SlideShare uma empresa Scribd logo
Associação da Fototerapia e Ativos Cosméticos nos Tratamentos estéticos Faciais e Corporais
PROF. LIDIANE ROCHA
ASSOCIAÇÃO DA FOTOTERAPIA
E ATIVOS COSMÉTICOS NOS
TRATAMENTOS ESTÉTICOS
FACIAIS E CORPORAIS
ENERGIA
• A definição de energia sustentada por
Einstein: tudo aquilo que pode realizar um
trabalho.
• Energia transformada em Radiação
eletromagnética: LUZ.
• A menor parte da LUZ é o FÓTON (Auffray)
FOTOTERAPIA
• LASER (Luz Amplificada por Emissão
Estimulada de Radiação);
• LED (Emissão de Luz por Diodo).
• Espectro Eletromagnético: Comprimento de
onda, constituídos de campos elétricos e
magnéticos.
ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO
O espectro eletromagnético é medido em nanômetros (nm)
– milionésimo de milímetro ou bilionésimo do metro.
ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO
• Ultravioleta: até 400nm;
• Luz visível: 400nm a 700nm;
• Infravermelho: A partir de 700nm.
A escolha da luz terapêutica que define o tipo de célula ou
tecido que ira absorvê-la.
• LASER e LED: único comprimento de onda;
• ILP: vários comprimentos de onda (é absorvido por
diferentes células ao mesmo tempo).
CARACTERÍSTICAS DO LASER
• Coerência: Devidamente organizada no espaço e
no tempo; As outras luzes são incoerentes: LED, Luz
do Sol, Lâmpadas.
• Colimação: Fonte unidirecional do feixe de luz,
focalizada em um único ponto, diferente do LED
(luz dispersa).
• Medida de energia: Jaules/cm²
POTÊNCIA
Efeitos teciduais que a energia vai promover,
especialmente pelo efeito térmico gerado:
• Alta Potência: Laser Cirúrgico, 1W acima;
• Média Potência: Laser e ILP, de 500mW a
1W;
• Baixa Potência: Laser e LED, até 500mW
CROMÓFOROS
Quando exposto a determinada radiação um
sistema biológico sofre efeitos terapêuticos ou
danosos desde que tenha capacidade de
absorvê-la. A absorção ocorre em nível atômico
ou molecular, o comprimento de onda
determina qual tecido exposto a radiação irá
absorvê-la.
As moléculas do tecido capazes de absorver
radiação luminosa são denominadas
CROMÓFOROS.
CROMÓFOROS
Cromóforos cutâneos: água, hemoglobina, melanina,
hemoglobina e oxihemoglobina.
• Luz Azul (525nm): absorvido pelas camadas
superficiais da epiderme;
• Amarelo e Verde: melanina, hemoglobina e
oxihemoglobina (cromóforo dos vasos sanguíneos);
• Infravermelho: água.
INTERAÇÃO DA ONDA COM
TECIDO
LASER TERAPÊUTICO
VERMELHO – 660nm
• Energia não é transformada em calor (absorção dos fótons), efeitos
fotoquímicos, fotofísicos e ou fotobiológicos;
• Estimulação de linfócitos;
• Ativação de mastócitos;
• Aumento de ATP mitocondrial;
• Proliferação de várias células;
• Efeitos antinflamatórios;
• Aumento da circulação local;
• Neovascularização;
• Síntese de colágeno;
• Induz processo de cicatrização.
LASER TERAPÊUTICO
VERMELHO – 660nm
• Aumenta metabolismo celular;
• Estimula fotorreceptores na cadeia respiratória
mitocondrial;
• Altera níveis de ATP celular;
• Libera fatores de crescimento;
• Síntese de colágeno: Estudos mostram que a
terapia com LBI eleva os níveis de ácido ascórbico
nos fibroblastos, a formação de hidroxiprolina e
conseqüente aumento na síntese de colágeno.
LASER TERAPÊUTICO
VERMELHO – 660nm
Processo de reparação de feridas:
• Aumenta a atividade quimiotática e fagocitária dos
leucócitos (estudos in vitro);
• Ativação dos linfócitos;
• Aumento da atividade fagocitária dos macrófagos
(limpeza e condição a fase proliferativa);
• Vascular: estimula a proliferação de células
endoteliais, formação de novos vasos, aumento do
tecido de granulação e relaxamento da musculatura
vascular lisa contribuindo assim para a diminuição da
dor (analgésico).
FOTOBIOMODULAÇÃO
•Acelera ou inibe processos biológicos;
•Regulação alostérica: acelera ou inibe
processos;
•Até 4J/cm² - Bioestimulação;
•Acima de 4J/cm² – Bioinibição.
LASER TERAPÊUTICO
INFRAVERMELHO – 808nm
• Drenagem linfática (aplicação na rede de linfonodos);
• Síntese de colágeno;
• Analgésico e Antinflamatório;
• Estímulo ao sistema imune;
• Aumento na absorção de pela alteração na
permeabilidade da membrana plasmática das células;
• Correção de aplicação da toxina botulínica;
• Modulação da cicatrização de tecidos profundos:
ossos, cartilagens, nervos, etc...
Associação da Fototerapia e Ativos Cosméticos nos Tratamentos estéticos Faciais e Corporais
RESULTADOS APÓS 6 SESSÕES
Pesquisa realizada pela Prof. Vilma Natividade: 18
mulheres, aplicação 2x por semana
• 64% sentiram as pernas menos pesadas;
• 73% sentiram o efeito da drenagem;
• 80% referem melhora na condição e tonificação da
pele.
