SlideShare uma empresa Scribd logo
Introdução: <br />No âmbito da Unidade Curricular: Introdução aos Estudos Linguísticos, foi-nos proposto um trabalho. Este trabalho pretende que nos debrucemos sobre a temática dos dialectos existentes na Língua Gestual Portuguesa (LGP). <br />Foi-nos pedido duas actividades, em grupo, sendo: Actividade 5 e Actividade 6.<br />Desenvolvimento:<br />A LGP é a língua utilizada pela Comunidade Surda Portuguesa. Tal como acontece com a Língua Portuguesa, a LGP não é ”falada” de forma igual em todo o país. Em algumas regiões de Portugal, as Pessoas Surdas pertencentes a essa Comunidade foram criando gestos/sígnias características.<br />Em Portugal, as principais regiões dialectais de LGP encontram-se em Lisboa, no Porto, em Coimbra, em S. Miguel (Açores) e no Funchal (Madeira).<br />Porquê nestas regiões? A resposta é simples.<br />Devido ao facto de ter sido em Lisboa, Porto, Madeira, Açores e Coimbra que surgiram os primeiros Colégios / Institutos para Surdos em Portugal. <br />Em cada um destes Colégios / Institutos o ensino funcionava em regime de internato e apesar da LGP ser proibida, os alunos Surdos interagiam às escondidas e desenvolviam a LGP existente, criando as suas próprias sígnias. Como não existia contacto entre os Surdos dos diferentes Colégios / Institutos, não existia intercâmbio de LGP.   <br />Quando os alunos completavam a sua instrução regressavam ao seu local de origem e só aí divulgavam os gestos adquiridos/criados em cada Colégio / Instituto. No entanto, é importante referir também que muitos dessas sígnias sofreram variações linguísticas.<br />Metodologia:<br />Para este trabalho, escolhemos 20 sígnias - corpus (dialectais de LGP), estes gestos variam consoante a região em que nos encontramos. <br />Estes gestos designam a mesma palavra do corpus e descrevemo-los de seguida: <br />,[object Object]
x- sígnia representativa da região e reproduzida em vídeoConclusão:<br />Este trabalho foi para nós bastante enriquecedor, na medida em que através da curta investigação que realizamos, nos possibilitou reflectir sobre os vários dialectos existentes no nosso país. <br />Reparamos que as sígnias dialectais estão a “desaparecer”: os profissionais de LGP, formados em instituições de investigação de LGP, são destacados como Formadores de LGP em escolas onde as crianças e os jovens Surdos de várias regiões aprendem a LGP, e participam em vários encontros de actividades com associações de Surdos, recebendo a influência dos profissionais de LGP que, contudo, não (re)conhecem as sígnias dialectais. <br />
Dialectos De Lgp

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lusofonia
LusofoniaLusofonia
Lusofonia
Deisy Quintero
 
Texto basico unidade5-sinais-iconicos
Texto basico unidade5-sinais-iconicosTexto basico unidade5-sinais-iconicos
Texto basico unidade5-sinais-iconicos
Paula Aparecida Alves
 
Classificadores em Libras
Classificadores em LibrasClassificadores em Libras
Classificadores em Libras
Joseane Maciel Viana
 
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
tatimili2
 
L ingua, linguagem e fonologia 2011
L ingua, linguagem e fonologia 2011L ingua, linguagem e fonologia 2011
L ingua, linguagem e fonologia 2011
Karen Araki
 
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_iiTexto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Paula Aparecida Alves
 

Mais procurados (6)

Lusofonia
LusofoniaLusofonia
Lusofonia
 
Texto basico unidade5-sinais-iconicos
Texto basico unidade5-sinais-iconicosTexto basico unidade5-sinais-iconicos
Texto basico unidade5-sinais-iconicos
 
Classificadores em Libras
Classificadores em LibrasClassificadores em Libras
Classificadores em Libras
 
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
 
L ingua, linguagem e fonologia 2011
L ingua, linguagem e fonologia 2011L ingua, linguagem e fonologia 2011
L ingua, linguagem e fonologia 2011
 
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_iiTexto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
Texto basico -_aspectos_introdutorios_a_libras_-_unidade_ii
 

