SlideShare uma empresa Scribd logo
RADIOFREQUÊNCIA 
MULTIFREQUENCIAL E MULTIPOLAR 
NOS TRATAMENTOS CORPORAIS E 
FACIAIS. 
Thamiris Dantas
PELE 
 Maior órgão do corpo 
 16% do peso corporal 
 Formada por: 
 Epiderme 
 Derme
PELE 
 Derme 
 Onde se apoia a epiderme 
 Junção derme hipodérmica 
 Propriedade retrátil da pele. 
 Composta principalmente 
por colágeno tipos I e III. 
Yu,2007
PELE 
 Síntese e remodelamento do colágeno.
PELE 
 Linhas de tensão da pele
PELE 
Propriedades físicas da pele: 
 Elasticidade 
 Flexibilidade 
 Estiramento
PELE
TECIDO ADIPOSO 
 Reservatório de energia 
 Dimorfismo sexual 
 Coxins absorventes 
 Isolante térmico 
 Função endócrina 
 Contorno corporal
TECIDO ADIPOSO 
 Armazenamento em forma 
de triglicerídeos 
 Metabolismo é regulado 
por hormônios lipolíticos e 
lipogênicos
TECIDO ADIPOSO 
 Formação do tecido adiposo 
Kershaw and Flier, 2004.
TECIDO ADIPOSO 
Gordura Localizada 
 Aumento do volume do adipócito 
 Aumento do número de adipócitos 
 Acúmulo de liquido intercelular 
GORDURA 
LOCALIZADA 
CELULITE 
TECIDO 
ADIPOSO
TECIDO ADIPOSO 
Celulite 
 Predisposição genética 
 Sexo feminino
TECIDO ADIPOSO 
Celulite 
 Alterações no tecido conjuntivo, adiposo e microcirculatório.
TECIDO ADIPOSO 
 Mecanismo de Lipólise
TECIDO ADIPOSO 
“Para onde vai a gordura?”
SINDROME DA DESARMONIA CORPORAL 
GORDURA 
LOCALIZADA 
CELULITE 
FLACIDEZ DE 
PELE
RADIOFREQUÊNCIA 
 Segundo a ANATEL: Radiofrequência é a faixa do espectro 
eletromagnético de 9 kHz a 300 GHz. 
Constitui-se em bem público, conforme a lei nº 9.472
RADIOFREQUÊNCIA 
Radiofrequência (RF) é uma onda eletromagnética que no 
tecido biológico é convertida em calor. 
Rotação dos 
dipolos = calor 
Capponi, 2007
RADIOFREQUÊNCIA 
A RF gera a quebra das cadeias de Hidrogênio da triple hélice de 
colágeno, estimulando sua contração 
Yu, 2007 
PONTES DE 
HIDROGÊNIO
RADIOFREQUÊNCIA 
Efeitos na pele 
 Termolesão 
 Neocolagênese 
 Contração do colágeno 
 Efeito Lifting
RADIOFREQUÊNCIA 
Resultado radiofrequência no rejuvenecimento facial 
Sukal SA, Geronemus RG. Thermage: the nonablative radiofrequency for rejuvenation. 
Clinics in Dermatology (2008) 26, 602–607.
RADIOFREQUÊNCIA 
Resultado radiofrequência no rejuvenecimento facial 
Fitzpatrick et al. Multicenter Study of Noninvasive Radiofrequency for Periorbital Tissue 
Tightening. Lasers in Surgery and Medicine, 33:232–242 (2003).
RADIOFREQUÊNCIA 
Resultado radiofrequência na flacidez de pele região abdominal 
Buhsem O. TriPollar™ RF Non-Surgical Face Lift & Skin Tightening – Long Term 
Results. 11600042 / Rev. 2 / May 2008.
RADIOFREQUÊNCIA 
Efeitos no tecido adiposo 
 Termolipólise 
 Remodelagem tecidual 
 Redução de medidas 
 Melhora do contorno corporal 
Costa et al, 2009
RADIOFREQUÊNCIA 
 O uso de temperaturas mais confortáveis favoreceram tanto uma 
redução da espessura do septo fibroso e uma melhoria clínica na 
aparência da celulite, demonstrada pela diminuição do grau de 
severidade e redução do espessamento do septo interlobular. (tradução) 
Figure 3. Ultrasonography before and after 10 sessions. 
Silva et al. Effect of capacitive radiofrequency on the fibrosis of patients with cellulite. 
Dermatology Research and Practice. Volume 2013 (2013).
RADIOFREQUÊNCIA 
Principais benefícios 
 Não Ablativo 
 Não cirúrgico 
 Sem restrições de fototipo 
 Baixo custo 
 Conforto no tratamento 
 Resultados já nas primeiras sessões
RADIOFREQUÊNCIA 
 Aplicadores exclusivos faciais e corporais 
 Tela sensível ao toque 
 Seleção automática 
 Potencia de 100 W 
 Multifrequencial 
 Multipolar
RADIOFREQUÊNCIA 
Indicações 
 Flacidez tissular corporal e facial 
 Rugas e linhas finas 
 Fibroses e aderências 
 Cicatrizes 
 Sequelas de acne 
 Celulite (FEG) 
 Gordura localizada 
 Estrias
RADIOFREQUÊNCIA 
