SlideShare uma empresa Scribd logo
Discipulado
• Bacharel em Teologia pela
Faculdade Teológica Batista de Campinas
• Pós-graduando em Plantação e Revitalização de Igrejas pelo
Seminário Presbiteriano do Sul
• Aluno da Complementação Teológica da Faculdade de
Teologia da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil
• Escritor do Projeto Lausanne
• Assessor de Imprensa da Fraternidade Teológica Latino
Americana (FTL); do Projeto Timóteo e da Aliança Cristã
Evangélica Brasileira
Tiago Nogueira de Souza
Pastor da IPI São Bartolomeu
(Cabo Verde – MG)
Discipulado
Vem que no caminho eu te explico!
O Que é
Discipulado?“Deus me autorizou a comissionar vocês:
vão e ensinem a todos os que
encontrarem, de perto e de longe, sobre
este estilo de vida, marcando-os pelo
batismo no nome tríplice: Pai, Filho e
Espirito Santo. Vocês devem ensiná-los a
praticar tudo que tenho ordenado a vocês.
Eu estarei com vocês enquanto
procederem assim, dia após dia, até o fim
dos tempos”
Mateus 28: 18b-20
O Que é
Discipulado?Discipulado em sua essência é um
processo multiplicador, mas, acima
de tudo, é um processo
transformador. Discipulado gera
resultados numéricos na
comunidade, mas em cada pessoa
gera uma nova perspectiva de vida.
Discipulado
Crise de uma
GeraçãoPanorama da Juventude Evangélica Ultimato
• Baixo nível ideológico
• Maior acesso à universidade;
• Integrados à internet;
• Atividade sexual – 16 anos;
• Imputam ao futuro seu maior medo –
desemprego como maior expressão;
• Religiosos convictos – só perdemos para
Senegal e Guatemala (linha
editorial, programas;
Crise de uma
GeraçãoPanorama da Juventude Evangélica Ultimato
• Cursam graduação ou pós – 51%
• São voluntários em algum movimento –
60%
• Maior medo – futuro
• Para conseguir se estabelecer no mercado
– bênção de Deus
• Perguntados sobre quem admiram - citam
Silas Malafaia, Kaká e Ana Paula Valadão antes
de Jesus Cristo.
Crise de uma
GeraçãoPanorama da Juventude Evangélica Ultimato
Outros dados
• Vida sexual ativa – 52%
• Sobre os fatores que influenciaram sua
conversão – Contatos com pessoas
conhecidas (1º.), ministério com juventude
(7º.), folheto, programa ou impacto (último
lugar).
• São envolvidos com o minitério de jovens –
79%
Como Iniciar o
DiscipuladoOrar para Deus agir
Não importa qual a estratégia a
ser usada para a implantação
do processo de discipulado na
igreja, o primeiro passo é orar
1º
Como Iniciar o
DiscipuladoEncontro Inicial
Depois da oração, começa a
ação
2º
Como Iniciar o
DiscipuladoDesenvolvimento
Se os grandes planos podem se
concretizar rapidamente na
igreja, o processo de discipulado
é um trabalho de paciência e
perseverança.
3º
Como Iniciar o
DiscipuladoMudanças Necessárias
Mudança de Visão1º
Ser Usado por Deus2º
Relacionamentos3º
Saciedade4º
Como Iniciar o
DiscipuladoPrincípios
Facilitador
Encontros
Compromisso e Disciplina
Bibliografia
• Igreja Simples – Retornando ao Processo de Deus para Fazer
Discípulos – Thom S. Rainer & Eric Geiger
• Discipulado que Transforma – Josué Campanhã
• Mentoria Espiritual – O desafio de Transformar Indivíduos em
Pessoas – James Houston
• Meu Legado Espiritual – James Houston
• Pós-Modernismo – Stanley Grenz
• Igreja Emergente – O movimento e suas implicações – D.A.
Carson
• A Igreja na Cultura Emergente – Cinco Pontos de Vista – Leonard
Sweet
• A Igreja Emergente – Cristianismo Clássico para as novas
gerações– Dan Kimball
• Andragogia em Ação – Zezina Soares Bellan
@nstiago
Facebook.com/nstiago
nstiago@gmail.com
www.tiagonogueira.com.b
Faça Contato