Destaque

2012 04-04 - momentos musicais -1
2012 04-04 - momentos musicais -12012 04-04 - momentos musicais -1
2012 04-04 - momentos musicais -1
O Ciclista
 
Ejercicio 4º Turismo
Ejercicio 4º TurismoEjercicio 4º Turismo
Ejercicio 4º Turismo
juanmanuelruano
 
Asesoria De Sistema
Asesoria De SistemaAsesoria De Sistema
Asesoria De Sistema
alexasecaira
 
VPRO maakt Gids interactief met Layar
VPRO maakt Gids interactief met LayarVPRO maakt Gids interactief met Layar
VPRO maakt Gids interactief met Layar
LeolovesSlideShare
 
Connections Roundtable 3
Connections Roundtable 3Connections Roundtable 3
Connections Roundtable 3
Sasja Beerendonk
 
水なし印刷Pcr推進協力者会議
水なし印刷Pcr推進協力者会議水なし印刷Pcr推進協力者会議
水なし印刷Pcr推進協力者会議Tadao Iokibe
 
Equivalentes de alimentos
Equivalentes  de  alimentosEquivalentes  de  alimentos
Equivalentes de alimentos
nutriajeanne
 
G5 Brasil apresentação institucional
G5 Brasil apresentação institucionalG5 Brasil apresentação institucional
G5 Brasil apresentação institucional
G5 Brasil
 
ประวัติส่วนตัว
ประวัติส่วนตัวประวัติส่วนตัว
ประวัติส่วนตัวJirath Srihapholvorakij
 
Lab brochure IT
Lab brochure ITLab brochure IT
Lab brochure IT
Dental Flex Italia
 
第四章 串
第四章 串第四章 串
第四章 串
Wang Yizhe
 
2011 07-11 - dia mundial da população - mónica lopes
2011 07-11 - dia mundial da população - mónica lopes 2011 07-11 - dia mundial da população - mónica lopes
2011 07-11 - dia mundial da população - mónica lopes
O Ciclista
 
2012 04-18 - receita matilde
2012 04-18 - receita matilde2012 04-18 - receita matilde
2012 04-18 - receita matilde
O Ciclista
 
Linux ubuntu 10.04
Linux ubuntu 10.04Linux ubuntu 10.04
Linux ubuntu 10.04
Carlos Manúel Catalão
 
2011 03-22 água vida
2011 03-22  água vida2011 03-22  água vida
2011 03-22 água vida
O Ciclista
 
2013 04-05 - desfile personalidades
2013 04-05 - desfile personalidades2013 04-05 - desfile personalidades
2013 04-05 - desfile personalidades
O Ciclista
 
2013 07-29 - strasbourg - ana santos beatriz agante - 2 e 7 - 7 e licínia v
2013 07-29 - strasbourg - ana santos beatriz agante - 2 e 7 - 7 e licínia v 2013 07-29 - strasbourg - ana santos beatriz agante - 2 e 7 - 7 e licínia v
2013 07-29 - strasbourg - ana santos beatriz agante - 2 e 7 - 7 e licínia v
O Ciclista
 
Para Todas Las Mujeres Y Hombres
Para Todas Las Mujeres     Y HombresPara Todas Las Mujeres     Y Hombres
Para Todas Las Mujeres Y Hombres
Lorian
 
Desarrollo sustentable y el crecimiento económico en méxico
Desarrollo sustentable y el crecimiento económico en méxicoDesarrollo sustentable y el crecimiento económico en méxico
Desarrollo sustentable y el crecimiento económico en méxico
Guillermo Lopez Guillen
 

Destaque (20)

2012 04-04 - momentos musicais -1
2012 04-04 - momentos musicais -12012 04-04 - momentos musicais -1
2012 04-04 - momentos musicais -1
 
Ejercicio 4º Turismo
Ejercicio 4º TurismoEjercicio 4º Turismo
Ejercicio 4º Turismo
 
Asesoria De Sistema
Asesoria De SistemaAsesoria De Sistema
Asesoria De Sistema
 
VPRO maakt Gids interactief met Layar
VPRO maakt Gids interactief met LayarVPRO maakt Gids interactief met Layar
VPRO maakt Gids interactief met Layar
 
