SlideShare uma empresa Scribd logo
O futebolAs regrasTrabalho realizado por: -Cheila Nunes nº5 7ºH -Fábio Nunes nº12 7ºH
IntroduçãoO futebol é um dos desportos mais populares no mundo. Praticado em centenas de países, este desporto desperta interesse em função de sua forma de se disputar a bola.Embora não se tenha muita certeza sobre os primórdios do futebol, historiadores descobriram vestígios dos jogos com bolas em várias culturas antigas. Estes jogos de bola ainda não eram denominados como futebol, pois não havia a definição de regras como há hoje, porém demonstram o interesse do homem por este tipo de desporto desde os tempos antigos.O futebol tornou-se tão popular graças a sua simples maneira de jogar. Basta uma bola, duas equipas e a baliza, para que, em qualquer lugar, crianças e adultos possam divertir-se a jogar futebol. Na rua, na escola, ou até mesmo no quintal de casa, desde cedo jovens de vários cantos do mundo começam a praticar futebol.
O campo
Pavimentação do campoOs encontros de futebol normalmente são realizados em campos constituídos por relva natural, no entanto, existem também recintos de relva sintética.Em Portugal, por regulamentação da Liga de Clubes, as equipas da primeira e segunda divisão jogam em campos de relva.As formações da terceira divisão estão abrangidas pela regulamentação da Federação Portuguesa de Futebol, que determina que as mesmas não têm a obrigatoriedade de terem um recinto relvado no ano em que sobem de divisão. Tal obrigação, só existe a partir do momento em que, as referidas formações estiverem quatro épocas consecutivas ou cinco temporadas alternadas no terceiro escalão. Esta lei foi implementada na época de 1993/1994. No entanto, existem equipas que por uma questão financeira preferem ter um campo com relva sintética, que tem uma manutenção de custos mais barata. DimensõesUm campo de futebol é rectangular e deve ter um comprimento mínimo de 90 m e o máximo de 120 m. A largura deverá ser de 45 m no mínimo e de 90 m no máximo.Dimensões em jogos internacionaisQuando uma equipa tem de participar num jogo de uma competição internacional, o comprimento do campo deve ser de 100 m no mínimo e de 110 m no máximo.Neste tipo de jogos, a largura do recinto de jogo deverá ter um mínimo de 64 m e um máximo de 75 m.Limites do CampoO campo de jogo é rectangular dividido por duas partes através de uma linha central. Durante a realização da partida, a bola deve ser jogada dentro dos limites do campo.No meio, existe uma circunferência com um raio de 9,15m, tendo uma pequena marca circular no centro, onde deve ser dado o pontapé de início de jogo.Pequena ÁreaA pequena área é também rectangular e tem dimensões mais reduzidas, estando inserida na grande área. Esta zona tem uma largura de 5,5m e um comprimento de 18,32 m.
Grande ÁreaA grande área é a zona do campo próxima da baliza delimitada por um rectângulo, que tem a dimensão de 16,5 m de largura e 40,32 m de comprimento.O guarda-redes somente poderá jogar a bola com as mãos na zona da grande área, caso contrário, o mesmo é admoestado com uma falta.Em cada grande área existe uma marca de  grande penalidade aos 11 metros de distância do ponto médio entre os postes. No exterior de cada grande área existe, um semicírculo de raio 9,15 metros.Área TécnicaA área técnica é a que compreende a que está junto ao banco de treinadores e de jogadores suplentes e tem o comprimento de 1 m.     As BalizasAs balizas de um campo de futebol estão situadas no meio da linha mais recuada do campo, a uma distância equidistante das bandeirolas e devem ter 7,32m de largura entre os postes e 2,44m de altura.Podem ser colocadas redes fixadas nas balizas e no solo atrás das mesmas, desde que estejam presas de forma conveniente e não atrapalhem o guarda-redes.
1.A bolaAntes de cada Mundial, a FIFA realiza um concurso para escolher a bola oficial da competição. Em 1970 a bola oficial foi a “Telstar”, fabricada pela Adidas. Desde então a empresa é patrocinadora da Copa. As regras oficiais determinam que a bola deve ser:· Esférica; · De couro ou outro material adequado; · Com uma circunferência não superior a 70 cm e não inferior a 68 cm; · Com peso não superior a 450 g e não inferior a 410 g, no começo da partida; · Com pressão equivalente a 0,6 – 1,1 atmosfera (600 – 1100 g/cm2) ao nível do mar. Substituição de uma bola defeituosaSe a bola estoura ou se danifica durante uma partida:- o jogo será interrompido;- o jogo se reiniciará por meio de bola ao chão, executada com uma nova bola no lugar onde a primeira bola se danificou.Se a bola estoura ou se danifica em um momento em que não está em jogo (tiro inicial, tiro e meta, tiro de canto, tiro livre, tiro penal ou arremesso lateral):- A partida se reiniciará conforme as regras- A bola não poderá ser trocada durante a partida sem a autorização o árbitro.