LED AZUL – 470nm
• Ação bactericida (ACNE – Propionybacterium
acnes);
• Hidratação e Clareamento (Efeito cinderela);
• Clareamento: facial, axila e virilha, olheiras;
• Acelera atividade química capilar: hidratação,
progressiva, tintura, etc...
LED ÂMBAR – 590nm
• Estímulo aos ribossomos – aumenta síntese de
colágeno;
• Estimula metabolismo celular;
• Espessamento homogêneo das fibras adensadas
(não térmico);
• Hidratação.
TERAPIA FOTOHEMODINÂMICA
• Transferência de energia de alguns compostos que tem
fotoatividade pelas moléculas de oxigênio;
• Algumas drogas (cromóforos) ao absorverem luzes de
comprimento de onda específicos (monocromática) produzem
grande quantidade de radicais livres que levam células
neoplásicas ou microorganismos a apoptose;
• Em 1970 Thomas J. Daughert publicou trabalhos mostrando a
eficácia da técnica (associação de hematoporfirina D associado
ao laser em células neoplásicas).
ILIB – TERAPIA
FOTOHEMODINÂMICA
• ILIB: Intravascular Laser Irradiation of Blood,
traduzindo Irradiação do sangue intravascular com
laser (tópico);
• Compensa o limite da laserterapia, seu raio de ação;
• Respostas em nível sistêmico, favorece toda fisiologia
do organismo, gerando impacto em grandes sistemas
e pode ser empregado para potencializar qualquer
tratamento estético.
ILIB – TERAPIA
FOTOHEMODINÂMICA
• Desencadeia a enzima SUPERÓXIDO DISMUTASE, principal agente
antioxidante que possuímos (quinta enzima em volume no organismo),
alguns estudos mostram que a luz vermelha desencadeia também outras
enzimas como a catalase e ceruloplasmina;
• Inibe processo inflamatório agudo ou crônico (diabetes, hipertensão);
• No sangue, a radiação por ILIB aumenta o volume de uma prostaciclina
chamada PG12, que altera sua fluidez. Deixa menos viscoso, melhorando a
circulação sistêmica;
• As hemácias por sua vez, ao receber a radiação se tornam mais macias,
facilitando seu trabalho (liberação de oxigênio e captura de gás carbônico),
dentro dos vasos mais finos (os capilares são muito estreitos - mais maleável
ela passa mais fácil e executa melhor seu trabalho)
ILIB – TERAPIA
FOTOHEMODINÂMICA
ASSOCIAÇÃO COSMÉTICA
• Peelings e cosméticos fotoativados;
• Fatores de crescimento;
• Cosméticos que potencializem o resultado das luzes;
• Aminoácidos;
• Oligoelementos.
CONTRA-INDICAÇÕES
• Fotossensibilidade (dermatoses);
• Cliente em tratamento com ácidos sintetizados a partir da
vitamina A: ácido retinóico, isotretinoína, retinol A, vitanol A,
tretinoína e antibióticos com tetraciclina;
• Câncer de pele;
• Glaucoma;
• Gravidez.
ORIENTAÇÕES GERAIS
• Ficha de avaliação e exame clínico detalhado;
• Pele limpa, seca e hidratada;.
• Utilização do óculos de proteção;
• Aplicação perpendicular (evitar dispersão do raio);
• Evitar áreas metálicas (retirar brincos, piercings).
RESULTADOS
ESTÉTICOS
Foram realizadas 8 sessões: LED azul e LED Ambar/ Laser
Vermelho e Infravermelho
Associação da Fototerapia e Ativos Cosméticos nos Tratamentos estéticos Faciais e Corporais
Foram realizadas 15 sessões: LED Azul e âmbar, Laser
vermelho, Infravermelho
Led Azul, Laser Vermelho, Laser Infra, Led âmbar.
Foram realizadas 10 sessões, Laser Vermelho, Led Ambar/laser
infra e Laser Infravermelho nas principais cadeias de
linfonodos.
Por Fátima Gomes: 4 sessões de Led Azul e Laser Vermelho
associado a peeling enzimático.
Por Fátima Gomes: 5 sessões de Laser vermelho e led azul
(hidratação), associado ao ácido hialurônico.
Trabalho de conclusão de curso – Curso técnico (associação de
LBI fotoinibição, MENS bioinibição e peeling fotoativado).
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
• Eletrotermofototerapia, Jones Agne; Santa Maria, 2013.
• Laserterapia, Ricardo Trajano; 2013.
• Diferenciação e Indicação dos recursos estéticos das alterações corporais,
Natividade et al. HAIR BRASIL 2013.
• A tecnologia aplicada aos procedimentos pré e pós operatório. Prof. André Luiz
Ramos (Aula ministrada no curso de Especialização: A Estética no pré e pós
procedimentos Médicos – Universidade Anhembi Morumbi, 2014).
• Manual ELITE – DMC: http://www.dmcgroup.com.br/arquivos/manual/elite_port.pdf, acesso
em 01/05/2015;
• Catálogo de Estética DMC:
http://www.dmcgroup.com.br/arquivos/catalogos/estetica.pdf, acesso em 22/05/2015.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Laser de Baixa Potência nos vários Protocolos da Estética.
 Laser de Baixa Potência nos vários Protocolos da Estética. Laser de Baixa Potência nos vários Protocolos da Estética.
Laser de Baixa Potência nos vários Protocolos da Estética.
Ezequiel Paulo de Souza
 