Multifrequencial 
 Profundidade  Velocidade 
Belenky et al, 2012 
2,4MHz 
1,2 MHz 
0,6 MHz
RADIOFREQUÊNCIA 
Multipolar 
 De acordo a área de tratamento 
 Bipolar Longitudinal – Corporal / Facial
RADIOFREQUÊNCIA 
Multipolar 
 De acordo a área de tratamento 
 Bipolar concêntrico – Corporal / Facial
RADIOFREQUÊNCIA 
Multipolar 
 De acordo a área de tratamento 
 Tripolar – Corporal / Facial
RADIOFREQUÊNCIA 
Multipolar 
 De acordo a área de tratamento 
 Hexapolar – Corporal
RADIOFREQUÊNCIA 
Efeitos da Radiofrequência 
 Intensidade 
 De acordo com o tecido 
 Tempo de manutenção 
 5 minutos por área 
 Temperatura 
Superfície entre 40 – 42 ° C 
 Derme entre 57 – 61 ° C 
Tempo 
Intensidade 
Temperatura 
Ruiz - Esparza, 2006
RADIOFREQUÊNCIA 
Preparação para aplicação 
 Remover todo e qualquer objeto de metal que estiver em 
contato direto com a pele do paciente, além de qualquer 
dispositivo eletrônico. 
 Colocar o paciente em uma posição confortável para o 
tratamento.
RADIOFREQUÊNCIA 
Preparação da área de tratamento 
 Higienizar e secar 
 Delimitar a área com lápis dermográfico 
 Lubrificar a área de tratamento usando GEL GLICERINADO 
 Aferir a temperatura da região a ser tratada com o 
termômetro infravermelho
RADIOFREQUÊNCIA 
Técnica de aplicação 
 Movimento constante do aplicador 
 Distribuição da energia seja uniforme 
 Temperatura monitorada durante todo tempo de 
tratamento com o termômetro infravermelho. 
O APLICADOR NUNCA DEVE FICAR ESTACIONADO NO LOCAL, 
HAVENDO RISCO DE QUEIMADURA.
RADIOFREQUÊNCIA 
 Intervalos entre as aplicações
RADIOFREQUÊNCIA 
 Diante dos resultados, sugere-se uma frequência de 
tratamento de no mínimo 07 dias e que há permanência de 
efeitos da radiofrequência no tecido colágeno até 15 dias. 
Carvalho, G.F. et al. RBM - REV. BRAS. MED. VOL.68 – EDIÇÃO ESPECIAL - 
ABRIL/2011
RADIOFREQUÊNCIA 
Em relação à profundidade de 
ação, sabe-se que quanto 
maior a frequência, maior a 
atenuação nos tecidos, sendo 
assim, a frequência mais alta 
é considerada a mais 
superficial. 
A frequência está relacionada 
à velocidade de aquecimento. 
 0,6 MHz: alcance lento 
 1,2 MHz: alcance médio 
 2,4 MHz: alcance rápido
RADIOFREQUÊNCIA 
Protocolo de tratamento para Flacidez Tissular, 
rejuvenescimento e Estrias 
 2,4 MHz: alcance rápido de temperatura 
 Alcance e manutenção da temperatura em 40 graus. 
 Frequência: 1 x 15 dias
RADIOFREQUÊNCIA 
Protocolo de tratamento para Celulite: 
 0,6 MHz : alcance lento de temperatura 
 Alcance e manutenção da temperatura entre 35 - 36 graus. 
 Frequência: 
 2 x semana: 1 mês (8 sessões) 
 1 x semana: 1 mês (4 sessões) 
 1 x 15 dias: 1 mês (2 sessões)
RADIOFREQUÊNCIA 
Protocolo de tratamento para gordura localizada 
 0,6 MHz : alcance lento de temperatura 
 Alcance e manutenção da temperatura : 40 graus. 
 Frequência: 1x15 dias
RADIOFREQUÊNCIA 
Conexão dos aplicadores
RADIOFREQUÊNCIA 
Reconhecimento dos aplicadores
RADIOFREQUÊNCIA 
Programação do equipamento
RADIOFREQUÊNCIA 
Conexão dos aplicadores
RADIOFREQUÊNCIA 
Programação dos parâmetros de tratamento
RADIOFREQUÊNCIA 
Sensações RF 
 Calor local intenso/suportável 
 Eritema local 
 Sensação de estiramento no tecido
RADIOFREQUÊNCIA 
Contraindicações 
- Gestantes 
- Portadores de Marcapasso 
- Dispositivos implantados 
- Tuberculose 
- Artrite Reumatóide 
- Febre 
- Tumores malignos 
- Dermatoses 
- Sobre preenchimentos 
- Doenças infecciosas agudas 
- Inflamações agudas 
- Implantes metálicos 
- Patologias circulatórias 
- Insuficiências de base 
descompensadas 
- Alterações de sensibilidade
Profa. Thamiris Dantas 
comercial04@htmeletronica.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de ultra som 2014.1
Aula de ultra som 2014.1Aula de ultra som 2014.1
Aula de ultra som 2014.1
Regina de Oliveira
 