2.JogadoresNúmero de jogadores A partida será jogada por duas equipes formadas por um máximo de 11 jogadores cada uma, dos quais um jogará como Guarda-redes. A partida não se iniciará se uma  das equipas tiver menos de sete jogadores.Competições oficiaisPoderão ser utilizados como máximo três (03) substitutos em qualquer partida de uma competição oficial jogada  sob  os auspícios da FIFA, as Confederações ou das Associações Nacionais.O regulamento da competição deverá estipular quantos substitutos poderão ser designados, desde três (3) até um máximo de sete.Outras competiçõesEm outras competições poderão utilizar-se como máximo cinco (5) substitutos, sempre que:- as equipas em questão cheguem a um acordo sobre o número máximo;- o árbitro tenha sido informado antes do início da partida;- Caso o árbitro não tenha sido informado, ou não se tenha chegado a um acordo antes o início da partida, não se admitirão mais de três (3) substitutos.Todos os jogosEm todas os jogos, os nomes dos substitutos deverão ser entregues ao árbitro antes do início do jogo. Os substitutos que não tenham sido designados desta maneira, não poderão participar no jogo.Procedimentos de substituiçãoPara substituir um jogador por um substituto deverão ser observadas as seguintes condições:- o árbitro deverá ser informado da substituição proposta antes que esta seja efectuada;- o substituto não poderá entrar em campo e em  jogo até que o jogador o qual substituirá tenha abandonado o campo de jogo e recebido o sinal do árbitro;- o substituto entrará em campo e jogo unicamente pela linha central e durante uma interrupção do jogo;- uma substituição ficará consumada quando o substituto entra em campo de jogo;- a partir desse momento o substituto converte-se em jogador, e o jogador ao qual substitui deixa de ser jogador;- um jogador que tenha sido substituído não poderá participar mais no jogo;- todos os substitutos estão submetidos à autoridade e jurisdição do árbitro, sejam chamados ou não a participar do jogo;Troca de guarda-redesQualquer dos jogadores poderá trocar e posição com o guarda-redes sempre que:- O árbitro tenha sido previamente informado;- A troca se efectue durante uma interrupção do jogo
3.JuízesO jogo é dirigido por um juíz de campo (árbitro) e por dois juízes de linha.Ao árbitro é exigida imparcialmente nas suas decisões: adverte ou expulsa os jogadores pelas suas faltas. Ao juíz de linha é exigida idêntica atitude; deve assinalar as bolas fora, o fora-de-jogo e auxiliar o árbitro.Os juízes devem ajuizar correctamente  as situações e de imediato utilizar os respectivos sinais, como meio de comunicação não só com os jogadores mas também com os espectadores.Assim, o árbitro deve indicar o local da falta com um braço e, com o outro, a direcção em que deve ser sancionada. O juiz de linha deve levantar a bandeirola e indicar o local e o sentido em que deverá ser reposta a bola em jogo.
4.Início ou recomeço do  jogoNo início da partida ou quando é marcado um golo, a bola deve ir sempre  a meio -campo, e deve ser batida sempre para a frente da linha de meio -campo e sempre com um toque indirecto, ou seja um jogador não pode seguir ou rematar a bola sem que o outro lhe passe. Dentro do grande círculo do meio de campo, quando é dado o "pontapé" de saída, só podem estar dentro desse círculo os jogadores da equipa a quem pertencer a bola.Antes do início do jogo os dois capitães de equipa devem cumprimentar-se e de seguida cumprimentar os juízes. Após  isto, o pontapé de saída e o campo são escolhidos com a ajuda de uma moeda lançada ao ar pelo árbitro.
5.Bola fora de jogoA bola está fora de jogo quando:1º -Tiver atravessado inteiramente uma linha lateral ou de fundo, seja por terra ou pelo ar;2º - Quando a partida tiver sido interrompida pelo árbitro.A bola estará em jogo:1º - Se permanecer em campo depois de chocar com as traves, ou as bandeirinhas de canto, o juiz ou os fiscais de linha;2º - Enquanto não se toma uma decisão sobre uma suposta infracção às regras.
6. Faltas  Um jogador que cometa intencionalmente uma das nove faltas seguintes será punido com pontapé livre directo, cobrado do local onde ocorreu:-passar rasteira a um adversário-dar ou tentar dar pontapés num adversário-agredir ou empurrar um adversário-Jogar a bola com as mãos-mostrar desacordo com o árbitro seja por gesto ou por palavras.-usar linguagem injuriosa -jogar de forma perigosa, colocando em risco a integridade física dos adversários Se qualquer destas faltas for cometida por uma defensor dentro de sua grande área, será punido com um pontapé de grande penalidade.
O jogador responsável por uma das seis faltas seguintes, será punido com um livre indirecto:1. Jogar de forma perigosa (chutar a bola quando esta estiver com o guarda-redes, por exemplo); 2. Investir lealmente - isto é, com o ombro - sobre um adversário, quando a bola não estiver à distância de jogo dos envolvidos e estes não tencionam participar na jogada; 3. Sem tocar na bola, obstruir intencionalmente um adversário, colocando-se como obstáculo entre ele e a bola; 4. Atacar o guarda-redes, a menos que ele detenha a bola, obstrua um adversário ou esteja fora da grande área; 5. Sendo guarda-redes, dar mais de quatro passos com a bola nas mãos, tocá-la antes de outro jogador depois de tê-la colocado em jogo, ou retardar a partida; 6. Sendo guarda-redes, receber a bola atrasada por um companheiro com o pé.
Também com um livre indirecto serão punidas as seguintes faltas:1. Infracção constantes às regras de jogo; 2. Reclamação, com palavras ou gestos, a qualquer decisão do árbitro; 3. Conduta incorrecta. Sofrerão expulsão os jogadores que:1. Se mostrarem, segundo a opinião do árbitro, violentos; 2. Usarem de linguagem injuriosa; 3. Persistirem nas infracções após terem sido advertidos; 4. Derrubarem por trás os adversários que estiverem a correr com a bola na direcção da baliza com probabilidade de marcarem golo; 5. Evitarem golos eminentes desviando a bola com a mão.
