SlideShare uma empresa Scribd logo
IGREJA PRESBITERIANA DE BARÃO GERALDO
Em uma frase Olhar através dos olhos de Deus

  Atitude     Oração (tudo diante de Deus)
                                               Em uma frase Buscar um novo coração
                                                 Atitude    Gratidão (satisfação em Deus)



Em uma frase Buscar uma nova consciência
  Atitude     Meditação e Estudo
“Se as pessoas querem                         Zigmunt Bauman:
    agir como cristãs,                     diferenciando turistas e peregrinos
        elas devem
   pensar como cristãs.                   Turistas                   Peregrinos
   Se as pessoas devem                Está de passagem          Está em uma jornada
   pensar como cristãs,             Consomem atrações        Caminham com reverência
   elas devem primeiro                Desejos satisfeitos       Vocação descoberta
conhecer o que a Escritura          Interação com lugares      Interação com pessoas
diz e o que requer delas.”                e eventos                 e experiências
   (Introdução à Educação Cristã,    Anseio pelo próximo      Anseio pelo cumprimento
         Perry Downs, p.76)
                                       entretenimento            de sua missão (fim)
Ponham em prática tudo o que vocês
 aprenderam,
                          foco no receptor      aprender sem receber   receber sem aprender
 receberam,                                              e                      e
 ouviram                  foco no transmissor      ouvir sem ver          ver sem ouvir
 e viram em mim
                                                 teoria sem prática     prática sem teoria
         Filipenses 4.9
                                                  informação sem
                                                                        ação sem reflexão
                                                   transformação
                                                 verdade sem vida       vida sem verdade
Ponham em prática tudo o que vocês
 aprenderam,
                          foco no receptor      aprender sem receber   receber sem aprender
 receberam,                                              e                      e
 ouviram                  foco no transmissor      ouvir sem ver          ver sem ouvir
 e viram em mim
                                                 teoria sem prática     prática sem teoria
         Filipenses 4.9                               filosófico             ativismo
                                                  informação sem
                                                        virtual         açãosem foco
                                                                              sem reflexão
                                                   transformação
                                                       utópico            sem propósito
                                                 verdade sem vida       vida sem verdade
1.Avalie como está sua prática:
   a. O que você deseja em sua vida: ser um turista ou um peregrino?
   b. Quais são as práticas que precisam ser descartadas?
   c. Quais são as práticas que precisam ser desenvolvidas?

                2.Desenvolva a prática da submissão e serviço.

             3.Aceite o desafio de ser movido por uma nova prática:
    ser um milagre em sua caminhada a partir do milagre - JESUS - em nossa caminhada...

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Marlon Reikdal
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismoSono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Deborah Oliver
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZ
ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZ
ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZ
chirlei ferreira
 
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
SlideShare
 
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShareWhat to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShare
SlideShare
 
Getting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShareGetting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShare
SlideShare
 

Destaque (9)

Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismoSono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZ
ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZ
ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS DA GRAVIDEZ
 
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
 
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShareWhat to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShare
 
Getting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShareGetting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShare
 

Mais de Daniel Faria Jr.

Efeito Dominó: Diante do Sofrimento
Efeito Dominó: Diante do SofrimentoEfeito Dominó: Diante do Sofrimento
Efeito Dominó: Diante do Sofrimento
Daniel Faria Jr.
 
Efeito Dominó: Diante do Medo
Efeito Dominó: Diante do MedoEfeito Dominó: Diante do Medo
Efeito Dominó: Diante do Medo
Daniel Faria Jr.
 
Efeito Dominó: Diante da Crise
Efeito Dominó: Diante da CriseEfeito Dominó: Diante da Crise
Efeito Dominó: Diante da Crise
Daniel Faria Jr.
 
Efeitos na Vida
Efeitos na VidaEfeitos na Vida
Efeitos na Vida
Daniel Faria Jr.
 
Efeitos no Trabalho
Efeitos no TrabalhoEfeitos no Trabalho
Efeitos no Trabalho
Daniel Faria Jr.
 