ultrasom
ultrasomultrasom
ultrasom
Nay Ribeiro
 
AULA-protocolos clínicos LASER DE BAIXA POTÊNCIA
AULA-protocolos clínicos LASER DE BAIXA POTÊNCIAAULA-protocolos clínicos LASER DE BAIXA POTÊNCIA
AULA-protocolos clínicos LASER DE BAIXA POTÊNCIA
suzana cardoso moreira
 
Microagulhamento
MicroagulhamentoMicroagulhamento
O alta freqüência.
O alta freqüência.O alta freqüência.
O alta freqüência.
Míriam Ferreira
 
Eletroanalgesia - TENS
Eletroanalgesia - TENSEletroanalgesia - TENS
Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)
Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)
Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)
FUAD HAZIME
 
Peeling Básico Instituto Keynes
Peeling Básico Instituto KeynesPeeling Básico Instituto Keynes
Peeling Básico Instituto Keynes
Instituto Keynes
 
Laser Fisioterápico
Laser FisioterápicoLaser Fisioterápico
Laser Fisioterápico
Andreia Evelyn
 
Fisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato FuncionalFisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato Funcional
Welisson Porto
 
Eletroterapia Resumo
Eletroterapia ResumoEletroterapia Resumo
Eletroterapia Resumo
Danillo Aguiar
 