7. Faltas e conduta desportivaA falta dá-se quando um jogador comete uma das acções listadas anteriormente, entre as quais incluem pontapés sobre o adversário, rasteiras, puxões, empurrões etc., Faltas mais violentas, que de acordo com a regra sejam típicas de uma conduta anti-desportiva, são punidas com um cartão amarelo. Se o jogador receber dois do mesmo numa única partida é expulso dela, sendo-lhe apresentado o cartão vermelho após o segundo amarelo. O cartão vermelho é também usado em casos de faltas extremas, quando expulsa automaticamente o jogador do jogo.Pontapé de grande penalidadeO pontapé de grande penalidade é assinalado quando um jogador da equipa que está a defender comete uma falta sobre o adversário dentro da sua própria grande área.A falta é assinalada na denominada marca de grande penalidade situada a 11 metros da baliza, em que um jogador normalmente procede à sua marcação estando sozinho frente ao guarda-redes.O mesmo não se pode mexer antes de a bola ser rematada e se tal acontecer, a execução da falta deve ser repetida.
Fora de jogoO fora de jogo é uma falta assinalada sempre que um jogador da equipa atacante, se encontra numa posição mais avançada do que a linha dos defesas da formação contrária, quando lhe é passada a bola ou a outro colega.  O fora de jogo só pode ser marcado quando uma jogada se está a desenvolver para a frente da linha de meio campo da equipa que está a atacar.Livre DirectoO livre directo é a marcação de uma falta através de um pontapé directo à baliza, normalmente tendo pela frente uma barreira formada pelos jogadores da formação contrária, que deverão estar situados a 9,15m da bola. O pontapé é assinalado quando é cometida uma falta sobre um jogador da equipa atacante, no momento em que o mesmo estava a efectuar uma jogada perigosa, numa zona relativamente perto da baliza
Livre IndirectoAo contrário do livre directo, o livre indirecto é marcado através de um passe feito para um colega de equipa e não através de remate directo à baliza.A falta é assinalada quando um jogador da equipa atacante é impedido de continuar uma jogada atacante com algum perigo. CantoO canto é a marcação de um pontapé a partir do ângulo da linha de canto. A bola pode ser pontapeada para a grande área ou pode ser passada para um colega de equipa que esteja em qualquer local do campo. A marcação do canto acontece quando a bola sai do campo pelas linhas de fundo do lado da equipa que está a defender por acção de um jogador da mesma formação. O jogador que cobrar o canto só poderá tocar novamente na bola depois que outro o fizer. A infracção a esta regra será punida com livre indirecto favorável à equipa contrária, cobrado do local onde se cometeu a irregularidade.
Lançamento LateralQuando a bola sai fora das linhas laterais do campo por interposição de um atleta de uma das equipas, a formação contrária tem o direito de reintroduzir a bola no jogo a seu favor. O lançamento é feito com as mãos, sendo que o futebolista deverá ter o corpo inclinado para a frente e com os pés da parte de fora da linha lateral do campo.
8.Pontapé de balizaAtribuição:Um pontapé de baliza é atribuído à equipa defensiva quando a bola sai completamente do campo pela linha de fundo (tanto no solo como no ar) sem que um golo tenha sido marcado, tendo sido tocada por último por um jogador atacante.Procedimento:A bola é inicialmente colocada em qualquer sítio dentro da área de golo (grande área) defensiva. Todos os jogadores adversários têm que se encontrar fora da grande área até que a bola esteja em jogo.Na situação de pontapé de baliza, considera-se que a bola está em jogo no momento em que é pontapeada e sai da grande área.Um golo pode ser marcado directamente a partir de um pontapé de baliza, mas apenas contra o lado do adversário .Além disso, um jogador não pode ser penalizado por fora-de-jogo directamente através de um pontapé de baliza.
Infracções:Os jogadores adversários têm que se encontrar fora da grande área, como descrito acima. Se isso não acontecer, os infractores podem ser punidos com uma caução (cartão amarelo). Além disso, se um jogador adversário entrar na grande área antes que a bola esteja em jogo, o pontapé de baliza será repetido.Se um jogador da mesma equipa que aquele que pontapeia a bola (que não este) tocar na bola depois de ser pontapeada mas antes de estar em jogo, o pontapé de baliza será repetido. No entanto, é uma ofensa se o "pontapeador" tocar na bola uma segunda vez quando a bola já estiver em jogo, até que tenha sido tocada por outro jogador; esta situação é punível por um pontapé livre indirecto contra a equipa defensiva, a partir do local onde a ofensa ocorreu, a menos que o segundo toque constitua uma ofensa mais grave, e nesse caso é punível por um pontapé livre directo ou por um pontapé de grande penalidade, o que dos dois for mais apropriado.
conclusãoEntre os vários desportos, o futebol é aquele que mais tem contribuído para projectar internacionalmente a imagem do país.O futebol é o desporto nacional que tem um papel importante como instrumento educacional, pois gera oportunidades e prepara as novas gerações para o futebol. Além de colocar as crianças de todas as classes sociais lado a lado, ensina valores como cooperação e respeito e diminui as diferenças culturais.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regras do futebol 2
Regras do futebol 2Regras do futebol 2
Regras do futebol 2
Estêvão Lima
 
