SlideShare uma empresa Scribd logo
Ecologia e relações internacionais Professor Bogéa 3ªSérie EM
O  Clube de Roma  (1968) Congregando cientistas, economistas e altos funcionários governamentais, com afinalidade de interpretar aquilo que foi denominado “sistema global”. O “modelo mundial” construído destinava-se a investigar cinco grandes tendências globais: - a industrialização acelerada - a rápida expansão demográfica - a desnutrição generalizada - o esgotamento dos recursos naturais não-renováveis e a deterioração ambiental.
O estudo constatou que havia uma série de impactos ambientais de âmbito internacional, provocados pelo modelo de desenvolvimento capitalista instituído. Nele foi proposta a estagnação total do crescimento econômico como forma de impedir tragédias ambientais de grandes proporções no mundo  Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente  Estocolmo - 1972 Homem X Meio Ambiente
Série de encontros diplomáticos patrocinados pela ONU As conferências de Recursos Hídricos(1975) Estabelecimentos Humanos (1976) Desertificação (1977) Fontes Novas ou Renováveis de Energia (1981) Associadas a convenções temáticas específicas como a Prevenção da Poluição do Mar por Navios e por Fontes Terrestres (1973 e 1974, dentre outras.
A diplomacia ambiental O encerramento da Guerra Fria e a dissolução da rivalidade entre as superpotênicas nucleares contribuíram para conferir importância ainda maior a essa agenda.A questão ambiental se tornou uma das prioridades da atividade diplomática, principalmente sob os pontos de vista da União Europeia e dos países do Sul. O momento chave na transformação da agenda ambiental em um dos eixos de grande relevo da política internacional foi a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (ECO-92), no Rio de Janeiro.
O presidente americano George H. Bush dirigi-se aos participantes da ECO-92. Duas décadas depois de Estocolmo, os países em desenvolvimento mudavam o panorama da diplomacia ambiental. O debate que acompanhou a ECO-92 estruturou-se como controvérsia entre Norte e Sul.
A ECO-92 gerou três tratados globais. A declaração de Princípios para a Administração Sustentável das Florestas  – busca um consenso sobre a conservação, manejo e desenvolvimento sustentável dos biomas de todo os tipos. A Convenção sobre Diversidade Biológica  foi firmada por 156 Estados e representou uma plataforma de conciliação dos interesses divergentes.Seu princípio básico é o reconhecimento do direito soberano dos Estados sobre os recursos biológicos existentes nos seus territórios. A Convenção sobre Mudanças Climáticas Globais  – refletiu a intensa controvérsia e os impasses das negociações preparatórias.
A controvérsia de Kyoto Em 1997, um novo tratado sobre o clima foi finalizado na Conferência de Kyoto. O Protocolo de Kyoto, anexado à convenção, representou interessante inovação nas políticas globais para o meio ambiente. De um lado, fixou a meta global de redução de 5% sobre os níveis de emissões de “gases de estufa” de 1990, a ser atingida entre 2008 e 2012. De outro, criou um sistema de comércio de créditos de emissões entre os países.
O Protocolo de Kyoto não apenas discute e implanta medidas de redução de gases, mas também incentiva e estabelece medidas com intuito de substituir produtos oriundos do petróleo por outros que provocam menos impacto. Diante das metas estabelecidas o maior emissor de gases do mundo, Estados Unidos, se desligou em 2001 do protocolo, alegando que a redução iria comprometer o desenvolvimento econômico do país.
Correlação entre consumo energético e PIB  per capita
 
Estados Unidos, União Europeia, Japão e Austrália argumentam que o forte aumento das emissões totais dos países em desenvolvimento torna  impraticável isentá-los de limites de emissões de “gases-estufa”. O Grupo dos Cinco, por seu lado, contra-ataca com o argumento de que seria injusto impor restrições aos países em desenvolvimento pois as emissões  per capita  continuam muito desiguais.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conferências ambientais
Conferências ambientaisConferências ambientais
Conferências ambientais
Artur Lara
 
Protocolo de kyoto e copenhague
Protocolo de kyoto e copenhagueProtocolo de kyoto e copenhague
Protocolo de kyoto e copenhague
Ana Antoniello
 
As Conferências Internacionais sobre Questões Ambientais
As Conferências Internacionais sobre Questões AmbientaisAs Conferências Internacionais sobre Questões Ambientais
As Conferências Internacionais sobre Questões Ambientais
professordelamare
 