Associação da Fototerapia e ativos cosméticos nos tratamentos estéticos facia...
Associação da Fototerapia e ativos cosméticos nos tratamentos estéticos facia...Associação da Fototerapia e ativos cosméticos nos tratamentos estéticos facia...
Associação da Fototerapia e ativos cosméticos nos tratamentos estéticos facia...
Lupe Bello Cuerpo
 
TREINAMENTO UF3.pptx
TREINAMENTO UF3.pptxTREINAMENTO UF3.pptx
TREINAMENTO UF3.pptx
SulLaserLocaes1
 
4 radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e...
4   radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e...4   radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e...
4 radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e...
HTM ELETRÔNICA
 
Cosmetologia da pele II: Envelhecimento Cutâneo
Cosmetologia da pele II: Envelhecimento CutâneoCosmetologia da pele II: Envelhecimento Cutâneo
Cosmetologia da pele II: Envelhecimento Cutâneo
Rodrigo Caixeta
 
Endermoterapia e Peelings Mecanicos
Endermoterapia e Peelings MecanicosEndermoterapia e Peelings Mecanicos
Endermoterapia e Peelings Mecanicos
Amanda Hamaue
 
Laser fundamentos e indicações em dermatologia
Laser fundamentos e indicações em dermatologiaLaser fundamentos e indicações em dermatologia
Laser fundamentos e indicações em dermatologia
Leonid Huancachoque Mamani
 
E Book Microagulhamento
E Book MicroagulhamentoE Book Microagulhamento
E Book Microagulhamento
ICosmetologia Educacional
 
Laserterapia
LaserterapiaLaserterapia
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Tudo Belo Estética
 
Crystal 3D- Apresentação.pptx
Crystal 3D- Apresentação.pptxCrystal 3D- Apresentação.pptx
Crystal 3D- Apresentação.pptx
SulLaserLocaes1
 
Laser de baixa potência efeitos primários e secundarios
Laser de baixa potência  efeitos primários e secundariosLaser de baixa potência  efeitos primários e secundarios
Laser de baixa potência efeitos primários e secundarios
Ezequiel Paulo de Souza
 
Seminário 09: Celulite e Estrias
Seminário 09: Celulite e EstriasSeminário 09: Celulite e Estrias
Seminário 09: Celulite e Estrias
Alexandre H.P. Ferreira
 
Peeling Básico Instituto Keynes
Peeling Básico Instituto KeynesPeeling Básico Instituto Keynes
Peeling Básico Instituto Keynes
Instituto Keynes
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Curso de Limpeza de Pele.pptx
Curso de Limpeza de Pele.pptxCurso de Limpeza de Pele.pptx
Curso de Limpeza de Pele.pptx
CiceroGonzaga5
 
Biomedicina Estética, uma nova área de atuação
Biomedicina Estética, uma nova área de atuação Biomedicina Estética, uma nova área de atuação
Biomedicina Estética, uma nova área de atuação
Larah Oliveira
 
Uso da alta frequência
Uso da alta frequênciaUso da alta frequência
Uso da alta frequência
Anna Paulla
 
Apostila laserterapia estetica
Apostila laserterapia esteticaApostila laserterapia estetica
Apostila laserterapia estetica
Guttemberg Silva
 
Led fisioterapia em dermatologia
Led   fisioterapia em dermatologiaLed   fisioterapia em dermatologia
Led fisioterapia em dermatologia
Neyanne Pardim
 

Mais procurados (20)

Laser de Baixa Potência nos vários Protocolos da Estética.
 Laser de Baixa Potência nos vários Protocolos da Estética. Laser de Baixa Potência nos vários Protocolos da Estética.
Laser de Baixa Potência nos vários Protocolos da Estética.
 
Associação da Fototerapia e ativos cosméticos nos tratamentos estéticos facia...
Associação da Fototerapia e ativos cosméticos nos tratamentos estéticos facia...Associação da Fototerapia e ativos cosméticos nos tratamentos estéticos facia...
Associação da Fototerapia e ativos cosméticos nos tratamentos estéticos facia...
 
TREINAMENTO UF3.pptx
TREINAMENTO UF3.pptxTREINAMENTO UF3.pptx
TREINAMENTO UF3.pptx
 
4 radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e...
4   radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e...4   radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e...
4 radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e...
 
Cosmetologia da pele II: Envelhecimento Cutâneo
Cosmetologia da pele II: Envelhecimento CutâneoCosmetologia da pele II: Envelhecimento Cutâneo
Cosmetologia da pele II: Envelhecimento Cutâneo
 
Endermoterapia e Peelings Mecanicos
Endermoterapia e Peelings MecanicosEndermoterapia e Peelings Mecanicos
Endermoterapia e Peelings Mecanicos
 
Laser fundamentos e indicações em dermatologia
Laser fundamentos e indicações em dermatologiaLaser fundamentos e indicações em dermatologia
Laser fundamentos e indicações em dermatologia
 
E Book Microagulhamento
E Book MicroagulhamentoE Book Microagulhamento
E Book Microagulhamento
 