Eletroterapia
EletroterapiaEletroterapia
Eletroterapia
Paulo Cardoso
 
slide - eletroterapia - prof Roosivelt.pdf
slide - eletroterapia - prof Roosivelt.pdfslide - eletroterapia - prof Roosivelt.pdf
slide - eletroterapia - prof Roosivelt.pdf
Roosivelt Honorato
 
Endermoterapia e Peelings Mecanicos
Endermoterapia e Peelings MecanicosEndermoterapia e Peelings Mecanicos
Endermoterapia e Peelings Mecanicos
Amanda Hamaue
 
Eletroterapia - corrente russa - capitulo 7 aula 17
Eletroterapia - corrente russa - capitulo 7 aula 17Eletroterapia - corrente russa - capitulo 7 aula 17
Eletroterapia - corrente russa - capitulo 7 aula 17
Cleanto Santos Vieira
 
Depilação a laser
Depilação a laserDepilação a laser
Depilação a laser
Wando Pagani
 
A eletroterapia aplicada na estética facial
A eletroterapia aplicada na estética facialA eletroterapia aplicada na estética facial
A eletroterapia aplicada na estética facial
Rosiane Bezerra
 
Infra Vermelho
Infra VermelhoInfra Vermelho
laser
laserlaser
Diatermia por Ondas Curtas e Microondas
Diatermia por Ondas Curtas e MicroondasDiatermia por Ondas Curtas e Microondas
Diatermia por Ondas Curtas e Microondas
FUAD HAZIME
 

Mais procurados (20)

Aula de ultra som 2014.1
Aula de ultra som 2014.1Aula de ultra som 2014.1
Aula de ultra som 2014.1
 
ultrasom
ultrasomultrasom
ultrasom
 
AULA-protocolos clínicos LASER DE BAIXA POTÊNCIA
AULA-protocolos clínicos LASER DE BAIXA POTÊNCIAAULA-protocolos clínicos LASER DE BAIXA POTÊNCIA
AULA-protocolos clínicos LASER DE BAIXA POTÊNCIA
 
Microagulhamento
MicroagulhamentoMicroagulhamento
Microagulhamento
 
O alta freqüência.
O alta freqüência.O alta freqüência.
O alta freqüência.
 
Eletroanalgesia - TENS
Eletroanalgesia - TENSEletroanalgesia - TENS
Eletroanalgesia - TENS
 
Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)
Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)
Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)
 
Peeling Básico Instituto Keynes
Peeling Básico Instituto KeynesPeeling Básico Instituto Keynes
Peeling Básico Instituto Keynes
 
Laser Fisioterápico
Laser FisioterápicoLaser Fisioterápico
Laser Fisioterápico
 
Fisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato FuncionalFisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato Funcional
 
Eletroterapia Resumo
Eletroterapia ResumoEletroterapia Resumo
Eletroterapia Resumo
 
Eletroterapia
EletroterapiaEletroterapia
Eletroterapia
 
slide - eletroterapia - prof Roosivelt.pdf
slide - eletroterapia - prof Roosivelt.pdfslide - eletroterapia - prof Roosivelt.pdf
slide - eletroterapia - prof Roosivelt.pdf
 
Endermoterapia e Peelings Mecanicos
Endermoterapia e Peelings MecanicosEndermoterapia e Peelings Mecanicos
Endermoterapia e Peelings Mecanicos
 
Eletroterapia - corrente russa - capitulo 7 aula 17
Eletroterapia - corrente russa - capitulo 7 aula 17Eletroterapia - corrente russa - capitulo 7 aula 17
Eletroterapia - corrente russa - capitulo 7 aula 17
 
Depilação a laser
Depilação a laserDepilação a laser
Depilação a laser
 
A eletroterapia aplicada na estética facial
A eletroterapia aplicada na estética facialA eletroterapia aplicada na estética facial
A eletroterapia aplicada na estética facial
 
Infra Vermelho
Infra VermelhoInfra Vermelho
Infra Vermelho
 
laser
laserlaser
laser
 
Diatermia por Ondas Curtas e Microondas
Diatermia por Ondas Curtas e MicroondasDiatermia por Ondas Curtas e Microondas
Diatermia por Ondas Curtas e Microondas
 

Semelhante a 4 radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e faciais.

