SlideShare uma empresa Scribd logo
1
2
ESCRAVO
DAS
EMOÇÕES
RESTAURA CLINICA
Ari Gomes
Todos os direitos reservados dessa edição
17 99 103 1769
3
SUMÁRIO
PRIMEIRA PARTE
Prefácio...................................................................06
Motivação; Formula da felicidade...............................08
A base do sucesso (Disciplina)....................................12
Pensamento (origens de todo mal) ...............................15
Medo de falar em público (timidez e fobia) .................20
Crítica, e auto crítica.................................................31
Mitos e verdades sobre a Regressão.............................35
Somente os Cristãos serão salvos?...............................49
Como adquirimos as doenças..................................... .63
Fatores para uma boa saúde........................................66
O poder do auto cura..................................................68
O milagre existe, e está dentro de nós..........................73
Você acredita na Oração?............................................75
Interpretando a Misericórdia de Deus...........................77
Entenda os pesadelos.................................................81
Existem curas em todas as religiões?........................... 89
Como as doenças chegam até nós?...............................94
A cura psíquica dos traumas........................................97
Por que ficamos doentes?..........................................103
Você é livre nas suas decisões...................................106
Como pagaremos nossos pecados?..............................113
Maldições hereditárias (Entenda)...............................114
Castigos (Deus ou do Universo) ................................121
As Bitolações nas Igrejas..........................................124
Os milagres nas religiões..........................................128
Livre arbítrio nas nossas decisões..............................132
Lavagem cerebral nas religiões..................................134
A Depressão é uma doença?.......................................138
Os laboratórios (remédios e dependência) ..................141
Como se livrar da Depressão?....................................143
Como a Depressão chega até nós?..............................148
Genética Hereditária (Traumas).................................155
4
Como superar nossos medos?....................................160
Porque nunca alcançamos o sucesso?..........................167
Porque temos que sofrer?..........................................169
Podemos evitar pensamentos negativos?.....................172
Deus interfere em nossas decisões?............................175
A Igreja pode nos salvar?..........................................184
Primeiro acesso as drogas de um jovem......................192
SEGUNDA PARTE
Aprenda a hipnotizar em três minutos........................203
Hipnose na prática...................................................206
Técnica (Hipnose em três minutos) ...........................208
Hipnose instantânea (impacto)..................................212
Diferenças (hipnose e Regressão) .............................212
Não existe uma única técnica na Hipnose....................223
Pessoas sensíveis na Hipnose....................................225
Função da Regressão nas terapias..............................228
Como adquirimos os traumas?...................................233
O transe nas religiões...............................................235
Letargia (grande aliada do Hipnólogo) ......................243
Existem três tipos de transes.....................................248
Conhecendo as pessoas Hipnotizáveis........................250
Qual melhor método para hipnotizar?................. ........251
Técnica de Hipnose a distância......................... .........255
Onde são registrados os traumas?.................... ...........257
A fenomenologia do transe hipnótico.........................262
Homem enterrado vivo (fascinante essa pesquisa) .......272
Efeitos (Ilusão e Alucinação) ...................................277
Programação da mente..................................... .........285
Desvio de intenção intencional..................................289
5
PARTE 01
CONCEITO GERAL
6
PREFÁCIO
Esse Ebook que apresento, deverá ser lido
desde o início, sendo que não será possível entende -
lo se for por partes.
O material que apresento neste livro, é produto
de muitas pesquisas e trabalho. Se você acha que a
única verdade que existe é a que você conhece,
engano seu, nunca podemos esquecer, que nem tudo
que aprendemos é exatamente a verdade.
Minhas pesquisas não abrangeram somente o
limite de um consultório, mas excederam numa
procura incessante e persistente para chegar a t antas
conclusões da realidade humana.
Se você for uma pessoa aberta a novas
informações, é a pessoa indicada para ler esse livr o.
Se for extremamente o contrário, fanática, ou
completamente fechada as suas ideias de
aprendizado, e não costuma assimilar outras
verdades, eu te convido a não ler esse livro, pois
poderá confrontar sua personalidade.
Não tire suas conclusões antes de ter acesso
ao conteúdo desse livro, e procure considerar as
verdades que durante toda a vida humana foram
escondidas de nós. Pesquisa essa, que foi
7
extremamente importante no meu trabalho
profissional, somada as experiências e desafios que
enfrentei para chegar a um consenso verdadeiro e
conciso.
Com certeza, essa obra irá te encaminhar por
novos caminhos ainda desconhecido, e que nunca
ousou buscar, pelo motivo de ter ignorado a realidade
motivado muitas vezes pela falta de atitude, dando
somente méritos ao que cabe no seu conhecimento
único e restrito, se esquecendo das infinitas
possibilidades que o universo pode te oferecer.
Não pensem que sou dono da verdade, mas a
questão que as minhas pesquisas, confirmaram que
as maiores verdades sempre foram escondidas pelos
homens, camufladas através das seitas, religiões e
lideranças que sempre buscaram a se beneficiar da
fraqueza das pessoas mais simples e humildes,
forçando a obedecer de acordo com suas próprias
leis. Nunca pense pequeno, mas grande, que as
possibilidades irão te surpreender.
Vamos deixar de lado nossas demagogias e
simplesmente sair dessa zona de conforto, que
sempre nos obrigou através do tempo, a seguir regras
e tabus, e que nos obrigam a cumprir teses humanas
8
e não divinas, nos deixando cegos, nos impedindo de
conhecermos a verdade.
Nunca poderemos esquecer uma palavra da
Bíblia; A Verdade Vos Libertará, João 8:32. Então,
abra esse Ebook e se prepare para uma viagem de
novos conhecimentos, todos baseados em pesquisas,
e não de teses de interesses de pessoas que sempre
se aproveitaram descaradamente da ingenuidade da
maioria.
MOTIVAÇÃO:FORMULADA DA FELICIDADE
Para iniciar, vamos nos motivar com uma
viagem positiva e única. Eu sempre acreditei, que
sentir feliz e realizado, é uma das dádivas mais lindas
que conheço, já que o universo nos presenteou e é
nosso direito de tê-la em nossa vida, mas nunca
esqueça, temos que conquistá-la, para usufruirmos
desse direito.
Existe um preço alto para adquiri-la, e somente
virá em nossa direção, se não tivermos medo dos
inúmeros obstáculos que tentarão nos desviar dessa
realidade maravilhosa.
A maioria das pessoas que vem a procura
dessa tal felicidade em meu consultório , perguntam
9
incessantemente; onde está realmente a formula da
felicidade?
A questão, é muito simples; a felicidade tem
como direção a nossa própria vida, depende
exclusivamente aceitarmos em sermos um vencedor,
e buscarmos uma realidade mais profunda de novos
conhecimentos.
Somente enxergaremos essa gama de
possibilidades se estivermos livres do orgulho, inveja,
avareza, ira, luxúria, gula e a, preguiça.
Não podemos ter medo dos desafios que
surgirão durante a caminhada pela vida, porque
querer é poder. Se observarmos o estilo de vida da
maioria das pessoas, presenciamos muita correria
sem sentido, vida cheia de preocupações, somado a
uma prisão mental.
Mas uma coisa é certa, quando as pessoas
descobrem a beleza que carregam na alma, logo se
dão conta das infinitas possibilidades de
transformação que poderão realizar em suas vidas. Ao
olharem para dentro de si, irão descobrir o verdadeiro
milagre que existe dentro de si próprio.
Após essa descoberta maravilhosa, deixam de
viver as insatisfações que atormentam sua alma, e
imediatamente assumem sua grandeza abrindo as
10
portas da felicidade onde as possibilidades será todo
o universo.
O mais importante de tudo, é poder ter a
sensação de que viver vale a pena, viver a plenitude
da experiência de brincar com uma criança, saborear
uma fruta diretamente no pomar, apreciar o contato
dos pés descalços na terra, ou com areia da praia.
Ser feliz, é se permitir perceber o vento batendo
no rosto, ou a água da chuva escorrendo pelo nosso
corpo, sentir a alegria de um trabalhador em plena
saúde para cumprir o dia a dia o seu trabalho, sem a
presença de doenças.
O verdadeiro sucesso é satisfazer sua ânsia de
felicidade, e isso só conseguiremos quando se
relacionamos com sinceridade com as pessoas que
amamos, quando somos amigos dos nossos filhos e
principalmente quando conseguimos ser amigo de si
próprio.
Isso implica compreender seus erros, ser seu
cúmplice para enfrentar os desafios, motivar-se para
superar novos obstáculos e principalmente desfrutar
ao máximo a sensação de ter felicidade sem culpa ou
medo. Ser feliz, é o mais compensador de todos os
sucessos, saber apreciar a alegria e a dor, constitui a
base da felicidade.
11
Você nunca poderá ser feliz somente quando
tem prazer, pois perdera o maior aprendizado da
existência. Devemos descobrir um jeito de ser feliz na
experiência dolorida, pois ela carrega a oportunidade
de desenvolvimento.
A felicidade é um jeito de viver, uma conduta,
uma maneira de estar agradecida ao sol, a lua, a
quem lhe estende a mão, e também quem o abandona,
pois certamente nesse abandono estará a
possibilidade de você redescobrir a força que existe
em seu interior.
A diferença entre o sábio e o Ignorante, é que
o primeiro sabe aproveitar suas dificuldades para
evoluir, enquanto o segundo se sente vítima de seus
problemas.
Se a pessoa passar a vida toda evitando
sofrimentos, também acabara afastando o prazer que
a vida oferece. Existem milhares de tesouros
guardados em lugares onde precisamos ir para
descobrir.
Aventurar naquilo que achamos impossível, me
dará possibilidades incríveis, para acharmos esses
tesouros guardados. O importante é irmos ao
encontro deles ainda que isso exija uma boa dose de
coragem e desprendimento. Todos nós carregamos
12
momentos de loucura, já que passamos a vida inteira
procurando esconder. Vamos a partir de agora ao
encontro da verdadeira realidade da vida.
A BASE DO SUCESSO; A DISCIPLINA
Viver sempre certinho, é como querer respirar
dentro da água do mar, ou tentar voar sem asas .
Permita-se fazer suas loucuras todos os dias, faça
parte de uma aventura com seu amigo, família,
aconteça, deixe de lado seus preconceitos.
A infelicidade é uma forma de olhar o mundo
pelo lado contrário, em vez de você tirar proveito do
momento atual, lamenta-se do que poderia ter
acontecido. Nascemos com um potencial infinito de
realizações, porém à medida que vamos sendo
educados durante a infância e a adolescência,
perdemos a rota original de nossa própria existência.
Deixamos muitas vezes de fazer aquilo que nos
realiza, e passamos a agir em função dos outros,
nosso objetivo de vida nos é imposto pela sociedade,
e passamos a condicionar nosso sucesso ao aplauso
das pessoas que nos cercam, mas nunca seremos
felizes, sempre valorizamos mais a opinião dos outros
do que nossos próprios sentimentos.
13
Portanto para ser feliz apenas viva para
surpreender a si próprio, e não aos outros. Você deve
aprender a estar com você, isso significa estar
sempre atento ao que passa dentro de si próprio.
Quando uma coisa dá errado para um pessimista, ele
logo se culpa, ainda que o erro não tenha sido dela.
O otimista é o contrário, age com tranquilidade
e pensa sem demagogias que todo mundo tem seu dia
de azar. Sucesso é consequência de esforços,
dedicação e planejamento. É sonhar, e acreditar que
um dia ele irá acontecer em sua vida. Os milagres
existem, mas são construídos. As mágicas são
simplesmente ilusões. Não existem magias na
escalada do sucesso.
A base do sucesso é o trabalho de bastidores,
a luta não é decidida com guerra, mas na sua maneira
de ir ao combate. Acredite sempre, aconteça o que
acontecer, lute pelos seus sonhos incessantemente.
Então meu caro leitor, para realizar seus
sonhos e adquirir a felicidade, você precisara dos
quatro aliados, dedicação, determinação, disciplina e
desprendimento.
A determinação é aquela força interior capaz
de levar alguém a afirmar com convicção, este é o
meu sonho, não morro sem realizá-lo.
14
Dedicação é a capacidade de se entregar a
realização de um objetivo, A disciplina na verdade
está associada a palavra discípulo, é aquela que nos
da capacidade de aprender como um mestre, segundo
seu método.
Se você quiser extrair água de um poço nunca
poderá furar um buraco a cada dia, deverá persistir
em um. Devera perfurar um único poço até atingir uma
profundidade certa, onde estará a água potável, e
límpida.
O desprendimento é a capacidade de
abandonar o que não está funcionando para aprende r
o novo, é desapegar-se de certa forma de algo que
não está acrescentando nada em sua vida. A nossa
zona de conforto sempre será o maior obstáculo para
chegarmos à felicidade.
Sabemos que a partir do momento que
buscarmos o simples, seremos recompensados.
Solte sua imaginação e vá buscar seus
sonhos. Nunca fique preso no amanhã, pois ele
dificultara o hoje. Não se arrependa pelos erros que
fez ontem, pois hoje será diferente do que foi ontem.
O melhor momento para ser feliz, tem que ser agora.
Viva pra ser feliz, nada mais.
15
PENSAMENTO (ORIGENS DE TODO MAL)
Você já se perguntou quantos pensamentos
contraditórios você tem em um dia? Quantas vezes
seus pensamentos contradizem suas ações?
Quantas vezes seus sentimentos se opõem aos seus
princípios e crenças?
Na maioria das vezes, não vemos nossas
próprias contradições, muitas vezes é mais fácil
observar tais inconsistências nos outros. Mas você
está tão cheio de contradições quanto eu. Nós
humanos somos estruturalmente feitos de
contradições, vivendo pacificamente, às vezes
dolorosamente, com nossos desencontros.
Nosso fluxo de consciência é uma mistura de
dores, gostos, imagens, ruídos, conversas, e talvez,
mais notavelmente, as reflexões fragmentadas de
uma voz interior, comentando, descrevendo,
avaliando e planejando aspectos de nossas vidas.
Ao longo da maior parte da história humana, parecia
uma verdade óbvia, e talvez até necessária, que
nossos pensamentos devem fazer parte da
consciência consciente, e que a mente é,
inerentemente, um reino ao qual temos acesso
introspectivo imediato. Na verdade, meus
16
pensamentos parecem diretamente conhecidos só
para mim.
É o meu fluxo de consciência através do qual
eles estão fluindo, afinal, porém, um quadro muito
diferente passou a dominar a forma como pensamos
sobre nossas mentes, tanto na vida cotidiana quanto
no intelecto pessoal da pessoa, e esse quadro
tornou-se amplamente influente, e de fato
dominante, mesmo fora dos círculos acadêmicos
relativamente limitados são levadas a sério.
De acordo com esta imagem, nosso fluxo de
consciência é apenas uma superfície brilhante de
pensamento. A qualquer momento, um pensamento
particular, e talvez um sozinho, pode invadir meu
fluxo de consciência.
No entanto, abaixo está um profundo, e talvez
turbulento, reservatório de pensamentos de todos os
tipos, nos quais estão as correntes profundas e
talvez até mesmo monstros escondidos que
governam a mente. De fato, deste ponto de vista,
nossas mentes não são apenas um fluxo de
experiência imediata, mas um enorme repositório de
profundezas ocultas; crenças, atitudes, motivos,
suspeitas, esperanças, medos e muito mais. Assim
como posso perceber o mundo através dos meus
17
sentidos, parece natural pensar que podemos
perceber este mundo interior, por assim dizer,
voltando nossa atenção para dentro aplicando uma
suposta faculdade de introspecção para examinar o
conteúdo de nossas mentes.
De fato, deveríamos ser um pouco céticos sobre
nossa introspecção, porque nossas profundezas
mentais são obscuras e talvez até ativamente
distorcidas (alguns pensamentos podem ser
reprimidos, por exemplo.
Portanto, podemos precisar de técnicas
especiais, que vão desde hipnose até associações
de palavras até análise de sonhos a experimentos
comportamentais, escaneamento cerebral para fixar
com mais certeza o que estamos realmente
pensando abaixo do nível de experiência consciente.
Podemos ir mais longe e nos perguntar se os
dilemas e conflitos que podem atormentar nossa
experiência consciente podem ter sua origem em
confrontos profundos no mundo inconsciente do
pensamento. Talvez nossas mentes possam até
estar organizadas em múltiplos agentes internos por
exemplo, o ego, id e superego; ou intuitivos versus
reflexivos; ou alguma outra divisão e estes podem
18
lutar pelo controle. O que há de errado com essa
história?
Na minha opinião, quase tudo! E explorar por
que essa história é tão convincente, mas tão
enganosa, será um dos tópicos em que me
concentrarei neste Ebook. Acho que evidências da
psicologia e da neurociência contradizem essas
visões em quase todas as partes.
Entre as reivindicações que eu gostaria de
defender estão: A própria ideia de introspecção em
nossas profundezas mentais é uma farsa,
perpetrada sobre nós por nossos próprios cérebros.
Somos improvisadores tão fluentes e
convincentes que podemos inventar uma resposta
para quase qualquer pergunta sobre nossas
crenças, desejos, motivos ou memórias, quase tão
logo o tenhamos perguntado.
No entanto, nossas respostas não são mais do
que invenções, criadas justamente quando a
pergunta é feita e nem um momento antes. Quando
explicamos nossas palavras e ações, estamos
racionalizando; as explicações, crenças, desejos,
esperanças e medos que mencionam fazem parte da
história que contamos em retrospectiva. Crenças,
desejos, esperanças, medos, e todo o resto não
19
causa mais nossa ação do que feitiços mágicos,
possessão por demônios, ou um excesso de
biolações descaradas.
Encanamento das profundezas internas de
nossas mentes não é difícil, porque eles são tão
vastos ou tão obscuros, mas porque não há nada
para encontrar. A mente é plana! A superfície
brilhante da experiência consciente é tudo o que
existe.
Não imagine que nossas intuições sobre nosso
fluxo de consciência também possam ser confiáveis.
Nossas intuições sobre nossa experiência
consciente do mundo externo são, na maioria das
vezes, irremediavelmente e descontroladamente
incorretas!
Uma crítica que muitas vezes é nivelada, como
um assunto acadêmico, é que não é realmente muito
mais do que senso comum sólido. De uma
perspectiva a mente é plana, isso não poderia estar
mais longe da verdade.
O quadro que está emergindo da psicologia,
neurociência e disciplinas aliadas é realmente
surpreendente, e totalmente estranho. É tão longe
do senso comum, de fato, que tenho a sensação de
que muitos pesquisadores são um pouco tímidos em
20
admitir, talvez até mesmo para si mesmos, o quão
explosivas são as implicações de seus resultados.
A psicologia do senso comum não está mais perto
da verdade sobre como nosso cérebro funciona do
que a física do senso comum obtém as respostas
certas sobre espaço curvo, buracos negros e
entrelaçamento quântico.
Intrigado? Eu espero que sim. Mas, com razão, você
precisa ver argumentos, evidências e intuições, para
expressar o que realmente é a mente humana.
MEDO DE FALAR EM PUBLICO (timidez e fobia)
Eu nasci numa família tumultuada com um pai
alcoólatra, brigas, espancamentos, e morte pelo
alcoolismo. Pela carga genética hereditária, quando
jovem, um dos meus maiores problemas que sofri,
foi o medo de enfrentar um público ou pessoas, por
existir dentro de mim uma criança traumática e
insegura. Eu tentava controlar o meu pânico, mas
havia essa criança magoada, que criava um
profundo desconforto.
A tentativa era frequente, mas só de pensar
em falar com as pessoas, ficava tenso, sentia um
aperto na garganta, engolia grosso, e ficava
21
completamente sem controle, o corpo travava,
perdendo todo movimento voluntario.
Algo me desligava por dentro, e ainda tinha
que ouvir de pessoas ao meu redor que era frescura.
Mas, eu sabia muito bem que não poderia desistir
facilmente de lutar contra essas maldições
genéticas, que aterrorizava minha mente. Vencer
esse medo, foi a minha primeira decisão certa que
tive na vida. Eu sempre tentei entender como criava
essa tensão e o desconforto, mas nunca obteve
resposta adequada, e muito menos entendia essa
neurose.
O pior de tudo, a realidade é que a info rmação
de que eu precisava era inconsciente. Muitas vezes,
me desafiava criando coragem tentando ser um
homem social, me esforçando comunicar com
pessoas, ser gentil, mas minha voz ficava mais alta
e aguda, perdia o controle de minhas emoções, se
fechava num silencio mortal.
Me sentia um lixo humano, por não ser uma
pessoa normal. A questão, eu pressentia
nitidamente, que o homem adulto era dominado pela
criança interna, carregada de traumas da primeira
infância, que surgia das profundezas do meu
inconsciente.
22
Nas minhas pesquisas é provável que o ato de
olhar para as pessoas e observar se há algo
incomum nos olhos ou nos rostos das pessoas, se
conclui; que geralmente a pessoa pensa, e sabe,
que está sendo observada julgada ou rejeitada pelo
público, o que se torna mais claro quando
observamos os olhos ou o rosto das pessoas na
plateia.
Como criar uma sensação de conforto
É notório, que precisamos entender, que o
tímido, expressivamente não tem controle de suas
ações e emoções pelo motivo de não entender que
o maior problema está no que pensa, nunca na
pessoa na sua frente.
Basta pensar em ir na direção de qualquer
pessoa ou plateia, ficara com medo, criando
automaticamente uma imagem confusa que distorce
a realidade, se sentindo mal sucedido. Por conta
desse inconsciente negativo, simplesmente é criado
um bloqueio mental, que não o deixará ser bem
sucedido no ato em si.
Podemos criar uma sensação de conforto, se
nesse momento ficarmos de pé diante do públic o,
olhar através dos olhos sem expressão, e tentar
23
penetrar nos verdadeiros olhos das pessoas que ali
se encontram.
Comece com uma pessoa, e quando puder
enxergar seus olhos, tente ser simpático abrindo um
pequeno sorriso, diga algo a ela, ou simplesmente a
cumprimente ou fale algo de bom para essa pessoa.
Passe para outro rosto e repita sempre o ato
simpático e cordial, assim lentamente sentira que
seus ombros e seu tórax ficaram mais relaxados, e
ela começou a sorrir. Esse desafio para uma pessoa
tímida, em pouco tempo percebera que estará com
uma voz próxima à sua voz normal; sinto-me melhor
agora.
Sentira dando o primeiro passo, e verá que a
timidez não é uma doença crônica, mas sim, um
desconforto associado a traumas da primeira
infância. Criar uma sensação de desligamento, é
entender que a timidez é de fato uma energia
contrária à minha personalidade.
Pois ela tem muito a ver com o fato de se
sentir fisicamente e emocionalmente acima delas. O
fato é que nesse momento oportuno, tenho que ser
dono de minhas ações, enquanto as pessoas ao meu
redor, de forma que continuo acima delas.
24
Ouço sempre os tímidos dizer; não gosto de
olhar de cima para baixo nas pessoas, e não consigo
ter contato direto com os olhos.
A verdade é que o tímido terá que encontrar
uma maneira de entender que, mesmo havendo uma
diferença de altura, estar olhando diretamente para
as pessoas, nos dá um ar de liberdade. Um primeiro
passo sempre se convencer que isso é possível. Se
você se perguntar; já estive em alguma palestra na
qual sentisse que o orador estava falando
diretamente para você, como se só houvesse vocês
dois. Vera que já passou por essa experiencia , vera
então que isso é possível.
Lembre como o orador tentava fazer um
esforço para estabelecer uma relação pessoal com
você. Ele olhava pra você, para o público e sorria, e
algumas pessoas sorriam de volta.
Após essa atitude perante a pessoas ou
público, você sentira mais à vontade diante de um
grande público, ficara mais fácil sorrir, não acha? O
importante é ser bem sucedido e conquistar a
ligação pessoal que desejava.
Outras maneiras do pânico de falar em público
Nem todas as pessoas herdam medo de falar
em público, mas todas fazem algo internamente que
25
cria o desconforto. Alguns imaginam que não
conseguirão ser bem sucedidas e fracassam, outras
receiam que o público não concorde, comece a
reclamar e vá embora.
Outras irão lembrar de uma ocasião em que se
sentiram humilhadas por terem preparado mal uma
palestra e foi mal sucedida. Mas entenda, a partir do
momento que compreendermos como criamos o
problema, a reação muda completamente de figura.
Nossas reações não são aleatórias; são apenas
simples consequências do funcionamento de nossas
mentes.
Não importa o que cada um de nós faz para
criar um problema. Assim que a pessoa descubra o
que faz, poderá adotar uma atitude mais de
enfrentamento da causa. A partir dessa
conscientização mudamos diretamente alguns
elementos da nossa experiência interna.
Podemos obter o mesmo resultado
observando o que a pessoa pressupõe, e usando
intervenções verbais para mudar a forma como ela
pensa, como no exemplo a seguir.
Pra você vencer uma timidez ou medo de falar
com pessoas e público, sempre devera se perguntar
26
o que realmente me impede de se sentir à vontade
perante as pessoas?
As vezes a própria pessoa não tem a noção da
lei do aprendizado, entender que a vida,
constantemente nos apresenta novas possibilidades
de aprendizado que chegara até nós, essa é a
verdade. Mas a mente de um tímido e inseguro,
nunca entendera que as pessoas não sabem mais do
que ela, sente-se sempre diminuída, e as pessoas
ao seu redor serão sempre mais inteligentes do que
ela, e ainda se conclui; ela sabe mais do que eu.
Mas pergunto a você meu caro leitor; como ela
pode saber tanto, a ponto de saber disso? Usando
um raciocínio lógico, para fazer a pessoa reconhecer
que sua queixa resulta do seu próprio conhecimento,
e não do conhecimento dos outros.
Então você imagina que elas sabem mais do
que você, e percebe que está diante de um problema
interessante, aceitando que sabia o suficiente, para
saber o que os outros estavam pensando ou admitia
que não conhecia a extensão do conhecimento dos
outros.
Em qualquer uma das possibilidades, suas
pressuposições de que os outros sabem mais do que
você passa a ser um pouco menos verdadeira.
27
Então você é essa pessoa que, se fosse um produtor
de novelas ou filmes, nada escreveria, porque todos
os enredos já foram usados?
Essa pergunta metafórica leva a sua afirmação a
um extremo, dentro de um contexto que a torna
francamente absurda. A pergunta interna te ofusca
negativamente num contexto afirmativo, mas errado;
então o que a leva a preparar um enredo, se tudo já
foi dito antes, e todo mundo sabe mais do que você?
Por que se dar ao trabalho?
Essa afirmação abrupta do seu medo, passa
explorar a contradição aparente entre sua motivação
para reparar palestra e sua pressuposição de que;
tudo já foi feito antes, não havendo, portanto, razão
de se dar ao trabalho, isso é o que ela pensa, não a
verdade.
Mas se analisar friamente esse reagente mental,
e conseguir perceber que poderia dizer algo à minha
maneira, e que as pessoas poderão descobrir uma
perspectiva diferente, mesmo de algo que já foi dito
antes; então você se dará conta de que às vezes
enxergar algo de outro ponto de vista suscita uma
boa reação por parte do ouvinte. Existem muitas
maneiras para nos livrarmos do medo, e
consequentemente vamos a prática.
28
Entendeu; agora vamos a prática
O primeiro princípio que devemos adotar, é
focar cem por cento com interesse e prazer na meta
a ser cumprida. Quando fazemos algo com amor e
entusiasmo, o resultado já passa a ser mais
garantido.
Não importa se as pessoas tem mais
conhecimentos do que eu, mas o principal é que as
pessoas saibam mais do que eu, e que tudo já tenha
sido dito antes, não é algo novo, mas coloco mais
convicção e confirma o que já existe e simplesmente
traga até as pessoas para seu conhecimento. Porque
neste caso vou ter prazer e sentir-se à vontade. As
coisas acontecem não como elas são, por isso temos
que saber que temos de ir adiante.
Me sentindo excepcional, não vou mais
preocupar o que as pessoas sabem, mas sim, o q ue
realmente eu sei. Já que conseguimos imaginar tão
bem dessa maneira, que os outros sabem mais do
que eu, terá momentos devemos imaginar que em
certas ocasiões, que saberei mais do que eles.
A verdade que descobri, é que muita gente
sabe menos sobre sua vida, em termos do seu valor
pessoal, sua autoestima e seu autoconceito. Sendo
assim devo me convencer que então essa seria uma
29
área sobre a qual, sabemos sem dúvidas mais do
que muitas outras pessoas.
Então se você se deu conta da explicação até
agora, o fato que, para cada pessoa sempre haverá
áreas em que elas saberão mais do que os outros,
da mesma forma que existem áreas que elas saberão
mais do que eu, é relativo.
Nesse jogo, devemos associar-se ao tudo ou
nada, e partir por um outro tipo de abordagem. Será
que uma pessoa séria estúpida ao ponto de querer
ouvir de você uma palestra na qual não aprenderiam
nada de novo? Em vez de tentar mudar a crença de
que você sabe mais, do que a pessoa, passe a usar
essa crença para anular o seu medo de falar em
público.
Se durante a presença de pessoas ao seu
redor, sentir seus músculos relaxados e flexíveis,
calma, apesar de atenta, esse tipo de modificação
fisiológica, geralmente é um bom indício de que
houve uma profunda mudança de atitude ao
contrário do que acontece quando há apenas uma
compreensão intelectual; tem razão! Obrigada.
Obrigada mesmo. Isso faz sentido, declarou
com confiança e satisfação. Agora estou convencido
do meu crescimento. Não confunda minhas palavras,
30
elas não são milagrosas, e não ditando as regras de
seu jogo, já que nunca conseguiríamos mudar uma
pessoa ela não tiver princípios dela mesmo, mas
mostrar-lhe um caminho em que as suas próprias
lógica e crenças indicaram-lhe a solução.
Os outros nunca serão mais inteligentes,
apenas tente mostrar uma forma de adotar um ponto
de vista alternativo, que levara você a pensar sobre
suas neuroses da insegurança, de uma maneira que
a faça sentir-se automaticamente bem e com
recursos. Mais entusiasmo e confiante, ao invés de
desconfortável e ambivalente. Não precisamos fazer
um esforço para ter esses sentimentos positivos ,
eles passaram a estar à sua disposição de forma tão
automática quanto sua reação anterior de
desconforto.
Quero deixar uma observação a você meu
caro leitor, que esse caminho (a timidez) que você
está preso, não é uma falta de confiança, mas sim
deficiências da mente.
Se você se sentir auto confiante, verá que seu
inconsciente irá ignorar as informações e reações
que te aprisionam, e fazem de você uma pessoa
fraca e insegura perante a outras pessoas.
31
Sei que talvez estarei pensando que terão
vários leitores, em algum momento, saberão até
mais do que eu, isso é inevitável, mas também é uma
oportunidade para que eu possa aprender com elas,
o que beneficiará outras pessoas quando eu
ministrar uma palestra.
Entretanto, preciso ter confiança no
julgamento das pessoas que decidiram que querem
aprender algo comigo, ou não, essa é a questão. As
mudanças pessoais são geralmente rápidas, isso
não significa que todo mundo possa mudar
completamente em dez minutos. Às vezes, levamos
muito mais tempo do que pensamos para concluir
essa meta, apenas para reunir as informações