Connections Roundtable 3
Connections Roundtable 3Connections Roundtable 3
Connections Roundtable 3
 
Работа команды CUBE
Работа команды CUBEРабота команды CUBE
Работа команды CUBE
 
水なし印刷Pcr推進協力者会議
水なし印刷Pcr推進協力者会議水なし印刷Pcr推進協力者会議
水なし印刷Pcr推進協力者会議
 
Equivalentes de alimentos
Equivalentes  de  alimentosEquivalentes  de  alimentos
Equivalentes de alimentos
 
G5 Brasil apresentação institucional
G5 Brasil apresentação institucionalG5 Brasil apresentação institucional
G5 Brasil apresentação institucional
 
ประวัติส่วนตัว
ประวัติส่วนตัวประวัติส่วนตัว
ประวัติส่วนตัว
 
Lab brochure IT
Lab brochure ITLab brochure IT
Lab brochure IT
 
第四章 串
第四章 串第四章 串
第四章 串
 
2011 07-11 - dia mundial da população - mónica lopes
2011 07-11 - dia mundial da população - mónica lopes 2011 07-11 - dia mundial da população - mónica lopes
2011 07-11 - dia mundial da população - mónica lopes
 
2012 04-18 - receita matilde
2012 04-18 - receita matilde2012 04-18 - receita matilde
2012 04-18 - receita matilde
 
Linux ubuntu 10.04
Linux ubuntu 10.04Linux ubuntu 10.04
Linux ubuntu 10.04
 
2011 03-22 água vida
2011 03-22  água vida2011 03-22  água vida
2011 03-22 água vida
 
2013 04-05 - desfile personalidades
2013 04-05 - desfile personalidades2013 04-05 - desfile personalidades
2013 04-05 - desfile personalidades
 
2013 07-29 - strasbourg - ana santos beatriz agante - 2 e 7 - 7 e licínia v
2013 07-29 - strasbourg - ana santos beatriz agante - 2 e 7 - 7 e licínia v 2013 07-29 - strasbourg - ana santos beatriz agante - 2 e 7 - 7 e licínia v
2013 07-29 - strasbourg - ana santos beatriz agante - 2 e 7 - 7 e licínia v
 
Para Todas Las Mujeres Y Hombres
Para Todas Las Mujeres     Y HombresPara Todas Las Mujeres     Y Hombres
Para Todas Las Mujeres Y Hombres
 
Desarrollo sustentable y el crecimiento económico en méxico
Desarrollo sustentable y el crecimiento económico en méxicoDesarrollo sustentable y el crecimiento económico en méxico
Desarrollo sustentable y el crecimiento económico en méxico
 

Semelhante a Dialectos De Lgp

Libras
LibrasLibras
Libras
cepmaio
 
Libras
LibrasLibras
Libras
cepmaio
 
Libras
LibrasLibras
Libras
LibrasLibras
Libras
cepmaio
 
Educação Especial
Educação EspecialEducação Especial
Educação Especial
Amanda Freitas
 
OT Inglês
OT InglêsOT Inglês
Eliane EducaçãO BilingüE
Eliane EducaçãO BilingüEEliane EducaçãO BilingüE
Eliane EducaçãO BilingüE
Ana Lúcia Lemes Nunes Silva
 
Aula 04 - Libras.pdf
Aula 04 - Libras.pdfAula 04 - Libras.pdf
Aula 04 - Libras.pdf
FernandoSilvaMoraes1
 
1ª Oficina Para Professores Cap V&L
1ª Oficina Para Professores Cap V&L1ª Oficina Para Professores Cap V&L
1ª Oficina Para Professores Cap V&L
Vanessa Dagostim
 
Primeira Língua E Constituição Do Sujeito
Primeira Língua E Constituição Do SujeitoPrimeira Língua E Constituição Do Sujeito
Primeira Língua E Constituição Do Sujeito
asustecnologia
 
Perspectivas interculturais e a construção do currículo para alunos surdos
Perspectivas interculturais e a construção do currículo para alunos surdosPerspectivas interculturais e a construção do currículo para alunos surdos
Perspectivas interculturais e a construção do currículo para alunos surdos
Valeria de Oliveira
 