Futebol
FutebolFutebol
Futebol
Jean Carvalho
 
Futebol
FutebolFutebol
Futebol
Rita Pereira
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
Hugo Ferreira
 
Voleibol, regras e fundamentos
Voleibol, regras e fundamentosVoleibol, regras e fundamentos
Voleibol, regras e fundamentos
Prof. Saulo Bezerra
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
sextoD
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Victor Ferreira
 
Voleibol na escola
Voleibol na escolaVoleibol na escola
Voleibol na escola
evandrolhp
 
A Historia do Voleibol
A Historia do Voleibol A Historia do Voleibol
A Historia do Voleibol
Patricia Ferreira
 
TêNis De Mesa
TêNis De MesaTêNis De Mesa
TêNis De Mesa
Osvaldo Neto
 
Futsal
Futsal Futsal
Futsal
dalilahack
 
HistóRia Do Futebol
HistóRia Do FutebolHistóRia Do Futebol
HistóRia Do Futebol
Danolipe
 
Futebol - Aula 01 - Histórico
Futebol - Aula 01 - HistóricoFutebol - Aula 01 - Histórico
Futebol - Aula 01 - Histórico
Rosângela Cyríaco
 
Handebol teórica
Handebol   teóricaHandebol   teórica
Handebol teórica
NetKids
 
Basquete, regras e fundamentos
Basquete, regras e fundamentosBasquete, regras e fundamentos
Basquete, regras e fundamentos
Prof. Saulo Bezerra
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
Gelcimar Educ Física
 
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETEEDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
Jaicinha
 
Basquetebol na escola
Basquetebol na escolaBasquetebol na escola
Basquetebol na escola
evandrolhp
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Trabalho sobre o Futsal
 Trabalho sobre o Futsal Trabalho sobre o Futsal
Trabalho sobre o Futsal
Rafael Paulino
 

Mais procurados (20)

Regras do futebol 2
Regras do futebol 2Regras do futebol 2
Regras do futebol 2
 
Futebol
FutebolFutebol
Futebol
 
Futebol
FutebolFutebol
Futebol
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Voleibol, regras e fundamentos
Voleibol, regras e fundamentosVoleibol, regras e fundamentos
Voleibol, regras e fundamentos
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol na escola
Voleibol na escolaVoleibol na escola
Voleibol na escola
 
A Historia do Voleibol
A Historia do Voleibol A Historia do Voleibol
A Historia do Voleibol
 
TêNis De Mesa
TêNis De MesaTêNis De Mesa
TêNis De Mesa
 
Futsal
Futsal Futsal
Futsal
 
HistóRia Do Futebol
HistóRia Do FutebolHistóRia Do Futebol
HistóRia Do Futebol
 
Futebol - Aula 01 - Histórico
Futebol - Aula 01 - HistóricoFutebol - Aula 01 - Histórico
Futebol - Aula 01 - Histórico
 
Handebol teórica
Handebol   teóricaHandebol   teórica
Handebol teórica
 
Basquete, regras e fundamentos
Basquete, regras e fundamentosBasquete, regras e fundamentos
Basquete, regras e fundamentos
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
 
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETEEDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
EDUCAÇÃO FÍSICA- TUDO SOBRE O BASQUETE
 
Basquetebol na escola
Basquetebol na escolaBasquetebol na escola
Basquetebol na escola
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Trabalho sobre o Futsal
 Trabalho sobre o Futsal Trabalho sobre o Futsal
Trabalho sobre o Futsal
 

Semelhante a futebol

Dimensões dos campos de várias modalidades de futebol
Dimensões dos campos de várias modalidades de futebolDimensões dos campos de várias modalidades de futebol
Dimensões dos campos de várias modalidades de futebol
narped
 
Futsal apostila escola amelia poletto hepp
Futsal apostila escola amelia poletto heppFutsal apostila escola amelia poletto hepp
Futsal apostila escola amelia poletto hepp
dalilahack
 
