SlideShare uma empresa Scribd logo
A Natureza dos Demônios
Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
1º Trimestre Ano 2019
20 de Janeiro
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não pode
ser subestimada
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo
Espiritual
Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da
Maldade no Mundo Espiritual
Lição 4 – Possessão Demoníaca e a Autoridade do
Nome de Jesus
Lição 5 – Um Inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 6 – Quem Domina a sua Mente
Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e
Atitudes
Lição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e Sangue
Lição 9 – Conhecendo a Armadura de Deus
Lição 10 – Poder do Alto contra as Hostes da Maldade
Lição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom
imprescíndivel
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 13 – Orando sem Cessar
1 - Apresentar a origem dos
demônios conforme as Escrituras;
2 - Expor a respeito da batalha no
céu;
3 - Destacar o maioral dos
demônios;
Objetivo Geral
Conscientizar de que os demônios são anjos decaídos que se
rebelaram contra Deus e o maioral deles é Satanás.
4 - Mostrar o poder de Jesus sobre
os demônios.
7 - E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos
batalhavam contra o dragão; e batalhavam o dragão e os seus
anjos,
8 - mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos
céus.
9 - E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente,
chamada o diabo e Satanás, que engana todo o mundo;
ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados
com ele.
10 - E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora chegada
está a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder
do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e
de noite.
Apocalipse 12.7-10
"E foi precipitado o grande
dragão, a antiga serpente,
chamada o Diabo, e
Satanás, que engana todo
o mundo; ele foi
precipitado na terra, e os
seus anjos foram lançados
com ele ”
(Apocalipse 12:9)
Os Demônios são os
anjos que se rebelaram
contra Deus seguindo o
seu maioral, Satanás.
Satanás e seus demônios
se rebelaram contra Deus.
A Demonologia é uma parte da Angelologia, a
doutrina dos anjos, porque tanto demônios quanto
anjos são criaturas espirituais e invisíveis.
A presente lição
pretende mostrar a
origem, a natureza
e os objetivos dos
demônios e do seu
maioral.
1 – Os Anjos caídos e os Demônios
Eles são os restantes dos anjos que seguiram
Satanás após a sua rebelião contra Deus (Ap 12.9).
1 – Os Anjos caídos e os Demônios
A tradição judaica antiga descreve essa queda na
literatura apocalíptica do período interbíblico como
os Oráculos Sibilinos e o livro de Enoque.
Oráculos Sibilinos
2 – A Expulsão do Querubim Ungido
Ezequiel 28:12-15
“... Você era o modelo de perfeição, cheio de sabedoria e de
perfeita beleza... Você estava no Éden, no jardim de Deus;
todas as pedras preciosas o enfeitavam... tudo foi preparado
no dia em que você foi criado. Você foi ungido como um
querubim guardião, pois para isso eu o determinei. Você
estava no monte santo de Deus e caminhava entre as pedras
fulgurantes. Você era inculpável em seus caminhos desde o
dia em que foi criado até que se achou maldade em você.”
No princípio, Deus criou o querubim ungido,
perfeito em sabedoria e formosura :
2 – A Expulsão do Querubim Ungido
A Bíblia diz que Satanás é o maioral dos demônios
(Mt 12.24; 25.41)
Mateus 12:24
“Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os
demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios.”
Mateus 25:41
Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda:
Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno,
preparado para o diabo e seus anjos;
Nota - Satanás sinônimo : Lúcifer, Belzebu, Diabo
2 – A Expulsão do Querubim Ungido
Ele se rebelou contra Deus e foi expulso do céu :
Isaías 14:12-15
12 - Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como
foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações!
13 - E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das
estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da
congregação me assentarei, aos lados do norte.
14 - Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei
semelhante ao Altíssimo.
15 - E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo
do abismo.
2 – A Expulsão do Querubim Ungido
2 Pedro 2:4
Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram,
mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às
cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;
Judas 6
E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas
deixaram a sua própria habitação, reservou na
escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele
grande dia;
Na queda, saíram com ele os anjos que aderiram à
rebelião, e uma parte deles continua em prisão :
3 – Os Demônios na Cultura Pagã
Os termos gregos traduzidos por “demônio”
no Novo Testamento :
daimonion
Posteriormente os demônios são entendidos como:
- Seres espirituais, espíritos malignos, anjos maus
- Espíritos associados com o mal, com a maldade
Aqui demônio, um deus, uma
divindade, deuses pagãos.
Aqui demônio, um espírito mal.daimon
Os demônios são
anjos que
acompanharam o
"querubim ungido"
quando este foi
expulso em rebelião
contra Deus.
1 – O Arcanjo Miguel e o Dragão (Ap 12.7,9)
❶ O Arcanjo Miguel lidera uma guarnição angelical
(Dn 10.13,21), ele é mais poderoso do que o dragão.
❷ O dragão é identificado com o próprio Diabo e
Satanás.
2 – A Expulsão de Satanás (Ap 12.8)
❶ há os que acreditam que se trata da queda
original de Satanás, outros afirmam que não
❷ Alguns interpretam que Satanás teria acesso ao céu
antes da ascensão de Jesus.
Essa passagem é muito disputada pelos expositores
bíblicos e há diversas interpretações.
De uma forma ou de outra, a derrota do Inimigo já
está decretada, conforme revelou o próprio Senhor:
"Eu via Satanás, como raio, cair do céu" (Lc 10.18).
3 – A Vitória final sobre Satanás
A derrota final de Satanás, na verdade, teve início
com a morte, ressurreição e ascensão de Jesus.
A partir daí, as
acusações do Diabo
contra nós caíram
por terra, porque
quem nos justifica
diante de Deus é o
próprio Cristo
(Rm 5.1; 8.33).
3 – A Vitória final sobre Satanás
No Apocalipse, vemos que Miguel e seus anjos
vencem o dragão e seus demônios (Ap 12.7-9).
O mérito da vitória,
porém, não cabe ao
arcanjo, pois este
sempre atuou em
nome do Senhor
(Jd 9).
3 – A Vitória final sobre Satanás
Mais adiante, o Diabo é
amarrado por mil anos, para,
finalmente, ser lançado no lago
de fogo (Ap 20.3,10).
A Batalha no Céu
ocorrerá entre o
arcanjo Miguel e o
dragão, o Diabo.
1 – A Serpente
O termo "dragão" é drakon em grego e seu sentido
é diversificado como "monstros, animais do
deserto, serpentes".
1 – A Serpente
No Novo Testamento, só aparece em Apocalipse :
A serpente que
enganou Eva é
o próprio
Satanás
(Gn 3.1-4; 14,15).
"o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo
e Satanás, que engana todo o mundo" (Ap 12.9).
1 – A Serpente
Igreja de Satanás
está presente em
vários lugares do
mundo.
No Brasil existe
uma em Angra
dos Reis - RJ
Satanás (a serpente) é perito em enganar como fez
com Eva e ainda hoje, enganar é uma de suas
especialidades (2 Co 2.11; 11.3).
2 – Satanás
No livro de Jó
Satanás aparece
pela primeira vez
como SER
ESPIRITUAL que
acusa os justos
diante de Deus.
Não é possível descrever todos os nomes do inimigo
de Deus e do seu povo. O nome mais conhecido
vem do hebraico satan, "Satanás, adversário".
2 – Satanás
"Então, Satanás
se levantou
contra Israel e
incitou Davi a
numerar a
Israel"
(1 Cr 21.1).
As Escrituras o revelam primeiramente com NOME
PESSOAL quando induz o rei Davi a fazer o
recenseamento:
3 – Diabo
O termo vem do
verbo diabállo,
"acusar, difamar,
enganar, provocar
um desacordo". A
especialidade dele é
enganar e acusar
(Ap 12.10).
O termo grego diábolos, “caluniador", é usado com
frequência na Septuaginta para traduzir a palavra
hebraica satan, "adversário".
3 – Diabo
Sua habitação
ainda não é o
inferno; ele
ainda será
lançado nesse
lugar
(Mt. 25.41)
Jesus disse que a essência da natureza dele é a
mentira (Jo 8.44).
Há muitos nomes
que a Bíblia dá ao
Inimigo: Serpente,
Satanás e Diabo.
1 – O Contexto Bíblico
Há relativamente pouco registro sobre os demônios
no Antigo Testamento.
A tradição judaica
considera os
demônios como
anjos caídos que
se uniram a
Satanás na sua
rebelião contra
Deus.
1 – O Contexto Bíblico
Os demônios são identificados no Novo Testamento
como os espíritos imundos (Lc 4.33; 8.29; Ap 18.2) e
os espíritos malignos (Lc 8.2).
❶ Eles são malévolos,
podem entrar nas pessoas (Lc 11.24-26)
❷ Causam todo o tipo de doença (Lc 9.39-42),
embora nem todas enfermidades são de origem
demoníaca (Lc 13.32)
2 – O Triunfo de Cristo
A vitória preliminar de Jesus sobre Satanás começa
na tentação do deserto (Mt 4.11).
e está
julgado
(Jo 16.11).
O Diabo já está derrotado preliminarmente (Jo 12.31)
Mesmo assim, ele continua
se opondo à obra de Deus.
2 – O Triunfo de Cristo
Em breve, Deus "esmagará Satanás debaixo de
nossos pés" (Rm 16.20).
Em seu ministério,
Jesus demonstrou
seu poder sobre os
demônios.
"Eis que vos dou poder
para pisar serpentes, e
escorpiões, e toda a força
do Inimigo, e nada vos
fará dano algum"
(Lc 10.19).
Os demônios são reais, são espíritos maus e
imundos, o oposto dos anjos.
Jesus é a única garantia de que eles nada podem
contra nós; antes, Jesus disse:
Quais os significados dos termos gregos daimonion
e daimon?
daimonion Aqui demônio, um deus, uma
divindade, deuses pagãos
(Dt 32.17)
Aqui demônio, um espírito mal.daimon
Quando teve início a derrota final de Satanás?
A derrota final de
Satanás, na verdade,
teve início com a
morte, ressurreição e
ascensão de Jesus.
Quais os significados nos nomes "Satanás e Diabo"?
Satanás significa "adversário";
Diabo significa "caluniador".
Qual a essência da natureza do Diabo?
Jesus disse que a essência da natureza dele é a
mentira.
Onde começou a derrota de Satanás
com a vinda de Jesus?
A vitória preliminar de Jesus sobre Satanás
começa na tentação do deserto (Mt 4.11).
Lição 4 – Possessão Demoníaca e a
Autoridade do Nome de Jesus
Deus Abençoe !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
Márcio Martins
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Joanilson França Garcia
 
Lição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescindível
Lição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescindívelLição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescindível
Lição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescindível
Éder Tomé
 
Lição 6 – Quem Domina a sua Mente
Lição 6 – Quem Domina a sua MenteLição 6 – Quem Domina a sua Mente
Lição 6 – Quem Domina a sua Mente
Éder Tomé
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
Márcio Martins
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
Robson Tavares Fernandes
 
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slideibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
Jordânio Pinheiro
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
Palestra escatologia bíblica
Palestra escatologia bíblicaPalestra escatologia bíblica
Palestra escatologia bíblica
ADMILTON SOARES
 
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo EspiritualLição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Éder Tomé
 
Teontologia - AULA 01
Teontologia - AULA 01Teontologia - AULA 01
Teontologia - AULA 01
Pastor W. Costa
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Aula 04 e 05 provérbios
Aula 04 e 05   provérbiosAula 04 e 05   provérbios
Aula 04 e 05 provérbios
Pastor W. Costa
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
Wander Sousa
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
RODRIGO FERREIRA
 
Corpo, Alma E Espírito
Corpo, Alma E EspíritoCorpo, Alma E Espírito
Corpo, Alma E Espírito
Catedral de Adoração
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Daniel de Carvalho Luz
 

Mais procurados (20)

Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
 
Lição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescindível
Lição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescindívelLição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescindível
Lição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescindível
 
Lição 6 – Quem Domina a sua Mente
Lição 6 – Quem Domina a sua MenteLição 6 – Quem Domina a sua Mente
Lição 6 – Quem Domina a sua Mente
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃO
 
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
 
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slideibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
ibadep parte 1 apocalipse e escatologia slide
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel
 
Palestra escatologia bíblica
Palestra escatologia bíblicaPalestra escatologia bíblica
Palestra escatologia bíblica
 
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo EspiritualLição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
 
Teontologia - AULA 01
Teontologia - AULA 01Teontologia - AULA 01
Teontologia - AULA 01
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
Aula 04 e 05 provérbios
Aula 04 e 05   provérbiosAula 04 e 05   provérbios
Aula 04 e 05 provérbios
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 
Corpo, Alma E Espírito
Corpo, Alma E EspíritoCorpo, Alma E Espírito
Corpo, Alma E Espírito
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
 

Semelhante a Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual

Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
AndreLuizMontanheiro
 
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
Marina de Morais
 
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
Marina de Morais
 
Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios
Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os DemôniosLição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios
Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios
Éder Tomé
 
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
GiovanaCosta40
 
Anjos demonios luta
Anjos demonios lutaAnjos demonios luta
Anjos demonios luta
Fraternidade de Maria
 
Anjos e demônios - A luta contra o poder das trevas
Anjos e demônios - A luta contra o poder das trevasAnjos e demônios - A luta contra o poder das trevas
Anjos e demônios - A luta contra o poder das trevas
Fraternidade de Maria
 
Batalha Espiritual - Palestra Jovem
Batalha Espiritual - Palestra JovemBatalha Espiritual - Palestra Jovem
Batalha Espiritual - Palestra Jovem
Hubner Braz
 
Slide
SlideSlide
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os DemôniosLição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Éder Tomé
 
Angelologia (power point)
Angelologia (power point)Angelologia (power point)
Angelologia (power point)
Filipe Rodrigues
 
Estudo sobre anjos
Estudo sobre anjosEstudo sobre anjos
Estudo sobre anjos
Instituto Teológico Gamaliel
 
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptxO Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
Samuel A. Nunes
 
Demônios
DemôniosDemônios
Demônios
estevao01
 
Os Anjos.pdf
Os Anjos.pdfOs Anjos.pdf
Os Anjos.pdf
AureoSilva2
 
Satanás e seu destino
Satanás e seu destinoSatanás e seu destino
Satanás e seu destino
antonio ferreira
 
Satanás e seu destino
Satanás e seu destinoSatanás e seu destino
Satanás e seu destino
Antonio Ferreira
 
Demonios maus espiritos_pratica_exorcista[1]
Demonios maus espiritos_pratica_exorcista[1]Demonios maus espiritos_pratica_exorcista[1]
Demonios maus espiritos_pratica_exorcista[1]
Vinicio Pacifico
 
Rastros de luz 04
Rastros de luz 04Rastros de luz 04
Rastros de luz 04
MRS
 
Angelologia
AngelologiaAngelologia
Angelologia
Edivaldo Pereira
 

Semelhante a Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual (20)

Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
 
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
 
Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios
Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os DemôniosLição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios
Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios
 
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
Anjos demonios luta
Anjos demonios lutaAnjos demonios luta
Anjos demonios luta
 
Anjos e demônios - A luta contra o poder das trevas
Anjos e demônios - A luta contra o poder das trevasAnjos e demônios - A luta contra o poder das trevas
Anjos e demônios - A luta contra o poder das trevas
 
Batalha Espiritual - Palestra Jovem
Batalha Espiritual - Palestra JovemBatalha Espiritual - Palestra Jovem
Batalha Espiritual - Palestra Jovem
 
Slide
SlideSlide
Slide
 
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os DemôniosLição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
 
Angelologia (power point)
Angelologia (power point)Angelologia (power point)
Angelologia (power point)
 
Estudo sobre anjos
Estudo sobre anjosEstudo sobre anjos
Estudo sobre anjos
 
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptxO Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
 
Demônios
DemôniosDemônios
Demônios
 
Os Anjos.pdf
Os Anjos.pdfOs Anjos.pdf
Os Anjos.pdf
 
Satanás e seu destino
Satanás e seu destinoSatanás e seu destino
Satanás e seu destino
 
Satanás e seu destino
Satanás e seu destinoSatanás e seu destino
Satanás e seu destino
 
Demonios maus espiritos_pratica_exorcista[1]
Demonios maus espiritos_pratica_exorcista[1]Demonios maus espiritos_pratica_exorcista[1]
Demonios maus espiritos_pratica_exorcista[1]
 
Rastros de luz 04
Rastros de luz 04Rastros de luz 04
Rastros de luz 04
 
Angelologia
AngelologiaAngelologia
Angelologia
 

Mais de Éder Tomé

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Éder Tomé
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Éder Tomé
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Éder Tomé
 

Mais de Éder Tomé (20)

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
 

Último

PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 

Último (10)

PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 

Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual

  • 1. A Natureza dos Demônios Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
  • 2. 1º Trimestre Ano 2019 20 de Janeiro Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não pode ser subestimada Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual Lição 4 – Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus Lição 5 – Um Inimigo que Precisa ser Resistido Lição 6 – Quem Domina a sua Mente Lição 7 – Tentação – A Batalha por nossas Escolhas e Atitudes Lição 8 – Nossa Luta não é contra Carne e Sangue Lição 9 – Conhecendo a Armadura de Deus Lição 10 – Poder do Alto contra as Hostes da Maldade Lição 11 – Discernimento de Espíritos – Um Dom imprescíndivel Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância Lição 13 – Orando sem Cessar
  • 3. 1 - Apresentar a origem dos demônios conforme as Escrituras; 2 - Expor a respeito da batalha no céu; 3 - Destacar o maioral dos demônios; Objetivo Geral Conscientizar de que os demônios são anjos decaídos que se rebelaram contra Deus e o maioral deles é Satanás. 4 - Mostrar o poder de Jesus sobre os demônios.
  • 4. 7 - E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão; e batalhavam o dragão e os seus anjos, 8 - mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus. 9 - E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. 10 - E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora chegada está a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. Apocalipse 12.7-10
  • 5. "E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele ” (Apocalipse 12:9)
  • 6. Os Demônios são os anjos que se rebelaram contra Deus seguindo o seu maioral, Satanás.
  • 7. Satanás e seus demônios se rebelaram contra Deus.
  • 8. A Demonologia é uma parte da Angelologia, a doutrina dos anjos, porque tanto demônios quanto anjos são criaturas espirituais e invisíveis. A presente lição pretende mostrar a origem, a natureza e os objetivos dos demônios e do seu maioral.
  • 9. 1 – Os Anjos caídos e os Demônios Eles são os restantes dos anjos que seguiram Satanás após a sua rebelião contra Deus (Ap 12.9).
  • 10. 1 – Os Anjos caídos e os Demônios A tradição judaica antiga descreve essa queda na literatura apocalíptica do período interbíblico como os Oráculos Sibilinos e o livro de Enoque. Oráculos Sibilinos
  • 11. 2 – A Expulsão do Querubim Ungido Ezequiel 28:12-15 “... Você era o modelo de perfeição, cheio de sabedoria e de perfeita beleza... Você estava no Éden, no jardim de Deus; todas as pedras preciosas o enfeitavam... tudo foi preparado no dia em que você foi criado. Você foi ungido como um querubim guardião, pois para isso eu o determinei. Você estava no monte santo de Deus e caminhava entre as pedras fulgurantes. Você era inculpável em seus caminhos desde o dia em que foi criado até que se achou maldade em você.” No princípio, Deus criou o querubim ungido, perfeito em sabedoria e formosura :
  • 12. 2 – A Expulsão do Querubim Ungido A Bíblia diz que Satanás é o maioral dos demônios (Mt 12.24; 25.41) Mateus 12:24 “Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios.” Mateus 25:41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; Nota - Satanás sinônimo : Lúcifer, Belzebu, Diabo
  • 13. 2 – A Expulsão do Querubim Ungido Ele se rebelou contra Deus e foi expulso do céu : Isaías 14:12-15 12 - Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! 13 - E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. 14 - Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. 15 - E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.
  • 14. 2 – A Expulsão do Querubim Ungido 2 Pedro 2:4 Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo; Judas 6 E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia; Na queda, saíram com ele os anjos que aderiram à rebelião, e uma parte deles continua em prisão :
  • 15. 3 – Os Demônios na Cultura Pagã Os termos gregos traduzidos por “demônio” no Novo Testamento : daimonion Posteriormente os demônios são entendidos como: - Seres espirituais, espíritos malignos, anjos maus - Espíritos associados com o mal, com a maldade Aqui demônio, um deus, uma divindade, deuses pagãos. Aqui demônio, um espírito mal.daimon
  • 16. Os demônios são anjos que acompanharam o "querubim ungido" quando este foi expulso em rebelião contra Deus.
  • 17. 1 – O Arcanjo Miguel e o Dragão (Ap 12.7,9) ❶ O Arcanjo Miguel lidera uma guarnição angelical (Dn 10.13,21), ele é mais poderoso do que o dragão. ❷ O dragão é identificado com o próprio Diabo e Satanás.
  • 18. 2 – A Expulsão de Satanás (Ap 12.8) ❶ há os que acreditam que se trata da queda original de Satanás, outros afirmam que não ❷ Alguns interpretam que Satanás teria acesso ao céu antes da ascensão de Jesus. Essa passagem é muito disputada pelos expositores bíblicos e há diversas interpretações. De uma forma ou de outra, a derrota do Inimigo já está decretada, conforme revelou o próprio Senhor: "Eu via Satanás, como raio, cair do céu" (Lc 10.18).
  • 19. 3 – A Vitória final sobre Satanás A derrota final de Satanás, na verdade, teve início com a morte, ressurreição e ascensão de Jesus. A partir daí, as acusações do Diabo contra nós caíram por terra, porque quem nos justifica diante de Deus é o próprio Cristo (Rm 5.1; 8.33).
  • 20. 3 – A Vitória final sobre Satanás No Apocalipse, vemos que Miguel e seus anjos vencem o dragão e seus demônios (Ap 12.7-9). O mérito da vitória, porém, não cabe ao arcanjo, pois este sempre atuou em nome do Senhor (Jd 9).
  • 21. 3 – A Vitória final sobre Satanás Mais adiante, o Diabo é amarrado por mil anos, para, finalmente, ser lançado no lago de fogo (Ap 20.3,10).
  • 22. A Batalha no Céu ocorrerá entre o arcanjo Miguel e o dragão, o Diabo.
  • 23. 1 – A Serpente O termo "dragão" é drakon em grego e seu sentido é diversificado como "monstros, animais do deserto, serpentes".
  • 24. 1 – A Serpente No Novo Testamento, só aparece em Apocalipse : A serpente que enganou Eva é o próprio Satanás (Gn 3.1-4; 14,15). "o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo e Satanás, que engana todo o mundo" (Ap 12.9).
  • 25. 1 – A Serpente Igreja de Satanás está presente em vários lugares do mundo. No Brasil existe uma em Angra dos Reis - RJ Satanás (a serpente) é perito em enganar como fez com Eva e ainda hoje, enganar é uma de suas especialidades (2 Co 2.11; 11.3).
  • 26. 2 – Satanás No livro de Jó Satanás aparece pela primeira vez como SER ESPIRITUAL que acusa os justos diante de Deus. Não é possível descrever todos os nomes do inimigo de Deus e do seu povo. O nome mais conhecido vem do hebraico satan, "Satanás, adversário".
  • 27. 2 – Satanás "Então, Satanás se levantou contra Israel e incitou Davi a numerar a Israel" (1 Cr 21.1). As Escrituras o revelam primeiramente com NOME PESSOAL quando induz o rei Davi a fazer o recenseamento:
  • 28. 3 – Diabo O termo vem do verbo diabállo, "acusar, difamar, enganar, provocar um desacordo". A especialidade dele é enganar e acusar (Ap 12.10). O termo grego diábolos, “caluniador", é usado com frequência na Septuaginta para traduzir a palavra hebraica satan, "adversário".
  • 29. 3 – Diabo Sua habitação ainda não é o inferno; ele ainda será lançado nesse lugar (Mt. 25.41) Jesus disse que a essência da natureza dele é a mentira (Jo 8.44).
  • 30. Há muitos nomes que a Bíblia dá ao Inimigo: Serpente, Satanás e Diabo.
  • 31. 1 – O Contexto Bíblico Há relativamente pouco registro sobre os demônios no Antigo Testamento. A tradição judaica considera os demônios como anjos caídos que se uniram a Satanás na sua rebelião contra Deus.
  • 32. 1 – O Contexto Bíblico Os demônios são identificados no Novo Testamento como os espíritos imundos (Lc 4.33; 8.29; Ap 18.2) e os espíritos malignos (Lc 8.2). ❶ Eles são malévolos, podem entrar nas pessoas (Lc 11.24-26) ❷ Causam todo o tipo de doença (Lc 9.39-42), embora nem todas enfermidades são de origem demoníaca (Lc 13.32)
  • 33. 2 – O Triunfo de Cristo A vitória preliminar de Jesus sobre Satanás começa na tentação do deserto (Mt 4.11). e está julgado (Jo 16.11). O Diabo já está derrotado preliminarmente (Jo 12.31) Mesmo assim, ele continua se opondo à obra de Deus.
  • 34. 2 – O Triunfo de Cristo Em breve, Deus "esmagará Satanás debaixo de nossos pés" (Rm 16.20).
  • 35. Em seu ministério, Jesus demonstrou seu poder sobre os demônios.
  • 36. "Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do Inimigo, e nada vos fará dano algum" (Lc 10.19). Os demônios são reais, são espíritos maus e imundos, o oposto dos anjos. Jesus é a única garantia de que eles nada podem contra nós; antes, Jesus disse:
  • 37. Quais os significados dos termos gregos daimonion e daimon? daimonion Aqui demônio, um deus, uma divindade, deuses pagãos (Dt 32.17) Aqui demônio, um espírito mal.daimon
  • 38. Quando teve início a derrota final de Satanás? A derrota final de Satanás, na verdade, teve início com a morte, ressurreição e ascensão de Jesus.
  • 39. Quais os significados nos nomes "Satanás e Diabo"? Satanás significa "adversário"; Diabo significa "caluniador".
  • 40. Qual a essência da natureza do Diabo? Jesus disse que a essência da natureza dele é a mentira.
  • 41. Onde começou a derrota de Satanás com a vinda de Jesus? A vitória preliminar de Jesus sobre Satanás começa na tentação do deserto (Mt 4.11).
  • 42. Lição 4 – Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
  • 43.