Histórico das COPs
Histórico das COPs Histórico das COPs
Histórico das COPs
Maria Angela Oliveira Oliveira
 
A COP 26 E O FUTURO DO PLANETA TERRA
A COP 26 E O FUTURO DO PLANETA TERRA A COP 26 E O FUTURO DO PLANETA TERRA
A COP 26 E O FUTURO DO PLANETA TERRA
Fernando Alcoforado
 
Encontros ambientais mundiais
Encontros ambientais mundiaisEncontros ambientais mundiais
Encontros ambientais mundiais
StephanyChaiben
 
NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL
Marcelo Dores
 
Meio ambiente - Resumo
Meio ambiente - ResumoMeio ambiente - Resumo
Meio ambiente - Resumo
Brena De La Concepcion
 
Eco 92
Eco 92Eco 92
Eco 92
EliseuEaD
 
Conferencias ambientais
Conferencias ambientaisConferencias ambientais
Conferencias ambientais
rsaloes
 
Políticas ambientais no Brasil e a questão energética.
Políticas ambientais no Brasil e a questão energética.Políticas ambientais no Brasil e a questão energética.
Políticas ambientais no Brasil e a questão energética.
Jones Godinho
 
As conferencias em defesa do meio ambiente
As conferencias em defesa do meio ambienteAs conferencias em defesa do meio ambiente
As conferencias em defesa do meio ambiente
Ana Paula Bezerra
 
Eco rio 92
Eco rio 92Eco rio 92
Eco rio 92
Mariany Moura
 
Protocolo de kyoto
Protocolo de kyotoProtocolo de kyoto
Protocolo de kyoto
Luan Furtado
 

Mais procurados (14)

Conferências ambientais
Conferências ambientaisConferências ambientais
Conferências ambientais
 
Protocolo de kyoto e copenhague
Protocolo de kyoto e copenhagueProtocolo de kyoto e copenhague
Protocolo de kyoto e copenhague
 
As Conferências Internacionais sobre Questões Ambientais
As Conferências Internacionais sobre Questões AmbientaisAs Conferências Internacionais sobre Questões Ambientais
As Conferências Internacionais sobre Questões Ambientais
 
Histórico das COPs
Histórico das COPs Histórico das COPs
Histórico das COPs
 
A COP 26 E O FUTURO DO PLANETA TERRA
A COP 26 E O FUTURO DO PLANETA TERRA A COP 26 E O FUTURO DO PLANETA TERRA
A COP 26 E O FUTURO DO PLANETA TERRA
 
Encontros ambientais mundiais
Encontros ambientais mundiaisEncontros ambientais mundiais
Encontros ambientais mundiais
 
NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL
 
Meio ambiente - Resumo
Meio ambiente - ResumoMeio ambiente - Resumo
Meio ambiente - Resumo
 
Eco 92
Eco 92Eco 92
Eco 92
 
Conferencias ambientais
Conferencias ambientaisConferencias ambientais
Conferencias ambientais
 
Políticas ambientais no Brasil e a questão energética.
Políticas ambientais no Brasil e a questão energética.Políticas ambientais no Brasil e a questão energética.
Políticas ambientais no Brasil e a questão energética.
 
As conferencias em defesa do meio ambiente
As conferencias em defesa do meio ambienteAs conferencias em defesa do meio ambiente
As conferencias em defesa do meio ambiente
 
Eco rio 92
Eco rio 92Eco rio 92
Eco rio 92
 
Protocolo de kyoto
Protocolo de kyotoProtocolo de kyoto
Protocolo de kyoto
 

Semelhante a Ecologia e relações internacionais

Eco 92
Eco   92Eco   92
Eco 92
lvclvcl
 
Cenario internacional do_meio_ambiente_resumido_
Cenario internacional do_meio_ambiente_resumido_Cenario internacional do_meio_ambiente_resumido_
Cenario internacional do_meio_ambiente_resumido_
Danilo De Albuquerque Sousa
 
Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Brasil e meio ambiente
Brasil e meio ambienteBrasil e meio ambiente
Brasil e meio ambiente
Maria Rita Guercio
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
tsocio
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável conhecimentos gerais - história...
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável   conhecimentos gerais - história...Meio ambiente e desenvolvimento sustentável   conhecimentos gerais - história...
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável conhecimentos gerais - história...
História Pensante
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvelMeio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
janeibe
 
