SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
Nós propomos!
Cidadania, Sustentabilidade e Inovação
na Educação Geográfica
2014/2015
“Espaços verdes, dinamização
e preservação“
Ana Alves, Ana Mendes, Diogo Matias, João
Costa, Matheus Duarte, Tatiana Vaz (Alunos),
Ilda Bicacro (Professora)
Sumário
Fundamentação do tema
Questões de investigação
Metodologia
Resultados
Nós propomos
Área em estudo
Fundamentação do Tema
Sertã – Pinhal Interior Sul
Problema do despovoamento e da
desertificação
O turismo é uma forma de atrair
visitantes e dinamizar estas regiões. Os
espaços verdes são como que um
cartão-de-visita e muitos deles
encontram-se em estado degradado ou
mal cuidados.
É preciso
preservá-los e
dinamizá-los!
Área em estudo
A área de estudo deste projeto vai englobar os três principais espaços
verdes do centro da vila da Sertã:
Quais os espaços
degradados na
vila da Sertã que
podem ser
melhorados?
Como dinamizar
os espaços da
Carvalha e
Serrada, de
modo a incluí-
los no quotidiano
da população?
Qual a
importância
turística e o
impacto
visual desses
espaços?
Questões de Investigação
Metodologia
Elaboração de inquéritos à população
Pesquisa no Google Maps
Trabalho de campo no espaço da Carvalha
e Serrada
Uso do jogo “Minecraft” para a produção
de uma maquete
Reportagens fotográficas
Pesquisa bibliográfica e webgráfica
Utilização de programas de edição de
vídeo
Resultados
Sim
63%
Não
37%
Usa, habitualmente, o
espaço da Carvalha?
Sim
87%
Não
13%
Concorda com as alterações
feitas no espaço de lazer da
Carvalha e Serrada?
Cerca de 63% das
pessoas que
responderam ao
inquérito, ou seja, a
maioria, desfruta do
espaço da Carvalha
habitualmente.
Grande parte das pessoas
concordam com as alterações
feitas no espaço de lazer da
Carvalha e Serrada. No
entanto, podemos verificar
que uma minoria, cerca de
13%, não partilha a mesma
opinião.
A elaboração de inquéritos a uma amostra de população, permitiu-nos saber
informações mais precisas sobre a proposta a apresentar.
Resultados
Os espaços verdes da Carvalha e da
Serrada são espaços usados
preferencialmente para “Conviver
com amigos” e para “Descansar”.
A dinamização do espaço com
atividades culturais é a opção
preferencial dos inquiridos.
Contudo, a construção de um
laboratório de interpretação é
também bastante favorita.
Manutenção
do espaço
Criação de
um Clube
Náutico
Criação de
um parque
de
campismo
Nós Propomos…
Nós Propomos…
1º Criação de um Clube Náutico
Seriam necessárias algumas obras na zona:
• Manutenção e corte de erva;
• Demolição de uma pequena parte de terra;
• Criação de um cais, que impedisse a transposição
das águas.
Propomos a criação de um clube que
desenvolva atividades ao ar livre, como
canoagem, percursos de orientação pela vila
da Sertã e alguns desportos radicais.
2º Criação de um parque de campismo
Seriam necessárias algumas obras na zona:
• Reabilitação da zona de churrasco;
• Aumento da zona de piquenique.
Nós Propomos…
Sugerimos, também, a criação de um parque de
campismo, que servirá para que se possa acampar
em tempos de férias, proporcionando, assim,
férias diferentes e com mais contacto com a
natureza, oferecendo, ainda, ocupação dos tempos
livres.
Nós Propomos…
Seriam necessárias algumas obras na zona:
• Arranjo do espaço;
• Restauração dos objetos e estátuas danificados por
atos de vandalismo.
3º Manutenção da Serrada
Propomos a manutenção da Serrada,
principalmente na restauração dos objetos e
estátuas inquiridos neste espaço, pois estes fazem
parte da história e características da vila, dando-lhe
uma identidade.
ESS_10C_Espacos_Verdes.kmz
http://www.cm-serta.pt/
http://sertaprincesadabeira.blogspot.pt/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Urbanismo
http://www.arcgis.com/
SIG – Google Earth
Google maps
Fontes

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Propostas para dinamizar espaços verdes na vila da Sertã

"Turistificar a paisagem de Celinda"
"Turistificar a paisagem de Celinda""Turistificar a paisagem de Celinda"
"Turistificar a paisagem de Celinda"Ilda Bicacro
 
"Turistificar a paisagem de Celinda"
"Turistificar a paisagem de Celinda""Turistificar a paisagem de Celinda"
"Turistificar a paisagem de Celinda"Ilda Bicacro
 