Apresentação - BHS 156.pptx
Apresentação - BHS 156.pptxApresentação - BHS 156.pptx
Apresentação - BHS 156.pptx
SulLaserLocaes1
 
Hooke 2013
Hooke 2013Hooke 2013
Hooke 2013
IBRAMED
 
Apresentação Unique.pptx
Apresentação Unique.pptxApresentação Unique.pptx
Apresentação Unique.pptx
SulLaserLocaes1
 
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 grausCriofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Lupe Bello Cuerpo
 
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e FrioCriofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Lupe Bello Cuerpo
 
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptxpriscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
AndriellyFernanda1
 
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Tudo Belo Estética
 
Alta tecnologia e dermocosméticos
Alta tecnologia e dermocosméticos Alta tecnologia e dermocosméticos
Alta tecnologia e dermocosméticos
Jauru Freitas
 
criofrequencia.pdf
criofrequencia.pdfcriofrequencia.pdf
criofrequencia.pdf
AndriellyFernanda1
 
Manual Coldfrequência Ethernia Cold - Medical San
Manual Coldfrequência Ethernia Cold - Medical SanManual Coldfrequência Ethernia Cold - Medical San
Manual Coldfrequência Ethernia Cold - Medical San
AmericanFisio
 
Vibria Hibridi Sonic maxx (2).pptx
Vibria Hibridi Sonic maxx (2).pptxVibria Hibridi Sonic maxx (2).pptx
Vibria Hibridi Sonic maxx (2).pptx
TailaDias1
 
Lipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Lipo a Laser Aula Dr. Urias CarrijoLipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Lipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Urias Carrijo
 
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticasPapel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Cirurgia Online
 
Raytrace- Apresentação.pptx
Raytrace- Apresentação.pptxRaytrace- Apresentação.pptx
Raytrace- Apresentação.pptx
SulLaserLocaes1
 
Manual Radiofrequência Hertix Octopolar - KLD
Manual Radiofrequência Hertix Octopolar - KLDManual Radiofrequência Hertix Octopolar - KLD
Manual Radiofrequência Hertix Octopolar - KLD
AmericanFisio
 
Curso Fusiomed - Apresentação.ppt
Curso Fusiomed - Apresentação.pptCurso Fusiomed - Apresentação.ppt
Curso Fusiomed - Apresentação.ppt
SulLaserLocaes1
 
A P R ES.S P A U L O
A P R ES.S P A U L OA P R ES.S P A U L O
A P R ES.S P A U L O
JOSE REBELO
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
AbdLuxemBourg
 
Apresentação tricoterapia laser 1
Apresentação tricoterapia laser 1Apresentação tricoterapia laser 1
Apresentação tricoterapia laser 1
Estetica Cosmetica
 
Power Shape Platform - Apresentação.ppt
Power Shape Platform - Apresentação.pptPower Shape Platform - Apresentação.ppt
Power Shape Platform - Apresentação.ppt
SulLaserLocaes1
 

Semelhante a 4 radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e faciais. (20)

Apresentação - BHS 156.pptx
Apresentação - BHS 156.pptxApresentação - BHS 156.pptx
Apresentação - BHS 156.pptx
 
Hooke 2013
Hooke 2013Hooke 2013
Hooke 2013
 
Apresentação Unique.pptx
Apresentação Unique.pptxApresentação Unique.pptx
Apresentação Unique.pptx
 
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 grausCriofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
Criofrequência - A sinergia entre radiofrequência 1050w e frio -10 graus
 
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e FrioCriofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio
 
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptxpriscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
priscilaferrari-final-150628021110-lva1-app6891-convertido.pptx
 