Meio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aulaMeio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aula
Alenilson De Sousa Nobre
 
As grandes conferências internacionais
As grandes conferências internacionaisAs grandes conferências internacionais
As grandes conferências internacionais
Almir
 
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptxMudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Erica Dos Anjos
 
Sustentabilidade, Ecologia e O Petróleo no Brasil
Sustentabilidade, Ecologia e  O Petróleo no BrasilSustentabilidade, Ecologia e  O Petróleo no Brasil
Sustentabilidade, Ecologia e O Petróleo no Brasil
Alfredo Moreira
 
Tratados internacionais sobre ambiente.
Tratados internacionais sobre ambiente.Tratados internacionais sobre ambiente.
Tratados internacionais sobre ambiente.
UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA, LUANDA
 
Protocolo
ProtocoloProtocolo
Iso 14000 resumo
Iso 14000   resumoIso 14000   resumo
Iso 14000 resumo
Faculdade de Palmas
 
Direito ambiental _aula_2__slides
Direito ambiental _aula_2__slidesDireito ambiental _aula_2__slides
Direito ambiental _aula_2__slides
Luis Olavo
 
Café & gestão - gestão ambiental e sustentabilidade
Café & gestão -  gestão ambiental e sustentabilidadeCafé & gestão -  gestão ambiental e sustentabilidade
Café & gestão - gestão ambiental e sustentabilidade
Cra-es Conselho
 
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs AmbientaisAula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
Pedro Ferraz'
 
Conferências internacionais sobre meio ambiente
Conferências internacionais sobre meio ambienteConferências internacionais sobre meio ambiente
Conferências internacionais sobre meio ambiente
Delamare De Oliveira Filho
 
Conferências Internacionais sobre Mudanças Climáticas
Conferências Internacionais sobre Mudanças ClimáticasConferências Internacionais sobre Mudanças Climáticas
Conferências Internacionais sobre Mudanças Climáticas
dela28
 
Meio Ambiente
Meio AmbienteMeio Ambiente
Meio Ambiente
Rogério Bartilotti
 

Semelhante a Ecologia e relações internacionais (20)

Eco 92
Eco   92Eco   92
Eco 92
 
Cenario internacional do_meio_ambiente_resumido_
Cenario internacional do_meio_ambiente_resumido_Cenario internacional do_meio_ambiente_resumido_
Cenario internacional do_meio_ambiente_resumido_
 
Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.
 
Brasil e meio ambiente
Brasil e meio ambienteBrasil e meio ambiente
Brasil e meio ambiente
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável conhecimentos gerais - história...
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável   conhecimentos gerais - história...Meio ambiente e desenvolvimento sustentável   conhecimentos gerais - história...
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável conhecimentos gerais - história...
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvelMeio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
 
Meio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aulaMeio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aula
 
As grandes conferências internacionais
As grandes conferências internacionaisAs grandes conferências internacionais
As grandes conferências internacionais
 
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptxMudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
 
Sustentabilidade, Ecologia e O Petróleo no Brasil
Sustentabilidade, Ecologia e  O Petróleo no BrasilSustentabilidade, Ecologia e  O Petróleo no Brasil
Sustentabilidade, Ecologia e O Petróleo no Brasil
 
Tratados internacionais sobre ambiente.
Tratados internacionais sobre ambiente.Tratados internacionais sobre ambiente.
Tratados internacionais sobre ambiente.
 
Protocolo
ProtocoloProtocolo
Protocolo
 
Iso 14000 resumo
Iso 14000   resumoIso 14000   resumo
Iso 14000 resumo
 
Direito ambiental _aula_2__slides
Direito ambiental _aula_2__slidesDireito ambiental _aula_2__slides
Direito ambiental _aula_2__slides
 
Café & gestão - gestão ambiental e sustentabilidade
Café & gestão -  gestão ambiental e sustentabilidadeCafé & gestão -  gestão ambiental e sustentabilidade
Café & gestão - gestão ambiental e sustentabilidade
 
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs AmbientaisAula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
 
Conferências internacionais sobre meio ambiente
Conferências internacionais sobre meio ambienteConferências internacionais sobre meio ambiente
Conferências internacionais sobre meio ambiente
 
