SlideShare uma empresa Scribd logo
Guerra Fria
Capitalismo x Socialismo
Trabalho de Geografia 3° F 2016 E. E. Professor Milton Cernach
Corrida Armamentista
• A Guerra Fria incentivou como nunca a pesquisa, e
o desenvolvimento de armas. Quase ao mesmo
tempo em que um dos dois países lançava um novo
armamento, seu adversário logo respondia à altura.
Tal prática de constante atualização do arsenal das
superpotências assumiu proporções absurdas com
o tempo, dando origem a material bélico de uma
capacidade de destruição muito maior a qual o
planeta Terra poderia suportar. Essa constante
"atualização" ficaria conhecida como corrida
armamentista. No Ocidente, a França e a China
levaram adiante as pesquisas nucleares nos anos
90, a despeito da opinião pública mundial. Em
setembro de 96, no entanto, finalmente as cinco
potências do clube atômico assinaram na ONU o
Tratado de Proibição Total de Testes Nucleares. O
acordo traz uma perspectiva mais otimista de um
novo século livre da sombra da bomba atômica
Primeira bomba termonuclear detonada.
Corrida Espacial
• A Corrida Espacial começou, pontualmente, com o
lançamento do satélite soviético Sputnik I, fato
ocorrido no dia 4 de outubro de 1957. Era o início de
uma grande competição e que forçou os Estados
Unidos a agir. O segundo passo também foi dado
pelos soviéticos e em novembro do mesmo ano, foi
enviada ao espaço uma cadela chamada Laika como
tripulante da nave Sputinik II. O primeiro homem a
viajar no espaço foi também um soviético, cujo nome
era Yuri Gagarin. Transportado pela nave Vostok I. Os
soviéticos já almejavam enviar o homem à Lua, mas,
neste ponto, os Estados Unidos seriam os pioneiros.
Neil Armstrong e Edwin Aldrin foram os primeiros
homens a caminhar sobre o solo lunar. Os soviéticos
começavam a ficar para trás na corrida especial.
Depois da grande conquista dos Estados Unidos,, os
soviéticos não conseguiram mais acompanhar o
desenvolvimento tecnológico.
Edwin Aldrin em solo lunar.
Guerra na Coréia
• A Guerra da Coréia é fruto da disputa velada entre os
Estados Unidos e a ex-URSS, antigos aliados durante a
Segunda Guerra Mundial. Ao final desta, em 1945,
estes países dividiram a Coréia em duas zonas de
influência, com o sul ocupado pelos norte-americanos
e o norte dominado pela União Soviética. Os governos
norte-americano e soviético continuam a reivindicar o
controle total do território coreano. Começa a luta
doutrinária, as propagandas ideológicas viajam de um
ponto a outro dos dois países. Até que, no dia 25 de
junho de 1950, alegando uma suposta transgressão do
Paralelo 38º, o exército da Coréia do Norte invade o
Sul, dominando sua capital, Seul, em 03 de julho. A
ONU não aceita esse ataque e manda suas tropas,
lideradas pelo general americano Douglas MacArthur,
para expulsar os socialistas. A URSS não intervém
diretamente, apenas cede auxílio militar. A paz é
assinada finalmente em 27 de julho de 1953, através
do Armistício de Panmunjon, mas até hoje não se
chegou a uma resolução decisiva neste território, e a
tensão permanece
Refugiados coreanos em frente ao tanque
americano M26.
Guerra no Vietnã
• Ocorreu entre os anos de 1959 e 1975 e é
considerado o mais violento conflito da
segunda metade do século XX. O Vietnã foi
dividido em duas partes: a parte do sul, capitalista,
era financiada belicamente e economicamente
pelo EUA; e a parte norte, comunista, liderada por
Ho Chi Minh. A Guerra do Vietnã foi o
acontecimento que mais “manchou” a carreira
militar dos Estados Unidos no século XX, A maior
potência capitalista perderia para um ínfimo país
de Terceiro Mundo. . Os EUA utilizavam
armamentos sofisticados: tanques, jatos, radares,
bombas, armas químicas e helicópteros; enquanto
os vietnamitas usavam morteiros, fuzis e armas de
madeira com venenos. Os americanos se retiraram
do conflito em 1973; porém, a guerra só foi
encerrada de fato em 30/04/1975, pois ainda
havia alguns conflitos contra o norte.
Uma das fotos mais chocantes da Guerra no Vietnã.
A crise dos mísseis em Cuba
• O primeiro momento de grande tensão aconteceu
em outubro de 62. Aviões de espionagem dos
Estados Unidos detectaram movimentos que
indicavam a disposição soviética de instalar mísseis
em Cuba. O território norte-americano ficaria
vulnerável a um hipotético ataque deflagrado a
menos de 200 quilômetros de distância. O mundo
viveu duas semanas de tensão. Àquela altura, havia
uma clara tendência à proliferação dos arsenais
nucleares. Por essa razão, e ainda sob o impacto da
crise dos mísseis de Cuba, os Estados Unidos, a União
Soviética e a Grã-Bretanha assinaram, em 1963, um
acordo proibindo testes nucleares. No ano seguinte,
os três países aprovaram o Tratado de Não-
Proliferação de Armas Nucleares. O objetivo dos
acordos era tentar conter a corrida armamentista
dentro de certos limites. Apesar disso, a China
realizou, naquele mesmo ano de 64, seus primeiros
testes atômicos.
Foto coletada em vôo secreto sobre Cuba
Capitalismo x Socialismo
Adam Smith e Karl Marx respectivamente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Edvaldo S. Júnior
 