Efeitos na Sociedade
Efeitos na SociedadeEfeitos na Sociedade
Efeitos na Sociedade
Daniel Faria Jr.
 
Efeitos nas Amizades
Efeitos nas AmizadesEfeitos nas Amizades
Efeitos nas Amizades
Daniel Faria Jr.
 
Efeitos na Comunidade
Efeitos na ComunidadeEfeitos na Comunidade
Efeitos na Comunidade
Daniel Faria Jr.
 
Efeitos na Família
Efeitos na FamíliaEfeitos na Família
Efeitos na Família
Daniel Faria Jr.
 
Efeitos na Espiritualidade
Efeitos na EspiritualidadeEfeitos na Espiritualidade
Efeitos na Espiritualidade
Daniel Faria Jr.
 
Influenciado e Influenciando a partir das 3 Boas Razões
Influenciado e Influenciando a partir das 3 Boas RazõesInfluenciado e Influenciando a partir das 3 Boas Razões
Influenciado e Influenciando a partir das 3 Boas Razões
Daniel Faria Jr.
 
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Proposta Complicada
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Proposta Complicada3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Proposta Complicada
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Proposta Complicada
Daniel Faria Jr.
 
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Discurso Complicado
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Discurso Complicado3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Discurso Complicado
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Discurso Complicado
Daniel Faria Jr.
 
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Gente Complicada
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Gente Complicada3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Gente Complicada
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Gente Complicada
Daniel Faria Jr.
 
Inversão: Entre Filhos e Cônjuges
Inversão: Entre Filhos e CônjugesInversão: Entre Filhos e Cônjuges
Inversão: Entre Filhos e Cônjuges
Daniel Faria Jr.
 
Inversão: Entre Vontades e Necessidades
Inversão: Entre Vontades e NecessidadesInversão: Entre Vontades e Necessidades
Inversão: Entre Vontades e Necessidades
Daniel Faria Jr.
 
Inversão: Entre Profissão e Família
Inversão: Entre Profissão e FamíliaInversão: Entre Profissão e Família
Inversão: Entre Profissão e Família
Daniel Faria Jr.
 
Inversão: Entre Filhos e Pais
Inversão: Entre Filhos e PaisInversão: Entre Filhos e Pais
Inversão: Entre Filhos e Pais
Daniel Faria Jr.
 
Inversão: Entre Esposa e Marido
Inversão: Entre Esposa e MaridoInversão: Entre Esposa e Marido
Inversão: Entre Esposa e Marido
Daniel Faria Jr.
 
Inversão: Entre a Felicidade e a Maturidade
Inversão: Entre a Felicidade e a MaturidadeInversão: Entre a Felicidade e a Maturidade
Inversão: Entre a Felicidade e a Maturidade
Daniel Faria Jr.
 

Mais de Daniel Faria Jr. (20)

Efeito Dominó: Diante do Sofrimento
Efeito Dominó: Diante do SofrimentoEfeito Dominó: Diante do Sofrimento
Efeito Dominó: Diante do Sofrimento
 
Efeito Dominó: Diante do Medo
Efeito Dominó: Diante do MedoEfeito Dominó: Diante do Medo
Efeito Dominó: Diante do Medo
 
Efeito Dominó: Diante da Crise
Efeito Dominó: Diante da CriseEfeito Dominó: Diante da Crise
Efeito Dominó: Diante da Crise
 
Efeitos na Vida
Efeitos na VidaEfeitos na Vida
Efeitos na Vida
 
Efeitos no Trabalho
Efeitos no TrabalhoEfeitos no Trabalho
Efeitos no Trabalho
 
Efeitos na Sociedade
Efeitos na SociedadeEfeitos na Sociedade
Efeitos na Sociedade
 
Efeitos nas Amizades
Efeitos nas AmizadesEfeitos nas Amizades
Efeitos nas Amizades
 
Efeitos na Comunidade
Efeitos na ComunidadeEfeitos na Comunidade
Efeitos na Comunidade
 
Efeitos na Família
Efeitos na FamíliaEfeitos na Família
Efeitos na Família
 
Efeitos na Espiritualidade
Efeitos na EspiritualidadeEfeitos na Espiritualidade
Efeitos na Espiritualidade
 