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015Ilda Bicacro
 
Relatorio do workshop elefantes no algarve 2012 vitor silva
Relatorio do workshop elefantes no algarve  2012     vitor silvaRelatorio do workshop elefantes no algarve  2012     vitor silva
Relatorio do workshop elefantes no algarve 2012 vitor silvaVitor Silva
 
Projeto e.a. ano 16 pna
Projeto e.a. ano 16 pnaProjeto e.a. ano 16 pna
Projeto e.a. ano 16 pnaLicinio Borges
 
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdfAES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdfIlda Bicacro
 
Es serta poster_tuktuk
Es serta poster_tuktukEs serta poster_tuktuk
Es serta poster_tuktukIlda Bicacro
 
Estudo de caso Projectos em Almada financiados pela U.E - Madalena Daniel e...
Estudo de caso   Projectos em Almada financiados pela U.E - Madalena Daniel e...Estudo de caso   Projectos em Almada financiados pela U.E - Madalena Daniel e...
Estudo de caso Projectos em Almada financiados pela U.E - Madalena Daniel e...MadalenaRui
 
Programa Eleitoral Síntese
Programa Eleitoral Síntese Programa Eleitoral Síntese
Programa Eleitoral Síntese Mário Ceia
 
Es serta pego_duasmargenspordescobrir
Es serta pego_duasmargenspordescobrirEs serta pego_duasmargenspordescobrir
Es serta pego_duasmargenspordescobrirIlda Bicacro
 
O centro de portugal nas nossas maos
O centro de portugal nas nossas maosO centro de portugal nas nossas maos
O centro de portugal nas nossas maosIlda Bicacro
 
Turismo de aventura especial mtur
Turismo de aventura especial mturTurismo de aventura especial mtur
Turismo de aventura especial mturScott Rains
 
Turismodeaventuraespecial mtur-110722150905-phpapp02
Turismodeaventuraespecial mtur-110722150905-phpapp02Turismodeaventuraespecial mtur-110722150905-phpapp02
Turismodeaventuraespecial mtur-110722150905-phpapp02João P Barbosa
 
Turismo de Aventura Especial -Socorro, Brazil - MTUR
Turismo de Aventura Especial -Socorro, Brazil - MTURTurismo de Aventura Especial -Socorro, Brazil - MTUR
Turismo de Aventura Especial -Socorro, Brazil - MTURScott Rains
 
ApresentaçãO2
ApresentaçãO2ApresentaçãO2
ApresentaçãO2cca
 
Apresentação CCDR-C - Joaquim Felício
Apresentação CCDR-C - Joaquim FelícioApresentação CCDR-C - Joaquim Felício
Apresentação CCDR-C - Joaquim Felíciopedrogfhferreira
 

Semelhante a Propostas para dinamizar espaços verdes na vila da Sertã (20)

"Turistificar a paisagem de Celinda"
"Turistificar a paisagem de Celinda""Turistificar a paisagem de Celinda"
"Turistificar a paisagem de Celinda"
 
"Turistificar a paisagem de Celinda"
"Turistificar a paisagem de Celinda""Turistificar a paisagem de Celinda"
"Turistificar a paisagem de Celinda"
 
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
Ess 11 d_espaco_museologico_apresentacao seminario nacional 4 de maio 2015
 
Um seculo de arte
Um seculo de arteUm seculo de arte
Um seculo de arte
 
Relatorio do workshop elefantes no algarve 2012 vitor silva
Relatorio do workshop elefantes no algarve  2012     vitor silvaRelatorio do workshop elefantes no algarve  2012     vitor silva
Relatorio do workshop elefantes no algarve 2012 vitor silva
 
Projeto e.a. ano 16 pna
Projeto e.a. ano 16 pnaProjeto e.a. ano 16 pna
Projeto e.a. ano 16 pna
 
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdfAES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
 
Es serta poster_tuktuk
Es serta poster_tuktukEs serta poster_tuktuk
Es serta poster_tuktuk
 
Estudo de caso Projectos em Almada financiados pela U.E - Madalena Daniel e...
Estudo de caso   Projectos em Almada financiados pela U.E - Madalena Daniel e...Estudo de caso   Projectos em Almada financiados pela U.E - Madalena Daniel e...
Estudo de caso Projectos em Almada financiados pela U.E - Madalena Daniel e...
 