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

4 trilho-de-lideranca
4 trilho-de-lideranca4 trilho-de-lideranca
4 trilho-de-lideranca
Tatiane Dias
 
Manual escola de lideres
Manual escola de lideresManual escola de lideres
Manual escola de lideres
Roberto Wagner Fernandes
 
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Pastor Paulo Francisco
 
Escola de Líderes
Escola de LíderesEscola de Líderes
Escola de Líderes
Alecsandro Willamy
 
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
Deonice E Orlando Sazonov
 
Liderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixãoLiderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixão
Fernando Balthar
 
Pequenos grupos
Pequenos gruposPequenos grupos
Pequenos grupos
talmidimted
 
TLC lição 3
TLC lição 3TLC lição 3
TLC lição 3
vagner costa
 
Postila para igreja em células
Postila para igreja em célulasPostila para igreja em células
Postila para igreja em células
Joao Rumpel
 
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel ComiskeySeja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
Grupo Irmãos na Unção
 
Transição e Implantação de Células nas Igrejas
Transição e Implantação de Células nas IgrejasTransição e Implantação de Células nas Igrejas
Transição e Implantação de Células nas Igrejas
Edinéia Almeida
 
Estudo para grupos pequenos
Estudo para grupos pequenosEstudo para grupos pequenos
Estudo para grupos pequenos
Euripedes Costa
 
Igreja em células
Igreja em células Igreja em células
Igreja em células
Júlio Budin
 
Visão Celular
Visão CelularVisão Celular
Visão Celular
guest8f0e175c
 
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a UmTreinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Christian Lepelletier
 
Discipulado na prática da célula para líderes
Discipulado na prática da célula   para líderes Discipulado na prática da célula   para líderes
Discipulado na prática da célula para líderes
Sidinei Kauer
 
Visão celular- unificacionista
Visão celular- unificacionistaVisão celular- unificacionista
Visão celular- unificacionista
Christian Lepelletier
 
A função de discipulado da igreja
A função de discipulado da igrejaA função de discipulado da igreja
A função de discipulado da igreja
Pr. Carlos Magno Ramos
 
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiaresA estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
Gilberto Santos
 
Pequenos Grupos
Pequenos GruposPequenos Grupos
Pequenos Grupos
Tiago de Souza
 

Mais procurados (20)

4 trilho-de-lideranca
4 trilho-de-lideranca4 trilho-de-lideranca
4 trilho-de-lideranca
 
Manual escola de lideres
Manual escola de lideresManual escola de lideres
Manual escola de lideres
 
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
 
Escola de Líderes
Escola de LíderesEscola de Líderes
Escola de Líderes
 
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
 
Liderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixãoLiderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixão
 
Pequenos grupos
Pequenos gruposPequenos grupos
Pequenos grupos
 
TLC lição 3
TLC lição 3TLC lição 3
TLC lição 3
 
Postila para igreja em células
Postila para igreja em célulasPostila para igreja em células
Postila para igreja em células
 
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel ComiskeySeja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
 
Transição e Implantação de Células nas Igrejas
Transição e Implantação de Células nas IgrejasTransição e Implantação de Células nas Igrejas
Transição e Implantação de Células nas Igrejas
 
Estudo para grupos pequenos
Estudo para grupos pequenosEstudo para grupos pequenos
Estudo para grupos pequenos
 
Igreja em células
Igreja em células Igreja em células
Igreja em células
 
Visão Celular
Visão CelularVisão Celular
Visão Celular
 
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a UmTreinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
 
Discipulado na prática da célula para líderes
Discipulado na prática da célula   para líderes Discipulado na prática da célula   para líderes
Discipulado na prática da célula para líderes
 
Visão celular- unificacionista
Visão celular- unificacionistaVisão celular- unificacionista
Visão celular- unificacionista
 
