apareceram a muitas pessoas na história do povo de Deus, trazendo uma missão específica.
  • 8. 1 – Quem são eles ? Os anjos são uma classe de seres criados por Deus, assim como os seres humanos foram também criados. Na nossa cultura, quando se fala em anjo, todos entendemos o que isso significa; vêm à nossa mente os seres espirituais e sobrenaturais que habitam o céu. Mas o termo tem significado mais amplo. Hebraico Grego Latim Português Mal’ak Angelos Angelus Anjo “mensageiro”
  • 9. 2 – Os Gregos e os Romanos. Os anjos falam e agem em nome de quem o enviou, ou seja, em nome de Deus. Entre os gregos e romanos o termo “angelos” era usado para um mensageiro ou embaixador em assuntos humanos.
  • 10. 3 – Na Bíblia. O termo mal'ak, na cultura judaica, indicava um ser celeste e espiritual dotado de poderes sobrenaturais e acima de qualquer humano (Sl 103.20; 2 Pe 2.11). Hebraico Mal’ak Na Bíblia este termo também se aplica a mensageiros humanos como o profeta Ageu e João Batista
  • 11. A palavra anjos significa mensageiros. Nas Escrituras, os anjos sempre desempenharam essa função.
  • 12. 1 – Natureza ❶ São criaturas espirituais e invisíveis aos humanos. ❷ São sobrenaturais e racionais ❸ São em grandes multidões no céu ❹ Não são autônomos nem independentes; não agem como tal e nunca receberam adoração. ❺ A habitação deles é o céu, e eles veem sempre a face do Pai (Mt 18.10). ❻ Não possuem corpo físico ou material, mas podem se apresentar na forma humana. ❼ Os anjos são assexuados, não se reproduzem nem estão sujeitos à morte (Mc 12.25; Lc 20.36).
  • 13. 2 – Ofício ❶ A Bíblia mostra a atuação deles nas diversas esferas no céu e na terra. ❷ Uma de suas atividades, e a principal delas, é louvar e glorificar a Deus (Sl 148.2; Ap 7.11,12). ❸ Eles executam obras em favor de homens e mulheres para socorrer e ajudar nas suas dificuldades. ❹ São eles que levam os salvos ao lar eterno (Lc 16.22). Não é possível descrever todas as atividades dos anjos em tão pouco espaço, algumas observações :
  • 14. 3 – A ação dos anjos durante o ministério de Jesus ❶ O anjo Gabriel anunciou a Zacarias o nascimento de João Batista (Lc 1.18,19), ❷ O anjo Gabriel anunciou o nascimento de Jesus a Maria (Lc 1.26-31), ❸ Os anjos assistiram a Jesus durante todo o seu ministério terreno: na tentação do deserto, na agonia do Getsêmani, na sua ressurreição e na ascensão ao céu (Mc 1.13; Lc 22.43; Mt 28.2-6; At 1.10).
  • 15. Os anjos são criaturas espirituais invisíveis às pessoas. As principais funções deles são glorificar a Deus e fazer obras em favor dos seres humanos.
  • 16. 1 – As Hierarquias Angelicais O apóstolo Paulo inclui nessas hierarquias duas duplas de seres: "tronos e dominações" e "principados e potestades" (Cl 1.16). Tronos Dominações Classificação Angelical Poderes Celestes ❶ Principados Potestades Legião de Anjos maus ou bons com grande poder e autoridade no mundo espiritual ❷
  • 17. 2 – Serafins e Querubins São outras duas categorias de anjos sobre as quais a Bíblia revela algo mais do que as categorias anteriores. O termo serafim significa "flamejante, brilhante, refulgente". para que prestem um serviço e uma adoração aceitável. Os serafins figuram como líderes da adoração prestada a Deus. A ocupação primária deles é a santidade e a purificação dos remidos,
  • 18. 2 – Serafins e Querubins O termo serafim significa “flamejante, brilhante, refulgente”. Os serafins são criaturas sobrenaturais associadas à glória de Javé e representam a presença, a grandeza e a majestade divinas (Is 6.2). Os querubins simbolizam a transcendência de Deus, o qual “habita entre os querubins” (1 Sm 4.4). "Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam" (Isaías 6.2). Enviou, pois, o povo a Siló, e trouxeram de lá a arca da aliança do Senhor dos Exércitos, que habita entre os querubins; e os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, estavam ali com a arca da aliança de Deus. 1 Samuel 4:4
  • 19. Eles são representados como criaturas aladas colocadas no propiciatório da Arca do Concerto (Êx 25.18-20:37.7-9). 2 – Serafins e Querubins
  • 20. 3 – Arcanjos "com voz de arcanjo" (1 Ts 4.16) e "mas o arcanjo Miguel, quando contendia..." (Jd 9) Esse termo significa chefe ou líder dos anjos. Essa palavra só aparece duas vezes na Bíblia, em:
  • 21. O nome "Miguel", significa "quem é semelhante a Deus?"; O nome Gabriel significa "varão de Deus". Os tratados de teologia costumam incluir Gabriel como arcanjo. Miguel e Gabriel são os únicos anjos mencionados por nome na Bíblia. 3 – Arcanjos
  • 22. As Escrituras Sagradas revelam existir mais seres no céu, da mesma natureza e com a mesma posição de arcanjo: "e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia" (Dn 10.13). 3 – Arcanjos
  • 23. Há uma organização clara dos anjos no céu, mas sobre a natureza dessa hierarquia a Bíblia nos revela muito pouco.