"Multiatividades"
"Multiatividades""Multiatividades"
"Multiatividades"
 
"Multiatividades"
"Multiatividades""Multiatividades"
"Multiatividades"
 
Programa Eleitoral Síntese
Programa Eleitoral Síntese Programa Eleitoral Síntese
Programa Eleitoral Síntese
 
Es serta pego_duasmargenspordescobrir
Es serta pego_duasmargenspordescobrirEs serta pego_duasmargenspordescobrir
Es serta pego_duasmargenspordescobrir
 
O centro de portugal nas nossas maos
O centro de portugal nas nossas maosO centro de portugal nas nossas maos
O centro de portugal nas nossas maos
 
Turismo de aventura especial mtur
Turismo de aventura especial mturTurismo de aventura especial mtur
Turismo de aventura especial mtur
 
Turismodeaventuraespecial mtur-110722150905-phpapp02
Turismodeaventuraespecial mtur-110722150905-phpapp02Turismodeaventuraespecial mtur-110722150905-phpapp02
Turismodeaventuraespecial mtur-110722150905-phpapp02
 
Turismo de Aventura Especial -Socorro, Brazil - MTUR
Turismo de Aventura Especial -Socorro, Brazil - MTURTurismo de Aventura Especial -Socorro, Brazil - MTUR
Turismo de Aventura Especial -Socorro, Brazil - MTUR
 
ApresentaçãO2
ApresentaçãO2ApresentaçãO2
ApresentaçãO2
 
Apresentação CCDR-C - Joaquim Felício
Apresentação CCDR-C - Joaquim FelícioApresentação CCDR-C - Joaquim Felício
Apresentação CCDR-C - Joaquim Felício
 
8 c maioledição
8 c maioledição8 c maioledição
8 c maioledição
 

Mais de Ilda Bicacro

unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfunicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfIlda Bicacro
 
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfA nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfIlda Bicacro
 
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...Ilda Bicacro
 
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxEB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxIlda Bicacro
 
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfProjeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfIlda Bicacro
 
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxInterculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxIlda Bicacro
 
Direitos das crianças
Direitos das criançasDireitos das crianças
Direitos das criançasIlda Bicacro
 
ESS_Trocas e Baldrocas.pdf
ESS_Trocas e Baldrocas.pdfESS_Trocas e Baldrocas.pdf
ESS_Trocas e Baldrocas.pdfIlda Bicacro
 
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdfCernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdfIlda Bicacro
 
Respeita a diferenca.pdf
Respeita a diferenca.pdfRespeita a diferenca.pdf
Respeita a diferenca.pdfIlda Bicacro
 
ESS_EspacosExterioresESS.pdf
ESS_EspacosExterioresESS.pdfESS_EspacosExterioresESS.pdf
ESS_EspacosExterioresESS.pdfIlda Bicacro
 
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptxESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptxIlda Bicacro
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxIlda Bicacro
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxIlda Bicacro
 
ESS_Org Transito Serta.pptx
ESS_Org Transito Serta.pptxESS_Org Transito Serta.pptx
ESS_Org Transito Serta.pptxIlda Bicacro
 
ESS_Campismo Caravanismo.pptx
ESS_Campismo Caravanismo.pptxESS_Campismo Caravanismo.pptx
ESS_Campismo Caravanismo.pptxIlda Bicacro
 
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdfAES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdfIlda Bicacro
 
ESS_Mudar De...A Vida.pdf
ESS_Mudar De...A Vida.pdfESS_Mudar De...A Vida.pdf
ESS_Mudar De...A Vida.pdfIlda Bicacro
 
ESS_Viveiro de plantas autoctones.pdf
ESS_Viveiro de plantas autoctones.pdfESS_Viveiro de plantas autoctones.pdf
ESS_Viveiro de plantas autoctones.pdfIlda Bicacro
 

Mais de Ilda Bicacro (20)

unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfunicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
 
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfA nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
 
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
 
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxEB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
 
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfProjeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
 
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxInterculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
 
Direitos das crianças
Direitos das criançasDireitos das crianças
Direitos das crianças
 
ESS_Trocas e Baldrocas.pdf
ESS_Trocas e Baldrocas.pdfESS_Trocas e Baldrocas.pdf
ESS_Trocas e Baldrocas.pdf
 
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdfCernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
 
Respeita a diferenca.pdf
Respeita a diferenca.pdfRespeita a diferenca.pdf
Respeita a diferenca.pdf
 
Pos Sec Serta.pdf
Pos Sec Serta.pdfPos Sec Serta.pdf
Pos Sec Serta.pdf
 
ESS_EspacosExterioresESS.pdf
ESS_EspacosExterioresESS.pdfESS_EspacosExterioresESS.pdf
ESS_EspacosExterioresESS.pdf
 
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptxESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptx
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptx
 
ESS_Org Transito Serta.pptx
ESS_Org Transito Serta.pptxESS_Org Transito Serta.pptx
ESS_Org Transito Serta.pptx
 