necessárias. O fator principal, é a ousadia, somada
a perspectiva para se chegar à uma mudança total
desejada.
CRITICA, E AUTO CRITICA
Criticar as vezes é um único caminho para as
pessoas sem argumentos. Existem os dois lados da
crítica, seja positiva ou simplesmente negativa. Ter
pensamento crítico, é um processo intelectualmente
32
disciplinado de conceituar, aplicar, analisar,
sintetizar, ou avaliar informações coletadas ou
geradas pela observação, experiência, reflexão,
raciocínio ou comunicação, como guia de crença e
ação. Em sua forma exemplar, baseia-se em valores
intelectuais universais que transcendem as divisões
de assuntos: clareza, precisão, consistência,
relevância, evidência sonora, boas razões,
profundidade, amplitude e equidade.
Implica o exame dessas estruturas ou
elementos de pensamento implícitos em todos os
raciocínios: propósito, problema ou questão em
questão; suposições; conceitos; aterramento
empírico; raciocínio que leva a conclusões;
implicações e consequências; objeções de pontos de
vista alternativos; e quadro de referência.
O pensamento crítico, ao ser responsivo a
assuntos variáveis, questões e propósitos; é
incorporado em uma família de modos de
pensamento entrelaçados, entre eles se manifesta o
pensamento científico, pensamento matemático,
pensamento histórico, pensamento antropológico,
pensamento econômico, pensamento moral e
pensamento filosófico.
33
O pensamento crítico pode ser visto como
tendo dois lados um diferente do outro: o primeiro
tem um conjunto de informações e habilidades de
geração e processamento de crenças, e segundo o
hábito, baseado no comprometimento intelectual, de
usar essas habilidades para orientar o
comportamento. Deve-se, assim, ser contrastado
com; primeiro a mera aquisição e retenção de
informações, pois envolve uma forma particular na
qual as informações são buscadas e tratadas; o
segundo a mera posse de um conjunto de
habilidades, pois envolve o uso contínuo delas; e
uma terceira o mero uso dessas habilidades como
exercício sem aceitação de seus resultados.
O pensamento crítico varia de acordo com a
motivação subjacente a ele. Quando fundamentado
em motivos egoístas, muitas vezes se manifesta na
manipulação hábil de ideias a serviço de seus
próprios, ou de seus grupos, interesse investido.
Como tal, é tipicamente intelectualmente falho,
por mais pragmaticamente bem-sucedido que possa
ser. Quando fundamentada na justiça e integridade
intelectual, é tipicamente de uma ordem superior
intelectualmente, embora sujeita à acusação de
34
"idealismo" por aqueles habituados ao seu uso
egoísta.
O pensamento crítico de qualquer tipo nunca
é universal em qualquer indivíduo; todos estão
sujeitos a episódios de pensamento indisciplinado
ou irracional.
Sua qualidade é, portanto, tipicamente uma
questão de grau e depende, entre outras coisas, da
qualidade e profundidade da experiência em um
determinado domínio do pensamento ou em relação
a uma determinada classe de perguntas.
Ninguém é um pensador crítico, mas apenas a
tal e tal grau, com tais e tais insights e pontos cegos,
sujeitos a tais tendências para a auto ilusão. Por
essa razão, o desenvolvimento de habilidades e
disposições de pensamento crítico é um esforço ao
longo da vida.
As verdadeiras mudanças estão sempre ao
alcance das nossas mãos. Tenha a determinação
necessária para deixar para trás o que não importa
e decida hoje ser feliz. Muitas vezes presenciamos
pessoas que tem o hábito de criticar as outras
pessoas, mas sempre acham que o que estão
fazendo é o certo, mas infelizmente, nunca
perceberão seu erro fatal.
35
MITOS E VERDADES SOBRE A REGRESSÃO
Muitas pessoas passam por sessões de
terapias todos os dias. A maioria me procura por
vários motivos, mas a campeã sempre será a
depressão, e alguns simplesmente por curiosidade.
Hipnoterapia e Terapia de Regressão ainda são
novos conceitos para muitas pessoas, então
obviamente há muitas dúvidas e mitos em torno
dessas práticas.
O que eu acho muito engraçado por exemplo,
as pessoas me perguntam se elas irão ficar presas
no passado quando elas fizerem sua Terapia de
Regressão.
A resposta para isso é definitivamente não!
Quando estamos em regressão para fins de terapia,
a nossa mente nos leva de volta apenas ao tempo
em que as razões reais para seus problemas
existentes estão mentindo. Tudo isso acontece na
mente em um estado profundo de Hipnose, enquanto
fisicamente você está sentado fácil e relaxado em
um poltrona confortável no consultório,
completamente seguro e bem a vontade. Estará
sempre no controle de si mesmo, não importa o quão
profundo seja o estado de transe ou hipnose.
36
Sua mente estará ciente do seu entorno e do
presente. Então, não há nenhuma maneira que
alguém possa ficar preso no passado. As pessoas
também ficam preocupadas com os efeitos colaterais
da Hipnoterapia e da Terapia de Regressão.
Bem, você ficará feliz em saber que não há
nenhum! Mas posso contar muitos benefícios; em
uma sessão de hipnoterapia, não é administrado
nenhum tipo de medicamento para que haja
quaisquer efeitos colaterais.
A pessoa em transe de hipnose, ficará
naturalmente relaxada, e o relaxamento tem apenas
efeitos positivos. Quando a mente está relaxada , o
corpo também fica relaxado. E quando o corpo está
relaxado, ele se rejuvenesce, quase como no sono.
Mas na Hipnose, ao contrário do sono, você
estará mais consciente de si mesmo e do seu
entorno. Pessoas sempre me indagam se eu fiz
alguém comer uma cebola, ou transformei alguém
em um coelho, fazendo comer grama. Devo dizer que
elas ficaram extremamente decepcionadas
(estarrecidas, para ser mais preciso) quando lhe
disse que tais truques são apenas uma parte da
hipnose de palco, e não têm qualquer conexão, seja
37
qual for, com o aspecto terapêutico da Hipnoterapia
que prático e estou familiarizado para tratamentos.
A hipnoterapia é uma prática muito prestativa
e transformadora de vida que tem ajudado muitas
pessoas, de inúmeras maneiras, a trabalhar e curar
suas questões físicas, emocionais, mentais e
psicológicas.
A Terapia de Regressão, não é um ingresso
para um passeio em um parque de diversões. São
técnicas sérias com benefícios incríveis que poderá
funcionar melhor para você do que para o outro.
Terapia de Regressão
A regressão hipnótica, nunca deveria ser tão
temida por pessoas mal informadas, já que é apenas
uma jornada de volta no tempo (lembranças
verdadeiras) para recuperar memórias traumática ou
não, para tratamento dos traumas de infância .
posso garantir é um trabalho profundamente
transformador. Todas as nossas experiências desde
o nascimento e até antes são registradas em nossos
corpos, mentes e no psicológico. O trabalho do
profissional de regressão, é somente guiar as
pessoas de volta à sua infância, ou para o útero,
38
para reviver as imagens adormecidas no
inconsciente.
Nessa terapia exploraremos os padrões,
contratos, acordos, percepções, crenças e
estratégias que foram formadas, muitas vezes em
um nível inconsciente, como resultado de
experiências de vida, dos antepassados (pai, avô,
bisavô, tataravô) e até mesmo no meio da vida.
Voltar no tempo através da regressão
hipnótica traz novas perspectivas e cura para os
indivíduos de uma maneira que nenhuma outra
terapia pode alcançar. Regressão Hipnótica não é
como tentar lembrar.
Na verdade, tentar lembrar vai dificultar o
processo. Uma das razões mais comuns para um
cliente não regredir, é que eles estão se esforçando
demais para lembrar. A melhor opção, é afrouxar a
mente consciente (relaxar), viajando no túnel do
tempo, facilitando as memórias flutuarem e buscar
imagens verdadeiras de uma maneira sem esforço.
Estratégias de Sobrevivência
Quando a vida se torna difícil ou mesmo
insuportável, somos obrigados a apoiar na dor,
desenvolvendo uma estratégia de sobrevivência.
39
Muitas vezes, em uma idade precoce, quando temos
opções limitadas disponíveis para nós, aprendemos
a sobreviver ao insuportável de alguma forma
engenhosa.
Quando essas estratégias de sobrevivência
são levadas para nossa vida adulta, elas podem
causar estragos. A terapia de regressão é uma
excelente maneira de explorar as origens das
estratégias de sobrevivência que estão causando
problemas agora e eliminá-las ou alterá-las.
Sentimentos registrados no inconsciente
Sentimentos inexplicáveis sobre uma pessoa,
lugar, situação ou evento são muitas vezes o resíduo
de alguma experiência passada que é levada nas
partes mais profundas da mente, corpo ou alma,
além de nossa plena compreensão ou consciência.
Esses sentimentos residuais podem se
manifestar como medos e fobias, atrações
poderosas ou fascínios. Regredir às origens desses
sentimentos poderosos e inexplicáveis pode trazer
novas percepções e cura em torno desses
sentimentos e crenças.
Busca de soluções do passado
40
Uma das coisas mais importantes que você
pode fazer durante uma regressão, é explorar
quaisquer problemas psicológicos, traumas ou
maldições de nossa genética hereditária.
Muitas vezes, como resultado de alguma
experiência de vida, registram traumas, e crescem
para a fase adulta, com uma criança insegura e
triste. Essas maldições parecem fazer sentido no
momento em que são feitos, mas quando levados
para o inconsciente podem causar problemas.
Uma vez trabalhei com uma jovem, que
embora quisesse ter um relacionamento, ela se via
afastando de qualquer jovem que se aproximava
dela.
Coloquei em regressão, e a levei de volta às
origens do seu ponto traumático. Ela estava
profundamente apaixonada por um jovem, pouco
antes de ele ir para a guerra.
Ela se comprometeu a ele, fazendo uma
promessa eterna de sempre ser fiel, e nunca estar
com mais ninguém, não importa a situação. Ele foi
para a guerra e morreu, para nunca mais voltar. E,
fiel à sua palavra, ela viveu até então, a promessa
que havia jurado a esse rapaz. Revendo seu amor
perdido, (em hipnose é como se fosse real) trabalhei
41
e sua eterna promessa ao seu amante, conseguindo
libertá-la deste contrato que ainda estava em vigor
em sua vida atual.
Ao final da sessão, ela sentiu um grande
alivio e um novo senso de liberdade, e uma paz
profunda. Ficando sem as garras da promessa, em
pouco tempo ela começou a namorar em um novo
relacionamento amoroso sem as amarras da
cobrança da promessa.
A terapia de regressão pode ser usada para
se reconectar com algum sentimento ou habilidade
benéfica. Voltar a uma época da infância , e se
permitir entender os pontos traumáticos que
estavam mal resolvidos, nos dão profundas
oportunidades terapêuticas para recuperar
sentimentos e habilidades do passado para nos
ajudar no presente.
Como funciona a regressão
Com a hipnose, a porta das memórias é
aberta. Somos capazes de ver como observadores
objetivos os acontecimentos do passado que
contribuíram para a nossa situação atual, tranquila
ou cheias de traumas. Memórias mantidas na mente
subconsciente, corpo e alma tornam-se acessíveis e
42
podem ser exploradas através de hipnoterapia
profunda.
Não é uma questão de tentar lembrar, mas
simplesmente deixar a mente navegar sem se
preocupar em forçar a lembrança, apenas lembre-se.
Na verdade, parece que quanto mais tentamos
lembrar, mais difícil é.
É mais uma questão de deixar isso acontecer.
Com a ajuda de um terapeuta de regressão
qualificado, as memórias podem fluir naturalmente e
facilmente. É importante reservar julgamen to sobre
a autenticidade dos eventos vistos até depois da
regressão.
Qualquer ação ou verificação é solicitada,
pode ser cuidadosamente considerada após a
sessão. A razão para isso é que ao tentar julgar o
que está acontecendo em uma regressão invoca a
mente racional consciente.
À medida que a mente consciente é chamada
para julgar a situação, as memórias são bloqueadas
e o processo vai retardar ou terminar.
Quantos métodos e técnica existem de Regressão
Como sempre digo; não existem variadas
técnicas de regressão, ela é única, mas existem
43
vários caminhos para nos levar a buscar as
lembranças no passado, que podem ser usadas
efetivamente para regredir e individualmente para
recuperar memórias da mente subconsciente.
Como se acessa essas memórias vai variar
muito dependendo do indivíduo a ser regredido e do
propósito da regressão. Em geral, a terapia de
regressão pode ser dividida em quatro grupos ou
categorias;
a regressão da idade, que inclui a
recuperação de memórias e sentimentos de eventos
que ocorreram no decorrer da vida desde a época do
nascimento. O trabalho infantil interno é um dos
tipos mais comuns de regressão etária e pode até
ser considerado um campo para si mesmo.
Em seguida, temos regressão no útero. A
regressão intrauterina nos transporta a esse
momento muito especial no útero, após a concepção
e antes do nascimento, é um elo entre memórias
subconscientes e o inconsciente, e que ainda
explora cenas, sentimentos, e eventos da memória.
Regressão etária
Na regressão etária, muitas vezes levamos um
paciente a retornar em algum momento significativo
44
em sua vida para lembrar e rever eventos do
passado que foram parciais ou totalmente
esquecidos.
A regressão etária é uma ferramenta muito
poderosa que pode ser usada para muitas situações.
Se você conhece o evento ou as circunstâncias que
você está querendo voltar, simplesmente direciona o
paciente de volta para o momento em que
aconteceu.
Por exemplo; volte para uma época em que
você se sentiu muito calmo e confiante, ou volte para
a última vez que você passou por momentos
traumatizantes. Você também poderá passear por
várias idades cronologicamente, desde a primeira
infância, adolescência ou fase adulta. Volte a um
tempo no passado recente, na origem de algo feliz
ou traumático, ou simplesmente podemos direcionar
o paciente para voltar para a idade em torno de 20
anos, ou cerca de 15 anos.
Regressão Infantil Interior
A criança interior é aquela que traz 80% dos
traumas para a fase adulta. Essa parte mais jovem,
mais lúdica, espontânea e livre de cuidados de que
45
muitas vezes foi ferida, esquecida ou obrigada a
crescer muito cedo.
Voltar no tempo através de uma regressão
infantil interior pode ajudar a restaurar as
qualidades naturais da criança. Vou incluir aqui
alguns dos conceitos básicos para começar com
esse tipo de regressão.
Ao fazer uma regressão infantil interior é
melhor voltar a um momento feliz na primeira
infância. Peça para que a parte adulta do paciente
se apresente à criança.
Então pergunte à criança o que ela quer
mostrar ou dizer ao adulto. Pergunte à criança o que
ela mais precisa. E se possível, o paciente imagine
fazer isso pela criança.
Você verá que usando uma regressão
progressiva aberta ou regressão etária e algumas
das intervenções curativas que seguem, serão úteis
para fazer a regressão infantil interior.
Regressão pré-natal
Este tipo de regressão é muito fascinante. É
uma jornada incrível voltar o tempo até o útero, onde
poderemos presenciar a primeira concepção (antes
do nascimento). É uma espécie de tempo
46
intermediário quando estamos saindo de ser um
espírito no mundo espiritual, se alojando em um
corpo carnal, nos preparando para vir ao mundo.
Embora a maioria das regressões no útero que
fiz resultou em regressões abertas, é uma forma
muito única de regressão que quando feita
intencionalmente, pode levar a revelações incríveis
e grande cura.
É durante esse tempo no útero que
começamos a explorar as primeiras experiências
terrenas iniciais, e os padrões que foram
estabelecidos na mente, sistema nervoso e corpo. É
uma recepção calorosa e única no Universo.
Já teremos uma noção como a nossa mãe está
se sentindo sobre estar grávida, podemos perceber
o que está acontecendo no mundo ao nosso redor,
já temos sentimentos e podemos sentir amados.
Para a maioria, o útero é um lugar muito
seguro, quente e amoroso. Muitos descrevem
sentimentos de flutuar, ser enrolado em um cobertor,
e sentimentos confortavelmente apertados. Alguns
pacientes descrevem uma luz filtrada avermelhada
ao seu redor. Muitos sentem um pulsar ou relatam
ouvir uma batida constante do coração. Outros
descreveram em grande detalhe eventos que
47
estavam acontecendo fora do útero enquanto eles
estavam se desenvolvendo.
Uma paciente sempre conviveu com muitos
medos, ataques de pânico e ansiedades. Veio
procurar ajuda para se livrar de seus medos.
Durante as sessões através da regressão, voltamos
as origens de seus medos.
Ela logo se viu no útero. Relatou que sua mãe
estava cheia de medos e muita ansiedade, e papai
estava com raiva, muito zangado. À medida que a
cena se desenrolava, ela descreveu a tensão entre
mamãe e papai, e as brigas que se seguiram
chegando até ao espancamento.
Então, o útero era um lugar muito inseguro
para essa pobre criaturinha, pois a ameaça de
violência era quase constante. Por conta dessa
situação, temos vários registros mentais que
chamamos de trauma de infância. E nunca
poderemos estranhar se tivermos um filho, ou um
amigo que tenha nascido e se transformado em um
adulto agitado com muitos medos e pânico, ou
simplesmente é tímido.
Ao longo dos anos trabalhei com vários
pacientes que tinham sentimentos generalizados de
não serem amados e indesejados. Em alguns casos,
48
esses sentimentos levaram à depressão e até
pensamentos suicidas.
Dois desses casos, em particular, referem-se
à regressão no útero. Nesses casos, ambas as
pessoas foram adotadas ao nascer para pais
amorosos e atenciosos.
Embora ambas as pessoas soubessem que
seus pais adotivos os amavam, eles estavam
sobrecarregados com a sensação de não ser a mado
e indesejado.
Este tinha sido um tema para ambos em
relacionamentos também. Então, para encontrar a
fonte desses sentimentos, tive que regredir cada um
deles de volta à primeira vez que se sentiram
indesejados e não amados.
Com ambos, acabamos no útero. Embora as
circunstâncias fossem diferentes para cada uma,
ambas as mães não estavam felizes com suas
gravidezes. Ambos consideraram o aborto e um
tentou. No final, ambos escolheram dar à luz e
adotar seus bebês.
Busca dos antepassados
Já tive indivíduos que falaram línguas
estrangeiras fluentemente sem instrução prévia
49
nesse idioma. Outras que descrevem tempos e
lugares em detalhes muito além de seus
conhecimentos.
Alguns falaram de ervas ou remédios usados
na medicina popular que não tinham conhecimento
prévio para tratar as condições que tinham. Eu até
tive dois indivíduos regredidos em momentos
diferentes em lugares diferentes descreverem a
mesma cena e circunstâncias.
Vou deixar o julgamento final para você. Mas,
eu vou dizer que, real ou imaginário, a regressão, é
um campo fascinante com um tremendo potencial
para curar muitos dos males da humanidade.
SOMENTE OS CRISTÃO SERÃO SALVOS?
Acho incrível que a humanidade ainda não entendeu
a verdadeira realidade da salvação. Se acreditamos
que Jesus morreu na cruz para pagar todos os
pecados do mundo, isso implica ao meu ver, que
independentemente uma pessoa ser boa, bandido ou
uma prostituta, terá os mesmos direitos na finalização
da sua morte, a misericórdia de Deus, e a salvação.
Entenda meu raciocínio; Nas minhas pesquisas
profundas em relação a salvação do homem na Bíblia,
50
entendi o verdadeiro sentido; através das pregações
de Cristo, todo pecador na terra pagará pelos seus
pecados. Os pais não morrerão pelos filhos, nem os
filhos, pelos pais; cada qual morrerá pelo seu pecado.
(Bíblia, Deuteronômio 24:16)
E cada alma não comete pecado senão contra si
mesma. E nenhuma alma pecadora arca com o pecado
de outra. (Alcorão 6:164) Sendo assim, ninguém
pagará pelo pecado de outra pessoa, senão o próprio.
Não vou descartar essa afirmação, mas sempre me
perguntei qual a verdadeira história, e se realmente
Jesus pagou pelos meus pecados, e se vou ter
direitos da salvação. Essa pergunta pode parecer uma
asneira pra você, ou pode estar surpreso com essa
afirmação.
Antes de aprofundar, quero ser claro. Jesus
definitivamente morreu por seus pecados para que
você pudesse ser salvo, escapar do julgamento da
carne, e receber vida eterna. Independentemente de
cor ou raça, há um céu para ganhar, e um inferno para
evitar.
Na finalização de nossa vida terrena, teremos os
direitos do céu, a qual foi nos concebido através da
morte de Cristo na cruz, nos salvando, morrendo em
51
nosso lugar, nos livrando dos pecados que
cometemos durante a jornada na terra como humanos.
A diferença maior é que, quando pecamos na
carne, não teremos como aliado a dívida que foi paga
por Jesus na cruz, e toda essa dívida que fizermos
em vida na carne, será cobrado não por Deus, mas
sim pelo Universo. Quando pecamos, ficamos aquém
da glória de Deus.
O salário do pecado é a morte, (terrena) mas a
vida eterna como já disse, todos terão o privilégio de
serem salvos, já que esse direito foi conseguido por
todos os seres na terra através do calvário de Cristo.
Se você se coloca num lugar onde imagina que terá
mais vantagens que um pecador, pelo motivo de estar
ativo na sua fé, está redondamente equivocado e
errado.
Não se iluda, mas seus pecados cometidos em
vida, nunca serão cobrados pela justiça de Deus, mas
pelo Universo. Cada erro, fornicação, terá que ser
pago na carne, porque pertence a carne, não no
espirito como já começamos a entender.
Quando um condenado pecador morrer, ele será
glorificado pela vida eterna com os mesmos direitos
dos bons. Tudo porque, o pecado pertence a carne, e
52
a carne sofrera as consequências do
Universo(pecado) nunca o espirito.
Entenda que Deus nunca irá interferir em nossas
decisões. O livre arbítrio nos dá a liberdade da livre
escolha de errar ou acertar, sem interferências
divinas.
Acha loucura essas palavras, está me taxando de
hipócrita; mas vamos continuar o raciocínio. Mas
posso garantir, que você será pesado pela culpa e
vergonha do pecado em sua vida? Mark 8:36,
Não pense que estou contradizendo as leis de
Deus, mas uma coisa temos que nos perguntar; será
que Jesus morreu na cruz pelos nossos pecados, ou
somente pagou pelos pecados?
Será que, as duas questões é a mesma coisa? Mas
não é. Essa questão é uma distinção importante. Não
estou discutindo sobre Jesus morrer pelos nossos
pecados, estou dizendo que Ele não pagou a dívida
do pecado. Entendo, quando se paga uma dívida, ela
não será mais cobrada.
A palavra da Bíblia interpretada pelo homem diz;
quando pecamos, criamos uma dívida com Deus, da
mesma forma quando alguém deve para uma
financeira. Outra contradição; o salário do pecado é
53
morte, e a única maneira de se livrar dessa dívida, é
pagando os pecados do espirito.
Tudo isso é notável, muito parecido com alguém
que deverá pagar pelos seus crimes. A justiça exige
que os criminosos sejam punidos. A Bíblia diz que a
alma que peca perecerá.
Mas de um outro lado, acreditamos que Jesus,
veio nos salvar da morte. E ele fez. A verdade é que,
Ele fez isso, literalmente pagando a dívida do nosso
pecado. Mas foi isso que realmente aconteceu? Eu
diria que não. Aqui estão as razões:
01 – Em primeiro lugar, não consigo encontrar
nenhuma escritura que me prove enfaticamente que
Jesus pagou pelos nossos pecados desta forma. Tal
doutrina fundamental e importante, deveria ser
cristalina nas religiões. Mas não é.
02 – A Bíblia em todos os lugares ensina o perdão dos
pecados, não o pagamento pelos pecados. Há uma
diferença muito grande em pagar ou perdoar.
Pense sobre isso. Não há diferença entre alguém
perdoar uma dívida e alguém pagar uma dívida? Se
você devia muito dinheiro a alguém, e um terceiro
54
pagou essa dívida, que necessidade haverá de
perdão? A dívida está paga. Você ficaria grato pela
dívida ter sido paga, mas não precisara de perdão. No
entanto, se você devia dinheiro a alguém, e essa
pessoa cancelasse a dívida, isso seria perdão. Vê a
diferença!
Vemos um exemplo dessa atitude em Mateus 18.
Em uma parábola declarando como é o reino de Deus,
um servo devia muito dinheiro ao seu mestre. Esta é
uma ilustração da nossa grande dívida pecaminosa.
Veja o que aconteceu quando o criado não pôde
pagar:
O servo, portanto, caiu diante dele, dizendo:
"Mestre, tenha paciência comigo, e eu pagarei a todos
vocês." Então o mestre daquele servo foi movido com
compaixão, libertou-o, e perdoou-lhe a dívida. –
Mateus 18:26-27
O que o mestre fez? Ele não disse; "A dívida deve ser
paga!" Não, ele simplesmente perdoou a dívida.
No entanto, é o mesmo sentido; se alguém viesse
e pagasse a dívida por este homem, ainda haveria
necessidade de perdão? Claro que não.
Se o mestre fosse pago, seria estranho para ele
dizer: "Fui totalmente pago por esta dívida, portanto,
eu te perdoo." Não haveria nada para perdoar. Da
55
mesma forma, não haveria nada para Deus perdoar se
Jesus pagasse nossa dívida pecaminosa. Mas vemos
que Deus perdoa os pecados (Mat. 26:28, Lucas
24:47, Atos 2:38, Atos 5:31, Eph 1:7, Col. 2:13-14,
entre outros).
Se Jesus pagasse nossa dívida pecaminosa, seria
logicamente incoerente para Deus perdoar. Deus não
é logicamente incoerente.
Alguém pode estar pensando neste momento: "Se
este é o caso, que necessidade há para a morte de
Jesus na cruz? Se Deus perdoa o pecado, por que
Jesus teve que morrer?"
Ótima pergunta. A resposta é a seguinte: porque
Deus deve manter sua justiça em perdoar o pecado.
Isto é exatamente o que a Bíblia ensina:
sendo justificado livremente por Sua graça através da
redenção que está em Cristo Jesus, a quem Deus
estabeleceu como uma propiciação pelo Seu sangue,
através da fé, para demonstrar Sua justiça .
Porque em Sua paciência Deus havia passado
sobre os pecados que estavam previamente
comprometidos, para demonstrar no momento Sua
justiça, e que Ele poderia ser justo, e o justificador
daquele que tem fé em Jesus. – Romanos 3:24-26
56
Este versículo diz enfaticamente por que Jesus
teve que morrer. Se a razão da expiação fosse cristo
pagar nossa dívida de pecado, este teria sido o
momento perfeito para Paulo dizer isso.
Em vez disso, ele diz algo diferente. Ele diz que a
expiação foi para demonstrar a justiça de Deus. Em
outras palavras, Deus não podia perdoar os pecados
e permanecer justo (justo, perfeito, santo) a menos
que Jesus sofresse na cruz.
Foi por isso que Jesus teve que sofrer e morrer. Só
por esse sacrifício Deus pode perdoar o pecado e
permanecer justo.
A próxima pergunta que surge naturalmente é "Por
quê?" Por que Deus não pode perdoar os pecados
sem o sacrifício de Jesus?
A resposta está no propósito da lei, em primeiro lugar.
Deus nos dá a lei do amor: ame seu próximo como
você mesmo. Por que essa lei existe? Existe para
promover o bem final da criação de Deus.
Então se for realmente dessa maneira, quando a
lei é obedecida na carne, temos o céu (terreno)
quando ela é desobedecida seremos castigados. Não
misture as estações; a carne paga pela carne, e o
espirito nunca sofrera sanções de cobrança, já que
não faz parte da carne.
57
Como podemos ver claramente que agora a
própria natureza da lei implica sanções. Se não há
punição por infringir a lei, então não é uma lei, mas
uma sugestão ou um bom conselho. Portanto, a lei de
Deus também traz sanções.
Por que a lei tem sanções? A Bíblia responde a isso
em si: para que "todos possam ver e temer e não agir
de forma presunçosa", que "aqueles que permanecem
ouvirão e temerão, e doravante não cometerão
novamente tal mal entre vocês" (Deut 17:13, Deut
19:20). Em outras palavras, é assim que uma
mensagem clara será enviada para que Deus leve sua
lei a sério, do ódio de Deus pelo pecado, sua raiva
justa contra ele, e o destino daqueles que a
desconsideram.
Este não é apenas um pensamento do Antigo
Testamento (Atos 5:1-11, 1 Tim 5:20). A execução da
punição da lei é para evitar mais desobediência. O
bem maior exige que o mal seja punido.
Qualquer bom governante entenderia a importância
de punir malfeitores. O mal é como um câncer, a
menos que seja apagado, ele continuará a se espalhar
e crescer.
Este é precisamente o ensino real da Bíblia (1 Cor
5:5-7). Se as pessoas não virem a execução da
58
punição da lei, não levarão a sério. Esta é
precisamente a razão pela qual tantos dos
julgamentos de Deus são registrados na Bíblia (tanto
do Velho quanto do Novo Testamento) e a razão pela
qual o inferno foi tão frequentemente falado por
Cristo. Realizar a pena para o pecado é vitalmente
importante para o bem-estar de toda a criação de
Deus para toda a eternidade.
Como é que Deus perdoa os pecadores e ainda
defende a Sua lei, mostrando que Ele odeia e pune o
pecado e considera sua lei com suprema importância?
A resposta seria com um substituto.
O que poderia ser feito que alcançaria
suficientemente o mesmo propósito (ou melhor) do
que executar a punição da lei sobre os pecadores? Se
o propósito da execução da punição sobre os
pecadores é para que a lei de Deus seja mantida e
para que outros possam "ver e temer", o que pode ser
feito para alcançar esse mesmo fim e ainda permitir
que Deus perdoe? Podemos facilmente ver que a
resposta está no sacrifício de Cristo.
Em todo o Antigo Testamento, vemos exemplos
disso com todos os sacrifícios comandados por Deus.
Quando um homem colocava a mão na cabeça de
um animal antes de cortar sua garganta, ele estava
59
recebendo uma mensagem clara de que seu perdão
não consistia em Deus deixando de lado Sua lei.
A lei de Deus estava sendo mantida, como ele
podia ver claramente a partir dos gritos e do sangue
de um animal inocente. Claro, um animal não é
realmente suficiente para realizar o propósito de Deus
em expiação. Matamos e comemos animais inocentes
o tempo todo. Aqueles sacrifícios apontavam para
aquele que estava por vir.
E a Redenção? A Bíblia fala muito sobre o tema da
redenção. A redenção implica um preço de resgate
pago para garantir a liberdade de seu objeto. Por
causa disso, muitos assumiram que o preço que foi
pago era a dívida do nosso pecado. Mas eu diria que
não foi.
Em primeiro lugar, não encontrei nenhuma
escritura que indique o preço pago da nossa dívida
pecaminosa. Uma vez que não está muito claro que
este foi o preço pago nas escrituras, ele não deve ser
firmemente mantido como uma doutrina fundamental.
Em segundo lugar, um pagamento de resgate
pode ou não ter nada a ver com o valor da dívida que
é devido. Se alguém sequestrou uma criança e exigiu
um resgate, os pais dessa criança podem estar
inclinados a pagar o preço do resgate, apesar do fato
60
de que seu filho não dever isso. Entendeu meu caro
leitor!
Então devemos nos fazer algumas perguntas:
Quem ou o que nos mantinha em cativeiro? Qual
era o preço necessário para nossa liberdade?
Se a ideia típica é que Jesus pagou a dívida do nosso
pecado para nos libertar, devemos perguntar: a quem
Ele pagou essa dívida? A dívida não é devida a Deus
(Mat. 18:21-27)?
Isso então significa que Deus enviou Jesus para
pagar o preço a Deus, para que Deus nos libertasse
de Si mesmo? Não, Deus não está mantendo ninguém
em cativeiro. Deus e Seu Filho estão no mesmo time,
trazendo liberdade aos cativos (Lucas 4:18).
Na Bíblia, a redenção é frequentemente usada no
contexto da escravidão (no entanto, essa escravidão
pode ter ocorrido). Por exemplo, os israelitas foram
escravos no Egito por 400 anos.
Deus disse: "Vou redimir você com um braço
estendido e com grandes julgamentos" (Exo 6:6). Será
que isso significa que Deus pagou o faraó para deixar
seu povo ir? Claro que não! Isso significava que Deus
iria fazer o que era necessário para libertá-los da
escravidão. Como ele ia redimi-los? "Com um braço
estendido e grandes julgamentos."
61
Da mesma forma, você e eu éramos escravos do
pecado e de Satanás. O pecado é um mestre de
tarefas do mal e precisávamos de alguém para nos
entregar (nos redimir) de suas garras.
Jesus fez grandes esforços para garantir essa
salvação para nós através do trabalho da cruz. Ele
pagou um grande preço com seu próprio sangue para
garantir nossa liberdade!
Jesus não pagava ninguém pela nossa dívida
pecaminosa. Ele estava pagando um preço no sentido
de que ele suportou muito pela nossa liberdade.
Usamos as mesmas imagens em nossa língua hoje