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
Radiofrequência Biodinâmica Spectra G3
 
Alta tecnologia e dermocosméticos
Alta tecnologia e dermocosméticos Alta tecnologia e dermocosméticos
Alta tecnologia e dermocosméticos
 
criofrequencia.pdf
criofrequencia.pdfcriofrequencia.pdf
criofrequencia.pdf
 
Manual Coldfrequência Ethernia Cold - Medical San
Manual Coldfrequência Ethernia Cold - Medical SanManual Coldfrequência Ethernia Cold - Medical San
Manual Coldfrequência Ethernia Cold - Medical San
 
Vibria Hibridi Sonic maxx (2).pptx
Vibria Hibridi Sonic maxx (2).pptxVibria Hibridi Sonic maxx (2).pptx
Vibria Hibridi Sonic maxx (2).pptx
 
Lipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Lipo a Laser Aula Dr. Urias CarrijoLipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
Lipo a Laser Aula Dr. Urias Carrijo
 
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticasPapel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
 
Raytrace- Apresentação.pptx
Raytrace- Apresentação.pptxRaytrace- Apresentação.pptx
Raytrace- Apresentação.pptx
 
Manual Radiofrequência Hertix Octopolar - KLD
Manual Radiofrequência Hertix Octopolar - KLDManual Radiofrequência Hertix Octopolar - KLD
Manual Radiofrequência Hertix Octopolar - KLD
 
Curso Fusiomed - Apresentação.ppt
Curso Fusiomed - Apresentação.pptCurso Fusiomed - Apresentação.ppt
Curso Fusiomed - Apresentação.ppt
 
A P R ES.S P A U L O
A P R ES.S P A U L OA P R ES.S P A U L O
A P R ES.S P A U L O
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Apresentação tricoterapia laser 1
Apresentação tricoterapia laser 1Apresentação tricoterapia laser 1
Apresentação tricoterapia laser 1
 
Power Shape Platform - Apresentação.ppt
Power Shape Platform - Apresentação.pptPower Shape Platform - Apresentação.ppt
Power Shape Platform - Apresentação.ppt
 

Último

Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
maripinkmarianne
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
OttomGonalvesDaSilva
 
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
guilhermefontenele8
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
paathizinhya
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
BrunaNeves80
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
Anderson1783
 
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
KauFelipo
 

Último (7)

Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
 
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
 
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
 

4 radiofrequência multifrequencial e multipolar nos tratamentos corporais e faciais.