ESS_Campismo Caravanismo.pptx
ESS_Campismo Caravanismo.pptxESS_Campismo Caravanismo.pptx
ESS_Campismo Caravanismo.pptx
 
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdfAES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
 
ESS_Mudar De...A Vida.pdf
ESS_Mudar De...A Vida.pdfESS_Mudar De...A Vida.pdf
ESS_Mudar De...A Vida.pdf
 
ESS_Viveiro de plantas autoctones.pdf
ESS_Viveiro de plantas autoctones.pdfESS_Viveiro de plantas autoctones.pdf
ESS_Viveiro de plantas autoctones.pdf
 

Último

Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSdjgsantos1981
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 

Propostas para dinamizar espaços verdes na vila da Sertã

  • 1. Nós propomos! Cidadania, Sustentabilidade e Inovação na Educação Geográfica 2014/2015 “Espaços verdes, dinamização e preservação“ Ana Alves, Ana Mendes, Diogo Matias, João Costa, Matheus Duarte, Tatiana Vaz (Alunos), Ilda Bicacro (Professora)
  • 2. Sumário Fundamentação do tema Questões de investigação Metodologia Resultados Nós propomos Área em estudo
  • 3. Fundamentação do Tema Sertã – Pinhal Interior Sul Problema do despovoamento e da desertificação O turismo é uma forma de atrair visitantes e dinamizar estas regiões. Os espaços verdes são como que um cartão-de-visita e muitos deles encontram-se em estado degradado ou mal cuidados. É preciso preservá-los e dinamizá-los!
  • 4. Área em estudo A área de estudo deste projeto vai englobar os três principais espaços verdes do centro da vila da Sertã:
  • 5. Quais os espaços degradados na vila da Sertã que podem ser melhorados? Como dinamizar os espaços da Carvalha e Serrada, de modo a incluí- los no quotidiano da população? Qual a importância turística e o impacto visual desses espaços? Questões de Investigação
  • 6. Metodologia Elaboração de inquéritos à população Pesquisa no Google Maps Trabalho de campo no espaço da Carvalha e Serrada Uso do jogo “Minecraft” para a produção de uma maquete Reportagens fotográficas Pesquisa bibliográfica e webgráfica Utilização de programas de edição de vídeo
  • 7. Resultados Sim 63% Não 37% Usa, habitualmente, o espaço da Carvalha? Sim 87% Não 13% Concorda com as alterações feitas no espaço de lazer da Carvalha e Serrada? Cerca de 63% das pessoas que responderam ao inquérito, ou seja, a maioria, desfruta do espaço da Carvalha habitualmente. Grande parte das pessoas concordam com as alterações feitas no espaço de lazer da Carvalha e Serrada. No entanto, podemos verificar que uma minoria, cerca de 13%, não partilha a mesma opinião. A elaboração de inquéritos a uma amostra de população, permitiu-nos saber informações mais precisas sobre a proposta a apresentar.
  • 8. Resultados Os espaços verdes da Carvalha e da Serrada são espaços usados preferencialmente para “Conviver com amigos” e para “Descansar”. A dinamização do espaço com atividades culturais é a opção preferencial dos inquiridos. Contudo, a construção de um laboratório de interpretação é também bastante favorita.
  • 9. Manutenção do espaço Criação de um Clube Náutico Criação de um parque de campismo Nós Propomos…
  • 10. Nós Propomos… 1º Criação de um Clube Náutico Seriam necessárias algumas obras na zona: • Manutenção e corte de erva; • Demolição de uma pequena parte de terra; • Criação de um cais, que impedisse a transposição das águas. Propomos a criação de um clube que desenvolva atividades ao ar livre, como canoagem, percursos de orientação pela vila da Sertã e alguns desportos radicais.
  • 11. 2º Criação de um parque de campismo Seriam necessárias algumas obras na zona: • Reabilitação da zona de churrasco; • Aumento da zona de piquenique. Nós Propomos… Sugerimos, também, a criação de um parque de campismo, que servirá para que se possa acampar em tempos de férias, proporcionando, assim, férias diferentes e com mais contacto com a natureza, oferecendo, ainda, ocupação dos tempos livres.
  • 12. Nós Propomos… Seriam necessárias algumas obras na zona: • Arranjo do espaço; • Restauração dos objetos e estátuas danificados por atos de vandalismo. 3º Manutenção da Serrada Propomos a manutenção da Serrada, principalmente na restauração dos objetos e estátuas inquiridos neste espaço, pois estes fazem parte da história e características da vila, dando-lhe uma identidade. ESS_10C_Espacos_Verdes.kmz