quando dizemos coisas como "aqueles soldados
pagaram um grande preço pela liberdade deste país".
Não queremos dizer isso em um sentido literal,
nem a Bíblia. Podemos ver que 'redimido' foi usado
muitas vezes de forma semelhante em exemplos do
Antigo Testamento (Exo 6:6, Jó 5:20, Ps 119:134, Isa
50:2, Jer 31:11, Micah 4:10.)
Houve vários ensinamentos falsos na igreja porque
muitos saíram do curso neste exato momento que
temos discutido. Vou listar alguns dos ensinamentos
perigosos e falsos:
–Doutrina Falsa 01: Que Jesus só morreu pelos seus
eleitos. Esse é o raciocínio medíocre que muitas
62
seitas e religiões sustentam: ao meu ver, entendo que
a partir do momento que Jesus veio para pagar os
pecados do mundo, esse pagamento não foi exclusivo
para alguns, mas para toda humanidade.
Esta é uma doutrina à qual sou veementemente
contra e que acho que pode ser facilmente refutada
com uma abundância de escrituras, mas isso é para
outra época.
Doutrina Falsa 02: Que somente serão salvos, os
escolhidos de Deus. Isso me cheira egocentrismo,
falta de conhecimentos da doutrina do Universo, e é
predominante nas igrejas de hoje.
O raciocínio é muito simples; vamos lembrar que
o pecado sempre existiu na carne, não no espirito. É
mais fácil um líder pregar a palavra pressionando um
Cristão, ameaçando a cumprir as leis de sua igreja,
do que garantir a ele, que desde que nasceu no útero
da mãe terá direito da salvação.
Mas porque nunca irá afirmar esse nosso direito;
porque essa verdade poderá desviar o seu seguidor
dos princípios reais, e a obediência a sua igreja, não
absolutamente de Deus.
– Doutrina Falsa 3: Que não há necessidade de
arrependimento depois da salvação.
63
Meu caro leitor, tente entender rapidamente a
verdade; a salvação não faz parte do espirito, mas da
carne.
O espirito nunca sofrera um câncer, depressão, e
muito menos necessitara de salvação. Mas a carne
pecaminosa durante a existência na terra, sofrera
doenças e desastres para se encaixar no devido lugar,
e o que foi desencaixado pela libertinagem do pecado.
Para concluir, quero deixar claro que muitas
pessoas não levam esses erros ao extremo. Também
acredito que há muitos cristãos maravilhosos abertos
a novos conhecimentos e informações, que se
apegam a alguns desses erros listados.
Estar errado sobre teologia não desqualifica
(necessariamente) uma pessoa da salvação. Mas, no
entanto, eu acredito que é perigoso.
COMO ADQUIRIMO AS DOENÇAS
Nos tratamentos em consultório, eu sempre expressei
ao paciente, qual o único motivo que deveremos evitar
que aconteça em nossa vidar; a ausência de saúde.
Percebo que o homem busca incessantemente
caminhos que levam a riqueza, fama e sucesso, a
qualquer preço.
64
Mas esquecem que, com todas essas fontes
materiais, poderemos ficar amarrados nas malhas de
uma doença mortal, como por exemplo o câncer.
Vivemos em um planeta cheio de toxinas
produzidas pelo homem, e certamente o câncer
também sempre teve presente nas famílias, devido ao
DNA. O ambiente tóxico em que nascemos, e vivemos,
sempre será uma das possibilidades. Mas, em geral,
as doenças são adquiridas, não nascemos com elas.
Podemos aprender muito quando estamos nessa
situação. Grande parte da população mais velha do
nosso país, estão lutando contra múltiplas doenças.
Entre as doenças crônicas mais comuns, temos o
o acumulo do colesterol alto, artrite, doenças renais,
osteoporose, doenças da tireoide, hipertensão e
diabetes.
O objetivo de um profissional de saúde não é
erradicar completamente essas doenças, não seria
possível, mas gerenciar essas doenças para
maximizar a função e otimizar o alivio.
Existem fatores que ajudam a evitar sérias doenças
mortais; evitando uma vida estressada e sedentária,
cuidando para termos uma boa saúde, mental e
psicológica. Essa sempre será, a melhor opção para
vivermos uma longa vida e ativa.
65
Os fatores para uma boa saúde incluem; o meio
ambiente, genética, educação e até relacionamentos.
Outros fatores que podem nos ajudar a termos uma
boa saúde; persistência nas dietas, exercícios, e o
rastreamento de doenças.
A saúde é um recurso para o cotidiano, não o
objetivo de viver. Isso significa que a saúde é um
recurso para apoiar a função de um indivíduo na
sociedade mais ampla.
A nossa obrigação é sempre manter os dois lados
da moeda saudáveis, que incluem a saúde mental e
física. Uma pessoa com um pico de saúde física, e
que suas funções corporais estão funcionando em um
nível normal, estará em plena saúde.
Quando temos picos de doenças, o tratamento é o
caminho mais indicado, para manter o equilíbrio. Para
ter certeza que você está em alta saúde física, deverá
estar sempre em sintonia com seu corpo, pois sempre
haverá avisos nos alertando do mal funcionamento.
O bem-estar físico também envolve a diminuição
do risco de doenças através da busca de um estilo de
vida saudável. A eliminação do tabaco, das drogas e
do álcool constitui um movimento para a busca do
bem-estar físico.
66
A saúde mental, é o principal motor que evitara
prejuízos ao corpo saudável, tão importante quanto a
saúde física para um estilo de vida pleno e ativo.
A saúde mental depende não apenas da ausência
de ansiedade, depressão ou outros transtornos, mas
a capacidade do indivíduo de aproveitar a vida e
alcançar o equilíbrio. Uma mente saudável é capaz de
se sentir segura e adaptada às adversidades. Uma
mente saudável também é capaz de atingir todo o seu
potencial facilmente, e também se recuperar de
dificuldades facilmente.
FATORES PARA UMA BOA SAÚDE
Alguns fatores importantes necessários devem ser
levados em consideração para termos uma boa saúde;
o local onde a pessoa vive, o nível de educação, o
estado de seu entorno, sua relação com amigos e
familiares, e sua genética.
Quanto maior o status socioeconômico de uma
pessoa, maior a probabilidade de experimentar uma
boa saúde. Uma pessoa com maior nível
socioeconômico é mais propensa a sofrer menos
estresses relacionados ao cotidiano, como
67
dificuldades financeiras, desemprego e ruptura
conjugal
Além disso, o acesso à saúde é mais fácil para
pessoas com maior nível socioeconômico. Outros
fatores que podem impactar a saúde incluem questões
culturais. A resposta de uma família às tradições e
costumes da sociedade também pode ter impacto na
saúde. Um exemplo pode ser visto nas pessoas do
Mediterrâneo, que são mais propensas a consumir
altos níveis de vegetais e frutas, em comparação com
outras culturas que gostam mais de fast food.
Outro fator que pode impactar a saúde é o
gerenciamento do estresse. Problemas de saúde são
mais comuns em pessoas que lidam mal com o
estresse e recorrem a drogas, fumando ou bebendo.
Por outro lado, as pessoas que controlam o
estresse através de uma dieta saudável e exercícios
têm uma vida mais saudável. As diferenças de gênero
também podem impactar nos fatores de saúde.
Em sociedades onde as mulheres ganham menos
que os homens ou são menos instruídas, estão em
maior risco à saúde do que os homens. A saúde deve
ser preservada através de um estilo de vida saudável,
em vez de tratar doenças.
68
O PODER DA AUTO CURA
Falar em cura é um assunto muito sério, como
já mencionei neste livro. Mas sabemos que a cura, na
realidade é um auto cura, e não é algo novo, e nem
foi descoberta por mim ou outro pesquisador
moderno.
Cerca de 500 anos A.C, já se conhecia o poder
do auto cura, mas isso tudo era atribuído aos deuses,
e muitas outras formas que foram surgindo para
garantir a movimentação de nossas energias internas.
Quando Moisés atravessou o deserto, ele usou
um instrumento muito inteligente para que o poder da
cura fosse despertado dentro das pessoas que vinham
em sua direção.
Havia muita gente doente, e as serpentes do
deserto atacavam e criava um medo imensurável
entre eles, era um animal temido.
Moisés que era um conhecedor profundo das
leis do universo, e era sábio, entendia que a maioria
das doenças tinha como princípio de ordem
psicológica, hoje conhecidos como depressão, fobias,
neuroses e obsessões.
Fez então uma serpente de metal e colocou-a
num mastro enfincado nas areias do deserto, e
69
garantiu a multidão ali presente, que todo aquele que
estivesse doente e olhasse para a serpente ficaria
curado.
A partir desse dia, acredite ou não, a maioria
das pessoas enfermas que ficaram concentradas e
olhando para a serpente num ato de crença e fé,
ficaram curadas.
Pergunto ao leitor; que poder mágico possuía a
serpente de metal feita por Moisés? Será que se hoje
fizermos uma serpente e olharmos para ela quan tos
enfermos serão curados? Mas a verdade é que essa
façanha dependera exclusivamente de um fator muito
importante.
sabem por quê? Seja no tempo de Moisés ou
não, a mágica só acontecera, se existir uma
intensidade muito forte de fé depositada num objeto,
seja real ou imaginário, a qual ira movimentar a única
força que poderá produzir a cura; o milagre que existe
dentro de nós, e que foi concebido por Deus.
Seja uma serpente, ou qualquer outra coisa, só
essa força que já existe dentro de nós, se tiver o fator;
crença. O poder curativo, daquela época, é o mesmo
poder que existe até hoje dentro de nós, sempre
existiu, e vai continuar presente nas pessoas de fé.
70
Esse poder nunca poderá ser despertado nas
pessoas céticas, pois essa conquista, é algo que só
teremos se realmente tivermos a capacidade de
acreditarmos em algo que nos fará bem, que nos cura,
alivia e nos proporciona paz.
As pessoas céticas que duvidam da existência
desse poder miraculoso no próprio ser, não terá
forças suficientes para dirigi-la e auto curar-se.
Sabemos que Jesus disse inúmeras vezes;
tendes fé em Deus e mudara sua vida. Tudo aquilo
que disseres acreditando, se fará, o que está dizendo
extremamente com fé, será feito.
Eu imagino que muita gente às vezes dúvida
dessas palavras pois nunca sentiu essa proeza di vina
na sua vida.
Será que Jesus mentiria, ou dizia tolices sobre
essas palavras? Eu acredito que não, pois na ciência
dos tratamentos presenciamos nitidamente e com
realismo essa realidade. Ou você acredita, ou será
apenas uma carta fora do baralho.
Sabemos que toda solução de nossas
enfermidades e de todos os nossos problemas,
sempre terão início na nossa área mental, através de
uma canalização de energias positivas, que
direcionadas ao problema com bastante intensidade,
71
conseguiremos mudar o rumo dessas obsessões
negativas, assim como a energia física e muscular
necessita ser estimulada.
Imagine os halterofilistas, que praticam
diariamente exercícios com pesos, barras, forçando
os músculos para desenvolverem uma força
estupenda. É notório, para obter esse resultado, a
primeira opção estará no comando que se origina na
sua mente. Esse poder mental só poderá ser
estimulado e desenvolvido se você o exercitar.
Há muito anos, num posto da FUNAI, a 300km
de Manaus, haviam 10 trabalhadores rurais e alguns
índios acidentados. No meio destes, haviam quatro
que estavam paralitico, e aparentemente eram
incuráveis. Eram três homens e uma mulher
acometidos de uma doença que lhes paralisara os
membros inferiores.
A região era muito seca, e num dia muito
quente de verão, após uma chuva forte tropical, por
uma das janelas aberta entrou uma gigantesca cobra
sucuri, com mais de 10 metros de comprimento.
Ao presenciarem aquela cobra venenosa, os
pacientes deitados em suas camas, entraram em
pânico e correram desesperadamente para fora da
sala da enfermaria.
72
Somente depois de muito tempo é que se
descobriu que os quatros paralíticos também saíram
em disparada e pulando, praticamente curados da
paralisia que sofriam.
Pergunto ao leitor; de onde veio essa energia
extraordinária e a cura espetacular? Claramente
notamos nesse ocorrido que esse poder se emanou
de suas mentes, que reagiu no intuito de preservar -
lhes a vida. Foram impelidos a entrarem em ação
sobre a pressão do medo e do desejo de salvarem-se.
A emoção, embora tenha sido negativa, teve
um efeito positivo, que pressionou os doentes a
criarem uma força incrível acompanhada do medo ,
que criaram proporções assustadoras de energias que
brotaram do inconsciente desses enfermos.
Essa realidade da mente é incrível quando
exigida com bastante devoção. Obviamente que essas
reservas de energia mental estavam acumuladas em
algum lugar do cérebro daqueles pacientes, e foram
liberadas em condições de emergência, para
salvarem a vida dessas pessoas.
Você pode utilizar essa mesma forma de
energia mental para a realização do auto cura. Curar-
se, depende muito da nossa fé.
73
O MILAGRE EXISTE E ESTÁ DENTRO DE NÓS
O segredo é você desejar ardentemente ficar
curado e isso já irá acelerar a ação desse fantástico
poder interior. O ato de sua crença pode mudar o rumo
da história de um câncer em sua vida.
Vou exemplificar. Em meu consultório, uma
paciente estava desenganada pelos médicos de sua
cidade a qual pela gravidade de um câncer no pulmão,
teria apenas três meses para viver. Pelo exame
percebi que o câncer já havia tomado proporções
gigantescas no seu pulmão, num espaço considerável
e amplo.
A minha pergunta foi clara e evidente; na
questão de você estar desenganada pela equipe de
médicos de sua cidade, me fez pensar uma coisa;
você acredita que os médicos são deuses; a qual ela
responde que não. Então pedi que descartasse essa
primeira possibilidade.
A segunda pergunta; você realmente quer
morrer? Ela rapidamente reagiu a minha pergunta com
um olhar fulminante e cheio de esperança dizendo que
não.
74
Então a partir desta data, vamos mudar as
informações de seu inconsciente praticando
justamente o contrário do que vinha fazendo.
Vivera a partir de hoje como se não existisse
uma enfermidade em sua vida, voltando a tomar seu
banho todo os dias, indo ao supermercado, viajar de
férias com a família, criando autoestima, desfocando
da concentração obsessiva na doença.
Se imagine saudável como se não tivesse nada,
e quando for dormir todos os dias, durma pensando
que o seu pulmão está sendo limpo no local afetado,
por milhões de minúsculas formiguinhas, que limpam
e comem as células mortas de seu câncer, deixando
a carne nesse local, limpa e saudável.
O incrível é que notamos no começo dessa
história, que os médicos não acreditavam que ela
passaria de três meses a sua vida, pelo motivo da
doença estar avançada.
Quando chegou em meu consultório sua
imagem era de uma pessoa derrotada, sem atitudes,
descrente, cheia de temor e morte, já que não havia
mais esperanças pelo motivo das palavras de
desconforto que ouvia diariamente de morte, vinda
dos profissionais e familiares.
75
É justamente nesse ponto que quero que o
leitor entenda, quando não intensificamos
negativamente a energia mental focando
compulsivamente em nossas doenças, ela com
certeza vai perdendo suas forças.
Para a surpresa da medicina de sua cidade,
acompanhei essa paciente durante dois anos, (ela
tinha somente três meses de vida, lembra?) a qual o
desfecho dos meus ensinamentos somados a sua fé
em Deus, o câncer foi curado, e mais uma vez,
notamos que o inicio da cura sempre estará
primeiramente na mente das pessoas, somado a fé.
Experimente esse poder que já existe dentro de você.
VOCE ACREDITA NA ORAÇÃO?
Sabemos que em todas as religiões do mundo,
a prece, ou a oração é um valioso instrumento para
as pessoas alcançarem a cura para suas doenças.
De onde vem esse conhecimento, e qual seu
fundamento? Sabemos que tudo isso depende
exclusivamente de sua crença, que intensificada na
nossa área mental, e refletira nas enfermidades do
corpo. Mas entenda que a mente depende de
76
acreditar, ter realmente muita fé, pois se você não
acreditar nunca haverá cura.
Cristo, o maior profeta da terra, é um exemplo
de nossa fé. Através de sua imagem, muitos
alcançaram verdadeiros milagres pela fé direcionada
a Ele.
Sabemos que quando alguém faz uma prece a
Deus, coloca em ação o poder interior da energia
mental e assim, dependendo de sua vontade, somada
a fé, conseguira ou não, o resultado para a cura de
sua enfermidade.
Mas nunca esqueça, não existira curas sem fé,
e o princípio de tudo sempre terá início na crença do
seu coração. Jesus Cristo disse a nós; Vós sois
deuses, cada um de nós é um deus. (João 10:34).
Em outras palavras, aquilo que pedimos aos
deuses de acordo com minha fé (Buda, a lua, santos,)
seja lá qual for o tamanho da sua fé, ou no que você
acredita, o milagre de Deus fara presente na sua vida.
Estará disponível independente no que
realmente acredita. Você percebeu nesse raciocínio,
você tem o livre arbítrio para depositar a sua crença
seja lá no que for, mas a finalização sempre será o
poder de Deus na sua vida, que emanara do potencial
77
de sua mente inconsciente. Não importa onde você
depositara a sua fé.
Todo artefato de fé, na finalização dependera
única e exclusivamente da interferência maior de
Deus, entendeu. Santo nenhum fara milagre sem
Deus, ele sempre dependera da maior força do
universo para acontecer, Deus.
Por essa razão, o que vale nesse momento é a
crença depositada no seu instrumento que estará
usando para adquirir a cura. Ela movimentara o
milagre que já existe dentro de você, presente de
Deus, para alcançar o alivio das enfermidades. Nunca
seja hipócrita, achando que sua religião, seu deus,
seu santo, sua crença, é melhor, verdadeira e única,
e que somente sua religião ou seita é melhor que as
outras. Lembre-se; Deus é um só, e todo ser na terra
terá o direito para alcançar os milagres de Deus.
INTERPRETANDO A MISERICORDIA DE DEUS
Como já disse acima; Não importa a sua religião
ou seita, todos terão a misericórdia de Deus, sem
distinção de raça ou cor. Ele nunca irá julgar seus
filhos amados pela religião que participa, nem pela
78
falta de fé, e permitirá em vida pagar sua dívida na
carne, em forma de sofrimentos, nunca no espírito.
Que Deus tenha misericórdia das pessoas que
brincam de deus, que se acham donos da verdade, e
confundem o pecador, ameaçando com palavras
duras, usadas até através de versículos da Bíblia,
ameaçando os mais humildes, confundindo a sua fé,
pregando inverdades, e garantindo que não haverá
misericórdia de Deus, e pagarão seus pecados
ardendo nas chamas do inferno, se não cumprir as
leis humanas exigidas nas seitas e religiões.
Eu pergunto; se você que está lendo esse livro,
fosse um bandido, assassino, ou um fora da lei, você
na sua maldição não gostaria de ter a misericórdia de
Deus em vida? Deus nunca irá julgar um pecador, mas
dará a ele a misericórdia, e novas oportunidades para
haver mudanças, e arrependimento,
independentemente qual seja o pecado cometido por
esse filho amado.
Isso quero dizer; o que praticamos na carne,
nunca chegara no espirito. Espirito é a verdadeira e
única vida, a carne pelo pecado sofrera doenças,
acidentes, e morte, e ela carregara o peso que
escolheu, sendo responsável pelos erros cometidos
pela ganancia que gerara sofrimentos.
79
A realidade de tudo isso é simples; você
poderá ampliar a sua fé numa imagem de santo, no
Buda, seja lá o que for, sem preocupar de estar no
pecado. Na jornada de fé, não existem vários deuses,
mas o verdadeiro, mas um único Deus. Mas posso
garantir que ainda até hoje, presencio curas num
simples acender de uma vela, ou na crença criada
com fé numa imagem de santo, mas não esqueçam,
que na realidade por trás dessa cura sempre estará a
mão de Deus, somado a sua fé.
Não posso negar, que essa afirmação irá
provocar uma discordância em algumas pessoas
céticas, bitoladas, e ignorantes, mas posso garantir
que elas são pessoas descaracterizadas da
verdadeira realidade da fé, e defenderão com unhas
e dentes, a sua religião, negando esse raciocínio que
ira contra seus preceitos de fé.
São pessoas desconectadas da realidade,
discordam incessantemente de tudo que não está de
acordo com seu aprendizado fechado, e ainda acusa
as pessoas de pecadores, pelo motivo de pensar o
oposto do que elas pensam.
As minhas pesquisas mostraram nitidamente e
bem claro; A Fé é única. Então, todas as seitas e
religiões que cultuam deuses ou não, ao meu
80
entender, teriam a obrigação de tornar todas as etnias
numa só família para adorar a Deus.
Não é necessário um crente discordar do outro,
defendendo sua religião, apenas entender que Deus
é único, e sem sombras de dúvidas; não importa o
tamanho de sua fé seja lá no que for, nunca será seus
deuses, santos, imagens, que farão o milagre na sua
vida, mas o protagonista do universo, Deus.
Tudo isso, deverá estar relacionado com uma
fé universal, somente isso, e resumidamente uma
obrigação necessária de cada líder, a
responsabilidade de instruir sua igreja , a
compreender que ele pertence a determinado grupo
com o qual o indivíduo partilha a mesma língua,
tradições e território.
Trata-se de características tão marcantes que,
de inúmeras maneiras, acabam tornando-se pontos
basilares da construção indenitária do indivíduo,
definindo certos aspectos da convivência social da
população que constitui o grupo étnico.
O fato de ter milhares de religiões e seitas pelo
mundo, é que muitos cristãos, não concordaram com
as normas da primeira igreja criada no mundo, e por
esse motivo criaram outras religiões, por não estarem
de acordo com as regras existentes.
81
ENTENDA OS PESADELOS
O que poderemos pensar em relação aos sonhos; será
que são verdadeiros, nos revelam o futuro? Tantas
perguntas que trazem em destaque o temor e
preocupação.
Essas frequentes perguntas, podem assumirem às
vezes uma feição inconsciente. Há pessoas que
captam acontecimentos presentes e futuros através
dos sonhos.
Enquanto dormimos, o nosso sistema nervoso e
todo nosso organismo estão em repouso,
mergulhados no sono, e o inconsciente permanece
ativo trabalhando em função de nosso bem estar,
físico e psicológico.
Essa ocasião é muito favorável para as
manifestações de fenômenos extra sensoriais de
acontecimentos a distância no tempo e no espaço.
Muitas pessoas sofrem o martírio de confrontar-se
com os sonhos e acreditarem neles, se sugestionam
e padecem incessantemente em função de
acreditarem, que eles se realizam com todos os
detalhes previstos por ele
82
Não devemos ligar para os sonhos, por que,
acreditar, é se autorizar-se e deixar ser guiado pelo
seu inconsciente. Não que descarto aqui,
possibilidades, e não admitindo que alguma vez possa
surgir alguma precondição (adivinhação do futuro)
nos sonhos, já que elas são tão raras e nunca
podemos saber de antemão se de fato é precondição
ou invenção, medo, ou outra coisa, do inconsciente.
Se permitirmos sermos guiados pelos sonhos, nos
fariam logo a vida impossível. A ciência da hipnose
nos mostra, que os sonhos são meras imaginações
produzidas pelo inconsciente, para corrigirem algo
que está errado.
Esse errado, corresponde que, temos traumas
adormecidos no nosso passado, gravados nos
arquivos mentais, através de uma vivencia presente
parecida com o trauma adormecido, faz com que o
nosso inconsciente se lembre do passado, e
associando a ele, projeta em direção ao futuro esses
resíduos, em forma de inconscientes. Mesmo sendo
imaginário e pregresso, e tendo a dificuldade de
discernir o real do imaginário, nos propicia, com
realismo total, uma energia, que a seguir é imprimida
no nosso cérebro somatizando para o nosso sistema
nervoso emocional.
83
Então consequentemente se deduz, que através
dos sonhos, é desenvolvido um sistema de proteção
também imaginário, que entra em confronto com
esses monstros imaginários, lutando sem cessar, em
forma de uma regressão de idade.
Por esse motivo, que muitas das vezes,
acordamos assustados e fadigados, em decorrência
desses confrontos inconscientes. Uma mente
inteligente tem que exprimir a capacidade de
compreender, que sonhos são espumas, e se
desfazem da mesma maneira que brotam das
profundezas do inconsciente.
Alguém poderá sonhar com uma pessoa que nunca
viu, e nem sequer sabe que existe, e logo em seguida
vira conhece-la. Já se conhece através da ciência da
hipnose, que podem ser várias as causas
explicativas, ou as classificações em que se
enquadram um caso parecido ao que foi citado. Essa
descrição podemos chama-la de percepção extra
sensorial.
Certos sonhos podem ser do tipo precognitivo,
e obteríamos, por meio deles, uma visão antecipada
do que ainda não aconteceu. O transe ou o sono
hipnótico, mesmo sendo profundo, é algo diferente do
sono ordinário.
84
Sabemos que no sono normal, perdemos
qualquer vínculo com a realidade exterior, enquanto
que no transe se mantém um vínculo ou um ponto de
referência ativo, entre a pessoa e o hipnotizador, e as
circunstancias ambientais que propiciaram o
fenômeno.
No sono comum, o reflexo rotuliano do cidadão
diminui, mas podemos compara-lo com o estado de
vigília e hipnótico. Na hipnose, o sonho é o guardião
que desempenha uma função importante na
regulagem de nossa vida psíquica.
Proporciona possibilidade de descarga para
nossas expectativas. Absorve as impressões que não
puderam ser assimiladas pela mente, neutraliza as
tensões, desarma conflitos, abre uma válvula de
escape para as alegrias ou angústias, constituindo um
sinal de alerta da presença de problemas, físicos e
psíquicos que ameaçam subjugar-nos. Quando o
sonho não consegue restabelecer o equilíbrio
emocional da pessoa, surgem os pesadelos, e a
seguir despertamos banhados em suor, e angustiado.
É compreensivo que raramente, entendemos a
misteriosa linguagem dos sonhos, mas quando
deparamos com essa situação, ficamos inquietos,
com a sensação de que alguma coisa está errada.
85
Nesse caso, o sonho se apresenta para alertar a
alma, e nos adverte para resolver certos problemas,
a fim de restabelecer o equilíbrio psíquico.
O ato de um sonho agitado, se repetir por várias
noites seguidas, constitui um sinal relativamente
seguro, da existência de problemas ligados a
sentimentos de medo ainda não controlados.
Os métodos, conscientes e inconscientes
destinados a preservação do equilíbrio psíquico
ameaçado, podemos entender então, como um
mecanismo de defesa. Em princípio, a alma humana
é capaz de evitar os efeitos adversos das tensões
resultantes dos conflitos.
Essas funções necessárias pertencem ao campo
da homeostase psicológica. A homeostase é um
conceito familiar na área da hipnose, que prevalece o
mesmo princípio de manutenção do equilíbrio. Já
temos como base, essa teoria, desde que temos uma
certeza que o corpo humano realizam-se numerosos
processos internos, que precisam de uma regulagem
constante, a fim de conservar então, uma vida cheia
de saúde.
Quando uma pessoa dorme um sono ordinário,
percebemos algumas características fisiológicas bem
parecidas ao sono hipnótico. Toda essa diferenciação,
86
está determinada por uma razão lógica do corpo
humano.
O que se destaca como efeito visual, que
podemos presenciar sem dificuldades é que, a pessoa
quando dorme um sono natural, sua respiração tem
um desenvolvimento bem pausado, a pulsação é
lenta, e o metabolismo basal é mais baixo, e
percebemos com bastante clareza, que os tendões
dos joelhos diminuem sua amplitude.
Há, a seguir, há uma dilatação dos vasos
sanguíneos periféricos, que exercem a seguir uma
pressão nos vasos cerebrais, dilatando -os. Tais
reações são manifestadas, quando está presente o
sono fisiológico. Essas características citadas, estão
perfeitamente coerentes ao sono hipnótico, isso quero
dizer, que acontece a mesma coisa nos dois
parâmetros. Se colocamos durante o tratamento de
uma paciente pela hipnose, um eletroencefalográfico,
ele mostrara os traçados dos dois sonos bem
parecidos, ou na maioria das vezes, idênticos. O
sonho em si, é um dos estágios que compõe, uma das
fases do sono.
Esses estágios acontecem, para constituírem
um ciclo de aproximadamente 90 (noventa) minutos
de duração. Sendo que os mesmos, repetem de 04
87
(quatro) a 06 (seis) vezes num sono, de (seis) a 09
(nove ) horas.
A pesquisa que tenho desenvolvido, nos
mostra, que os sonhos são manipulados pelo
inconsciente, pois ele, determina a acontecer
novamente em forma de lembrança, na mente da
pessoa, gerando imagens repetidas em forma de
lembranças.
Esse filme mental, representativo movimenta as
emoções através dos cincos sentidos produzindo
através das cenas que nesses momentos desenvolve,
a catarse emocional, despersonalizando a seguir, a
cena problemática.
É por essa razão, que concluímos então que,
os sonhos tem como missão, de aliviar as tensões
existentes que adquirimos no decorrer do dia. Outra
questão muito importante que o leitor deve saber, é
que sonhamos toda as noites, alguns lembram com
muita facilidade, e outros há um esquecimento,
provocando uma amnésia parcial. O nosso
inconsciente tem muito a ensinar ao nosso limitado
consciente, e um dos meios mais prováveis, é o
sonho.
Durante as pesquisas no campo dos sonhos,
tivemos várias confirmações de atos precognativos
88
de pessoas que perceberam algo que iria acontecer
no futuro.
Um exemplo que foi registrado e ouvida por
milhões de pessoas no Brasil, foram as palavras de
um dos componentes dos Mamonas Assassinas
manifestou numa rede televisiva na cidade de São
Paulo, testemunhando um sonho que havia lembrado
durante a manhã que acordou, onde presenciou a
queda de um avião.
Geralmente as pessoas quando tem essas
sensações em relação as prolongações, não
percebem a realidade, por não haverem uma sintonia
mais direta com seu inconsciente, não levando muito
a sério o que presentem.
Uma outra maneira que o sono pode propiciar
um aviso que algo está negativo em nosso corpo, é o
ronco. Roncar durante o sono, com frequência causa
um barulho incomodo, além de interromper o sono, de
quem está dormindo do lado, pode ser um aviso da
existência de problemas no organismo. O ronco é
causado pela vibração das partes flácidas da
garganta, durante o processo de inspiração do ar
enquanto dormimos.
Essa máquina de roncar que nos acabrunha,
além de atingir uma boa parte da população, pode nos
89
levar a sofrer de uma frequente apneia, onde ela
causa uma pausa na respiração, com durabilidade de
dez segundos.
Essa pausa que se destaca como um distúrbio
do sono, poderá se repetir por mais de quatrocentas
vezes em uma noite.
EXISTEM CURAS EM TODA AS RELIGIÕES?
Não se importe com o tamanho de sua fé, o
importante que você nunca se prenda em ideologias
criadas para interesse próprio de seres humanos , e
no meio de tantas controvérsias.
As religiões são traços da cultura de um povo,
e dentro de cada religião temos diversos símbolos
sagrados, formas, cores, pensamentos, ideias,
disposições morais e éticas, e também temos as
estéticas.
Cada religião apresenta uma crença ou
filosofia. Mesmo não sendo iguais, compartilham uma
característica; acreditam no sobrenatural, forças que
não vemos, mas que controlam as nossas vidas.
Aparentemente, a maior parte da humanidade é
religiosa. Essa religiosidade é no sentido de quem
tem fé, acredita em um conjunto de coisas. A
90
preocupação maior das seitas e religiões é criar um
condicionamento na vida dessas pessoas, no sentido
de que elas vivam, e obedeçam ao sistema implantado
pelos líderes.
As imagens são princípios motivadores da fé,
mas na finalização veremos que todas as nossas
orações, sacrifícios, cultos a santos, ou qualquer
outro tipo de atividade, o prêmio final será a
recompensa do milagre acontecer na vida dessa
pessoa.
Um homem forte não pode ajudar o mais fraco,
a menos que, o mais fraco esteja disposto a ser
ajudado, e mesmo assim, o homem fraco deve se
tornar forte de si mesmo; ele deve, por seus próprios
esforços desenvolver a força que ele admira em outro ,
essa é a verdade.
Somente a própria pessoa, poderá alterar sua
condição, ou decisão. Um único caminho sempre
prevalecera para o sucesso da cura; as forças
existentes dentro de você, a qual Deus nos
presenteou; a Fé.
Então qual o problema de as pessoas cultuarem
santos e imagens, desde que, na finalização o
resultado final da cura, nunca será o santo que é de
barro que promovera a cura (não tem poder nenhum),
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções
Escravo das Emoções

