SlideShare uma empresa Scribd logo
TEXTO ÁUREO

“E sucedeu que (como se fora coisa leve
andar nos pecados de Jeroboão, filho de
Nebate), ainda tomou por mulher a
Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios;
e foi, e serviu a Baal, e se encurvou diante
dele” (1 Rs 16.31).


        Igreja Evangélica Assembléia de Deus
    Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
          Campo de Presidente Prudente - SP
VERDADE PRÁTICA


A apostasia na história do povo
de Deus é um perigo real e não
uma mera abstração. Por isso,
vigiemos.


       Igreja Evangélica Assembléia de Deus
   Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
         Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
            1 Rs 16.29-34
29 - E Acabe, filho de Onri, começou a reinar sobre
Israel no ano trigésimo oitavo de Asa, rei de Judá; e
reinou Acabe, filho de Onri, sobre Israel em
Samaria, vinte e dois anos.
30 - E fez Acabe, filho de Onri, o que era mal aos
olhos do SENHOR, mais do que todos os que foram
antes dele.
31 - E sucedeu que (como se fora coisa leve andar
nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate), ainda
tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos
sidônios; e foi, e serviu a Baal, e se encurvou
diante dele.
          Igreja Evangélica Assembléia de Deus
      Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
            Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
            1 Rs 16.29-34
32 - E levantou um altar a Baal, na casa de Baal que
edificara em Samaria.
33 - Também Acabe fez um bosque, de maneira que
Acabe fez muito mais para irritar ao SENHOR, Deus
de Israel, do que todos os reis de Israel que foram
antes dele.
34 - Em seus dias, Hiel, o betelita, edificou a Jericó;
morrendo Abirão, seu primogênito, a fundou; e,
morrendo Segube, seu último, pôs as suas portas;
conforme a palavra do SENHOR, que falara pelo
ministério de Josué, filho de Num.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
PROPOSTA DA LIÇÃO

•   Casamento misto de Acabe – “mistura explosiva”;
•   Jezabel: influência desastrosa (idolatria instituída);
•   Acabe: grande administrador e péssimo líder espiritual;
•   Jezabel: obstinada, agente do mal;
•   Ser ou não ser? Crise de identidade de Israel;
•   Concerto à vista: 3 anos de seca;
•   Israel abandonou a fé, mudou de religião;
•   Não houve ninguém como Acabe (mal exemplo);
•   A apostasia colocou em perigo a existência de Israel.

              Igreja Evangélica Assembléia de Deus
          Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
                Campo de Presidente Prudente - SP
INTRODUÇÃO

• Apostasia: mudança consciente e premeditada da fé;
• A apostasia surgiu em Israel durante a divisão do reino;
• O pior período de apostasia foi durante os dias de Acabe;
• Acabe tentou unir elementos do culto idólatra a adoração;
• Ele sofreu influência de Jezabel, princesa fenícia;
• Ela patrocinou o culto à Baal (o deus morto, vivo, morto);
• Elias e Eliseu: ministérios de combate à apostasia.

           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
I – AS CAUSAS
                DA APOSTASIA
1) CASAMENTO MISTO
• Casamento de Acabe foi uma das causas da apostasia;
• A mistura política gerou consequências espirituais;
• Israel era proibido de mencionar nomes de outros deuses;
• O casamento misto é uma desobediência a Deus.

2) INSTITUCIONALIZAÇÃO DA IDOLATRIA
• Acabe levantou altar, casa e “poste-ídolo”;
• Jezabel exerceu forte influência sobre Acabe;
• Acabe irritou ao Senhor, bem mais que os reis anteriores;
• O culto a Baal se misturou e substituiu o culto a Jeová.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
II – OS AGENTES
                 DA APOSTASIA
1) ACABE
• Tal pai, tal filho. Onri e Acabe, maus exemplos;
• Acabe permitiu a abertura das portas para a idolatria;
• Não acreditou em Elias, “o perturbador de Israel”;
• Se tornou um instrumento para propagação de Baal.