Laserterapia
LaserterapiaLaserterapia
Laserterapia
 
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
 
Crystal 3D- Apresentação.pptx
Crystal 3D- Apresentação.pptxCrystal 3D- Apresentação.pptx
Crystal 3D- Apresentação.pptx
 
Laser de baixa potência efeitos primários e secundarios
Laser de baixa potência  efeitos primários e secundariosLaser de baixa potência  efeitos primários e secundarios
Laser de baixa potência efeitos primários e secundarios
 
Seminário 09: Celulite e Estrias
Seminário 09: Celulite e EstriasSeminário 09: Celulite e Estrias
Seminário 09: Celulite e Estrias
 
Peeling Básico Instituto Keynes
Peeling Básico Instituto KeynesPeeling Básico Instituto Keynes
Peeling Básico Instituto Keynes
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
 
Curso de Limpeza de Pele.pptx
Curso de Limpeza de Pele.pptxCurso de Limpeza de Pele.pptx
Curso de Limpeza de Pele.pptx
 
Biomedicina Estética, uma nova área de atuação
Biomedicina Estética, uma nova área de atuação Biomedicina Estética, uma nova área de atuação
Biomedicina Estética, uma nova área de atuação
 
Uso da alta frequência
Uso da alta frequênciaUso da alta frequência
Uso da alta frequência
 
Apostila laserterapia estetica
Apostila laserterapia esteticaApostila laserterapia estetica
Apostila laserterapia estetica
 
Led fisioterapia em dermatologia
Led   fisioterapia em dermatologiaLed   fisioterapia em dermatologia
Led fisioterapia em dermatologia
 

Semelhante a Associação da Fototerapia e Ativos Cosméticos nos Tratamentos estéticos Faciais e Corporais

Apresentação tricoterapia laser 1
Apresentação tricoterapia laser 1Apresentação tricoterapia laser 1
Apresentação tricoterapia laser 1
Estetica Cosmetica
 
Aula laserterapia - pos.pptx
Aula laserterapia - pos.pptxAula laserterapia - pos.pptx
Aula laserterapia - pos.pptx
RaGomes7
 
A eletroterapia aplicada na estética facial
A eletroterapia aplicada na estética facialA eletroterapia aplicada na estética facial
A eletroterapia aplicada na estética facial
Rosiane Bezerra
 
Olheiras
OlheirasOlheiras
Olheiras
Amanda Hamaue
 
TECNOLOGIA BIOQUANTICA, INFRAVERMELHOS LONGOS EM ROUPAS E PULSEIRAS.
TECNOLOGIA BIOQUANTICA, INFRAVERMELHOS LONGOS EM ROUPAS E PULSEIRAS.TECNOLOGIA BIOQUANTICA, INFRAVERMELHOS LONGOS EM ROUPAS E PULSEIRAS.
TECNOLOGIA BIOQUANTICA, INFRAVERMELHOS LONGOS EM ROUPAS E PULSEIRAS.
Gilberto Neide
 
Aeletroterapiaaplicadanaestticafacial 120526114057-phpapp02
Aeletroterapiaaplicadanaestticafacial 120526114057-phpapp02Aeletroterapiaaplicadanaestticafacial 120526114057-phpapp02
Aeletroterapiaaplicadanaestticafacial 120526114057-phpapp02
Jackeline Guimaraes
 
Fotoproteção - O uso correto, a escolha e a diferença dos produtos no mercado
Fotoproteção - O uso correto, a escolha e a diferença dos produtos no mercadoFotoproteção - O uso correto, a escolha e a diferença dos produtos no mercado
Fotoproteção - O uso correto, a escolha e a diferença dos produtos no mercado
Lupe Bello Cuerpo
 
Fotoproteção - O uso correto
Fotoproteção - O uso corretoFotoproteção - O uso correto
Fotoproteção - O uso correto
Lupe Bello Cuerpo
 
Alta tecnologia e dermocosméticos
Alta tecnologia e dermocosméticos Alta tecnologia e dermocosméticos
Alta tecnologia e dermocosméticos
Jauru Freitas
 
Protocolo newskin ed07 abril2019
Protocolo newskin ed07 abril2019Protocolo newskin ed07 abril2019
Protocolo newskin ed07 abril2019
Michaely Natali
 
Lipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Lipo a Laser Aula Dr. Urias CarrijoLipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Lipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Urias Carrijo
 
RadioProteção
RadioProteçãoRadioProteção
RadioProteção
ssuser4c83e0
 
Apresentação Lux Laserterapia e Spa Capilar
Apresentação Lux Laserterapia e Spa CapilarApresentação Lux Laserterapia e Spa Capilar
Apresentação Lux Laserterapia e Spa Capilar
Bila herrmann
 
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e FrioCriofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Lupe Bello Cuerpo
 
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 grausCriofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Lupe Bello Cuerpo
 
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptxpriscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
AndriellyFernanda1
 
Aula microrrentes (1).pptx aula
Aula microrrentes (1).pptx aulaAula microrrentes (1).pptx aula
Aula microrrentes (1).pptx aula
Milena Vicário Perez
 
Dra alexandra
Dra alexandraDra alexandra
Dra alexandra
pharmanostradesign
 
Recursos eletrotérmicos: radiação ultravioleta
Recursos eletrotérmicos: radiação ultravioleta Recursos eletrotérmicos: radiação ultravioleta
Recursos eletrotérmicos: radiação ultravioleta
Maralu Araújo
 