A função de discipulado da igreja
A função de discipulado da igrejaA função de discipulado da igreja
A função de discipulado da igreja
 
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiaresA estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
 
Pequenos Grupos
Pequenos GruposPequenos Grupos
Pequenos Grupos
 

Destaque

Melhorando as dinâmicas pr george
Melhorando as dinâmicas pr georgeMelhorando as dinâmicas pr george
Melhorando as dinâmicas pr george
IBR (Instituto Bíblico Restauração)
 
Mentoria espiritual
Mentoria espiritualMentoria espiritual
Mentoria espiritual
EBJ IPBCP
 
Características de Célula Saudável
Características de Célula SaudávelCaracterísticas de Célula Saudável
Características de Célula Saudável
João Batista Souza Filho
 
Expressão lição-04 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-04 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-04 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-04 2016 - 2ºtrimestre
Joel Silva
 
2º módulo 4ª aula
2º módulo   4ª aula2º módulo   4ª aula
2º módulo 4ª aula
Joel Silva
 
Expressão lição-01 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-01 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-01 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-01 2016 - 2ºtrimestre
Joel Silva
 
Expressão lição-07 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-07 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-07 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-07 2016 - 2ºtrimestre
Joel Silva
 
Expressão lição-05 2016 2ºtrimestre
Expressão   lição-05 2016 2ºtrimestreExpressão   lição-05 2016 2ºtrimestre
Expressão lição-05 2016 2ºtrimestre
Joel Silva
 
Expressão lição-06 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-06 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-06 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-06 2016 - 2ºtrimestre
Joel Silva
 
Expressão lição-09 2016 2ºtrimestre
Expressão   lição-09 2016 2ºtrimestreExpressão   lição-09 2016 2ºtrimestre
Expressão lição-09 2016 2ºtrimestre
Joel Silva
 
Expressão lição-03 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-03 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-03 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-03 2016 - 2ºtrimestre
Joel Silva
 
Expressão lição-08 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-08 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-08 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-08 2016 - 2ºtrimestre
Joel Silva
 
Expressão lição-02 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-02 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-02 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-02 2016 - 2ºtrimestre
Joel Silva
 
A importância do discipulado
A importância do discipuladoA importância do discipulado
A importância do discipulado
Ruy Naziazeno
 
4º módulo 3ª aula
4º módulo   3ª aula4º módulo   3ª aula
4º módulo 3ª aula
Joel Silva
 
As faces do discipulado
As faces do discipuladoAs faces do discipulado
As faces do discipulado
Sidinei Kauer
 
Conflitos oriente
Conflitos orienteConflitos oriente
Conflitos oriente
luizmourao23
 
Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01
Faculdade Inesul - Londrina
 
Discipulado, lugar de treinamento
Discipulado, lugar de treinamentoDiscipulado, lugar de treinamento
Discipulado, lugar de treinamento
Sidinei Kauer
 
1º módulo 1ª aula
1º módulo   1ª aula1º módulo   1ª aula
1º módulo 1ª aula
Joel Silva
 

Destaque (20)

Melhorando as dinâmicas pr george
Melhorando as dinâmicas pr georgeMelhorando as dinâmicas pr george
Melhorando as dinâmicas pr george
 
Mentoria espiritual
Mentoria espiritualMentoria espiritual
Mentoria espiritual
 
Características de Célula Saudável
Características de Célula SaudávelCaracterísticas de Célula Saudável
Características de Célula Saudável
 
Expressão lição-04 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-04 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-04 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-04 2016 - 2ºtrimestre
 
2º módulo 4ª aula
2º módulo   4ª aula2º módulo   4ª aula
2º módulo 4ª aula
 
Expressão lição-01 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-01 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-01 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-01 2016 - 2ºtrimestre
 
Expressão lição-07 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-07 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-07 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-07 2016 - 2ºtrimestre
 
Expressão lição-05 2016 2ºtrimestre
Expressão   lição-05 2016 2ºtrimestreExpressão   lição-05 2016 2ºtrimestre
Expressão lição-05 2016 2ºtrimestre
 