2) JEZABEL
• Princesa fenícia, trouxe o falso deus e os falsos profetas;
• Obstinada patrocinadora do culto idólatra;
• Uma agente do mal usada para coibir o culto a Jeová;
• Exterminou os sacerdotes, levitas, profetas, menos Elias.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
III – AS CONSEQUÊNCIAS
              DA APOSTASIA
1) PERDA DA IDENTIDADE NACIONAL E ESPIRITUAL
• “Até quando coxearei”? Prova da perda da identidade?
• O incentivo real dividiu o povo. Grande ameaça à nação;
• Quem deveria ser adorado? Baal ou Jeová?
• Bezerros, postes-ídolos, sacerdotes imundos, apostasia!

2) O JULGAMENTO DIVINO
• Elias apareceu para combater a apostasia;
• Correção à vista: seca por 3 anos;
• A nação não perderia a identidade nacional e espiritual;
• A seca seria o início do combate: Jeová x Baal.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
IV – APOSTASIA
1) UM PERIGO REAL
• A apostasia foi real e se espalhou pelo reino;
• Israel abandou a Deus e seguiu a Baal;
• A apostasia também é um perigo real para a igreja;
• Também corremos o risco de abandonarmos a fé!

2) UM MAL EVITÁVEL
• Acabe seguiu o mal exemplo de seu pai;
• Não houve ninguém igual a ele, que se vendeu!
• Ele se arrependeu, mas era tarde;
• O arrependimento apenas retardou o castigo.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
CONCLUSÃO
• A apostasia colocou Israel em perigo;
• O casamento misto de Acabe foi desastroso;
• Aliança com o paganismo atrapalha a adoração.

1. Identificar as causas e os agentes da apostasia em Israel:
• Casamento misto de Acabe com Jezabel.

2. Conscientizar-se sobre os perigos da apostasia:
• Abandono premeditado para seguirmos outros deuses.

3. Compreender as consequências da apostasia:
• Israel quase perdeu a identidade religiosa;
• Sofreu o julgamento divino. Foram 3 anos sem “chuva”.

           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

             Contato: ailtonsilva2000
@yahoo.com.br
@hotmail.com
.blogspot.com
facebook

Álvares Machado (SP)
                      1º trim. 2013

          Igreja Evangélica Assembléia de Deus
      Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
            Campo de Presidente Prudente - SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre IsraelLição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Ailton da Silva
 
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Ailton da Silva
 
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
Ailton da Silva
 
Tiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obrasTiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obras
Ailton da Silva
 
O ministério de pastor
O ministério de pastorO ministério de pastor
O ministério de pastor
Ailton da Silva
 
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressãoLição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Ailton da Silva
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Ailton da Silva
 
As leis civis entregue por Moisés aos israelitas
As leis civis entregue por Moisés aos israelitasAs leis civis entregue por Moisés aos israelitas
As leis civis entregue por Moisés aos israelitas
Ailton da Silva
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
Ailton da Silva
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
Ailton da Silva
 
A fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obrasA fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obras
Ailton da Silva
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
Ailton da Silva
 
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
Ailton da Silva
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
Ailton da Silva
 
o cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião purao cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião pura
Ailton da Silva
 
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Ailton da Silva
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Ailton da Silva
 
Lição 13 - a fidelidade de Deus
Lição 13 - a fidelidade de DeusLição 13 - a fidelidade de Deus
Lição 13 - a fidelidade de Deus
Ailton da Silva
 
Os dons de elocução
Os dons de elocuçãoOs dons de elocução
Os dons de elocução
Ailton da Silva
 

Mais procurados (20)

Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre IsraelLição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
 
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
 
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
 
Tiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obrasTiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obras
 
O ministério de pastor
O ministério de pastorO ministério de pastor
O ministério de pastor
 
Lição 4
Lição 4Lição 4
Lição 4
 
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressãoLição 05 - Um homem de Deus em depressão
Lição 05 - Um homem de Deus em depressão
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
 
As leis civis entregue por Moisés aos israelitas
As leis civis entregue por Moisés aos israelitasAs leis civis entregue por Moisés aos israelitas
As leis civis entregue por Moisés aos israelitas
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
 
A fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obrasA fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obras
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
 
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
 
Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
 
o cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião purao cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião pura
 