Conferências Internacionais sobre Mudanças Climáticas
Conferências Internacionais sobre Mudanças ClimáticasConferências Internacionais sobre Mudanças Climáticas
Conferências Internacionais sobre Mudanças Climáticas
 
Meio Ambiente
Meio AmbienteMeio Ambiente
Meio Ambiente
 

Mais de Almir

Espaço agrário
Espaço agrárioEspaço agrário
Espaço agrário
Almir
 
áGua o mundo com sede
áGua o mundo com sedeáGua o mundo com sede
áGua o mundo com sede
Almir
 
Urbanizacao
UrbanizacaoUrbanizacao
Urbanizacao
Almir
 
Nova ordem mundial bogea
Nova ordem mundial bogeaNova ordem mundial bogea
Nova ordem mundial bogea
Almir
 
O Outro Lado Da Copa
O Outro Lado Da CopaO Outro Lado Da Copa
O Outro Lado Da Copa
Almir
 
Aula De Geografia UniãO Europeia
Aula De Geografia UniãO EuropeiaAula De Geografia UniãO Europeia
Aula De Geografia UniãO Europeia
Almir
 
O terceiro mundo
O terceiro mundoO terceiro mundo
O terceiro mundo
Almir
 
Espaço Industrial
Espaço IndustrialEspaço Industrial
Espaço Industrial
Almir
 
O Estado E A ProduçãO Do EspaçO
O Estado E A ProduçãO Do EspaçOO Estado E A ProduçãO Do EspaçO
O Estado E A ProduçãO Do EspaçO
Almir
 
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E BrasileiroGlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
Almir
 
Brasil PotêNcia Atualidades 2010
Brasil PotêNcia Atualidades 2010Brasil PotêNcia Atualidades 2010
Brasil PotêNcia Atualidades 2010
Almir
 
O Estado E As RelaçõEs Internacionais Bogea
O Estado E As RelaçõEs Internacionais BogeaO Estado E As RelaçõEs Internacionais Bogea
O Estado E As RelaçõEs Internacionais Bogea
Almir
 
Aula geo energia_trasnporte_telecomunicacao
Aula geo energia_trasnporte_telecomunicacaoAula geo energia_trasnporte_telecomunicacao
Aula geo energia_trasnporte_telecomunicacao
Almir
 
Atualidades 20 anos do massacre da praça da paz china
Atualidades 20 anos do massacre da praça da paz chinaAtualidades 20 anos do massacre da praça da paz china
Atualidades 20 anos do massacre da praça da paz china
Almir
 

Mais de Almir (14)

Espaço agrário
Espaço agrárioEspaço agrário
Espaço agrário
 
áGua o mundo com sede
áGua o mundo com sedeáGua o mundo com sede
áGua o mundo com sede
 
Urbanizacao
UrbanizacaoUrbanizacao
Urbanizacao
 
Nova ordem mundial bogea
Nova ordem mundial bogeaNova ordem mundial bogea
Nova ordem mundial bogea
 
O Outro Lado Da Copa
O Outro Lado Da CopaO Outro Lado Da Copa
O Outro Lado Da Copa
 
Aula De Geografia UniãO Europeia
Aula De Geografia UniãO EuropeiaAula De Geografia UniãO Europeia
Aula De Geografia UniãO Europeia
 
O terceiro mundo
O terceiro mundoO terceiro mundo
O terceiro mundo
 
Espaço Industrial
Espaço IndustrialEspaço Industrial
Espaço Industrial
 
O Estado E A ProduçãO Do EspaçO
O Estado E A ProduçãO Do EspaçOO Estado E A ProduçãO Do EspaçO
O Estado E A ProduçãO Do EspaçO
 
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E BrasileiroGlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
 
Brasil PotêNcia Atualidades 2010
Brasil PotêNcia Atualidades 2010Brasil PotêNcia Atualidades 2010
Brasil PotêNcia Atualidades 2010
 
O Estado E As RelaçõEs Internacionais Bogea
O Estado E As RelaçõEs Internacionais BogeaO Estado E As RelaçõEs Internacionais Bogea
O Estado E As RelaçõEs Internacionais Bogea
 
Aula geo energia_trasnporte_telecomunicacao
Aula geo energia_trasnporte_telecomunicacaoAula geo energia_trasnporte_telecomunicacao
Aula geo energia_trasnporte_telecomunicacao
 