Guerra fria
Guerra fria Guerra fria
Guerra fria
Edvaldo S. Júnior
 
Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 1 -  geografia , 9° ano BGuerra fria parte 1 -  geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B
Nádya Dixon
 
Aula de história – 8º ano guerra fria
Aula de história – 8º ano   guerra friaAula de história – 8º ano   guerra fria
Aula de história – 8º ano guerra fria
stelawstel
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Valeria Kosicki
 
Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Guerra fria professor edu gonzaga 2012Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Edu Gonzaga
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Jorge Almeida
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e GeometriaGuerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e Geometria
kikirinhabt
 

Mais procurados (9)

Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Guerra fria
Guerra fria Guerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 1 -  geografia , 9° ano BGuerra fria parte 1 -  geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B
 
Aula de história – 8º ano guerra fria
Aula de história – 8º ano   guerra friaAula de história – 8º ano   guerra fria
Aula de história – 8º ano guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Guerra fria professor edu gonzaga 2012Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Guerra fria professor edu gonzaga 2012
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e GeometriaGuerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e Geometria
 

Destaque

O início da guerra fria até corrida armamentista
O início da guerra fria até corrida armamentistaO início da guerra fria até corrida armamentista
O início da guerra fria até corrida armamentista
Nelia Salles Nantes
 
A corrida armamentista
A corrida armamentistaA corrida armamentista
A corrida armamentista
Vagner Roberto
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
Vitor Pereira Rodrigues
 
Guerra fria – a guerra ideológica
Guerra fria – a guerra ideológicaGuerra fria – a guerra ideológica
Guerra fria – a guerra ideológica
Professor
 
Corrida armamentista
Corrida armamentistaCorrida armamentista
Corrida armamentista
Vitor Pereira Rodrigues
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
Vitor Pereira Rodrigues
 

Destaque (6)

O início da guerra fria até corrida armamentista
O início da guerra fria até corrida armamentistaO início da guerra fria até corrida armamentista
O início da guerra fria até corrida armamentista
 
A corrida armamentista
A corrida armamentistaA corrida armamentista
A corrida armamentista
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
 
Guerra fria – a guerra ideológica
Guerra fria – a guerra ideológicaGuerra fria – a guerra ideológica
Guerra fria – a guerra ideológica
 
Corrida armamentista
Corrida armamentistaCorrida armamentista
Corrida armamentista
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
 

Semelhante a Guerra Fria 3 F

A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
A guerra fria   1945 a 1989 - 2016A guerra fria   1945 a 1989 - 2016
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
Nelia Salles Nantes
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Luciano Pessanha
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
História em Ação
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar
Elizangela Silva
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e GeometriaGuerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e Geometria
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e GeometriaGuerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e Geometria
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 
Guerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e GeometriaGuerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e Geometria
kikirinhabt
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
kikirinhabt
 

Semelhante a Guerra Fria 3 F (20)

A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
A guerra fria   1945 a 1989 - 2016A guerra fria   1945 a 1989 - 2016
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e GeometriaGuerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e Geometria
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e GeometriaGuerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e Geometria
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 
Guerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e GeometriaGuerra Fria - História e Geometria
Guerra Fria - História e Geometria
 
Guerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e HistóriaGuerra Fria - Geometria e História
Guerra Fria - Geometria e História
 

Último

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 

Último (20)

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 

Guerra Fria 3 F

  • 1. Guerra Fria Capitalismo x Socialismo Trabalho de Geografia 3° F 2016 E. E. Professor Milton Cernach
  • 2. Corrida Armamentista • A Guerra Fria incentivou como nunca a pesquisa, e o desenvolvimento de armas. Quase ao mesmo tempo em que um dos dois países lançava um novo armamento, seu adversário logo respondia à altura. Tal prática de constante atualização do arsenal das superpotências assumiu proporções absurdas com o tempo, dando origem a material bélico de uma capacidade de destruição muito maior a qual o planeta Terra poderia suportar. Essa constante "atualização" ficaria conhecida como corrida armamentista. No Ocidente, a França e a China levaram adiante as pesquisas nucleares nos anos 90, a despeito da opinião pública mundial. Em setembro de 96, no entanto, finalmente as cinco potências do clube atômico assinaram na ONU o Tratado de Proibição Total de Testes Nucleares. O acordo traz uma perspectiva mais otimista de um novo século livre da sombra da bomba atômica Primeira bomba termonuclear detonada.
  • 3. Corrida Espacial • A Corrida Espacial começou, pontualmente, com o lançamento do satélite soviético Sputnik I, fato ocorrido no dia 4 de outubro de 1957. Era o início de uma grande competição e que forçou os Estados Unidos a agir. O segundo passo também foi dado pelos soviéticos e em novembro do mesmo ano, foi enviada ao espaço uma cadela chamada Laika como tripulante da nave Sputinik II. O primeiro homem a viajar no espaço foi também um soviético, cujo nome era Yuri Gagarin. Transportado pela nave Vostok I. Os soviéticos já almejavam enviar o homem à Lua, mas, neste ponto, os Estados Unidos seriam os pioneiros. Neil Armstrong e Edwin Aldrin foram os primeiros homens a caminhar sobre o solo lunar. Os soviéticos começavam a ficar para trás na corrida especial. Depois da grande conquista dos Estados Unidos,, os soviéticos não conseguiram mais acompanhar o desenvolvimento tecnológico. Edwin Aldrin em solo lunar.
  • 4. Guerra na Coréia • A Guerra da Coréia é fruto da disputa velada entre os Estados Unidos e a ex-URSS, antigos aliados durante a Segunda Guerra Mundial. Ao final desta, em 1945, estes países dividiram a Coréia em duas zonas de influência, com o sul ocupado pelos norte-americanos e o norte dominado pela União Soviética. Os governos norte-americano e soviético continuam a reivindicar o controle total do território coreano. Começa a luta doutrinária, as propagandas ideológicas viajam de um ponto a outro dos dois países. Até que, no dia 25 de junho de 1950, alegando uma suposta transgressão do Paralelo 38º, o exército da Coréia do Norte invade o Sul, dominando sua capital, Seul, em 03 de julho. A ONU não aceita esse ataque e manda suas tropas, lideradas pelo general americano Douglas MacArthur, para expulsar os socialistas. A URSS não intervém diretamente, apenas cede auxílio militar. A paz é assinada finalmente em 27 de julho de 1953, através do Armistício de Panmunjon, mas até hoje não se chegou a uma resolução decisiva neste território, e a tensão permanece Refugiados coreanos em frente ao tanque americano M26.
  • 5. Guerra no Vietnã • Ocorreu entre os anos de 1959 e 1975 e é considerado o mais violento conflito da segunda metade do século XX. O Vietnã foi dividido em duas partes: a parte do sul, capitalista, era financiada belicamente e economicamente pelo EUA; e a parte norte, comunista, liderada por Ho Chi Minh. A Guerra do Vietnã foi o acontecimento que mais “manchou” a carreira militar dos Estados Unidos no século XX, A maior potência capitalista perderia para um ínfimo país de Terceiro Mundo. . Os EUA utilizavam armamentos sofisticados: tanques, jatos, radares, bombas, armas químicas e helicópteros; enquanto os vietnamitas usavam morteiros, fuzis e armas de madeira com venenos. Os americanos se retiraram do conflito em 1973; porém, a guerra só foi encerrada de fato em 30/04/1975, pois ainda havia alguns conflitos contra o norte. Uma das fotos mais chocantes da Guerra no Vietnã.
  • 6. A crise dos mísseis em Cuba • O primeiro momento de grande tensão aconteceu em outubro de 62. Aviões de espionagem dos Estados Unidos detectaram movimentos que indicavam a disposição soviética de instalar mísseis em Cuba. O território norte-americano ficaria vulnerável a um hipotético ataque deflagrado a menos de 200 quilômetros de distância. O mundo viveu duas semanas de tensão. Àquela altura, havia uma clara tendência à proliferação dos arsenais nucleares. Por essa razão, e ainda sob o impacto da crise dos mísseis de Cuba, os Estados Unidos, a União Soviética e a Grã-Bretanha assinaram, em 1963, um acordo proibindo testes nucleares. No ano seguinte, os três países aprovaram o Tratado de Não- Proliferação de Armas Nucleares. O objetivo dos acordos era tentar conter a corrida armamentista dentro de certos limites. Apesar disso, a China realizou, naquele mesmo ano de 64, seus primeiros testes atômicos. Foto coletada em vôo secreto sobre Cuba
  • 7. Capitalismo x Socialismo Adam Smith e Karl Marx respectivamente.