Expressão lição-06 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-06 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-06 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-06 2016 - 2ºtrimestre
 
Expressão lição-09 2016 2ºtrimestre
Expressão   lição-09 2016 2ºtrimestreExpressão   lição-09 2016 2ºtrimestre
Expressão lição-09 2016 2ºtrimestre
 
Expressão lição-03 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-03 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-03 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-03 2016 - 2ºtrimestre
 
Expressão lição-08 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-08 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-08 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-08 2016 - 2ºtrimestre
 
Expressão lição-02 2016 - 2ºtrimestre
Expressão   lição-02 2016 - 2ºtrimestreExpressão   lição-02 2016 - 2ºtrimestre
Expressão lição-02 2016 - 2ºtrimestre
 
A importância do discipulado
A importância do discipuladoA importância do discipulado
A importância do discipulado
 
4º módulo 3ª aula
4º módulo   3ª aula4º módulo   3ª aula
4º módulo 3ª aula
 
As faces do discipulado
As faces do discipuladoAs faces do discipulado
As faces do discipulado
 
Conflitos oriente
Conflitos orienteConflitos oriente
Conflitos oriente
 
Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01Aula gestão financeira - Aula 01
Aula gestão financeira - Aula 01
 
Discipulado, lugar de treinamento
Discipulado, lugar de treinamentoDiscipulado, lugar de treinamento
Discipulado, lugar de treinamento
 
1º módulo 1ª aula
1º módulo   1ª aula1º módulo   1ª aula
1º módulo 1ª aula
 

Semelhante a Discipulado

AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
Joary Jossué Carlesso
 
Discipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdfDiscipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdf
zanwashington
 
Livrinho e preparacao para-o-batismo
Livrinho e preparacao para-o-batismoLivrinho e preparacao para-o-batismo
Livrinho e preparacao para-o-batismo
torrasko
 
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o DiscipuladoO discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
Joary Jossué Carlesso
 
I - Caderno Igreja.pdf
I - Caderno Igreja.pdfI - Caderno Igreja.pdf
I - Caderno Igreja.pdf
carlos93477
 
A utilização do método VJA para atingir a finalidade do MCC
A utilização do método VJA para atingir a finalidade do MCCA utilização do método VJA para atingir a finalidade do MCC
A utilização do método VJA para atingir a finalidade do MCC
GED Niterói, Movimento de Cursilhos de Cristandade
 
Vivendo em Pequenos Grupos
Vivendo em Pequenos GruposVivendo em Pequenos Grupos
Vivendo em Pequenos Grupos
Viva a Igreja
 
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASILO DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
Joary Jossué Carlesso
 
Discipulado - Escola Bíblica de Obreiros em Bauru (SP)
Discipulado - Escola Bíblica de Obreiros em Bauru (SP)Discipulado - Escola Bíblica de Obreiros em Bauru (SP)
Discipulado - Escola Bíblica de Obreiros em Bauru (SP)
Joary Jossué Carlesso
 
PROJETO DISCIPULADO PARA O BRASIL
PROJETO DISCIPULADO PARA O BRASILPROJETO DISCIPULADO PARA O BRASIL
PROJETO DISCIPULADO PARA O BRASIL
Joary Jossué Carlesso
 
Especial Comunhão Relacionamento e Missão
Especial Comunhão Relacionamento e MissãoEspecial Comunhão Relacionamento e Missão
Especial Comunhão Relacionamento e Missão
uniaolestebrasileira
 
AnáLise De ComunicaçãO E Mkt
AnáLise De ComunicaçãO E MktAnáLise De ComunicaçãO E Mkt
AnáLise De ComunicaçãO E Mkt
prsilas
 
Capacitação de líderes - Parte 1
Capacitação de líderes - Parte 1Capacitação de líderes - Parte 1
Capacitação de líderes - Parte 1
ednilsondutra
 
Boletim 424 - 29/03/15
Boletim 424 - 29/03/15Boletim 424 - 29/03/15
Boletim 424 - 29/03/15
stanaami
 