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

VOCÊ SE CONHECE?
VOCÊ SE CONHECE?VOCÊ SE CONHECE?
Aula 10 autoconhecimento
Aula 10   autoconhecimentoAula 10   autoconhecimento
Aula 10 autoconhecimento
Fatoze
 
Auto Conhecer-se !
Auto Conhecer-se !Auto Conhecer-se !
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDESPALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
Mauro Santos
 
Conhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmoConhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmo
Amanda Figueirêdo
 
Refletindo a alma!
Refletindo a alma!Refletindo a alma!
Refletindo a alma!
Leonardo Pereira
 
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioReforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Idéias Luz
 
1A. Amor e Autodescobrimento - Marlon Reikdal
1A. Amor e Autodescobrimento - Marlon Reikdal 1A. Amor e Autodescobrimento - Marlon Reikdal
1A. Amor e Autodescobrimento - Marlon Reikdal
Marlon Reikdal
 
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Fórum Espírita
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
grupodepaisceb
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
Fábio Paiva
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
Leonardo Pereira
 
Eae 68 - vícios e defeitos - roteiro da aula
Eae   68 - vícios e defeitos - roteiro da aulaEae   68 - vícios e defeitos - roteiro da aula
Eae 68 - vícios e defeitos - roteiro da aula
Norberto Scavone Augusto
 
QUAL SEU PROPOSITO DE VIDA?
QUAL SEU PROPOSITO DE VIDA?QUAL SEU PROPOSITO DE VIDA?
QUAL SEU PROPOSITO DE VIDA?
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2
Moacyr Costa Júnior
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
Anelise Mastella
 
Motivando-se ANTAQ
Motivando-se ANTAQMotivando-se ANTAQ
Motivando-se ANTAQ
Homero Reis e Consultores
 
A Construção da Paz Interior
A Construção da Paz InteriorA Construção da Paz Interior
A Construção da Paz Interior
Anderson Santos
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
geaj
 

Mais procurados (19)

VOCÊ SE CONHECE?
VOCÊ SE CONHECE?VOCÊ SE CONHECE?
VOCÊ SE CONHECE?
 
Aula 10 autoconhecimento
Aula 10   autoconhecimentoAula 10   autoconhecimento
Aula 10 autoconhecimento
 
Auto Conhecer-se !
Auto Conhecer-se !Auto Conhecer-se !
Auto Conhecer-se !
 
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDESPALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
 
Conhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmoConhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmo
 
Refletindo a alma!
Refletindo a alma!Refletindo a alma!
Refletindo a alma!
 
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioReforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
 
1A. Amor e Autodescobrimento - Marlon Reikdal
1A. Amor e Autodescobrimento - Marlon Reikdal 1A. Amor e Autodescobrimento - Marlon Reikdal
1A. Amor e Autodescobrimento - Marlon Reikdal
 
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
 
Eae 68 - vícios e defeitos - roteiro da aula
Eae   68 - vícios e defeitos - roteiro da aulaEae   68 - vícios e defeitos - roteiro da aula
Eae 68 - vícios e defeitos - roteiro da aula
 
QUAL SEU PROPOSITO DE VIDA?
QUAL SEU PROPOSITO DE VIDA?QUAL SEU PROPOSITO DE VIDA?
QUAL SEU PROPOSITO DE VIDA?
 
Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2Reforma intima aula 2
Reforma intima aula 2
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
 
Motivando-se ANTAQ
Motivando-se ANTAQMotivando-se ANTAQ
Motivando-se ANTAQ
 
A Construção da Paz Interior
A Construção da Paz InteriorA Construção da Paz Interior
A Construção da Paz Interior
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
 

Semelhante a Escravo das Emoções

Billy graham segredo da felicidade
Billy graham   segredo da felicidadeBilly graham   segredo da felicidade
Billy graham segredo da felicidade
Zezinho Fotografia
 
Billy graham segredo da felicidade
Billy graham   segredo da felicidadeBilly graham   segredo da felicidade
Billy graham segredo da felicidade
Zezinho Fotografia
 
Mistérios da vida
Mistérios da vidaMistérios da vida
Mistérios da vida
jmeirelles
 
Mistérios da vida(2)
 Mistérios da vida(2) Mistérios da vida(2)
Mistérios da vida(2)
ilce marinho
 
Felicidade
FelicidadeFelicidade
Felicidade
socialceia
 
By F@ Cura... Auto Cura Ou TercerizaçãO
By F@ Cura... Auto Cura Ou TercerizaçãOBy F@ Cura... Auto Cura Ou TercerizaçãO
By F@ Cura... Auto Cura Ou TercerizaçãO
Apometria Bauru
 
100 frases de Albert Schweitzer
100 frases de Albert Schweitzer   100 frases de Albert Schweitzer
100 frases de Albert Schweitzer
Sammis Reachers
 
Segredos de-salomão-sabedoria-e-sucesso
Segredos de-salomão-sabedoria-e-sucessoSegredos de-salomão-sabedoria-e-sucesso
Segredos de-salomão-sabedoria-e-sucesso
RODRIGO ORION
 
As 7-armadilhas-que-travam-a-sua-vida
As 7-armadilhas-que-travam-a-sua-vidaAs 7-armadilhas-que-travam-a-sua-vida
As 7-armadilhas-que-travam-a-sua-vida
Joseni Carvalho Ramos
 
O Segredo da Felicidade - Billy Graham
O Segredo da Felicidade - Billy GrahamO Segredo da Felicidade - Billy Graham
O Segredo da Felicidade - Billy Graham
anindarea
 
Revista
RevistaRevista
Revista
iurdpt
 
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptA Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
EdsonAguiar30
 
Catalogo de toda terra
Catalogo de toda terraCatalogo de toda terra
Catalogo de toda terra
Claudia Assis
 
O homem mais feliz do planeta
O homem mais feliz do planetaO homem mais feliz do planeta
O homem mais feliz do planeta
Bruno Dinardi
 
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza OliveiraAs 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Epicuro carta sobre_a_felicidade
Epicuro carta sobre_a_felicidadeEpicuro carta sobre_a_felicidade
Epicuro carta sobre_a_felicidade
Antônio Filho
 
7 Estratégias Poderosas para uma Mante Milionária (1).pdf
7 Estratégias Poderosas para uma Mante Milionária (1).pdf7 Estratégias Poderosas para uma Mante Milionária (1).pdf
7 Estratégias Poderosas para uma Mante Milionária (1).pdf
LUCIANA ROCHA
 
Mistérios..
Mistérios..Mistérios..
Mistérios..
jmeirelles
 
Revista Ambiente Condomínio
Revista Ambiente CondomínioRevista Ambiente Condomínio
Revista Ambiente Condomínio
Fabio Ahmed Salomão
 
A Chave dos Grandes Misterios Eliphas Levi
A Chave dos Grandes Misterios  Eliphas LeviA Chave dos Grandes Misterios  Eliphas Levi
A Chave dos Grandes Misterios Eliphas Levi
Baltazar Maciel
 

Semelhante a Escravo das Emoções (20)

Billy graham segredo da felicidade
Billy graham   segredo da felicidadeBilly graham   segredo da felicidade
Billy graham segredo da felicidade
 
Billy graham segredo da felicidade
Billy graham   segredo da felicidadeBilly graham   segredo da felicidade
Billy graham segredo da felicidade
 
Mistérios da vida
Mistérios da vidaMistérios da vida
Mistérios da vida
 
Mistérios da vida(2)
 Mistérios da vida(2) Mistérios da vida(2)
Mistérios da vida(2)
 
Felicidade
FelicidadeFelicidade
Felicidade
 
By F@ Cura... Auto Cura Ou TercerizaçãO
By F@ Cura... Auto Cura Ou TercerizaçãOBy F@ Cura... Auto Cura Ou TercerizaçãO
By F@ Cura... Auto Cura Ou TercerizaçãO
 
100 frases de Albert Schweitzer
100 frases de Albert Schweitzer   100 frases de Albert Schweitzer
100 frases de Albert Schweitzer
 
Segredos de-salomão-sabedoria-e-sucesso
Segredos de-salomão-sabedoria-e-sucessoSegredos de-salomão-sabedoria-e-sucesso
Segredos de-salomão-sabedoria-e-sucesso
 
As 7-armadilhas-que-travam-a-sua-vida
As 7-armadilhas-que-travam-a-sua-vidaAs 7-armadilhas-que-travam-a-sua-vida
As 7-armadilhas-que-travam-a-sua-vida
 
O Segredo da Felicidade - Billy Graham
O Segredo da Felicidade - Billy GrahamO Segredo da Felicidade - Billy Graham
O Segredo da Felicidade - Billy Graham
 
Revista
RevistaRevista
Revista
 
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptA Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
 
Catalogo de toda terra
Catalogo de toda terraCatalogo de toda terra
Catalogo de toda terra
 
O homem mais feliz do planeta
O homem mais feliz do planetaO homem mais feliz do planeta
O homem mais feliz do planeta
 
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza OliveiraAs 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
 
Epicuro carta sobre_a_felicidade
Epicuro carta sobre_a_felicidadeEpicuro carta sobre_a_felicidade
Epicuro carta sobre_a_felicidade
 
7 Estratégias Poderosas para uma Mante Milionária (1).pdf
7 Estratégias Poderosas para uma Mante Milionária (1).pdf7 Estratégias Poderosas para uma Mante Milionária (1).pdf
7 Estratégias Poderosas para uma Mante Milionária (1).pdf
 
Mistérios..
Mistérios..Mistérios..
Mistérios..
 
Revista Ambiente Condomínio
Revista Ambiente CondomínioRevista Ambiente Condomínio
Revista Ambiente Condomínio
 
A Chave dos Grandes Misterios Eliphas Levi
A Chave dos Grandes Misterios  Eliphas LeviA Chave dos Grandes Misterios  Eliphas Levi
A Chave dos Grandes Misterios Eliphas Levi
 