Manual de protocolos clínico venus laser e led
Manual de protocolos clínico venus laser e led Manual de protocolos clínico venus laser e led
Manual de protocolos clínico venus laser e led
Ianae Wilke
 

Semelhante a Associação da Fototerapia e Ativos Cosméticos nos Tratamentos estéticos Faciais e Corporais (20)

Apresentação tricoterapia laser 1
Apresentação tricoterapia laser 1Apresentação tricoterapia laser 1
Apresentação tricoterapia laser 1
 
Aula laserterapia - pos.pptx
Aula laserterapia - pos.pptxAula laserterapia - pos.pptx
Aula laserterapia - pos.pptx
 
A eletroterapia aplicada na estética facial
A eletroterapia aplicada na estética facialA eletroterapia aplicada na estética facial
A eletroterapia aplicada na estética facial
 
Olheiras
OlheirasOlheiras
Olheiras
 
TECNOLOGIA BIOQUANTICA, INFRAVERMELHOS LONGOS EM ROUPAS E PULSEIRAS.
TECNOLOGIA BIOQUANTICA, INFRAVERMELHOS LONGOS EM ROUPAS E PULSEIRAS.TECNOLOGIA BIOQUANTICA, INFRAVERMELHOS LONGOS EM ROUPAS E PULSEIRAS.
TECNOLOGIA BIOQUANTICA, INFRAVERMELHOS LONGOS EM ROUPAS E PULSEIRAS.
 
Aeletroterapiaaplicadanaestticafacial 120526114057-phpapp02
Aeletroterapiaaplicadanaestticafacial 120526114057-phpapp02Aeletroterapiaaplicadanaestticafacial 120526114057-phpapp02
Aeletroterapiaaplicadanaestticafacial 120526114057-phpapp02
 
Fotoproteção - O uso correto, a escolha e a diferença dos produtos no mercado
Fotoproteção - O uso correto, a escolha e a diferença dos produtos no mercadoFotoproteção - O uso correto, a escolha e a diferença dos produtos no mercado
Fotoproteção - O uso correto, a escolha e a diferença dos produtos no mercado
 
Fotoproteção - O uso correto
Fotoproteção - O uso corretoFotoproteção - O uso correto
Fotoproteção - O uso correto
 
Alta tecnologia e dermocosméticos
Alta tecnologia e dermocosméticos Alta tecnologia e dermocosméticos
Alta tecnologia e dermocosméticos
 
Protocolo newskin ed07 abril2019
Protocolo newskin ed07 abril2019Protocolo newskin ed07 abril2019
Protocolo newskin ed07 abril2019
 
Lipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Lipo a Laser Aula Dr. Urias CarrijoLipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Lipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
 
RadioProteção
RadioProteçãoRadioProteção
RadioProteção
 
Apresentação Lux Laserterapia e Spa Capilar
Apresentação Lux Laserterapia e Spa CapilarApresentação Lux Laserterapia e Spa Capilar
Apresentação Lux Laserterapia e Spa Capilar
 
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e FrioCriofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
 
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 grausCriofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
 
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptxpriscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
 
Aula microrrentes (1).pptx aula
Aula microrrentes (1).pptx aulaAula microrrentes (1).pptx aula
Aula microrrentes (1).pptx aula
 
Dra alexandra
Dra alexandraDra alexandra
Dra alexandra
 
Recursos eletrotérmicos: radiação ultravioleta
Recursos eletrotérmicos: radiação ultravioleta Recursos eletrotérmicos: radiação ultravioleta
Recursos eletrotérmicos: radiação ultravioleta
 
Manual de protocolos clínico venus laser e led
Manual de protocolos clínico venus laser e led Manual de protocolos clínico venus laser e led
Manual de protocolos clínico venus laser e led
 

Mais de Lupe Bello Cuerpo

Gestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelênciaGestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelência
Lupe Bello Cuerpo
 
Gestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelênciaGestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelência
Lupe Bello Cuerpo
 
Resiliência pessoal e profissional
Resiliência pessoal e profissionalResiliência pessoal e profissional
Resiliência pessoal e profissional
Lupe Bello Cuerpo
 
Nova proposta de hidratação cutânea - A pele em 4 fases
Nova proposta de hidratação cutânea - A pele em 4 fasesNova proposta de hidratação cutânea - A pele em 4 fases
Nova proposta de hidratação cutânea - A pele em 4 fases
Lupe Bello Cuerpo
 
Nutrição estética - Prescrição de nutricosméticos
Nutrição estética - Prescrição de nutricosméticosNutrição estética - Prescrição de nutricosméticos
Nutrição estética - Prescrição de nutricosméticos
Lupe Bello Cuerpo
 
Gastronomia funcional como potencializadora da nutrição estética
Gastronomia funcional como potencializadora da nutrição estéticaGastronomia funcional como potencializadora da nutrição estética
Gastronomia funcional como potencializadora da nutrição estética
Lupe Bello Cuerpo
 
Estética do bem estar - Diferencial para atendimento a gestantes e 3 idade
Estética do bem estar - Diferencial para atendimento a gestantes e 3 idadeEstética do bem estar - Diferencial para atendimento a gestantes e 3 idade
Estética do bem estar - Diferencial para atendimento a gestantes e 3 idade
Lupe Bello Cuerpo
 
Gestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelênciaGestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelência
Lupe Bello Cuerpo
 