Alerta - Iniciação à Vida Cristã com adolescentes e jovens nordeste 3 - Aracaju
Alerta - Iniciação à Vida Cristã com adolescentes e jovens nordeste 3 - AracajuAlerta - Iniciação à Vida Cristã com adolescentes e jovens nordeste 3 - Aracaju
Alerta - Iniciação à Vida Cristã com adolescentes e jovens nordeste 3 - Aracaju
Liana Plentz
 
Apostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultosApostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultos
Antonio Cardoso
 
Unidade 2 - CONVERSÃO - aula 5
Unidade 2 - CONVERSÃO - aula 5Unidade 2 - CONVERSÃO - aula 5
Unidade 2 - CONVERSÃO - aula 5
Igreja Metodista
 
Boletim 706 - 08/11/20
Boletim 706 - 08/11/20Boletim 706 - 08/11/20
Boletim 706 - 08/11/20
stanaami
 
O Chamado para o Ministério.
O Chamado para o Ministério. O Chamado para o Ministério.
O Chamado para o Ministério.
Jorge Henrique R de Araujo
 
Catequese iniciacao a vida cristã ii
Catequese   iniciacao a vida cristã iiCatequese   iniciacao a vida cristã ii
Catequese iniciacao a vida cristã ii
Henrique Fernandes de Souza
 

Semelhante a Discipulado (20)

AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
 
Discipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdfDiscipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdf
 
Livrinho e preparacao para-o-batismo
Livrinho e preparacao para-o-batismoLivrinho e preparacao para-o-batismo
Livrinho e preparacao para-o-batismo
 
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o DiscipuladoO discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
 
I - Caderno Igreja.pdf
I - Caderno Igreja.pdfI - Caderno Igreja.pdf
I - Caderno Igreja.pdf
 
A utilização do método VJA para atingir a finalidade do MCC
A utilização do método VJA para atingir a finalidade do MCCA utilização do método VJA para atingir a finalidade do MCC
A utilização do método VJA para atingir a finalidade do MCC
 
Vivendo em Pequenos Grupos
Vivendo em Pequenos GruposVivendo em Pequenos Grupos
Vivendo em Pequenos Grupos
 
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASILO DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
O DISCIPULADO NAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL
 
Discipulado - Escola Bíblica de Obreiros em Bauru (SP)
Discipulado - Escola Bíblica de Obreiros em Bauru (SP)Discipulado - Escola Bíblica de Obreiros em Bauru (SP)
Discipulado - Escola Bíblica de Obreiros em Bauru (SP)
 
PROJETO DISCIPULADO PARA O BRASIL
PROJETO DISCIPULADO PARA O BRASILPROJETO DISCIPULADO PARA O BRASIL
PROJETO DISCIPULADO PARA O BRASIL
 
Especial Comunhão Relacionamento e Missão
Especial Comunhão Relacionamento e MissãoEspecial Comunhão Relacionamento e Missão
Especial Comunhão Relacionamento e Missão
 
AnáLise De ComunicaçãO E Mkt
AnáLise De ComunicaçãO E MktAnáLise De ComunicaçãO E Mkt
AnáLise De ComunicaçãO E Mkt
 
Capacitação de líderes - Parte 1
Capacitação de líderes - Parte 1Capacitação de líderes - Parte 1
Capacitação de líderes - Parte 1
 
Boletim 424 - 29/03/15
Boletim 424 - 29/03/15Boletim 424 - 29/03/15
Boletim 424 - 29/03/15
 
Alerta - Iniciação à Vida Cristã com adolescentes e jovens nordeste 3 - Aracaju
Alerta - Iniciação à Vida Cristã com adolescentes e jovens nordeste 3 - AracajuAlerta - Iniciação à Vida Cristã com adolescentes e jovens nordeste 3 - Aracaju
Alerta - Iniciação à Vida Cristã com adolescentes e jovens nordeste 3 - Aracaju
 
Apostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultosApostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultos
 
Unidade 2 - CONVERSÃO - aula 5
Unidade 2 - CONVERSÃO - aula 5Unidade 2 - CONVERSÃO - aula 5
Unidade 2 - CONVERSÃO - aula 5
 
Boletim 706 - 08/11/20
Boletim 706 - 08/11/20Boletim 706 - 08/11/20
Boletim 706 - 08/11/20
 
O Chamado para o Ministério.
O Chamado para o Ministério. O Chamado para o Ministério.
O Chamado para o Ministério.
 