3 encontro - Pnaic 2015
3 encontro - Pnaic 20153 encontro - Pnaic 2015
3 encontro - Pnaic 2015
Adriana De Almeida Braga
 
Linguística i saussure
Linguística i  saussureLinguística i  saussure
Linguística i saussure
Guida Gava
 
O Ensino de LPS
O Ensino de LPSO Ensino de LPS
O Ensino de LPS
Vanessa Dagostim
 
Eliane-educação_bilingue
Eliane-educação_bilingue Eliane-educação_bilingue
Eliane-educação_bilingue
Tânia Sampaio
 
IdéIas Para Ensinar Português para alunos Surdos
IdéIas Para Ensinar Português para alunos SurdosIdéIas Para Ensinar Português para alunos Surdos
IdéIas Para Ensinar Português para alunos Surdos
asustecnologia
 
Lingua portuguesa para surdos
Lingua portuguesa para surdosLingua portuguesa para surdos
Lingua portuguesa para surdos
eneidecunha
 
Português para surdos
Português para surdosPortuguês para surdos
Português para surdos
LIVIA L.LAGE
 
Ideais para ensino do portugues aos surdos
Ideais para ensino do portugues aos surdosIdeais para ensino do portugues aos surdos
Ideais para ensino do portugues aos surdos
asustecnologia
 
A Influência do Cokwe na colocação de pronomes clíticos no português falado p...
A Influência do Cokwe na colocação de pronomes clíticos no português falado p...A Influência do Cokwe na colocação de pronomes clíticos no português falado p...
A Influência do Cokwe na colocação de pronomes clíticos no português falado p...
REVISTANJINGAESEPE
 

Semelhante a Dialectos De Lgp (20)

Libras
LibrasLibras
Libras
 
Libras
LibrasLibras
Libras
 
Libras
LibrasLibras
Libras
 
Libras
LibrasLibras
Libras
 
Educação Especial
Educação EspecialEducação Especial
Educação Especial
 
OT Inglês
OT InglêsOT Inglês
OT Inglês
 
Eliane EducaçãO BilingüE
Eliane EducaçãO BilingüEEliane EducaçãO BilingüE
Eliane EducaçãO BilingüE
 
Aula 04 - Libras.pdf
Aula 04 - Libras.pdfAula 04 - Libras.pdf
Aula 04 - Libras.pdf
 
1ª Oficina Para Professores Cap V&L
1ª Oficina Para Professores Cap V&L1ª Oficina Para Professores Cap V&L
1ª Oficina Para Professores Cap V&L
 
Primeira Língua E Constituição Do Sujeito
Primeira Língua E Constituição Do SujeitoPrimeira Língua E Constituição Do Sujeito
Primeira Língua E Constituição Do Sujeito
 
Perspectivas interculturais e a construção do currículo para alunos surdos
Perspectivas interculturais e a construção do currículo para alunos surdosPerspectivas interculturais e a construção do currículo para alunos surdos
Perspectivas interculturais e a construção do currículo para alunos surdos
 
3 encontro - Pnaic 2015
3 encontro - Pnaic 20153 encontro - Pnaic 2015
3 encontro - Pnaic 2015
 
Linguística i saussure
Linguística i  saussureLinguística i  saussure
Linguística i saussure
 
O Ensino de LPS
O Ensino de LPSO Ensino de LPS
O Ensino de LPS
 
Eliane-educação_bilingue
Eliane-educação_bilingue Eliane-educação_bilingue
Eliane-educação_bilingue
 
IdéIas Para Ensinar Português para alunos Surdos
IdéIas Para Ensinar Português para alunos SurdosIdéIas Para Ensinar Português para alunos Surdos
IdéIas Para Ensinar Português para alunos Surdos
 
Lingua portuguesa para surdos
Lingua portuguesa para surdosLingua portuguesa para surdos
Lingua portuguesa para surdos
 
Português para surdos
Português para surdosPortuguês para surdos
Português para surdos
 
Ideais para ensino do portugues aos surdos
Ideais para ensino do portugues aos surdosIdeais para ensino do portugues aos surdos
Ideais para ensino do portugues aos surdos
 
A Influência do Cokwe na colocação de pronomes clíticos no português falado p...
A Influência do Cokwe na colocação de pronomes clíticos no português falado p...A Influência do Cokwe na colocação de pronomes clíticos no português falado p...
A Influência do Cokwe na colocação de pronomes clíticos no português falado p...
 