Slide futsal
Slide futsalSlide futsal
Slide futsal
Carlos Thavares
 
F u t e b o l
F u t e b o lF u t e b o l
F u t e b o l
Elza Silva
 
Futebol futsal2
Futebol futsal2Futebol futsal2
Futebol futsal2
Karina Brandão
 
Regras do futebol
Regras do futebolRegras do futebol
Regras do futebol
Danilo Joenck
 
Apresentação futebol.pdf
Apresentação futebol.pdfApresentação futebol.pdf
Apresentação futebol.pdf
JOÃO PEREIRA
 
Slide futsal
Slide futsalSlide futsal
Slide futsal
Carlos Thavares
 
5ª aula de futebol regras
5ª aula de futebol regras5ª aula de futebol regras
5ª aula de futebol regras
Felipe Mago
 
5ª aula de futebol regras
5ª aula de futebol regras5ª aula de futebol regras
5ª aula de futebol regras
Felipe Mago
 
Slide futsal
Slide futsalSlide futsal
Slide futsal
Carlos Thavares
 
Apostila handebol
Apostila handebolApostila handebol
Apostila handebol
marcelosilveirazero1
 
Andebol 101209122214-phpapp01 2
Andebol 101209122214-phpapp01 2Andebol 101209122214-phpapp01 2
Andebol 101209122214-phpapp01 2
Maria Sequeira
 
Andebol regras
Andebol regras Andebol regras
Andebol regras
Maria Sequeira
 
Andebol
AndebolAndebol
Andebol
ana pinho
 
ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1
guestd27e84b6
 
Leis de jogo
Leis de jogoLeis de jogo
Leis de jogo
Vitor Henriques
 
Apresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdfApresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdf
JOÃO PEREIRA
 
andebol
andebolandebol
andebol
guest126cc72
 
Word 9 d_11
Word 9 d_11Word 9 d_11
Word 9 d_11
pedrofranciscotic
 

Semelhante a futebol (20)

Dimensões dos campos de várias modalidades de futebol
Dimensões dos campos de várias modalidades de futebolDimensões dos campos de várias modalidades de futebol
Dimensões dos campos de várias modalidades de futebol
 
Futsal apostila escola amelia poletto hepp
Futsal apostila escola amelia poletto heppFutsal apostila escola amelia poletto hepp
Futsal apostila escola amelia poletto hepp
 
Slide futsal
Slide futsalSlide futsal
Slide futsal
 
F u t e b o l
F u t e b o lF u t e b o l
F u t e b o l
 
Futebol futsal2
Futebol futsal2Futebol futsal2
Futebol futsal2
 
Regras do futebol
Regras do futebolRegras do futebol
Regras do futebol
 
Apresentação futebol.pdf
Apresentação futebol.pdfApresentação futebol.pdf
Apresentação futebol.pdf
 
Slide futsal
Slide futsalSlide futsal
Slide futsal
 
5ª aula de futebol regras
5ª aula de futebol regras5ª aula de futebol regras
5ª aula de futebol regras
 
5ª aula de futebol regras
5ª aula de futebol regras5ª aula de futebol regras
5ª aula de futebol regras
 
Slide futsal
Slide futsalSlide futsal
Slide futsal
 
Apostila handebol
Apostila handebolApostila handebol
Apostila handebol
 
Andebol 101209122214-phpapp01 2
Andebol 101209122214-phpapp01 2Andebol 101209122214-phpapp01 2
Andebol 101209122214-phpapp01 2
 
Andebol regras
Andebol regras Andebol regras
Andebol regras
 
Andebol
AndebolAndebol
Andebol
 
ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1
 
Leis de jogo
Leis de jogoLeis de jogo
Leis de jogo
 
Apresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdfApresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdf
 