Catequese iniciacao a vida cristã ii
Catequese   iniciacao a vida cristã iiCatequese   iniciacao a vida cristã ii
Catequese iniciacao a vida cristã ii
 

Mais de Tiago de Souza

Aula de Inglês - Aula 1
Aula de Inglês - Aula 1Aula de Inglês - Aula 1
Aula de Inglês - Aula 1
Tiago de Souza
 
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
Tiago de Souza
 
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
Tiago de Souza
 
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
Tiago de Souza
 
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
Tiago de Souza
 
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de LiderarLiderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
Tiago de Souza
 
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de JesusDia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
Tiago de Souza
 
Disciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - OraçãoDisciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - Oração
Tiago de Souza
 
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de JesusQuando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Tiago de Souza
 
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de PauloQuando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
Tiago de Souza
 
Quando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
Quando Deus diz Não! O Exemplo de DaviQuando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
Quando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
Tiago de Souza
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da EscassezVivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Tiago de Souza
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da EscassezVivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Tiago de Souza
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Descrença
Vivendo Pela Fé - Diante da DescrençaVivendo Pela Fé - Diante da Descrença
Vivendo Pela Fé - Diante da Descrença
Tiago de Souza
 
Conversas do Oleiro - Sobre a igreja
Conversas do Oleiro - Sobre a igrejaConversas do Oleiro - Sobre a igreja
Conversas do Oleiro - Sobre a igreja
Tiago de Souza
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morte
Jesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morteJesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morte
Jesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morte
Tiago de Souza
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nósJesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Tiago de Souza
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazioJesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Tiago de Souza
 
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar JesusIgreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
Tiago de Souza
 
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir JesusIgreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
Tiago de Souza
 

Mais de Tiago de Souza (20)

Aula de Inglês - Aula 1
Aula de Inglês - Aula 1Aula de Inglês - Aula 1
Aula de Inglês - Aula 1
 
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Comportamentos tóxicos
 
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
[Desintoxicação da Alma] Relacionamentos tóxicos
 
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
[Desintoxicação da Alma] Emoções Tóxicas
 
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
 
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de LiderarLiderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
Liderança Empreendedora - Um Novo Jeito de Liderar
 
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de JesusDia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
Dia a Dia com Jesus - Vivendo em Nome de Jesus
 
Disciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - OraçãoDisciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - Oração
 
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de JesusQuando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Jesus
 
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de PauloQuando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
Quando Deus Diz Não! O Exemplo de Paulo
 
Quando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
Quando Deus diz Não! O Exemplo de DaviQuando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
Quando Deus diz Não! O Exemplo de Davi
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da EscassezVivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da EscassezVivendo Pela Fé - Diante da Escassez
Vivendo Pela Fé - Diante da Escassez
 
Vivendo Pela Fé - Diante da Descrença
Vivendo Pela Fé - Diante da DescrençaVivendo Pela Fé - Diante da Descrença
Vivendo Pela Fé - Diante da Descrença
 
Conversas do Oleiro - Sobre a igreja
Conversas do Oleiro - Sobre a igrejaConversas do Oleiro - Sobre a igreja
Conversas do Oleiro - Sobre a igreja
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morte
Jesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morteJesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morte
Jesus Ressuscitou, e daí?: Sábado depois da morte
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nósJesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que Ele veio para morrer e foi por nós
 
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazioJesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
Jesus Ressuscitou, e daí?: E daí que o túmulo está vazio
 
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar JesusIgreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de manifestar Jesus
 
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir JesusIgreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
Igreja Local, Alcance Mundial: O desafio de seguir Jesus
 