Mais de micaze1976

Act1 - HESII
Act1 - HESIIAct1 - HESII
Act1 - HESII
micaze1976
 
PDAPS
PDAPSPDAPS
PDAPS
micaze1976
 
HES I - Actividades 4
HES I - Actividades 4HES I - Actividades 4
HES I - Actividades 4
micaze1976
 
AmíLcar+M[1]
AmíLcar+M[1]AmíLcar+M[1]
AmíLcar+M[1]
micaze1976
 
Hes
HesHes
MéTodo Da HistóRia Da HistóRia Positivista Do MéTodo Da Nova HistóRia
MéTodo Da HistóRia Da HistóRia Positivista Do MéTodo Da Nova HistóRiaMéTodo Da HistóRia Da HistóRia Positivista Do MéTodo Da Nova HistóRia
MéTodo Da HistóRia Da HistóRia Positivista Do MéTodo Da Nova HistóRia
micaze1976
 
Linguagem Humana E Linguagem Animal
Linguagem Humana E Linguagem AnimalLinguagem Humana E Linguagem Animal
Linguagem Humana E Linguagem Animal
micaze1976
 
Dialectos De Lgp
Dialectos De LgpDialectos De Lgp
Dialectos De Lgp
micaze1976
 
Trabalho De Grupo3
Trabalho De Grupo3Trabalho De Grupo3
Trabalho De Grupo3
micaze1976
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
micaze1976
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
micaze1976
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
micaze1976
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
micaze1976
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
micaze1976
 
Grupo B
Grupo BGrupo B
Grupo B
micaze1976
 

Mais de micaze1976 (15)

Act1 - HESII
Act1 - HESIIAct1 - HESII
Act1 - HESII
 
PDAPS
PDAPSPDAPS
PDAPS
 
HES I - Actividades 4
HES I - Actividades 4HES I - Actividades 4
HES I - Actividades 4
 
AmíLcar+M[1]
AmíLcar+M[1]AmíLcar+M[1]
AmíLcar+M[1]
 
Hes
HesHes
Hes
 
MéTodo Da HistóRia Da HistóRia Positivista Do MéTodo Da Nova HistóRia
MéTodo Da HistóRia Da HistóRia Positivista Do MéTodo Da Nova HistóRiaMéTodo Da HistóRia Da HistóRia Positivista Do MéTodo Da Nova HistóRia
MéTodo Da HistóRia Da HistóRia Positivista Do MéTodo Da Nova HistóRia
 
Linguagem Humana E Linguagem Animal
Linguagem Humana E Linguagem AnimalLinguagem Humana E Linguagem Animal
Linguagem Humana E Linguagem Animal
 
Dialectos De Lgp
Dialectos De LgpDialectos De Lgp
Dialectos De Lgp
 
Trabalho De Grupo3
Trabalho De Grupo3Trabalho De Grupo3
Trabalho De Grupo3
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
 
Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3Trabalho De Grupo 3
Trabalho De Grupo 3
 
Grupo B
Grupo BGrupo B
Grupo B
 

Dialectos De Lgp

  • 1.
  • 2. x- sígnia representativa da região e reproduzida em vídeoConclusão:<br />Este trabalho foi para nós bastante enriquecedor, na medida em que através da curta investigação que realizamos, nos possibilitou reflectir sobre os vários dialectos existentes no nosso país. <br />Reparamos que as sígnias dialectais estão a “desaparecer”: os profissionais de LGP, formados em instituições de investigação de LGP, são destacados como Formadores de LGP em escolas onde as crianças e os jovens Surdos de várias regiões aprendem a LGP, e participam em vários encontros de actividades com associações de Surdos, recebendo a influência dos profissionais de LGP que, contudo, não (re)conhecem as sígnias dialectais. <br />