Escravo das Emoções

  • 1. 1
  • 2. 2 ESCRAVO DAS EMOÇÕES RESTAURA CLINICA Ari Gomes Todos os direitos reservados dessa edição 17 99 103 1769
  • 3. 3 SUMÁRIO PRIMEIRA PARTE Prefácio...................................................................06 Motivação; Formula da felicidade...............................08 A base do sucesso (Disciplina)....................................12 Pensamento (origens de todo mal) ...............................15 Medo de falar em público (timidez e fobia) .................20 Crítica, e auto crítica.................................................31 Mitos e verdades sobre a Regressão.............................35 Somente os Cristãos serão salvos?...............................49 Como adquirimos as doenças..................................... .63 Fatores para uma boa saúde........................................66 O poder do auto cura..................................................68 O milagre existe, e está dentro de nós..........................73 Você acredita na Oração?............................................75 Interpretando a Misericórdia de Deus...........................77 Entenda os pesadelos.................................................81 Existem curas em todas as religiões?........................... 89 Como as doenças chegam até nós?...............................94 A cura psíquica dos traumas........................................97 Por que ficamos doentes?..........................................103 Você é livre nas suas decisões...................................106 Como pagaremos nossos pecados?..............................113 Maldições hereditárias (Entenda)...............................114 Castigos (Deus ou do Universo) ................................121 As Bitolações nas Igrejas..........................................124 Os milagres nas religiões..........................................128 Livre arbítrio nas nossas decisões..............................132 Lavagem cerebral nas religiões..................................134 A Depressão é uma doença?.......................................138 Os laboratórios (remédios e dependência) ..................141 Como se livrar da Depressão?....................................143 Como a Depressão chega até nós?..............................148 Genética Hereditária (Traumas).................................155
  • 4. 4 Como superar nossos medos?....................................160 Porque nunca alcançamos o sucesso?..........................167 Porque temos que sofrer?..........................................169 Podemos evitar pensamentos negativos?.....................172 Deus interfere em nossas decisões?............................175 A Igreja pode nos salvar?..........................................184 Primeiro acesso as drogas de um jovem......................192 SEGUNDA PARTE Aprenda a hipnotizar em três minutos........................203 Hipnose na prática...................................................206 Técnica (Hipnose em três minutos) ...........................208 Hipnose instantânea (impacto)..................................212 Diferenças (hipnose e Regressão) .............................212 Não existe uma única técnica na Hipnose....................223 Pessoas sensíveis na Hipnose....................................225 Função da Regressão nas terapias..............................228 Como adquirimos os traumas?...................................233 O transe nas religiões...............................................235 Letargia (grande aliada do Hipnólogo) ......................243 Existem três tipos de transes.....................................248 Conhecendo as pessoas Hipnotizáveis........................250 Qual melhor método para hipnotizar?................. ........251 Técnica de Hipnose a distância......................... .........255 Onde são registrados os traumas?.................... ...........257 A fenomenologia do transe hipnótico.........................262 Homem enterrado vivo (fascinante essa pesquisa) .......272 Efeitos (Ilusão e Alucinação) ...................................277 Programação da mente..................................... .........285 Desvio de intenção intencional..................................289
  • 6. 6 PREFÁCIO Esse Ebook que apresento, deverá ser lido desde o início, sendo que não será possível entende - lo se for por partes. O material que apresento neste livro, é produto de muitas pesquisas e trabalho. Se você acha que a única verdade que existe é a que você conhece, engano seu, nunca podemos esquecer, que nem tudo que aprendemos é exatamente a verdade. Minhas pesquisas não abrangeram somente o limite de um consultório, mas excederam numa procura incessante e persistente para chegar a t antas conclusões da realidade humana. Se você for uma pessoa aberta a novas informações, é a pessoa indicada para ler esse livr o. Se for extremamente o contrário, fanática, ou completamente fechada as suas ideias de aprendizado, e não costuma assimilar outras verdades, eu te convido a não ler esse livro, pois poderá confrontar sua personalidade. Não tire suas conclusões antes de ter acesso ao conteúdo desse livro, e procure considerar as verdades que durante toda a vida humana foram escondidas de nós. Pesquisa essa, que foi
  • 7. 7 extremamente importante no meu trabalho profissional, somada as experiências e desafios que enfrentei para chegar a um consenso verdadeiro e conciso. Com certeza, essa obra irá te encaminhar por novos caminhos ainda desconhecido, e que nunca ousou buscar, pelo motivo de ter ignorado a realidade motivado muitas vezes pela falta de atitude, dando somente méritos ao que cabe no seu conhecimento único e restrito, se esquecendo das infinitas possibilidades que o universo pode te oferecer. Não pensem que sou dono da verdade, mas a questão que as minhas pesquisas, confirmaram que as maiores verdades sempre foram escondidas pelos homens, camufladas através das seitas, religiões e lideranças que sempre buscaram a se beneficiar da fraqueza das pessoas mais simples e humildes, forçando a obedecer de acordo com suas próprias leis. Nunca pense pequeno, mas grande, que as possibilidades irão te surpreender. Vamos deixar de lado nossas demagogias e simplesmente sair dessa zona de conforto, que sempre nos obrigou através do tempo, a seguir regras e tabus, e que nos obrigam a cumprir teses humanas
  • 8. 8 e não divinas, nos deixando cegos, nos impedindo de conhecermos a verdade. Nunca poderemos esquecer uma palavra da Bíblia; A Verdade Vos Libertará, João 8:32. Então, abra esse Ebook e se prepare para uma viagem de novos conhecimentos, todos baseados em pesquisas, e não de teses de interesses de pessoas que sempre se aproveitaram descaradamente da ingenuidade da maioria. MOTIVAÇÃO:FORMULADA DA FELICIDADE Para iniciar, vamos nos motivar com uma viagem positiva e única. Eu sempre acreditei, que sentir feliz e realizado, é uma das dádivas mais lindas que conheço, já que o universo nos presenteou e é nosso direito de tê-la em nossa vida, mas nunca esqueça, temos que conquistá-la, para usufruirmos desse direito. Existe um preço alto para adquiri-la, e somente virá em nossa direção, se não tivermos medo dos inúmeros obstáculos que tentarão nos desviar dessa realidade maravilhosa. A maioria das pessoas que vem a procura dessa tal felicidade em meu consultório , perguntam
  • 9. 9 incessantemente; onde está realmente a formula da felicidade? A questão, é muito simples; a felicidade tem como direção a nossa própria vida, depende exclusivamente aceitarmos em sermos um vencedor, e buscarmos uma realidade mais profunda de novos conhecimentos. Somente enxergaremos essa gama de possibilidades se estivermos livres do orgulho, inveja, avareza, ira, luxúria, gula e a, preguiça. Não podemos ter medo dos desafios que surgirão durante a caminhada pela vida, porque querer é poder. Se observarmos o estilo de vida da maioria das pessoas, presenciamos muita correria sem sentido, vida cheia de preocupações, somado a uma prisão mental. Mas uma coisa é certa, quando as pessoas descobrem a beleza que carregam na alma, logo se dão conta das infinitas possibilidades de transformação que poderão realizar em suas vidas. Ao olharem para dentro de si, irão descobrir o verdadeiro milagre que existe dentro de si próprio. Após essa descoberta maravilhosa, deixam de viver as insatisfações que atormentam sua alma, e imediatamente assumem sua grandeza abrindo as
  • 10. 10 portas da felicidade onde as possibilidades será todo o universo. O mais importante de tudo, é poder ter a sensação de que viver vale a pena, viver a plenitude da experiência de brincar com uma criança, saborear uma fruta diretamente no pomar, apreciar o contato dos pés descalços na terra, ou com areia da praia. Ser feliz, é se permitir perceber o vento batendo no rosto, ou a água da chuva escorrendo pelo nosso corpo, sentir a alegria de um trabalhador em plena saúde para cumprir o dia a dia o seu trabalho, sem a presença de doenças. O verdadeiro sucesso é satisfazer sua ânsia de felicidade, e isso só conseguiremos quando se relacionamos com sinceridade com as pessoas que amamos, quando somos amigos dos nossos filhos e principalmente quando conseguimos ser amigo de si próprio. Isso implica compreender seus erros, ser seu cúmplice para enfrentar os desafios, motivar-se para superar novos obstáculos e principalmente desfrutar ao máximo a sensação de ter felicidade sem culpa ou medo. Ser feliz, é o mais compensador de todos os sucessos, saber apreciar a alegria e a dor, constitui a base da felicidade.
  • 11. 11 Você nunca poderá ser feliz somente quando tem prazer, pois perdera o maior aprendizado da existência. Devemos descobrir um jeito de ser feliz na experiência dolorida, pois ela carrega a oportunidade de desenvolvimento. A felicidade é um jeito de viver, uma conduta, uma maneira de estar agradecida ao sol, a lua, a quem lhe estende a mão, e também quem o abandona, pois certamente nesse abandono estará a possibilidade de você redescobrir a força que existe em seu interior. A diferença entre o sábio e o Ignorante, é que o primeiro sabe aproveitar suas dificuldades para evoluir, enquanto o segundo se sente vítima de seus problemas. Se a pessoa passar a vida toda evitando sofrimentos, também acabara afastando o prazer que a vida oferece. Existem milhares de tesouros guardados em lugares onde precisamos ir para descobrir. Aventurar naquilo que achamos impossível, me dará possibilidades incríveis, para acharmos esses tesouros guardados. O importante é irmos ao encontro deles ainda que isso exija uma boa dose de coragem e desprendimento. Todos nós carregamos
  • 12. 12 momentos de loucura, já que passamos a vida inteira procurando esconder. Vamos a partir de agora ao encontro da verdadeira realidade da vida. A BASE DO SUCESSO; A DISCIPLINA Viver sempre certinho, é como querer respirar dentro da água do mar, ou tentar voar sem asas . Permita-se fazer suas loucuras todos os dias, faça parte de uma aventura com seu amigo, família, aconteça, deixe de lado seus preconceitos. A infelicidade é uma forma de olhar o mundo pelo lado contrário, em vez de você tirar proveito do momento atual, lamenta-se do que poderia ter acontecido. Nascemos com um potencial infinito de realizações, porém à medida que vamos sendo educados durante a infância e a adolescência, perdemos a rota original de nossa própria existência. Deixamos muitas vezes de fazer aquilo que nos realiza, e passamos a agir em função dos outros, nosso objetivo de vida nos é imposto pela sociedade, e passamos a condicionar nosso sucesso ao aplauso das pessoas que nos cercam, mas nunca seremos felizes, sempre valorizamos mais a opinião dos outros do que nossos próprios sentimentos.
  • 13. 13 Portanto para ser feliz apenas viva para surpreender a si próprio, e não aos outros. Você deve aprender a estar com você, isso significa estar sempre atento ao que passa dentro de si próprio. Quando uma coisa dá errado para um pessimista, ele logo se culpa, ainda que o erro não tenha sido dela. O otimista é o contrário, age com tranquilidade e pensa sem demagogias que todo mundo tem seu dia de azar. Sucesso é consequência de esforços, dedicação e planejamento. É sonhar, e acreditar que um dia ele irá acontecer em sua vida. Os milagres existem, mas são construídos. As mágicas são simplesmente ilusões. Não existem magias na escalada do sucesso. A base do sucesso é o trabalho de bastidores, a luta não é decidida com guerra, mas na sua maneira de ir ao combate. Acredite sempre, aconteça o que acontecer, lute pelos seus sonhos incessantemente. Então meu caro leitor, para realizar seus sonhos e adquirir a felicidade, você precisara dos quatro aliados, dedicação, determinação, disciplina e desprendimento. A determinação é aquela força interior capaz de levar alguém a afirmar com convicção, este é o meu sonho, não morro sem realizá-lo.
  • 14. 14 Dedicação é a capacidade de se entregar a realização de um objetivo, A disciplina na verdade está associada a palavra discípulo, é aquela que nos da capacidade de aprender como um mestre, segundo seu método. Se você quiser extrair água de um poço nunca poderá furar um buraco a cada dia, deverá persistir em um. Devera perfurar um único poço até atingir uma profundidade certa, onde estará a água potável, e límpida. O desprendimento é a capacidade de abandonar o que não está funcionando para aprende r o novo, é desapegar-se de certa forma de algo que não está acrescentando nada em sua vida. A nossa zona de conforto sempre será o maior obstáculo para chegarmos à felicidade. Sabemos que a partir do momento que buscarmos o simples, seremos recompensados. Solte sua imaginação e vá buscar seus sonhos. Nunca fique preso no amanhã, pois ele dificultara o hoje. Não se arrependa pelos erros que fez ontem, pois hoje será diferente do que foi ontem. O melhor momento para ser feliz, tem que ser agora. Viva pra ser feliz, nada mais.
  • 15. 15 PENSAMENTO (ORIGENS DE TODO MAL) Você já se perguntou quantos pensamentos contraditórios você tem em um dia? Quantas vezes seus pensamentos contradizem suas ações? Quantas vezes seus sentimentos se opõem aos seus princípios e crenças? Na maioria das vezes, não vemos nossas próprias contradições, muitas vezes é mais fácil observar tais inconsistências nos outros. Mas você está tão cheio de contradições quanto eu. Nós humanos somos estruturalmente feitos de contradições, vivendo pacificamente, às vezes dolorosamente, com nossos desencontros. Nosso fluxo de consciência é uma mistura de dores, gostos, imagens, ruídos, conversas, e talvez, mais notavelmente, as reflexões fragmentadas de uma voz interior, comentando, descrevendo, avaliando e planejando aspectos de nossas vidas. Ao longo da maior parte da história humana, parecia uma verdade óbvia, e talvez até necessária, que nossos pensamentos devem fazer parte da consciência consciente, e que a mente é, inerentemente, um reino ao qual temos acesso introspectivo imediato. Na verdade, meus
  • 16. 16 pensamentos parecem diretamente conhecidos só para mim. É o meu fluxo de consciência através do qual eles estão fluindo, afinal, porém, um quadro muito diferente passou a dominar a forma como pensamos sobre nossas mentes, tanto na vida cotidiana quanto no intelecto pessoal da pessoa, e esse quadro tornou-se amplamente influente, e de fato dominante, mesmo fora dos círculos acadêmicos relativamente limitados são levadas a sério. De acordo com esta imagem, nosso fluxo de consciência é apenas uma superfície brilhante de pensamento. A qualquer momento, um pensamento particular, e talvez um sozinho, pode invadir meu fluxo de consciência. No entanto, abaixo está um profundo, e talvez turbulento, reservatório de pensamentos de todos os tipos, nos quais estão as correntes profundas e talvez até mesmo monstros escondidos que governam a mente. De fato, deste ponto de vista, nossas mentes não são apenas um fluxo de experiência imediata, mas um enorme repositório de profundezas ocultas; crenças, atitudes, motivos, suspeitas, esperanças, medos e muito mais. Assim como posso perceber o mundo através dos meus
  • 17. 17 sentidos, parece natural pensar que podemos perceber este mundo interior, por assim dizer, voltando nossa atenção para dentro aplicando uma suposta faculdade de introspecção para examinar o conteúdo de nossas mentes. De fato, deveríamos ser um pouco céticos sobre nossa introspecção, porque nossas profundezas mentais são obscuras e talvez até ativamente distorcidas (alguns pensamentos podem ser reprimidos, por exemplo. Portanto, podemos precisar de técnicas especiais, que vão desde hipnose até associações de palavras até análise de sonhos a experimentos comportamentais, escaneamento cerebral para fixar com mais certeza o que estamos realmente pensando abaixo do nível de experiência consciente. Podemos ir mais longe e nos perguntar se os dilemas e conflitos que podem atormentar nossa experiência consciente podem ter sua origem em confrontos profundos no mundo inconsciente do pensamento. Talvez nossas mentes possam até estar organizadas em múltiplos agentes internos por exemplo, o ego, id e superego; ou intuitivos versus reflexivos; ou alguma outra divisão e estes podem
  • 18. 18 lutar pelo controle. O que há de errado com essa história? Na minha opinião, quase tudo! E explorar por que essa história é tão convincente, mas tão enganosa, será um dos tópicos em que me concentrarei neste Ebook. Acho que evidências da psicologia e da neurociência contradizem essas visões em quase todas as partes. Entre as reivindicações que eu gostaria de defender estão: A própria ideia de introspecção em nossas profundezas mentais é uma farsa, perpetrada sobre nós por nossos próprios cérebros. Somos improvisadores tão fluentes e convincentes que podemos inventar uma resposta para quase qualquer pergunta sobre nossas crenças, desejos, motivos ou memórias, quase tão logo o tenhamos perguntado. No entanto, nossas respostas não são mais do que invenções, criadas justamente quando a pergunta é feita e nem um momento antes. Quando explicamos nossas palavras e ações, estamos racionalizando; as explicações, crenças, desejos, esperanças e medos que mencionam fazem parte da história que contamos em retrospectiva. Crenças, desejos, esperanças, medos, e todo o resto não
  • 19. 19 causa mais nossa ação do que feitiços mágicos, possessão por demônios, ou um excesso de biolações descaradas. Encanamento das profundezas internas de nossas mentes não é difícil, porque eles são tão vastos ou tão obscuros, mas porque não há nada para encontrar. A mente é plana! A superfície brilhante da experiência consciente é tudo o que existe. Não imagine que nossas intuições sobre nosso fluxo de consciência também possam ser confiáveis. Nossas intuições sobre nossa experiência consciente do mundo externo são, na maioria das vezes, irremediavelmente e descontroladamente incorretas! Uma crítica que muitas vezes é nivelada, como um assunto acadêmico, é que não é realmente muito mais do que senso comum sólido. De uma perspectiva a mente é plana, isso não poderia estar mais longe da verdade. O quadro que está emergindo da psicologia, neurociência e disciplinas aliadas é realmente surpreendente, e totalmente estranho. É tão longe do senso comum, de fato, que tenho a sensação de que muitos pesquisadores são um pouco tímidos em
  • 20. 20 admitir, talvez até mesmo para si mesmos, o quão explosivas são as implicações de seus resultados. A psicologia do senso comum não está mais perto da verdade sobre como nosso cérebro funciona do que a física do senso comum obtém as respostas certas sobre espaço curvo, buracos negros e entrelaçamento quântico. Intrigado? Eu espero que sim. Mas, com razão, você precisa ver argumentos, evidências e intuições, para expressar o que realmente é a mente humana. MEDO DE FALAR EM PUBLICO (timidez e fobia) Eu nasci numa família tumultuada com um pai alcoólatra, brigas, espancamentos, e morte pelo alcoolismo. Pela carga genética hereditária, quando jovem, um dos meus maiores problemas que sofri, foi o medo de enfrentar um público ou pessoas, por existir dentro de mim uma criança traumática e insegura. Eu tentava controlar o meu pânico, mas havia essa criança magoada, que criava um profundo desconforto. A tentativa era frequente, mas só de pensar em falar com as pessoas, ficava tenso, sentia um aperto na garganta, engolia grosso, e ficava
  • 21. 21 completamente sem controle, o corpo travava, perdendo todo movimento voluntario. Algo me desligava por dentro, e ainda tinha que ouvir de pessoas ao meu redor que era frescura. Mas, eu sabia muito bem que não poderia desistir facilmente de lutar contra essas maldições genéticas, que aterrorizava minha mente. Vencer esse medo, foi a minha primeira decisão certa que tive na vida. Eu sempre tentei entender como criava essa tensão e o desconforto, mas nunca obteve resposta adequada, e muito menos entendia essa neurose. O pior de tudo, a realidade é que a info rmação de que eu precisava era inconsciente. Muitas vezes, me desafiava criando coragem tentando ser um homem social, me esforçando comunicar com pessoas, ser gentil, mas minha voz ficava mais alta e aguda, perdia o controle de minhas emoções, se fechava num silencio mortal. Me sentia um lixo humano, por não ser uma pessoa normal. A questão, eu pressentia nitidamente, que o homem adulto era dominado pela criança interna, carregada de traumas da primeira infância, que surgia das profundezas do meu inconsciente.
  • 22. 22 Nas minhas pesquisas é provável que o ato de olhar para as pessoas e observar se há algo incomum nos olhos ou nos rostos das pessoas, se conclui; que geralmente a pessoa pensa, e sabe, que está sendo observada julgada ou rejeitada pelo público, o que se torna mais claro quando observamos os olhos ou o rosto das pessoas na plateia. Como criar uma sensação de conforto É notório, que precisamos entender, que o tímido, expressivamente não tem controle de suas ações e emoções pelo motivo de não entender que o maior problema está no que pensa, nunca na pessoa na sua frente. Basta pensar em ir na direção de qualquer pessoa ou plateia, ficara com medo, criando automaticamente uma imagem confusa que distorce a realidade, se sentindo mal sucedido. Por conta desse inconsciente negativo, simplesmente é criado um bloqueio mental, que não o deixará ser bem sucedido no ato em si. Podemos criar uma sensação de conforto, se nesse momento ficarmos de pé diante do públic o, olhar através dos olhos sem expressão, e tentar
  • 23. 23 penetrar nos verdadeiros olhos das pessoas que ali se encontram. Comece com uma pessoa, e quando puder enxergar seus olhos, tente ser simpático abrindo um pequeno sorriso, diga algo a ela, ou simplesmente a cumprimente ou fale algo de bom para essa pessoa. Passe para outro rosto e repita sempre o ato simpático e cordial, assim lentamente sentira que seus ombros e seu tórax ficaram mais relaxados, e ela começou a sorrir. Esse desafio para uma pessoa tímida, em pouco tempo percebera que estará com uma voz próxima à sua voz normal; sinto-me melhor agora. Sentira dando o primeiro passo, e verá que a timidez não é uma doença crônica, mas sim, um desconforto associado a traumas da primeira infância. Criar uma sensação de desligamento, é entender que a timidez é de fato uma energia contrária à minha personalidade. Pois ela tem muito a ver com o fato de se sentir fisicamente e emocionalmente acima delas. O fato é que nesse momento oportuno, tenho que ser dono de minhas ações, enquanto as pessoas ao meu redor, de forma que continuo acima delas.
  • 24. 24 Ouço sempre os tímidos dizer; não gosto de olhar de cima para baixo nas pessoas, e não consigo ter contato direto com os olhos. A verdade é que o tímido terá que encontrar uma maneira de entender que, mesmo havendo uma diferença de altura, estar olhando diretamente para as pessoas, nos dá um ar de liberdade. Um primeiro passo sempre se convencer que isso é possível. Se você se perguntar; já estive em alguma palestra na qual sentisse que o orador estava falando diretamente para você, como se só houvesse vocês dois. Vera que já passou por essa experiencia , vera então que isso é possível. Lembre como o orador tentava fazer um esforço para estabelecer uma relação pessoal com você. Ele olhava pra você, para o público e sorria, e algumas pessoas sorriam de volta. Após essa atitude perante a pessoas ou público, você sentira mais à vontade diante de um grande público, ficara mais fácil sorrir, não acha? O importante é ser bem sucedido e conquistar a ligação pessoal que desejava. Outras maneiras do pânico de falar em público Nem todas as pessoas herdam medo de falar em público, mas todas fazem algo internamente que
  • 25. 25 cria o desconforto. Alguns imaginam que não conseguirão ser bem sucedidas e fracassam, outras receiam que o público não concorde, comece a reclamar e vá embora. Outras irão lembrar de uma ocasião em que se sentiram humilhadas por terem preparado mal uma palestra e foi mal sucedida. Mas entenda, a partir do momento que compreendermos como criamos o problema, a reação muda completamente de figura. Nossas reações não são aleatórias; são apenas simples consequências do funcionamento de nossas mentes. Não importa o que cada um de nós faz para criar um problema. Assim que a pessoa descubra o que faz, poderá adotar uma atitude mais de enfrentamento da causa. A partir dessa conscientização mudamos diretamente alguns elementos da nossa experiência interna. Podemos obter o mesmo resultado observando o que a pessoa pressupõe, e usando intervenções verbais para mudar a forma como ela pensa, como no exemplo a seguir. Pra você vencer uma timidez ou medo de falar com pessoas e público, sempre devera se perguntar
  • 26. 26 o que realmente me impede de se sentir à vontade perante as pessoas? As vezes a própria pessoa não tem a noção da lei do aprendizado, entender que a vida, constantemente nos apresenta novas possibilidades de aprendizado que chegara até nós, essa é a verdade. Mas a mente de um tímido e inseguro, nunca entendera que as pessoas não sabem mais do que ela, sente-se sempre diminuída, e as pessoas ao seu redor serão sempre mais inteligentes do que ela, e ainda se conclui; ela sabe mais do que eu. Mas pergunto a você meu caro leitor; como ela pode saber tanto, a ponto de saber disso? Usando um raciocínio lógico, para fazer a pessoa reconhecer que sua queixa resulta do seu próprio conhecimento, e não do conhecimento dos outros. Então você imagina que elas sabem mais do que você, e percebe que está diante de um problema interessante, aceitando que sabia o suficiente, para saber o que os outros estavam pensando ou admitia que não conhecia a extensão do conhecimento dos outros. Em qualquer uma das possibilidades, suas pressuposições de que os outros sabem mais do que você passa a ser um pouco menos verdadeira.
  • 27. 27 Então você é essa pessoa que, se fosse um produtor de novelas ou filmes, nada escreveria, porque todos os enredos já foram usados? Essa pergunta metafórica leva a sua afirmação a um extremo, dentro de um contexto que a torna francamente absurda. A pergunta interna te ofusca negativamente num contexto afirmativo, mas errado; então o que a leva a preparar um enredo, se tudo já foi dito antes, e todo mundo sabe mais do que você? Por que se dar ao trabalho? Essa afirmação abrupta do seu medo, passa explorar a contradição aparente entre sua motivação para reparar palestra e sua pressuposição de que; tudo já foi feito antes, não havendo, portanto, razão de se dar ao trabalho, isso é o que ela pensa, não a verdade. Mas se analisar friamente esse reagente mental, e conseguir perceber que poderia dizer algo à minha maneira, e que as pessoas poderão descobrir uma perspectiva diferente, mesmo de algo que já foi dito antes; então você se dará conta de que às vezes enxergar algo de outro ponto de vista suscita uma boa reação por parte do ouvinte. Existem muitas maneiras para nos livrarmos do medo, e consequentemente vamos a prática.
  • 28. 28 Entendeu; agora vamos a prática O primeiro princípio que devemos adotar, é focar cem por cento com interesse e prazer na meta a ser cumprida. Quando fazemos algo com amor e entusiasmo, o resultado já passa a ser mais garantido. Não importa se as pessoas tem mais conhecimentos do que eu, mas o principal é que as pessoas saibam mais do que eu, e que tudo já tenha sido dito antes, não é algo novo, mas coloco mais convicção e confirma o que já existe e simplesmente traga até as pessoas para seu conhecimento. Porque neste caso vou ter prazer e sentir-se à vontade. As coisas acontecem não como elas são, por isso temos que saber que temos de ir adiante. Me sentindo excepcional, não vou mais preocupar o que as pessoas sabem, mas sim, o q ue realmente eu sei. Já que conseguimos imaginar tão bem dessa maneira, que os outros sabem mais do que eu, terá momentos devemos imaginar que em certas ocasiões, que saberei mais do que eles. A verdade que descobri, é que muita gente sabe menos sobre sua vida, em termos do seu valor pessoal, sua autoestima e seu autoconceito. Sendo assim devo me convencer que então essa seria uma
  • 29. 29 área sobre a qual, sabemos sem dúvidas mais do que muitas outras pessoas. Então se você se deu conta da explicação até agora, o fato que, para cada pessoa sempre haverá áreas em que elas saberão mais do que os outros, da mesma forma que existem áreas que elas saberão mais do que eu, é relativo. Nesse jogo, devemos associar-se ao tudo ou nada, e partir por um outro tipo de abordagem. Será que uma pessoa séria estúpida ao ponto de querer ouvir de você uma palestra na qual não aprenderiam nada de novo? Em vez de tentar mudar a crença de que você sabe mais, do que a pessoa, passe a usar essa crença para anular o seu medo de falar em público. Se durante a presença de pessoas ao seu redor, sentir seus músculos relaxados e flexíveis, calma, apesar de atenta, esse tipo de modificação fisiológica, geralmente é um bom indício de que houve uma profunda mudança de atitude ao contrário do que acontece quando há apenas uma compreensão intelectual; tem razão! Obrigada. Obrigada mesmo. Isso faz sentido, declarou com confiança e satisfação. Agora estou convencido do meu crescimento. Não confunda minhas palavras,
  • 30. 30 elas não são milagrosas, e não ditando as regras de seu jogo, já que nunca conseguiríamos mudar uma pessoa ela não tiver princípios dela mesmo, mas mostrar-lhe um caminho em que as suas próprias lógica e crenças indicaram-lhe a solução. Os outros nunca serão mais inteligentes, apenas tente mostrar uma forma de adotar um ponto de vista alternativo, que levara você a pensar sobre suas neuroses da insegurança, de uma maneira que a faça sentir-se automaticamente bem e com recursos. Mais entusiasmo e confiante, ao invés de desconfortável e ambivalente. Não precisamos fazer um esforço para ter esses sentimentos positivos , eles passaram a estar à sua disposição de forma tão automática quanto sua reação anterior de desconforto. Quero deixar uma observação a você meu caro leitor, que esse caminho (a timidez) que você está preso, não é uma falta de confiança, mas sim deficiências da mente. Se você se sentir auto confiante, verá que seu inconsciente irá ignorar as informações e reações que te aprisionam, e fazem de você uma pessoa fraca e insegura perante a outras pessoas.
  • 31. 31 Sei que talvez estarei pensando que terão vários leitores, em algum momento, saberão até mais do que eu, isso é inevitável, mas também é uma oportunidade para que eu possa aprender com elas, o que beneficiará outras pessoas quando eu ministrar uma palestra. Entretanto, preciso ter confiança no julgamento das pessoas que decidiram que querem aprender algo comigo, ou não, essa é a questão. As mudanças pessoais são geralmente rápidas, isso não significa que todo mundo possa mudar completamente em dez minutos. Às vezes, levamos muito mais tempo do que pensamos para concluir essa meta, apenas para reunir as informações necessárias. O fator principal, é a ousadia, somada a perspectiva para se chegar à uma mudança total desejada. CRITICA, E AUTO CRITICA Criticar as vezes é um único caminho para as pessoas sem argumentos. Existem os dois lados da crítica, seja positiva ou simplesmente negativa. Ter pensamento crítico, é um processo intelectualmente