  • 1. RADIOFREQUÊNCIA MULTIFREQUENCIAL E MULTIPOLAR NOS TRATAMENTOS CORPORAIS E FACIAIS. Thamiris Dantas
  • 2. PELE  Maior órgão do corpo  16% do peso corporal  Formada por:  Epiderme  Derme
  • 3. PELE  Derme  Onde se apoia a epiderme  Junção derme hipodérmica  Propriedade retrátil da pele.  Composta principalmente por colágeno tipos I e III. Yu,2007
  • 4. PELE  Síntese e remodelamento do colágeno.
  • 5. PELE  Linhas de tensão da pele
  • 6. PELE Propriedades físicas da pele:  Elasticidade  Flexibilidade  Estiramento
  • 8. TECIDO ADIPOSO  Reservatório de energia  Dimorfismo sexual  Coxins absorventes  Isolante térmico  Função endócrina  Contorno corporal
  • 9. TECIDO ADIPOSO  Armazenamento em forma de triglicerídeos  Metabolismo é regulado por hormônios lipolíticos e lipogênicos
  • 10. TECIDO ADIPOSO  Formação do tecido adiposo Kershaw and Flier, 2004.
  • 11. TECIDO ADIPOSO Gordura Localizada  Aumento do volume do adipócito  Aumento do número de adipócitos  Acúmulo de liquido intercelular GORDURA LOCALIZADA CELULITE TECIDO ADIPOSO
  • 12. TECIDO ADIPOSO Celulite  Predisposição genética  Sexo feminino
  • 13. TECIDO ADIPOSO Celulite  Alterações no tecido conjuntivo, adiposo e microcirculatório.
  • 14. TECIDO ADIPOSO  Mecanismo de Lipólise
  • 15. TECIDO ADIPOSO “Para onde vai a gordura?”
  • 16. SINDROME DA DESARMONIA CORPORAL GORDURA LOCALIZADA CELULITE FLACIDEZ DE PELE
  • 17. RADIOFREQUÊNCIA  Segundo a ANATEL: Radiofrequência é a faixa do espectro eletromagnético de 9 kHz a 300 GHz. Constitui-se em bem público, conforme a lei nº 9.472
  • 18. RADIOFREQUÊNCIA Radiofrequência (RF) é uma onda eletromagnética que no tecido biológico é convertida em calor. Rotação dos dipolos = calor Capponi, 2007
  • 19. RADIOFREQUÊNCIA A RF gera a quebra das cadeias de Hidrogênio da triple hélice de colágeno, estimulando sua contração Yu, 2007 PONTES DE HIDROGÊNIO
  • 20. RADIOFREQUÊNCIA Efeitos na pele  Termolesão  Neocolagênese  Contração do colágeno  Efeito Lifting
  • 21. RADIOFREQUÊNCIA Resultado radiofrequência no rejuvenecimento facial Sukal SA, Geronemus RG. Thermage: the nonablative radiofrequency for rejuvenation. Clinics in Dermatology (2008) 26, 602–607.
  • 22. RADIOFREQUÊNCIA Resultado radiofrequência no rejuvenecimento facial Fitzpatrick et al. Multicenter Study of Noninvasive Radiofrequency for Periorbital Tissue Tightening. Lasers in Surgery and Medicine, 33:232–242 (2003).
  • 23. RADIOFREQUÊNCIA Resultado radiofrequência na flacidez de pele região abdominal Buhsem O. TriPollar™ RF Non-Surgical Face Lift & Skin Tightening – Long Term Results. 11600042 / Rev. 2 / May 2008.
  • 24. RADIOFREQUÊNCIA Efeitos no tecido adiposo  Termolipólise  Remodelagem tecidual  Redução de medidas  Melhora do contorno corporal Costa et al, 2009
  • 25. RADIOFREQUÊNCIA  O uso de temperaturas mais confortáveis favoreceram tanto uma redução da espessura do septo fibroso e uma melhoria clínica na aparência da celulite, demonstrada pela diminuição do grau de severidade e redução do espessamento do septo interlobular. (tradução) Figure 3. Ultrasonography before and after 10 sessions. Silva et al. Effect of capacitive radiofrequency on the fibrosis of patients with cellulite. Dermatology Research and Practice. Volume 2013 (2013).
  • 26. RADIOFREQUÊNCIA Principais benefícios  Não Ablativo  Não cirúrgico  Sem restrições de fototipo  Baixo custo  Conforto no tratamento  Resultados já nas primeiras sessões
  • 27. RADIOFREQUÊNCIA  Aplicadores exclusivos faciais e corporais  Tela sensível ao toque  Seleção automática  Potencia de 100 W  Multifrequencial  Multipolar