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
 
Lição 13 - a fidelidade de Deus
Lição 13 - a fidelidade de DeusLição 13 - a fidelidade de Deus
Lição 13 - a fidelidade de Deus
 
Os dons de elocução
Os dons de elocuçãoOs dons de elocução
Os dons de elocução
 

Destaque

03
0303
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
Ailton da Silva
 
o ministério de apóstolo
o ministério de apóstoloo ministério de apóstolo
o ministério de apóstolo
Ailton da Silva
 
Lição 2
Lição 2Lição 2
Lição 2
Ailton da Silva
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdade
Ailton da Silva
 
Lição 02
Lição 02Lição 02
Lição 02
Ailton da Silva
 
A importância da sabedoria humilde
A importância da sabedoria humildeA importância da sabedoria humilde
A importância da sabedoria humilde
Ailton da Silva
 
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouroLição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Ailton da Silva
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
Ailton da Silva
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
Ailton da Silva
 
O ministério de profeta
O ministério de profetaO ministério de profeta
O ministério de profeta
Ailton da Silva
 
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
Ailton da Silva
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraóas pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
Ailton da Silva
 
lição 02 - Elias, o tisbita
lição 02 - Elias, o tisbitalição 02 - Elias, o tisbita
lição 02 - Elias, o tisbita
Ailton da Silva
 
Lição 03
Lição 03Lição 03
Lição 03
Ailton da Silva
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
Ailton da Silva
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
Ailton da Silva
 
05
0505

Destaque (20)

03
0303
03
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
 
o ministério de apóstolo
o ministério de apóstoloo ministério de apóstolo
o ministério de apóstolo
 
Lição 2
Lição 2Lição 2
Lição 2
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdade
 
Lição 02
Lição 02Lição 02
Lição 02
 
A importância da sabedoria humilde
A importância da sabedoria humildeA importância da sabedoria humilde
A importância da sabedoria humilde
 
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouroLição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
Lição 10 - Sofonias, o juízo vindouro
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 
O ministério de profeta
O ministério de profetaO ministério de profeta
O ministério de profeta
 
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraóas pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
as pragas divinas e as propostas ardilosas de Faraó
 
lição 02 - Elias, o tisbita
lição 02 - Elias, o tisbitalição 02 - Elias, o tisbita
lição 02 - Elias, o tisbita
 
Lição 03
Lição 03Lição 03
Lição 03
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
 
Lição 13
Lição 13Lição 13
Lição 13
 
05
0505
05
 

Semelhante a Lição 01

2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
Natalino das Neves Neves
 
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
Natalino das Neves Neves
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
Márcio Pereira
 
Resumo 1º trimestre 2013.
Resumo 1º trimestre  2013.Resumo 1º trimestre  2013.
Resumo 1º trimestre 2013.
Antonio Fernandes
 
Lição 1 1º tri - 2013
Lição 1 1º tri - 2013Lição 1 1º tri - 2013
Lição 1 1º tri - 2013
Franc Guimarães
 
Lição 4 elias e os profetas de baal
Lição 4 elias e os profetas de baalLição 4 elias e os profetas de baal
Lição 4 elias e os profetas de baal
Alan Fabiano Fabiano
 
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
Natalino das Neves Neves
 
De nadabe a acabe
De nadabe a acabeDe nadabe a acabe
De nadabe a acabe
Adina Silva
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
Ailton da Silva
 
A MENSAGEM DE OSEIAS PARA ...HOJE
A MENSAGEM DE OSEIAS PARA ...HOJEA MENSAGEM DE OSEIAS PARA ...HOJE
A MENSAGEM DE OSEIAS PARA ...HOJE
Enerliz
 
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da AdoraçãoLição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Ailton da Silva
 
03 alongasecasobreisrael
03 alongasecasobreisrael03 alongasecasobreisrael
03 alongasecasobreisrael
cledsondrumms
 
Quem foi jezabel
Quem foi jezabelQuem foi jezabel
Quem foi jezabel
Jessé Lopes
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
Ailton da Silva
 
Lição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de naboteLição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de nabote
Daniel Viana
 