  • 32. 32 disciplinado de conceituar, aplicar, analisar, sintetizar, ou avaliar informações coletadas ou geradas pela observação, experiência, reflexão, raciocínio ou comunicação, como guia de crença e ação. Em sua forma exemplar, baseia-se em valores intelectuais universais que transcendem as divisões de assuntos: clareza, precisão, consistência, relevância, evidência sonora, boas razões, profundidade, amplitude e equidade. Implica o exame dessas estruturas ou elementos de pensamento implícitos em todos os raciocínios: propósito, problema ou questão em questão; suposições; conceitos; aterramento empírico; raciocínio que leva a conclusões; implicações e consequências; objeções de pontos de vista alternativos; e quadro de referência. O pensamento crítico, ao ser responsivo a assuntos variáveis, questões e propósitos; é incorporado em uma família de modos de pensamento entrelaçados, entre eles se manifesta o pensamento científico, pensamento matemático, pensamento histórico, pensamento antropológico, pensamento econômico, pensamento moral e pensamento filosófico.
  • 33. 33 O pensamento crítico pode ser visto como tendo dois lados um diferente do outro: o primeiro tem um conjunto de informações e habilidades de geração e processamento de crenças, e segundo o hábito, baseado no comprometimento intelectual, de usar essas habilidades para orientar o comportamento. Deve-se, assim, ser contrastado com; primeiro a mera aquisição e retenção de informações, pois envolve uma forma particular na qual as informações são buscadas e tratadas; o segundo a mera posse de um conjunto de habilidades, pois envolve o uso contínuo delas; e uma terceira o mero uso dessas habilidades como exercício sem aceitação de seus resultados. O pensamento crítico varia de acordo com a motivação subjacente a ele. Quando fundamentado em motivos egoístas, muitas vezes se manifesta na manipulação hábil de ideias a serviço de seus próprios, ou de seus grupos, interesse investido. Como tal, é tipicamente intelectualmente falho, por mais pragmaticamente bem-sucedido que possa ser. Quando fundamentada na justiça e integridade intelectual, é tipicamente de uma ordem superior intelectualmente, embora sujeita à acusação de
  • 34. 34 "idealismo" por aqueles habituados ao seu uso egoísta. O pensamento crítico de qualquer tipo nunca é universal em qualquer indivíduo; todos estão sujeitos a episódios de pensamento indisciplinado ou irracional. Sua qualidade é, portanto, tipicamente uma questão de grau e depende, entre outras coisas, da qualidade e profundidade da experiência em um determinado domínio do pensamento ou em relação a uma determinada classe de perguntas. Ninguém é um pensador crítico, mas apenas a tal e tal grau, com tais e tais insights e pontos cegos, sujeitos a tais tendências para a auto ilusão. Por essa razão, o desenvolvimento de habilidades e disposições de pensamento crítico é um esforço ao longo da vida. As verdadeiras mudanças estão sempre ao alcance das nossas mãos. Tenha a determinação necessária para deixar para trás o que não importa e decida hoje ser feliz. Muitas vezes presenciamos pessoas que tem o hábito de criticar as outras pessoas, mas sempre acham que o que estão fazendo é o certo, mas infelizmente, nunca perceberão seu erro fatal.
  • 35. 35 MITOS E VERDADES SOBRE A REGRESSÃO Muitas pessoas passam por sessões de terapias todos os dias. A maioria me procura por vários motivos, mas a campeã sempre será a depressão, e alguns simplesmente por curiosidade. Hipnoterapia e Terapia de Regressão ainda são novos conceitos para muitas pessoas, então obviamente há muitas dúvidas e mitos em torno dessas práticas. O que eu acho muito engraçado por exemplo, as pessoas me perguntam se elas irão ficar presas no passado quando elas fizerem sua Terapia de Regressão. A resposta para isso é definitivamente não! Quando estamos em regressão para fins de terapia, a nossa mente nos leva de volta apenas ao tempo em que as razões reais para seus problemas existentes estão mentindo. Tudo isso acontece na mente em um estado profundo de Hipnose, enquanto fisicamente você está sentado fácil e relaxado em um poltrona confortável no consultório, completamente seguro e bem a vontade. Estará sempre no controle de si mesmo, não importa o quão profundo seja o estado de transe ou hipnose.
  • 36. 36 Sua mente estará ciente do seu entorno e do presente. Então, não há nenhuma maneira que alguém possa ficar preso no passado. As pessoas também ficam preocupadas com os efeitos colaterais da Hipnoterapia e da Terapia de Regressão. Bem, você ficará feliz em saber que não há nenhum! Mas posso contar muitos benefícios; em uma sessão de hipnoterapia, não é administrado nenhum tipo de medicamento para que haja quaisquer efeitos colaterais. A pessoa em transe de hipnose, ficará naturalmente relaxada, e o relaxamento tem apenas efeitos positivos. Quando a mente está relaxada , o corpo também fica relaxado. E quando o corpo está relaxado, ele se rejuvenesce, quase como no sono. Mas na Hipnose, ao contrário do sono, você estará mais consciente de si mesmo e do seu entorno. Pessoas sempre me indagam se eu fiz alguém comer uma cebola, ou transformei alguém em um coelho, fazendo comer grama. Devo dizer que elas ficaram extremamente decepcionadas (estarrecidas, para ser mais preciso) quando lhe disse que tais truques são apenas uma parte da hipnose de palco, e não têm qualquer conexão, seja
  • 37. 37 qual for, com o aspecto terapêutico da Hipnoterapia que prático e estou familiarizado para tratamentos. A hipnoterapia é uma prática muito prestativa e transformadora de vida que tem ajudado muitas pessoas, de inúmeras maneiras, a trabalhar e curar suas questões físicas, emocionais, mentais e psicológicas. A Terapia de Regressão, não é um ingresso para um passeio em um parque de diversões. São técnicas sérias com benefícios incríveis que poderá funcionar melhor para você do que para o outro. Terapia de Regressão A regressão hipnótica, nunca deveria ser tão temida por pessoas mal informadas, já que é apenas uma jornada de volta no tempo (lembranças verdadeiras) para recuperar memórias traumática ou não, para tratamento dos traumas de infância . posso garantir é um trabalho profundamente transformador. Todas as nossas experiências desde o nascimento e até antes são registradas em nossos corpos, mentes e no psicológico. O trabalho do profissional de regressão, é somente guiar as pessoas de volta à sua infância, ou para o útero,
  • 38. 38 para reviver as imagens adormecidas no inconsciente. Nessa terapia exploraremos os padrões, contratos, acordos, percepções, crenças e estratégias que foram formadas, muitas vezes em um nível inconsciente, como resultado de experiências de vida, dos antepassados (pai, avô, bisavô, tataravô) e até mesmo no meio da vida. Voltar no tempo através da regressão hipnótica traz novas perspectivas e cura para os indivíduos de uma maneira que nenhuma outra terapia pode alcançar. Regressão Hipnótica não é como tentar lembrar. Na verdade, tentar lembrar vai dificultar o processo. Uma das razões mais comuns para um cliente não regredir, é que eles estão se esforçando demais para lembrar. A melhor opção, é afrouxar a mente consciente (relaxar), viajando no túnel do tempo, facilitando as memórias flutuarem e buscar imagens verdadeiras de uma maneira sem esforço. Estratégias de Sobrevivência Quando a vida se torna difícil ou mesmo insuportável, somos obrigados a apoiar na dor, desenvolvendo uma estratégia de sobrevivência.
  • 39. 39 Muitas vezes, em uma idade precoce, quando temos opções limitadas disponíveis para nós, aprendemos a sobreviver ao insuportável de alguma forma engenhosa. Quando essas estratégias de sobrevivência são levadas para nossa vida adulta, elas podem causar estragos. A terapia de regressão é uma excelente maneira de explorar as origens das estratégias de sobrevivência que estão causando problemas agora e eliminá-las ou alterá-las. Sentimentos registrados no inconsciente Sentimentos inexplicáveis sobre uma pessoa, lugar, situação ou evento são muitas vezes o resíduo de alguma experiência passada que é levada nas partes mais profundas da mente, corpo ou alma, além de nossa plena compreensão ou consciência. Esses sentimentos residuais podem se manifestar como medos e fobias, atrações poderosas ou fascínios. Regredir às origens desses sentimentos poderosos e inexplicáveis pode trazer novas percepções e cura em torno desses sentimentos e crenças. Busca de soluções do passado
  • 40. 40 Uma das coisas mais importantes que você pode fazer durante uma regressão, é explorar quaisquer problemas psicológicos, traumas ou maldições de nossa genética hereditária. Muitas vezes, como resultado de alguma experiência de vida, registram traumas, e crescem para a fase adulta, com uma criança insegura e triste. Essas maldições parecem fazer sentido no momento em que são feitos, mas quando levados para o inconsciente podem causar problemas. Uma vez trabalhei com uma jovem, que embora quisesse ter um relacionamento, ela se via afastando de qualquer jovem que se aproximava dela. Coloquei em regressão, e a levei de volta às origens do seu ponto traumático. Ela estava profundamente apaixonada por um jovem, pouco antes de ele ir para a guerra. Ela se comprometeu a ele, fazendo uma promessa eterna de sempre ser fiel, e nunca estar com mais ninguém, não importa a situação. Ele foi para a guerra e morreu, para nunca mais voltar. E, fiel à sua palavra, ela viveu até então, a promessa que havia jurado a esse rapaz. Revendo seu amor perdido, (em hipnose é como se fosse real) trabalhei
  • 41. 41 e sua eterna promessa ao seu amante, conseguindo libertá-la deste contrato que ainda estava em vigor em sua vida atual. Ao final da sessão, ela sentiu um grande alivio e um novo senso de liberdade, e uma paz profunda. Ficando sem as garras da promessa, em pouco tempo ela começou a namorar em um novo relacionamento amoroso sem as amarras da cobrança da promessa. A terapia de regressão pode ser usada para se reconectar com algum sentimento ou habilidade benéfica. Voltar a uma época da infância , e se permitir entender os pontos traumáticos que estavam mal resolvidos, nos dão profundas oportunidades terapêuticas para recuperar sentimentos e habilidades do passado para nos ajudar no presente. Como funciona a regressão Com a hipnose, a porta das memórias é aberta. Somos capazes de ver como observadores objetivos os acontecimentos do passado que contribuíram para a nossa situação atual, tranquila ou cheias de traumas. Memórias mantidas na mente subconsciente, corpo e alma tornam-se acessíveis e
  • 42. 42 podem ser exploradas através de hipnoterapia profunda. Não é uma questão de tentar lembrar, mas simplesmente deixar a mente navegar sem se preocupar em forçar a lembrança, apenas lembre-se. Na verdade, parece que quanto mais tentamos lembrar, mais difícil é. É mais uma questão de deixar isso acontecer. Com a ajuda de um terapeuta de regressão qualificado, as memórias podem fluir naturalmente e facilmente. É importante reservar julgamen to sobre a autenticidade dos eventos vistos até depois da regressão. Qualquer ação ou verificação é solicitada, pode ser cuidadosamente considerada após a sessão. A razão para isso é que ao tentar julgar o que está acontecendo em uma regressão invoca a mente racional consciente. À medida que a mente consciente é chamada para julgar a situação, as memórias são bloqueadas e o processo vai retardar ou terminar. Quantos métodos e técnica existem de Regressão Como sempre digo; não existem variadas técnicas de regressão, ela é única, mas existem
  • 43. 43 vários caminhos para nos levar a buscar as lembranças no passado, que podem ser usadas efetivamente para regredir e individualmente para recuperar memórias da mente subconsciente. Como se acessa essas memórias vai variar muito dependendo do indivíduo a ser regredido e do propósito da regressão. Em geral, a terapia de regressão pode ser dividida em quatro grupos ou categorias; a regressão da idade, que inclui a recuperação de memórias e sentimentos de eventos que ocorreram no decorrer da vida desde a época do nascimento. O trabalho infantil interno é um dos tipos mais comuns de regressão etária e pode até ser considerado um campo para si mesmo. Em seguida, temos regressão no útero. A regressão intrauterina nos transporta a esse momento muito especial no útero, após a concepção e antes do nascimento, é um elo entre memórias subconscientes e o inconsciente, e que ainda explora cenas, sentimentos, e eventos da memória. Regressão etária Na regressão etária, muitas vezes levamos um paciente a retornar em algum momento significativo
  • 44. 44 em sua vida para lembrar e rever eventos do passado que foram parciais ou totalmente esquecidos. A regressão etária é uma ferramenta muito poderosa que pode ser usada para muitas situações. Se você conhece o evento ou as circunstâncias que você está querendo voltar, simplesmente direciona o paciente de volta para o momento em que aconteceu. Por exemplo; volte para uma época em que você se sentiu muito calmo e confiante, ou volte para a última vez que você passou por momentos traumatizantes. Você também poderá passear por várias idades cronologicamente, desde a primeira infância, adolescência ou fase adulta. Volte a um tempo no passado recente, na origem de algo feliz ou traumático, ou simplesmente podemos direcionar o paciente para voltar para a idade em torno de 20 anos, ou cerca de 15 anos. Regressão Infantil Interior A criança interior é aquela que traz 80% dos traumas para a fase adulta. Essa parte mais jovem, mais lúdica, espontânea e livre de cuidados de que
  • 45. 45 muitas vezes foi ferida, esquecida ou obrigada a crescer muito cedo. Voltar no tempo através de uma regressão infantil interior pode ajudar a restaurar as qualidades naturais da criança. Vou incluir aqui alguns dos conceitos básicos para começar com esse tipo de regressão. Ao fazer uma regressão infantil interior é melhor voltar a um momento feliz na primeira infância. Peça para que a parte adulta do paciente se apresente à criança. Então pergunte à criança o que ela quer mostrar ou dizer ao adulto. Pergunte à criança o que ela mais precisa. E se possível, o paciente imagine fazer isso pela criança. Você verá que usando uma regressão progressiva aberta ou regressão etária e algumas das intervenções curativas que seguem, serão úteis para fazer a regressão infantil interior. Regressão pré-natal Este tipo de regressão é muito fascinante. É uma jornada incrível voltar o tempo até o útero, onde poderemos presenciar a primeira concepção (antes do nascimento). É uma espécie de tempo
  • 46. 46 intermediário quando estamos saindo de ser um espírito no mundo espiritual, se alojando em um corpo carnal, nos preparando para vir ao mundo. Embora a maioria das regressões no útero que fiz resultou em regressões abertas, é uma forma muito única de regressão que quando feita intencionalmente, pode levar a revelações incríveis e grande cura. É durante esse tempo no útero que começamos a explorar as primeiras experiências terrenas iniciais, e os padrões que foram estabelecidos na mente, sistema nervoso e corpo. É uma recepção calorosa e única no Universo. Já teremos uma noção como a nossa mãe está se sentindo sobre estar grávida, podemos perceber o que está acontecendo no mundo ao nosso redor, já temos sentimentos e podemos sentir amados. Para a maioria, o útero é um lugar muito seguro, quente e amoroso. Muitos descrevem sentimentos de flutuar, ser enrolado em um cobertor, e sentimentos confortavelmente apertados. Alguns pacientes descrevem uma luz filtrada avermelhada ao seu redor. Muitos sentem um pulsar ou relatam ouvir uma batida constante do coração. Outros descreveram em grande detalhe eventos que
  • 47. 47 estavam acontecendo fora do útero enquanto eles estavam se desenvolvendo. Uma paciente sempre conviveu com muitos medos, ataques de pânico e ansiedades. Veio procurar ajuda para se livrar de seus medos. Durante as sessões através da regressão, voltamos as origens de seus medos. Ela logo se viu no útero. Relatou que sua mãe estava cheia de medos e muita ansiedade, e papai estava com raiva, muito zangado. À medida que a cena se desenrolava, ela descreveu a tensão entre mamãe e papai, e as brigas que se seguiram chegando até ao espancamento. Então, o útero era um lugar muito inseguro para essa pobre criaturinha, pois a ameaça de violência era quase constante. Por conta dessa situação, temos vários registros mentais que chamamos de trauma de infância. E nunca poderemos estranhar se tivermos um filho, ou um amigo que tenha nascido e se transformado em um adulto agitado com muitos medos e pânico, ou simplesmente é tímido. Ao longo dos anos trabalhei com vários pacientes que tinham sentimentos generalizados de não serem amados e indesejados. Em alguns casos,
  • 48. 48 esses sentimentos levaram à depressão e até pensamentos suicidas. Dois desses casos, em particular, referem-se à regressão no útero. Nesses casos, ambas as pessoas foram adotadas ao nascer para pais amorosos e atenciosos. Embora ambas as pessoas soubessem que seus pais adotivos os amavam, eles estavam sobrecarregados com a sensação de não ser a mado e indesejado. Este tinha sido um tema para ambos em relacionamentos também. Então, para encontrar a fonte desses sentimentos, tive que regredir cada um deles de volta à primeira vez que se sentiram indesejados e não amados. Com ambos, acabamos no útero. Embora as circunstâncias fossem diferentes para cada uma, ambas as mães não estavam felizes com suas gravidezes. Ambos consideraram o aborto e um tentou. No final, ambos escolheram dar à luz e adotar seus bebês. Busca dos antepassados Já tive indivíduos que falaram línguas estrangeiras fluentemente sem instrução prévia
  • 49. 49 nesse idioma. Outras que descrevem tempos e lugares em detalhes muito além de seus conhecimentos. Alguns falaram de ervas ou remédios usados na medicina popular que não tinham conhecimento prévio para tratar as condições que tinham. Eu até tive dois indivíduos regredidos em momentos diferentes em lugares diferentes descreverem a mesma cena e circunstâncias. Vou deixar o julgamento final para você. Mas, eu vou dizer que, real ou imaginário, a regressão, é um campo fascinante com um tremendo potencial para curar muitos dos males da humanidade. SOMENTE OS CRISTÃO SERÃO SALVOS? Acho incrível que a humanidade ainda não entendeu a verdadeira realidade da salvação. Se acreditamos que Jesus morreu na cruz para pagar todos os pecados do mundo, isso implica ao meu ver, que independentemente uma pessoa ser boa, bandido ou uma prostituta, terá os mesmos direitos na finalização da sua morte, a misericórdia de Deus, e a salvação. Entenda meu raciocínio; Nas minhas pesquisas profundas em relação a salvação do homem na Bíblia,
  • 50. 50 entendi o verdadeiro sentido; através das pregações de Cristo, todo pecador na terra pagará pelos seus pecados. Os pais não morrerão pelos filhos, nem os filhos, pelos pais; cada qual morrerá pelo seu pecado. (Bíblia, Deuteronômio 24:16) E cada alma não comete pecado senão contra si mesma. E nenhuma alma pecadora arca com o pecado de outra. (Alcorão 6:164) Sendo assim, ninguém pagará pelo pecado de outra pessoa, senão o próprio. Não vou descartar essa afirmação, mas sempre me perguntei qual a verdadeira história, e se realmente Jesus pagou pelos meus pecados, e se vou ter direitos da salvação. Essa pergunta pode parecer uma asneira pra você, ou pode estar surpreso com essa afirmação. Antes de aprofundar, quero ser claro. Jesus definitivamente morreu por seus pecados para que você pudesse ser salvo, escapar do julgamento da carne, e receber vida eterna. Independentemente de cor ou raça, há um céu para ganhar, e um inferno para evitar. Na finalização de nossa vida terrena, teremos os direitos do céu, a qual foi nos concebido através da morte de Cristo na cruz, nos salvando, morrendo em
  • 51. 51 nosso lugar, nos livrando dos pecados que cometemos durante a jornada na terra como humanos. A diferença maior é que, quando pecamos na carne, não teremos como aliado a dívida que foi paga por Jesus na cruz, e toda essa dívida que fizermos em vida na carne, será cobrado não por Deus, mas sim pelo Universo. Quando pecamos, ficamos aquém da glória de Deus. O salário do pecado é a morte, (terrena) mas a vida eterna como já disse, todos terão o privilégio de serem salvos, já que esse direito foi conseguido por todos os seres na terra através do calvário de Cristo. Se você se coloca num lugar onde imagina que terá mais vantagens que um pecador, pelo motivo de estar ativo na sua fé, está redondamente equivocado e errado. Não se iluda, mas seus pecados cometidos em vida, nunca serão cobrados pela justiça de Deus, mas pelo Universo. Cada erro, fornicação, terá que ser pago na carne, porque pertence a carne, não no espirito como já começamos a entender. Quando um condenado pecador morrer, ele será glorificado pela vida eterna com os mesmos direitos dos bons. Tudo porque, o pecado pertence a carne, e
  • 52. 52 a carne sofrera as consequências do Universo(pecado) nunca o espirito. Entenda que Deus nunca irá interferir em nossas decisões. O livre arbítrio nos dá a liberdade da livre escolha de errar ou acertar, sem interferências divinas. Acha loucura essas palavras, está me taxando de hipócrita; mas vamos continuar o raciocínio. Mas posso garantir, que você será pesado pela culpa e vergonha do pecado em sua vida? Mark 8:36, Não pense que estou contradizendo as leis de Deus, mas uma coisa temos que nos perguntar; será que Jesus morreu na cruz pelos nossos pecados, ou somente pagou pelos pecados? Será que, as duas questões é a mesma coisa? Mas não é. Essa questão é uma distinção importante. Não estou discutindo sobre Jesus morrer pelos nossos pecados, estou dizendo que Ele não pagou a dívida do pecado. Entendo, quando se paga uma dívida, ela não será mais cobrada. A palavra da Bíblia interpretada pelo homem diz; quando pecamos, criamos uma dívida com Deus, da mesma forma quando alguém deve para uma financeira. Outra contradição; o salário do pecado é
  • 53. 53 morte, e a única maneira de se livrar dessa dívida, é pagando os pecados do espirito. Tudo isso é notável, muito parecido com alguém que deverá pagar pelos seus crimes. A justiça exige que os criminosos sejam punidos. A Bíblia diz que a alma que peca perecerá. Mas de um outro lado, acreditamos que Jesus, veio nos salvar da morte. E ele fez. A verdade é que, Ele fez isso, literalmente pagando a dívida do nosso pecado. Mas foi isso que realmente aconteceu? Eu diria que não. Aqui estão as razões: 01 – Em primeiro lugar, não consigo encontrar nenhuma escritura que me prove enfaticamente que Jesus pagou pelos nossos pecados desta forma. Tal doutrina fundamental e importante, deveria ser cristalina nas religiões. Mas não é. 02 – A Bíblia em todos os lugares ensina o perdão dos pecados, não o pagamento pelos pecados. Há uma diferença muito grande em pagar ou perdoar. Pense sobre isso. Não há diferença entre alguém perdoar uma dívida e alguém pagar uma dívida? Se você devia muito dinheiro a alguém, e um terceiro
  • 54. 54 pagou essa dívida, que necessidade haverá de perdão? A dívida está paga. Você ficaria grato pela dívida ter sido paga, mas não precisara de perdão. No entanto, se você devia dinheiro a alguém, e essa pessoa cancelasse a dívida, isso seria perdão. Vê a diferença! Vemos um exemplo dessa atitude em Mateus 18. Em uma parábola declarando como é o reino de Deus, um servo devia muito dinheiro ao seu mestre. Esta é uma ilustração da nossa grande dívida pecaminosa. Veja o que aconteceu quando o criado não pôde pagar: O servo, portanto, caiu diante dele, dizendo: "Mestre, tenha paciência comigo, e eu pagarei a todos vocês." Então o mestre daquele servo foi movido com compaixão, libertou-o, e perdoou-lhe a dívida. – Mateus 18:26-27 O que o mestre fez? Ele não disse; "A dívida deve ser paga!" Não, ele simplesmente perdoou a dívida. No entanto, é o mesmo sentido; se alguém viesse e pagasse a dívida por este homem, ainda haveria necessidade de perdão? Claro que não. Se o mestre fosse pago, seria estranho para ele dizer: "Fui totalmente pago por esta dívida, portanto, eu te perdoo." Não haveria nada para perdoar. Da
  • 55. 55 mesma forma, não haveria nada para Deus perdoar se Jesus pagasse nossa dívida pecaminosa. Mas vemos que Deus perdoa os pecados (Mat. 26:28, Lucas 24:47, Atos 2:38, Atos 5:31, Eph 1:7, Col. 2:13-14, entre outros). Se Jesus pagasse nossa dívida pecaminosa, seria logicamente incoerente para Deus perdoar. Deus não é logicamente incoerente. Alguém pode estar pensando neste momento: "Se este é o caso, que necessidade há para a morte de Jesus na cruz? Se Deus perdoa o pecado, por que Jesus teve que morrer?" Ótima pergunta. A resposta é a seguinte: porque Deus deve manter sua justiça em perdoar o pecado. Isto é exatamente o que a Bíblia ensina: sendo justificado livremente por Sua graça através da redenção que está em Cristo Jesus, a quem Deus estabeleceu como uma propiciação pelo Seu sangue, através da fé, para demonstrar Sua justiça . Porque em Sua paciência Deus havia passado sobre os pecados que estavam previamente comprometidos, para demonstrar no momento Sua justiça, e que Ele poderia ser justo, e o justificador daquele que tem fé em Jesus. – Romanos 3:24-26
  • 56. 56 Este versículo diz enfaticamente por que Jesus teve que morrer. Se a razão da expiação fosse cristo pagar nossa dívida de pecado, este teria sido o momento perfeito para Paulo dizer isso. Em vez disso, ele diz algo diferente. Ele diz que a expiação foi para demonstrar a justiça de Deus. Em outras palavras, Deus não podia perdoar os pecados e permanecer justo (justo, perfeito, santo) a menos que Jesus sofresse na cruz. Foi por isso que Jesus teve que sofrer e morrer. Só por esse sacrifício Deus pode perdoar o pecado e permanecer justo. A próxima pergunta que surge naturalmente é "Por quê?" Por que Deus não pode perdoar os pecados sem o sacrifício de Jesus? A resposta está no propósito da lei, em primeiro lugar. Deus nos dá a lei do amor: ame seu próximo como você mesmo. Por que essa lei existe? Existe para promover o bem final da criação de Deus. Então se for realmente dessa maneira, quando a lei é obedecida na carne, temos o céu (terreno) quando ela é desobedecida seremos castigados. Não misture as estações; a carne paga pela carne, e o espirito nunca sofrera sanções de cobrança, já que não faz parte da carne.
  • 57. 57 Como podemos ver claramente que agora a própria natureza da lei implica sanções. Se não há punição por infringir a lei, então não é uma lei, mas uma sugestão ou um bom conselho. Portanto, a lei de Deus também traz sanções. Por que a lei tem sanções? A Bíblia responde a isso em si: para que "todos possam ver e temer e não agir de forma presunçosa", que "aqueles que permanecem ouvirão e temerão, e doravante não cometerão novamente tal mal entre vocês" (Deut 17:13, Deut 19:20). Em outras palavras, é assim que uma mensagem clara será enviada para que Deus leve sua lei a sério, do ódio de Deus pelo pecado, sua raiva justa contra ele, e o destino daqueles que a desconsideram. Este não é apenas um pensamento do Antigo Testamento (Atos 5:1-11, 1 Tim 5:20). A execução da punição da lei é para evitar mais desobediência. O bem maior exige que o mal seja punido. Qualquer bom governante entenderia a importância de punir malfeitores. O mal é como um câncer, a menos que seja apagado, ele continuará a se espalhar e crescer. Este é precisamente o ensino real da Bíblia (1 Cor 5:5-7). Se as pessoas não virem a execução da
  • 58. 58 punição da lei, não levarão a sério. Esta é precisamente a razão pela qual tantos dos julgamentos de Deus são registrados na Bíblia (tanto do Velho quanto do Novo Testamento) e a razão pela qual o inferno foi tão frequentemente falado por Cristo. Realizar a pena para o pecado é vitalmente importante para o bem-estar de toda a criação de Deus para toda a eternidade. Como é que Deus perdoa os pecadores e ainda defende a Sua lei, mostrando que Ele odeia e pune o pecado e considera sua lei com suprema importância? A resposta seria com um substituto. O que poderia ser feito que alcançaria suficientemente o mesmo propósito (ou melhor) do que executar a punição da lei sobre os pecadores? Se o propósito da execução da punição sobre os pecadores é para que a lei de Deus seja mantida e para que outros possam "ver e temer", o que pode ser feito para alcançar esse mesmo fim e ainda permitir que Deus perdoe? Podemos facilmente ver que a resposta está no sacrifício de Cristo. Em todo o Antigo Testamento, vemos exemplos disso com todos os sacrifícios comandados por Deus. Quando um homem colocava a mão na cabeça de um animal antes de cortar sua garganta, ele estava
  • 59. 59 recebendo uma mensagem clara de que seu perdão não consistia em Deus deixando de lado Sua lei. A lei de Deus estava sendo mantida, como ele podia ver claramente a partir dos gritos e do sangue de um animal inocente. Claro, um animal não é realmente suficiente para realizar o propósito de Deus em expiação. Matamos e comemos animais inocentes o tempo todo. Aqueles sacrifícios apontavam para aquele que estava por vir. E a Redenção? A Bíblia fala muito sobre o tema da redenção. A redenção implica um preço de resgate pago para garantir a liberdade de seu objeto. Por causa disso, muitos assumiram que o preço que foi pago era a dívida do nosso pecado. Mas eu diria que não foi. Em primeiro lugar, não encontrei nenhuma escritura que indique o preço pago da nossa dívida pecaminosa. Uma vez que não está muito claro que este foi o preço pago nas escrituras, ele não deve ser firmemente mantido como uma doutrina fundamental. Em segundo lugar, um pagamento de resgate pode ou não ter nada a ver com o valor da dívida que é devido. Se alguém sequestrou uma criança e exigiu um resgate, os pais dessa criança podem estar inclinados a pagar o preço do resgate, apesar do fato
  • 60. 60 de que seu filho não dever isso. Entendeu meu caro leitor! Então devemos nos fazer algumas perguntas: Quem ou o que nos mantinha em cativeiro? Qual era o preço necessário para nossa liberdade? Se a ideia típica é que Jesus pagou a dívida do nosso pecado para nos libertar, devemos perguntar: a quem Ele pagou essa dívida? A dívida não é devida a Deus (Mat. 18:21-27)? Isso então significa que Deus enviou Jesus para pagar o preço a Deus, para que Deus nos libertasse de Si mesmo? Não, Deus não está mantendo ninguém em cativeiro. Deus e Seu Filho estão no mesmo time, trazendo liberdade aos cativos (Lucas 4:18). Na Bíblia, a redenção é frequentemente usada no contexto da escravidão (no entanto, essa escravidão pode ter ocorrido). Por exemplo, os israelitas foram escravos no Egito por 400 anos. Deus disse: "Vou redimir você com um braço estendido e com grandes julgamentos" (Exo 6:6). Será que isso significa que Deus pagou o faraó para deixar seu povo ir? Claro que não! Isso significava que Deus iria fazer o que era necessário para libertá-los da escravidão. Como ele ia redimi-los? "Com um braço estendido e grandes julgamentos."