  • 24. 1 – A Identidade de Miguel O nome do Arcanjo Miguel aparece cinco vezes na Bíblia : ❶ Como "príncipe" (Daniel 10.13), ❷ Como "príncipe" (Daniel 10.21), ❸ Como "príncipe" (Daniel 12.1), ❹ Como Arcanjo (Judas 9) ❺ Como combatente contra Satanás e seus anjos (Apocalipse 12.7).
  • 25. O ministério dos anjos em relação a Jesus vem desde o anúncio do seu nascimento até a sua ascensão ao céu. Miguel é anjo e se inclui também nesse ministério.
  • 26. As Escrituras falam muito pouco a respeito desse anjo. O seu nome aparece cinco vezes na Bíblia, como “príncipes” (Dn 10.13,21; 12.1), arcanjo (Jd 9) e combatente contra Satanás e seus anjos (Ap 12.7). Alguns grupos religiosos ensinam que Miguel é o próprio Jesus Cristo. Esse pensamento não nos surpreende, pois um desses grupos é arianista. 1 – A Identidade de Miguel O Arianismo é uma heresia cristã fundada no século IV por Ario, um presbítero de Alexandria, no Egito. A sua doutrina baseava-se essencialmente no princípio da negação de Cristo como divindade.
  • 27. 1 – A Identidade de Miguel O que nos chama a atenção é o fato de outros grupos cristãos, que afirmam crer na Trindade, confundam o Criador com a criatura. O Arianismo é uma heresia cristã fundada no século IV por Ario, um presbítero de Alexandria, no Egito. A sua doutrina baseava-se essencialmente no princípio da negação de Cristo como divindade.
  • 28. 2 – Uma Diferença Abissal (gigantesca) JESUS ARCANJO MIGUEL Jesus é Deus, o Criador e transcendente (Jo 1.1-3; Cl 1.16,17). É um anjo, portanto, uma criatura (Jd 9). É adorado até pelos anjos, inclui Miguel (Hb 1.6). Miguel, sendo anjo, não pode ser adorado (Ap 19.10; 22.8,9). Jesus é o Senhor dos senhores (Ap 17.14). Miguel é príncipe (Dn 10.13,21). Não é verdade que o Senhor Jesus Cristo seja o mesmo Miguel, pois há uma diferença abissal entre ambos:
  • 29. A Bíblia traz muitas informações acerca dos anjos e, apesar das inúmeras referências bíblicas, ainda muito pouco sabemos a respeito de quem eles são e do que fazem. A diferença entre os anjos e os humanos está, entre outras, no fato de que a nós o Criador deu a capacidade reprodutiva e, para tal, quando criou o ser humano, criou um casal que geraria outros da mesma espécie. Os anjos não se reproduzem.
  • 30. O que indica, na cultura judaica, o termo hebraico para anjo? O termo mal'ak, na cultura judaica, indicava um ser celeste e espiritual dotado de poderes sobrenaturais e acima de qualquer humano (Sl 103.20; 2 Pe 2.11).
  • 31. O que são as manifestações angelofânicas na Bíblia? Manifestações angelofânicas são os anjos, que não possuem corpo físico ou material, se apresentarem na forma humana.
  • 32. Que são os serafins e os querubins? Os serafins são criaturas sobrenaturais associadas à glória de Javé e representam a presença, a grandeza e a majestade divinas (Is 6.2). Os querubins são representados como criaturas aladas colocadas no propiciatório da arca do concerto (Êx 25.18-20; 37.7-9).