  • 28. RADIOFREQUÊNCIA Indicações  Flacidez tissular corporal e facial  Rugas e linhas finas  Fibroses e aderências  Cicatrizes  Sequelas de acne  Celulite (FEG)  Gordura localizada  Estrias
  • 29. RADIOFREQUÊNCIA Multifrequencial  Profundidade  Velocidade Belenky et al, 2012 2,4MHz 1,2 MHz 0,6 MHz
  • 30. RADIOFREQUÊNCIA Multipolar  De acordo a área de tratamento  Bipolar Longitudinal – Corporal / Facial
  • 31. RADIOFREQUÊNCIA Multipolar  De acordo a área de tratamento  Bipolar concêntrico – Corporal / Facial
  • 32. RADIOFREQUÊNCIA Multipolar  De acordo a área de tratamento  Tripolar – Corporal / Facial
  • 33. RADIOFREQUÊNCIA Multipolar  De acordo a área de tratamento  Hexapolar – Corporal
  • 34. RADIOFREQUÊNCIA Efeitos da Radiofrequência  Intensidade  De acordo com o tecido  Tempo de manutenção  5 minutos por área  Temperatura Superfície entre 40 – 42 ° C  Derme entre 57 – 61 ° C Tempo Intensidade Temperatura Ruiz - Esparza, 2006
  • 35. RADIOFREQUÊNCIA Preparação para aplicação  Remover todo e qualquer objeto de metal que estiver em contato direto com a pele do paciente, além de qualquer dispositivo eletrônico.  Colocar o paciente em uma posição confortável para o tratamento.
  • 36. RADIOFREQUÊNCIA Preparação da área de tratamento  Higienizar e secar  Delimitar a área com lápis dermográfico  Lubrificar a área de tratamento usando GEL GLICERINADO  Aferir a temperatura da região a ser tratada com o termômetro infravermelho
  • 37. RADIOFREQUÊNCIA Técnica de aplicação  Movimento constante do aplicador  Distribuição da energia seja uniforme  Temperatura monitorada durante todo tempo de tratamento com o termômetro infravermelho. O APLICADOR NUNCA DEVE FICAR ESTACIONADO NO LOCAL, HAVENDO RISCO DE QUEIMADURA.
  • 38. RADIOFREQUÊNCIA  Intervalos entre as aplicações
  • 39. RADIOFREQUÊNCIA  Diante dos resultados, sugere-se uma frequência de tratamento de no mínimo 07 dias e que há permanência de efeitos da radiofrequência no tecido colágeno até 15 dias. Carvalho, G.F. et al. RBM - REV. BRAS. MED. VOL.68 – EDIÇÃO ESPECIAL - ABRIL/2011
  • 40. RADIOFREQUÊNCIA Em relação à profundidade de ação, sabe-se que quanto maior a frequência, maior a atenuação nos tecidos, sendo assim, a frequência mais alta é considerada a mais superficial. A frequência está relacionada à velocidade de aquecimento.  0,6 MHz: alcance lento  1,2 MHz: alcance médio  2,4 MHz: alcance rápido
  • 41. RADIOFREQUÊNCIA Protocolo de tratamento para Flacidez Tissular, rejuvenescimento e Estrias  2,4 MHz: alcance rápido de temperatura  Alcance e manutenção da temperatura em 40 graus.  Frequência: 1 x 15 dias
  • 42. RADIOFREQUÊNCIA Protocolo de tratamento para Celulite:  0,6 MHz : alcance lento de temperatura  Alcance e manutenção da temperatura entre 35 - 36 graus.  Frequência:  2 x semana: 1 mês (8 sessões)  1 x semana: 1 mês (4 sessões)  1 x 15 dias: 1 mês (2 sessões)
  • 43. RADIOFREQUÊNCIA Protocolo de tratamento para gordura localizada  0,6 MHz : alcance lento de temperatura  Alcance e manutenção da temperatura : 40 graus.  Frequência: 1x15 dias
  • 48. RADIOFREQUÊNCIA Programação dos parâmetros de tratamento
  • 49. RADIOFREQUÊNCIA Sensações RF  Calor local intenso/suportável  Eritema local  Sensação de estiramento no tecido
  • 50. RADIOFREQUÊNCIA Contraindicações - Gestantes - Portadores de Marcapasso - Dispositivos implantados - Tuberculose - Artrite Reumatóide - Febre - Tumores malignos - Dermatoses - Sobre preenchimentos - Doenças infecciosas agudas - Inflamações agudas - Implantes metálicos - Patologias circulatórias - Insuficiências de base descompensadas - Alterações de sensibilidade
  • 51. Profa. Thamiris Dantas comercial04@htmeletronica.com.br