Peeling 3x1
Peeling 3x1Peeling 3x1
Peeling 3x1
Lupe Bello Cuerpo
 
Funcionalidade e aplicabilidade dos alimentos na estética
Funcionalidade e aplicabilidade dos alimentos na estéticaFuncionalidade e aplicabilidade dos alimentos na estética
Funcionalidade e aplicabilidade dos alimentos na estética
Lupe Bello Cuerpo
 
Resiliência Pessoal e Profissional
Resiliência Pessoal e ProfissionalResiliência Pessoal e Profissional
Resiliência Pessoal e Profissional
Lupe Bello Cuerpo
 
Nova Proposta de Hidratação Cutânea - A pele em 4 Fases
Nova Proposta de Hidratação Cutânea - A pele em 4 FasesNova Proposta de Hidratação Cutânea - A pele em 4 Fases
Nova Proposta de Hidratação Cutânea - A pele em 4 Fases
Lupe Bello Cuerpo
 
Nutrição Estética - Prescrição de Nutricosméticos
Nutrição Estética - Prescrição de Nutricosméticos Nutrição Estética - Prescrição de Nutricosméticos
Nutrição Estética - Prescrição de Nutricosméticos
Lupe Bello Cuerpo
 
Gastronomia Funcional como Potencializadora da Nutrição Estética
Gastronomia Funcional como Potencializadora da Nutrição EstéticaGastronomia Funcional como Potencializadora da Nutrição Estética
Gastronomia Funcional como Potencializadora da Nutrição Estética
Lupe Bello Cuerpo
 
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 IdadeEstética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Lupe Bello Cuerpo
 
Terapia Holística - A Importância do Toque Terapêutico
Terapia Holística - A Importância do Toque TerapêuticoTerapia Holística - A Importância do Toque Terapêutico
Terapia Holística - A Importância do Toque Terapêutico
Lupe Bello Cuerpo
 
Peeling 3x1
Peeling 3x1Peeling 3x1
Peeling 3x1
Lupe Bello Cuerpo
 
Funcionalidade e Aplicabilidade dos Alimentos na Estética
Funcionalidade e Aplicabilidade dos Alimentos na EstéticaFuncionalidade e Aplicabilidade dos Alimentos na Estética
Funcionalidade e Aplicabilidade dos Alimentos na Estética
Lupe Bello Cuerpo
 

Mais de Lupe Bello Cuerpo (19)

Gestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelênciaGestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelência
 
Gestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelênciaGestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelência
 
Resiliência pessoal e profissional
Resiliência pessoal e profissionalResiliência pessoal e profissional
Resiliência pessoal e profissional
 
Nova proposta de hidratação cutânea - A pele em 4 fases
Nova proposta de hidratação cutânea - A pele em 4 fasesNova proposta de hidratação cutânea - A pele em 4 fases
Nova proposta de hidratação cutânea - A pele em 4 fases
 
Nutrição estética - Prescrição de nutricosméticos
Nutrição estética - Prescrição de nutricosméticosNutrição estética - Prescrição de nutricosméticos
Nutrição estética - Prescrição de nutricosméticos
 
Gastronomia funcional como potencializadora da nutrição estética
Gastronomia funcional como potencializadora da nutrição estéticaGastronomia funcional como potencializadora da nutrição estética
Gastronomia funcional como potencializadora da nutrição estética
 
Estética do bem estar - Diferencial para atendimento a gestantes e 3 idade
Estética do bem estar - Diferencial para atendimento a gestantes e 3 idadeEstética do bem estar - Diferencial para atendimento a gestantes e 3 idade
Estética do bem estar - Diferencial para atendimento a gestantes e 3 idade
 
Gestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelênciaGestão de Estética com excelência
Gestão de Estética com excelência
 
Peeling 3x1
Peeling 3x1Peeling 3x1
Peeling 3x1
 
Funcionalidade e aplicabilidade dos alimentos na estética
Funcionalidade e aplicabilidade dos alimentos na estéticaFuncionalidade e aplicabilidade dos alimentos na estética
Funcionalidade e aplicabilidade dos alimentos na estética
 
Resiliência Pessoal e Profissional
Resiliência Pessoal e ProfissionalResiliência Pessoal e Profissional
Resiliência Pessoal e Profissional
 
Nova Proposta de Hidratação Cutânea - A pele em 4 Fases
Nova Proposta de Hidratação Cutânea - A pele em 4 FasesNova Proposta de Hidratação Cutânea - A pele em 4 Fases
Nova Proposta de Hidratação Cutânea - A pele em 4 Fases
 
Nutrição Estética - Prescrição de Nutricosméticos
Nutrição Estética - Prescrição de Nutricosméticos Nutrição Estética - Prescrição de Nutricosméticos
Nutrição Estética - Prescrição de Nutricosméticos
 
Gastronomia Funcional como Potencializadora da Nutrição Estética
Gastronomia Funcional como Potencializadora da Nutrição EstéticaGastronomia Funcional como Potencializadora da Nutrição Estética
Gastronomia Funcional como Potencializadora da Nutrição Estética
 
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 IdadeEstética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
 
Terapia Holística - A Importância do Toque Terapêutico
Terapia Holística - A Importância do Toque TerapêuticoTerapia Holística - A Importância do Toque Terapêutico
Terapia Holística - A Importância do Toque Terapêutico
 