andebol
andebolandebol
andebol
 
Word 9 d_11
Word 9 d_11Word 9 d_11
Word 9 d_11
 

futebol

  • 1. O futebolAs regrasTrabalho realizado por: -Cheila Nunes nº5 7ºH -Fábio Nunes nº12 7ºH
  • 2. IntroduçãoO futebol é um dos desportos mais populares no mundo. Praticado em centenas de países, este desporto desperta interesse em função de sua forma de se disputar a bola.Embora não se tenha muita certeza sobre os primórdios do futebol, historiadores descobriram vestígios dos jogos com bolas em várias culturas antigas. Estes jogos de bola ainda não eram denominados como futebol, pois não havia a definição de regras como há hoje, porém demonstram o interesse do homem por este tipo de desporto desde os tempos antigos.O futebol tornou-se tão popular graças a sua simples maneira de jogar. Basta uma bola, duas equipas e a baliza, para que, em qualquer lugar, crianças e adultos possam divertir-se a jogar futebol. Na rua, na escola, ou até mesmo no quintal de casa, desde cedo jovens de vários cantos do mundo começam a praticar futebol.
  • 4. Pavimentação do campoOs encontros de futebol normalmente são realizados em campos constituídos por relva natural, no entanto, existem também recintos de relva sintética.Em Portugal, por regulamentação da Liga de Clubes, as equipas da primeira e segunda divisão jogam em campos de relva.As formações da terceira divisão estão abrangidas pela regulamentação da Federação Portuguesa de Futebol, que determina que as mesmas não têm a obrigatoriedade de terem um recinto relvado no ano em que sobem de divisão. Tal obrigação, só existe a partir do momento em que, as referidas formações estiverem quatro épocas consecutivas ou cinco temporadas alternadas no terceiro escalão. Esta lei foi implementada na época de 1993/1994. No entanto, existem equipas que por uma questão financeira preferem ter um campo com relva sintética, que tem uma manutenção de custos mais barata. DimensõesUm campo de futebol é rectangular e deve ter um comprimento mínimo de 90 m e o máximo de 120 m. A largura deverá ser de 45 m no mínimo e de 90 m no máximo.Dimensões em jogos internacionaisQuando uma equipa tem de participar num jogo de uma competição internacional, o comprimento do campo deve ser de 100 m no mínimo e de 110 m no máximo.Neste tipo de jogos, a largura do recinto de jogo deverá ter um mínimo de 64 m e um máximo de 75 m.Limites do CampoO campo de jogo é rectangular dividido por duas partes através de uma linha central. Durante a realização da partida, a bola deve ser jogada dentro dos limites do campo.No meio, existe uma circunferência com um raio de 9,15m, tendo uma pequena marca circular no centro, onde deve ser dado o pontapé de início de jogo.Pequena ÁreaA pequena área é também rectangular e tem dimensões mais reduzidas, estando inserida na grande área. Esta zona tem uma largura de 5,5m e um comprimento de 18,32 m.
  • 5. Grande ÁreaA grande área é a zona do campo próxima da baliza delimitada por um rectângulo, que tem a dimensão de 16,5 m de largura e 40,32 m de comprimento.O guarda-redes somente poderá jogar a bola com as mãos na zona da grande área, caso contrário, o mesmo é admoestado com uma falta.Em cada grande área existe uma marca de grande penalidade aos 11 metros de distância do ponto médio entre os postes. No exterior de cada grande área existe, um semicírculo de raio 9,15 metros.Área TécnicaA área técnica é a que compreende a que está junto ao banco de treinadores e de jogadores suplentes e tem o comprimento de 1 m.     As BalizasAs balizas de um campo de futebol estão situadas no meio da linha mais recuada do campo, a uma distância equidistante das bandeirolas e devem ter 7,32m de largura entre os postes e 2,44m de altura.Podem ser colocadas redes fixadas nas balizas e no solo atrás das mesmas, desde que estejam presas de forma conveniente e não atrapalhem o guarda-redes.
  • 6. 1.A bolaAntes de cada Mundial, a FIFA realiza um concurso para escolher a bola oficial da competição. Em 1970 a bola oficial foi a “Telstar”, fabricada pela Adidas. Desde então a empresa é patrocinadora da Copa. As regras oficiais determinam que a bola deve ser:· Esférica; · De couro ou outro material adequado; · Com uma circunferência não superior a 70 cm e não inferior a 68 cm; · Com peso não superior a 450 g e não inferior a 410 g, no começo da partida; · Com pressão equivalente a 0,6 – 1,1 atmosfera (600 – 1100 g/cm2) ao nível do mar. Substituição de uma bola defeituosaSe a bola estoura ou se danifica durante uma partida:- o jogo será interrompido;- o jogo se reiniciará por meio de bola ao chão, executada com uma nova bola no lugar onde a primeira bola se danificou.Se a bola estoura ou se danifica em um momento em que não está em jogo (tiro inicial, tiro e meta, tiro de canto, tiro livre, tiro penal ou arremesso lateral):- A partida se reiniciará conforme as regras- A bola não poderá ser trocada durante a partida sem a autorização o árbitro.