Influenciado e Influenciando a partir das 3 Boas Razões
Influenciado e Influenciando a partir das 3 Boas RazõesInfluenciado e Influenciando a partir das 3 Boas Razões
Influenciado e Influenciando a partir das 3 Boas Razões
 
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Proposta Complicada
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Proposta Complicada3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Proposta Complicada
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Proposta Complicada
 
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Discurso Complicado
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Discurso Complicado3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Discurso Complicado
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Discurso Complicado
 
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Gente Complicada
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Gente Complicada3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Gente Complicada
3 Boas Razões para não ir à Igreja: Lugar de Gente Complicada
 
Inversão: Entre Filhos e Cônjuges
Inversão: Entre Filhos e CônjugesInversão: Entre Filhos e Cônjuges
Inversão: Entre Filhos e Cônjuges
 
Inversão: Entre Vontades e Necessidades
Inversão: Entre Vontades e NecessidadesInversão: Entre Vontades e Necessidades
Inversão: Entre Vontades e Necessidades
 
Inversão: Entre Profissão e Família
Inversão: Entre Profissão e FamíliaInversão: Entre Profissão e Família
Inversão: Entre Profissão e Família
 
Inversão: Entre Filhos e Pais
Inversão: Entre Filhos e PaisInversão: Entre Filhos e Pais
Inversão: Entre Filhos e Pais
 
Inversão: Entre Esposa e Marido
Inversão: Entre Esposa e MaridoInversão: Entre Esposa e Marido
Inversão: Entre Esposa e Marido
 
Inversão: Entre a Felicidade e a Maturidade
Inversão: Entre a Felicidade e a MaturidadeInversão: Entre a Felicidade e a Maturidade
Inversão: Entre a Felicidade e a Maturidade
 

Último

Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 

Último (18)

Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 

Lidando com a ansiedade: em busca de uma nova prática

  • 1. IGREJA PRESBITERIANA DE BARÃO GERALDO
  • 2. Em uma frase Olhar através dos olhos de Deus Atitude Oração (tudo diante de Deus) Em uma frase Buscar um novo coração Atitude Gratidão (satisfação em Deus) Em uma frase Buscar uma nova consciência Atitude Meditação e Estudo
  • 3. “Se as pessoas querem Zigmunt Bauman: agir como cristãs, diferenciando turistas e peregrinos elas devem pensar como cristãs. Turistas Peregrinos Se as pessoas devem Está de passagem Está em uma jornada pensar como cristãs, Consomem atrações Caminham com reverência elas devem primeiro Desejos satisfeitos Vocação descoberta conhecer o que a Escritura Interação com lugares Interação com pessoas diz e o que requer delas.” e eventos e experiências (Introdução à Educação Cristã, Anseio pelo próximo Anseio pelo cumprimento Perry Downs, p.76) entretenimento de sua missão (fim)
  • 4. Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, foco no receptor aprender sem receber receber sem aprender receberam, e e ouviram foco no transmissor ouvir sem ver ver sem ouvir e viram em mim teoria sem prática prática sem teoria Filipenses 4.9 informação sem ação sem reflexão transformação verdade sem vida vida sem verdade
  • 5. Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, foco no receptor aprender sem receber receber sem aprender receberam, e e ouviram foco no transmissor ouvir sem ver ver sem ouvir e viram em mim teoria sem prática prática sem teoria Filipenses 4.9 filosófico ativismo informação sem virtual açãosem foco sem reflexão transformação utópico sem propósito verdade sem vida vida sem verdade
  • 6.
  • 7. 1.Avalie como está sua prática: a. O que você deseja em sua vida: ser um turista ou um peregrino? b. Quais são as práticas que precisam ser descartadas? c. Quais são as práticas que precisam ser desenvolvidas? 2.Desenvolva a prática da submissão e serviço. 3.Aceite o desafio de ser movido por uma nova prática: ser um milagre em sua caminhada a partir do milagre - JESUS - em nossa caminhada...