  • 61. 61 Da mesma forma, você e eu éramos escravos do pecado e de Satanás. O pecado é um mestre de tarefas do mal e precisávamos de alguém para nos entregar (nos redimir) de suas garras. Jesus fez grandes esforços para garantir essa salvação para nós através do trabalho da cruz. Ele pagou um grande preço com seu próprio sangue para garantir nossa liberdade! Jesus não pagava ninguém pela nossa dívida pecaminosa. Ele estava pagando um preço no sentido de que ele suportou muito pela nossa liberdade. Usamos as mesmas imagens em nossa língua hoje quando dizemos coisas como "aqueles soldados pagaram um grande preço pela liberdade deste país". Não queremos dizer isso em um sentido literal, nem a Bíblia. Podemos ver que 'redimido' foi usado muitas vezes de forma semelhante em exemplos do Antigo Testamento (Exo 6:6, Jó 5:20, Ps 119:134, Isa 50:2, Jer 31:11, Micah 4:10.) Houve vários ensinamentos falsos na igreja porque muitos saíram do curso neste exato momento que temos discutido. Vou listar alguns dos ensinamentos perigosos e falsos: –Doutrina Falsa 01: Que Jesus só morreu pelos seus eleitos. Esse é o raciocínio medíocre que muitas
  • 62. 62 seitas e religiões sustentam: ao meu ver, entendo que a partir do momento que Jesus veio para pagar os pecados do mundo, esse pagamento não foi exclusivo para alguns, mas para toda humanidade. Esta é uma doutrina à qual sou veementemente contra e que acho que pode ser facilmente refutada com uma abundância de escrituras, mas isso é para outra época. Doutrina Falsa 02: Que somente serão salvos, os escolhidos de Deus. Isso me cheira egocentrismo, falta de conhecimentos da doutrina do Universo, e é predominante nas igrejas de hoje. O raciocínio é muito simples; vamos lembrar que o pecado sempre existiu na carne, não no espirito. É mais fácil um líder pregar a palavra pressionando um Cristão, ameaçando a cumprir as leis de sua igreja, do que garantir a ele, que desde que nasceu no útero da mãe terá direito da salvação. Mas porque nunca irá afirmar esse nosso direito; porque essa verdade poderá desviar o seu seguidor dos princípios reais, e a obediência a sua igreja, não absolutamente de Deus. – Doutrina Falsa 3: Que não há necessidade de arrependimento depois da salvação.
  • 63. 63 Meu caro leitor, tente entender rapidamente a verdade; a salvação não faz parte do espirito, mas da carne. O espirito nunca sofrera um câncer, depressão, e muito menos necessitara de salvação. Mas a carne pecaminosa durante a existência na terra, sofrera doenças e desastres para se encaixar no devido lugar, e o que foi desencaixado pela libertinagem do pecado. Para concluir, quero deixar claro que muitas pessoas não levam esses erros ao extremo. Também acredito que há muitos cristãos maravilhosos abertos a novos conhecimentos e informações, que se apegam a alguns desses erros listados. Estar errado sobre teologia não desqualifica (necessariamente) uma pessoa da salvação. Mas, no entanto, eu acredito que é perigoso. COMO ADQUIRIMO AS DOENÇAS Nos tratamentos em consultório, eu sempre expressei ao paciente, qual o único motivo que deveremos evitar que aconteça em nossa vidar; a ausência de saúde. Percebo que o homem busca incessantemente caminhos que levam a riqueza, fama e sucesso, a qualquer preço.
  • 64. 64 Mas esquecem que, com todas essas fontes materiais, poderemos ficar amarrados nas malhas de uma doença mortal, como por exemplo o câncer. Vivemos em um planeta cheio de toxinas produzidas pelo homem, e certamente o câncer também sempre teve presente nas famílias, devido ao DNA. O ambiente tóxico em que nascemos, e vivemos, sempre será uma das possibilidades. Mas, em geral, as doenças são adquiridas, não nascemos com elas. Podemos aprender muito quando estamos nessa situação. Grande parte da população mais velha do nosso país, estão lutando contra múltiplas doenças. Entre as doenças crônicas mais comuns, temos o o acumulo do colesterol alto, artrite, doenças renais, osteoporose, doenças da tireoide, hipertensão e diabetes. O objetivo de um profissional de saúde não é erradicar completamente essas doenças, não seria possível, mas gerenciar essas doenças para maximizar a função e otimizar o alivio. Existem fatores que ajudam a evitar sérias doenças mortais; evitando uma vida estressada e sedentária, cuidando para termos uma boa saúde, mental e psicológica. Essa sempre será, a melhor opção para vivermos uma longa vida e ativa.
  • 65. 65 Os fatores para uma boa saúde incluem; o meio ambiente, genética, educação e até relacionamentos. Outros fatores que podem nos ajudar a termos uma boa saúde; persistência nas dietas, exercícios, e o rastreamento de doenças. A saúde é um recurso para o cotidiano, não o objetivo de viver. Isso significa que a saúde é um recurso para apoiar a função de um indivíduo na sociedade mais ampla. A nossa obrigação é sempre manter os dois lados da moeda saudáveis, que incluem a saúde mental e física. Uma pessoa com um pico de saúde física, e que suas funções corporais estão funcionando em um nível normal, estará em plena saúde. Quando temos picos de doenças, o tratamento é o caminho mais indicado, para manter o equilíbrio. Para ter certeza que você está em alta saúde física, deverá estar sempre em sintonia com seu corpo, pois sempre haverá avisos nos alertando do mal funcionamento. O bem-estar físico também envolve a diminuição do risco de doenças através da busca de um estilo de vida saudável. A eliminação do tabaco, das drogas e do álcool constitui um movimento para a busca do bem-estar físico.
  • 66. 66 A saúde mental, é o principal motor que evitara prejuízos ao corpo saudável, tão importante quanto a saúde física para um estilo de vida pleno e ativo. A saúde mental depende não apenas da ausência de ansiedade, depressão ou outros transtornos, mas a capacidade do indivíduo de aproveitar a vida e alcançar o equilíbrio. Uma mente saudável é capaz de se sentir segura e adaptada às adversidades. Uma mente saudável também é capaz de atingir todo o seu potencial facilmente, e também se recuperar de dificuldades facilmente. FATORES PARA UMA BOA SAÚDE Alguns fatores importantes necessários devem ser levados em consideração para termos uma boa saúde; o local onde a pessoa vive, o nível de educação, o estado de seu entorno, sua relação com amigos e familiares, e sua genética. Quanto maior o status socioeconômico de uma pessoa, maior a probabilidade de experimentar uma boa saúde. Uma pessoa com maior nível socioeconômico é mais propensa a sofrer menos estresses relacionados ao cotidiano, como
  • 67. 67 dificuldades financeiras, desemprego e ruptura conjugal Além disso, o acesso à saúde é mais fácil para pessoas com maior nível socioeconômico. Outros fatores que podem impactar a saúde incluem questões culturais. A resposta de uma família às tradições e costumes da sociedade também pode ter impacto na saúde. Um exemplo pode ser visto nas pessoas do Mediterrâneo, que são mais propensas a consumir altos níveis de vegetais e frutas, em comparação com outras culturas que gostam mais de fast food. Outro fator que pode impactar a saúde é o gerenciamento do estresse. Problemas de saúde são mais comuns em pessoas que lidam mal com o estresse e recorrem a drogas, fumando ou bebendo. Por outro lado, as pessoas que controlam o estresse através de uma dieta saudável e exercícios têm uma vida mais saudável. As diferenças de gênero também podem impactar nos fatores de saúde. Em sociedades onde as mulheres ganham menos que os homens ou são menos instruídas, estão em maior risco à saúde do que os homens. A saúde deve ser preservada através de um estilo de vida saudável, em vez de tratar doenças.
  • 68. 68 O PODER DA AUTO CURA Falar em cura é um assunto muito sério, como já mencionei neste livro. Mas sabemos que a cura, na realidade é um auto cura, e não é algo novo, e nem foi descoberta por mim ou outro pesquisador moderno. Cerca de 500 anos A.C, já se conhecia o poder do auto cura, mas isso tudo era atribuído aos deuses, e muitas outras formas que foram surgindo para garantir a movimentação de nossas energias internas. Quando Moisés atravessou o deserto, ele usou um instrumento muito inteligente para que o poder da cura fosse despertado dentro das pessoas que vinham em sua direção. Havia muita gente doente, e as serpentes do deserto atacavam e criava um medo imensurável entre eles, era um animal temido. Moisés que era um conhecedor profundo das leis do universo, e era sábio, entendia que a maioria das doenças tinha como princípio de ordem psicológica, hoje conhecidos como depressão, fobias, neuroses e obsessões. Fez então uma serpente de metal e colocou-a num mastro enfincado nas areias do deserto, e
  • 69. 69 garantiu a multidão ali presente, que todo aquele que estivesse doente e olhasse para a serpente ficaria curado. A partir desse dia, acredite ou não, a maioria das pessoas enfermas que ficaram concentradas e olhando para a serpente num ato de crença e fé, ficaram curadas. Pergunto ao leitor; que poder mágico possuía a serpente de metal feita por Moisés? Será que se hoje fizermos uma serpente e olharmos para ela quan tos enfermos serão curados? Mas a verdade é que essa façanha dependera exclusivamente de um fator muito importante. sabem por quê? Seja no tempo de Moisés ou não, a mágica só acontecera, se existir uma intensidade muito forte de fé depositada num objeto, seja real ou imaginário, a qual ira movimentar a única força que poderá produzir a cura; o milagre que existe dentro de nós, e que foi concebido por Deus. Seja uma serpente, ou qualquer outra coisa, só essa força que já existe dentro de nós, se tiver o fator; crença. O poder curativo, daquela época, é o mesmo poder que existe até hoje dentro de nós, sempre existiu, e vai continuar presente nas pessoas de fé.
  • 70. 70 Esse poder nunca poderá ser despertado nas pessoas céticas, pois essa conquista, é algo que só teremos se realmente tivermos a capacidade de acreditarmos em algo que nos fará bem, que nos cura, alivia e nos proporciona paz. As pessoas céticas que duvidam da existência desse poder miraculoso no próprio ser, não terá forças suficientes para dirigi-la e auto curar-se. Sabemos que Jesus disse inúmeras vezes; tendes fé em Deus e mudara sua vida. Tudo aquilo que disseres acreditando, se fará, o que está dizendo extremamente com fé, será feito. Eu imagino que muita gente às vezes dúvida dessas palavras pois nunca sentiu essa proeza di vina na sua vida. Será que Jesus mentiria, ou dizia tolices sobre essas palavras? Eu acredito que não, pois na ciência dos tratamentos presenciamos nitidamente e com realismo essa realidade. Ou você acredita, ou será apenas uma carta fora do baralho. Sabemos que toda solução de nossas enfermidades e de todos os nossos problemas, sempre terão início na nossa área mental, através de uma canalização de energias positivas, que direcionadas ao problema com bastante intensidade,
  • 71. 71 conseguiremos mudar o rumo dessas obsessões negativas, assim como a energia física e muscular necessita ser estimulada. Imagine os halterofilistas, que praticam diariamente exercícios com pesos, barras, forçando os músculos para desenvolverem uma força estupenda. É notório, para obter esse resultado, a primeira opção estará no comando que se origina na sua mente. Esse poder mental só poderá ser estimulado e desenvolvido se você o exercitar. Há muito anos, num posto da FUNAI, a 300km de Manaus, haviam 10 trabalhadores rurais e alguns índios acidentados. No meio destes, haviam quatro que estavam paralitico, e aparentemente eram incuráveis. Eram três homens e uma mulher acometidos de uma doença que lhes paralisara os membros inferiores. A região era muito seca, e num dia muito quente de verão, após uma chuva forte tropical, por uma das janelas aberta entrou uma gigantesca cobra sucuri, com mais de 10 metros de comprimento. Ao presenciarem aquela cobra venenosa, os pacientes deitados em suas camas, entraram em pânico e correram desesperadamente para fora da sala da enfermaria.
  • 72. 72 Somente depois de muito tempo é que se descobriu que os quatros paralíticos também saíram em disparada e pulando, praticamente curados da paralisia que sofriam. Pergunto ao leitor; de onde veio essa energia extraordinária e a cura espetacular? Claramente notamos nesse ocorrido que esse poder se emanou de suas mentes, que reagiu no intuito de preservar - lhes a vida. Foram impelidos a entrarem em ação sobre a pressão do medo e do desejo de salvarem-se. A emoção, embora tenha sido negativa, teve um efeito positivo, que pressionou os doentes a criarem uma força incrível acompanhada do medo , que criaram proporções assustadoras de energias que brotaram do inconsciente desses enfermos. Essa realidade da mente é incrível quando exigida com bastante devoção. Obviamente que essas reservas de energia mental estavam acumuladas em algum lugar do cérebro daqueles pacientes, e foram liberadas em condições de emergência, para salvarem a vida dessas pessoas. Você pode utilizar essa mesma forma de energia mental para a realização do auto cura. Curar- se, depende muito da nossa fé.
  • 73. 73 O MILAGRE EXISTE E ESTÁ DENTRO DE NÓS O segredo é você desejar ardentemente ficar curado e isso já irá acelerar a ação desse fantástico poder interior. O ato de sua crença pode mudar o rumo da história de um câncer em sua vida. Vou exemplificar. Em meu consultório, uma paciente estava desenganada pelos médicos de sua cidade a qual pela gravidade de um câncer no pulmão, teria apenas três meses para viver. Pelo exame percebi que o câncer já havia tomado proporções gigantescas no seu pulmão, num espaço considerável e amplo. A minha pergunta foi clara e evidente; na questão de você estar desenganada pela equipe de médicos de sua cidade, me fez pensar uma coisa; você acredita que os médicos são deuses; a qual ela responde que não. Então pedi que descartasse essa primeira possibilidade. A segunda pergunta; você realmente quer morrer? Ela rapidamente reagiu a minha pergunta com um olhar fulminante e cheio de esperança dizendo que não.
  • 74. 74 Então a partir desta data, vamos mudar as informações de seu inconsciente praticando justamente o contrário do que vinha fazendo. Vivera a partir de hoje como se não existisse uma enfermidade em sua vida, voltando a tomar seu banho todo os dias, indo ao supermercado, viajar de férias com a família, criando autoestima, desfocando da concentração obsessiva na doença. Se imagine saudável como se não tivesse nada, e quando for dormir todos os dias, durma pensando que o seu pulmão está sendo limpo no local afetado, por milhões de minúsculas formiguinhas, que limpam e comem as células mortas de seu câncer, deixando a carne nesse local, limpa e saudável. O incrível é que notamos no começo dessa história, que os médicos não acreditavam que ela passaria de três meses a sua vida, pelo motivo da doença estar avançada. Quando chegou em meu consultório sua imagem era de uma pessoa derrotada, sem atitudes, descrente, cheia de temor e morte, já que não havia mais esperanças pelo motivo das palavras de desconforto que ouvia diariamente de morte, vinda dos profissionais e familiares.
  • 75. 75 É justamente nesse ponto que quero que o leitor entenda, quando não intensificamos negativamente a energia mental focando compulsivamente em nossas doenças, ela com certeza vai perdendo suas forças. Para a surpresa da medicina de sua cidade, acompanhei essa paciente durante dois anos, (ela tinha somente três meses de vida, lembra?) a qual o desfecho dos meus ensinamentos somados a sua fé em Deus, o câncer foi curado, e mais uma vez, notamos que o inicio da cura sempre estará primeiramente na mente das pessoas, somado a fé. Experimente esse poder que já existe dentro de você. VOCE ACREDITA NA ORAÇÃO? Sabemos que em todas as religiões do mundo, a prece, ou a oração é um valioso instrumento para as pessoas alcançarem a cura para suas doenças. De onde vem esse conhecimento, e qual seu fundamento? Sabemos que tudo isso depende exclusivamente de sua crença, que intensificada na nossa área mental, e refletira nas enfermidades do corpo. Mas entenda que a mente depende de
  • 76. 76 acreditar, ter realmente muita fé, pois se você não acreditar nunca haverá cura. Cristo, o maior profeta da terra, é um exemplo de nossa fé. Através de sua imagem, muitos alcançaram verdadeiros milagres pela fé direcionada a Ele. Sabemos que quando alguém faz uma prece a Deus, coloca em ação o poder interior da energia mental e assim, dependendo de sua vontade, somada a fé, conseguira ou não, o resultado para a cura de sua enfermidade. Mas nunca esqueça, não existira curas sem fé, e o princípio de tudo sempre terá início na crença do seu coração. Jesus Cristo disse a nós; Vós sois deuses, cada um de nós é um deus. (João 10:34). Em outras palavras, aquilo que pedimos aos deuses de acordo com minha fé (Buda, a lua, santos,) seja lá qual for o tamanho da sua fé, ou no que você acredita, o milagre de Deus fara presente na sua vida. Estará disponível independente no que realmente acredita. Você percebeu nesse raciocínio, você tem o livre arbítrio para depositar a sua crença seja lá no que for, mas a finalização sempre será o poder de Deus na sua vida, que emanara do potencial
  • 77. 77 de sua mente inconsciente. Não importa onde você depositara a sua fé. Todo artefato de fé, na finalização dependera única e exclusivamente da interferência maior de Deus, entendeu. Santo nenhum fara milagre sem Deus, ele sempre dependera da maior força do universo para acontecer, Deus. Por essa razão, o que vale nesse momento é a crença depositada no seu instrumento que estará usando para adquirir a cura. Ela movimentara o milagre que já existe dentro de você, presente de Deus, para alcançar o alivio das enfermidades. Nunca seja hipócrita, achando que sua religião, seu deus, seu santo, sua crença, é melhor, verdadeira e única, e que somente sua religião ou seita é melhor que as outras. Lembre-se; Deus é um só, e todo ser na terra terá o direito para alcançar os milagres de Deus. INTERPRETANDO A MISERICORDIA DE DEUS Como já disse acima; Não importa a sua religião ou seita, todos terão a misericórdia de Deus, sem distinção de raça ou cor. Ele nunca irá julgar seus filhos amados pela religião que participa, nem pela
  • 78. 78 falta de fé, e permitirá em vida pagar sua dívida na carne, em forma de sofrimentos, nunca no espírito. Que Deus tenha misericórdia das pessoas que brincam de deus, que se acham donos da verdade, e confundem o pecador, ameaçando com palavras duras, usadas até através de versículos da Bíblia, ameaçando os mais humildes, confundindo a sua fé, pregando inverdades, e garantindo que não haverá misericórdia de Deus, e pagarão seus pecados ardendo nas chamas do inferno, se não cumprir as leis humanas exigidas nas seitas e religiões. Eu pergunto; se você que está lendo esse livro, fosse um bandido, assassino, ou um fora da lei, você na sua maldição não gostaria de ter a misericórdia de Deus em vida? Deus nunca irá julgar um pecador, mas dará a ele a misericórdia, e novas oportunidades para haver mudanças, e arrependimento, independentemente qual seja o pecado cometido por esse filho amado. Isso quero dizer; o que praticamos na carne, nunca chegara no espirito. Espirito é a verdadeira e única vida, a carne pelo pecado sofrera doenças, acidentes, e morte, e ela carregara o peso que escolheu, sendo responsável pelos erros cometidos pela ganancia que gerara sofrimentos.
  • 79. 79 A realidade de tudo isso é simples; você poderá ampliar a sua fé numa imagem de santo, no Buda, seja lá o que for, sem preocupar de estar no pecado. Na jornada de fé, não existem vários deuses, mas o verdadeiro, mas um único Deus. Mas posso garantir que ainda até hoje, presencio curas num simples acender de uma vela, ou na crença criada com fé numa imagem de santo, mas não esqueçam, que na realidade por trás dessa cura sempre estará a mão de Deus, somado a sua fé. Não posso negar, que essa afirmação irá provocar uma discordância em algumas pessoas céticas, bitoladas, e ignorantes, mas posso garantir que elas são pessoas descaracterizadas da verdadeira realidade da fé, e defenderão com unhas e dentes, a sua religião, negando esse raciocínio que ira contra seus preceitos de fé. São pessoas desconectadas da realidade, discordam incessantemente de tudo que não está de acordo com seu aprendizado fechado, e ainda acusa as pessoas de pecadores, pelo motivo de pensar o oposto do que elas pensam. As minhas pesquisas mostraram nitidamente e bem claro; A Fé é única. Então, todas as seitas e religiões que cultuam deuses ou não, ao meu
  • 80. 80 entender, teriam a obrigação de tornar todas as etnias numa só família para adorar a Deus. Não é necessário um crente discordar do outro, defendendo sua religião, apenas entender que Deus é único, e sem sombras de dúvidas; não importa o tamanho de sua fé seja lá no que for, nunca será seus deuses, santos, imagens, que farão o milagre na sua vida, mas o protagonista do universo, Deus. Tudo isso, deverá estar relacionado com uma fé universal, somente isso, e resumidamente uma obrigação necessária de cada líder, a responsabilidade de instruir sua igreja , a compreender que ele pertence a determinado grupo com o qual o indivíduo partilha a mesma língua, tradições e território. Trata-se de características tão marcantes que, de inúmeras maneiras, acabam tornando-se pontos basilares da construção indenitária do indivíduo, definindo certos aspectos da convivência social da população que constitui o grupo étnico. O fato de ter milhares de religiões e seitas pelo mundo, é que muitos cristãos, não concordaram com as normas da primeira igreja criada no mundo, e por esse motivo criaram outras religiões, por não estarem de acordo com as regras existentes.
  • 81. 81 ENTENDA OS PESADELOS O que poderemos pensar em relação aos sonhos; será que são verdadeiros, nos revelam o futuro? Tantas perguntas que trazem em destaque o temor e preocupação. Essas frequentes perguntas, podem assumirem às vezes uma feição inconsciente. Há pessoas que captam acontecimentos presentes e futuros através dos sonhos. Enquanto dormimos, o nosso sistema nervoso e todo nosso organismo estão em repouso, mergulhados no sono, e o inconsciente permanece ativo trabalhando em função de nosso bem estar, físico e psicológico. Essa ocasião é muito favorável para as manifestações de fenômenos extra sensoriais de acontecimentos a distância no tempo e no espaço. Muitas pessoas sofrem o martírio de confrontar-se com os sonhos e acreditarem neles, se sugestionam e padecem incessantemente em função de acreditarem, que eles se realizam com todos os detalhes previstos por ele
  • 82. 82 Não devemos ligar para os sonhos, por que, acreditar, é se autorizar-se e deixar ser guiado pelo seu inconsciente. Não que descarto aqui, possibilidades, e não admitindo que alguma vez possa surgir alguma precondição (adivinhação do futuro) nos sonhos, já que elas são tão raras e nunca podemos saber de antemão se de fato é precondição ou invenção, medo, ou outra coisa, do inconsciente. Se permitirmos sermos guiados pelos sonhos, nos fariam logo a vida impossível. A ciência da hipnose nos mostra, que os sonhos são meras imaginações produzidas pelo inconsciente, para corrigirem algo que está errado. Esse errado, corresponde que, temos traumas adormecidos no nosso passado, gravados nos arquivos mentais, através de uma vivencia presente parecida com o trauma adormecido, faz com que o nosso inconsciente se lembre do passado, e associando a ele, projeta em direção ao futuro esses resíduos, em forma de inconscientes. Mesmo sendo imaginário e pregresso, e tendo a dificuldade de discernir o real do imaginário, nos propicia, com realismo total, uma energia, que a seguir é imprimida no nosso cérebro somatizando para o nosso sistema nervoso emocional.
  • 83. 83 Então consequentemente se deduz, que através dos sonhos, é desenvolvido um sistema de proteção também imaginário, que entra em confronto com esses monstros imaginários, lutando sem cessar, em forma de uma regressão de idade. Por esse motivo, que muitas das vezes, acordamos assustados e fadigados, em decorrência desses confrontos inconscientes. Uma mente inteligente tem que exprimir a capacidade de compreender, que sonhos são espumas, e se desfazem da mesma maneira que brotam das profundezas do inconsciente. Alguém poderá sonhar com uma pessoa que nunca viu, e nem sequer sabe que existe, e logo em seguida vira conhece-la. Já se conhece através da ciência da hipnose, que podem ser várias as causas explicativas, ou as classificações em que se enquadram um caso parecido ao que foi citado. Essa descrição podemos chama-la de percepção extra sensorial. Certos sonhos podem ser do tipo precognitivo, e obteríamos, por meio deles, uma visão antecipada do que ainda não aconteceu. O transe ou o sono hipnótico, mesmo sendo profundo, é algo diferente do sono ordinário.
  • 84. 84 Sabemos que no sono normal, perdemos qualquer vínculo com a realidade exterior, enquanto que no transe se mantém um vínculo ou um ponto de referência ativo, entre a pessoa e o hipnotizador, e as circunstancias ambientais que propiciaram o fenômeno. No sono comum, o reflexo rotuliano do cidadão diminui, mas podemos compara-lo com o estado de vigília e hipnótico. Na hipnose, o sonho é o guardião que desempenha uma função importante na regulagem de nossa vida psíquica. Proporciona possibilidade de descarga para nossas expectativas. Absorve as impressões que não puderam ser assimiladas pela mente, neutraliza as tensões, desarma conflitos, abre uma válvula de escape para as alegrias ou angústias, constituindo um sinal de alerta da presença de problemas, físicos e psíquicos que ameaçam subjugar-nos. Quando o sonho não consegue restabelecer o equilíbrio emocional da pessoa, surgem os pesadelos, e a seguir despertamos banhados em suor, e angustiado. É compreensivo que raramente, entendemos a misteriosa linguagem dos sonhos, mas quando deparamos com essa situação, ficamos inquietos, com a sensação de que alguma coisa está errada.
  • 85. 85 Nesse caso, o sonho se apresenta para alertar a alma, e nos adverte para resolver certos problemas, a fim de restabelecer o equilíbrio psíquico. O ato de um sonho agitado, se repetir por várias noites seguidas, constitui um sinal relativamente seguro, da existência de problemas ligados a sentimentos de medo ainda não controlados. Os métodos, conscientes e inconscientes destinados a preservação do equilíbrio psíquico ameaçado, podemos entender então, como um mecanismo de defesa. Em princípio, a alma humana é capaz de evitar os efeitos adversos das tensões resultantes dos conflitos. Essas funções necessárias pertencem ao campo da homeostase psicológica. A homeostase é um conceito familiar na área da hipnose, que prevalece o mesmo princípio de manutenção do equilíbrio. Já temos como base, essa teoria, desde que temos uma certeza que o corpo humano realizam-se numerosos processos internos, que precisam de uma regulagem constante, a fim de conservar então, uma vida cheia de saúde. Quando uma pessoa dorme um sono ordinário, percebemos algumas características fisiológicas bem parecidas ao sono hipnótico. Toda essa diferenciação,
  • 86. 86 está determinada por uma razão lógica do corpo humano. O que se destaca como efeito visual, que podemos presenciar sem dificuldades é que, a pessoa quando dorme um sono natural, sua respiração tem um desenvolvimento bem pausado, a pulsação é lenta, e o metabolismo basal é mais baixo, e percebemos com bastante clareza, que os tendões dos joelhos diminuem sua amplitude. Há, a seguir, há uma dilatação dos vasos sanguíneos periféricos, que exercem a seguir uma pressão nos vasos cerebrais, dilatando -os. Tais reações são manifestadas, quando está presente o sono fisiológico. Essas características citadas, estão perfeitamente coerentes ao sono hipnótico, isso quero dizer, que acontece a mesma coisa nos dois parâmetros. Se colocamos durante o tratamento de uma paciente pela hipnose, um eletroencefalográfico, ele mostrara os traçados dos dois sonos bem parecidos, ou na maioria das vezes, idênticos. O sonho em si, é um dos estágios que compõe, uma das fases do sono. Esses estágios acontecem, para constituírem um ciclo de aproximadamente 90 (noventa) minutos de duração. Sendo que os mesmos, repetem de 04
  • 87. 87 (quatro) a 06 (seis) vezes num sono, de (seis) a 09 (nove ) horas. A pesquisa que tenho desenvolvido, nos mostra, que os sonhos são manipulados pelo inconsciente, pois ele, determina a acontecer novamente em forma de lembrança, na mente da pessoa, gerando imagens repetidas em forma de lembranças. Esse filme mental, representativo movimenta as emoções através dos cincos sentidos produzindo através das cenas que nesses momentos desenvolve, a catarse emocional, despersonalizando a seguir, a cena problemática. É por essa razão, que concluímos então que, os sonhos tem como missão, de aliviar as tensões existentes que adquirimos no decorrer do dia. Outra questão muito importante que o leitor deve saber, é que sonhamos toda as noites, alguns lembram com muita facilidade, e outros há um esquecimento, provocando uma amnésia parcial. O nosso inconsciente tem muito a ensinar ao nosso limitado consciente, e um dos meios mais prováveis, é o sonho. Durante as pesquisas no campo dos sonhos, tivemos várias confirmações de atos precognativos
  • 88. 88 de pessoas que perceberam algo que iria acontecer no futuro. Um exemplo que foi registrado e ouvida por milhões de pessoas no Brasil, foram as palavras de um dos componentes dos Mamonas Assassinas manifestou numa rede televisiva na cidade de São Paulo, testemunhando um sonho que havia lembrado durante a manhã que acordou, onde presenciou a queda de um avião. Geralmente as pessoas quando tem essas sensações em relação as prolongações, não percebem a realidade, por não haverem uma sintonia mais direta com seu inconsciente, não levando muito a sério o que presentem. Uma outra maneira que o sono pode propiciar um aviso que algo está negativo em nosso corpo, é o ronco. Roncar durante o sono, com frequência causa um barulho incomodo, além de interromper o sono, de quem está dormindo do lado, pode ser um aviso da existência de problemas no organismo. O ronco é causado pela vibração das partes flácidas da garganta, durante o processo de inspiração do ar enquanto dormimos. Essa máquina de roncar que nos acabrunha, além de atingir uma boa parte da população, pode nos
  • 89. 89 levar a sofrer de uma frequente apneia, onde ela causa uma pausa na respiração, com durabilidade de dez segundos. Essa pausa que se destaca como um distúrbio do sono, poderá se repetir por mais de quatrocentas vezes em uma noite. EXISTEM CURAS EM TODA AS RELIGIÕES? Não se importe com o tamanho de sua fé, o importante que você nunca se prenda em ideologias criadas para interesse próprio de seres humanos , e no meio de tantas controvérsias. As religiões são traços da cultura de um povo, e dentro de cada religião temos diversos símbolos sagrados, formas, cores, pensamentos, ideias, disposições morais e éticas, e também temos as estéticas. Cada religião apresenta uma crença ou filosofia. Mesmo não sendo iguais, compartilham uma característica; acreditam no sobrenatural, forças que não vemos, mas que controlam as nossas vidas. Aparentemente, a maior parte da humanidade é religiosa. Essa religiosidade é no sentido de quem tem fé, acredita em um conjunto de coisas. A
  • 90. 90 preocupação maior das seitas e religiões é criar um condicionamento na vida dessas pessoas, no sentido de que elas vivam, e obedeçam ao sistema implantado pelos líderes. As imagens são princípios motivadores da fé, mas na finalização veremos que todas as nossas orações, sacrifícios, cultos a santos, ou qualquer outro tipo de atividade, o prêmio final será a recompensa do milagre acontecer na vida dessa pessoa. Um homem forte não pode ajudar o mais fraco, a menos que, o mais fraco esteja disposto a ser ajudado, e mesmo assim, o homem fraco deve se tornar forte de si mesmo; ele deve, por seus próprios esforços desenvolver a força que ele admira em outro , essa é a verdade. Somente a própria pessoa, poderá alterar sua condição, ou decisão. Um único caminho sempre prevalecera para o sucesso da cura; as forças existentes dentro de você, a qual Deus nos presenteou; a Fé. Então qual o problema de as pessoas cultuarem santos e imagens, desde que, na finalização o resultado final da cura, nunca será o santo que é de barro que promovera a cura (não tem poder nenhum),