  • 7. 2.JogadoresNúmero de jogadores A partida será jogada por duas equipes formadas por um máximo de 11 jogadores cada uma, dos quais um jogará como Guarda-redes. A partida não se iniciará se uma das equipas tiver menos de sete jogadores.Competições oficiaisPoderão ser utilizados como máximo três (03) substitutos em qualquer partida de uma competição oficial jogada sob os auspícios da FIFA, as Confederações ou das Associações Nacionais.O regulamento da competição deverá estipular quantos substitutos poderão ser designados, desde três (3) até um máximo de sete.Outras competiçõesEm outras competições poderão utilizar-se como máximo cinco (5) substitutos, sempre que:- as equipas em questão cheguem a um acordo sobre o número máximo;- o árbitro tenha sido informado antes do início da partida;- Caso o árbitro não tenha sido informado, ou não se tenha chegado a um acordo antes o início da partida, não se admitirão mais de três (3) substitutos.Todos os jogosEm todas os jogos, os nomes dos substitutos deverão ser entregues ao árbitro antes do início do jogo. Os substitutos que não tenham sido designados desta maneira, não poderão participar no jogo.Procedimentos de substituiçãoPara substituir um jogador por um substituto deverão ser observadas as seguintes condições:- o árbitro deverá ser informado da substituição proposta antes que esta seja efectuada;- o substituto não poderá entrar em campo e em jogo até que o jogador o qual substituirá tenha abandonado o campo de jogo e recebido o sinal do árbitro;- o substituto entrará em campo e jogo unicamente pela linha central e durante uma interrupção do jogo;- uma substituição ficará consumada quando o substituto entra em campo de jogo;- a partir desse momento o substituto converte-se em jogador, e o jogador ao qual substitui deixa de ser jogador;- um jogador que tenha sido substituído não poderá participar mais no jogo;- todos os substitutos estão submetidos à autoridade e jurisdição do árbitro, sejam chamados ou não a participar do jogo;Troca de guarda-redesQualquer dos jogadores poderá trocar e posição com o guarda-redes sempre que:- O árbitro tenha sido previamente informado;- A troca se efectue durante uma interrupção do jogo
  • 8. 3.JuízesO jogo é dirigido por um juíz de campo (árbitro) e por dois juízes de linha.Ao árbitro é exigida imparcialmente nas suas decisões: adverte ou expulsa os jogadores pelas suas faltas. Ao juíz de linha é exigida idêntica atitude; deve assinalar as bolas fora, o fora-de-jogo e auxiliar o árbitro.Os juízes devem ajuizar correctamente as situações e de imediato utilizar os respectivos sinais, como meio de comunicação não só com os jogadores mas também com os espectadores.Assim, o árbitro deve indicar o local da falta com um braço e, com o outro, a direcção em que deve ser sancionada. O juiz de linha deve levantar a bandeirola e indicar o local e o sentido em que deverá ser reposta a bola em jogo.
  • 9. 4.Início ou recomeço do jogoNo início da partida ou quando é marcado um golo, a bola deve ir sempre a meio -campo, e deve ser batida sempre para a frente da linha de meio -campo e sempre com um toque indirecto, ou seja um jogador não pode seguir ou rematar a bola sem que o outro lhe passe. Dentro do grande círculo do meio de campo, quando é dado o "pontapé" de saída, só podem estar dentro desse círculo os jogadores da equipa a quem pertencer a bola.Antes do início do jogo os dois capitães de equipa devem cumprimentar-se e de seguida cumprimentar os juízes. Após isto, o pontapé de saída e o campo são escolhidos com a ajuda de uma moeda lançada ao ar pelo árbitro.
  • 10. 5.Bola fora de jogoA bola está fora de jogo quando:1º -Tiver atravessado inteiramente uma linha lateral ou de fundo, seja por terra ou pelo ar;2º - Quando a partida tiver sido interrompida pelo árbitro.A bola estará em jogo:1º - Se permanecer em campo depois de chocar com as traves, ou as bandeirinhas de canto, o juiz ou os fiscais de linha;2º - Enquanto não se toma uma decisão sobre uma suposta infracção às regras.
  • 11. 6. Faltas Um jogador que cometa intencionalmente uma das nove faltas seguintes será punido com pontapé livre directo, cobrado do local onde ocorreu:-passar rasteira a um adversário-dar ou tentar dar pontapés num adversário-agredir ou empurrar um adversário-Jogar a bola com as mãos-mostrar desacordo com o árbitro seja por gesto ou por palavras.-usar linguagem injuriosa -jogar de forma perigosa, colocando em risco a integridade física dos adversários Se qualquer destas faltas for cometida por uma defensor dentro de sua grande área, será punido com um pontapé de grande penalidade.
  • 12. O jogador responsável por uma das seis faltas seguintes, será punido com um livre indirecto:1. Jogar de forma perigosa (chutar a bola quando esta estiver com o guarda-redes, por exemplo); 2. Investir lealmente - isto é, com o ombro - sobre um adversário, quando a bola não estiver à distância de jogo dos envolvidos e estes não tencionam participar na jogada; 3. Sem tocar na bola, obstruir intencionalmente um adversário, colocando-se como obstáculo entre ele e a bola; 4. Atacar o guarda-redes, a menos que ele detenha a bola, obstrua um adversário ou esteja fora da grande área; 5. Sendo guarda-redes, dar mais de quatro passos com a bola nas mãos, tocá-la antes de outro jogador depois de tê-la colocado em jogo, ou retardar a partida; 6. Sendo guarda-redes, receber a bola atrasada por um companheiro com o pé.
  • 13. Também com um livre indirecto serão punidas as seguintes faltas:1. Infracção constantes às regras de jogo; 2. Reclamação, com palavras ou gestos, a qualquer decisão do árbitro; 3. Conduta incorrecta. Sofrerão expulsão os jogadores que:1. Se mostrarem, segundo a opinião do árbitro, violentos; 2. Usarem de linguagem injuriosa; 3. Persistirem nas infracções após terem sido advertidos; 4. Derrubarem por trás os adversários que estiverem a correr com a bola na direcção da baliza com probabilidade de marcarem golo; 5. Evitarem golos eminentes desviando a bola com a mão.