Discipulado

  • 2. • Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista de Campinas • Pós-graduando em Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Presbiteriano do Sul • Aluno da Complementação Teológica da Faculdade de Teologia da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil • Escritor do Projeto Lausanne • Assessor de Imprensa da Fraternidade Teológica Latino Americana (FTL); do Projeto Timóteo e da Aliança Cristã Evangélica Brasileira Tiago Nogueira de Souza Pastor da IPI São Bartolomeu (Cabo Verde – MG)
  • 3. Discipulado Vem que no caminho eu te explico!
  • 4. O Que é Discipulado?“Deus me autorizou a comissionar vocês: vão e ensinem a todos os que encontrarem, de perto e de longe, sobre este estilo de vida, marcando-os pelo batismo no nome tríplice: Pai, Filho e Espirito Santo. Vocês devem ensiná-los a praticar tudo que tenho ordenado a vocês. Eu estarei com vocês enquanto procederem assim, dia após dia, até o fim dos tempos” Mateus 28: 18b-20
  • 5. O Que é Discipulado?Discipulado em sua essência é um processo multiplicador, mas, acima de tudo, é um processo transformador. Discipulado gera resultados numéricos na comunidade, mas em cada pessoa gera uma nova perspectiva de vida.
  • 7. Crise de uma GeraçãoPanorama da Juventude Evangélica Ultimato • Baixo nível ideológico • Maior acesso à universidade; • Integrados à internet; • Atividade sexual – 16 anos; • Imputam ao futuro seu maior medo – desemprego como maior expressão; • Religiosos convictos – só perdemos para Senegal e Guatemala (linha editorial, programas;
  • 8. Crise de uma GeraçãoPanorama da Juventude Evangélica Ultimato • Cursam graduação ou pós – 51% • São voluntários em algum movimento – 60% • Maior medo – futuro • Para conseguir se estabelecer no mercado – bênção de Deus • Perguntados sobre quem admiram - citam Silas Malafaia, Kaká e Ana Paula Valadão antes de Jesus Cristo.
  • 9. Crise de uma GeraçãoPanorama da Juventude Evangélica Ultimato Outros dados • Vida sexual ativa – 52% • Sobre os fatores que influenciaram sua conversão – Contatos com pessoas conhecidas (1º.), ministério com juventude (7º.), folheto, programa ou impacto (último lugar). • São envolvidos com o minitério de jovens – 79%
  • 10. Como Iniciar o DiscipuladoOrar para Deus agir Não importa qual a estratégia a ser usada para a implantação do processo de discipulado na igreja, o primeiro passo é orar 1º
  • 11. Como Iniciar o DiscipuladoEncontro Inicial Depois da oração, começa a ação 2º
  • 12. Como Iniciar o DiscipuladoDesenvolvimento Se os grandes planos podem se concretizar rapidamente na igreja, o processo de discipulado é um trabalho de paciência e perseverança. 3º
  • 13. Como Iniciar o DiscipuladoMudanças Necessárias Mudança de Visão1º Ser Usado por Deus2º Relacionamentos3º Saciedade4º
  • 15. Bibliografia • Igreja Simples – Retornando ao Processo de Deus para Fazer Discípulos – Thom S. Rainer & Eric Geiger • Discipulado que Transforma – Josué Campanhã • Mentoria Espiritual – O desafio de Transformar Indivíduos em Pessoas – James Houston • Meu Legado Espiritual – James Houston • Pós-Modernismo – Stanley Grenz • Igreja Emergente – O movimento e suas implicações – D.A. Carson • A Igreja na Cultura Emergente – Cinco Pontos de Vista – Leonard Sweet • A Igreja Emergente – Cristianismo Clássico para as novas gerações– Dan Kimball • Andragogia em Ação – Zezina Soares Bellan