Atualidades 20 anos do massacre da praça da paz china
Atualidades 20 anos do massacre da praça da paz chinaAtualidades 20 anos do massacre da praça da paz china
Atualidades 20 anos do massacre da praça da paz china
 

Ecologia e relações internacionais

  • 1. Ecologia e relações internacionais Professor Bogéa 3ªSérie EM
  • 2. O Clube de Roma (1968) Congregando cientistas, economistas e altos funcionários governamentais, com afinalidade de interpretar aquilo que foi denominado “sistema global”. O “modelo mundial” construído destinava-se a investigar cinco grandes tendências globais: - a industrialização acelerada - a rápida expansão demográfica - a desnutrição generalizada - o esgotamento dos recursos naturais não-renováveis e a deterioração ambiental.
  • 3. O estudo constatou que havia uma série de impactos ambientais de âmbito internacional, provocados pelo modelo de desenvolvimento capitalista instituído. Nele foi proposta a estagnação total do crescimento econômico como forma de impedir tragédias ambientais de grandes proporções no mundo Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Estocolmo - 1972 Homem X Meio Ambiente
  • 4. Série de encontros diplomáticos patrocinados pela ONU As conferências de Recursos Hídricos(1975) Estabelecimentos Humanos (1976) Desertificação (1977) Fontes Novas ou Renováveis de Energia (1981) Associadas a convenções temáticas específicas como a Prevenção da Poluição do Mar por Navios e por Fontes Terrestres (1973 e 1974, dentre outras.
  • 5. A diplomacia ambiental O encerramento da Guerra Fria e a dissolução da rivalidade entre as superpotênicas nucleares contribuíram para conferir importância ainda maior a essa agenda.A questão ambiental se tornou uma das prioridades da atividade diplomática, principalmente sob os pontos de vista da União Europeia e dos países do Sul. O momento chave na transformação da agenda ambiental em um dos eixos de grande relevo da política internacional foi a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (ECO-92), no Rio de Janeiro.
  • 6. O presidente americano George H. Bush dirigi-se aos participantes da ECO-92. Duas décadas depois de Estocolmo, os países em desenvolvimento mudavam o panorama da diplomacia ambiental. O debate que acompanhou a ECO-92 estruturou-se como controvérsia entre Norte e Sul.
  • 7. A ECO-92 gerou três tratados globais. A declaração de Princípios para a Administração Sustentável das Florestas – busca um consenso sobre a conservação, manejo e desenvolvimento sustentável dos biomas de todo os tipos. A Convenção sobre Diversidade Biológica foi firmada por 156 Estados e representou uma plataforma de conciliação dos interesses divergentes.Seu princípio básico é o reconhecimento do direito soberano dos Estados sobre os recursos biológicos existentes nos seus territórios. A Convenção sobre Mudanças Climáticas Globais – refletiu a intensa controvérsia e os impasses das negociações preparatórias.
  • 8. A controvérsia de Kyoto Em 1997, um novo tratado sobre o clima foi finalizado na Conferência de Kyoto. O Protocolo de Kyoto, anexado à convenção, representou interessante inovação nas políticas globais para o meio ambiente. De um lado, fixou a meta global de redução de 5% sobre os níveis de emissões de “gases de estufa” de 1990, a ser atingida entre 2008 e 2012. De outro, criou um sistema de comércio de créditos de emissões entre os países.
  • 9. O Protocolo de Kyoto não apenas discute e implanta medidas de redução de gases, mas também incentiva e estabelece medidas com intuito de substituir produtos oriundos do petróleo por outros que provocam menos impacto. Diante das metas estabelecidas o maior emissor de gases do mundo, Estados Unidos, se desligou em 2001 do protocolo, alegando que a redução iria comprometer o desenvolvimento econômico do país.
  • 10. Correlação entre consumo energético e PIB per capita
  • 11.  
  • 12. Estados Unidos, União Europeia, Japão e Austrália argumentam que o forte aumento das emissões totais dos países em desenvolvimento torna impraticável isentá-los de limites de emissões de “gases-estufa”. O Grupo dos Cinco, por seu lado, contra-ataca com o argumento de que seria injusto impor restrições aos países em desenvolvimento pois as emissões per capita continuam muito desiguais.