  • 33. Cite uma passagem bíblica que mostra existirem mais seres angelicais da mesma categoria do arcanjo Miguel. "E eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia" (Dn 10.13).
  • 34. Por que o Senhor Jesus não pode ser o mesmo arcanjo Miguel? Cite duas razões e as respectivas citações bíblicas. Jesus é adorado até pelos anjos, e isso inclui o próprio Miguel; no entanto, Miguel, sendo anjo, não pode ser adorado (Hb 1.6; Ap 19.10; 22.8,9). Jesus é o Senhor dos senhores, e Miguel é príncipe (Ap 17.14; Dn 10.13,21).
  • 35. Lição 3 – A Natureza dos Demônios Agentes da Maldade no Mundo Espiritual

Notas do Editor

  1. Tome uns 5 minutos para falar um pouco da aula anterior, a Lição 1 - Batalha espiritual é como pano de fundo para as demais lições, traga seu aluno para o assunto do trimestre. É importante que o aluno que não veio na aula presencial do domingo passado fique por dentro do que esta sendo estudado, segue uma lista com pontos para te ajudar nesta introdução : 1 - Enfatize novamente que não podemos subestimar a Batalha Espiritual, mesmo porque há um mundo espiritual poderoso, populoso e de recursos superiores ao nosso mundo visível. 2 - Enfatize que Anjos bons e maus não são figuras mitológicas, são reais, nesta lição vamos estudar sobre Anjos bons e na próxima Lição 3 estudaremos sobre os Anjos maus (os demônios). 3 - Enfatize que Anjos bons e maus passam em nosso meio, de um lugar para o outro, com grande rapidez e movimentos imperceptíveis. Alguns se interessam pelo nosso bem estar, outros, estão interessados em fazer-nos o mal. 4 - Enfatize para seu aluno que a única fonte de informação sobre os Anjos é a Bíblia Sagrada, outras fontes não merecem nossa confiança. 5 - Enfatize para seu aluno que Angelologia ou Angeologia é o ramo da teologia que estuda os anjos, e é sobre isso que vamos tratar nessa aula.
  2. Quem são os anjos ? Os anjos são um grupo ou ordem de seres criados, em número finito, os quais agem como mensageiro ou ministros de Deus. Ele são superiores aos homens em inteligência e em poder. Os Anjos bons servem aos propósitos divinos de maneira positiva, através da sua santidade, e também cumprindo voluntariamente a vontade de Deus. Mas existem os anjos que se rebelaram contra Deus e ficaram separados dEle para sempre. Eles são seres criados imortais que nunca deixarão de existir: "Porque já não podem mais morrer; pois são como aos anjos..." (Lucas 20.36).(Fundamentos da Verdade - ICI - 1986 - Pág.133). Nesta lição 2 será tratado os anjos bons e na lição 3 será tratado os anjos maus ou demônios. De onde vieram os anjos ? Não é possível saber exatamente quando os anjos foram criados, a Bíblia não revela quando eles foram criados. Estudiosos apontam que eles foram criados antes dos eventos que ocorreram no terceiro capítulo de Gênesis, pois foi nesse ponto que Satanás, um ser angelical, aparece pela primeira vez, em relação à humanidade. (Fundamentos da Verdade - ICI - 1986 - Pág.134).
  3. "Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos, vós que excedeis em força, que guardais os seus mandamentos, obedecendo à voz da sua palavra" (Salmo 103.20) "Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor" (2 Pedro 2:11). Convém nunca perder de vista que essa palavra se aplica também a mensageiros humanos. Visto que essa palavra pode ser usada de diferentes maneiras, precisamos considerar o contexto, a fim de podermos determinar o seu sentido exato. 
  4. "Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele." (Cl 1.16).
  5. "Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam" (Isaías 6.2).
  6. Os serafins figuram como líderes da adoração prestada a Deus. A ocupação primária deles é a santidade e a purificação dos remidos, para que prestem um serviço e uma adoração aceitável. (Fundamentos da Verdade - ICI - Pág.145).
  7. "Farás também dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório. Farás um querubim na extremidade de uma parte, e o outro querubim na extremidade da outra parte; de uma só peça com o propiciatório, fareis os querubins nas duas extremidades dele. Os querubins estenderão as suas asas por cima, cobrindo com elas o propiciatório; as faces deles uma defronte da outra; as faces dos querubins estarão voltadas para o propiciatório. E porás o propiciatório em cima da arca, depois que houveres posto na arca o testemunho que eu te darei. E ali virei a ti, e falarei contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins (que estão sobre a arca do testemunho), tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel." (Êxodo 25.18-22)