Notas do Editor

  1. Tiago Nogueira de Souza - 32 anosCasado com Luisa. Pai da Júlia e da Lívia Servindo na IPI de São Bartolomeu desde 2012Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista de CampinasPós-graduando em Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Presbiteriano do SulAluno da Complementação Teológica da Faculdade de Teologia da Igreja Presbiteriana Independente do BrasilEscritor do Projeto LausanneAssessor de Imprensa da Fraternidade Teológica Latino Americana (FTL); do Projeto Timóteo e da Aliança Cristã Evangélica BrasileiraColaboro também com as UMPIs do Presbitério Sudoeste de Minas e Nacional e com a Coordenadoria de Adultos do Presbitério e NacionalEscrevo em algumas ocasiões para Revistas Alvorada, Ultimato e Cristianismo Hoje e para o jornal O Estandarte.
  2. Quando igrejas decidem envolver seus membros e novos convertidos no processo de discipulado, estão optando por desafiar as pessoas a experimentarem transformações profundas na vida, e ajustes diários para adaptar o seu caráter ao caráter de Deus.O Processo de discipulado na igreja surge para atender à necessidade de pessoas que desejam experimentar mais, e que sentem o desejo de estudar e viver a Bíblia de forma série. São pessoas que passaram a ter esse desejo por causa do toque do Espírito Santo de Deus, e simplesmente obedecem.Discipulado é transformação de vida. Precisamos estar antenados no que está acontecendo à nossa volta.Em 2010, a Revista Ultimato lançou uma pesquisa com a juventude brasileira
  3. Não importa qual a estratégia a ser usada para a implantação do processo de discipulado na igreja, o primeiro passo é orar
  4. Não importa qual a estratégia a ser usada para a implantação do processo de discipulado na igreja, o primeiro passo é orar
  5. Mudanças NecessáriasNum processo de discipulado,[SLIDE} uma das primeiras coisas que ocorre é que Deus muda radicalmente a visão das pessoas em relação à sua obra.As pessoas passam a entender que toda iniciativa da obra de Deus é dele e não nossa. Às vezes, fazemos muitas coisas que Deus nunca pediu que fizéssemos, e ainda achamos que estamos trabalhando para Ele. Depois de entender essa verdade, as pessoas começam a olhar para a igreja, e ver onde Deus está agindo, para se juntarem a ele naquilo que ele já está fazendo{SLIDE} Em segundo lugar, algumas pessoas são usadas por Deus para formar novos discípulos que continuam a formar outros discípulos. Isso é um processo lento, mas que gradativamenteAlcança toda a igreja, e todos aqueles que forem sendo salvos.{SLIDE} Em terceiro lugar, as pessoas começam a se relacionar em pequenos grupos. Não são grupos de terapia, mas grupos onde elas compartilham aquilo que Deus está fazendo em sua vida. É uma solução para a comunhão e a integração na vida cristã.{SLIDE} Em quarto lugar, as pessoas começam a ter o “algo que faltava” para exercerem seus dons espirituais com a visão de Deus, e não com a sua própria visão. As pessoas que participam do discipulado, depois de descobrirem seus dons espirituais, passam a agir completamente diferente daquelas que descobriram os seus dons.
  6. Princípios do DiscipuladoExistem alguns princípios do discipulado que precisam ser praticados sempre.Qualquer concessão que se fizer tornará o processo frágil e comprometido.{SLIDE} FacilitadorÉ o responsável pelo grupo e pelo encontro.Seu trabalho é ser um facilitador, auxiliar o grupo.Devem ser escolhidos não pelo tempo de igreja, mas pela convicção.Não pode perde de vista que o processo visa a formação espiritual.{SLIDE} EncontrosIdeal é que sejam semanais.Objetivo é o esutdo da Palavra eo compartilhamento das ações de Deus na vida das pessoas.O Contato entre o grupo deve ser o mais informal possível, tendo sempre o cuidado para não transformar o encontro em terapia coletiva.Deve ser estimulado a comunhão e a prestação de contas entre as pessoas do grupo fora dos encontros. O relacionamento e a comunhão não podem ficar apenas na teoria.{SLIDE} Compromisso e DisciplinaCada pessoa que entrou no processo de discipulado foi direcionada por Deus e por decisão própria. Assim é fundamental seu compromisso com o estudo do material, comparecimento aos encontros, pontualidade e participação. São as disciplinas do dia a dia que sustentam o compromisso assumido.