Felipe abrahao final
Felipe abrahao   finalFelipe abrahao   final
Felipe abrahao final
 
Peeling 3x1
Peeling 3x1Peeling 3x1
Peeling 3x1
 
Funcionalidade e Aplicabilidade dos Alimentos na Estética
Funcionalidade e Aplicabilidade dos Alimentos na EstéticaFuncionalidade e Aplicabilidade dos Alimentos na Estética
Funcionalidade e Aplicabilidade dos Alimentos na Estética
 

Associação da Fototerapia e Ativos Cosméticos nos Tratamentos estéticos Faciais e Corporais

  • 2. PROF. LIDIANE ROCHA ASSOCIAÇÃO DA FOTOTERAPIA E ATIVOS COSMÉTICOS NOS TRATAMENTOS ESTÉTICOS FACIAIS E CORPORAIS
  • 3. ENERGIA • A definição de energia sustentada por Einstein: tudo aquilo que pode realizar um trabalho. • Energia transformada em Radiação eletromagnética: LUZ. • A menor parte da LUZ é o FÓTON (Auffray)
  • 4. FOTOTERAPIA • LASER (Luz Amplificada por Emissão Estimulada de Radiação); • LED (Emissão de Luz por Diodo). • Espectro Eletromagnético: Comprimento de onda, constituídos de campos elétricos e magnéticos.
  • 5. ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO O espectro eletromagnético é medido em nanômetros (nm) – milionésimo de milímetro ou bilionésimo do metro.
  • 6. ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO • Ultravioleta: até 400nm; • Luz visível: 400nm a 700nm; • Infravermelho: A partir de 700nm. A escolha da luz terapêutica que define o tipo de célula ou tecido que ira absorvê-la. • LASER e LED: único comprimento de onda; • ILP: vários comprimentos de onda (é absorvido por diferentes células ao mesmo tempo).
  • 7. CARACTERÍSTICAS DO LASER • Coerência: Devidamente organizada no espaço e no tempo; As outras luzes são incoerentes: LED, Luz do Sol, Lâmpadas. • Colimação: Fonte unidirecional do feixe de luz, focalizada em um único ponto, diferente do LED (luz dispersa). • Medida de energia: Jaules/cm²
  • 8. POTÊNCIA Efeitos teciduais que a energia vai promover, especialmente pelo efeito térmico gerado: • Alta Potência: Laser Cirúrgico, 1W acima; • Média Potência: Laser e ILP, de 500mW a 1W; • Baixa Potência: Laser e LED, até 500mW
  • 9. CROMÓFOROS Quando exposto a determinada radiação um sistema biológico sofre efeitos terapêuticos ou danosos desde que tenha capacidade de absorvê-la. A absorção ocorre em nível atômico ou molecular, o comprimento de onda determina qual tecido exposto a radiação irá absorvê-la. As moléculas do tecido capazes de absorver radiação luminosa são denominadas CROMÓFOROS.
  • 10. CROMÓFOROS Cromóforos cutâneos: água, hemoglobina, melanina, hemoglobina e oxihemoglobina. • Luz Azul (525nm): absorvido pelas camadas superficiais da epiderme; • Amarelo e Verde: melanina, hemoglobina e oxihemoglobina (cromóforo dos vasos sanguíneos); • Infravermelho: água.
  • 11. INTERAÇÃO DA ONDA COM TECIDO
  • 12. LASER TERAPÊUTICO VERMELHO – 660nm • Energia não é transformada em calor (absorção dos fótons), efeitos fotoquímicos, fotofísicos e ou fotobiológicos; • Estimulação de linfócitos; • Ativação de mastócitos; • Aumento de ATP mitocondrial; • Proliferação de várias células; • Efeitos antinflamatórios; • Aumento da circulação local; • Neovascularização; • Síntese de colágeno; • Induz processo de cicatrização.
  • 13. LASER TERAPÊUTICO VERMELHO – 660nm • Aumenta metabolismo celular; • Estimula fotorreceptores na cadeia respiratória mitocondrial; • Altera níveis de ATP celular; • Libera fatores de crescimento; • Síntese de colágeno: Estudos mostram que a terapia com LBI eleva os níveis de ácido ascórbico nos fibroblastos, a formação de hidroxiprolina e conseqüente aumento na síntese de colágeno.
  • 14. LASER TERAPÊUTICO VERMELHO – 660nm Processo de reparação de feridas: • Aumenta a atividade quimiotática e fagocitária dos leucócitos (estudos in vitro); • Ativação dos linfócitos; • Aumento da atividade fagocitária dos macrófagos (limpeza e condição a fase proliferativa); • Vascular: estimula a proliferação de células endoteliais, formação de novos vasos, aumento do tecido de granulação e relaxamento da musculatura vascular lisa contribuindo assim para a diminuição da dor (analgésico).
  • 15. FOTOBIOMODULAÇÃO •Acelera ou inibe processos biológicos; •Regulação alostérica: acelera ou inibe processos; •Até 4J/cm² - Bioestimulação; •Acima de 4J/cm² – Bioinibição.
  • 16. LASER TERAPÊUTICO INFRAVERMELHO – 808nm • Drenagem linfática (aplicação na rede de linfonodos); • Síntese de colágeno; • Analgésico e Antinflamatório; • Estímulo ao sistema imune; • Aumento na absorção de pela alteração na permeabilidade da membrana plasmática das células; • Correção de aplicação da toxina botulínica; • Modulação da cicatrização de tecidos profundos: ossos, cartilagens, nervos, etc...