  • 14. 7. Faltas e conduta desportivaA falta dá-se quando um jogador comete uma das acções listadas anteriormente, entre as quais incluem pontapés sobre o adversário, rasteiras, puxões, empurrões etc., Faltas mais violentas, que de acordo com a regra sejam típicas de uma conduta anti-desportiva, são punidas com um cartão amarelo. Se o jogador receber dois do mesmo numa única partida é expulso dela, sendo-lhe apresentado o cartão vermelho após o segundo amarelo. O cartão vermelho é também usado em casos de faltas extremas, quando expulsa automaticamente o jogador do jogo.Pontapé de grande penalidadeO pontapé de grande penalidade é assinalado quando um jogador da equipa que está a defender comete uma falta sobre o adversário dentro da sua própria grande área.A falta é assinalada na denominada marca de grande penalidade situada a 11 metros da baliza, em que um jogador normalmente procede à sua marcação estando sozinho frente ao guarda-redes.O mesmo não se pode mexer antes de a bola ser rematada e se tal acontecer, a execução da falta deve ser repetida.
  • 15. Fora de jogoO fora de jogo é uma falta assinalada sempre que um jogador da equipa atacante, se encontra numa posição mais avançada do que a linha dos defesas da formação contrária, quando lhe é passada a bola ou a outro colega.  O fora de jogo só pode ser marcado quando uma jogada se está a desenvolver para a frente da linha de meio campo da equipa que está a atacar.Livre DirectoO livre directo é a marcação de uma falta através de um pontapé directo à baliza, normalmente tendo pela frente uma barreira formada pelos jogadores da formação contrária, que deverão estar situados a 9,15m da bola. O pontapé é assinalado quando é cometida uma falta sobre um jogador da equipa atacante, no momento em que o mesmo estava a efectuar uma jogada perigosa, numa zona relativamente perto da baliza
  • 16. Livre IndirectoAo contrário do livre directo, o livre indirecto é marcado através de um passe feito para um colega de equipa e não através de remate directo à baliza.A falta é assinalada quando um jogador da equipa atacante é impedido de continuar uma jogada atacante com algum perigo. CantoO canto é a marcação de um pontapé a partir do ângulo da linha de canto. A bola pode ser pontapeada para a grande área ou pode ser passada para um colega de equipa que esteja em qualquer local do campo. A marcação do canto acontece quando a bola sai do campo pelas linhas de fundo do lado da equipa que está a defender por acção de um jogador da mesma formação. O jogador que cobrar o canto só poderá tocar novamente na bola depois que outro o fizer. A infracção a esta regra será punida com livre indirecto favorável à equipa contrária, cobrado do local onde se cometeu a irregularidade.
  • 17. Lançamento LateralQuando a bola sai fora das linhas laterais do campo por interposição de um atleta de uma das equipas, a formação contrária tem o direito de reintroduzir a bola no jogo a seu favor. O lançamento é feito com as mãos, sendo que o futebolista deverá ter o corpo inclinado para a frente e com os pés da parte de fora da linha lateral do campo.
  • 18. 8.Pontapé de balizaAtribuição:Um pontapé de baliza é atribuído à equipa defensiva quando a bola sai completamente do campo pela linha de fundo (tanto no solo como no ar) sem que um golo tenha sido marcado, tendo sido tocada por último por um jogador atacante.Procedimento:A bola é inicialmente colocada em qualquer sítio dentro da área de golo (grande área) defensiva. Todos os jogadores adversários têm que se encontrar fora da grande área até que a bola esteja em jogo.Na situação de pontapé de baliza, considera-se que a bola está em jogo no momento em que é pontapeada e sai da grande área.Um golo pode ser marcado directamente a partir de um pontapé de baliza, mas apenas contra o lado do adversário .Além disso, um jogador não pode ser penalizado por fora-de-jogo directamente através de um pontapé de baliza.
  • 19. Infracções:Os jogadores adversários têm que se encontrar fora da grande área, como descrito acima. Se isso não acontecer, os infractores podem ser punidos com uma caução (cartão amarelo). Além disso, se um jogador adversário entrar na grande área antes que a bola esteja em jogo, o pontapé de baliza será repetido.Se um jogador da mesma equipa que aquele que pontapeia a bola (que não este) tocar na bola depois de ser pontapeada mas antes de estar em jogo, o pontapé de baliza será repetido. No entanto, é uma ofensa se o "pontapeador" tocar na bola uma segunda vez quando a bola já estiver em jogo, até que tenha sido tocada por outro jogador; esta situação é punível por um pontapé livre indirecto contra a equipa defensiva, a partir do local onde a ofensa ocorreu, a menos que o segundo toque constitua uma ofensa mais grave, e nesse caso é punível por um pontapé livre directo ou por um pontapé de grande penalidade, o que dos dois for mais apropriado.
  • 20. conclusãoEntre os vários desportos, o futebol é aquele que mais tem contribuído para projectar internacionalmente a imagem do país.O futebol é o desporto nacional que tem um papel importante como instrumento educacional, pois gera oportunidades e prepara as novas gerações para o futebol. Além de colocar as crianças de todas as classes sociais lado a lado, ensina valores como cooperação e respeito e diminui as diferenças culturais.