1 aapostasianoreinodeisrael
1 aapostasianoreinodeisrael1 aapostasianoreinodeisrael
1 aapostasianoreinodeisrael
cledsondrumms
 
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Neide Santos
 
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Ourofino
 
Por que os israelitas adoravam a baal?
Por que os israelitas adoravam a baal?Por que os israelitas adoravam a baal?
Por que os israelitas adoravam a baal?
Antonio CJC Jesus
 

Semelhante a Lição 01 (20)

2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
 
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
2013 1o tri lição 1_a apostasia no reino de israel
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
 
Resumo 1º trimestre 2013.
Resumo 1º trimestre  2013.Resumo 1º trimestre  2013.
Resumo 1º trimestre 2013.
 
Lição 1 1º tri - 2013
Lição 1 1º tri - 2013Lição 1 1º tri - 2013
Lição 1 1º tri - 2013
 
Lição 4 elias e os profetas de baal
Lição 4 elias e os profetas de baalLição 4 elias e os profetas de baal
Lição 4 elias e os profetas de baal
 
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
2013 1o tri lição 4_elias e os profetas de baal
 
De nadabe a acabe
De nadabe a acabeDe nadabe a acabe
De nadabe a acabe
 
Lição 8
Lição 8Lição 8
Lição 8
 
A MENSAGEM DE OSEIAS PARA ...HOJE
A MENSAGEM DE OSEIAS PARA ...HOJEA MENSAGEM DE OSEIAS PARA ...HOJE
A MENSAGEM DE OSEIAS PARA ...HOJE
 
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da AdoraçãoLição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
Lição 4 - Amós - A Justiça Social como Parte da Adoração
 
03 alongasecasobreisrael
03 alongasecasobreisrael03 alongasecasobreisrael
03 alongasecasobreisrael
 
Quem foi jezabel
Quem foi jezabelQuem foi jezabel
Quem foi jezabel
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Lição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de naboteLição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de nabote
 
1 aapostasianoreinodeisrael
1 aapostasianoreinodeisrael1 aapostasianoreinodeisrael
1 aapostasianoreinodeisrael
 
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
 
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
Eliaseosprofetasdebaal 130124090032-phpapp01
 
Por que os israelitas adoravam a baal?
Por que os israelitas adoravam a baal?Por que os israelitas adoravam a baal?
Por que os israelitas adoravam a baal?
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Ailton da Silva
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Ailton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Ailton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Ailton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Ailton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Ailton da Silva
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Ailton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
Ailton da Silva
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
Ailton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
Ailton da Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Ailton da Silva
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Ailton da Silva
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Ailton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Ailton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Ailton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 