  • 18. RESULTADOS APÓS 6 SESSÕES Pesquisa realizada pela Prof. Vilma Natividade: 18 mulheres, aplicação 2x por semana • 64% sentiram as pernas menos pesadas; • 73% sentiram o efeito da drenagem; • 80% referem melhora na condição e tonificação da pele.
  • 19. LED AZUL – 470nm • Ação bactericida (ACNE – Propionybacterium acnes); • Hidratação e Clareamento (Efeito cinderela); • Clareamento: facial, axila e virilha, olheiras; • Acelera atividade química capilar: hidratação, progressiva, tintura, etc...
  • 20. LED ÂMBAR – 590nm • Estímulo aos ribossomos – aumenta síntese de colágeno; • Estimula metabolismo celular; • Espessamento homogêneo das fibras adensadas (não térmico); • Hidratação.
  • 21. TERAPIA FOTOHEMODINÂMICA • Transferência de energia de alguns compostos que tem fotoatividade pelas moléculas de oxigênio; • Algumas drogas (cromóforos) ao absorverem luzes de comprimento de onda específicos (monocromática) produzem grande quantidade de radicais livres que levam células neoplásicas ou microorganismos a apoptose; • Em 1970 Thomas J. Daughert publicou trabalhos mostrando a eficácia da técnica (associação de hematoporfirina D associado ao laser em células neoplásicas).
  • 22. ILIB – TERAPIA FOTOHEMODINÂMICA • ILIB: Intravascular Laser Irradiation of Blood, traduzindo Irradiação do sangue intravascular com laser (tópico); • Compensa o limite da laserterapia, seu raio de ação; • Respostas em nível sistêmico, favorece toda fisiologia do organismo, gerando impacto em grandes sistemas e pode ser empregado para potencializar qualquer tratamento estético.
  • 23. ILIB – TERAPIA FOTOHEMODINÂMICA • Desencadeia a enzima SUPERÓXIDO DISMUTASE, principal agente antioxidante que possuímos (quinta enzima em volume no organismo), alguns estudos mostram que a luz vermelha desencadeia também outras enzimas como a catalase e ceruloplasmina; • Inibe processo inflamatório agudo ou crônico (diabetes, hipertensão); • No sangue, a radiação por ILIB aumenta o volume de uma prostaciclina chamada PG12, que altera sua fluidez. Deixa menos viscoso, melhorando a circulação sistêmica; • As hemácias por sua vez, ao receber a radiação se tornam mais macias, facilitando seu trabalho (liberação de oxigênio e captura de gás carbônico), dentro dos vasos mais finos (os capilares são muito estreitos - mais maleável ela passa mais fácil e executa melhor seu trabalho)
  • 25. ASSOCIAÇÃO COSMÉTICA • Peelings e cosméticos fotoativados; • Fatores de crescimento; • Cosméticos que potencializem o resultado das luzes; • Aminoácidos; • Oligoelementos.
  • 26. CONTRA-INDICAÇÕES • Fotossensibilidade (dermatoses); • Cliente em tratamento com ácidos sintetizados a partir da vitamina A: ácido retinóico, isotretinoína, retinol A, vitanol A, tretinoína e antibióticos com tetraciclina; • Câncer de pele; • Glaucoma; • Gravidez.
  • 27. ORIENTAÇÕES GERAIS • Ficha de avaliação e exame clínico detalhado; • Pele limpa, seca e hidratada;. • Utilização do óculos de proteção; • Aplicação perpendicular (evitar dispersão do raio); • Evitar áreas metálicas (retirar brincos, piercings).
  • 29. Foram realizadas 8 sessões: LED azul e LED Ambar/ Laser Vermelho e Infravermelho
  • 31. Foram realizadas 15 sessões: LED Azul e âmbar, Laser vermelho, Infravermelho
  • 32. Led Azul, Laser Vermelho, Laser Infra, Led âmbar.
  • 33. Foram realizadas 10 sessões, Laser Vermelho, Led Ambar/laser infra e Laser Infravermelho nas principais cadeias de linfonodos.
  • 34. Por Fátima Gomes: 4 sessões de Led Azul e Laser Vermelho associado a peeling enzimático.
  • 35. Por Fátima Gomes: 5 sessões de Laser vermelho e led azul (hidratação), associado ao ácido hialurônico.
  • 36. Trabalho de conclusão de curso – Curso técnico (associação de LBI fotoinibição, MENS bioinibição e peeling fotoativado).
  • 37. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • Eletrotermofototerapia, Jones Agne; Santa Maria, 2013. • Laserterapia, Ricardo Trajano; 2013. • Diferenciação e Indicação dos recursos estéticos das alterações corporais, Natividade et al. HAIR BRASIL 2013. • A tecnologia aplicada aos procedimentos pré e pós operatório. Prof. André Luiz Ramos (Aula ministrada no curso de Especialização: A Estética no pré e pós procedimentos Médicos – Universidade Anhembi Morumbi, 2014). • Manual ELITE – DMC: http://www.dmcgroup.com.br/arquivos/manual/elite_port.pdf, acesso em 01/05/2015; • Catálogo de Estética DMC: http://www.dmcgroup.com.br/arquivos/catalogos/estetica.pdf, acesso em 22/05/2015.