Lição 01

  • 1.
  • 2. TEXTO ÁUREO “E sucedeu que (como se fora coisa leve andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate), ainda tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi, e serviu a Baal, e se encurvou diante dele” (1 Rs 16.31). Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 3. VERDADE PRÁTICA A apostasia na história do povo de Deus é um perigo real e não uma mera abstração. Por isso, vigiemos. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 4. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE 1 Rs 16.29-34 29 - E Acabe, filho de Onri, começou a reinar sobre Israel no ano trigésimo oitavo de Asa, rei de Judá; e reinou Acabe, filho de Onri, sobre Israel em Samaria, vinte e dois anos. 30 - E fez Acabe, filho de Onri, o que era mal aos olhos do SENHOR, mais do que todos os que foram antes dele. 31 - E sucedeu que (como se fora coisa leve andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate), ainda tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi, e serviu a Baal, e se encurvou diante dele. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 5. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE 1 Rs 16.29-34 32 - E levantou um altar a Baal, na casa de Baal que edificara em Samaria. 33 - Também Acabe fez um bosque, de maneira que Acabe fez muito mais para irritar ao SENHOR, Deus de Israel, do que todos os reis de Israel que foram antes dele. 34 - Em seus dias, Hiel, o betelita, edificou a Jericó; morrendo Abirão, seu primogênito, a fundou; e, morrendo Segube, seu último, pôs as suas portas; conforme a palavra do SENHOR, que falara pelo ministério de Josué, filho de Num. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 6. PROPOSTA DA LIÇÃO • Casamento misto de Acabe – “mistura explosiva”; • Jezabel: influência desastrosa (idolatria instituída); • Acabe: grande administrador e péssimo líder espiritual; • Jezabel: obstinada, agente do mal; • Ser ou não ser? Crise de identidade de Israel; • Concerto à vista: 3 anos de seca; • Israel abandonou a fé, mudou de religião; • Não houve ninguém como Acabe (mal exemplo); • A apostasia colocou em perigo a existência de Israel. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 7. INTRODUÇÃO • Apostasia: mudança consciente e premeditada da fé; • A apostasia surgiu em Israel durante a divisão do reino; • O pior período de apostasia foi durante os dias de Acabe; • Acabe tentou unir elementos do culto idólatra a adoração; • Ele sofreu influência de Jezabel, princesa fenícia; • Ela patrocinou o culto à Baal (o deus morto, vivo, morto); • Elias e Eliseu: ministérios de combate à apostasia. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 8. I – AS CAUSAS DA APOSTASIA 1) CASAMENTO MISTO • Casamento de Acabe foi uma das causas da apostasia; • A mistura política gerou consequências espirituais; • Israel era proibido de mencionar nomes de outros deuses; • O casamento misto é uma desobediência a Deus. 2) INSTITUCIONALIZAÇÃO DA IDOLATRIA • Acabe levantou altar, casa e “poste-ídolo”; • Jezabel exerceu forte influência sobre Acabe; • Acabe irritou ao Senhor, bem mais que os reis anteriores; • O culto a Baal se misturou e substituiu o culto a Jeová. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 9. II – OS AGENTES DA APOSTASIA 1) ACABE • Tal pai, tal filho. Onri e Acabe, maus exemplos; • Acabe permitiu a abertura das portas para a idolatria; • Não acreditou em Elias, “o perturbador de Israel”; • Se tornou um instrumento para propagação de Baal. 2) JEZABEL • Princesa fenícia, trouxe o falso deus e os falsos profetas; • Obstinada patrocinadora do culto idólatra; • Uma agente do mal usada para coibir o culto a Jeová; • Exterminou os sacerdotes, levitas, profetas, menos Elias. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 10. III – AS CONSEQUÊNCIAS DA APOSTASIA 1) PERDA DA IDENTIDADE NACIONAL E ESPIRITUAL • “Até quando coxearei”? Prova da perda da identidade? • O incentivo real dividiu o povo. Grande ameaça à nação; • Quem deveria ser adorado? Baal ou Jeová? • Bezerros, postes-ídolos, sacerdotes imundos, apostasia! 2) O JULGAMENTO DIVINO • Elias apareceu para combater a apostasia; • Correção à vista: seca por 3 anos; • A nação não perderia a identidade nacional e espiritual; • A seca seria o início do combate: Jeová x Baal. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 11. IV – APOSTASIA 1) UM PERIGO REAL • A apostasia foi real e se espalhou pelo reino; • Israel abandou a Deus e seguiu a Baal; • A apostasia também é um perigo real para a igreja; • Também corremos o risco de abandonarmos a fé! 2) UM MAL EVITÁVEL • Acabe seguiu o mal exemplo de seu pai; • Não houve ninguém igual a ele, que se vendeu! • Ele se arrependeu, mas era tarde; • O arrependimento apenas retardou o castigo. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 12. CONCLUSÃO • A apostasia colocou Israel em perigo; • O casamento misto de Acabe foi desastroso; • Aliança com o paganismo atrapalha a adoração. 1. Identificar as causas e os agentes da apostasia em Israel: • Casamento misto de Acabe com Jezabel. 2. Conscientizar-se sobre os perigos da apostasia: • Abandono premeditado para seguirmos outros deuses. 3. Compreender as consequências da apostasia: • Israel quase perdeu a identidade religiosa; • Sofreu o julgamento divino. Foram 3 anos sem “chuva”. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 13.
  • 14. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Contato: ailtonsilva2000 @yahoo.com.br @hotmail.com .blogspot.com facebook Álvares Machado (SP) 1º trim. 2013 Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP